Você está na página 1de 19

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Olá Pessoal,

Nos últimos anos, ministrei

vários

cursos

na

área

dos

Tribunais

Regionais do Trabalho, AFT, MPU, AGU, PFN e TST.

Há mais de cinco anos trabalho com cursos organizados pela FCC!

Sou autora de um livro de provas comentadas da FCC. Assim, posso afirmar com certeza que a FCC mudou o seu perfil em relação à elaboração das questões.

Estudaremos com base no novo perfil da FCC e no decorrer do curso resolveremos várias questões de provas de Juiz do Trabalho e Analista Judiciário organizadas pela FCC em 2011/2012.

Direito do Questões Trabalho Objetivas e subjetivas.
Direito do
Questões
Trabalho
Objetivas e
subjetivas.
Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

FCC

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Para aqueles que não me conhecem, o meu nome é Déborah Paiva. Sou advogada, especialista em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho e professora de Direito do Trabalho e Processo do Trabalho, aqui no Ponto dos Concursos.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Recomendo as minhas aulas em vídeo gravadas para a TV Justiça, que estão disponíveis no You tube. Basta acessar o link que está em meu blog: professoradeborahpaiva@blogspot.com

Sou autora de cinco livros na área trabalhista. Destaco dois livros:

1º. “Direito do Trabalho e Processo do Trabalho – Questões comentadas FCC”;

2º “TST PARA CONCURSOS”. Volume I – Editora Método – 1ª edição.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Apresentação do curso: O curso será dividido em 10 aulas + uma aula demonstrativa, de forma a abranger todo o conteúdo programático do Edital que já foi publicado.

O nosso foco principal é a apresentação da teoria com a resolução de questões de provas da FCC.

Conteúdo programático: Edital
Conteúdo programático: Edital

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

NOÇÕES DE DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO: Da Justiça do Trabalho: organização e competência. Das Varas do Trabalho e dos Tribunais Regionais do Trabalho: jurisdição e competência. Dos serviços auxiliares da Justiça do Trabalho: das secretarias das Varas do Trabalho e dos distribuidores. Do processo judiciário do trabalho: princípios gerais do processo trabalhista (aplicação subsidiária do CPC). Dos atos, termos e prazos processuais. Da distribuição. Das custas e emolumentos. Das partes e procuradores; do jus postulandi; da substituição e representação processuais; da assistência judiciária; dos honorários de advogado. Das exceções. Das audiências: de conciliação, de instrução e de julgamento; da notificação das partes; do arquivamento do processo; da revelia e confissão. Das provas. Dos dissídios individuais: da forma de reclamação e notificação; da reclamação escrita e verbal; da legitimidade para ajuizar. Do procedimento ordinário e sumaríssimo. Da sentença e da coisa julgada; da liquidação da sentença: por cálculo, por artigos e por arbitramento. Da execução: da citação; do depósito da condenação e da nomeação de bens; do mandado e penhora. Dos embargos à execução. Da praça e leilão; da arrematação; da remição; da custas na execução. Dos recursos no processo do trabalho.

NOÇÕES DE DIREITO DO TRABALHO: Dos princípios e fontes do Direito do Trabalho. Dos direitos constitucionais dos trabalhadores (art. 7.º da CF/88). Da relação de trabalho e da relação de emprego:

