Você está na página 1de 14

Utilizando UML e Padrões

Capítulo 8

Iteração I da Elaboração Fundamentos

Última atualização: 12/03/2011

Utilizando UML e Padrões Capítulo 8 Iteração I da Elaboração – Fundamentos Última atualização: 12/03/2011

A Elaboração em uma frase

“Construa a arquitetura central, resolva os elementos de alto risco, defina a maioria dos requisitos e estime o cronograma geral e os recursos.”

A Fase de Elaboração

Objetivos da fase de Elaboração

Construir a arquitetura central

Resolver os elementos de alto Risco

Incluindo o valor do negócio

Definir a Maioria dos Requisitos

Estimativas do cronograma geral e dos recursos necessários

Fase constituídas de N iterações de prazo fixo

(normalmente 3 semanas)

Um workshop de requisitos no início de cada iteração

para detalhamento dos requisitos

Iteração I da Elaboração

Um

caso

de

uso

completo

não precisa ser

implementado em uma certa iteração

 

Tipicamente,

o

cenário

básico

é

implementado primeiro.

 

Cenários alternativos são implementados em

outras iterações conforme prioridade.

Iteração I da Elaboração

Prioridades da Elaboração

Arquitetura central e de alto risco implementada e testada.

A Maioria dos requisitos é descoberta e

estabilizada

Maioria dos riscos minimizados ou resolvidos

Não se cria protótipos descartáveis

Código e projeto como partes do sistema final

Criação de código com qualidade de produção

Iteração I da Elaboração

Ordem da implementação dos casos de uso

baseada em:

Riscos

Complexidade técnica, grau de incerteza

Cobertura

Implementação dos casos de uso que forneçam funcionalidade ampla e superficial para o sistema

Criticalidade

Casos de uso de alto valor para o negócio.

Iteração I da Elaboração

Artefatos-chave

Modelo do domínio

Diagrama de classes ilustrando os conceitos

importantes no modelo de negócio

Modelo de desenho

Conjunto de diagramas mostrando o desenho lógico

Diagrama de classes de sistema, diagramas de

sequencia, diagramas de pacotes.

Iteração I da Elaboração

Artefatos-chave

Modelo de dados

Esquema de banco de dados e relacionamentos

Mapeamento de objetos para o Esquema de BD

Modelo de GUI

Protótipos de GUI, StoryBoards (modelo com fluxo de

telas), caminhos de navegação do usuário no sistema

Modelo de arquitetura de software

Resumo das idéias de desenho e suas motivações

Iteração I da Elaboração

Principais erros na elaboração

Não atacar casos de uso de alto risco/valor Arquitetura executável não entregue

Participação ou feedback mínimo dos usuários

Sistema

não

testado

conforme

vai

sendo

codificado.

Não

produção.

programação

de

código

destinado

à

Estudos de Caso

Iteração I da Fase de Elaboração

Objetivo: Habilidades Fundamentais em A/POO

Iterações livro x iterações de projetos reais

As iterações do livro não são guiadas por risco ou arquitetura.

Estudos de Caso - ProxGer

Eis os Requisitos da primeira iteração:

Implementar um cenário chave e básico de processar venda

Fazer a entrada dos itens, recebendo em dinheiro

Implementar o caso de uso iniciar

Para dar suporte às necessidades do início da iteração

Não existe colaboração com serviços externos

Sistema calculador de impostos, banco de dados de produtos

Não são aplicadas regras complexas para estabelecimento de preços.

Para requisitos “completos” confira as páginas 94-98

Estudos de Caso Banco Imobiliário

Eis os Requisitos da primeira iteração:

Implementar um cenário chave e básico do caso de uso jogar banco imobiliário

Jogadores movendo-se pelas casas do tabuleiro

Implementar o caso de uso iniciar

Para dar suporte às necessidades do início da iteração

De dois a oito jogadores podem jogar

Um jogo é jogado com uma série de rodadas.

Durante uma rodada, cada jogador tem sua vez.

Em cada vez, o jogador avança sua peça, no sentido horário do tabuleiro, por um número de casas igual à soma dos números sorteados pelo lançamento de dois dados.

Estudos de Caso Banco Imobiliário

(Cont.)

O jogo vai até 20 rodadas apenas

Depois que os dados são lançados, o nome do jogador e o resultado são mostrados

Quando um jogador se move e chega a uma casa,

o nome do jogador e o nome da casa são mostrados.

Na iteração 1 não existe dinheiro, ganhador,

perdedor, propriedades de aluguel, compra, casas especiais, etc

Estudos de Caso Banco Imobiliário

(Cont.)

Cada casa tem um nome.

Cada jogador começa o jogo com sua peça na casa “Vá”.

O nome das casas serão: Vá, Casa1, Casa2,

,

Casa39

Executar o jogo como uma simulação que não requer entrada do usuário, a não ser o número de jogadores.