Você está na página 1de 366

ENGENHEIRO PROJETISTA PARA VÁLVULAS DE APLICAÇÃO SUBMARINA

Processos de Fabricação de Componentes de Válvulas.

ENGENHEIRO PROJETISTA PARA VÁLVULAS DE APLICAÇÃO SUBMARINA Processos de Fabricação de Componentes de Válvulas.

ENGENHEIRO DE PROJETO DE VÁLVULAS INDUSTRIAIS

Processos de Fabricação de Componentes de Válvulas.

Isaac Niskier

isaac.niskier@fmcti.com

Processos de Fabricação Mecânica END’s.

Processos de Fabricação Mecânica – END’s .
Processos de Fabricação Mecânica – END’s .

Processos de Fabricação

Os processos de fabricação mecânica têm como objetivo a modificação

de um corpo metálico, com o fim de lhe conferir uma forma definida.

Os processos de fabricação podem ser divididos em dois grupos:

Processos Mecânicos, nos quais as modificações de forma são provocadas pelas aplicações de tensões externas;

Processos Metalúrgicos, nos quais as modificações de forma estão relacionados com altas temperaturas.

Processos de Fabricação.

Processos de Fabricação.

Processos de Fabricação

FABRICAÇÃO DE SEMI-ACABADOS Fundidos Conformados a quente ou a frio

  • Forjados

  • Laminados planos

  • Laminados não planos

  • Extrudados

  • Trefilados

Processos de Fabricação FABRICAÇÃO DE SEMI-ACABADOS • Fundidos • Conformados a quente ou a frio 

FABRICAÇÃO MECÂNICA

  • Usinagem

  • Soldagem

  • Tratamentos térmicos

Processos de Fabricação Mecânica.

Exemplo de Processos Mecânicos:

  • Usinagem Torneamento, Fresamento, etc.

  • Conformação Plástica Forjamento, Laminação, etc.

Processos de Fabricação Mecânica. Exemplo de Processos Mecânicos :  Usinagem – Torneamento, Fresamento, etc. 

Exemplo de Processos Metalúrgicos:

  • Solidificação Fundição.

  • Sinterização Metalurgia da Pó.

Processos de Fabricação Mecânica. Exemplo de Processos Mecânicos :  Usinagem – Torneamento, Fresamento, etc. 

Principais Processos de Fabricação Mecânica.

USINAGEM;

FUNDIÇÃO;

CONFORMAÇÃO PLÁSTICA (Forjamento, Laminação, etc);

TRATAMENTOS TÉRMICOS (Normalização, Tempera, etc)

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Definição - Segundo a DIN 8580, aplica-se a todos os processos de

fabricação onde ocorre a remoção de material sob a forma de cavaco.

Usinagem - operação que confere à peça forma, dimensões ou acabamento, ou ainda uma combinação qualquer desses três, atravéz a remoção de material sob a forma de cavaco.

Cavaco - porção de material da peça retirada pela ferramenta,

caracterizando-se por apresentar forma irregular.

O Estudo da usinagem é baseado na mecânica (Atrito, Deformação),na

Termodinâmica (Calor) e nas propriedades dos materiais.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Evolução Histórica

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Evolução Histórica

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Evolução Histórica

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Evolução Histórica Plaina Neolítica de 600 A.C.

Plaina Neolítica de 600 A.C.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Torno a Arco.

Torno a Arco.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Os processos de usinagem podem ser classificados em três

categorias:

Corte: utilizando ferramentas de geometria definida; que podem ser: monocortante (por ex.: torneamento) ou multicortantes (por ex.:

fresamento);

Abrasivo: utiliza ferramentas de geometria não definida e materiais abrasivos. Ex.: retificação, lapidação, brunimento;

Outros métodos de remoção de material: elétrico, químico, térmico, hidrodinâmico e laser.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Importância do processo de Usinagem na Indústria

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Importância do processo de Usinagem na Indústria • 80%

80% dos furos são realizados por Usinagem

100% dos processos de melhoria da qualidade superficial são feitos por usinagem

70% das engrenagem para transmissão de portência

90% dos componentes da industria aeroespacial

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Alguns exemplos de processos de usinagem:

Torneamento: pode produzir superfícies cilíndricas, cônicas ou segundo algum

perfil, como exemplo de peças produzidas

por este processo temos: eixos, pinos,etc.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Torneamento: pode produzir

Fresamento: produz uma superfície plana nas da peça ou pode ser utilizada para gerar um canal circular neste caso é conhecida como sangramento axial.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Torneamento: pode produzir
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Torneamento: pode produzir
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Torneamento: pode produzir

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Alguns exemplos de processos de usinagem:

Furação: Gera furos na direção axial no centro da peça.

Furação : Gera furos na direção axial no centro da peça .

Brunir: Processo de usinagem por abrasão que proporcionando uma geometria precisa do furo e bom acabamento superficial.

Brunir : Processo de usinagem por abrasão que proporcionando uma geometria precisa do furo e bom

Alargar: Consiste numa operação de desbaste

para calibrar o furo e melhorar o acabamento superficial originados pela furação com broca

para calibrar o furo e melhorar o acabamento superficial originados pela furação com broca

helicoidal.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Furação : Gera
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Furação : Gera
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Furação : Gera
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Furação : Gera
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Furação : Gera

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Alguns exemplos de processos de usinagem:

Retífica: Processo de usinagem que consiste na

remoção de material da peça mediante abrasivo constituído de grãos cortantes que removem

cavacos muito pequenos de material, produzindo o

acabamento superficial superior aos outros

processos.

Lapidação: Processo de remoção que ocorre a partir do deslizamento entre as superfícies

da peça e da ferramenta.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Retífica: Processo de
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Retífica: Processo de
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Retífica: Processo de
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Alguns exemplos de processos de usinagem: Retífica: Processo de

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Seqüência processo de usinagem

Material Bruto

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Seqüência processo de usinagem Material Bruto Produto final

Produto final

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Seqüência processo de usinagem Material Bruto Produto final
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Seqüência processo de usinagem Material Bruto Produto final
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Seqüência processo de usinagem Material Bruto Produto final
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Seqüência processo de usinagem Material Bruto Produto final

Principais Processos de Fabricação Mecânica Usinagem.

Parâmetros Básicos

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Usinagem. Parâmetros Básicos • Velocidade de Corte - Vc •

Velocidade de Corte - Vc

Avanço - a

Profundidade de Corte - Pc

Principais Processos de Fabricação Mecânica Conformação Plástica.

Para processos de conformação volumétrica tais como laminação e

forjamento,

ductilidade.

e

são

indicados especialmente materiais com grande

Em função das forças necessárias para a conformação, estes materiais

devem também possuir

limites

de

relativamente baixos.

escoamento

a

frio,

e

a

quente,

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Para processos de conformação volumétrica tais como

Principais Processos de Fabricação Mecânica Conformação Plástica.

Após o processo de conformação, para alguns materiais, a peça

produzida pode resultar endurecida (encruada).

  • Diferentes estados de tensão;

  • Diferentes “modos” de deformação

  • Diferentes “objetivos” de deformação.

A seleção do material deve auxiliar o desenvolvimento do produto. Para isto devem ser servem entre outros o critério:

Resistência Preço do material

Usinabilidade

Soldabilidade

Conformabilidade.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Conformação Plástica.

Forjamento - Fabricação através da conformação com pré aquecimento de

uma peça .

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Forjamento - Fabricação através da conformação com

Laminação - processo de conformação

continuo ou em etapas com uma ou

mais ferramentas rotativas (cilindros de

laminação).

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Forjamento - Fabricação através da conformação com
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Forjamento - Fabricação através da conformação com

Principais Processos de Fabricação Mecânica Conformação Plástica.

Trefilação - No processo de trefilação a ferramenta conformadora é matriz cônica

convergente (fieira, no caso da trefilação),

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . • Trefilação - No processo de trefilação

através da qual a peça bruta é empurrada ou

puxada.

Extrusão Semelhante ao processo de Trefilação com diferença distribuição

de forças.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . • Trefilação - No processo de trefilação
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . • Trefilação - No processo de trefilação
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . • Trefilação - No processo de trefilação

Conformação Chapas - É definida como

a transição de uma dada forma de um semi

acabado plano em uma outra forma.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . • Trefilação - No processo de trefilação

Principais Processos de Fabricação Mecânica Conformação Plástica.

Embutimento .

Embutimento .

Dobramento.

Dobramento.

Cisalhamento.

Cisalhamento.
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Embutimento . Dobramento. Cisalhamento.
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Embutimento . Dobramento. Cisalhamento.
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Embutimento . Dobramento. Cisalhamento.
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Embutimento . Dobramento. Cisalhamento.
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Embutimento . Dobramento. Cisalhamento.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Conformação Plástica.

Grandes Forjados

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Grandes Forjados
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Conformação Plástica . Grandes Forjados

Principais Processos de Fabricação Mecânica Fundição.

