Você está na página 1de 2

Potencial Eltrico

Todas as clulas do corpo humano possuem, atravs de sua membrana, um


potencial eltrico. Este potencial causado por diferenas nas concentraes
inicas dos lquidos extracelular e intracelular. Um potencial de ao uma
alterao rpida no potencial da membrana que se propaga ao longo de todo o
comprimento da clula, estes potenciais so a base da comunicao entre as
clulas nervosas. O tamanho e forma dos potencias de ao diferem
consideravelmente de um tecido excitvel para outro, porm se propagam com
a mesma forma e tamanho ao longo de todo comprimento do nervo ou clula
muscular. As protenas dos canais para ons dependentes de voltagem na
membrana plasmtica so as responsveis pelos potencias de ao
(Silverthorn,2010).
Todo potencial de ao comea por uma alterao sbita do potencial de
membrana normal negativo para um potencial positivo, terminando, ento, com
o retorno quase to rpido para o potencial negativo. No neurnio o potencial
de ao se desloca ao longo da fibra nervosa at sua extremidade final. O
agente necessrio para provocar a despolarizao e a repolarizao das
membranas nervosas durante o potencial de ao o canal de sdio regulado
por voltagem. O canal de potssio regulado pela voltagem tambm tem
participao importante por aumentar a rapidez da repolarizao da membrana.
Ambos os canais (sdio e potssio) atuam, de forma adicional, com a bomba
Na+/ K+ e com os canais de extravasamento de K+ e Na+ (GUYTON &
Hall,2006). As etapas sucessivas do potencial de ao so as seguintes.
Etapa de repouso: o potencial de repouso da membrana. Diz-se que a
membrana est polarizada, durante essa etapa, em razo da presena do
potencial de membrana negativo.
Etapa de despolarizao: Nessa fase, a membrana torna-se muito permevel
aos ons sdio, permitindo o influxo intenso desses ons carregados
positivamente para o interior do axnio. O estado polarizado normal
imediatamente neutralizado pelo influxo de ons sdio, elevando rapidamente o
potencial na direo da positividade. Isso chamado de despolarizao.
Etapa de repolarizao: Dcimos de milsimos de segundo aps a membrana
ter ficado altamente permevel ao sdio, os canais de sdio comeam a se
fechar, e os canais de potssio a se abrir, de modo que a proporo das
condutncias varia a favor de alta condutncia para o potssio e baixa
condutncia para o sdio. Isso permite perda muito rpida de potssio para o
exterior. Consequentemente, o potencial de ao retorna ao seu nvel basal.
Este retorno do potencial de membrana para o estado negativo faz com que os

canais de potssio se fechem novamente, voltando ao seu estado original.


(GUYTON & HALL,2002).

Você também pode gostar