requisitos e distinção. Dos sujeitos do contrato de trabalho stricto sensu: do empregado e do empregador: conceito e caracterização; dos poderes do empregador no contrato de trabalho. Do contrato individual de trabalho: conceito, classificação e características. Da alteração do contrato de trabalho: alteração unilateral e bilateral; o jus variandi. Da suspensão e interrupção do contrato de trabalho: caracterização e distinção. Da rescisão do contrato de trabalho: das justas causas; da despedida indireta; da dispensa arbitrária; da culpa recíproca; da indenização. Do aviso prévio. Da duração do trabalho; da jornada de trabalho; dos períodos de descanso; do intervalo para repouso e alimentação; do descanso semanal remunerado; do trabalho noturno e do trabalho extraordinário. Do salário-mínimo; irredutibilidade e garantia. Das férias: do direito a férias e da sua duração; da concessão e da época das férias; da remuneração e do abono de férias. Do salário e da remuneração: conceito e distinções; composição do salário; modalidades de salário; formas e meios de pagamento do salário; 13º salário. Da prescrição e decadência. Da segurança e medicina no trabalho: das atividades perigosas ou insalubres.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Da proteção ao trabalho do menor. Da proteção ao trabalho da mulher; da estabilidade da gestante; da licença-maternidade. Do direito coletivo do trabalho: das convenções e acordos coletivos de trabalho. Das comissões de Conciliação Prévia.

---------------------------------------------------------------------------------

Aula 01: 17/12

Aula 06: 02/01

Aula 02: 20/12

Aula 07: 07/01

Aula 03: 24/12

Aula 08: 14/01

Aula 04: 27/12

Aula 09: 21/01

Aula 05: 31/12

Aula 10: 28/01

Por enquanto, não dividirei os temas do cronograma separados por aula.

A partir da 1ª aula vocês poderão encontrar a divisão, já com base no novo edital.

As primeiras cinco aulas e a aula demonstrativa serão sobre Direito do Trabalho e as aulas seguintes serão sobre Processo do Trabalho.

Vamos dar início a nossa aula demonstrativa!

Aula demonstrativa: Trabalho Noturno

Conceito:
Conceito:

Antes de conceituar o trabalho noturno é importante falar do

aspecto desgastante que este tipo de trabalho provoca no empregado. Há sob o ponto de vista biológico, familiar e social um desgaste muito grande para o trabalhador.

Tratando-se de um período em que o ambiente físico externo induz ao repouso, o trabalho exercido em condições noturnas, causa um desgaste psicológico e físico ao trabalhador.

Sob o aspecto familiar e social o desgaste ocorre pelas dificuldades ocasionadas na convivência, tornando-se penosa a energia utilizada para a realização do trabalho noturno.

O Direito do Trabalho confere um tratamento especial ao trabalho noturno, para compensar os desgastes que esse tipo de trabalho gera no empregado. Assim, estudaremos as restrições e características do trabalho noturno.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Vejamos, agora, o conceito de trabalho noturno:

É aquele prestado no período da noite fazendo o obreiro jus ao adicional respectivo, conforme estabelece o art. 7º IX da CRFB/88 “remuneração do trabalho noturno superior à do diurno”.

Observem que a CF/88 não estabelece o percentual, o que é feito pela CLT para o empregado urbano (art. 73) e pela Lei do Trabalho Rural para o empregado rural (art. 7º da Lei 5.889/73).

Há distinções entre o trabalho noturno do empregado urbano e o trabalho noturno do empregado urbano.

O

art.

73

da CLT estabelece

o horário

noturno dos trabalhadores

urbanos, como aquele compreendido entre 22 seguinte.

e

5

horas

do

dia

Fixa o adicional noturno em 20% sobre a hora diurna e estabelece a

hora noturna

reduzida em que

cada

hora noturna trabalhada será

computada como de 52 minutos e 30 segundos e não como 1 hora.

Art. 73 da CLT Salvo nos casos de revezamento semanal ou quinzenal, o trabalho noturno terá remuneração superior à do diurno e, para esse efeito, sua remuneração terá um acréscimo de 20% (vinte por cento), pelo menos, sobre a hora diurna.

§ 1º - A hora do trabalho noturno será computada como de 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos.

§ 2º - Considera-se

noturno, para os efeitos

deste artigo,

o

trabalho executado entre as 22 (vinte e duas) horas de um dia e

as 5 (cinco) horas do dia seguinte.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

§ 3º - O acréscimo a que se refere o presente artigo, em se tratando de empresas que não mantêm, pela natureza de suas atividades, trabalho noturno habitual, será feito tendo em vista os quantitativos pagos por trabalhos diurnos de natureza semelhante. Em relação às empresas cujo trabalho noturno decorra da natureza de suas atividades, o aumento será calculado sobre o salário mínimo geral vigente na região, não sendo devido quando exceder desse limite, já acrescido da percentagem.

