O Cavalo e seu Menino, de C.S.

Lewis, é
um dos livros da série Crônicas de
Nárnia. A heroína, Aravis, é uma
princesa do grande reino tentando
escapar de um casamento indesejado
(arranjado pelo seu pai) com um
camarada de alto escalão, porém
repugnante. Junto com Aravis estão
alguns novos amigos que, apesar de não
terem qualquer relação com ela, cruzam
o seu caminho e resolvem viajar juntos
por segurança. Seu destino é a terra
mística e imaginária de Nárnia.

Na metade de sua jornada, Aravis se
depara com uma de suas amigas ricas.
Erros cometidos por ambas as garotas
levaram Aravis a se separar de seus
companheiros de viagem depois de
mal haver escapado de seu pai, que a
buscava. Depois de muitos obstáculos
e atrasos, a amiga de Aravis finalmente
começa a ajudá-la a fugir do país através
de um portão escondido atrás do antigo
palácio abandonado do rei. Justo quando
as coisas estavam melhorando para
Aravis, a ineficiência de seus amigos e
um golpe das circunstâncias deixa as
duas garotas em grande perigo, pois o
rei e seus aliados de repente aparecem
no palácio abandonado. As duas vão
abaixadas para a sala ao lado
e se escondem atrás do sofá. Para seu
horror, poucos minutos depois o
desposado marido de Aravis e o rei
entram na sala para se aconselharem
em sigilo, forçando as garotas a
permanecerem em seus lugares até o
conselho terminar.

Contudo é ali, tremendo atrás do sofá
e a poucos centímetros do homem de
quem ela estava fugindo, que Aravis
ouve o segredo mais importante que
jamais ouvira: O príncipe planeja uma
invasão surpresa a Nárnia e ao reino
vizinho de Arquelândia nas próximas
horas.

Depois que o conselho se despede, a amiga de Aravis a ajuda a fugir da cidade e se reunir aos
seus companheiros de viagem. Aravis conta o que ouviu, e eles conseguem avisar o rei de
Arquelândia a tempo. Como resultado, o exército de Arquelândia derrota o do príncipe,
salvando Arquelândia e Nárnia. Ambos os reinos poderiam ter sido perdidos se não fosse pelos
erros cometidos por Aravis e sua amiga. Se tudo tivesse seguido conforme planejado, Aravis
teria fugido antes do rei ter entrado no palácio para sua reunião clandestina. Mas o que teria
sido de Nárnia e Arquelândia, onde Aravis e seus amigos se instalaram depois da guerra?
Apesar do propósito original de Aravis—escapar de um casamento detestável—ser nobre o
bastante, era algo bastante mundano quando comparado à nobre missão de salvar não só dois
grandes reinos, mas também o futuro de seus amigos, uma maravilhosa mudança de planos
causada pelos erros tanto dela como de seus amigos e as circunstâncias além de seu controle.

Nas aventuras de Aravis, encontro
muitos paralelos com minhas próprias
experiências. Muitas vezes, cometo
erros no curso da minha jornada e não
prevejo os problemas que surgem. As
circunstâncias tiram a situação do meu
controle; suspiro frustrada. “O que está
acontecendo?” E solto fumaça. “Todos
os meus lindos planos tão bons estão
sendo estragados!” Mas
eventualmente, as peças vão se
encaixando de maneira diferente,
contudo ainda mais lindamente do que
eu esperava, e vejo que Deus usou
todos aqueles obstáculos incômodos e
erros para me colocar na direção de
oportunidades que valiam a pena,
resultados frutíferos e duradouros, e
destinos mais maravilhosos e
gratificantes do que eu jamais poderia
sonhar. Entendo que Ele usou os meus
erros para redirecionar os meus passos
para longe dos meus planos e mais
próximos dos planos dEle.

Quando reconheço Sua mão, me
maravilho com o lindo lugar ao qual
Deus me levou. Com gratidão,
percebo que eu nunca chegaria
onde estou hoje se Deus não tivesse
mudado os meus planos originais
para que pudesse transformá-los de
mundanos em maravilhosos.

Photo Credits:
Page 1 – Johannes via Flickr
Page 2 – © Relativity Media, used under Fair
Use law
Page 3 – public domain
Page 4 – David Bedell via Wikipedia
Page 5 – public domain
Page 6 – unknown source
Page 7 – public domain
Text © TFI. Used by permission.

Free stories for children www.freekidstories.org