Você está na página 1de 49

Grupos sanguíneos ABO

Histórico

Willian Harvey, 1616

Circulação sanguínea

Karl Landsteiner, 1900

Três fenótipos de GS ABO

Stuten e von Decastelo

Mais um fenótipo de GS ABO

• Karl Landsteiner, 1900 – Três fenótipos de GS ABO • Stuten e von Decastelo –

Grupos sanguíneos ABO

Karl Landsteiner, 1900

Experimento usando o soro e eritrócitos de amigos de trabalho Grupos A, B e O (null)

Verificou a ocorrência de aglutinação do soro de alguns indivíduos na presença de eritrócitos de outros

Stuten e von Decastelo

de aglutinação do soro de alguns indivíduos na presença de eritrócitos de outros • Stuten e

Grupo AB

Antígenos

Antígenos - qualquer substância que tem pode

induzir resposta imune mediada por anticorpos ou por células.

Podem ser substâncias infecciosas ou não (agentes

químicos, físicos, traumas)

Anticorpos

Forma secretada de anticorpo - plasma, secreções, mucosas e em menor quantidade no líquido intersticial. VIDEO SELEÇÃO CLONAL

de anticorpo - plasma, secreções, mucosas e em menor quantidade no líquido intersticial. VIDEO SELEÇÃO CLONAL

Estrutura do Anticorpo

Proteínas

tetraméricas

Duas cadeias

maiores ou pesadas

(“heavy”ou H)

Duas cadeias menores ou leves (“light”ou L).

Duas cadeias maiores ou pesadas (“ heavy ”ou H) • Duas cadeias menores ou leves (“light”ou

Sistema ABO

Antígenos dos sistema ABO

 

São produtos secundários dos genes ABO.

 

Os

produtos

primários

são

enzimas

(glicosiltransferases) capazes de adicionar carboidratos sobre uma estrutura precursora na membrana da hemácia.

Presentes na membrana de diversos tecidos.

 

Em Indivíduos com o gene Se (secretor), podem se

encontrados na forma solúvel na saliva, leite,

lágrima, urina, líquido amniótico, etc.

O que são os diferentes GS?

Um das diferenças no sangue humano

Presência

ausência

ou antígenos e anticorpos.

certas

proteínas

como

os

GS - os antígenos que estão localizados na superfície

das RBCs e os anticorpos estão no plasma.

Os indivíduos - diferentes tipos e combinações destas moléculas.

O GS a que você pertence depende do que você

herdou de seus pais.

Disposição dos grupos sanguíneos na membrana

das hemácias

Disposição dos grupos sanguíneos na membrana das hemácias Membrana eritrocitária • 44% de lipídeos:

Membrana eritrocitária • 44% de lipídeos: impermebemeabilidade e fluidez.

• 49% de proteínas: transporte e função estrutural

• 7% de carbohidratos: associado ou não a proteínas e lipídeos

mais

de

20

sistemas

geneticamente conhecidos.

de

grupos

sanguíneos

O sistema AB0 e Rhesus (Rh) são os sistemas mais importantes utilizados para transfusões de sangue.

Nem todos os grupos sanguíneos são compatíveis

uns com os outros. A mistura de grupos sanguíneos

incompatíveis leva a aglutinação do sangue - morte

Anticorpos

Anticorpos naturais: anticorpos formados

contra antígenos não presentes no organismo e sem necessidade de contato prévio.

Ex: Anticorpos do sistema ABO

Anticorpos irregulares: anticorpos formados a

partir da exposição a um antígeno .

Ocorrência não esperada.

Ex: aloimunização pelo sistema Rh

Sistema ABO De acordo com o sistema ABO existem diferentes tipos de grupos sanguíneos: A,

Sistema ABO

De acordo com o sistema ABO existem diferentes tipos de

grupos sanguíneos: A, B, AB or

O (nullo).

