Você está na página 1de 8
questo dos pon k) ) Néo seré perm Esta prova po: Nota: aS Rubriea do aluno: Data do ciente ¢ inicio do Pedido de revisao de Prova: is como lapis, borracha, caneta pel Ou qualquer outro lugar para posterior | calidade escrita correta da lingua portuguesa. | u preta \ encial teérico estudado na disciplina. \ ado nenhum esciarecimento sobre a mesma. wm OC somente @ afirmativa que atenda ao enunciado da s waiquer natureza. O uso acarretara ao aluno, a perda | Ser por falha de impressao. 0,2 cada) Quest bic pontos Assinate con ¥-ae atlermativas VERDADEIRAS ¢ com F as FALSAS. (valor: 2.0 P ional motada na fcha fune 4 ser praticado por Servidor Publico efetvo. puso cometido e consist er I publica, a m a aco per tunidade ou da conveniéncia fe da obrigatoriedade, que norte iuziu no sistema penal o principio da op« i da acdo penal, com propostas de suspensio do processo, composicao dos danos ss de menor potencial ofensivo, de competéncia do Juizado Especial Criminal, se impora 52, S@ 0 autor do fato for imediatamente encaminhado ao Juizado ou assumir 0 tencial ofensivo consideram-se apenas as contravengdes penais, Especiais Criminais, a Let Insttuiu como forma preliminar de apuragao das infragdes, sdimento do Termo Circunstanciado. © (autor da infragao) da violencia, podera ser qualquer pessoa coligada & ofendida doméstico, independente de pertencer ao sexo masculino ou feminino. 7 Ouesté: Go Marque 2 UNICA op¢o CORRETA (valor 05 ponto): aitia de fogo/4e uso permitido, em desacordo com determinagao legal, dentro da residéncia para 0 constitu crime da Le} 10.826/03, Setese pessoa ») tect ama de fog0 ou munigo-&m local habtado ou em suas atjacéncias, em va publica ou em drecdo a ela ngb € considerado crime, duta criminosa agente que suprime ou altera marca, numeracdo ou qualquer sinal oa Mrsemesns @) No pode ser considerado crime a conduta do agente que produz, recarrega ou recicla munigdo sem sutonzayao legal, 3° Questao, Bar. 2000) accra antomatneitNCOnlieTas (asec Jutas como @ guarde, a aqusicdo © 0 transporte para A\lel nb0 pune 0 us0 de droges, mas sim ‘consumo pessoal Petit nenien erpaescstinecrac doges, sam oulza;%0 0u em desacondo com, dele Céaigo Panel, 28" ime desta Lei de Drogas e neo o ermne de convabence ou deseaminne’ provera no Cédigo Penal 1988 para consumo pessoal. A este crime nao se aplica a pena ©) No hove descriminalizagao ¢ ninalizagao do ported privativa de liberdade, t © gutive de pequena quantdace de croga, para consumo pessoal, 6 considerado crime. S04, p tar de problema de saide publica, 0 ime de posse para uso pessoal, por se tratar de problema di : {@ priséo em flagrante © nem encaminhar 0 usuario para a lavratura do termo Pail nde poders eons 7 circunstanciace 4° Questao: ‘ela as afirmativas abaixo © marque com (X) a UNICA alternativa CORRETA: (0,6 ponto) Quais das condutas abaixo podem ser consideradas como trafico licito de drogas? 1 ‘adquinr, vender, expor a venda, oferecer, ter em depésito, transportar, 98, ainda que gratuitament ta, export, remete, produz, fabrica, adquire, vende, expe & venda, oferece, fomece, tem em guarda, ainda que gratuitamente, sem autorizagso ou em desacordo "ar, matéria-prima, insumo ou produto quimico destinado a preparagdio Importar, exportar, remeter, preparar, produzir, fabricar, trazer consigo, guardar, prescrever, ministrar, entregar a consumo ou fornecer drot te, sem autorizagao ou em desacordo com determinagao legal ou regulamentar; I~ impor depésito. transparta, traz consigo ou ‘com determinagao legal ou regulament de drogas; determinagao legal ou sem autorizagdo ou em desacordo com ‘em matéria-prima para a preparagao de drogas, I~ semeia, cultiva ou faz a colheita, sé regulamentar, de plantas que se constituam Propriedade, posse, administragdo, guarda ou qualquer natureza de que tem a ue gratuitamente, sem autorizagéo ou em IV - utiliza local ou bem de Vigilancia, ou consente que outrem dele se utlize, ainda as / 5° Quostio: ee 2 7/ Ne ome sed Assinale a opgto abalvo-cooreRecortiva) que NAO contigura crime de Tortura: (0,5 ponto) /encia ou grave ameecé, causando-the sofrimento fisico ou mental ‘) constranger alguém 6mm emprego de ¥ s confissdo darvitima ou de terceira pessoa: om o fim de obter infsrmacdo, declarg¢ao +) constranger alam com emprpQ de velspett’u grave ameace, causando-ine sofrmento fico ou mental para provocar ago ou omissap-Ge naturezecriminosa; os oe d) constranger alguém com emprego de vio fem razdo de discriminagaa-racial ou religiosa. aa ) 6° questo SD a Agsingle conNas alternative VERDADEIRAS @ com F as FALSAS: (0/4 ponto ~ 0,1 casa) (F_,Xe-Gedado a0 juiz conceder medida protetiva de urgéncia a vitim Gulra parte; JE uspensdo da posse ou resto do porte de ama de fogo ¢ uma das medidas protevas de urgéncia Radeiaes nomenon oy CG srt possivel a concessio de restgso ou suspensto de vistas