Você está na página 1de 31

Prefeitura Municipal de Santos

ESTÂNCIA BALNEÁRIA
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO
Subsídios para implementação do Plano de Curso de Educação Artística
Ensino Fundamental Educação de Jovens e Adultos Ciclo II
Professora responsável: Sandra França Galluzzi
Santos
2003
“Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo.
Pássaros engaiolados são pássaros sob controle. Engaiolados, o seu dono pode le
vá-los para onde quiser. Pássaros engaiolados sempre têm um dono. Deixaram de se
r pássaros. Porque a essência dos pássaros é o vôo. Escolas que são asas não ama
m pássaros engaiolados. O que elas amam são pássaros em vôo. Existem para dar ao
s pássaros coragem para voar. Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o
vôo já nasce dentro dos pássaros. O vôo não pode ser ensinado. Só pode ser enco
rajado”.
Rubem Alves
Prefeitura Municipal de Santos
ESTÂNCIA BALNEÁRIA
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO
Caracterização da Área de Arte
Na proposta dos Parâmetros Curriculares Nacionais, Arte tem uma função tão impor
tante quanto a dos outros conhecimentos no processo de ensino e aprendizagem. A
área está relacionada com as demais áreas e tem suas especificidades. A educação
em arte propicia o desenvolvimento do pensamento artístico e da percepção estét
ica, que caracterizam um modo próprio de ordenar e dar à experiência humana: o a
luno desenvolve sua sensibilidade, percepção e imaginação, tanto ao realizar for
mas artísticas quanto na ação de apreciar e conhecer as formas produzidas por el
e e pelos colegas, pela natureza e nas diferentes culturas. Esta área também fav
orece ao aluno relacionar-se criadoramente com as outras disciplinas do currícul
o. Por exemplo, o aluno que conhece arte pode estabelecer relações mais amplas q
uando estuda um determinado período histórico. Um aluno que exercita continuamen
te sua imaginação estará mais habilitado a construir um texto, a desenvolver est
ratégias pessoais para resolver um problema matemático. Conhecendo a arte de out
ras culturas, o aluno poderá compreender a relatividade dos valores que estão en
raizados nos seus modos de pensar e agir, que pode criar um campo de sentido par
a a valorização do que lhe é próprio e favorecer abertura à riqueza e à diversid
ade da imaginação humana. Além disso, torna-se capaz de perceber sua realidade c
otidiana mais vivamente, reconhecendo objetos e formas que estão à sua volta, no
exercício de uma observação crítica do que existe na sua cultura, podendo criar
condições para uma qualidade de vida melhor. Uma função igualmente importante q
ue o ensino da arte tem a cumprir diz respeito à dimensão social das manifestaçõ
es artísticas. A arte de cada cultura revela o modo de perceber, sentir e articu
lar significados e valores que governam os diferentes tipos de relações entre os
indivíduos na sociedade. A arte solicita a visão, a escuta e os demais sentidos
como portas de entrada para uma compreensão mais significativa das questões soc
iais. Essa forma de comunicação é rápida e eficaz, pois atinge o interlocutor po
r meio de uma síntese ausente na explicação dos fatos. A arte também está presen
te na sociedade em profissões que são exercidas nos mais diferentes ramos de ati
vidade: o conhecimento em artes é necessário no mundo do trabalho e faz parte do
desenvolvimento profissional dos cidadãos. O conhecimento da arte abre perspect
iva para que o aluno tenha uma compreensão do mundo na qual a dimensão poética e
steja presente: a arte ensina que é possível transformar continuamente a existên
cia, que é preciso mudar referências a cada momento, ser flexível. Isso quer diz
er que criar e conhecer são indissociáveis e a flexibilidade é condição fundamen
tal para aprender. O ser humano que não conhecer arte tem uma experiência de apr
endizagem limitada, escapa-lhe a dimensão do sonho, da força comunicativa dos ob
jetos à sua volta, da sonoridade instigante da poesia, das criações musicais, da
s cores e formas, dos gestos e luzes que buscam o sentido da vida.
Fonte: Parâmetros Curriculares Nacionais
Prefeitura Municipal de Santos
ESTÂNCIA BALNEÁRIA
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO
Subsídios para implementação do plano de curso de Educação Artística
5 Série - Termo 1
Conteúdo:
• • • • Linguagem Artística – visão geral: teatro, música, arquitetura, pintura,
escultura e etc. Elementos da linguagem visual: ponto, linha e plano Formas – a
bstratas, concretas, geométricas e etc. Textura – gráfica, orgânica e etc.
Sugestões para História da Arte:
• Abstracionismo (verifique o texto enviado para contextualização e análise crít
ica). O aluno, em sua produção, poderá colocar em prática os conhecimentos adqui
ridos em linha, formas e texturas.
Sugestões - Projeto Leitura:
• • Jogos dramáticos (consulte o texto “Brincando de ser outra pessoa” ) Explora
r materiais expressivos, verificando as possibilidades de forma, textura, volume
, cor e etc, para a criação de cenários e adereços na montagem de uma performanc
e de uma cena do livro escolhido.
Fonte: Viver feliz com muita arte – Autores: Valdemar Vello, Mônica Colucci e Pa
ula Ariane Editora: Scipione
Fonte: Aprendendo Arte Autores: César Cole e Ana Teberosky Editora: Ática
Prefeitura Municipal de Santos
ESTÂNCIA BALNEÁRIA
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO
Subsídios para implementação do plano de curso de Educação Artística
6 Série – Termo 2
Sugestões – Projeto de Leitura:
• •
Criar painéis, apropriando-se de técnicas de desenho e pintura para ilustrar cen
as do livro escolhido, utilizando materiais diversos ( papel pardo, guache, giz
de cera e outros ). Produzir uma história em quadrinhos, tendo como tema o livro
escolhido.
Prefeitura Municipal de Santos
ESTÂNCIA BALNEÁRIA
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO
Subsídios para implementação do plano de curso de Educação Artística
7 Série – Termo 3
Sugestões – Projeto de Leitura


Explorar materiais expressivos na confecção de cenários para performance, tendo
como tema o livro escolhido no bimestre. Propor que, nesta apresentação, não sej
a utilizada a expressão oral, apenas a corporal e a plástica, explorando técnica
s de mímica. (Verifique o texto enviado para contextualização). Produção Artísti
ca Visual – Conhecer as técnicas para a criação de um grafite, utilizando o livr
o do bimestre como tema. O grafite poderá ser confeccionado em folhas de papel p
ardo e tinta guache.
Fonte: Revista Lição de Casa (semanal) Jornal Estadão
Fonte: Viver Feliz com muita arte Autores: Valdemar Vello, Mônica Colucci e Paul
a Ariane Editora: Scipione Grafismo Indígena
Grafismo Indígena
Prefeitura Municipal de Santos
ESTÂNCIA BALNEÁRIA
SECRETARIA DE EDUCAÇÃO
DEPARTAMENTO PEDAGÓGICO
Subsídios para implementação do plano de curso de Educação Artística
8 Série – Termo 4
Sugestões – Projeto de Leitura
• • Criar painéis utilizando técnicas de colagem para ilustrar cenas do livro es
colhido no bimestre. Confeccionar maquetes que retratem cenários descritos no li
vro escolhido, utilizando materiais variados. A sugestão é que essas maquetes se
jam feitas em caixa de sapato e que a atividade seja feita em grupo.