Grupo sanguíneo A

Se você pertence ao grupo sanguíneo A, você

tem este antígeno (aglutinogênio) na superfície das suas hemácias e anticorpos

(aglutininas) B em seu plasma.

A, você tem este antígeno (aglutinogênio) na superfície das suas hemácias e anticorpos (aglutininas) B em

Grupo sanguíneo B

Se você pertence ao grupo sanguíneo B, você

tem este antígeno (aglutinogênio) na superfície das suas hemácias e anticorpos A (aglutininas) em seu plasma.

B, você tem este antígeno (aglutinogênio) na superfície das suas hemácias e anticorpos A (aglutininas) em

Grupo sanguíneo AB

Se você é grupo sanguíneo AB, você tem

ambos os antígenos A e B (aglutinogênios)na superfície de suas hemácias, mas não tem

nenhum anticorpo (aglutinina) em seu plasma.

A e B (aglutinogênios)na superfície de suas hemácias, mas não tem nenhum anticorpo (aglutinina) em seu

Grupo sanguíneo O

Se você é grupo sanguíneo O, você não tem

nenhum antígeno (aglutinogênio)na superfíe das suas hemácias, mas você tem os anticorpos A e B (aglutininas) em seu plasma.

antígeno (aglutinogênio)na superfíe das suas hemácias, mas você tem os anticorpos A e B (aglutininas) em

Genética e Herança ABO

A herança dos genes ABO gene é autossômica (o gene não

está nos cromossomos sexuais)

O locus ABO está localizado no cromossome 9.

Os Grupos sanguíneos A e B são dominantes em relação ao grupo O

Os Grupos sanguíneos A e B são co-dominantes

Cada pessoa tem 2 cópias dos genes que codificam os

grupos

sanguíneos

ABO

(um

de

origem

materna

e

um

paterno.

CROMOSSOMO AUTOSSOMICO

CROMOSSOMO AUTOSSOMICO Sara A Os alelos para os grupos sanguíneos estão no mesmo lugar no cromossomo

Sara

A

A

Os alelos para os grupos sanguíneos estão no mesmo lugar no cromossomo 9.

Porém, os genes tem

diferentes alelos que codificam

diferentes grupos sanguíneos.

B

B

os genes tem diferentes alelos que codificam diferentes grupos sanguíneos. B João Um alelo de João

João

Um alelo de João e um de Sara.

Biossíntese dos antígenos ABO

Biossíntese dos antígenos ABO

Genótipos de grupos sanguíneos possíveis

Alelo

A

B

O

Parental

A

AA

AB

AO

B

AB

BB

BO

O

AO

BO

OO

Por que o sistema ABO é considerado o mais

importante na medicina transfusional?

A

ABO na prática

transfusional está relacionada à gravidade das reações transfusionais hemolíticas devido à presença

regular no plasma do receptor de anticorpos

importância

do

sistema

"naturais" contra os antígenos A e B.

Os anticorpos "naturais" causam hemólise

predominantemente intravascular podendo levar o receptor à morte.

Imunidade Passiva e Ativa

Imunidade Passiva

Recebimento de soro que contém anticorpos produzidos por outra pessoa ou animal.

Imunidade Passiva e Ativa

Imunidade Ativa

Produção de anticorpos pelo próprio corpo

Infecção

Vacina

Histórico - Sistema Rhesus

Landsteiner e Wiener (1940) descreveram um

anticorpo produzido no soro de coelhos e cobaias, pela imunização (inoculação) com hemácias de

Macacus rhesus.

Este anticorpo era capaz de aglutinar as hemácias de 85% das amostras obtidas de um grupo de

caucasóides americanos.

Wiener

observações,

antígeno.

Peters

(1940)

e

determinando

aproximaram

tratar-se

do

duas

mesmo

as

Histórico - Sistema Rhesus

O

anticorpo

produzido

no

sangue

da

denominado de anti-Rh.

cobaia

foi

Os indivíduos que apresentavam o fator Rh passaram a ser designados Rh + , o que geneticamente acreditava-se corresponder aos genótipos RR ou Rr.

