Você está na página 1de 6

De um convento do século xnfez'

las últimas chuvadas. O cheiro doce das es-


tevas paira no ar, reanimando a ideia de um
Verão latente. Ouüdos aÌerta, chegam-nos
-se um hotel com charme e carác- os zumbidos dos insectos, o restolhar das fo-

ter. *x Na serra d'Ossa,entre as


lhas, uma orquestra descoordenada de ba-
dalos e balidos. Nem carros nem telemóveis,
valha-nos isso. O som mais próximo do hu-
planícies de Evora e a fronteira de mano vem do campo de tenís, ploc, ploc, ploc.

Espanha, guard.a-se uma preciosa


Nada que chegue para apoquentar o espíri-
to num dia de sol e calor suave, primaveriÌ.
Silêncio e tranquilidade é ainda tudo o que
colecção de 54 mil azuleios. -*x Os precisamos, aqui. Como no tempo dos mon-

jardins e pátios, os quartos com ges, mas sem odeverdojejumedo sacrifício.

Hóspedes e visitantes ilustres


vista para os campos, a gastrono- Há coisas que nunca chegaremos a com-

mia, o ar puro e o sossego absoluto


preender muito bem. Por exemplo, como é
que umacongïegação chamada Monges de
Jesus Cristo da Pobre Vida, com tudo o que
tornam o lfotel Oonvento de tal designação sugere de rigor e frugalidade,

São Paulo um lugar ideal para


se harmonizou com este labirinto sumptuo-
so de mármores e azulejos, pintados em
azul-cobalto pelos melhores mestres da al-
retemperar corpo e alma. tura? Que tem isso a ver com a imagem de
São Paulo Eremita, vestido comumatúnica
humilde de folhas de palmeira, cujo único
alimento era dado por um corvo providen-
cialmente enüado por Deus?
Háumaexplicação paraeste contraste na
história do convento, modificado ao longo
dos seculos para receber os mais ilustres vi-
sitantes. Caso de D. Sebastião, que esteve
aquiretirado em l57Z umano antesdaexpe-
dição a Alcácer Quibir. Lamentavelmente,
os ares puros da serra não bastaram para que
intuísse o desastrc iminente, e assim se acu-
mularam 62 anos de decadência... Mais tar-
de, já com a Dinastia de Bragança, o Conven-
to de São Paulofoi alvode umagtande devo-
ção protectora. Desde finais do seculo xvtt e
durante todo o século xvrtr fizeram-se obras
importantes de melhoramento e decoração
e o qlre permanece de mais imponente é
fruto do investimento desta epoca. D. João
IV pernoitou no convento por diversas ve-
zes; e também a filha, D. Catarina de Bragan-
ça, viirva de Carlos II de Inglaterra, por aqui
se passeou em 1699. Outros hóspedes histó-
ricos terão sido os denominados <Meninos
da Palhavb, filhos ilegítimos de D. João V
ilêncio e tranquilidade era cêndio de 2006, que no início de Agosto de- que possivelmente estiveram aqui desterra-
tudo o que os monges da Or- vorou muito do que a natureza tinha dado. dos depois do atentado contra D. Jose I.
dem de São Paulo Eremita Houve quem perdesse tudo e tivesse de reco- Os tempos e o regime mudaram, mas o
precisavam quando esco- meçar avidaoutravez.As chamas cercaram Hotel Convento de São Paulo continua a re-
lheram os meandros da serra d'Ossa para o Hotel Convento de São Paulo, mas não lhe ceber ministros e presidentes, ou simpÌes-
fundarem um convento. no scculo rtt. Agua. tocaram Ìevaram <apenas>> mato e árvores, mente hóspedes com poder de escoÌha, a
houve-a sempre bastante neste canto do cerca de um terço dos 60O hectares da pro- quem habituaÌmente se clestina o chamado
Alentejo, pelo menos ate àchegadaemforça priedade. Foi difícilconvenceros hóspedes a Qr"rarto Principâl. NãoetantoomobiÌiá:ioou
dos eucaliptos, que passaram a competir partirem. Alguns voltaram no dia seguinte. o espaço que podem fazer inveja, mas antes
com os pinheiros, sobreiros, azinheiras, oÌi- Quase dois anos depois, os montes ainda um terraço com vistas largas, onde facilmen-
veiras, freixos e aÌoendros. Muita^s nascentes deixam ver os cLrmes despidos, árvores re- te nos imaginamos sentados àmesa, atomar
secaram desde então, e nem os ossos caídos duzidas a espinhas, aqui e alem. Mas, para o primeiro café da manhã ou o último licor
na terraem antigas bataìhas - tão antigas que quemvisitao lugar pela primeiravez, e difí- da noite. Situado no antigo Dormitório dos
delesjá não resta senão pó - foram capazes cil perceber os sinais da devastação. Monta- Padres Gerais, chega-se lá depois de passar
de travar as raízes sequiosas dos er-rcaliptais. dos e olivais estendem-se diante do hotel, a pela estátua de São Paulo Eremita, que nos
O vaÌor da água fez-se sentir no grande in- erwa está ainda muito verde, revigorada pe- interroga do cimo das escadas, cajado de