Processo de fabricação onde um metal ou liga metálica, no estado líquido,

é vazado em um molde com formato e medidas correspondentes aos da

peça a ser produzida.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Fundição . Processo de fabricação onde um metal ou liga

Características dos processos de Fundição:

Moldagem em uma única etapa; Liberdade nas possibilidades de formas que podem ser fundidas; Peças brutas e acabadas com precisão dimensional e acabamentos superficiais medianos; Formas complexas com paredes variáveis são fabricáveis.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Fundição.

Principais processos de Fundição:

Fundição por gravidade;

Fundição sob pressão;

Fundição por centrifugação;

Fundição de precisão;

Fundição por outros métodos;

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Fundição. Principais processos de Fundição:  Fundição por gravidade; 

Principais Processos de Fabricação Mecânica Fundição.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Fundição.
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Fundição.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Fundição.

Exemplo de itens fundidos

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Fundição. Exemplo de itens fundidos Carcaças de válvulas Polias Itens

Carcaças de válvulas

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Fundição. Exemplo de itens fundidos Carcaças de válvulas Polias Itens

Polias

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Fundição. Exemplo de itens fundidos Carcaças de válvulas Polias Itens

Itens em geral

Principais Processos de Fabricação Mecânica Fundição.

Principais vantagens

  • Podem apresentar formas externas e internas desde a mais simples até a mais complexa;

  • Podem apresentar dimensões limitadas somente pelas restrições das instalações onde serão produzidas;

  • Podem ser produzidas dentro de padrões variados de acabamento e tolerância dimensional;

  • Possibilita grande economia de peso, porque permite a obtenção de paredes com espessuras quase ilimitadas.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Fundição.

Principais limitações

  • Processo pode gerar defeitos internos incompatíveis com utilizações futuras:

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Fundição. Principais limitações  Processo pode gerar defeitos internos incompatíveis
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Fundição. Principais limitações  Processo pode gerar defeitos internos incompatíveis

Principais Processos de Fabricação Mecânica Fundição.

Moldes.

O molde é o dispositivo fundido é colocado para

no qual

o

metal

que se obtenha a

peça desejada. Ele é feito de material

refratário composto de areia e aglomerante.

Esse material é moldado

sobre o modelo

que, após retirado, deixa uma cavidade com

o formato da peça a ser fundida.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Fundição. Moldes. O molde é o dispositivo fundido é colocado

Principais Processos de Fabricação Mecânica Fundição.

  • Fusão - Etapa em que acontece a fusão do metal.

  • Vazamento - O vazamento é o enchimento do molde com o metal líquido.

  • Desmoldagem - Retirada do molde (desmoldagem) manualmente ou por processo mecânico.

  • Rebarbação - A rebarbação é a retirada dos canais de alimentação, massalote e rebarbas que se formam durante a fundição.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Tratamentos Térmicos.

Os tratamentos térmicos empregados em metais ou ligas metálicas, são

definidos como qualquer conjunto de operações de aquecimento e

resfriamento, sob condições controladas de temperatura, tempo, atmosfera e velocidade de resfriamento, com o objetivo de alterar suas propriedades

ou conferir-lhes características pré determinadas.

  • Normalização

  • Têmpera

  • Revenimento

  • Recozimento

  • Alívio de tensões

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Tratamentos Térmicos . • Os tratamentos térmicos empregados em metais

Principais Processos de Fabricação Mecânica Tratamentos Térmicos.

Principais objetivos:

  • Remoções de tensões residuais decorrentes de processos mecânicos de conformação ou térmicos (soldagem);

  • Refino da microestrutura (diminuição de tamanho de grão);

  • Alteração das propriedades mecânicas (LR/LE, dureza / tenacidade, etc).

  • Remoção de gases após operações de recobrimento por meio de

processos galvânicos.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

Definição Soldagem é um processo de união de materiais por coalescência dos mesmos através do aquecimento na temperatura de soldagem.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . • Definição – Soldagem é um processo de

Processo bastante complexo do ponto de vista

metalúrgico, pois envolvem uma gama de fenômenos

térmicos, que ocorrem rapidamente.

Pode

ser

considerado

processo

complementar

aos

processos de conformação mecânica (Fundição, laminação,

forjamento, etc.)

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . • Material Base – É o material que

Material Base É o material que constitui as partes a unir.

Material de Adição É o material de enchimento no processo de soldagem da

mesma natureza das partes a serem unidas.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

  • A Arco

o eletrodos revestidos ou tubulares

o eletrodos em atmosfera protetora MIG- MAG e TIG

  • A Chama

o

oxi-acetilênica

  • Laser

  • Bombardeamento eletrônico

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem .  A Arco o eletrodos revestidos ou tubulares

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

  • Resistência elétrica

o por ponto o por projeção o por costura o por centelhamento

  • Indução

  • Ultra-som

  • Atrito

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem .  Resistência elétrica o por ponto o por
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem .  Resistência elétrica o por ponto o por

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

Principais Processos:

Eletrodo Revestido: É um processo muito usado pela sua versatilidade na soldagem de aços. Caracteriza-se por varetas metálicas revestidas

com material anti-oxidante, em comprimentos e bitolas padronizados.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . Principais Processos: Eletrodo Revestido: É um processo muito

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

Principais Processos:

  • TIG;

  • MIG/ MAG;

  • Arco Submerso;

  • Arame tubular;

  • Eletro-escória;

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . Principais Processos:  TIG;  MIG/ MAG; 
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . Principais Processos:  TIG;  MIG/ MAG; 

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

O processo de soldagem com eletrodos revestidos (SMAW) é um dos

processos de solda elétrica mais utilizados.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . O processo de soldagem com eletrodos revestidos (SMAW)
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . O processo de soldagem com eletrodos revestidos (SMAW)
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . - Metalurgia da Soldagem. Regiões da junta soldada.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

- Metalurgia da Soldagem.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . - Metalurgia da Soldagem. Regiões da junta soldada.

Regiões da junta soldada.

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

- Ensaios Não Destrutivos.

São técnicas aplicadas nas avaliações da integridade dos materiais, sem que hajam alterações de suas características originais, nem prejuízos com seu uso futuro.

  • Ensaio Visual;

  • Líquidos Penetrantes;

  • Partículas Magnéticas;

  • Ultra Som;

  • Ensaio Radiográfica ( Raios X e gama);

  • Eddy Corrent

  • Emissão Acústica;

  • Termografia;

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

- Ensaios Não Destrutivos.

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . - Ensaios Não Destrutivos. LP US PM RX
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . - Ensaios Não Destrutivos. LP US PM RX

LP

US

Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . - Ensaios Não Destrutivos. LP US PM RX
Principais Processos de Fabricação Mecânica – Soldagem . - Ensaios Não Destrutivos. LP US PM RX

PM

RX

Principais Processos de Fabricação Mecânica Soldagem.

- Ensaios Não Destrutivos.

  • Finalidade para aplicação;

  • Métodos de seleção;

  • Requisitos necessários (qualificações);

  • Vantagens de utilização;

  • Limitações de cada método.

Processos de Fabricação Mecânica Metrologia.

A ciência que trata das medições. A metrologia abrange todos os aspectos teóricos e práticos relativos às medições, em quaisquer campos da ciência ou da tecnologia.

Nesse sentido a Metrologia Científica e Industrial é uma ferramenta fundamental no crescimento e inovação tecnológica, promovendo a competitividade e

criando um ambiente favorável ao desenvolvimento

científico e industrial em todo e qualquer país.

Processos de Fabricação Mecânica Metrologia.

Histórico: O homem como medida .

Processos de Fabricação Mecânica – Metrologia . Histórico: O homem como medida . Pé Polegada
Processos de Fabricação Mecânica – Metrologia . Histórico: O homem como medida . Pé Polegada

Polegada

Processos de Fabricação Mecânica Metrologia.

Alguns aspectos sobre medições podem ser

lembrados:

• Não há medição sem erro.

• A qualidade de uma medição depende da estimativa

do erro.

• O erro pode ser apenas estimado, porque não há

instrumento ideal (perfeitamente exato) que indique o

valor verdadeiro.

Processos de Fabricação Mecânica Metrologia.

Principais conceitos da Metrologia

Tipos de Erros ;

Incerteza;

Exatidão;

Precisão;

Processos de Fabricação Mecânica – Metrologia . Principais conceitos da Metrologia • Tipos de Erros ;

Processos de Fabricação Mecânica Metrologia.

Exemplos de instrumentos mais utilizados nas inspeções de medidas.

Processos de Fabricação Mecânica – Metrologia . Exemplos de instrumentos mais utilizados nas inspeções de medidas.

Paquimetro: Medições de diam. ext. e int., compr., esp. e profundidades

Processos de Fabricação Mecânica – Metrologia . Exemplos de instrumentos mais utilizados nas inspeções de medidas.

