Você está na página 1de 7

06/08/2015

Civilização Suméria ­ Sargão, o Grande

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Principal Sede de Governo:

PESQUISAR POR CIVILIZAÇAO
Civilização Assíria
Civilização Babilônica

Curtir

Compartilhar 7 pessoas curtiram isso. Cadastrar­se para ver do que seus
amigos gostam.

Tweet

1

0

Civilização Egípcia
Civilização Grega
Civilização Hebráica

2680 ­ 2600a.e.c.

Gilgamesh

Civilização Hitita

2359 ­ 2334a.e.c.

Lugalzagghesi

Civilização Persa

2352 ­ 2345a.e.c.

Civilização Romana

Urukaghina
2334 ­ 2279a.e.c.

Sargão, o Grande

 

Comentários | Vídeos | Fonte | Como citar essa página?

2279 ­ 2270a.e.c.

Rimush
2270 ­ 2255a.e.c.

Manishtushu
2255 ­ 2220a.e.c.

Naram­Sin
2218 ­ 2200a.e.c.

Civilização Suméria - Sargônida
Antecessor: Lugalzagghesi 2359­2334 a.e.c Sucessor: Rimush 2279­2270 a.e.c.

Idade Antiga ­ Antiguidade Oriental
Civilização Suméria ­ Idade Antiga ­ Antiguidade Oriental

Shar­Kali­Sharri

Civilização Suméria
Rússia
PESQUISAR POR LETRA

A

B

C

D

E

F

G

K

L

M N O

P

Q

U

V

X

Y W Z

2142 ­ 2123a.e.c.

Gudea
2113 ­ 2095a.e.c.

Ur­Nammu
2029 ­ 2017a.e.c.

Ibbi­Sin
2017 ­ 2005a.e.c.

Ichbi­Erra

O reinado de Sargão | A Ásia Anterior | O Império | O Mito de Sargão | Referências

PESQUISAR POR NOME

Bibliográficas

 
O período acadiano começa oficialmente com o reinado de Sargão (2334-2279 a.e.c.).
Acádia tornou-se a capital de um estado que acabou incorporando todas as cidades-

IMAGENS

estados sumérias e ampliou seu poder muito mais longe, se não, como pretendm os

antigos textos, "aos quatro cantos do  mundo". Datar o início desse período em Sargão suscita a questão sobre se
Lugalzagghesi, que estabelecera a sua soberania sobre uns cinquenta governadores no sul e comandara assim um pequeno
império, não deveria ser considerado como fazendo parte da nova era. Afinal, ele reivindicava em sua inscrição real que todas
as terras estrangeiras lhe eram subservientes "desde o Mar Inferior ao longo dos rios Tigre e Eufrates até o Mar superior". Os
escribas do período Babilônio Antigo que organizaram as coleções de inscrições reais obriamente assim pensavam e incluíram

http://www.historia.templodeapolo.net/governantes_ver.asp?cod_governante=1&value=Sarg%C3%A3o,%20o%20Grande&civ=Civiliza%C3%A7%C3%A3…

