Você está na página 1de 32

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

1.1 MÍDIAS SOCIAS DE NICHO

Vou citar algumas menos famosas que talvez você não conheça.

www.patientslikeme.com - rede social para pacientes com doenças diversas. O site promove

a discussão e a troca de experiências. Se Nick Nolte conhecesse essa rede, o filme Óleo de Lorenzo seria bem diferente.

www.dikajob.com.br/ - rede social voltada para o mercado farma.

http://laboratree.org - voltada para cientistas e, segundo eles próprios, um local para experimentação, investigação, observação, colaboração e qualquer outra coisa relacionada

à ciência.

www.eunoenem.com.br/ - rede social para estudantes que vão prestar Enem.

www.livemocha.com - para pessoas que querem aprender um novo idioma. A maior comunidade online de estudo de idiomas.

www.meusparentes.com.br - rede com o intuito de reunir familiares e construir a sua árvore genealógica de maneira colaborativa.

www.bymk.com.br - rede voltada para moda em que os membros podem montar seus looks e expor suas criações.

http://kigol.com.br - para amantes de futebol (o que quase não existe no Brasil).

www.flixster.com - para amantes de cinema.

http://maisquereceitas.com.br - para amantes da gastronomia, reunindo, inclusive, vários chefs.

www.autores.com.br - rede para pessoas que gostam de escrever poderem trocar informações e ideias sobre arte. Com ela, é possível você apresentar seus textos para outras pessoas analisarem e comentarem, e até fazer contatos profissionais, vendendo suas obras.

www.blackplanet.com - esse serviço se tornou mais conhecidos durante as eleições presidenciais americanas, devido ao fato de Barack Obama ter ingressado também nessa rede. Essa rede é exclusiva para pessoas negras poderem trocar informações, fazer amigos, compartilhar talentos ou simplesmente se divertir. Lá podem ser compartilhados vídeos, músicas, imagens e discutir sobre variados temas.

www.qype.com.br - surgiu com a ideia de usuários poderem avaliar bares e restaurantes. Com a aceitação do serviço por parte dos usuários, a rede se expandiu e começou a avaliar todo tipo de local: hotéis, boates, clubes, parques e diversos outros tipos de lugares, divididos por categorias.

www.moviemobz.com - serviço para discussão sobre filmes. O site tem diversos filmes cadastrados, com a ficha técnica, sinopse, trailer. As pessoas podem marcar o filme com várias tags como “gostei”, “quero ver” e outras. Além disso, podem escrever sua opinião e dar notas. Existem grupos também nessa comunidade para discussão de determinados gêneros e outros assuntos relacionados.

www.vampirefreaks.com - comunidade virtual sobre a cultura gótica. Os usuários podem se comunicar, participar de grupos de discussões, adicionar vídeos e imagens. Há uma área do site só para falar sobre bandas e grupos góticos.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

www.cardomain.com - portal colaborativo sobre automobilismo. Cada usuário pode adicionar fotos de seus carros, geralmente tunados, para serem avaliados pelos outros usuários. Além disso, podem compartilhar notícias, vídeos e trocar informações sobre peças e marcas.

www.yubliss.com - rede de autoajuda para pessoas, se baseando em mitos e contos. Os usuários podem se comunicar entre eles, e atualizam seu humor por uma barra intuitiva, que de acordo com sua decisão, mostrará uma frase motivadora.

www.casapro.com.br - serviço exclusivo para pessoas que trabalham nas áreas de arquitetura, decoração ou alguma área relacionada. Aqui, poderão ser postados fotos dos projetos desenvolvidos pelas pessoas, funcionando como um portifólio que poderá gerar contatos comerciais.

www.orangotag.com - rede social para fãs de seriados em TV. Aqui as pessoas marcam quais séries assistem, e podem utilizar como controle pessoal, marcando quais episódios já viu ou ainda precisa ver. Assim, o site fornece número de pessoas que assiste a série, quantas já viram cada episódio, além de um espaço para resenhas e discussões.

www.purevolume.com - um site aos moldes do MySpace. É uma rede social e ponto de encontro para quem gosta de música e para os artistas, principalmente os independentes.

www.whitelabeldating.com - rede social para feios (!).

www.guidu.com.br - rede social para baladeiros.

Há também uma iniciativa bem interessante de uma rede social de código aberto, a www.joindiaspora.com/, que teve contribuição até de Mark Zuckerberg (do Facebook).