Goniometro. Medições precisas de angulos

Processos de Fabricação Mecânica – Metrologia . Exemplos de instrumentos mais utilizados nas inspeções de medidas.
Processos de Fabricação Mecânica – Metrologia . Exemplos de instrumentos mais utilizados nas inspeções de medidas.

Micrometro ext.: Medições de diam. ext. mais precisos

Processos de Fabricação Mecânica – Metrologia . Exemplos de instrumentos mais utilizados nas inspeções de medidas.
Processos de Fabricação Mecânica – Metrologia . Exemplos de instrumentos mais utilizados nas inspeções de medidas.

Rel. Comparadores: Medições precisas de prof., acabamentos.

Processos de Fabricação Mecânica – Metrologia . Exemplos de instrumentos mais utilizados nas inspeções de medidas.

Parquímetro Digital de altura.

Processos de Fabricação Mecânica PCP.

Planejamento e Controle da Produção / Fabricação.

O

PCP

é

responsável pela

coordenação e aplicação dos recursos

produtivos

de

forma

a

atender

da

melhor maneira possível aos planos estabelecidos em níveis estratégico,

tático e operacional.

Processos de Fabricação Mecânica – PCP . Planejamento e Controle da Produção / Fabricação. O PCP

Processos de Fabricação Mecânica END’s.

Processos de Fabricação Mecânica – END’s .
Processos de Fabricação Mecânica – END’s .

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Ciclo completo

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Ciclo completo

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Processo de fabricação onde um metal ou liga metálica, no estado líquido,

é vazado em um molde com formato e medidas correspondentes aos da

peça a ser produzida.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Processo de fabricação onde um metal ou liga metálica,

Características dos processos de Fundição:

Moldagem em uma única etapa; Liberdade nas possibilidades de formas que podem ser fundidas;

  • Peças brutas e acabadas com precisão

dimensional e acabamentos superficiais

medianos;

  • Formas complexas com paredes variáveis

são fabricáveis.

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Os processos de Fundição se caracterizam como processos de

fabricação de grande importância técnica e econômica.

Podemos classificar como processos típicos de fundição os seguintes:

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Os processos de Fundição se caracterizam como processos de

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Materiais Fundidos:

Aços Fundidos: %Carbono < 2,00% - Grande aplicação nas construções mecânicas, por sua possibilidade de alteração nas propriedades mecânicas, que podem sofrer alterações pela adição de elementos de liga ou pela ação de tratamentos térmicos posteriores.

Cr Eleva a resistência mecânica e resistência a corrosão;

Ni Eleva os limites de resistência

a tração e

escoamento, bem como a tenacidade de

material;

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Materiais Fundidos: Aços Fundidos: %Carbono < 2,00% - Grande

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Ferros Fundidos: 2,00 <%Carbono < 4,00%

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Ferros Fundidos: 2,00 <%Carbono < 4,00% Vantagens: Boas propriedades

Vantagens: Boas propriedades de conformação, menor tendência trincas e boa capacidade

enchimento durante o processo.

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Materiais Fundidos Materiais Ferrosos Materiais Não Ferrosos Ferros Fundidos Aços Fundidos •Ligas de Al Fundidas •Ligas
Materiais Fundidos
Materiais Ferrosos
Materiais Não Ferrosos
Ferros Fundidos
Aços Fundidos
•Ligas de Al Fundidas
•Ligas de Mg fundidas
•Ligas de Cu fundidas
•Ligas de Zn fundidas
•Ferro fundido cinzento
•Ferro fundido vermicular
•Ferro fundido branco

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Lingotamento “convencional” ou “estático”

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Lingotamento “convencional” ou “estático”

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Lingotamento contínuo

Lingotamento contínuo

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Processo de solidificação

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Processo de solidificação Curva de Solidificação de metal puro

Curva de Solidificação de metal puro durante a fusão

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO .

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Processo de solidificação: A formação da morfologia da solidificação depende da velocidade de solidificação. Quanto mais rápida é a solidificação, mais fina será a microestrutura sugerida.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Processo de solidificação : A formação da morfologia da

Corte lateral

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Processo de solidificação : A formação da morfologia da

Corte topo

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO .
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO .

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Lingotamento contínuo SEM agitação Lingotamento contínuo COM agitação

Lingotamento contínuo SEM agitação

Lingotamento contínuo COM agitação

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Efeitos da Contração- Rechupe

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Efeitos da Contração- Rechupe
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Efeitos da Contração- Rechupe
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Efeitos da Contração- Rechupe

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Principais processos de Fundição:

Fundição por gravidade;

Fundição sob pressão;

Fundição por centrifugação;

Fundição de precisão;

Fundição por outros métodos;

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Principais processos de Fundição:  Fundição por gravidade; 

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Exemplo de itens fundidos

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Exemplo de itens fundidos Carcaças de válvulas Polias Itens

Carcaças de válvulas

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Exemplo de itens fundidos Carcaças de válvulas Polias Itens

Polias

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Exemplo de itens fundidos Carcaças de válvulas Polias Itens

Itens em geral

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Principais etapas do processos de Fundição:

  • Confecção do modelo (modelação);

  • Confecção do molde (moldagem);

  • Confecção do macho (macharia);

  • Fusão do metal;

  • Vazamento do molde com metal líquido;

  • Desmoldagem, retirada do molde e macho;

  • Rebarbação e limpeza;

  • Controle da Qualidade, verificação da conformidade.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Principais etapas do processos de Fundição:  Confecção do
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Principais etapas do processos de Fundição:  Confecção do

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Confecções Moldes e Modelos.

Confecção do modelo - Essa etapa consiste em construir um modelo com o formato aproximado da peça a ser fundida. Esse modelo vai servir para a construção do molde e suas dimensões devem prever a contração do metal quando ele se solidificar bem como um eventual sobremetal para posterior usinagem da peça. Ele é feito de madeira, alumínio, aço, resina plástica e até isopor.

Confecção do Molde - O molde é o dispositivo no qual o metal fundido é colocado para que se obtenha a peça desejada. Ele é feito de material refratário composto de areia e aglomerante. Esse material é moldado sobre o modelo que, após retirado, deixa uma cavidade com o formato da peça a ser fundida.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Confecções Moldes e Modelos. Confecção do modelo - Essa
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Confecções Moldes e Modelos. Confecção do modelo - Essa

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Nomenclaturas / definições importantes na Fundição

Molde Permanente (coquilhas):

Molde Permanente (coquilhas) :

São aproveitados para a produção contínua de peças fundidas.

Molde Perdido:

Molde Perdido :

Constituído principalmente por areia, cera ou aglomerado, destruído na desmoldagem.

Machos :

Machos :

Proporciona o surgimento de cavidades ocas e

arranjo do molde.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Nomenclaturas / definições importantes na Fundição Molde Permanente (coquilhas)
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Nomenclaturas / definições importantes na Fundição Molde Permanente (coquilhas)
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Nomenclaturas / definições importantes na Fundição Molde Permanente (coquilhas)

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Principais processos de Fundição:

Areia verde

Processo de fundição que utiliza molde de areia. O mais conhecido e empregado é a fundição em

areia verde.

A composição do agregado granular refratário (molde) é feita por areia-base que pode ser silica (SiO2), cromita ou zirconita, mais argila (como aglomerante) e água.

Os moldes são preparados compactando a mistura de areia numa caixa sobre um modelo com formato da peça a ser fundida.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Principais processos de Fundição: Areia verde Processo de fundição

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Molde em Casca (Shell molding):

As desvantagens do processo em areia verde levaram ao desenvolvimento de novos tipos de molde. E o

uso das resinas foi um grande aperfeiçoamento na utilização de areia para a produção de moldes de

fundição.

A areia não precisa mais ser compactada porque o aglomerante, que é como uma espécie de cola, tem a

função de manter juntos os grãos de areia.

A cura (secagem) pode ser a quente ou a frio. A cura a frio é mais caro e utiliza substâncias ácidas e

corrosivas como catalisadores da reação química, que exigem muito cuidado na manipulação porque são

tóxicas. Por estas desvantagens é pouco utilizado.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Molde em Casca (Shell molding): As desvantagens do processo
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Molde em Casca (Shell molding): As desvantagens do processo
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Molde em Casca (Shell molding): As desvantagens do processo

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Cera perdida (fundição de precisão).

Também chamada de fundição de precisão, produz peças com peso máximo de 5 kg, formato complexo, melhor acabamento superficial, tolerâncias menores e geralmente sem macho. São produzidas ligas de alumínio, de níquel, de magnésio, de cobre, de cobre-berílio, de bronze-silício, latão ao silício, ligas resistentes ao calor, além do aço comum e inoxidável.

Este processo é bastante eficaz na produção de peças pequenas e aparentemente inviáveis por outros processos (pelo

formato complexo e custo).

