Você está na página 1de 3

ial a ser utilizado: caneta esferográfica azul ou preta.

Os objetos restantes de
vem ser colocados em local
indicado pelo fiscal da sala;
02- Não é permitido a consulta, utilização de livros, códigos, dicionários, apon
tamentos, apostilas, calculadoras, bips,
telefones celulares, devendo mantê-lo DESLIGADO, ou qualquer outro material;
03- Durante a prova, o (a) candidato (a) não deve levantar-se nem comunicar-se c
om outros (as) candidatos (as), é
proibido fumar;
04- A duração da prova é de 04 (QUATRO) horas, já incluído o tempo destinado à i
dentificação - que será feita no
decorrer da prova - e ao preenchimento do FOLHA DE RESPOSTAS (GABARITO);
05- Somente em caso de urgência pedir ao fiscal para ir ao banheiro, devendo no
percurso permanecer absolutamente
calado;
06- O caderno de provas consta de 40 (QUARENTA) questões objetivas de múltipla e
scolha. Leia atentamente e
marque apenas uma alternativa;
07- Ao terminar a conferência do caderno de provas, caso o mesmo esteja incomple
to ou tenha qualquer defeito, o (a)
candidato (a) deverá solicitar ao fiscal de sala que o substitua, não cabendo re
clamações posteriores neste sentido;
08- Os fiscais não estão autorizados a emitir opinião nem prestar esclarecimento
s sobre o conteúdo das provas. Cabe
única e exclusivamente ao candidato interpretar e decidir;
09- O candidato mesmo terminando a prova deverá permanecer na sala de provas por
90 (noventa) minutos, e somente
após este período poderá sair da sala, e levando o caderno de provas apenas com
30 (trinta) minutos para o
encerramento das provas escritas, devendo obrigatoriamente devolver ao fiscal o
Cartão Respostas, devidamente
assinado no verso.
10- Em nenhuma hipótese a Consulplan informará o resultado por telefone;
11- É proibida a reprodução total ou parcial deste material, por qualquer meio o
u processo, sem autorização expressa da
Consulplan Consultoria Ltda.;
12- Deve-se marcar no GABARITO/FOLHA DE RESPOSTAS apenas uma opção em cada quest
ão, com caneta azul ou
preta, SEM RASURAS, SEM AMASSÁ-LO, SEM PERFURÁ-LO, caso contrário, a questão ser
á anulada;
13- A desobediência a qualquer uma das recomendações constantes nas presentes in
struções, poderá implicar na
anulação da prova do (a) candidato (a);
RESULTADOS E RECURSOS
- O gabarito oficial será divulgado no endereço eletrônico da organizadora Consu
lplan Consultoria
www.consulplan.net e no site da CEAGESP www.ceagesp.gov.br , a partir das 13:00
horas do dia subseqüente a
prova aplicada.
- Os recursos deverão ser apresentados conforme determinado no item 11 do Edital
001/2006, não esquecendo,
principalmente dos seguintes aspectos:
a) Caberá recurso contra questões das provas e contra erros ou omissões no gabar
ito, até 02(dois) dias, após divulgação
do gabarito.
b) A decisão proferida pela Banca Examinadora tem caráter irrecorrível na esfera
administrativa, razão pela qual não
caberão recursos adicionais.
c) Os recursos devem ser datilografados ou digitados, devendo ser uma folha para
cada questão recorrida, até 02(dois)
dias úteis após divulgação do gabarito oficial.
d) Os recursos devem ser enviados obrigatoriamente para a organizadora Consulpan
Consultoria via e-mail:
atendimento@consulplan.com, ou via fax: (32) 37214216, ou ainda via postal (ECT)
, apenas sedex, para o endereço
da organizadora: Consulplan Consultoria, Rua Judith Pompei, nº 02 – Bairro Augus
to Abreu – Muriaé – MG,
CEP 36880-000.
e) Serão rejeitados os recursos não fundamentados e os que não contiverem dados
necessários à identificação do
candidato. Serão rejeitados também recursos enviados pelo correio, fax, ou qualq
uer outro meio que não previsto no
Edital.
CONCURSO PÚBLICO EDITAL Nº 001/2006
www.pciconcursos.com.br
CONCURSO PÚBLICO – CEAGESP – Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São P
aulo
CONSULPLAN CONSULTORIA LTDA
www.consulplan.net atendimento@consulplan.com
2
CARGO:FISCAL
CONHECIMENTOS ESPECÍFICOS
01) De acordo com a Lei nº 9.972 de 25 de maio de 2000 marque a alternativa INCO
RRETA:
A) Em todo o território nacional, a classificação é obrigatória para os produtos
vegetais, seus subprodutos e resíduos
de valor econômico quando destinados diretamente à alimentação humana.
