Você está na página 1de 4

Dicas para estudo visando concursos públicos e afins - Elaborado por Flávio Tartuce.

Alguns estudos apontam que o cérebro humano assimila informação de forma direta, ou seja, sem associação secundária, por cerca de duas horas ininterruptas. Após um certo tempo, se não houver pausa no estudo, o cérebro precisa de associações para guardar a informação. Portanto, estude em períodos com intervalos reais. No tempo livre, a aproveite para usar outra arma: o ócio criativo!

Uma boa escala intervalada de estudo seria algo assim:

a) Duas horas de estudo - 30 minutos de pausa.

b) Mais horas de estudo e 01 hora de intervalo.

c) Uma hora de estudo

Chega por hoje!!

Os lapsos temporais acima, não incluem o período dedicado a aulas no curso.

Dessa forma, o cérebro agradece e respira, traduzindo sua satisfação em um rendimento bem melhor. Nos intervalos, conforme veremos, entrará em cena o ócio criativo!

Procure ler com atenção a matéria mais recente dada no curso preparatório logo nas 8 horas seguintes da aula. Dessa forma, seu cérebro armazenará as informações por muito mais tempo.

Procure, “casar” matéria próximas para facilitar o estudo. Se você é “concurseiro profissional”, sem outra atividade, poderá fazer tais “casamentos” em períodos distintos (manhã e tarde ou manhã e noite ou tarde e noite). Pela importância, a matéria Direito Constitucional estará presente em “dois casamentos”. Mas cuidado, todas as matérias são importantes e devem ser estudadas.

Veja, um exemplo, de “casamentos”:

Segunda: Civil e Processo Civil

Terça: Comercial (Empresarial) e Consumidor.

Quarta: Penal e Processo Penal.

Quinta: Administrativo e Constitucional

Sexta: Tributário e Constitucional.

Atenção: Os “casamentos” serão formados de acordo com o edital do seu concurso. Aliás, todo candidato que se preza lê antes o edital do concurso que está prestando

Sábado é o dia da revisão

durante a semana. Estude somente cinco horas. Domingo é dia de descanso. Vá passear, veja

Nesse dia, você irá rever os temas principais de cada matéria

um

Eventualmente, esta ordem de dias poderá ser invertida!

O banheiro é um ótimo lugar para leitura. Isso, pela associação que

se faz: você não esquece que leu o material neste local. Se precisar, plastifique a apostila e leia

durante o banho!!! Mas não exagere no gasto da água

bom

filme

boas

risadas

Um

“happy

hour”

à

tarde

é

uma

boa

pedida!

Espalhe livros pela casa

Seja um ambientalista

Outra técnica muito utilizada em neurolingüística, ensina que memorizamos melhor as coisas que estão em movimento. Portanto, palavras, expressões e breves conceitos podem ser melhor armazenados se você imaginá-los sendo digitados, ou passando numa placa luminosa, piscando em um anúncio, ou algo similar. Experimente, você verificará rapidamente como essa técnica é útil. Trata-se da utilização dos “quadros hipnóticos”.

Se você não sabe nada sobre a matéria, comece por um bom resumo. Depois que você dominar o tema, passe para um bom manual, com maior complexidade. Depois, vá para as obras mais complexas quanto ao tema em questão.

Tudo o que você lê deve ir para o papel

Leia e resuma

Não adianta ficar lendo e grifando o livro. Leia e

Procurem também montar quadros sinópticos com as aulas do curso.

resuma

Não se ensina a montar quadros

muito bem o sistema: concentração (estudo), emoção (montagem dos quadros) e descanso

O aluno deve sentir a emoção com tal montagem! Funciona

Espalhe os quadros “hipnóticos” pela casa: vidro do banheiro, teto do quarto, no carro .Procurem sempre visualizá-los. Como isso você desenvolve a memorização e aprende ao mesmo tempo.

Se a sua memória é fraca, é preciso treinamento. E treinamento duro e árduo. Dica: leia determinada matéria dez vezes, até conseguir falar o que leu em voz alta e passar para outra pessoa.

