Você está na página 1de 2

Francês/Alfabeto e pronúncia

O alfabeto francês se compõe de vinte e seis letras:

ABCDEFGHIJKLMNOPQRSTUVWXYZ

K e W utilizam-se principalmente em palavras de origem estrangeira.

O ambiente fonético, isto é, as letras vizinhas, influenciam fortemente a


pronúncia de cada letra. O que se segue é um guia geral.

1 Vogais

1.1 Nasais

1.2 Ditongos e hiatos

2 Consoantes

Vogais

A E I O U Y, sozinhas ou em grupos, denotam sons vocálicos:


a: como no português "caso"
ai: mais frequentemente como em "terra"; ocasionalmente, conforme a
região, pode ocorrer como em "mês"
au: como em "dor"
e: exceto nos casos abaixo, representa um som fraco, semelhante ao "a"
em final de palavra em português (como em "porta")
é: como em "mês"
è, ei, e antes de dupla consoante: como em "terra"
eu: os lábios na posição de dizer "ô", tenta-se pronunciar o "e" fechado (ê
em português); às vezes, como œ (ver abaixo)
i, y: como em "vida"
o: átono, tende a ser fechado, como em "dor"; tônico, aberto, como em
"pote"
œ, oe: os lábios na posição de dizer "ó", tenta-se pronunciar o "e" aberto (é
em português)
ou: como em "nuvem"
u: os lábios na posição de dizer "u", tenta-se dizer "i"

Notas: eu pode ser obtido mantendo-se o som de "ê" e fechando os lábios


para a posição de "ô"; da mesma forma para oe e u.

Em diversas posições, e pode ser considerada como muda; assim, eau, ie e


ue equivalem a au, i e u, respectivamente.

O acento circunflexo (^) aparece em situações em que, etimologicamente,


a vogal seria seguida por um s: pâte pasta, ancêtre ancestral, abîme
abismo, côte costa, goût gosto. De maneira geral, não altera o som de a, i e
u; tende a deixar aberto (português "é") o som do e e fechado ("ô") o do o.
Nasais

Há três vogais nasais em francês. Uma delas equivale ao som de "manhã",


outro ao de "ontem"; a terceira se produz pronunciando o som do português
"é" nasalizado.

O primeiro se expressa por an, en, un, um: France, entre, commun, parfum.

O segundo aparece em palavras com on e om: son, ombre.

O terceiro se escreve in, ain, ein: vin, châtain, frein.

Ditongos e hiatos
ay é um ditongo: se pronuncia como em "Jacareí"
oi é um ditongo: se pronuncia como em "juá", como em "moi" (eu, mim),
leia [muá]; como em "foi" (fé), leia [fuá].
oy é foneticamente um tritongo: se pronuncia como em "Paraguai"

Os hiatos são marcados ou pela interposição de um h (p. ex. trahison) ou


pelo uso do trema, un tréma, sobre a segunda vogal (p. ex. haïr)

Consoantes

Pronunciam-se como em português b, c, d, f, g, j, m, n, s, v, z.


h: isolado, nunca se pronuncia; entretanto, em palavras de origem
germânica, como honte "vergonha", diz-se aspirado. Neste caso, não contrai
com artigo ou preposição e pronuncia-se separadamente. Temos, portanto,
l'heure, mas la honte.
k e qu: sempre como o "c" em "casa".
l: sempre pronunciado como "l", nunca como um "u" semivocálico; Brésil
diz-se [bRe'zil], não [bRe'ziw].
p: como em português, exceto no dígrafo ph=f.
r: sempre forte como em "rua" ou "barro", nunca como em "caro".
t: tem som de s em algumas situações, especialmente na terminação -tion,
equivalente a -ção.
w: segue a pronúncia da língua de origem, geralmente inglesa (como em
whisky, [wis'ki]) ou alemã (como em wagon, [va'gõ]).
x: sempre como "ks" ou "gz" (taxi, xenophobe)

A pronúncia de c, g e s varia em francês de acordo com a posição na


palavra da mesma forma que em português. Os dígrafos ch e ss são
pronunciados como em português; o francês gn pronuncia-se como o
português nh.

Consoantes dobradas têm o mesmo valor das simples.

As consoantes r, s, t, x e z são mudas no fim de palavras, exceto se a


próxima palavra inicia com vogal.