Os modelos para a confecção dos moldes são produzidos em cera a partir do vazamento de cera líquida em uma matriz formada por uma cavidade com o formato e dimensões da peça desejada.

Modelo de cera Lama refratária
Modelo
de cera
Lama
refratária
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Cera perdida (fundição de precisão). Também chamada de fundição
Peça pronta
Peça
pronta
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Cera perdida (fundição de precisão). Também chamada de fundição

Modelo

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Cera perdida (fundição de precisão). Também chamada de fundição
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Cera perdida (fundição de precisão). Também chamada de fundição
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Cera perdida (fundição de precisão). Também chamada de fundição

Aquecimento

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Cera perdida (fundição de precisão). Também chamada de fundição
Remoção da Cera derretida
Remoção da
Cera derretida
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Cera perdida (fundição de precisão). Também chamada de fundição
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Cera perdida (fundição de precisão). Também chamada de fundição

Quebra do Molde

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Cera perdida (fundição de precisão). Também chamada de fundição
Enchimento do modelo
Enchimento
do modelo

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Processo Cera Perdida
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Processo Cera Perdida

Processo

Cera

Perdida

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Molde permanente

Dependendo da peça a ser fabricada, da quantidade e do tipo de liga metálica que será fundida, a melhor

opção é a fundição em molde permanente.

Este processo evita problemas comuns aos processos que utilizam moldes descartáveis, como quebras e deformações dos moldes, inclusões de material do molde, entre outros.

São utilizados moldes metálicos de ligas de aço ou ferro fundido, cuja vida útil permite a fundição de até

100 mil peças. Mas sua utilização está restrita a ligas metálicas com ponto de fusão mais baixo que ligas de aço, como chumbo, zinco, alumínio, magnésio, bronze e excepcionalmente, o ferro fundido.

Comparado às peças produzidas em moldes de areia, apresentam maior uniformidade, melhor acabamento superficial, tolerâncias menores e melhores propriedades mecânicas. Por outro lado, as peças devem ser de tamanho pequeno, produzidas em grande quantidade, e devem possuir formatos simples.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Molde permanente Dependendo da peça a ser fabricada, da
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Molde permanente Dependendo da peça a ser fabricada, da
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Molde permanente Dependendo da peça a ser fabricada, da

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Fundição sob Pressão - Injeção.

A fundição em molde permanente pode ser feita também sob pressão (injeção). Consiste em forçar a

penetração do metal líquido na cavidade do molde, também chamado de matriz. A pressão garante o

preenchimento total da matriz.

O processo é automatizado, garantindo fechamento, pressão do líquido, abertura e desmoldagem por

pinos ejetores. Muitas matrizes são refrigeradas à água, evitando superaquecimento e elevando sua vida útil.

São capazes de confeccionar entre 50 mil e 1 milhão de injeções.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Fundição sob Pressão - Injeção. A fundição em molde
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Fundição sob Pressão - Injeção. A fundição em molde

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

 

Areia Verde

Shell Moding

Cera Perdida

Injeção

Vantagens

Baixo Custo Fácil reparo moldes Equip. mais simples

Bom acabamento superficial Molde estável dimensional Automatizável Adequado peças complexas

Produção seriada Geometrias complexas Maior precisão dimens.

Autom. produção Pçs mais complexas

         

Desvantagens

Acabamento superficial Areia heterogênea Maior deform. do molde

Custo elevado Dimensões mais limitadas

Peso Limitado (5Kg máx) Custo elevado

Limitações de mat. Custo alto

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Fundição por centrifugação.

O metal derretido é derramado em um molde girando.

Neste processo de fundição o canal de vazamento está normalmente localizado junto ao

centro de rotação da peça. A força centrífuga gerada pela rotação ajuda a que o metal

vazado sob pressão preencha pequenas secções e mantenha um bom contato entre a moldação e o metal.

Neste processo os elevados fluxos de calor que se escoam proporcionam uma redução do tempo de solidificação, resultando em melhores propriedades mecânicas dos fundidos.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Fundição por centrifugação. O metal derretido é derramado em
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Fundição por centrifugação. O metal derretido é derramado em

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Representação esquemática do equipamento para Fundição por centrifugação.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Representação esquemática do equipamento para Fundição por centrifugação.

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Principais vantagens

  • Podem apresentar formas externas e internas desde a mais simples até a mais complexa;

  • Podem apresentar dimensões limitadas somente pelas restrições das instalações onde serão produzidas;

  • Podem ser produzidas dentro de padrões variados de acabamento e tolerância dimensional;

  • Possibilita grande economia de peso, porque permite a obtenção de paredes com espessuras quase ilimitadas.

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Limitações:

  • As propriedades mecânicas de peças fundidas geralmente são inferiores às propriedades de peças conformadas mecanicamente.

  • Inclusão da areia do molde nas paredes internas ou externas da peça.

  • Heterogeneidades na composição da liga metálica (áreas de segregação) que causam o aparecimento de partículas duras indesejáveis no material.

  • Rechupes, que é a falta de material caudsado por projeto de massalote mal feitos.

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Defeitos típicos do processo de Fundição.

Sem alteração na forma geométrica da peça.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Defeitos típicos do processo de Fundição. Sem alteração na
Porosidade: Originada de gases não eliminados durante o processo de vazamento e solidificação. Rebarba de ângulo:
Porosidade: Originada de gases não eliminados
durante o processo de vazamento e solidificação.
Rebarba de ângulo: Protuberância metálica na
forma de lâmina delgada que divide em dois um
ângulo entrante na areia do molde.
Ocasionada por Rachadura no molde ou no macho
produzida durante a estufagem, secagem ou no
vazamento;

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Rebarba metálica: Originada das folgas entre machos e moldes ou entre machos e machos. Veiamentos: São
Rebarba metálica: Originada das folgas entre
machos e moldes ou entre machos e machos.
Veiamentos: São rebarbas em forma de veios,
geralmente perpendicular à superfície isolada ou
em rede e não situadas ao longo de cantos.
Ex. Causas:
• Rachadura nos moldes no momento do vazamento
muito lento;
•Fissura nos moldes que acompanham a expansão da
areia.
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Rebarba metálica: Originada das folgas entre machos e moldes
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Rebarba metálica: Originada das folgas entre machos e moldes

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Com alteração na forma geométrica da peça.

Levantamento de molde: Rebarba plana, que se encontra ao longo da linha de divisão do molde,
Levantamento de molde: Rebarba plana, que se
encontra ao longo da linha de divisão do molde, que
vem acompanhada com o corresponde aumento da
espessura da peça.
Ocasionada por excesso de pressão do metal líquido, que produz um
levantamento da parte superior do molde, sendo que sua carga não é suficiente
para evitá‐lo.
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Com alteração na forma geométrica da peça. Levantamento de
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Com alteração na forma geométrica da peça. Levantamento de

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Rechupes: Geralmente aparecem sob pontos de acúmulo de material (pontos de variação da superfície da peça,
Rechupes: Geralmente aparecem sob pontos de acúmulo de material
(pontos de variação da superfície da peça, próximo à nervuras e castelos de
fixação), como uma depressão na superfície da peça moldada se a contração do
material não for compensada.
Ocasionada principalmente pela Contração volumétrica como
resultado da solidificação do metal.
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Rechupes: Geralmente aparecem sob pontos de acúmulo de material
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Rechupes: Geralmente aparecem sob pontos de acúmulo de material

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Inclusão de areia: Geralmente ocasionada por escórias oriundas do forno/panelas /bicas, etc, ou adições ao banho metálico não dissolvidas.

Podem ser evitadas com as seguintes ações:

Colocar as partes usinadas, sempre que possível, no molde do fundo;

Usar cargas no forno com sucata limpa e não oxidadas;

Limpar escórias do forno de fusão.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Inclusão de areia: G eralmente ocasionada por escórias oriundas

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Exemplo de distribuição das tensões no processo de Fundição

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Exemplo de distribuição das tensões no processo de Fundição

Tensões antes da desmoldagem

Tensões após desmoldagem

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Exemplo da dissipação do calor no processo de Fundição

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO . Exemplo da dissipação do calor no processo de Fundição

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO .
Processos de Fabricação Mecânica – FUNDIÇÃO .

Processos de Fabricação Mecânica FUNDIÇÃO.

Bibliografia:

  • Metals Handbook vol. 15 Casting 9th edition-ASM-1988;

  • Moreira,M.F; Lebrão,S.M.G Tratamentos térmicos Materiais- Dmc 733-E.E. Mauá 2000;

  • Degarmo, Black,J.t;Kohser,A.R Materials and processes in Manufacturing-8ª ed.-2005

  • Altan,T Conformação de metais-EESC-USP- São Carlos SP-1999

  • Aulas curso Prominp ministrado na USP em 2011;

  • Aulas curso sobre procedimentos de avaliação materiais Prof. André da Costa e Silva.

Processos de Fabricação Mecânica END’s.