Os indivíduos que não apresentam o fator Rh foram designados Rh - e apresentavam o genótipo rr, sendo considerados geneticamente recessivos.

O sistema Rhesus (Rh)

Os principais antígenos do Sistema Rh são: D, C/c,

E/e Não existem anticorpos naturais no sistema Rh,

sendo os anticorpos presentes apenas nos indivíduos

sensibilizados por inoculação prévia. A inoculação pode ocorrer por episódios de transfusão incompatível ou, na mulher, devido à introdução, no sangue materno da mãe Rh negativo, de hemácias provenientes de uma gravidez ou aborto de filho Rh Positivo.

O sistema Rhesus (Rh)

Uma

pessoa

com

grupo

sanguíneo

Rh-

não

tem

anticorpos Rh naturalmente no plasma.

Uma pessoa Rh- pode desenvolver anticorpos Rh no plasma se receber sangue de uma pessoa Rh+, cujos antígenos Rh, estimulam a produção de anticorpos Rh.

Uma pessoa com sangue Rh+ pode receber sangue de uma pessoa Rh- sem problemas.

Grupo sanguíneo e incompatibilidade Rh

Grupo

sanguíneo

Genotipo

Alelos

produzidos

Rh positivo

RR

R

Rr

R ou r

Rh negativo

rr

r

Eritroblastólise fetal (DHPN)

Eritroblastólise fetal (DHPN) • Imunização ao Ag D: Forma + grave e comum da DHPN •

• Imunização ao Ag D:

Forma + grave e comum da DHPN

• 15 % mulheres são Rh(D) neg. podem se sensibilizar durante gestação ou parto

• 8 a 10%: desenvolvem anti-D após 1a. Gestação

• Incidência de sensibilização:

- c/ número de gestações

Tratamento mãe

Uma mãe Rh- recebe um soro (anticorpos)

anti-Rh para destruir os anticorpos Rh+ que serão produzidos pela mãe, impedindo sua

sensibilização.

Sem

a

sensibilização,

a

poderá ter outro filho.

mulher

poderá

ter

Com sensibilização, seu próximo filho poderá

desenvolver a doença.

Como inativar a ação do anti-Rh formado pela mãe?
Como inativar a ação do anti-Rh
formado pela mãe?
Como inativar a ação do anti-Rh formado pela mãe?
Como inativar a ação do anti-Rh formado pela mãe?
Como inativar a ação do anti-Rh formado pela mãe?

Tratamento para a incompatibilidade

na criança

Tratamento para a icterícia: Luz neon destrói a

bilirrubina que causa depósitos gerada pela hemólise de suas hemácias- problemas neurológicos na criança.

Transfusão sanguínea

Banhos de luz do sol posteriormente.

FIM TEÓRICA

TÉCNICAS DE SOROLOGIA

- Hemaglutinação: caracteriza-se

agregados

antígenos-anticorpos.

pela

visíveis,

como

resultado

formação

da

de

interação

antígenos-anticorpos. pela visíveis, como resultado formação da de interação - Método Direto x Método Indireto
antígenos-anticorpos. pela visíveis, como resultado formação da de interação - Método Direto x Método Indireto
antígenos-anticorpos. pela visíveis, como resultado formação da de interação - Método Direto x Método Indireto

- Método Direto x Método Indireto

Quais as provas realizadas para definir a

tipagem ABO?

A tipagem ABO é definida através das provas direta e

reversa.

Na prova direta pesquisa-se os antígenos do sistema

ABO que estão presentes nas hemácias do indivíduo,

enquanto que, na prova reversa procura-se determinar os anticorpos do sistema ABO que estão

presentes no soro ou no plasma do indivíduo.

FIM

FIM