Você está na página 1de 14
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

ATO CONVOCATÓRIO WEB PROCESSO Nº 143/2015

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO ESTADO DO RIO GRANDE DO SUL CVB/RS

PROCESSO SELETIVO- CRUZ VERMELHA BRASILEIRA FILIAL DO RIO GRANDE DO SUL PARA CONTRATAÇÃO DE PESSOAL, REGIDO PELA CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO CLT,DESTINADO A ATENDER AS NECESSIDADES DO HOSPITAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA.

1. PREÂMBULO:

CRUZ VERMELHA FILIAL DO RIO GRANDE DO SUL, com sede na Av. Independência, 993 Centro, Porto Alegre RS, Inscrito no CNPJ/MF sob no 07.345.851/0001-15, por intermédio da COMISSÃO DE SELEÇÃO DE PESSOAL, de acordo com o REGULAMENTO DE COMPRAS E SELEÇÃO DE PESSOALda CVB/RS, torna pública a Seleção de Pessoal, de acordo com as especificações técnicas contidas neste presente ATO CONVOCATÓRIO.

2. OBJETO:

2.1O presente certame tem por objetivo a criação de CADASTRO DE RESERVA PARACONTRATAÇÃO DE PESSOAL, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, destinado a atender as necessidades da Cruz Vermelha Brasileira Filial Rio Grande do Sul Unidade João Pessoa em razão do Contrato de Gestão celebrado com o Estado da Paraíba para gestão do Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, de acordo com as instruções especiais que fazem parte deste edital;

2.1.1 Os cargos/áreas/especialidades, a escolaridade/pré-requisitos e a remuneração são os estabelecidos a seguir:

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

- Ensino Superior Completo.

EMPREGO

REMUNERAÇÃO

CARGA HORÁRIA MENSAL COM DSR

REQUISITOS

     

Diploma de Curso Superior Completo em

R$ 1.400,00 + R$ 157,60 de Adicional de insalubridade

Enfermagem, reconhecido pelo Ministério da Educação

Enfermeiro

150

horas

possuir Cédula de Identidade do Conselho Regional de Classe ou franquia provisória dentro da validade

e

     

Diploma de Curso Superior Completo em

R$ 1.332,10 + R$ 157,60 de Adicional de insalubridade

Psicologia, reconhecido pelo Ministério da Educação

Psicólogo

150

horas

possuir Cédula de Identidade do Conselho Regional de Classe ou franquia provisória dentro da validade

e

     

Diploma de Curso Superior Completo em Serviço Social, reconhecido pelo

R$ 1.332,10 + R$ 157,60 de Adicional de insalubridade

Ministério da Educação

Assistente Social

150

horas

possuir Cédula de Identidade do Conselho Regional de Classe ou franquia provisória dentro da validade

e

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

 

R$ 1.332,10 + R$ 157,60 de Adicional de insalubridade

 

Diploma de Curso Superior Completo em Fisioterapia, reconhecido pelo Ministério da Educação

Fisioterapia

150

horas

e possuir Cédula de Identidade do Conselho Regional de Classe ou franquia provisória dentro da validade

Farmaceutico

R$ 1.400,87 + R$ 157,60 de Adicional de insalubridade

150

horas

Diploma de Curso Superior Completo em Farmácia, reconhecido pelo Ministério da Educação e possuir Cédula de Identidade do Conselho Regional de Classe ou franquia provisória dentro da validade

Nutricionista

R$ 1.332,10 + R$ 157,60 de Adicional de insalubridade

150

horas

Diploma de Curso Superior Completo em Nutrição, reconhecido pelo Ministério da Educação e possuir Cédula de Identidade do Conselho Regional de Classe ou franquia provisória dentro da validade

- Ensino Médio Completo.

EMPREGO

REMUNERAÇÃO

CARGA

HORÁRIA

MENSAL

REQUISITOS

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

     

Ensino médio Completo, Diploma de Curso Técnico em Enfermagem, reconhecido pelo

Técnico em

R$ 958,10 + R$ 157,60 de Adicional de insalubridade

180

horas

Ministério da Educação

Enfermagem

 

possuir Cédula de Identidade do Conselho Regional de Classe ou franquia provisória dentro da validade

e

     

Ensino médio Completo, Diploma de Curso Técnico em Radiologia, reconhecido pelo

Técnico em

R$ 1576,00 + R$ 630,40 de Adicional de insalubridade

120

horas

Ministério da Educação

Radiologia

 

possuir Cédula de Identidade do Conselho Regional de Classe ou franquia provisória dentro da validade

e

2.2 O regime de contratação dos empregados da CVB-RS será o da Consolidação das Leis do Trabalho, sem prejuízo das normas oriundas da convenção ou acordo coletivo da categoria do profissional do contratado ou exceções previstas nos contratos de gestão, quando couber;

§ 1º - Os empregados contratados pela CVB-RS não serão, para nenhum

efeito, considerados funcionários públicos, não tendo estabilidade ou quaisquer benefícios regidos pela lei 8.212/90, ainda que anteriormente tenham sido contratados pelo Poder Público para o exercício de atividade análoga à que o empregado irá prestar, caso seja contratado.