Processos de Fabricação Mecânica – END’s .
Processos de Fabricação Mecânica – END’s .

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Métodos de conformação dos aços
Métodos de conformação dos aços

Para processos de conformação

volumétrica tais como laminação,

forjamento, etc, são indicados

especialmente materiais com

grande ductilidade.

Em função das forças necessárias

para a conformação, estes

materiais devem também possuir

limites de escoamento a frio, e a

quente, relativamente baixos.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Métodos de conformação dos aços Para processos de

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Aspectos da temperatura na Conformação.

Os processos de conformação são comumente classificados em operações de trabalho a quente, a morno e a frio.

O trabalho a quente é definido como a deformação sob condições de temperatura e taxa

de deformação tais que processos de recuperação e recristalização ocorrem

simultaneamente com a deformação. De outra forma, o trabalho a frio é a deformação

realizada sob condições em que os processos de recuperação e recristalização não são

efetivos. No trabalho a morno ocorre recuperação, mas não se formam novos grãos (não

há recristalização).

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Em termos de conformação mecânica, chama-se de:

Trabalho a quente (TQ) aquele que é executado em temperaturas acima de 0,5Tf;

Trabalho a morno (TM), executado na faixa compreendida (grosseiramente) entre 0,3 e 0,5 Tf; Trabalho a frio (TF) aquele que é executado entre 0 e 0,3 Tf (onde Tf é a temp. de

fusão) .

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Em termos de conformação mecânica, chama-se de: 

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

TRABALHO A QUENTE.

O trabalho a quente é a etapa inicial na conformação mecânica da maioria dos metais e ligas. Este

trabalho não só requer menos energia para deformar o metal e proporciona maior habilidade para o escoamento plástico sem o surgimento de trincas como também ajuda a diminuir as heterogeneidades da estrutura dos lingotes fundidos devido as rápidas taxas de difusão presentes às temperaturas de trabalho a quente.

TRABALHO A FRIO.

O trabalho a frio é acompanhado do encruamento, o que resulta no aumento do limite de escoamento

e de resistência à tração e diminuição do alongamento, normalmente aplicado a itens de pequenas dimensões, tais como fixadores, soquete de ferramentas, discos, etc.

TRABALHO A MORNO.

Objetiva aliar as vantagens das conformações a quente e a frio. Dos processos de conformação a morno um dos mais difundidos e com maiores aplicações industriais é o forjamento.

O trabalho a morno consiste na conformação de peças numa faixa de temperaturas onde ocorre o

processo de recuperação portanto, o grau de endurecimento por deformação é consideravelmente menor do que no trabalho a frio.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

TRABALHO A QUENTE.

VANTAGENS

DESVANTAGENS

Homogeneização química das estruturas brutas de fusão, com a eliminação de segregações, em virtude da rápida difusão

Necessidade de equipamentos especiais (fornos, manipuladores, etc.) e gasto de energia para aquecimento das peças;

atômica interna;

Aumento da capacidade do material para

Formação de óxidos, prejudiciais para o

escoar sem se romper (ductilidade);

acabamento superficial;

Menor energia requerida para deformar o metal, já que a tensão de escoamento decresce com o aumento da temperatura;

Necessidade de grandes tolerâncias dimensionais por causa de expansão e contração térmicas;

Aumento da tenacidade e ductilidade do material trabalhado em relação ao bruto de fusão.

Reações do metal com a atmosfera do forno, levando as perdas de material por oxidação e descarbonetação superficial.

Eliminação de bolhas e poros por caldeamento

Podem gerar heterogeneidades entre as estrutura da superfície e do centro da peça em função das taxas de resfriamento diferenciadas.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Forjamento.
Forjamento.

Sob forjamento entende-se a fabricação através da

conformação com pré aquecimento, corte (e junção) de

uma peça sem encruamento permanente.

Vantagens do processo de forjamento são entre outras

o elevado aproveitamento do material e a grande

capacidade de produção, que possível através deste

processo, assim como uma elevada segurança do

processo e a boa reciclabilidade do produto.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento. Sob forjamento entende-se a fabricação através da

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

A resistência elevada das peças forjadas comparadas com a das peças fundidas tem como consequência as
A resistência elevada das peças forjadas comparadas com a das peças
fundidas tem como consequência as a possibilidade de redução das
dimensões de um elemento de máquina.

O processo de forjamento é dividido em vários estágios.

O numero de estágios depende de alguns fatores como:

  • A complexidade da peça a ser forjada;

  • O material que constitui a peça.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Forjamento.
Forjamento.
  • Gera estruturas com melhores características mecânicas quando comparados aos Fundidos.

    • Gera superfícies com melhor acabamento quando comparados aos Fundidos.

Dendritas Conformada
Dendritas
Conformada
  • Pode produzir uma grande variedade de peças em diversos materiais, desde peças com poucos milímetros até peças com alguns metros;

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento.  Gera estruturas com melhores características mecânicas

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Materiais utilizados no Forjamento.
Materiais utilizados no Forjamento.

Aços baixa liga:

  • SAE 8630 - Utilizado na fabricação de peças de dimensões médias que necessitam de média resistência mecânica com boa soldabilidade e elevada tenacidade, particularmente na indústria de exploração de petróleo .

  • SAE 4340 - Utilizado para fabricar peças de maior porte, de uso geral, que requerem alta dureza e/ou resistência mecânica, particularmente em indústrias siderúrgicas, de mineração e de exploração de petróleo.

Ligas Especiais:

  • ASTM B 160 - Utilizada em equipamentos para a indústria alimentícia e para manuseio de soda caústica, armazenamento de produtos químicos e indústria eletroeletrônica.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Tipos de Forjamento.
Tipos de Forjamento.

Forjamento em Matriz aberta (forjamento livre).

O material é conformado entre matrizes planas ou de formato simples, que normalmente não se tocam.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Tipos de Forjamento. Forjamento em Matriz aberta (forjamento
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Tipos de Forjamento. Forjamento em Matriz aberta (forjamento
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Tipos de Forjamento. Forjamento em Matriz aberta (forjamento
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Tipos de Forjamento. Forjamento em Matriz aberta (forjamento

É usado geralmente para fabricar peças grandes, com forma relativamente simples (ex.,

eixos de navios e de turbinas, ganchos, correntes, âncoras, alavancas, etc.) e em pequeno número; e também para pré-conformar peças que serão submetidas

posteriormente a operações de forjamento mais complexas.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Forjamento em Matriz aberta (forjamento livre).

A peça é conformada em uma ferramenta plana com um martelo em queda livre ou em

prensa. Matéria prima são blocos fundidos ou laminados.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz aberta (forjamento livre). A peça
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz aberta (forjamento livre). A peça

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Forjaria Sala de controle da prensa.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjaria – Sala de controle da prensa.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Forjamento em Matriz fechada.

O material é conformado entre duas metades de matriz que possuem, gravadas em baixo-

relevo, impressões com o formato que se deseja fornecer à peça.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz fechada. O material é conformado
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz fechada. O material é conformado
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz fechada. O material é conformado
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz fechada. O material é conformado

Nos casos em que a deformação ocorre dentro de uma cavidade totalmente fechada, sem zona de escape, é fundamental a precisão na quantidade fornecida de material: uma quantidade insuficiente implica falta de enchimento da cavidade e falha no volume da peça; um excesso de material causa sobrecarga no ferramental, com probabilidade de

danos ao mesmo e ao maquinário.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Para evitar um aumento excessivo desta pressão as matrizes são usualmente projetadas de tal modo que a rebarba fica reduzida à sua espessura mínima somente em uma largura pequena (garganta ou costura - “flash land”) sendo permitido ao restante escoar livremente dentro da calha ou bacia.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Para evitar um aumento excessivo desta pressão as
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Para evitar um aumento excessivo desta pressão as

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Forjamento em Matriz fechada.

Exemplo de peça sendo forjada .

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz fechada. Exemplo de peça sendo
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz fechada. Exemplo de peça sendo
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz fechada. Exemplo de peça sendo

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Forjamento em Matriz fechada (com rebarbas).

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz fechada (com rebarbas). O material
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz fechada (com rebarbas). O material

O material excedente forma uma faixa estreita (rebarba) em torno da peça forjada. A

rebarba exige uma operação posterior de corte (rebarbação) para remoção

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Forjamento em Matriz fechada.

Vantagens:

  • Controle da deformação durante o processo de forjamento; melhorando as propriedades mecânicas da peça produzida(ductilidade, tensão, resistência);

  • Controle da produção de peças complexas.

Desvantagens:

  • As peças a serem forjadas normalmente necessitam de operações de conformação antes do processo de forjamento.

  • Ferramentas dispendiosa (matrizes).

  • Controle do volume é crítico.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento em Matriz fechada. Vantagens :  Controle

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Sequência de trabalho no forjamento em matriz.