a0 dependntes menor; tsa guarda ou custédia a vexame ou constrangimento nao aut smote ps lencia ou grave ameaca, causando-Ihe sofrimento fisico ou montal 1a de violencia doméstica sem antes ouvir YB oa ‘autoridade policial podera determinar um limite minimo de distancia entre a vitima ¢ seus familiares felagho a0 agress0s,—= G6 de uso permitido autoriza seu proprietario a possulr determinada arma fsid@neia ou loCal de trabalho, desde que seja o titular ou 0 responsavel legal do 0 PORTE de afma de fogo autoriza seu titular a portar determinada arma, ou seja, fando 0 Estatuto do Desarmamento ¢ possivel afirmar: (0,5 ponto) {ntura, carregada, em plena via publica, e que ide arma de fogo de uso permitido. iunigdo de arma de uso permitido, da qual nao tem porte, comete nao Individuo flagrado com acessério, 1a de fogo de uso restrito, 1e de posse ou porte ilegal de, paro de arma de fogo quando o proprietério o faz no interior de uma fazenda, ‘ia publica e de outra residéncia qualquer, em um alvo baixo, em um barranco, para (e) A conduta de exportar ou importar arma de fogo sem autorizagao da autoridade competente configura 0 rime de contrabando ou descaminho, previsto no Cédigo Penal * Questio: ey (0 € fol tomar banho. Quando Joo, 80 cheaar ohm. ea Antu aun arma em cima do crlado mudo e fol tomar bane, Ouse “apenas Ub arius, com a arma na Fetornou ao quarto, encontrou sou filho Pedrinho de ‘caso Joao: (0,5 ponto) @) Nao cometéeu crime b) Cometéu o crime de porte ilegal de armas: ©) Confeteu 0 ciié de tentativa de omicsi, pois deixou @ arma em local de alcance do fino 9 Questao: Sobre 0 Estatuto do Désarmamento, assinale a alternativa CORRETA: (0,5 ponto) 2) 0 tnico docutento necesghro para que yn hdividuo possa carregar sua arma de fogo de uso permiide na Cintra 6 o regio 7 las quardas municipais de qualquer cidade do Brasil b) Tam dipdita aa parte de arma toda€ os intearantes d «) "Rasphr @numeracao 4m de fog, de uso permit, consul apenas contravencéo peal ree cdbige 56H autrzacto de quer Ze Greta, ralose"e “slenciadores” mas nBo as armas, caracoriza ‘ore previsto no Estatuto do Desarmarrento. me ee )O (0,8 ponto) Constitul abuse de autoridede, EKCET 2) ordenar 6u executar medidg/privativa da iberdade individual, sent ae formalidades legais ou com abuso de poder; Move Tiéla deter quem for apanhado em flagrante delito; €) deixar o Juiz de ordenar o relaxamento de priso ou detencdo ilegal que Ihe seja comunicada; pale a UNICA 11° Questo: ypendente de drogas. AS: 0 art. 28 da Lol 19,343/06-éuida da figura do usudrio ou der alternativa correta, (0;S-pantoy em depésit,transportar ou trouxer consid Pa Maat Jeterminagao legal ou 1 in stigar ou auxiliar alguém ao uso indevido de droga. €)E cofssiderada usudrio aquela indati fe 4) € cohsiderado_uswAe aquele oferecer droga, eventuaimente ¢ sem objetivo de lucr relacionamenio, para juntos a consumirem, , a pessoa de seu ¢) E considerado usuario aquele semeia, cultiva ou faz a colheita, sem autorizagao ou em desacordo com eterminagao legal ou regulamentar, de plantas que se constituam em matéria-prima para @ preparagao de rogas, 12° Questao: Zeordo com a Lei 10.826/03 (Estatuto do Desarmamento): (0.5 Marque @ UNICA op¢ko correta, onto) ‘2) Disparo de arma de fogo em via piiblica ou em diregéio a-6la, nao é considerado crime se a arma possuir redisve, 7 ») Dexar de obpérvar as cautelgh necessérias pafa impedir ue menor de 18 (dezoto) anes se apodere de 21a de Togo que esleja sob sys posse ou gué sea de sua propredade, somente sera considerado crime de ‘misséo de cdutela, se a arma nBo estiveregsrada 7 © Porte legal de anna de fogo’Ce uso permitdo se caracteriza pelas seguintes condutas: portar, deter, Migr ipmecer,receber,ter-ém depésito, ransportar,ceder, ainda que gratuitamente, emprestar, remeter, empregaf, manter sob gudféa ou ocullar arma de fogo, acessério ou munigao, de’ uso permitdo, sem autorizagdo e em desaetrdo com determinagao legal ou regulamentar. arma de fogo de uso permitdo, autoriza a pessoa a manter @ sua arma no interior de sua d) A Pos: residéncia ou dependéncia desta, mesmo que a arma nao possua registro. €) Nao seré considerado comércio ilegal de arma de fogo a venda de armas a pessoa maior de 18 anos, que apresente documento de identidade, no ato da compra. oO’ Assinalo “V", 60 Verdadsira'@ assertiva, © °F", ve false: (0,6 ponte) 19° Questio: | (Er qw0te que se omite em face do crime de tortura ndo soré punide se conribur com a investigarso. Cobban (E256 co crime detour resutar 8 mot da viima,o toruradr srk ado pelo crme de Homicide Coripego. ( yrave ameaga, causando- (MV) -e6hsttui crime de tortura, constranger alguém com emprego de violéncia ou ora 3 6p Sobre 0 Estatuto do Idoso, marque a KiNICA op: 14° Questao: 2) Copéituierime obglar 0 acesso de algsém a qualquer cargo pio por motivo de dade 6K recysa de

Você também pode gostar