Você está na página 1de 10

Nota de Aplicação

Migração Altivar 58(F) para Altivar 71 com rede Profibus

Versão: 1.0

Nota de Aplicação Migração Altivar 58(F) para Altivar 71 com rede Profibus Versão: ● 1.0 Suporte

Suporte Técnico Brasil

Nota de Aplicação Migração Altivar 58(F) para Altivar 71 com rede Profibus Versão: ● 1.0 Suporte
Nota de Aplicação Migração Altivar 58(F) para Altivar 71 com rede Profibus Versão: ● 1.0 Suporte
Nota de Aplicação Migração Altivar 58(F) para Altivar 71 com rede Profibus Versão: ● 1.0 Suporte
Nota de Aplicação Migração Altivar 58(F) para Altivar 71 com rede Profibus Versão: ● 1.0 Suporte

Especificações técnicas

Hardware:

Firmware:

Altivar 58

N/A

VW3A58307

N/A

Altivar 71

N/A

VW3A3307 / VW3A3307S371

Software:

N/A

N/A VW3A58307 N/A Altivar 71 N/A VW3A3307 / VW3A3307S371 Software: N/A Versão: N/A Suporte Técnico Brasil

Versão:

N/A

Suporte Técnico Brasil

N/A VW3A58307 N/A Altivar 71 N/A VW3A3307 / VW3A3307S371 Software: N/A Versão: N/A Suporte Técnico Brasil
N/A VW3A58307 N/A Altivar 71 N/A VW3A3307 / VW3A3307S371 Software: N/A Versão: N/A Suporte Técnico Brasil
N/A VW3A58307 N/A Altivar 71 N/A VW3A3307 / VW3A3307S371 Software: N/A Versão: N/A Suporte Técnico Brasil

Migração Altivar 58 para Altivar 71 – Profibus DP

Esta nota de aplicação tem a finalidade de orientar sobre como fazer a migração do conversor de frequência descontinuado Altivar 58 (F) para a linha de conversores de frequência atual da Schneider Electric, Altivar 71. Esta migração tem a finalidade de substituir o conversor de frequência antigo pelo atual sem requerer configurações de dados de rede no conversor de frequência e no CLP, bem como dispensar a necessidade de alteração no programa armazenado no CLP, ou seja, o Altivar 71 funcionará perfeitamente na rede Profibus existente com o arquivo *.GSD do Altivar 58. Para esta migração não é necessário contato com o CLP. Com o Altivar 71 configurado como Altivar 58, as funções disponíveis para o drive serão as mesmas do Altivar 58.

Schneider Electric - TSC Brazil – Aloisio Celso Bacchetti Junior – 21/02/2014

Arquitetura utilizada

Arquitetura utilizada CLP Mestre Profibus Altivar 58/71 com placa Profibus DP Conector Fêmea SUB-D 9 pinos

CLP Mestre Profibus

Arquitetura utilizada CLP Mestre Profibus Altivar 58/71 com placa Profibus DP Conector Fêmea SUB-D 9 pinos

Altivar 58/71 com placa Profibus DP

CLP Mestre Profibus Altivar 58/71 com placa Profibus DP Conector Fêmea SUB-D 9 pinos Conector Macho

Conector Fêmea SUB-D 9 pinos

58/71 com placa Profibus DP Conector Fêmea SUB-D 9 pinos Conector Macho SUB-D 9 pinos 490

Conector Macho SUB-D 9 pinos 490 NAD 911 03 ou (05)

9 pinos Conector Macho SUB-D 9 pinos 490 NAD 911 03 ou (05) Conector Macho SUB-D

Conector Macho SUB-D 9 pinos 490 NAD 911 04 para escravos intermediários

Conector Macho SUB-D 9 pinos 490 NAD 911 03 ou (05)

Schneider Electric - TSC Brazil – Aloisio Celso Bacchetti Junior – 21/02/2014

4

Migração Altivar 58 para Altivar 71 – Profibus DP

Para realizar a migração o primeiro passo a ser seguido será identificar o nó de rede do Altivar 58. Caso não tenha este dado, poderá checar diretamente no drive através dos parâemtros abaixo:

SL AdrC “Nó da Rede”

Schneider Electric - TSC Brazil – Aloisio Celso Bacchetti Junior – 21/02/2014

Migração Altivar 58 para Altivar 71 – Profibus DP

Habilitar

na

(VW3A3307) para Altivar 58, ativando o primeiro Dip Switch da placa

Profibus:

função

de

migração

placa

Profibus

do

Altivar

71

função de migração placa Profibus do Altivar 71 ● Os Dip Switchs estão em nível lógico
função de migração placa Profibus do Altivar 71 ● Os Dip Switchs estão em nível lógico

Os Dip Switchs estão em nível lógico 1 quando posicionados para o lado inferior, e nível lógico 0 para o lado superior.

Schneider Electric - TSC Brazil – Aloisio Celso Bacchetti Junior – 21/02/2014

Migração Altivar 58 para Altivar 71 – Profibus DP

Replicar o nó de rede (Endereço) do Altivar 58 no Altivar 71 via Dip Switchs da placa de comunicação Profibus (VW3A3307) do novo drive, seguindo conforme tabela abaixo:

Esta

imagem

representa

o

endereço

89

com

função

de

migração

habilitada.

89 com função de migração habilitada. O endereço é reservado e é seu proíbido. 126 uso
89 com função de migração habilitada. O endereço é reservado e é seu proíbido. 126 uso

O

endereço

é

reservado e

é

seu

proíbido.

126

uso

O endereço é reservado e é seu proíbido. 126 uso Schneider Electric - TSC Brazil –

Schneider Electric - TSC Brazil – Aloisio Celso Bacchetti Junior – 21/02/2014

Migração Altivar 58 para Altivar 71 – Profibus DP

Além

da

placa

configuração

parâmetro.

de

Na IHM:

de

controle,

migração,

e

o

Altivar

71

isso

ocorre

também

através

deve

receber

do seguinte

[1 – DRIVE MENU] [1.6 – COMMAND] [Profile] = [8 serie]

Na IHM em Português:

[1 – MENU VARIADOR] [1.6 – CONTROLO] [Perfil] = [Série 8]

No Display de 7 Segmentos, acessar menu pressionando tecla Enter:

(CtL-) (CHCF) = (SE8)

Schneider Electric - TSC Brazil – Aloisio Celso Bacchetti Junior – 21/02/2014

Migração Altivar 58 para Altivar 71 – Profibus DP

Feita as configurações desligue e ligue o circuito de controle do drive. Após este procedimento o drive Altivar 71 retornará a ser reconhecido pela rede de comunicação como Altivar 58, e as palavras de escrita e leitura utilizadas anteriormente continuarão sendo válidas da mesma forma.

*A

i

f

õ

s n ormaç

es

d

t

t

es a no a

d

li

ã

e ap caç

o

t

am

d

t

d

l “Mi

m po em ser encon ra as no manua

ti

f

gra on rom

ATV58 F ATV71”

(

)

encon ra as no manua ti f gra on rom ATV58 F ATV71” ( ) Schneider
encon ra as no manua ti f gra on rom ATV58 F ATV71” ( ) Schneider

Schneider Electric - TSC Brazil – Aloisio Celso Bacchetti Junior – 21/02/2014

Avisos Importantes

• Equipamentos elétricos devem ser instalados, operados e manuseados apenas por pessoas qualificadas.

• Uma pessoa qualificada é aquela que tem habilidades e conhecimentos relacionados com a construção, instalação e operação de equipamentos elétricos e recebeu treinamento adequado para reconhecer e evitar os perigos envolvidos.

• Nenhuma responsabilidade é assumida pela Schneider Electric por qualquer conseqüências decorrentes da utilização deste material.

•Todas as informações contidas neste documento estão corretas de acordo com o conhecimento do autor. Esta abordagem foi projetada e testada em condições de laboratório. O ambiente pode influenciar o comportamento de dispositivos eletrônicos e, portanto, o usuário assume toda a responsabilidade para aplicar as soluções apresentadas.

• Este documento está disponível no site http://www.schneider-electric.com

Schneider Electric - TSC Brazil – Aloisio Celso Bacchetti Junior – 21/02/2014

10