1/7

ele não faz nenhuma Sargão. em torno de 2360 a. Por outro lado. o rei Diyala. só dispondo de escassos efetivos. Enquanto eu era ainda um hortelão. se reduzia. Seu nome era Sharrukan. O nome de Sargão foi considerado um nome oficial. anos reinei como rei. Tell Muhammed.e. Ele cresceu e. isto é. Essa disposição esquemática ainda é seguida pela usual divisão do terceiro milênio num período "sargônico" ou acadiano. Aqui é enfatizado o elevado Status da mãe (as sacerdotisas de en eram. bom para o transporte fluvial ao longo do eixo norte-sul. dentro de um cesto. concebeu um filho.templodeapolo. Os deuses descretam que o reinado de Ur-Zababa deve chegar ao fim. meu pai jamais conheci. com frequência. BATALHAS Todas Batalhas De qualquer modo. me criou como seu filho adotivo. O povo de cabeça negra dominei e governei. Ali ele prosperou e se tornou um militar. o poderoso rei. a afirmação de que Sargão construiu Acádia baseia-se com muita probabilidade em fatos concretos. o aguaeiro. a cultura material desse período é muito mais indefinível e há poucas provas a favor de uma mudança fundamental durante a segunda metade do terceiro milênio. as quais salientam sua ascensão da obscuridade a "rei do mundo". Vários sítios arqueológicos poderiam ajustar-se a essas condições. A falta de potencial agrícola podia ser compensada pelos lucros resultantes das conexões comerciais. mas. A cidade de Azupiranu não é uma cidade real. As legiões sumérias. Aqqi. me içou quando baixou seu balde. o aguadeiro. mas o passo lógico seguinte era atacar a pessoa que detinha o maior poder no sul: Lugalzagghesi. O irmão de meu pai habita no altiplano. teria que se estabelecida mais perto da orla nordeste da planície babilônia para escapar à atenção e à interferência do sul. Não está claro o que aconteceu em Quich: se foi Sargão ou Lugalzagghesi quem destronou o governante então no poder. Outra variante é apresentada em plaquetas babilônias. a Aqqi.%20o%20Grande&civ=Civiliza%C3%A7%C3%A3… 2/7 . Aqqi. por sua notável perspicácia. Ascendeu aos postos mais elevados e acabou se tornando rei da Acádia. Lugalzagghesi ocupou Quich e assassinou o rei Ur-Zababa. sendo-lhe usualmente atribuído o significado de "verdadeiro e legítimo rei" (em acadiano. Nelas é desenvolvida a ancestralidade materna de Sargão: Eu sou Sharrukan. um "hortelão". e Sargão torna-se rei. atingiu a corte do rei Ur-zababa para ser copeiro do soberano em 2340 a.historia. em quadrados. A criança foi resgatada por alguém de Quich. pouco cavalheirescamente. às ocultas me pariu. mas refere-se ao altiplano. Minha cidade é Azupiranu. em suas próprias inscrições. com seu leito profundo. Ur-Zababa. derivados de estórias populares. com betume fez estanques as aberturas.06/08/2015 Civilização Suméria ­ Sargão. o aguadeiro.. Sharrukan fugiu para uma cidadezinha próxima à Acádia. tem sido proposta como a localização mais provável.. e enfrentou o adversário com a tática de guerra no deserto.c. Sargão construiu uma base de poder na área ao norte ou perto de Quich e organizou um contingente militar bem treinado e equipado. mas as escavações empreendidas pela Organização de Antiguidades do Estado não progrediram além dos níveis do final do segundo milênio. rei de Acádia.e. que talvez estivesse gostando demais da paz bucólica do país e não se preparara para enfrentar um desafio. assim como a origem Todas Imagens VIDEOS paterna. Suas origens e antecedentes são obscuros. O tigre. do qual não pude ascender. possuído de grande rancor contra Lugalzagghesi. atacadas por todos os lados por um inimigo que fazia ataques de surpresa. nos arredores de Bagdá. onde crescem as ervas aromáticas azupiranu. um estrangeiro "oriundo das montanhas". pelas recentes batalhas. Essa lenda também sublinha as milagrosas circunstâncias do nascimento e sobrevivência do herói. Entretanto. deixando-o exposto à denigrição pública. o Grande Ela me concebeu. minha mãe sacerdotisa de en. sobretudo o de Moisés. Uma dessas tradições é citada numa passagem da lista de reis sumérios. Com a guerra de Quich contra Uruk. Pôs-me numa cesta de vime. reforçou-os com tropas reunidas às pressas. me levou. sabemos que ela estava situada na região ao norte de Quich. O valor de verdade de tais estórias é insignificante. como tendo exercido a realiza em Uruk por um período de vinte e cinco anos. ascendeu ao http://www. provavelmente com desejo de vingança.asp?cod_governante=1&value=Sarg%C3%A3o. Ishtar tomou-se de afeição por mim. Para completar o próprio triunfo. Ele por certo pôs fim à independência das cidades-estados sumérias. dedica a Lugalzagghesi um capítulo separado. O rio me envolveu. o Grande Lugalzagghesi em suas antologias. Na cidade de Quich. a lista de reis sumérios com sua clareza estrutural e preferência por continuidade dinástica. Um texto sumeriado apresenta uma versão mais completa: o pai de Sargão. de sangue real). e se punha em fuga. Aqqi. Sugestões recentes localizaram-na perto da confluência do Tigre e do seu tributário da margem leste. Sargão pode ter sido obrigado a deslocar sua base para Acádia em consequencia de um golpe fracassado em Quich. foram-lhe atribuídos antecedentes fictícios. O rei aspirante. que se tornaria o Grande. a partir da qual o planalto iraniano podia ser alcançado. era Sargão. o aguadeiro. em profundidade. se eclipsava.c. Estela de Sargão. Apesar de a cidade não ter sido arqueologicamente identificada. o Grande referência aos ancestrais paternos. me ensiou a cuidar de sua horta. o ex-copeiro. ingressa no serviço de Ur-Zababa e é promovido ao alto cargo de copeiro. O Diyala ligava a área com a região de Hamrin. que se situa nas margens do Eufrates. uma sacerdotisa de en. em Nippur. mandou prender o velho e glorioso Lugalzagghesi numa jaula e o exibiu nas “Portas de Enlil”. Sarru Kenu). Por ter granjeado tão extraordinária fama. era relativamente inútil para fins de irrigação. por suas condições de Todos Videos navegabilidade. Em Campanhas militares de Sargão termos arqueológicos. A vitória foi completa e o vencedor. Minha mãe era uma sacerdotisa de en. Em verdade Sharrukan. numa tradição que conta com numerosos paralelos. Ao rio me lançou. Esse menino foi jogado no rio Eufrates. Como uma nova fundação. o "pântano de transição" de Mann.net/governantes_ver. Cidade de Acádia E assim por.