A sequência neste caso será:

corte do material preparação da seção transversal (geralmente forjamento livre) prensagem

o número de operações intermediárias dependerá da complexidade da peça.
o número de operações intermediárias dependerá da complexidade da peça.
Operações intermediárias mais comuns: Recalque; Estiramento; Encalcamento; Rolamento; Alargamento; Furação; Extrusão.
Operações intermediárias mais comuns:
Recalque;
Estiramento;
Encalcamento;
Rolamento;
Alargamento;
Furação;
Extrusão.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

  • Recalque. Compressão direta do material entre um par de ferramentas de face plana ou côncava, visando primariamente reduzir a altura da peça e aumentar a sua secção transversal.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Recalque. Compressão direta do material entre um

O Recalque pode ser classificado em:

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Recalque. Compressão direta do material entre um

Recalque a frio: peças pequenas, força reduzida, alta precisão, bom acabamento;

Recalque a quente: peças grandes e complexas, redução das forças através do aquecimento, acabamento superficial ruim, necessidade de retrabalho.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

  • Encalcamento.

Variedade de estiramento em que se reduz a secção de uma porção intermediária da peça, por meio

de uma ferramenta ou impressão adequada.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Encalcamento. Variedade de estiramento em que se
  • Rolamento.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Encalcamento. Variedade de estiramento em que se
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Encalcamento. Variedade de estiramento em que se

Operação de distribuição de massa ao longo do comprimento da peça, mantendo-se a secção

transversal redonda enquanto a peça é girada em torno do seu próprio eixo.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Encalcamento. Variedade de estiramento em que se
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Encalcamento. Variedade de estiramento em que se

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

  • Alargamento.

Aumenta a largura de uma peça reduzindo sua espessura.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Alargamento. Aumenta a largura de uma peça
  • Furação.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Alargamento. Aumenta a largura de uma peça

Abertura de um furo em uma peça, geralmente por meio de um punção de formato apropriado.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Alargamento. Aumenta a largura de uma peça
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Alargamento. Aumenta a largura de uma peça

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

  • Extrusão.

O material é forçado a passar através de um orifício de secção transversal menor que a da peça.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Extrusão. O material é forçado a passar
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Extrusão. O material é forçado a passar
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Extrusão. O material é forçado a passar
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Extrusão. O material é forçado a passar
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Extrusão. O material é forçado a passar
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .  Extrusão. O material é forçado a passar

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Principais formas de fornecimento de Forjados

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Principais formas de fornecimento de Forjados
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Principais formas de fornecimento de Forjados
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Principais formas de fornecimento de Forjados
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Principais formas de fornecimento de Forjados
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Principais formas de fornecimento de Forjados
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Principais formas de fornecimento de Forjados

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Forjamento de Anéis.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento de Anéis. Cilindros ocos forjados.

Cilindros ocos forjados.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento de Anéis. Cilindros ocos forjados.
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Forjamento de Anéis. Cilindros ocos forjados.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Filme Processo Forjamento (5 min).

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Filme Processo Forjamento (5 min).
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Filme Processo Forjamento (5 min).

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Laminação.
Laminação.

Laminação é um processo de conformação

continuo ou em etapas com uma ou mais

ferramentas rotativas (cilindros de laminação) e

com ou sem ferramentas adicionais (ex.:

mandris, calços ou hastes)

É o processo de transformação mecânica de

metais mais utilizado pois, apresenta alta

produtividade e um controle dimensional do

produto acabado que pode ser bastante preciso

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Laminação. Laminação é um processo de conformação continuo

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Laminação.
Laminação.

Os cilindros de laminação podem tanto ser motores ou então movidos pelo

movimento do material que está sendo laminado.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Laminação. Os cilindros de laminação podem tanto ser
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Laminação. Os cilindros de laminação podem tanto ser

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Laminação.
Laminação.

Esforços envolvidos - na laminação o material é submetido a tensões compressivas

elevadas, resultantes da ação de prensagem dos rolos e a tensões cisalhantes

superficiais, resultantes do atrito entre os rolos e o material. As forças de atrito são

também responsáveis pelo ato de "puxar" o metal para dentro dos cilindros.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Laminação. Esforços envolvidos - na laminação o material

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Um laminador consiste basicamente de cilindros (ou rolos), mancais, uma carcaça

chamada de gaiola ou quadro para fixar estas partes e um motor para fornecer potência

aos cilindros e controlar a velocidade de rotação. As forças envolvidas na laminação

podem facilmente atingir milhares de toneladas, portanto é necessária uma construção

bastante rígida, além de motores muito potentes para fornecer a potência necessária.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Um laminador consiste basicamente de cilindros (ou rolos),
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Um laminador consiste basicamente de cilindros (ou rolos),

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Laminação.
Laminação.
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Laminação.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Laminação a Quente.

O processo de laminação é realizado em uma das muitas etapas do processo do

processo de fabricação. A laminação, como primeira etapa está ligada diretamente com a

usina siderúrgica. Lá se realiza o processo de laminação a quente, aproveitando ainda a

temperatura do lingote diretamente.

Como produtos desta primeira etapa têm-se por exemplo, tiras, chapas, tubos e perfis.

Na laminação a quente é empregada a laminação longitudinal e a oblíqua.

Deve-se observar que, com o lingotamento contínuo, produzem-se placas e tarugos diretamente da máquina de lingotar,
Deve-se observar que, com o lingotamento contínuo, produzem-se placas e tarugos
diretamente da máquina de lingotar, evitando-se uma série de operações de
laminação, em especial a laminação desbastadora.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Laminação a Quente.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Laminação a Quente. Limitações :  Baixa precisão

Limitações:

Baixa precisão de espessura; Baixa qualidade de acabamento; Formação de carepa;

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Laminação a Frio.

Geralmente são produzidas tiras e chapas espessas na laminação a quente e chapas

finas na laminação a frio.

As tiras e chapas laminadas a frio têm em contraste com as laminadas a quente

apresenta as seguintes propriedades:

Em alguns casos, resistência mecânica nitidamente mais elevada.

Produz uma superfície isenta de trincas e porosidades.

Rugosidade definida

Tolerâncias de espessuras mais estreitas

O encruamento resultante da redução a frio pode ser aproveitado para dar maior

resistência ao produto final.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Laminação a Frio.

Vantagens:

Alta precisão de espessura; Excelente acabamento superficial; Não há formação de carepa;

Limitações:

Baixa taxa de deformação; Necessidade de tratamento térmico (recozimento); Necessita de alto esforço para conformação

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Laminação de Barras e Perfis.

Barras de seção circular e hexagonal e perfis estruturais como: vigas em I, calhas e

trilhos são produzidos em grande quantidade por laminação a quente com cilindros

ranhurados.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Laminação de Barras e Perfis. Barras de seção

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Tratamento térmico pós laminação a frio.

Devido a laminação a frio estar condicionada a um forte encruamento torna se necessário um

tratamento de recozimento acima da temperatura de recristalização. Inclui-se também um tratamento

de laminação posterior para:

  • Melhorar a planitude da chapa.

  • Imprimir um padrão de rugosidade sobre a chapa.

  • Corrigir o patamar de escoamento das chapas de aço, e eliminar defeitos de conformação.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Tratamento térmico pós laminação a frio. Devido a
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Tratamento térmico pós laminação a frio. Devido a

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Estampagem
Estampagem

Consiste na fabricação de peças a partir de chapas, por meio de corte, dobra e embutimento.

Normalmente utilizado em chapas para fabricar peças de baixa espessura.

As operações de estampagem podem ser resumidas em três básicas:

Corte

Dobramento e encurvamento

Estampagem profunda ou repuxo.

Enquanto as estampagens em corte e dobramento são realizadas a frio, a profunda pode

eventualmente ser a quente, dependendo da necessidade.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Estampagem
Estampagem

Preferencialemnte utiliza-se aços baixo carbono, inoxidáveis, alumínio, cobre e de diferentes

ligas não ferrosas com alta dutilidade.

Devido às suas características este processo de fabricação é apropriado, preferencialmente,

para as grandes séries de peças (produção em série).

Algumas vantagens:

produção em série; custo baixo das peças; bom acabamento sem necessidade de posterior processo de usinagem; peças com grande resistência; custo baixo do controle de qualidade devido à uniformidade da produção e a facilidade para a detecção de desvios

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Estampagem
Estampagem
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Estampagem Grande aplicação na indústria automobilística Recursos de

Grande aplicação na indústria automobilística

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Estampagem Grande aplicação na indústria automobilística Recursos de

Recursos de projeto com utilização de Softwares

- Peças geometrias complexas.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Prensas de Estampagem / Corte

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Prensas de Estampagem / Corte
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Prensas de Estampagem / Corte
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . Prensas de Estampagem / Corte

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Sequencia de Corte

Contato Pressão Cisalhamento Destaque Retorno
Contato
Pressão
Cisalhamento
Destaque
Retorno

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS .

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

TREFILAÇÃO
TREFILAÇÃO

Operação em que a matéria-prima é estirada através de

uma matriz em forma de canal convergente (FIEIRA ou

TREFILA) por meio de uma força trativa aplicada do lado

de saída da matriz.

O escoamento plástico é produzido principalmente pelas

forças compressivas provenientes da reação da matriz

sobre o material.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . TREFILAÇÃO Operação em que a matéria-prima é estirada

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

TREFILAÇÃO
TREFILAÇÃO

Vantagens:

  • O material pode ser estirado e reduzido em secção transversal mais do que com

qualquer outro processo;

  • A precisão dimensional obtenível é maior do que em qualquer outro processo exceto a

laminação a frio, que não é aplicável às bitolas comuns de arames;

  • A superfície produzida é uniformemente limpa e polida;

  • O processo influi nas propriedades mecânicas do material, permitindo, em combinação

com um tratamento térmico adequado, a obtenção de uma gama variada de

propriedades com a mesma composição química.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

TREFILAÇÃO
TREFILAÇÃO
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . TREFILAÇÃO Quando o ângulo de trefilação é relativamente

Quando o ângulo de trefilação é relativamente grande

(tipicamente, quando D/L > 2) a ação compressiva da fieira não penetra até o centro da peça.

Durante a trefilação as camadas mais internas da peça não recebem compressão radial, mas são arrastadas e forçadas a se estirar pelo material vizinho das camadas

superficiais, que sofrem a ação direta da fieira.

Tal situação (deformação heterogênea) gera tensões

secundárias trativas no núcleo da peça, que pode vir a

sofrer um trincamento característico, em ponta de flecha.

A melhor solução é diminuir a relação D/L, o que pode ser feito empregando-se uma fieira de menor ângulo (α), ou então aumentando-se a redução no passe (em outra fieira com saída mais estreita) .

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . TREFILAÇÃO Quando o ângulo de trefilação é relativamente

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

EXTRUSÃO
EXTRUSÃO

Processo de Conformação que tem por objetivo dar forma a um corpo metálico, a partir da sua passagem por uma matriz, que lhe confere forma e dimensões finais.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . EXTRUSÃO Processo de Conformação que tem por objetivo
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . EXTRUSÃO Processo de Conformação que tem por objetivo
Extrusão Direta
Extrusão
Direta
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . EXTRUSÃO Processo de Conformação que tem por objetivo
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . EXTRUSÃO Processo de Conformação que tem por objetivo
Extrusão Indireta
Extrusão
Indireta

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

EXTRUSÃO
EXTRUSÃO

Material: Dependo da ductilidade do material a extrudar o processo pode ser feito a frio ou a quente, em altas temperaturas. Cada tarugo é extrudado individualmente,

caracterizando a extrusão como um processo semi-contínuo. O produto é essencialmente uma peça semi- acabada.

Extrusão a Quente:

É feita em temperatura elevada para ligas que não tenham suficiente ductilidade a temperatura ambiente, de forma a reduzir as forças necessárias.

A extrusão a quente apresenta alguns problemas como todo o processo de alta temperatura:

O desgaste da matriz é excessivo. O esfriamento do tarugo na câmara pode gerar deformações não-uniformes. O tarugo aquecido é coberto por filme de óxido (exceto quando aquecido em atmosfera inerte) que afeta o comportamento do fluxo do metal por suas características de fricção e pode

gerar um produto de pobre acabamento superficial.

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

EXTRUSÃO
EXTRUSÃO

Extrusão a Frio:

Desenvolvida nos anos 40 é o processo que combina operações de extrusão direta, indireta

e forjamento. O processo foi aceito na indústria particularmente para ferramentas e

componentes de automóveis, motocicletas, bicicletas, acessórios e equipamento agrícola.

Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . EXTRUSÃO Extrusão a Frio: Desenvolvida nos anos 40
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . EXTRUSÃO Extrusão a Frio: Desenvolvida nos anos 40
Processos de Fabricação Mecânica – CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS . EXTRUSÃO Extrusão a Frio: Desenvolvida nos anos 40

Processos de Fabricação Mecânica CONFORMAÇÕES PLÁSTICAS.

Bibliografia:

CETLIN, P. R.; HELMAN, H. Fundamentos da Conformação. São Paulo: Artliber Editora,

2005;

Plaut,R.L Curso da ABM Estampagem de aços -2006;

Degarmo, Black,J.t;Kohser,A.R Materials and processes in Manufacturing-8ª ed.-2005

Altan,T Conformação de metais-EESC-USP- São Carlos SP-1999

Aulas curso Prominp ministrado na USP em 2011;

Aulas curso sobre procedimentos de avaliação materiais Prof. André da Costa e Silva.

Processos de Fabricação Mecânica END’s.

Processos de Fabricação Mecânica – END’s .
Processos de Fabricação Mecânica – END’s .

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Introdução.

As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem podem em alguns casos ser produzidas com as dimensões finais ou próximas a final

(near net shaping), mas normalmente estas peças precisam sofrer

operações complementares para chegar as dimensões finais com a

tolerância dimensional especificada, visando permitir o intercâmbio das

peças.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Introdução. As peças fabricadas por fundição, conformação ou soldagem

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Definição

-

segundo

a

DIN

8580,

aplica-se

a

todos

os

processos de fabricação onde ocorre a remoção de material

sob a forma de cavaco.

Usinagem - operação que confere à peça forma, dimensões ou acabamento, ou ainda uma combinação qualquer desses três,

atravéz da remoção de material sob a forma de cavaco.

Cavaco - porção de material da peça retirada pela ferramenta, caracterizando-se por apresentar forma irregular.

O

Estudo

da

usinagem

é

baseado

na

mecânica

(Atrito,

Deformação), na Termodinâmica (Calor) e nas propriedades

dos materiais.

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Os

processos

de

categorias:

usinagem

podem ser classificados em três

Corte: utilizando ferramentas de geometria definida; que podem

ser: monocortante Ex.: torneamento ou multicortantes. Ex.:

fresamento;

Abrasivo: utiliza ferramentas de geometria não definida e materiais abrasivos. Ex.: retificação, lapidação, brunimento;

Outros métodos de remoção de material: elétrico, químico, térmico, hidrodinâmico e laser.

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

- Os processos de usinagem possuem as seguintes vantagens:

  • São relativamente mais precisos que os processos de conformação e

fundição;

  • Produzem com geometrias complexas, difíceis de serem obtidas por outros

processos;

  • Se adéquam a operações posteriores aos tratamentos térmicos, corrigindo

distorções;

  • Podem gerar superfícies com padrões especiais;

  • Dependem do lote, para lotes pequenos é mais econômico usinar as peças.

- Limitações ou desvantagens:

  • Gasto maior de matéria-prima, trabalho, tempo e energia;

  • Não melhora e pode até degradar as propriedades mecânicas da peça;

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Os processos de usinagem necessitam de um movimento relativo

entre peça e ferramenta.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Os processos de usinagem necessitam de um movimento relativo

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Processos de usinagem removem material da superfície da peça

Processos de usinagem removem material da superfície da peça na forma de cavaco

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Os cavacos, basicamente podem ser classificados em três tipos:

Contínuo: Forma-se na usinagem de materiais dúcteis e homogêneos com pequeno e médio avanço;

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Os cavacos, basicamente podem ser classificados em três tipos:
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Os cavacos, basicamente podem ser classificados em três tipos:

De cisalhamento: constituído de grupos lamelares distintos e justapostos, cisalhados e parcialmente soldados em seguida;

• De cisalhamento: constituído de grupos lamelares distintos e justapostos, cisalhados e parcialmente soldados em seguida;
• De cisalhamento: constituído de grupos lamelares distintos e justapostos, cisalhados e parcialmente soldados em seguida;

De ruptura: quando são constituídos de fragmentos arrancados da peça usinada. Forma-se na usinagem de materiais frágeis ou

heterogêneos. Ex.: ferro fundido ou latão.

heterogêneos. Ex.: ferro fundido ou latão.
heterogêneos. Ex.: ferro fundido ou latão.
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Os cavacos, basicamente podem ser classificados em três tipos:
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Os cavacos, basicamente podem ser classificados em três tipos:

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM .

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

A formação do cavaco influencia diretamente diversos aspectos

relacionados às operações de usinagem, podendo-se destacar os

seguintes:

-Econômicos: velocidade de corte, fluído de corte utilizado, vida útil da ferramenta, etc.

-Qualidade final da peça: acabamento superficial, esforços de corte, etc.

- Segurança: Proteção do operador.

Materiais dúcteis tendem a produzir cavacos longos e contínuos que são os mais prejudiciais.

Materiais frágeis produzem cavacos em forma de pequenas partículas.

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

O que ocorre no processo de corte e formação do cavaco ??