§ 4º - Nos horários mistos, assim entendidos os que abrangem períodos diurnos e noturnos, aplica-se às horas de trabalho noturno o disposto neste artigo e seus parágrafos.

§ 5º - Às prorrogações do trabalho noturno aplica-se o disposto neste Capítulo.

O art. 7º

da Lei

5.889/73 considera trabalho noturno do empregado

rural o executado entre as vinte e uma horas de um dia e as cinco horas do dia seguinte, na lavoura e entre as vinte horas de um dia e as quatro horas do dia seguinte, na atividade pecuária. O parágrafo único

estabelece que o adicional será de 25%.

Com certeza o que cai nas provas de concursos em relação ao trabalho noturno, é a distinção entre o urbano e o rural, apresentada no quadro esquemático abaixo, bem como as Súmulas e Orientações Jurisprudenciais do TST.

Quadro esquemático sobre trabalho noturno:

Rural

Urbano

Servidor

 

Adicional 25%

 

Adicional 20%

Adicional 25%

 

H 60 minutos

 
  • 52 m e 30 s

m e 30 s

52

 

Entre 20

e

4

h

  • 22 h e 5h

h e 5h

22

 

Pecuária

Entre 21

e

5

h

     

Lavoura

       

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Bizu de Prova: Este é o campeão de cair nas provas da FCC

1. (FCC – Juiz do Trabalho – TRT 11ª Região – 2012) No município “Y” residem três irmãos: Órion, Proteu e Morfeu. Órion reside na região urbana da cidade e Proteu e Morfeu residem na região rural. Os três irmãos estão empregados em empresas distintas e em atividades também distintas, estando Proteu na lavoura e Morfeu na pecuária. Considerando que o horário de

trabalho de Órion é das 14

às

22 horas;

que

o

horário de

trabalho de Proteu é das 21 às 5 horas do dia seguinte e que o horário de trabalho de Morfeu é das 20 às 4 horas do dia

seguinte, é correto afirmar que para todos os empregados a hora noturna é reduzida, ou seja, será de 52 minutos e 30 segundos.

ERRADA. O trabalho noturno do empregado rural não tem hora noturna reduzida, sendo de 60 minutos.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Lavoura Pecuária 21 e 5 h 20 e 4 h Trabalho Noturno Rural Rural 60 minutos
Lavoura
Pecuária
21 e 5 h
20 e 4 h
Trabalho
Noturno
Rural
Rural
60 minutos
Adicional
25%

Atenção: O trabalho rural não possui a hora ficta noturna. Assim, será de 60 minutos.

O trabalhador menor não poderá prestar trabalho noturno. A mulher poderá prestar trabalho noturno.

Art. 7º XXXIII da CF/88 Proibição de trabalho noturno, perigoso ou insalubre a menores de dezoito e de qualquer trabalho a menores de dezesseis anos, salvo na condição de aprendiz, a partir de quatorze

anos;

 

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Atenção: Comentarei, agora, os outros incisos do art. 73 da CLT e as principais Súmulas e Orientações Jurisprudenciais do TST que tratam do trabalho noturno.

Art. 73 da CLT Salvo nos casos de revezamento semanal ou quinzenal, o trabalho noturno terá remuneração superior à do diurno e, para esse efeito, sua remuneração terá um acréscimo de 20% (vinte por cento), pelo menos, sobre a hora diurna.

§ 1º - A hora do trabalho noturno será computada como de 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos.

§ 2º - Considera-se

noturno, para os efeitos

deste artigo,

o

trabalho executado entre as 22 (vinte e duas) horas de um dia e as 5 (cinco) horas do dia seguinte.