a cordilheira paralela à costa do Mediterrâneo.  para  sumérios  e  acadianos. Um mito babilônico antigo diz que “toda a Terra” se revoltou contra Sargão. e não ao Templo. e pela mais livre iniciativa privada. Em suma.  Os cinqüenta  graus  à  sombra. dos contrafortes meridionais da Armênia ao Golfo Pérsico. mas também foi um administrador engenhoso. a sede do vice-rei acadiano. Invadiu Ur e todo o resto da Suméria. Sargão figurou com destaque como um "Rei bom e Vitorioso".  é  ao  mesmo  tempo.  tórrido. uma boa profecia. no dizer de Breasted.  a  média  de  julho. Em seu reinado pela primeira vez a escrita foi inteiramente em Acadiano. Com isto não foram sufocadas as liberdades das cidades sumérias cujas dinastias conservaram  tronos  e  tradições. Sargão dá antes de tudo bases sólidas aos próprios idéias: uma  inscrição  afirma  que  "a  cada  dia  5400  homens  comiam  em  sua  presença". na maioria.  um  corpo  estável  de  aguerridos  soldados.  é  de  trinta  e  quatro  graus  (em  Palermo. É o que conhecemos como “Sargão”. Quando os babilônios compliaram uma coleção de augúrios históricos. mas as decisões políticas cabem ao Palácio.  Aqui. No período babilônio Antigo. Era o começo das conquistas de Sargão da Acádia. cuja base era constituída pelo patrimônio pessoal do particular. Sargão assume as funções de um faraó egípcio.  por  "homens"  devem  ser  entendidos  soldados. a Índia (civilização Harrapan ou Meluhha) comerciava com a Acádia e enviava navios para atracar nas docas acadianas do rio Eufrates. um dos maiores soberanos da antiguidade. O corno direito da meia‐lua engloba toda a vasta região entre as montanhas do Líbano e do Zagros. os elamitas e todo o Iran ocidental.  é  este:  um  mundo  onde  não  chove. ele se tornou um rei arquetípico que governou por muito tempo e bem.  Em  Bagdá. seria como entre o comunismo e capitalismo.net/governantes_ver.  e  naqueles  tempos.  Um  deserto interminável. prometendo-lhe o domínio do mundo. São estes os três rios que formam. devemos nos ater às tradições e à vasta literatura histórica e apologética que prosperou por milênios em torno deste extraordinário personagem. A língua Acadiana foi imposta como a nova linguagem elamita. que se torna apenas uma "Igreja livre num Estado livre". que na época eram: Subartu. o Grande trono sob o nome de Charruquénu.historia. mais tarde em seu reinado. e Ebla conquistando-as. Elam.  O  "mundo". O sumo sacerdote conserva suas próprias funções. algo como uma federação.  O  clima.6ºC). temos  482  milímetros.  e  atravessando  o  Mar  Vermelho. e basta. E aqui cabe fazer uma digressão para se ter idéia do que era o "mundo" de que Sargão se fazia soberano. Etiópia e Índia.  atravessa  o deserto  sírio  e  arábico. No entanto.06/08/2015 Civilização Suméria ­ Sargão. pelo Tigre.  une‐se  ao  Saara  e  prossegue  por  mais  5000  quilômetros  até  o  Atlântico.  só  em  caso  de  defecção  elas  eram substituídas por governantes. responsáveis somente perante Sargão.  Em http://www. diferente do conceito de cidade-estado. pelo que se intitulou. Sargão se voltou para conquistar “as florestas de cedro e as montanhas de prata”.  por  certo  não  são  exceção.  em  Baçorá.  chove  por  sete  dias  ao  ano. ou da família ou tribo.  desde  que  jurassem  fidelidade  e  pagassem  e  pagassem  um  tributo  razoável. e organizadas as finanças em sua pátria e nas vizinhanças imediatas.   ‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐   O reinado de Sargão O Problema era totalmente outro: se fosse lícito fazer um confronto tão impossível. na Anatólia (Turquia).  ou  ao  menos  onde  a  chuva  é  tão  insuficiente  que  não  permite nenhum gênero de cultivo sem irrigação artificial.  em  Palermo. Amurru e Chúmer. Portanto. Estabelecida pois a capital em Acádia.asp?cod_governante=1&value=Sarg%C3%A3o. em Palermo. o "Crescente Fértil".  sempre  às  ordens  do  rei. Não foi somente um líder militar. a capital inimiga. A média anual de precipitação é 130 milímetros. Em seqüência Sargão marchou contra a Assíria. a cidade italiana onde chove menos. eram os mesmos de Lugalzagghesi. e no caso da Etiópia e Índia essa tradição é altamente duvidosa. Do seu império um novo gênero de ideal político começou a florescer.  por  77. muito difícil.%20o%20Grande&civ=Civiliza%C3%A7%C3%A3… 3/7 . o Líbano e as montanhas Taurus.  partindo  da  Ásia  central. No oeste. mas muito mais afortunadamente.  em  Bagdá. "Rei das Quatro Partes do Mundo". No entanto. e que sitiou com forças militares a Acádia. que fez de Susa.  5000  homens  constituíam  um formidável exército. ‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐ A Ásia Anterior A  grande  planície  que  compreende  a  Mesopotâmia  faz  parte  daquela  intensa  e  desolada  plaga  do  mundo  que. entre a arcaica e rígida economia centralizada dos sumérios e a das jovens cidades acádicas. o "augúrio de Sargão" foi. Quanto aos seus idéias. Sargão foi vitorioso. eram  os  "Filhos  do  Palácio". A guerra contra o Elam foi dura. que significa “rei legítimo”. ilegíveis.templodeapolo. As inscrições originais de Sargão são raríssimas e. Subjugou os amorreus. Egito. Eufrates e Nilo. portanto. Conforme a tradição suméria. inclusive a de coroar o rei em Nippur em nome de Enlil. Nomeou a sua filha Enheduanna como sacerdotisa principal da deusa Nanna de Ur e como uma representante ritual de Inanna (lshtar) de Uruk. isto é.  24. Sargão empreendeu expedições militares na Anatólia (Turquia asiática). embora não existam provas (exceto a campanha nas montanhas Taurus).  desértico  e  tropical. Mari. onde surgiram as mais antigas civilizações históricas. Sargão já se tornara um modelo de herói. Nomeou semitas para altos cargos administrativos e estabeleceu guarnições militares nas grandes cidades. À semelhança de Carlos Magno na Europa continental ou do Rei Arthur na GrãBretanha. interrompido somente por alguns oásis. Sargão foi aclamado “Rei da Terra” e “Rei dos Quatro Cantos”. Estas novas concepções logo tiveram confrontações concreta: Sargão não é o representante (ou Ensi) de nenhum deus: é apenas o rei. mas os elamitas perderam ante o poderio de Sargão. Nas águas do Golfo ele lavou as suas armas em atitude ritual e outorgou-se “o grande Ensi de Enlil” (“O Grande Governante do Deus dos Deuses”) para demonstrar que ele respeitava a tradição suméria.