Interessante ler a matéria e repetir em voz alta, gravando o que falou. Após, ouça o que você falou, a sua aula pessoal, em fita K7 em um “walk man” ou no carro. Se você tem “recursos maiores” grave em vídeo e assista na T. V.

No caso de “República de Concurseiros”, interessante que um aluno ministre aulas para o outro, sempre baseada nos textos lidos e nos quadros montados.

Se possível, faça um bom curso de memorização. Nesses cursos são transmitidas técnicas interessantes, que muito podem ajudar quem está prestando concursos.

Atividades de ócio criativo, para os tempos livre:

a) Ouça canais de notícia no rádio, como CBN, Jovem Pan e Rádio Bandeirantes.

b) Assista desenhos animados. Eles ajudam a desenvolver o lado direito do cérebro.

c) Assista canais de TV de notícias e documentários históricos (Canal Futura, GNT, Discovery

d) Sempre que possível, tente conversar com seus amigos sobre direito. Só não seja chato demais! O bar ou o restaurante são ótimos lugares para debates. Você irá se lembrar o que discutiu no Bar X ou no Restaurante Y determinada matéria.

e) Procure estar rodeado de pessoas da área e procure sempre discutir os temas polêmicos.

f) Ouça músicas para o relaxamento. Pode ser um Rock, Axé ou Dance. Quando quiser ânimo, ouça uma música animada, estilo “Rock Balboa” (The Eye of Tiger”). Quando quiser descansar uma música tranqüila. Só não ouça Bruno & Marrone para não chorar (rs)

g) Chá mate, café, guaraná em pó, catuaba, ginseng e coca-cola são recursos que podem ser utilizados para dar ânimo.

h) Procure fazer uma atividade física, pelo menos uma vez por semana. Sugiro artes marciais, corrida, bicicleta ou natação. Todas essas atividades desenvolvem o lado direito do cérebro!

i) Um dia da semana é de descanso. Procure desempenhar uma atividade que lhe dá prazer! Cinema é uma boa!!!

E O PRINCIPAL: encare tudo como um desafio a ser superado, pensando que um dia você conseguirá o sucesso! Não seja arrogante, mas imagine o dia da vitória. O importante é sonhar, é ter esperança. Pense que você é um atleta que está se preparando para um campeonato ou para uma Olimpíada, e que um dia você colherá, seja pelo talento ou pela persistência, os “louros da vitória”.

BOA SORTE!!

FLÁVIO TARTUCE

Em tempo, recomendo a leitura dos textos abaixo:

1) Recebido por e-mail da aluna Juliana do IELF

“Um homem com um relógio sabe que horas são. Um homem com dois relógios nunca tem certeza." Segal's Law. Irving Segal, matemático e astrofísico do MIT, (13/09/1918 - 30/08/1998).

É impossível existir confusão e caos, em uma sala vazia, porque o caos só vive onde há muitas opções

não-relacionadas, chamando sua atenção ao mesmo tempo.

Em uma sala cheia de livros desordenados, há caos. Se eles estiverem em uma prateleira, organizados,

e apenas 1 estiver sobre a mesa, (aquele que estiver sendo lido) você não se sentirá confuso. Não existirá nenhum tipo de caos.

Em uma cozinha cheia de tralhas, umas sobre as outras, há caos. Se esta mesma cozinha estiver organizada e, na mesa de almoço, houver apenas aquilo que estiver em uso, com o restante guardado, você não se sentirá confuso. Em uma mesa de escritório, coberta de papéis, materiais, relatórios,

revistas, restos de lanche

você não se sentirá confuso. O mesmo acontece em uma oficina de automóveis, no chamado "chão de

fábrica", em uma linha de montagem, em um trabalho em equipe, na sua agenda semanal

em sua cabeça

relacionadas, chamando sua atenção ao mesmo tempo.