§

- O acréscimo

a

que

se refere

o presente

artigo,

em

se

tratando de empresas que não mantêm, pela natureza de suas atividades, trabalho noturno habitual, será feito tendo em vista os quantitativos pagos por trabalhos diurnos de natureza semelhante. Em relação às empresas cujo trabalho noturno decorra da natureza de suas atividades, o aumento será calculado sobre o salário mínimo geral vigente na região, não sendo devido quando exceder desse limite, já acrescido da percentagem.

Por empresas cujo trabalho noturno decorra da natureza de suas atividades devemos considerar, por exemplo, as siderúrgicas, as empresas de energia elétrica.

§ 4º - Nos horários mistos, assim entendidos os que abrangem períodos diurnos e noturnos, aplica-se às horas de trabalho noturno o disposto neste artigo e seus parágrafos.

Os horários mistos são aqueles que começam no período diurno e terminam no período noturno.

§ 5º - Às prorrogações do trabalho noturno aplica-se o disposto neste Capítulo.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Principais Súmulas do TST

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Súmula 65 do TST

Súmula 60 do TST

Súmula 265 do TST

As súmulas que mais destacadas acima.

caem nas provas

são as três súmulas

Súmula 65 do TST O vigia noturno tem direito à hora reduzida de 52

minutos e 30 segundos.

 

Esta súmula surgiu para dirimir a controvérsia

em

relação ao vigia

noturno, uma

vez que

o

trabalho por ele

desenvolvido é realizado

predominantemente à noite, sendo assim ele terá direito à hora

reduzida.

 

Súmula 60 do TST I - O adicional noturno pago com habitualidade integra o salário do empregado para todos os efeitos.

 
 

II- Cumprida integralmente a jornada no período noturno e prorrogada

esta, devido é também o adicional quanto às horas prorrogadas.

 

Quando a Súmula fala que integrará o salário para todos os efeitos significa dizer que repercutirá no cálculo de todas as parcelas, como, por exemplo, férias, décimo-terceiro, FGTS, etc.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Através de um exemplo vocês poderão entender melhor o inciso II da Súmula 60 do TST:

Exemplo: João é empregado urbano e começou a trabalhar às 22 horas e foi até as 7 horas do dia seguinte. Ele cumpriu integralmente a jornada no período noturno (22 às 5 horas) e prorrogou até às sete horas, portanto ele receberá o adicional de 20%, também, em relação às duas horas prorrogadas.

Súmula 265 do TST A transferência para o período diurno de trabalho

implica na perda do adicional noturno.

 

A transferência do período noturno de trabalho para o período diurno

implica

na

perda

do adicional noturno, não acarretando alteração

contratual lesiva ao empregado. Portanto, não há que se falar em

ofensa ao art. 468 da CLT.

O adicional noturno não se incorpora de forma definitiva ao contrato de trabalho. Assim, o empregado o receberá enquanto estiver trabalhando no período noturno.

Nas próximas aulas, quando for abordado o tema duração do trabalho, estudaremos outras Súmulas e Orientações Jurisprudenciais relacionadas ao trabalho noturno.

Vamos treinar a matéria para que vocês fiquem familiarizados com o perfil da FCC!

Questões de provas FCC e Juiz do Trabalho:

1. (FCC – Juiz do Trabalho – TRT 11ª Região – 2012) No município “Y” residem três irmãos: Órion, Proteu e Morfeu. Órion reside na região urbana da cidade e Proteu e Morfeu residem na região rural. Os três irmãos estão empregados em empresas distintas e em atividades

também distintas, estando

Proteu na

lavoura

e Morfeu

na pecuária.

Considerando que o horário de trabalho de Órion é das 14 às 22 horas; que o horário de trabalho de Proteu é das 21 às 5 horas do dia seguinte e que o horário de trabalho de Morfeu é das 20 às 4 horas do dia seguinte, é correto afirmar que para todos os empregados a hora noturna é reduzida, ou seja, será de 52 minutos e 30 segundos.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

  • 2. (FCC – Técnico Judiciário

-

TRT 11ª

região

-

2012)

Será

considerado trabalho noturno para

o

trabalhador

urbano

aquele

executado entre às 22 horas de um dia e às 5 horas do dia seguinte.