§ 2º - A contratação do candidato selecionado será feita no regime da

Consolidação das Leis do Trabalho - CLT, por um período de experiência, por prazo de 45 (quarenta e cinco) dias, com uma única prorrogação por igual período, enquanto nos 05 (cinco) dias antecedente ao final de cada etapa será avaliado o desempenho do empregado por sua chefia imediata e o setor de recursos humanos, e, sendo satisfatório o resultado da avaliação, passará a

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

condição de contratado, enquanto, se não recomendada sua permanência, o contrato será extinto a termo.

3. DA INSCRIÇÃO:

3.1 A inscrição do candidato implicará no conhecimento e aceitação das normas, exigências e condições estabelecidas neste Edital, em relação às quais não poderá alegar desconhecimento.

3.1.1o candidato será inteiramente responsável por qualquer erro ou omissão, bem como pela veracidade das informações prestadas na ficha de inscrição, podendo aCVB/RS excluir do Processo de Seleção o candidato que fornecer dados incorreto e/ou aquele que prestar informações inverídicas, ainda que o fato seja constatado posteriormente;

3.1.2 caso seja constatado posteriormente, que o candidato preencheu a ficha

de inscrição com dados incorretos ou que fez falsas declarações, terá como

consequência a anulação de todos os atos decorrentes da sua inscrição, mesmo que aprovado nas provas já realizadas.

3.2A inscrição só será confirmada mediante a entrega de 01 (um) quilo de alimento não perecível, exceto sal, que não será devolvido caso o candidato tenha sua inscrição anulada por força do disposto no item 3.1.2;

3.2.1 Estará isento do pagamento da taxa de inscrição o candidato quefor membro de família de baixa renda, nos termos doDecreto Federal nº 6.135, de

2007;

3.2.2

A isenção deverá ser solicitada mediante requerimento do candidato,

disponível por meio do Anexo I deste Edital, contendodeclaração de que atende

à condição estabelecida no subitem 3.2.1 deste edital.

3.3 São condições para participação do processo seletivo:

3.3.1 ser brasileiro nato ou naturalizado, ou a quem foi deferida a igualdade;

ou, ainda, estrangeiro, obedecido os requisitos exigidos pela legislação de

regência;

3.3.2 ter idade mínima de 18 anos;

3.3.3 estar em dia com as obrigações eleitorais e militares;

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

3.3.4 possuir o perfil e os requisitos estabelecidos para a vaga, bem como a

escolaridade exigida para o emprego;

3.3.5 apresentar a documentação exigida;

3.3.6 estar quite com as obrigações militares, se do sexo masculino;

3.3.7 estar em gozo de seus direitos civis, políticos e eleitorais;

3.3.8 gozar de boa saúde física e mental e não ser portador de necessidade

especial incompatível como o exercício das funções atinentes ao emprego que

concorre;

3.3.9 conhecer e estar de acordo com as exigências no presente edital, especialmente em caso de convocação para contratação, com apresentação da documentação pessoal completa exigida, no prazo de 05 (cinco) dias úteis da convocação, sob pena de ser considerado(a) desistente do processo seletivo;

4. DATA, LOCAL E HORÁRIO PARA RECEBIMENTO DE INSCRIÇÕES:

4.1 As inscrições serão realizadas serão iniciadas no dia 15/04/2015 com término no dia24/04/2015,de08:00hrs às 12:00hrs e das 14:00hrs às 17:00hrs, no Setor de Departamento Pessoal do HEETSHL, no endereço Av. Orestes Lisboa, s/n Conjunto Pedro Gondim, João Pessoa/ PB CEP nº 58031-090;

4.1.1 O procedimento para inscrição consistirá de:

4.1.1.1preenchimento do formulário no local da inscrição, sem rasuras, de forma legível, correta e completa, utilizando caneta esferográfica azul ou preta;

4.1.1.2entrega de cópia do documento de identidade oficial (com foto) e CPF;