Os japoneses têm uma palavra para isso: seiri. Seiri é a primeira regra do sistema conhecido como "Processo dos 5-S", muito usado em fábricas por todo o mundo. Ele lembra que você deve limpar o espaço de trabalho, ou vida, de todos os materiais desnecessários. Você não deve sentir-se culpado por doar ou jogar fora o que não pode usar. Evidentemente, não me refiro a coisas que tenham valor emocional. No local de trabalho, mantenha, na sua frente, somente as coisas necessárias para a execução daquela tarefa. E apenas 1 unidade de cada coisa, mantendo a quantidade no mínimo absoluto. Seiri, é a simplificação de tarefas e o uso eficaz do espaço.

"Apenas 1", dizem os japoneses usando a palavra Seiri.

A partir de hoje, tente reduzir todas as ferramentas de trabalho ao mínimo necessário para a tarefa na

qual você está envolvido. Elimine o que não tem utilidade para você. Fique com apenas 1.

O caos só pode existir onde há muitas opções, fora do seu foco principal, chamando sua atenção ao

mesmo tempo. Mantenha o foco, mantenha a clareza, tendo somente 1 coisa para chamar sua atenção.

E isso pode também ser usado em outras áreas da sua vida: 1 carro, 1 casa, 1 amor, 1 sonho, 1 meta, 1

missão, 1 viagem, 1 livro

Isso, é claro, não significa que você não possa ter mais. Entretanto, sempre 1 de cada vez. Como afirmou o matemático Irving Segal, "Um homem com um relógio sabe que horas são. Um homem com dois relógios nunca tem certeza". Apenas 1, e o caos vai diminuir drasticamente.

Porque o caos não pode existir onde há

ALDO NOVAK, coach & conferencista. diretor da Academia Novak do Brasil

há caos. Se, na mesa houver somente aquilo que está sendo usado agora,

até mesmo

enfim, em qualquer ação na vida o caos só existe onde há muitas opções não-

apenas 1.

2) Filtro Solar. O texto realmente não do Pedro Bial. foi extraído de um vídeo institucional realizado pela agência de publicidade DM9. Foi escrito pela jornalista americana Mary Theresa Schmich para ser lido em uma formatura.

"Senhoras e Senhores da Turma de 2003, Filtro Solar Nunca deixem de usar filtro solar. Se eu pudesse dar só uma dica sobre o futuro, seria esta: Use filtro solar. Os benefícios, a longo do prazo, do uso de filtro solar estão provados e comprovados pela ciência. Já o resto de meus conselhos não tem outra base confiável, além de minha própria experiência errante. Mas agora, eu vou compartilhar esses conselhos com vocês: Aproveite bem, o máximo que puder o poder e a beleza da juventude. Ou então esquece. Você nunca vai entender mesmo o poder e a beleza da juventude até que tenham se apagado. Mas, pode crer. Daqui a vinte anos, você vai evocar as suas fotos e perceber de um jeito que você nem desconfia hoje em dia, quantas, tantas alternativas se escancaravam a sua frente. E como você realmente estava com tudo em cima. Você não tá gordo ou gorda. Não se preocupe com o futuro. Ou então preocupe-se, se quiser, mas saiba que a preocupação é tão eficaz quanto mascar chiclete para

