Você está na página 1de 2

Carta de irmã Maria Cândida da Eucaristia

Carta de irmã Maria Cândida da Eucaristia Oh Jesus hóstia de amor, hóstia imaculada, imenso fascínio

Oh Jesus hóstia de amor, hóstia imaculada, imenso fascínio da minha alma, gostaria de contemplar-te sempre, beber de ti um amor e uma pureza infinitos. Gostaria de ser semelhante a ti, para alegrar-te. Ó meu Jesus, doa-me o esplendor da hóstia, dá-me o

candor da hóstia imaculada

Ó alimento divino, gostaria de transformar-me em ti, de

tornar-me para ti como tu uma hóstia pura, dulcíssima e santa. Como eu me comprazo em ti, assim gostaria que tu te comprazas em mim.

Hóstia santa e imaculada, eu me sacio com a tua pureza. Tu que és a vida, faz que eu viva em ti. Ainda mais uma vez me consagro inteiramente ao teu amor, te consagro todos os meus sofrimentos, os meus suspiros, as minhas aspirações e todos os meus desejos. Desejo só a ti, unicamente e sempre a ti. Eu te ofereço todo o meu amor como uma torrente: desde quando o meu coração recebeu a vida até o dia em que esta se apagará. Recebe-me como lâmpada que não se apaga, roubada pelo teu amor, adorando, agradecendo, reparando, tendo as abertas asas do meu amor para defender- te dos profanadores e dos corações malvados e para afasta-los de ti.

Ó Pai celeste, concede-me, dia e noite, te acompanhar com o coração, ó Jesus, enquanto

tu desces como hóstia nas almas maculadas pelo pecado, sacrílegas ou cheias de indiferença e dissipação. Transbordante de imensa dor, peço perdão por elas e quero reparar. Sim, meu Jesus, tu nos fazes felizes nesta vida, porque só contigo a alegria e o sorriso nunca faltarão. Quem te encontra, encontra tudo. Eu te amo, te adoro, te louvo e te agradeço. Por teu amor não desça nestas almas, mas

converte-as. Eu te amo, ó meu Bem, no Sacramento, e gostaria que a tua vida resplandecesse através de mim. Queria que a hóstia resplandecesse nos meus olhos, na

minha fronte, nos meus lábios, no meu peito. Queria mostrar-te a todos ó pão da vida,

e transmitir a todos a tua beleza! Ó bela e imaculada hóstia, sou toda tua. Como tua propriedade que seja marcada com o teu sinal, a hóstia.

Por que todos os homens não te conhecem? Tu és a felicidade e todas as belezas e as alegrias estão em ti, mas os homens não o sabem. Não te compreendem e perdem o caminho que conduz ao oásis da verdadeira felicidade. Ó Jesus, se o mundo conhecesse

o teu sagrado coração, o desejo ardente de fazer todos felizes, se conhecesse quanto tu fizeste e continua a fazer para cada um dos teus filhos redimidos!

Ó filhos dos homens, até quando desconhecereis o amor do filho de Deus por vós? Faz

20 séculos que Ele é prisioneiro para vós no Santíssimo Sacramento, escravo de amor sob as espécies sacramentais, vítima perene por vós. Lanço para vós o grito do meu coração, tão angustiado, estendo os braços, acordai-vos! Eles não têm mais forças.

Carta de irmã Maria Cândida da Eucaristia

Vinde e provai e tereis paz e felicidade. Sim, meu Jesus, tu nos fazes felizes nesta vida, porque só contigo a alegria e o sorriso nunca faltarão. Quem te encontra, encontra tudo, quando eu também, na minha juventude, te encontrei, encontrei verdadeiramente tudo!

http://www.arquidiocesebh.org.br/site/noticias.php?id_noticia=5592#sthash.U9MjI76H.dpuf