B) Em todo o território nacional, a classificação é obrigatória para os produtos
vegetais, seus subprodutos e resíduos
de valor econômico nas operações de compra e venda do Poder Público.
C) Em todo o território nacional, a classificação é obrigatória para os produtos
vegetais, seus subprodutos e resíduos
de valor econômico nos portos, aeroportos e postos de fronteiras, quando da impo
rtação.
D) É prerrogativa exclusiva do Poder Público a classificação dos produtos vegeta
is importados.
E) A classificação será realizada no mínimo de 3 (três) vezes, desde que o produ
to mantenha sua identidade e
qualidade.
02) Sem prejuízo das responsabilidades civil e penal cabíveis, a infringência às
disposições contidas na
Lei nº 9.972, de 25 de maio de 2000, sujeita as pessoas físicas ou jurídicas, de
direito público ou privado,
envolvidas no processo de classificação, à sanções administrativas, isolada ou c
umulativamente, citadas
abaixo:
I. Advertência.
II. Suspensão da comercialização do produto.
III. Apreensão ou condenação das matérias-primas e produtos.
Está(ão) correta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
A) I B) I e II C) I e III D) I, II e III E) N.R.A.
03) De acordo com o Decreto nº 3.664, de 17 de novembro de 2000 marque a alterna
tiva INCORRETA:
A) Consideram-se como produtos vegetais, seus subprodutos ou resíduos de valor e
conômico destinados diretamente
à alimentação humana aqueles que, a granel ou embalados, estejam em condições de
serem oferecidos ao
consumidor final.
B) A classificação é o ato de determinar as qualidades intrínsecas e extrínsecas
de um produto vegetal, seus
subprodutos e resíduos de valor econômico, com base em padrões oficiais, físicos
ou descritos, e está sujeita à
organização normativa, à supervisão técnica, ao controle e à fiscalização do Min
istério da Agricultura.
C) Poderá ser dispensada, a critério do Ministério da Agricultura, a classificaç
ão dos produtos vegetais, seus
subprodutos e resíduos de valor econômico quando destinados diretamente à alimen
tação humana.
D) Serão objetos de classificação todos os produtos vegetais, seus subprodutos e
resíduos de valor econômico que
possuam padrão oficial estabelecido pelo Ministério da Agricultura.
E) O resultado da classificação será em função da amostra.
04) A fiscalização da classificação consiste no conjunto de ações diretas com o
objetivo de aferir e controlar a:
I. A execução dos serviços credenciados no que se refere a requisitos técnicos d
e instalações, equipamentos,
sistema de controle de processos e garantia de qualidade dos serviços e produtos
, bem como a expedição dos
certificados.
II. A exatidão da classificação dos produtos vegetais, seus subprodutos e resídu
os de valor econômico.
III. A habilitação das pessoas físicas e o credenciamento das pessoas jurídicas
envolvidas no processo de
classificação.
Está(ão) coreta(s) apenas a(s) afirmativa(s):
A) I B) I e II C) I e III D) II e III E) I, II e III
05) Coloque V (verdadeiro) e F (falso) para as seguintes opções:
( ) A aferição da qualidade dos produtos vegetais, seus subprodutos e resíduos d
e valores econômicos
classificados será realizada mediante a classificação de fiscalização, cujos pro
cedimentos serão regulamentados
pelo Ministério da Agricultura.
( ) As análises dos produtos vegetais, seus subprodutos e resíduos de valor econ
ômico, objeto de classificação de
fiscalização serão feitas em qualquer laboratório que disponha dos meios necessá
rios para as análises.
( ) O órgão de fiscalização informará ao interessado sobre o resultado da classi
ficação de fiscalização.
A sequência está correta em:
A) F – V – F B) V – F – V C) V – V – V D) V – F – F E) F – F – V
06) Marque a alternativa INCORRETA. De acordo com o Decreto nº 3.664 de 17 de no
vembro de 2000 as pessoas
físicas e jurídicas envolvidas com as atividades previstas neste Decreto ficam o
brigadas a:
A) Comunicar ao Ministério da Fazenda qualquer alteração dos elementos informati
vos e documentais.