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . O que ocorre no processo de corte e formação

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Altas forças de atrito

Alta Temperatura (1100°C+)

Altos esforços mecânicos

Deformações plásticas severas

570° C Peça 680° 750° Cavaco 840° 930° 930° 1100° 1300° 1100° 1200° 1200° 1100° Ferramenta
570° C
Peça
680°
750°
Cavaco
840°
930°
930°
1100°
1300°
1100°
1200°
1200°
1100°
Ferramenta

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Grandezas do processo de Usinagem:

Vc Velocidade de Corte (m/min)

ap Profundidade de corte (mm)

f - Avanço

Forças (F t , F a , F r )

Potência (Hp)

Calor

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Parâmetros Básicos

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Parâmetros Básicos • Velocidade de Corte - Vc •

Velocidade de Corte - Vc

Avanço - a

Profundidade de Corte - Pc

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Velocidade de Corte - Vc

  • É a velocidade periférica (m/min).

da peça que gira, medido em metros por minutos

  • É a velocidade com que a peça passa pela Ferramenta (Torneamento)

  • É a velocidade em que cada ponto periférico se desloca a cada rotação (furação e fresamento)

Podemos encontrar indicações de velocidade de corte nos catálogos dos fabricantes de ferramentas ou em tabelas padronizadas.

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Avanço - f

  • A quantidade relativa de movimento da ferramenta na peça em

cada revolução, ciclo ou unidade de tempo. Normalmente

medido em milímetros por rotação (mm/rot.).

Profundidade de corte - ap

A distância entre o fundo do corte e a superfície da peça, medido perpendicularmente à superfície da peça em milímetros.

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Força de Corte - F

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força de Corte - F F = Força tangencial

F t = Força tangencial (corte)

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Força de Corte - F

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força de Corte - F F = Força axial

F a = Força axial (avanço)

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Força de Corte - F

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força de Corte - F F = Força radial

F r = Força radial (passiva)

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Força Resultante (força de usinagem)

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força Resultante (força de usinagem) Força requer Potência
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força Resultante (força de usinagem) Força requer Potência

Força

requer

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força Resultante (força de usinagem) Força requer Potência
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força Resultante (força de usinagem) Força requer Potência

Potência

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Direções dos movimentos na Usinagem

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Direções dos movimentos na Usinagem

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Força Resultante (força de usinagem)

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força Resultante (força de usinagem)
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força Resultante (força de usinagem)
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força Resultante (força de usinagem)

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Força de corte :

E o principal fator no cálculo da potência necessária a usinagem.

Fatores que influenciam na Força de Corte:

Material: Quando diferentes tipos de materiais são usinados com parametros constantes, as forças de corte resultantes são diferentes, e dependem das

propriedades dos materiais. Como aproximação inicial pode-se assumir que com o aumento da tensão de ruptura ou a dureza a força de corte aumenta.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Força de corte : E o principal fator no

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Material da ferramenta.

- A escolha do material da ferramenta adequado e um dos fatores

decisivos que influenciam na forças de corte.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Material da ferramenta . - A escolha do material

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Fluido de corte.

- O uso de fluídos de corte (lubrificantes ou refrigerantes) pode reduir as

forças de corte quando comparado com a usinagem a seco.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Fluido de corte. - O uso de fluídos de

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Potência:

As forças e a potência de usinagem devem ser conhecidas para permitir a

seleção adequada da máquina, ferramenta e para o projeto de dispositivos

de fixação ou de ferramentas.

Por causa de vários fatores envolvidos,

Potência é proporcional a Profundidade de corte Potência é proporcional a Velocidade de corte Potência NÃO é linearmente proporcional ao avanço

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Potência:

A potência de corte Pc é o mais

A potência de corte Pc é o mais
A potência de corte Pc é o mais

importante fator para selecionar

uma máquina.

Se o torque e a velocidade são utilizados para determinar a potência temos:

Se o torque e a velocidade são utilizados para determinar a potência temos:
Se o torque e a velocidade são utilizados para determinar a potência temos:
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Potência: A potência de corte Pc é o mais

P - potência [kW] F - forca [N] v - velocidade [m/min]

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Potência: A potência de corte Pc é o mais

P - potência [kW] Md - torque [N/m] n - velocidade [rpm]

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Potência:

A potencia diretamente necessaria na

ferramenta é determinada por:

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Potência: A potencia diretamente necessaria na ferramenta é determinada

Pc - potência de corte [kW] Fc - forca de corte [N] vc - velocidade de corte [m/min]

A potência de avanço e calculada por:

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Potência: A potencia diretamente necessaria na ferramenta é determinada

Pf - potência avanço [kW] Ff - forca de avanço [N] vf Velocidade de avanço [mm/min]

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Potência:

Potência efetiva:

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Potência: Potência efetiva: Pe - potência efetiva [kW] Pc

Pe - potência efetiva [kW] Pc - potência de corte [kW] Pf - potência avanco [kW]

A potência do motor e calculada por:

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Potência: Potência efetiva: Pe - potência efetiva [kW] Pc

Pa - potência do motor [kW] Pc - potência de corte [kW] n eficiência eletrica do motor [mm/min]

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Taxa de remoção

A Taxa de remoção de material “Q” mede a produtividade em termos da quantidade de material removido pela maquina-ferramenta em período específico de tempo ou volume específico de material removido.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Taxa de remoção A Taxa de remoção de material

Q Volume removido no tempo [cm3/min] A secao de usinagem [mm2] vc - velocidade de corte [m/min]

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Taxa de remoção A Taxa de remoção de material

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Ferramenta de corte.

As ferramentas de usinagem normalmente estão sujeitas as

seguintes solicitações:

altas tensões localizadas;

altas temperaturas;

escoamento do cavaco ao longo da superfície de saída ;

atrito entre a ferramenta e a superfície usinada.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Ferramenta de corte. As ferramentas de usinagem normalmente estão

Estas solicitações provocam o desgaste da ferramenta, ou seja, diminuem a vida útil da

mesma, afetando também a qualidade da superfície usinada, a precisão dimensional e

consequentemente a viabilidade econômica do processo são bastante influenciadas pela

vida da ferramenta.

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Vida da Ferramenta.

A vida da ferramenta pode ser comprometida por deformação plástica com redução da

resistência do material pelo aquecimento e na usinagem de materiais com camadas de

óxidos, nesse caso o desgaste pode ser bastante acentuado quando se usina a peça com

profundidade de corte suficiente para arrancar toda camada oxidada.

Em função disso, é essencial monitorar continuamente a

condição da ferramenta quanto ao desgaste ou fratura.

Em muitas máquinas modernas, a monitoração da

ferramenta é integrada ao controle da máquina. As

técnicas de monitoramento da ferramenta podem ser de

dois tipos: direto ou indireto.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Vida da Ferramenta. A vida da ferramenta pode ser

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Materiais utilizados nas Ferramentas de corte.

“O material de ferramenta ideal deverá ter a dureza do diamante natural, a tenacidade do aço
“O material de ferramenta ideal
deverá ter a dureza do
diamante natural, a tenacidade
do aço rápido e a inércia
química da alumina”
(Rocha e Silva, 1999).

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Aço Rápido

Desenvolvido no final do século XIX por Taylor e White.

Assim chamados pelo salto nas velocidades de corte obtidos em sua introdução no

mercado. Atualmente, existem materiais bem mais “rápidos”.

Possui elevada tenacidade, resistência ao desgaste e dureza a quente, quando comparado

aos aços carbono usados na fabricação de ferramentas.

Aço alta liga com microestrutura martensítica e inclusões de carbonetos.

Elementos de liga: C, W, Mb, V, Nb, Cr, Co.

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Metal Duro

Desenvolvido na década de 20, na Alemanha, propiciou o segundo grande salto nas

velocidades de corte;

Devido à sua elevada dureza e resistência ao desgaste, foi batizado de Widia (Wie

Diamond, em alemão, como o diamante).

Composto basicamente de carbeto de tungstênio e cobalto e processado pela metalurgia

do pó, o que garante boa precisão dimensional das ferramentas.

Possui forte afinidade com o aço, motivo pelo qual, inicialmente, não pôde ser usado na

usinagem deste.

Elementos de liga: Co, WC, TiC, TaC, NbC.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Metal Duro Desenvolvido na década de 20, na Alemanha,

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM .

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Exemplos de falhas X ações corretivas.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Exemplos de falhas X ações corretivas.
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Exemplos de falhas X ações corretivas.

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Exemplos de falhas X ações corretivas.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Exemplos de falhas X ações corretivas.
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Exemplos de falhas X ações corretivas.

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Exemplos de falhas X ações corretivas.

Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Exemplos de falhas X ações corretivas.
Processos de Fabricação Mecânica – USINAGEM . Exemplos de falhas X ações corretivas.

Processos de Fabricação Mecânica USINAGEM.

Materiais utilizados nas Ferramenta de corte.