4.1.1.3o candidato portador de deficiência deverá verificar se as atribuições do cargo, são compatíveis com a deficiência de que é portador e deverá ANEXAR A FICHA DE INSCRIÇÃO ORIGINAL DO ATESTADO MÉDICO descrevendo o tipo e o grau de deficiência que apresenta, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como se necessita ou não de condições especiais para submeter-se às provas e na ausência desse atestado médico o candidato não poderá usufruir do que dispõem as Leis Complementares nº 683, de 18/9/92 e 932, de 08/11/2002 e será considerado como não portador de deficiência. O

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

candidato que não declarar ser portador de deficiência, no ato da inscrição, e/ou não atender ao solicitado, não será considerado portador de deficiência, não poderá impetrar recurso em favor de sua situação, não terá as condições especiais solicitadas providenciadas, não concorrerá às vagas reservadas, seja qual for o motivo alegado.

4.1.2 O candidato habilitado em razão da pontuação obtida na prova escrita,

quando convocado para etapa de ANÁLISE CURRICULAR, deverá apresentar os seguintes documentos:

4.1.2.1 currículo atualizado;

4.1.2.2 documentação comprobatória das exigências contidas no item 2.1 deste edital, emitidas por instituições reconhecidas pela autoridade pública competente;

4.1.3As documentações devem ser devidamente autenticadas pelo cartório competente ou mediante confere com o original atestado pelo funcionário do Departamento de Pessoal do HEETSHL;

4.2 Serão aceitas inscrições realizadas por terceiros mediante a apresentação

de procuração com a firma do candidato reconhecida em Cartório, acompanhada da Cédula de Identidade R.G. do candidato e do procurador (original ou cópia autenticada);

4.3 Não serão aceitos qualquer tipo de documento ou títulos depois de

concluídaa inscrição, bem como os enviados via postal, fax, e-mail ou por outro

meio e não especificado neste edital;

4.4 Torna-se explícito que os candidatos que se submeterem ao presente

Processo Seletivo concordam integralmente com os seus termos;

4 DA BANCA EXAMINADORA:

5.1 As provas e a avaliação de currículos serão realizadas por Comissão

Examinadora.

5.2 Não poderá integrar a Comissão Examinadora, o profissional que:

5.2.1 tenha relação de parentesco até terceiro grau, inclusive por afinidade,

com algum dos candidatos inscritos no processo de seleção;

5.2.2 seja cônjuge ou companheiro de algum candidato;

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

5.2.3 seja amigo íntimo ou inimigo capital de qualquer dos candidatos;

5.2.4 tenha vinculação funcional atual com o candidato.

5.3 Compete ao indicado a compor a Comissão Examinadora declarar-se

impedido ou suspeito nas hipóteses elencadas no item 5, sob pena de ensejar a anulação do certame, incidir em falta grave com a respectiva responsabilização funcional.

6 DAS PROVAS:

6.1

O processo Seletivo constará de:

a)

Prova escrita;

b)

Análise Curricular;

c)

Entrevista

6.2

As PROVAS ESCRITAS, ANÁLISES CURRICULARES e ENTREVISTA

serão realizadas em datas distintas, últimas em datasa serem definidas pela Comissão Examinadora.

6.3 A PROVA ESCRITA constará de:

- 10 (dez) QUESTÕES OBJETIVAS DE MULTIPLA ESCOLHA sobre conhecimentos específicos, 05 (cinco) QUESTÕES OBJETIVAS DE MULTIPLA ESCOLHA relativas à legislação SUS e 05 (cinco) QUESTÕES OBJETIVAS DE MULTIPLA ESCOLHA sobre língua portuguesa.

6.4 Será responsabilidade exclusiva do candidato a entrega de CURRICULUM

VITAE e da documentação (fotocópias dos demais documentos) de uma única vez, não se admitindo complementação, inclusão e/ou substituição de documentos.

6.5 Em nenhuma hipótese serão devolvidos aos candidatos o CURRICULLUM

VITAE e os documentos (fotocópias).

6.6 A PROVA ESCRITA será avaliada da seguinte forma:

6.6.1 As questões relativas aos conhecimentos específicos da categoria terão peso 02 (dois) e serão eliminatório/classificatório, estando apto o candidato que obtiver 07 (sete) acertos (relativo a 14 pontos);

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

6.6.2 As questões relativas à legislação SUS da categoria terão peso 02 (dois)

e serão de caráter eliminatório/classificatório;

6.6.3 As questões relativas à língua portuguesa terão peso 01 (um) e serão de

caráter eliminatório/classificatório.