 depois de ter recolhido as águas de seu maior afluente. Depois dirigiu a mira para o norte. evapora abundantemente.  seja  pela  carência  de  documentos  contemporâneos. o que pressupõe o emprego de uma frota. ou seja. os quais.  transformam‐se  em imensos  lagos. ‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐ O Império Sargão interessou‐se também pela parte oriental do "mundo".%20o%20Grande&civ=Civiliza%C3%A7%C3%A3… 4/7 . mas a do Tigre está na vertente sul. até os gelados que descem do Cáucaso e da Sibéria. o Elam.  Portanto.  onde  os  dois  rios  se  aproximam  muito  um  do  outro. o qual. no tempo dos sumérios.  seja  porque  as sucessivas  lendas  tendem  a  atribuir  a  este  grande  personagem  também  conquistas  que  na  realidade  foram  obra  de  seus  sucessores  imediatos. onde surgirá o reino dos assírios.net/governantes_ver. tinha retomado a independência. o Nilo). retomando suas margens normais no início de agosto. ao menos nos dois primeiros milênios se gabam em primeiro lugar de terem construído diques. e não as obras hidráulicas. muito mais ao sul. o Khabur. Estas. mas exatamente o Golfo de Isso. até que desemboca num pântano. Durante estas cheias. canais e barragens. e deixou escrito ter conquistado seguramente o "País Alto". com seus portos comerciais dando para o "Mar Superior". tratava‐se sem dúvida do maior império que apareceu até aquele momento. que tirando proveito da queda de Lugalzagghesi. o que exigia grande número de homens para a sirga e animais de tiro para rebocá‐los contra a corrente. Chúmer. dentre os quais os mais importantes são o Grande e o Pequeno Zab e o Diala. a região de Amurru. ao invés é constantemente alimentado por grandes afluentes.  com  o  passar  dos  milênios. que vêm do sul e do oeste. Sargão. urgia irrigá‐lo ao máximo. e termina. e podemos incluí‐lo. o Crescente Fértil não poderia ter existido. Mas a contribuição dos rios. e diversamente do Nilo. Mas é o Tigre a "despertar" primeiro com o degelo de março.  lemos  longas  listas  de  príncipes  feitos  prisioneiros  nestas  campanhas. não ajuda a identificá‐los com precisão.  mesmo  que  depois  tenham  sofrido  subdivisões  políticas  e  geográficas  muito  mais  particularizadas. Ao sul. as inundações vêm no início da primavera. conhecido até Dilmun (as atuais ilhas de Bahrei). alagando todos os territórios em seu caminho. desde os abrasadores e carregados de areia. e  o  reconquistou. tem a metódica e previsível regularidade do Nilo. hoje em dia. porém. na Mesopotâmia e no Egito.  ao  invés  de  pararem  como  de  hábito  nos  portos  do  Golfo  Pérsico. não recebe mais água. O Subartu não apresentava dificuldades particulares. havia a região de Subartu.  continuaram. não contente. partindo da hodierna Hit.historia. Ao leste. o Tigre e o Eufrates estão quase secos. em suas inscrições. se testemunha a boa vontade destes soberanos. O Eufrates o segue com cerca de um mês de atraso. A sua capital.  em  particular  na  confluência  do  Khabur  e  em  Babilônia. sumérios. e foi esta a precípua atividade de seus povos e reis.  no  título  dos  reis. tornou‐se o umbigo do mundo. Toda a região de Baçorá. conquistou também Dilmun.  com  a  condição  de  jurarem  fidelidade. Talvez seja o Pison da Bíblia. desembocando no mar. o grande condutor de povos. Para tornar habitável um tal país. porque são muito mais as guerras e as conquistas que fazem história.  Em  grande  número  de  inscrições  antigas. chamamos "Mesopotâmia". Suas fontes. Sem o Tigre e o Eufrates (e do outro lado.  as  embarcações. O mais longo é o Eufrates (2600km) que. no Tigre. O Chúmer já pertencia a "Sargão". algumas  regiões. e a região é açoitada por todos os ventos. o Elam. Este último (com 1950km). cuja obra mais imponente será um canal que. e basta uma duna para mudar sua direção. porque.ou  porque  fosse  realmente  utópico  dar  características  unitária  a  povos  tão  díspares  e  ainda  mais interferir  em  suas  economias. na abrasada planície. mas é provável apenas que tenha garantido para si o seu controle comercial. e em seu curso superior precipita‐se impetuoso e turbulento. ao menos até uma imprecisa latitude norte. habitada pelos amorritas ‐ mais ou menos a metade ocidental da hodierna Síria ‐ que se entendia até as montanhas de Amã e do Tauro anatólio.  desembarcam  suas  mercadores diretamente nos molhes da capital. com um termo grego. com efeito o terceiro rio da Babilônia. porém.  de  outro  modo  muito  prósperas. nesta época. as "Florestas dos Cedros" e as "Montanhas de Prata". por 400km correrá paralelamente ao Eufrates. Este império era mantido unificado pelo prestígio pessoal de seu fundados e pela eficiência de seu exército. O que. A noroeste.06/08/2015 Civilização Suméria ­ Sargão. não se preocupou em dar‐lhe uma base política unitária e equilibrada.  as  "Quatro Partes do Mundo". lento.  O  acúmulo  contínuo  de  materiais  sedimentares. é bem diferente. seus transbordamentos imprevistos causam mais danos que benefícios. Não  é  fácil  saber  exatamente  até  onde  se  projetou  o  domínio  efetivo  de  Sargão. Na época de que falamos. semitas e todos os outros povos que tinham se instalado naquela região já haviam tornado fértil grande parte do deserto entre os dois rios que. e não na época da semeadura e da germinação.  por  ordem  do  rei. estava sob o mar. além dos templos. Nenhum dos dois. Era pois este o mundo deles. de modo que as vantagens de uma cidade não prejudicassem as de outra. quando as plantações estão amadurecendo. são vizinhas.  com  sua  economia http://www.  todos  com  nomes elamitas.templodeapolo. chamadas respectivamente "Florestas dos Cedros" e "Montanhas de Prata". Acádia. o Grande compensação. que hoje se encontro.asp?cod_governante=1&value=Sarg%C3%A3o.  progressivamente  alongou  seu  curso  em  direção  à  foz (calcula‐se um quilômetro a cada 30 anos). quando seriam utilíssimas. pois. ou porque não tinha  experiência  precedente  em  que  inspirar‐se. nas encostas do Tauro armênio. a noite costuma ser muito fria. Ao norte. o Amurru.  Mas mesmo compensando a estas.  os  sumérios. e a outra. de meados de maio a meados de junho. seu curso se faz preguiçoso. na do norte.

