Você está na página 1de 2

Ad duo 28 de Fevereiro de 2010

TIPO DE FALTA FORMAÇÃO

BASE LEGAL ART.º 109, DL 15/2007, 19/01


PORTARIA Nº 345/2008, 30/04, ARTº 1º
1 - Concedidas para participação em congressos, conferências,
seminários, cursos ou outras realizações conexas com a formação
contínua destinada à actualização dos docentes, que tenham lugar
no País ou no estrangeiro, nas seguintes situações:
a) Actividades de formação que incidam sobre conteúdos de
natureza científico-didáctica relacionadas com as áreas
curriculares leccionadas;
b) Actividades de formação que incidam sobre conteúdos
relacionados com as necessidades de funcionamento do
agrupamento de escolas, definidas no respectivo projecto
educativo ou plano anual de actividades.
2 - Concedidas para deslocações ao estrangeiro, sempre que
correspondam à participação em acções integradas no programa
comunitário «Aprendizagem ao longo da vida 2007 -2013», bem
como bolsas do Conselho da Europa ou eventos educativos
organizados pela OCDE e UNESCO.
A QUEM SE APLICA Pessoal Docente.

DESCRIÇÃO - síntese HORAS ENQUADRAMENTO LEGAL

FORMAÇÃO DE INICIATIVA DA 1 — As dispensas para formação da iniciativa dos


ADMINISTRAÇÃO EDUCATIVA serviços centrais, regionais ou do agrupamento
(art.º 2º) de escolas a que o docente pertence são
concedidas preferencialmente na componente
não lectiva do horário do docente.
2 — Tais dispensas são concedidas na
componente lectiva do horário do docente
sempre que as referidas actividades de formação
não possam, comprovadamente, realizar-se na
componente não lectiva.
3 — A formação prevista no presente artigo só
pode ser autorizada desde que o agrupamento de
escolas assegure a leccionação das aulas
constantes da componente lectiva do docente em
causa.
FORMAÇÃO DE INICIATIVA DO 1 — As dispensas para formação da iniciativa do
DOCENTE (art.º 3º), Nº 3 docente são autorizadas apenas durante os
períodos de interrupção da actividade lectiva.
- Educadores de infância 2 — Pode realizar-se na componente não lectiva
Sem limite
do docente, quando seja comprovadamente
de horas
inviável ou insuficiente a utilização das
interrupções lectivas.
- Docentes dos 1.º, 2.º e 3.º ciclos Até ao limite 4 — A utilização da componente não lectiva do
do ensino básico e do ensino de dez horas docente para a realização da formação referida
secundário por ano no artigo 2.º não prejudica o uso dessa mesma
escolar componente nos termos previstos neste artigo.
www.adduo.blogspot.com |
adduo.blog@gmail.com |
Ad duo 28 de Fevereiro de 2010

ANTECEDÊNCIA (Nº 2, ART.º 6º) - Requerimento ao Director com 5 dias úteis,


conforme nº 2 do artº 6º;
- Requerimento ao DRE com 8 dias úteis
(membros de órgãos de gestão).
COMUNICAÇÃO AO No prazo de 2/ 5 dias úteis (membros de órgãos
INTERESSADO (ART.º 7º) de gestão), contados a partir da data do pedido.
COMUNICAÇÃO DE PRESENÇA Declaração de presença no prazo máximo de 8
(ART.º 8º) dias úteis.

NOTA:
- Limite anual: 5 dias úteis seguidos, ou 8 interpolados, por ano escolar (art.º 4º).
- As dispensas autorizadas nos termos do n.º 2 do artigo 1.º não estão sujeitas aos limites anteriores,
quando as acções tenham duração superior e esteja assegurada a leccionação das aulas.

www.adduo.blogspot.com |
adduo.blog@gmail.com |