tentar resolver um equação de álgebra. As encrencas de verdade de sua vida tendem a vir com coisas que nuncam passaram pela sua cabeça preocupada e te pegam no ponto fraco às quatro da tarde de uma terça-feira modorrenta. Todo o dia, enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo de verdade. Cante. Não seja leviano com o coração dos outros. Não ature gente de coração leviano. Use fio dental. Não perca tempo com a inveja. Às vezes se está por cima, às vezes por baixo. A peleja é longa. E às vezes no fim, é você contra você mesmo. Não esqueça os elogios que receber, esqueça as ofensas. Se conseguir isso, me ensine. Guarde as antigas cartas de amor. Jogue fora os extratos bancários velhos. Estique-se. Não se sinta culpado por não saber o que fazer da vida. As pessoas mais interessantes que eu conheço não sabiam, aos 22, o que queriam da vida. Alguns dos quarentões mais interessantes que eu conheço ainda não sabem. Tome bastante cálcio. Seja cuidadoso com os joelhos, você vai sentir falta deles. Talvez você case, talvez não. Talvez tenha filhos, talvez não. Talvez se divorcie aos quarenta, talvez dance ciranda em suas Bodas de Diamante. Faça o que fizer, não se auto-congratule demais. Nem seja severo demais com você. As suas escolhas têm sempre metade das chances de dar certo. É assim pra todo mundo. Desfrute de seu corpo, use-o de toda a maneira que puder mesmo. Não tenha medo do seu corpo ou do que as outras pessoas possam achar dele. É o mais incrível instrumento que você jamais vai possuir. Dance, mesmo que não tenha onde, além do seu próprio quarto. Leia as instruções, mesmo que não vá segui-las depois. Não leia revistas de beleza. Elas só vão fazer você se achar feio. Dedique-se a conhecer seus pais. É impossível prever quando eles terão ido embora de vez. Seja legal com os seus irmãos, eles são a melhor ponte com o seu passado e possivelmente quem vai sempre mesmo te apoiar no futuro. Entenda que amigos vão e vêm, mas nunca abra mão de uns poucos bons. Esforce-se de verdade para diminuir as distâncias geográficas e de estilos de vida. Porque quanto mais velho você ficar mais você vai precisar das pessoas que conheceu quando jovem. More uma vez em Nova York, mas vá embora antes de endurecer. More uma vez no Havaí, mas se mande antes de amolecer. Viaje. Aceite certas verdades inescapáveis, os preços vão subir, os políticos vão saracotiar, você também vai envelhecer. E quando isso acontecer, você vai fantasiar que quando era jovem, os preços eram razoáveis, os políticos eram decentes, e as crianças respeitavam os mais velhos. Respeite os mais velhos. E não espere que ninguém segure a sua barra. Talvez você arrume uma boa aposentadoria privada. Talvez case com um bom partido, mas não esqueça de que de repente um dos dois pode acabar. Não mexa demais nos cabelos, senão, quando você chegar aos 45 vai aparentar 85. Cuidado com os conselhos que comprar. Mas seja paciente com aqueles que os oferecem. Conselho é uma forma de nostalgia. Compartilhar conselhos é um jeito de

pescar o passado do lixo, Esfregá-lo, repintar as partes feias e reciclar tudo para mais do que vale. Mas "

(Filtro Solar, do original de Baz Luhrmann [Everybody's free(to use

sunscreen)], regravado por Pedro Bial.)

no filtro solar, acredite

3) Que essa história sirva como um exemplo para todos. Nunca desista. E tenha certeza que nunca é tarde para começar e é sempre cedo para desistir.

“Ninguém chegará à realização de seus objetivos pessoais se não tiver a certeza de aonde quer chegar e força espiritual para persistir, vencendo os vários obstáculos que certamente se apresentarão todos os dias no caminho. Não existe história de persistência para se chegar a um objetivo mais fascinante do que a história de Abraham Lincoln:

Lincoln quando era jovem, já tinha estabelecido o objetivo de ser presidente dos Estados Unidos e entrou no mundo dos negócios. Faliu aos 31 anos; aos 32 anos, resolve iniciar sua caminhada rumo a Presidência e perde a eleição para o legislativo; aos 34 anos, tornou a falir e levou 17 anos para pagar as dívidas; aos 35 anos, apaixonou-se por uma bela mulher que morreu pouco antes do casamento; aos 36 anos teve um colapso nervoso; tentou outra eleição aos 38 anos e perdeu.

Casou-se com uma mulher que foi um verdadeiro fardo em sua vida. Tentou ingressar no congresso, perdeu sucessivamente as eleições aos 43, 46 e 48 anos. Aos 55 anos, tente uma vaga para o senado e novamente é derrotado. Fracassou outra vez numa tentativa de se tornar vice-presidente aos 56 anos.

De novo se candidata ao senado aos 58 e novamente perde a eleição. Mas Lincoln jamais perdeu seu sonho de vista e, após anos de tentativas, consegui se eleger aos 60 anos e se transformou no maior presidente de toda a história dos Estados Unidos. Você estaria disposto a persistir pelos seus objetivos até os 60 anos???” Texto recebido por e-mail. Autor Desconhecido.