  • 3. (FCC- TRT/MG – Técnico Judiciário/2009) O adicional noturno

deve ser pago aos trabalhadores que exerçam suas atividades entre

  • (A) 20 e as 3 horas, se rurais, trabalhando na agricultura.

  • (B) 20 e as 6 horas, se rurais, trabalhando na pecuária.

  • (C) 21 e as 5 horas, se urbanos.

  • (D) 21 e as 4 horas, se urbanos.

  • (E) 22 e as 5 horas, se urbanos.

    • 4. (FCC - Analista Judiciário TRT 9ª Região - 2010) João trabalha

na empresa X das 22:00 às 5:00 horas,sendo que, às vezes, estende a sua jornada de trabalho até às 8 horas; não possui qualquer acordo de

compensação de horas laboradas. Tendo em vista que João cumpre jornada de trabalho noturna, tem diversos direitos trabalhistas, dentre eles

  • (A) o pagamento de adicional noturno não inferior a 20% sobre a hora

diurna, sendo que este adicional integra a base de cálculo das horas

extras prestadas no período noturno.

  • (B) a hora do trabalho noturno reduzida e computada como de 50

minutos e 30 segundos.

  • (C) o pagamento de adicional noturno não inferior a 30% sobre a hora

diurna, sendo que este adicional integra a base de cálculo das horas extras prestadas no período noturno.

(D)

a

hora

do trabalho noturno reduzida e

minutos e 15 segundos.

computada como de 55

  • (E) o pagamento de adicional noturno não inferior a 30% sobre a hora

diurna, sendo que este adicional não integrará a base de cálculo das

horas extras prestadas no período noturno.

  • 5. (FCC – Analista Judiciário - Execução de Mandados - TRT 6ª

Região - 2012) Conforme previsão contida na Consolidação das Leis do Trabalho para o trabalhador urbano considera-se noturno o trabalho

executado entre as

a)

21 (vinte

e

uma)

horas de

um

dia

e

as

5

(cinco) horas

do

dia

seguinte.

 

b)

20 (vinte) horas de um dia e as 4 (quatro) horas do dia seguinte.

 

c)

22 (vinte

e

duas) horas

de

um

dia

e

as

5

(cinco) horas do

dia

seguinte.

 

d)

20 (vinte) horas de um dia e as 5 (cinco) horas do dia seguinte.

 

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

e)

21 (vinte e uma) horas de um dia e as 6 (seis) horas do dia seguinte.

6.

(FCC/TRT-Campinas/Analista Judiciário/2009) Cumprida

integralmente a jornada no período noturno e prorrogada esta, é devido

também o adicional quanto às horas prorrogadas.

 

7.

(FCC – Técnico Judiciário – TRT –PB – 2005) Nos termos da CLT,

a hora de trabalho noturno, no contrato de trabalho urbano deve ser

remunerada com acréscimo de:

 
 

a)

20% e terá a duração de 58 minutos.

 

b)

25% e terá a duração de 52 minutos e trinta segundos.

 

c)

20% e terá a duração de 60 minutos e trinta segundos.

d)

20% e terá a duração de 52 minutos e trinta segundos, desde que trabalhada entre 21:00 e 5:00 horas.

e)

20% e terá a duração de 52 minutos e trinta segundos, desde que trabalhada entre 22:00 e 5:00 horas.

8.

(FCC – Analista Judiciário – TRT – SE - 2006) De acordo com a

Consolidação das Leis do Trabalho, o trabalho noturno:

 

a)

terá remuneração

superior à

do

diurno e,

para

esse efeito, sua

remuneração

terá

um

acréscimo

de 15%,

pelo

menos sobre a

hora

diurna.

 

b)

será aquele realizado pelos empregados urbanos, entre às 21 horas

de um dia e às 4 horas do dia seguinte.

 

c)

terá remuneração

superior à

do

diurno e,

para esse

efeito, sua

remuneração terá um acréscimo de diurna.