O indômito Sargão combateu ao longo de toda sua vida.  tanto  que  pode  vangloriar‐se  de  que  os  "Filhos  de  Acádia  detêm  a  posição  de  Ensi  até  o  Mar  Inferior". de “Rei das Quatro Partes do Mundo”.  mas  em  compensação  sempre  seguidos  de  fórmulas  encomiásticas:  “Rei  de  Quich. http://www. e também começaram a rebelar‐se. as cidades sumérias do litoral. no Char‐tamkhari (Rei da Batalha). Inanna. até a época persa.  é  finíssima. continuaram a ter administrações separadas e autônomas.  quer  no  cinzelado.. Esta épica fama durará intacta por séculos. Mas não estamos em condições de saber nada com precisão.. cansados de ter de fornecer continuamente "bucha de Geologia Mitologia Psicologia canhão" para as conquistas ou expedições punitivas de seu imperador. "Sargão.  que  não  seria  aceito  sem  discussões. se gloriará de ter levado a cabo empresas que “nem Sargão” poderia cumprir.06/08/2015 Civilização Suméria ­ Sargão. ao invés.  despedaçará  suas  armas. seu nome sempre aparecerá sem a palavra “divino”. os agricultores. e nenhuma escavação pôde trazê‐la à luz.  quer  na  montagem. Aqui. mais de mil anos mais tarde. Um dos pouquíssimos documentos que chegaram até nós fala de um príncipe "Cachtubila." A única a tirar HISTORIA Astronomia Filosofia enormes vantagens disto foi a burguesia: os mercadores. começa a era “pós‐sargônica”. massacrou‐a a golpes de faca..  Enlil  deslocará  seu  nome. o representa. que teria ferido a suscetibilidade dos reinos conquistados. a mais famosa obra escultórica da mesopotâmia (Museu de Bagdá). "até os confins do mar".  Eram  então  expostas  nos  templos  ou  em  praça  pública.) e reuniu‐os (os sobreviventes) e gritou: "A ti.e talvez até o Egito. Sargão.net/governantes_ver. que.  que  não  tem  igual”. deverá experimentar andar por onde eu andei”. é patente a intenção de fazer de si o ideal do herói invencível. o rei de uma cidade da Anatólia confessa ao vencedor toda a sua admiração. ou com frases que ressaltam sua inflexibilidade de soberano “que não concede o seu perdão a ninguém”.  e  nunca  poderá  ficar  perante  Enlil”. é igual a Acádia? Que rei é comparável a Ti? O teu rival não existe!”.  e  nomeou  sua  própria  filha.  ou  então: “Chamarch  extirpará  a  raiz  e  aniquilará  a  semente  daquele  que  danificar  esta  inscrição”. a maior glória de Sargão é uma obra de arte que deixou para a posteridade: a estupenda cabeça de bronze. estupefato que Sargão tenha podido superar obstáculos e montanhas nunca antes franqueados. A maior parte destas riquezas confluía para Acádia. As relações no norte não deviam andar muito melhor.  no  fundo. Enkheduanna como Grande Sacerdotisa de Inanna. As revoltas. e os semitas com suas instituições de capital privado. se um rei quiser comparar‐se a mim. em Uruk. Mas os "Filhos de Acádia" não ficaram atrás dos de Chúmer. Serão muitos os soberanos que o tomarão como modelo. do qual Sargão "dispersou o grande exército. Deixou apenas que se acreditasse nisso. saindo da cidade. As cidades rebeldes foram deixadas sem defesa.. que presumivelmente se tornou uma das mais ricas cidades do mundo. Seus títulos são mais modestos. e muito menos “deus”. no ato de rendição. de fato. As cópias das inscrições de Sargão. derrotou suas forças.  