60 > noticiasffi ã*aãtns o6 ABR.2ooB


uma ctas alas dos dormitórtos, em ctma.
e a sala do Restaurante 0 Ermlta, oncle
a cozinha tem a marca alentejana.

COMOCHEGAR COMOFICAR ONDE COMER 0 QUE FAZER/VtS|TAR


saÍndo de Lisboa pela Ponte 0 notel dispÕe de quartos du-
13 No prÕprio notel, no n hntÊl têm norar rrqne
vasco da Gama. tome a A2 e plos superiores (i85 euros) com Restaurante 0 Ermita. onde peoestres 0elimitados a toda
depois a A6 (Évora/Espanhal vtsra para a serra, e sete quartos os pratos principais se situam a volta e tambêm disponi0iliza
Deixe a auto-estrada em duplos sfandard(165 euros).. Há entre os l3 e os 16 euros. bicicletas de montanna para os
Estremoz - mas não entre no nove sultes (215 euros) e seis Está aberto ao almoÇo e ao nóspedes. Há sala dejogos com
centro. ou arrisca-se a f icar casas independentes do hotel. jantar. todos os dias. se preferir mesa oe snooker. campo de
perdido -, vire na direcÇão de sem room-serylce (1 25 eurosJ. sair. não ihe faltarão opções tênts de piso rápido e duas pisci-
Espanna/Elvas e continue até Para uma estada u/fra, escolna os restaurantes 0 chana nas. Nos a[redores, Estremoz
encontrar a jndÍcaÇão para o o Quarto Principat[260 euros] ou (Aldeia da serral, A Quinta e e vila viçosa são localidades
Redondo/Serra d'ossa (N3B1l o Quarto santa Bárbara. isolado O Barro (Redondol, São Rosas rÍcas em património. e se gosta
0 convento de são Pauto surge numa antioa capela.com mezza- e A Cadeia (EstremozJ. Taverna de arqueologia comece por
cerca de 15 quilómetros depois, n/no(215 euros). Estes preÇos dos conjUrados rylta viçosa) explorar o concelho do Reoonoo;
ê esquerda. Vá com atenção. são por noite, ate 14 de Junho e A Maria (Alandroall estão na vila. há feira de velharias
sobretudo se fizer o percurso (época baixal Há possibitidade entre os mais recomendados aos primeiros domingos do mês.
de noite.Já que a estrada é cheia de negociar. em funÇão da época numa região que goza de boa Para um passeio mais longo.
de curvas. e do número de dias fama e melnor proveito. visite a reserva animal N40nte

62>noticiasmagazine 06 ABR 2oo8


O que será uma pena, pois perde-se o in-
dispensável. Mesmo que já não existam as
0 convento de são Paulo foioferecÍdo a uma aclolescente de 16 anos pelo seu tlo e compotas de fabrico próprio do hotel, graças
tutor. Em 1872, Manuel Fernandes comprou em hasta pública a Herdade de serra ao conhecido zelo daASAX, o pequeno-aÌ-
d'0ssa com o respectivo convento,já bastante arruinado, por força do declÍnio moçobtffité essenciaÌ para começar bem o
subsequente à extinção das ordens religiosas. carolina Amélia Fernandes Torres, dia, e há ate um <<cantinho>> especial com
a rapariga afortunada, veio a casarcomojuiz-desembargadorHenriquexaviercor- produtos alentejanos. A saÌa do restaurante,
rèa cla silva Leotte, iniciando a descendência. sempre com o mesmo nome próprio antigaCapelado Bispo, e um dos espaços não
(ou o seu equivalente feminino, Henriqueta), chegou-se ao representante da quarta exclusivos para clientes, onde se podem ob-
geração. HenrÍque Coutinho Leotte Tavares, o actual proprietário. Juntamente com servar vestígios de pintura a fresco e belos
a terceira mulher. Maria Júlia vilarigues. foi ele o responsável pela recuperação painéis de azulejos assinados por Oliveira
iniciada na década de 1990.já o espaço se encontrava muito degradado. 0 abandono Bernardes, representando o C ântico dos Cân-
foi potenciado pelos estragos humanos que se fizeram sentir nas áreas não habi- ticos (só falta um pouco mais de luz artificiaÌ
tadas pelafamÍia. não faltando sequerosepisódiosde ocupação populardo pós- para tirar partido deste cenário suigeneris).
-25 de Abril. Doutorado em Engenharia Quimica pela sorbonne. Henrique Leotte Tava- Em materia de cozinha, dá-se preferência
res tem no ramo ÍmobÍliário o centro da sua actividacle empresarial. Lançou-se há al- aos sabores alentejanos. Peça, por exemplo,
guns anos no projecto de reabilitação da Fortaleza cle Juromenha. mas o Hotel umascosteletasdeborregoregadascommo-
conventodesão Paulocontinua a sera segunda casa. criouuma fundação quetem lho dc hortelã e, se houver lugar para acolher
apostado na componente cultural. promovendo aqui exposições e espectáculos. a sobremesa, qualquer um dos doces con-
0 público da região comparece, mas nem sempre. ventuais, rematando com um Ìicor de poejo.
Se preferir, pode também tomar o café na Sa-
la das Eleições dos Padres Gerais, cuja larei-
ra exerce um poder de atracção irresistível.