6.6.4 O candidato que não acertar qualquer das questões relativas à legislação

SUS ou qualquer das questões relativas à língua portuguesa estará, automaticamente, eliminado do certame;

6.7 O candidato portador de deficiência participará do concurso juntamente com

os demais candidatos em igualdade de condições no que diz respeito ao conteúdo e avaliação das provas.

6.8 Da candidata Lactante:

6.8.1 Em caso de necessidade de amamentação durante a prova, e tão

somente nesse caso, a candidata deverá levar um acompanhante, que ficará

em local reservado para tal finalidade e será responsável pela guarda da criança;

6.8.2 Nomomento da amamentação, a candidata deverá ser acompanhada por

um fiscal;

6.8.3 Não haverá compensação do tempo de amamentação à duração da prova

da candidata;

6.8.4 Executada a situação prevista no item 6.8.1”, não será permitida a

permanência de qualquer acompanhante nas dependências do local de realização da prova, podendo ocasionar inclusive a não participação do(a) candidato(a) no processo seletivo.

6.9 DA EXECUÇÃO DA PROVA:

6.9.1 O candidato se submeterá à prova escrita para avaliação de conhecimento teórico sobre o cargo pleiteado em data e local a ser designado no site http://www.hospitaldetrauma.pb.gov.br/, com antecedência mínima de 02 (dois) dias de sua data, ficando o candidato responsável pelo seu acompanhamento, não podendo, em qualquer hipótese, suscitar desconhecimento em seu favor;

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

6.9.2 Todos os horários estabelecidos nesteProcesso Seletivo obedecerão,

para todos os efeitos, o horário de João Pessoa PB;

6.9.3 Os candidatos deverão comparecer ao local das provas, pelo menos 30

minutos antes do horário determinado, munido de documento hábil de identidade original (Carteira de Identidade - RG) ou Carteira do Órgão de Classe ou Carteira de Trabalho e Previdência Social ou Carteira Nacional de Habilitação, com fotografia, expedida nos termos da Lei Federal nº 9503, de 23 de setembro de 1997 e caneta esferográfica azul ou preta, não sendo permitido o uso de qualquer crachá de identificação funcional;

6.9.4 Caso o candidato esteja impossibilitado de exibir, no dia de realização

das provas, documento de identidade original, por motivo de perda, roubo ou furto, deverá apresentar documento que ateste o registro da ocorrência em

órgão policial, expedido há, no máximo, trinta dias;

6.9.5 Não será permitido o ingresso do candidato à sala de prova:

6.9.5.1 Sema apresentação de um dos documentos hábeis de identificação

definidos no subitem 6.9.3;

6.9.5.2 Após o horário estabelecido.

6.9.6 O candidato será eliminado do concurso quando:

6.9.6.1 Ausentar-se da sala de prova sem o acompanhamento do fiscal ou

antes de decorridos vinte minutos do início da prova;

6.9.6.2 Durante a realização da prova for surpreendido em comunicação com

outro, verbalmente, por escrito ou qualquer outra forma, bem como utilizando- se de livros ou apontamentos, impressos, calculadoras, pagers, telefones celulares, ou qualquer outro meio eletrônico;

6.9.6.3 Não devolver integralmente o material recebido;

6.9.6.4 Perturbar, de qualquer modo, a ordem dos trabalhos.

6.9.7 Não haverá segunda chamada ou repetição de provas, seja qual for o

motivo alegado para justificar o atraso ou a ausência do candidato.

6.10DA HABILITAÇÃO E DA CLASSIFICAÇÃO

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

6.10.1 será considerado habilitado o candidato que obtiver nota igual ou

superior a 14 (quatorze), referente à 07 (sete) acertos, nasquestões relativas à conhecimentos específicos da categoria, bem como obtiver um ou mais acertos nas questões relativas à legislação SUS e também nas questões relativas à

língua portuguesa;

6.10.2 Somente serão avaliados os CURRÍCULOS e realizada a ENTREVISTA

dos candidatos habilitados;

6.10.3

Os candidatos habilitados serão classificados de acordo com a média

final;

6.10.4

Em caso de igualdade de classificação terá preferência para ingresso,

sucessivamente o candidato que:

6.10.4.1 Obtiver maior nota na PROVA ESCRITA;

6.10.4.2 Maiortempo de experiência no cargo para o qual concorreu;

6.10.4.3 Maior idade.

6.10.5A ANÁLISE CURRICULAR e a ENTREVISTAdetém caráter eliminatório, atestando se o candidato detém experiência necessária e está apto a exercer a função ofertada neste edital;