se  propõe  entre  os  semideuses. o mesmo Sargão informa ter combatido por lá cerca de 34 batalhas. Sargão se exprime na primeira pessoa. puderam incrementar seu comércio em absoluta segurança Antropologia ao longo de todas as vias de caravanas. do País de Casulo".” “Eu fui vitorioso. vendo destronados os seus Ensi.  um  certo desprezo pela humanidade. o rei hitita Hattusili I. mas na maioria as gabolices concernem a obras de devoção ou pacíficas. A figura deste grandioso soberano assinala uma revolução histórica. Bem‐entendido. sem mais temer os ataques e assaltos.asp?cod_governante=1&value=Sarg%C3%A3o. que seria legítimo..  para  roubar  as  gemas  que  formavam  seus olhos. que sempre detiveram o lucrativo monopólio do comércio marítimo ‐ ora interrompido por causa do desvio dos navios para Acádia ‐ foram as primeiras a rebelar‐se. e exclama: “Que país. Daqui  para  a  divinização. também os seus predecessores se gloriam de suas próprias empresas.as suas glórias militares “que crescem junto com a fama de seu nome” e “levaram sua imagem até ao (país do) nascer do Sol”.. Mas mesmo assim permanece.  o  que  lhe  proporcionou  muita  consideração  além  das  suas  fronteiras.%20o%20Grande&civ=Civiliza%C3%A7%C3%A3… 5/7 . e o objetivo foi atingido: em torno da personalidade de Sargão nasceu toda uma literatura de poemas e lendas que propagaram a sua glória. sob a prestigiosa égide de Sargão. ‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐‐ O Mito de Sargão Sargão  fez  vastíssimo  uso  do  “culto  da  personalidade”. que fala da vitória sobre Casalu.  é  só  um  pequeno  passo:  o  herói  invicto. quiçá uma das mais suntuosas. lê‐se que.  ou  então:  “ao  qual  Enlil  não  opôs nenhum rival”. Durante a sua velhice. Obra  de  um  grande  mestre.  Pelo  que  Sargão  sabiamente  não  levou  adiante  a  questão:  como  não  usou  o  qualificativo  de  “Rei  do Mundo”.  com  um  levíssimo  sorriso.  mais  que  junto  a  seus documentos – ao menos naqueles de que dispomos 0 aparece o título. Num destes.”) e termina com um desafio “E agora.  chegou  até  nós  mutilada. não se fizeram esperar.  Encontrada  entre  as  ruínas  de  Nínive.. tornadas seguras por presídios e escoltas armadas. os substituiu por seus concidadãos.  à admiração dos pósteros. e transformou em pó e deserto a Terra de Casulu sem deixar um só lugar onde um passarinho pudesse pousar". aniquilou seu grande exército (. e permanecerá como ponto de referência. o Grande centralizada. dado que sua localização precisa não foi determinada.. estender apropria fama e glória até os confins do mundo.  Um  desconhecido  saqueador. com justiça. Para nós.  como  Gilgamesh  ou  Etana. poemeto difundido até na Ásia Menor. enumera todas as suas conquistas (“Eu venci.  A  boca.templodeapolo.historia. pois. o cargo religioso mais elevado entre os sumérios. todavia. decidiram reunir‐se numa associação e conseguiram assediá‐lo em sua capital.  Um  fato  totalmente anômalo. As premissas estavam todas presentes. que evidentemente eram gravas sobre estelas ou estátuas na maioria perdidas. Com a sua morte. com suas muralhas desmanteladas. quase com certeza.  não  disfarça. muitas vezes fortemente contrastantes entre si. Assim. costumam apresentar uma maldição ritual:  “Quem  quer  que  desloque  esta  estátua.