10%

pelo menos sobre

a

hora

d)

terá a sua hora reduzida que será computada como de 52 minutos e

30 segundos.

 

e)

será aquele realizado pelos empregados urbanos, entre às 24 horas

de um dia e às 6 horas do dia seguinte.

----------------------------------------------------------------------------

Marquem aqui o gabarito de vocês:

  • 01. 03.

 

05.

07.

  • 02. 04.

 

06.

08.

----------------------------------------------------------------------------

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Questões de provas FCC e Juiz do Trabalho comentadas:

1. (FCC – Juiz do Trabalho – TRT 11ª Região – 2012) No município “Y” residem três irmãos: Órion, Proteu e Morfeu. Órion reside na região urbana da cidade e Proteu e Morfeu residem na região rural. Os três irmãos estão empregados em empresas distintas e em atividades

também distintas, estando

Proteu na

lavoura

e Morfeu

na pecuária.

Considerando que o horário de trabalho de Órion é das 14 às 22 horas; que o horário de trabalho de Proteu é das 21 às 5 horas do dia seguinte e que o horário de trabalho de Morfeu é das 20 às 4 horas do dia seguinte, é correto afirmar que para todos os empregados a hora noturna é reduzida, ou seja, será de 52 minutos e 30 segundos.

Comentários: ERRADA. O empregado rural tem horários distintos em relação ao trabalho noturno. O trabalhador rural não possui hora ficta noturna. Observem o quadro esquemático.

Quadro esquemático sobre trabalho noturno:

Rural

Urbano

Servidor

 

Adicional 25%

 

Adicional 20%

Adicional 25%

 

H 60 minutos

 
  • 52 m e 30 s

m e 30 s

52

 

Entre 20

e

4

h

  • 22 h e 5h

h e 5h

22

 

Pecuária

Entre 21

e

5

h

     

Lavoura

       

2. (FCC – Técnico Judiciário

-

TRT 11ª

região -

2012) será

considerado trabalho

noturno

para

o

trabalhador

urbano

aquele

executado entre às 22 horas de um dia e às 5 horas do dia seguinte.

Comentários: Certa. (art. 73 da CLT).

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

Art. 73 da CLT Salvo nos casos de revezamento semanal ou quinzenal, o trabalho noturno terá remuneração superior à do diurno e, para esse efeito, sua remuneração terá um acréscimo de 20% (vinte por cento), pelo menos, sobre a hora diurna.

§ 1º - A hora do trabalho noturno será computada como de 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos.

§

2º - Considera-se

noturno, para os efeitos

deste artigo,

o

trabalho executado entre as 22 (vinte e duas) horas de um dia e as 5 (cinco) horas do dia seguinte.

§ 3º - O acréscimo a que se refere o presente artigo, em se tratando de empresas que não mantêm, pela natureza de suas atividades, trabalho noturno habitual, será feito tendo em vista os quantitativos pagos por trabalhos diurnos de natureza semelhante. Em relação às empresas cujo trabalho noturno decorra da natureza de suas atividades, o aumento será calculado sobre o salário mínimo geral vigente na região, não sendo devido quando exceder desse limite, já acrescido da percentagem.

§ 4º - Nos horários mistos, assim entendidos os que abrangem períodos diurnos e noturnos, aplica-se às horas de trabalho noturno o disposto neste artigo e seus parágrafos.

§ 5º - Às prorrogações do trabalho noturno aplica-se o disposto neste Capítulo.

3. (FCC- TRT/MG – Técnico Judiciário/2009) O adicional noturno deve ser pago aos trabalhadores que exerçam suas atividades entre

  • (A) 20 e as 3 horas, se rurais, trabalhando na agricultura.

  • (B) 20 e as 6 horas, se rurais, trabalhando na pecuária.

  • (C) 21 e as 5 horas, se urbanos.

  • (D) 21 e as 4 horas, se urbanos.

  • (E) 22 e as 5 horas, se urbanos.