Essas são só algumas das redes que são focadas em um segmento, poderia citar centenas de outras, porém, vou lhe indicar um verbete da Wikipedia que trata justamente disso e traz uma lista

de redes sociais: http://pt.wikipedia.org/wiki/Anexo:Lista_de_redes_sociais

Há duas redes sociais que considero essenciais para quem tem um negócio B2B no Brasil e tem como foco pequenas e médias empresas ou micro e pequenas empresas:

A rede da revista PME Exame, http://revistapme.ning.com/, é uma rede que não está muito

movimentada – movimentar uma rede social dá trabalho à beça – mas é excelente para conhecer

os contatos que precisa fazer com empresas passíveis de serem clientes. Principalmente no mercado das PMEs, que é extremamente pulverizado.

Para as pequenas empresas, há uma rede da revista Pequenas Empresas, Grandes Negócios -

http://rede.empresas.globo.com/.

Há ferramentas para você montar sua própria rede:

Buddy Press - http://buddypress.org/

Crowd Vine - www.crowdvine.com/

Kick Apps - www.kickapps.com/

Snapp Ville - www.snappville.com/

Populy www.populy.com

Se observar essas duas últimas redes comentadas, verá que elas tem um ponto em comum: estão montadas sobre uma plataforma chamada “Ning”.

O Ning é uma plataforma que possibilita a sua empresa montar uma rede social de maneira

relativamente fácil. O Ning está para as redes sociais assim como o Wordpress está para os blogs (com a diferença de que o Ning era gratuito, e atualmente é pago).

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Há diversos outras plataformas disponíveis para você montar sua rede social, muitas inclusive de código aberto como a www.elgg.org/ (em PHP em MySQL) que é uma das mais famosas, a

http://lovdbyless.com/ (desenvolvida em Ruby on Rails), a www.socialgo.com/, a http://wall.fm/ e

várias outras. Veja várias alternativas ao Ning no post: http://bit.ly/gdNkqr

1.2 CASES

CASE Nº 1

Criatividade e estratégia na divulgação de um albergue

Veja o vídeo em http://garauina.com/casa/

Ao longo de toda essa parte do curso você verá muitos cases de empresas dos mais diversos tamanhos e segmentos. Empresas que utilizam a internet estrategicamente para gerar receitas no mundo real. Alguns dos cases que você vai ver utilizam ideias muito simples e obtém um resultado surpreeendente por meio de mídias sociais.

Para receber cases atualizados, siga-me no Twitter (@conradoadolpho) e me adicione no Facebook (Conrado Adolpho). Os cases mostram como aplicar a teoria de maneira prática e eles lhe fornecerão excelentes insigths.

Escolhi um primeiro case para começarmos essa sequencia uma ideia muito simples com ótimo retorno.

Vamos analisar nosso primeiro case para entendermos que a estratégia e o talento atualmente tem mais valor do que a quantidade de verba que se tem para investir.

O Albergue Estação Bem Estar é uma instituição que cuida de alguns desabrigados na cidade de

São Paulo, e para conseguir mais voluntários e doadores para a instituição resolveu adotar uma estratégia online. A ideia que foi muito bem planejada e trabalhada para captação de novos recursos foi utilizar de uma plataforma já estruturada e difundida pelo público que está procurando por um imóvel.

Através do site www.imovelweb.com.br/ o Albergue criou um anúncio vendendo uma “casa” de um morador de rua. O descritivo dizia que como o morador tinha conseguido um local melhor para morar estava vendendo a casa, agora ele mora no Albergue Estação Bem Estar, que abriga, trata

e realoca moradores de rua na sociedade. O texto também convidava o usuário a contribuir com o instituto, indicando o site e telefone para contato.

O

mais incrível da campanha foram os resultados obtidos, pois com um investimento de R$50,00,

o

anúncio ficou no ar por 2 meses e conseguiu 24.750 cliques. Com essa campanha, 941 novos

doadores foram conquistados; o que arrecadou um montante igual a R$ 8.000,00 em doações

online.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Esse case mostra que, com ferramentas muito simples que você deve conhecer e saber como operá-las (sendo que a maioria é gratuita), você consegue criar ações digitais criativas para a sua empresa, seja ela grande ou pequena.

CASE Nº 2

Harley-Davidson no Chatroulette

Para saber mais: http://www.brainstorm9.com.br/diversos/harley-davidson-no-chatroulette/

Youtube: http://bit.ly/harleychat (http://www.youtube.com/watch?v=rmosid6QqH0)

A Harley-Davidson passou um job bastante desafiador para a agência alemã Sassenbach, o

objetivo era atingir novos grupos de consumidores de todo o Mundo através de uma estratégia online, só que com o detalhe que essa ação não podia ter quase nenhum custo. A solução encontrada pela agência foi utilizar de um site gratuito e bastante acessado ao redor do mundo: o www.chatroulette.com que na época em que a ação foi realizada contava com um total de 500.000 acessos diários.