6 DISPOSIÇÕES FINAIS:

7.1Só serão pontuados os cursos e experiências profissionais que tiverem correlação com o cargo para o qual o candidato participou;

7.2A inexatidão das afirmativas ou irregularidades de documentos, ainda que verificadas posteriormente, eliminarão o candidato do processo seletivo, anulando-se todos os atos decorrentes da inscrição, sem prejuízo das sanções penais cabíveis;

7.3A validade do processo de seleção é de 03 (três) meses, contado a partir da sua data de conclusão, podendo ser prorrogado por mais 03 (três) meses, a critério da CVB/RS, pela sua unidade competente;

7.4A lista com o resultado da seleção de cada cargo será divulgada em ordem decrescente de pontuação, por meio idôneo, sendo de exclusiva

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

responsabilidade do candidato acompanhar comunicados, convocações e o resultado final da seleçãono site http://www.hospitaldetrauma.pb.gov.br/;

7.5A aprovação no processo de seleção não gera para o selecionado o direito à contratação, cabendo ao gestor da respectiva unidade, conforme o caso, decidir a respeito, observado o número de vagas disponíveis e a ordem de classificação;

7.6São requisitos para a contratação:

7.6.1 Ter sido aprovado no Processo de Seleção;

7.6.2 Tersido aprovado no exame médico admissional e avaliação psicológica;

7.6.3ser brasileiro nato ou naturalizado, ou estrangeiro residente com autorização para trabalhar no Brasil;

7.6.4

contratação;

Ter

idade

mínima

de

18

(dezoito) anos

completos

na

data

da

7.6.5 Cumpriras normas estabelecidas pelo Processo de Seleção;

7.6.6 Apresentar a seguinte documentação na via original para contratação:

7.6.6.1 Carteira do Trabalho e Previdência Social;

7.6.6.2 03 (três) fotos 3X4;

7.6.6.3 apresentar cópia de identidade oficial;

7.6.6.4 apresentar cópia do CPF/MF;

7.6.6.5 apresentar cópia de título de eleitor;

7.6.6.6 apresentar cópia do PIS ou PASEP;

7.6.6.7 apresentar cópia decertidão de nascimento ou casamento (quando for

o caso);

7.6.6.8 apresentar cópia de comprovante de residência (conta de água, luz ou

telefone) atual;

7.6.6.9 apresentar cópia decertidão de nascimento dos dependentes;

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

7.6.6.10 apresentar cópia de cartão de vacinação dos filhos com idade até 7

(sete) anos;

7.6.6.11 apresentar cópia deCertificado Militar/Reservista (candidato do sexo

masculino);

7.6.6.12 apresentar cópia decarteira de registro profissional nos respectivos

Conselhos Profissionais do Estado;

7.6.6.13 apresentar cópia decomprovante de matrícula de filhos menores entre 7 e 14 anos (obrigatório apenas para quem receberá salário família);

7.6.6.14 apresentar cópia deCPF/MF dos dependentes maiores de 18 anos;

7.6.6.15 apresentar cópia decertificado de conclusão do ensino fundamental

ou médio para o cargo de Técnico em enfermagem e Radiologia;

7.6.6.16 apresentar cópia de diploma ou declaração de conclusão de curso

superior dos cursos exigidos para a vaga;

7.7Os candidatos aprovados serão contratados de acordo com cronograma de necessidades do serviço;

7.8O candidato convocado para contratação que não apresentar a documentação exigida será eliminado da seleção, hipótese em que será convocado o candidato classificado na posição imediatamente subsequente na lista de classificação;

7.9Após a convocação para contratação, o candidato deverá se apresentar nos locais e datas estabelecidas, munido dos documentos exigidos para a celebração do contrato de trabalho;

7.10Os candidatos contratados deverão assumir as funções para as quais forem contratados nas datas definidas nas convocações;

7.11O candidato convocado para contratação que não atender aos prazos estabelecidos será eliminado da seleção;

7.12As contratações poderão ser suspensas na ocorrência de fatos que, a critério da CVB-RS, justificarem a medida;

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA
GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA

GOVERNO DO ESTADO DA PARAÍBA SECRETARIA ESTADUAL DE SAÚDE

HOSPITAL ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA

ESTADUAL DE EMERGÊNCIA E TRAUMA SENADOR HUMBERTO LUCENA CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

CRUZ VERMELHA BRASILEIRA DO RIO GRANDE DO SUL

7.13 A inscrição implicará no conhecimento das presentes instruções e no

compromisso da aceitação das condições do processo seletivo aqui estabelecidas;

7.14 Os casos omissos serão resolvidos pela CVB-RS.