Comentários: Letra E. Nas provas de concursos de um modo geral são abordadas as diferenças entre o trabalho noturno urbano e rural, como fez a FCC nesta questão.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

 

Trabalhador Rural

Trabalhador Urbano

Adicional noturno

25%

20%

Hora noturna

60 minutos

52 minutos e 30 segundos

Horário noturno

Lavoura – entre 21h e

Entre 22h e 5h do dia

5h do dia seguinte

seguinte

Pecuária – entre 20h e 4h do dia seguinte

4. (FCC - Analista Judiciário TRT 9ª Região - 2010) João trabalha na empresa X das 22:00 às 5:00 horas,sendo que, às vezes, estende a

sua jornada de trabalho até às 8 horas; não possui qualquer acordo de compensação de horas laboradas. Tendo em vista que João cumpre jornada de trabalho noturna, tem diversos direitos trabalhistas, dentre eles

  • (A) o pagamento de adicional noturno não inferior a 20% sobre a hora

diurna, sendo que este adicional integra a base de cálculo das horas

extras prestadas no período noturno.

  • (B) a hora do trabalho noturno reduzida e computada como de 50

minutos e 30 segundos.

  • (C) o pagamento de adicional noturno não inferior a 30% sobre a hora

diurna, sendo que este adicional integra a base de cálculo das horas

extras prestadas no período noturno.

(D)

a

hora

do trabalho noturno reduzida e

minutos e 15 segundos.

computada como de 55

  • (E) o pagamento de adicional noturno não inferior a 30% sobre a hora

diurna, sendo que este adicional não integrará a base de cálculo das

horas extras prestadas no período noturno.

Comentários: Letra A. Não abordei no decorrer desta aula a OJ 97 que será estudada de forma aprofundada no decorrer do curso.

OJ 97 da SDI-1 do TST

O adicional noturno integra a base de cálculo

das horas extras prestadas no período noturno.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

5. (FCC – Analista Judiciário - Execução de Mandados - TRT 6ª Região - 2012) Conforme previsão contida na Consolidação das Leis do Trabalho para o trabalhador urbano considera-se noturno o trabalho executado entre as

a)

21 (vinte

e

uma)

horas de

um

dia

e

as

5

(cinco) horas

do

dia

seguinte.

 

b)

20 (vinte) horas de um dia e as 4 (quatro) horas do dia seguinte.

 

c)

22 (vinte

e

duas) horas

de

um

dia

e

as

5

(cinco) horas do

dia

seguinte.

 

d)

20 (vinte) horas de um dia e as 5 (cinco) horas do dia seguinte.

 

e)

21 (vinte e uma) horas de um dia e as 6 (seis) horas do dia seguinte.

Comentários: Letra C. O art. 73 da CLT estabelece o horário noturno dos trabalhadores urbanos, como aquele compreendido entre 22 e 5 horas do dia seguinte. Fixa o adicional noturno em 20% sobre a hora diurna. Estabelece a hora noturna reduzida em que cada hora noturna trabalhada será computada como de 52 minutos e 30 segundos e não como 1 hora.

Art. 73 da CLT Salvo nos casos de revezamento semanal ou quinzenal, o trabalho noturno terá remuneração superior à do diurno e, para esse efeito, sua remuneração terá um acréscimo de 20% (vinte por cento), pelo menos, sobre a hora diurna. § 1º - A hora do trabalho noturno será computada como de 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos. § 2º - Considera-se noturno, para os efeitos deste artigo, o trabalho executado entre as 22 (vinte e duas) horas de um dia e as 5 (cinco) horas do dia seguinte.

6. (FCC/TRT-Campinas/Analista Judiciário/2009) Cumprida integralmente a jornada no período noturno e prorrogada esta, é devido também o adicional quanto às horas prorrogadas.

Comentário: Certa. A FCC abordou a literalidade da Súmula 60, II do TST.

Súmula 60 do TST I - O adicional noturno pago com habitualidade integra o salário do empregado para todos os efeitos.II- Cumprida integralmente a jornada no período noturno e prorrogada esta, devido

é também o adicional quanto às horas prorrogadas.