e.22ª Dinastia Reinado: 860 .historia. Rá Governou em Roma Reinado: 49 . Gaius Iulius Caesar Civilização Egípcia .e..e.e.c.835a.1ª Dinastia RÚSSIA Governou em Mênfis Reinado: 3100 .c.e. Governou em Tanis Brilhante é a forma de Rá.3070a.605a.e.e.net/governantes_ver.c.c.c. Governou em Tanis http://www. Nabopolassar Civilização Egípcia . Curtir · Responder · 4 de janeiro de 2014 10:08 Odsson Ferreira · PUCRS Criador do primeiro proto­império the mesopotâmia.c..21ª Dinastia Smendes Civilização Egípcia . escolhido de Reinado: 285 .Dinastia Ptolomaica Ptolomeu II Filadelfo Civilização Romana .17ª Dinastia Governou em Tebas Reinado: 1565 . André Cerqueira · Trabalha na empresa Governo de Rondônia INTERESSANTE SEMELHANÇA COM MOISÉS. Ptolomeu XIII Civilização Egípcia . Djer Civilização Babilônica - Governou em Babel Reinado: 626 .c.22ª Dinastia Takelot II Civilização Egípcia .Júlio-Claudiana Governou em Tanis Amado de Amon Governou em Alexandria Amado de Amon.246a.47a. Curtir · Responder ·  4 · 19 de julho de 2012 13:52 Facebook Comments Plugin MAIS GOVERNANTES RÚSSIA Civilização Egípcia .1555a.templodeapolo.%20o%20Grande&civ=Civiliza%C3%A7%C3%A3… 6/7 . o Grande 2 comentários Classificar por  Principais Adicionar um comentário. o imperio acadiano.asp?cod_governante=1&value=Sarg%C3%A3o.Dinastia Ptolomaica Governou em Alexandria Reinado: 51 . Seqenere Tao II Civilização Egípcia .1044a.e. escolhido de Rá Reinado: 1070 .06/08/2015 Civilização Suméria ­ Sargão.44a.c.