viajante numâ das mãos e as Escrituras na xvrrr, ernbora ainda se encontrem exempla- Preservado, mas não secreto
outra. Debarbas brancas, Ìongas e encâraco- res do século xvr no antigo Refeitório e na Vale a pena sublinhar que estes e outros es-
ladas,braços e pes robustos, São Paulo apare- contígua Sala dos Passos Perdidos, l-roje paços do Hotel Convento de São Paulo são
ce vestido com a mesma única de palmeira adaptadas para acoll-rer banquetes pâlticuÌa- abertos a quaìquer pessoa; não é necessário
entrançada, a árvorc simbólica da congrega- res. Os painéis mais bem conseryados encon- ser-se hóspede do l-rotel para experimentar
ção. Há quem não goste de cruzaÍ o oÌhar tram-se, naturalmente, nas aÌas superiores o privilegio de desfrutar de um lugar que,
com ele, sobretudo à noite, quando as som- do hotel, onde os clientes estão instalados. apesar de aÌgo escondido, não pretende ser
bras se Ìevantam nos cantos. Cá está outra Largos corredores revestidos de lambris e segredo. Recomendado no exigente Guio
coisa que não se percebe, pois se há figura chão de mármore coberto de passadeiraver- Míchelín,ohotel está actuaÌmente em obras
que inspirc simpatia é este santo que mais melha dão eccsso aos quartos, a maioria de ampÌiação quevisam aumentar a capaci-
parece um irmão de Neptuno, rei dos mares. adaptados das celas dos monges. De três ce- dade de 32 para quarenta quartos. Com a
las resultaram dois quartos com a respectiva conclusão daAla do Noviciado e respectivo
uma notável colecção de azulêjos casa de banho, mas apesar de o espaço ter si- jardim-terraço, onde sobressaem o tanque
Perpiexidades à parte, importa descobrir ou- do ampliado conseguiu-se manter um carác- de peixes e a estatuária em terrâcota, o Ho-
tros cantos deste Ìugar precioso e aqui o ad- ter aconchegante, quase caseiro. Bem aque- tel Convento de São Paulo terá assim termi-
jectivo e literal. O Hotel Convento de São cidos durante o Inverno, os quartos são um nado o processo de recuperação iniciado
Paulo guardaumadas maiorescolecçõespri- convite àpreguiça. Umtabuleiro com chás e por Henriquc Lcotte Tavares (ver cai xa - Da
vadas de azuÌejos, equivaìente a mais de 54 bolinhos, todos os dias reposto, ajuda a não família à fundação>). Uma conclusão feliz,
mil peças. A maioria data dos séculos xvn e pôr os pes lá fora tão cedo. em ano de 15.n aniversário.<<

selvagem. em Montemor-
-o-Novo. ou o Complexo
Arqueológico de Per0igões.
na Herdade do Esporão.
em Reguengos de Monsaraz.
A empresa Geotrarls organiza
acttvidades variadas na região
veja em www.geotrails.com.

CONTACTOS
Hotel convento
de são Paulo****
Aldela da serra - Redondo
Tet.266989160
hotelconvspaulo6mall.
telepac.pt
www.hotelconventospaulo.com

63 > noticiasmïesãctnê o6 ABR 2oo8