 

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

  • 7. (FCC – Técnico Judiciário – TRT –PB – 2005) Nos termos da CLT,

a hora de trabalho noturno, no contrato de trabalho urbano deve ser remunerada com acréscimo de:

  • a) 20% e terá a duração de 58 minutos.

  • b) 25% e terá a duração de 52 minutos e trinta segundos.

  • c) 20% e terá a duração de 60 minutos e trinta segundos.

  • d) 20% e terá a duração de 52 minutos e trinta segundos, desde que trabalhada entre 21:00 e 5:00 horas.

  • e) 20% e terá a duração de 52 minutos e trinta segundos, desde que trabalhada entre 22:00 e 5:00 horas.

Comentário: Letra E. O trabalho noturno do empregado urbano está regulamentado pelo artigo 73 e parágrafos da CLT, conforme transcrito abaixo. Observem que desde 2005 a FCC aborda este tema em suas provas.

Art. 73 da CLT Salvo nos casos de revezamento semanal ou quinzenal, o trabalho noturno terá remuneração superior à do diurno e, para esse efeito, sua remuneração terá um acréscimo de 20% (vinte por cento), pelo menos, sobre a hora diurna.

§ 1º – A hora do trabalho noturno será computada como de 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos.

§ 2º – Considera-se noturno, para

os efeitos deste artigo,

o

trabalho executado entre as 22 (vinte e duas) horas de um dia e

as 5 (cinco) horas do dia seguinte.

  • 8. (FCC – Analista Judiciário – TRT – SE - 2006) De acordo com a

Consolidação das Leis do Trabalho, o trabalho noturno:

a) terá remuneração

superior à

do

diurno e,

para

esse efeito, sua

remuneração

terá

um

acréscimo

de 15%,

pelo

menos sobre a

hora

diurna.

b) será aquele realizado pelos empregados urbanos, entre às 21 horas de um dia e às 4 horas do dia seguinte.

c) terá remuneração

superior à

do

diurno e,

para esse

efeito, sua

remuneração terá um acréscimo de

10% pelo menos sobre

a

hora

diurna.

Pacote Direito do Trabalho e Processo TECNICO TRT Paraná Teoria e Questões FCC PROFESSORA: Déborah Paiva

  • d) terá a sua hora reduzida que será computada como de 52 minutos e

30 segundos.

  • e) será aquele realizado pelos empregados urbanos, entre às 24 horas

de um dia e às 6 horas do dia seguinte.

Comentário: Correta a letra “d”.

Art. 73 da CLT – Salvo nos casos de revezamento semanal ou quinzenal, o trabalho noturno terá remuneração superior à do diurno e, para esse efeito, sua remuneração terá um acréscimo de 20% (vinte por cento), pelo menos, sobre a hora diurna.

§ 1º – A hora do trabalho noturno será computada como de 52 (cinqüenta e dois) minutos e 30 (trinta) segundos.

§

2º – Considera-se

noturno,

para

os

efeitos

deste artigo,

o

trabalho executado entre as 22 (vinte e duas) horas de um dia e as 5 (cinco) horas do dia seguinte.

---------------------------------------------------------------------------------

Gabarito:

 

01.

Errada

03. E

  • 05. C

  • 07. E

02.

Certa

04. A

  • 06. Certa

  • 08. D

 

Por hoje é só!

 
 

"Grandes batalhas só são dadas a grandes guerreiros"

(Mahatma Gandhi).

 

Considero todos grandes guerreiros! Caminhem com fé em si mesmo, força interior, disciplina, estudo e foco. Assim, a aprovação será bela!

Aguardo vocês, com força total, para a nossa primeira aula rumo à aprovação no TRT – Paraná.

Até lá! Muita Luz! Um forte abraço a todos!

Déborah Paiva

professoradeborahpaiva@blogspot.com

deborah@pontodosconcursos.com.br

_________________________________________________________