Você está na página 1de 2

PSICOLOGIA APLICADA AO DIREITO

Período: 3º
Carga Horária: 36h

Ementa
Introdução ao estudo da Psicologia. Aspectos psicológicos das relações humanas. Relação entre Psicologia e
Direito. As práticas psi e suas aplicações no contexto jurídico. Avaliação psicológica no judiciário.

Objetivos
Compreender conceitos psicológicos fundamentais sobre as relações humanas em diferentes situações.
Conhecer a intercessão entre a Psicologia e o Direito. Estudar as questões conflituais no campo jurídico.
Conhecer os vários campos de atuação da Psicologia no contexto jurídico e suas formas de avaliação.

Metodologia de Ensino
Aulas expositivas. Debates. Estudos dirigidos. Estudos de casos. Apresentações de vídeos.

Metodologia de Avaliação
Provas discursivas individuais. Trabalhos teórico-práticos individuais. Coletânea de Exercícios.

Conteúdo Programático

UNIDADE 1
Introdução Ao Estudo Da Psicologia
1.1. Psicologia científica e fenômeno psicológicos.
1.2. Indivíduo: Personalidade e desenvolvimento.
1.3. A família: Representações sociais e relações afetivas.
1.4. Sociedade: Grupos, organizações e instituições.

UNIDADE 2
Aspectos Psicológicos Das Relações Humanas
2.1. Atitudes: Preconceitos, estereótipos e descriminação.
2.2. Influência sociais.
2.3. Comportamento e violência.
2.2. Influências sociais
2.3. Comportamento e violência

UNIDADE 3
Psicologia Enquanto Ciência E Sua Interface Com O Direito.
3.1. A Psicologia , O Judiciário e a busca do ideal de justiça (primórdios da psicologia aplicada ao direito)
3.2. LEI jurídica x LEI simbólica

UNIDADE 4
As Práticas Psi E Suas Aplicações No Contexto Jurídico
4.1. Área civel
4.2. Área criminal
4.3. Infância e Juventude
4.4. Vara de Execuções Penais

Universidade Estácio de Sá – Matriz Curricular Nacional


4.5. Juizados Especiais Criminais
4.6. Sistema penitenciário

UNIDADE 5
O Processo De Avaliação Psicológica No Judiciário
5.1. Aspectos éticos
5.2. Parecer
5.3. Relatório
5.4. Perícia

BIBLIOGRAFIA BÁSICA
BRITO, Leila Maria Torraca de (Org.). Temas de psicologia jurídica. 4. ed. Rio de Janeiro: Relume Dumará,
[2005]
GONÇALVES, Hebe Signorini; BRANDÃO, Eduardo Ponte (Org.). Psicologia jurídica no Brasil. 2. ed. Rio de
Janeiro: NAU, 2005.
RODRIGUES, Aroldo; ASSMAR, Eveline Maria Leal; JABLONSKI, Bernardo. Psicologia social. 24. ed.
Petrópolis: Vozes, 2000.
COMPLEMENTAR COMPLEMENTAR
BOCK, Ana Mercês Bahia; FURTADO, Odair; TEIXEIRA, Maria de Lourdes Trassi. Psicologias: uma
introdução ao estudo de psicologia. 13. ed. reform. e ampl. São Paulo: Saraiva, 2005.
CRUZ, Roberto Moraes. ; MACIEL, Saidy Karolin.; RAMIREZ,Dario Cunha (Org.). Trabalho do psicólogo no
campo jurídico. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2005.
FOUCAULT, Michel. Vigiar e Punir: nascimento da prisão. 21. ed. Petrópolis: Vozes, 1999.
BRAGHIROLLI, Elaine Maria; PEREIRA, Siloe; RIZZO, Fernanda Fidelis. Temas de psicologia social. 8. ed.
Petrópolis: Vozes, 1994.
SHINE, Sidney Kiyoshi. Avaliação psicológica e Lei: adoção, vitimização, separação conjugal, dano
psíquico e outros temas. São Paulo: Casa do Psicólogo, 2005.

Universidade Estácio de Sá – Matriz Curricular Nacional