Artur triunfava costumes no século de ouro Montezuma arcáico MITOLOGIA O príncipe predestina Havia em tempos um rei do Eg não tinha um filho e herdeiro sua majestade (vida. Os resolveram conceder-lhe o q tanto desejava.5BI-545Mi Cosmogonia História da Antropologia Astrobiologia Paleozóico 545-248Mi Deuses Imagens MIssões Espaciais Mesozóico 248-65Mi Divindades Vídeos Imagens Cenozóico 65Mi-Presente Imagens Vídeos Imagens Heróis Vídeos Mitos e Lendas HISTORIA PSICOLOGIA Batalhas Textos Cidades Imagens Civilzação Vídeos Governantes Imagens Mapas Psicólogos Vídeos Tudo se faz por contraste. Relatos dignos de fé apenas começam a lançar alguma luz sobre este domínio. Os dez anos que antecederam a chegada dos espanhóis ao México foram férteis de maus presságios.06/08/2015 Civilização Suméria ­ Sargão. a partir do século III a.net Curtir Página http://www. No entanto. uma das instituições mais sólidas e respeitadas da cidade roma​ ‐ na.c. durante muitos séculos.5Bi Apocalipse Etnocentrismo Sistema Solar Textos Proterozóico 2. Tudhaliya IV Todos Governantes ULTIMAS ATUALIZAÇOES HISTÓRIA MITOLOGIA HISTÓRIA MITOLOGIA O casamento romano e os Os oito presságios de O casamento romano no período A infância de Lancelot É impossível saber. Rivalizam no elogio da pureza dos costumes antigos. o rei Artur distribuía benefícios e pre​ sentes a todos os seus súditos.. os pictos e os scots.9 mil curtidas Enviar Mensagem Templodeapolo. e. os saxões.historia.. Seu poder e sua fama eram gran​ des.net/governantes_ver.2015 | V. MITOLOGIA Civilização Universo Doutrinas Hádico 4.8 Bi Antropogênese Cultura Via Láctea Filósofos Arcáico 3.e. da luta dos contrários nasce a mais bela harmonia. webmaster@templodeapolo. como é natural. Governou em Hattusha Reinado: 1249 . Bernardino de Sahagún reproduziu Historiadores e poetas afirmam que o casamento foi. o que foi a realidade diária do casamento durante os primeiros tempos de Roma.1209a.6-3.855a. como sobre outros.c. do tempo em que uma mulher que tivesse ficado Liberal e magnifico.8-2. Osorkon III Escolhido de Amon Civilização Hitita - Reinado: 883 .templodeapolo.e.net Heráclito 2. o último soberano inde​ pendente dos astecas.e. o Grande Poderosa é a justiça de Ra. ele se via constantemente obrigado a combater seus vizinhos.%20o%20Grande&civ=Civiliza%C3%A7%C3%A3… 7/7 . 8 ANTROPOLOGIA ASTRONOMIA FILOSOFIA GEOLOGIA/PALEONTOLOG. e ele dormiu 2007 .asp?cod_governante=1&value=Sarg%C3%A3o. força e pediu aos deuses do seu tem lhe dessem um. suficientes para ins​ talar o pânico na alma de Montezuma.c.

Interesses relacionados