O Chatroulette é um site onde o usuário habilita sua webcam e conversa com outro usuário

conectado no site, escolhido aleatoriamente. Caso não queira conversar com este usuário, com apenas um clique você muda de conversa, escolhendo outro usuário de forma aleatória.

Aproveitando essa plataforma já estruturada e com uma grande quantidade de acessos diários, a estratégia escolhida foi fazer uma brincadeira com os usuários do site, usando a filosofia da Harley-Davidson. A webcam utilizada na ação mostrava a seguinte mensagem: “Sorry, I'm on the Road!” (em português: Desculpe, estou na estrada!) assinada no final com a logo da Harley- Davidson. Os usuários impactados com a ação gostaram da mensagem estampada na tela, representa muito o estilo e imagem que a Harley-Davidson vende.

A ação gerou um total de 170.000 contatos por semana enquanto a ação durou, além de

fortalecer a identidade da marca com os usuários impactados por esta ação muito barata e pouco invasiva no ambiente web.

CASE Nº 3

Melhor emprego do Mundo

Para saber mais: http://www.brainstorm9.com.br/diversos/the-best-job-in-the-world-o-video-case/

Para saber mais ainda: http://jn.sapo.pt/PaginaInicial/Gente/Interior.aspx?content_id=1223238

Com a intenção de promover as ilhas paradisíacas de Queensland na Austrália, foi criada uma ação bem diferente e completamente fora da caixa. A ideia foi bem simples, mas que teve uma repercussão gigante; tudo começou com o anúncio de uma vaga de emprego feita por todo o planeta, nos mais diversos meios.

O anúncio, que se chamava “O melhor emprego do mundo”, oferecia uma vaga de zelador de uma

ilha em Queesland na Austrália, com a função de alimentar os peixes, limpar a piscina, pegar as correspondências e explorar a ilha fazendo um relatório. Detalhe, o anúncio divulgava um salário

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

bem gordo de AUD$ 150.000,00 (dólares australianos) durante 6 meses de contrato, isso representa aproximadamente 260 mil reais nesse período.

Essa ação teve uma visibilidade enorme, em vários veículos de comunicação inclusive nos noticiários do mundo todo. A única exigência para participar do processo seletivo era entrar no site www.islandreefjob.com e se cadastrar, enviando um vídeo de 60 segundos para a primeira seleção. No período de 6 semanas que marcou o dia do anúncio até o final das inscrições, o site recebeu mais de 3,4 milhões de visitantes únicos e um total de 34.684 candidaturas por vídeos de 201 países.

O valor estimado de mídia espontânea conseguido com a ação foi superior a 80 milhões de

dólares, lembrando que tudo começou com anúncios de emprego é um retorno supreendente.

Com o final do processo seletivo e o finalista escolhido, o site http://islandreefjob.com/ virou um blog onde o inglês escolhido para o emprego, Ben Southal, escreve quase que semanalmente relatos do seu trabalho na Ilha.

CASE Nº 4

Ebay wicked sick BMX

http://www.youtube.com/watch?v=Cd6-n7MhVg8

Um bom texto, criativo, persuasivo, bem trabalhado, ajuda a vender. Veja o exemplo de uma dupla de criativos que trabalham na Y&R australiana. Eles resolveram fazer um experimento para responder a pergunta: “Criatividade realmente funciona e ajuda a vender?”. Para responder essa pergunta eles fizeram um vídeo case que virou sucesso no Youtube, o “Ebay wicked sick BMX”

Nesse vídeo os dois fazem a compra de uma Bicicleta BMX no e-bay por AU$ 27,50, que estava sendo anunciada somente como uma bicicleta normal, sem diferencial nenhum se comparada com as outras bicicletas BMX que estavam a venda. Após essa compra eles pegaram o mesmo produto, sem alterar nenhuma peça nem nada, apenas fazendo um texto de descrição do produto muito mais persuasivo e usando toda a criatividade que eles podiam.

No primeiro dia do produto anunciado já tinham ofertas de AU$ 55,00 (mais que o dobro do valor comprado), além disso o produto ganhou repercussão em blogs, twitters e fóruns de discussão no segundo dia de anúncio. No terceiro dia o leilão acabou e a oferta vencedora foi de AU$ 134,50, ou seja com o uso da criatividade eles conseguiram aumentar o valor do produto em quase 500%.

CASE Nº 5

Zappos e a arte de contar histórias

Você deve conhecer a Zappos, porém, se você ainda não a conhece, leia esse case e depois vá até

o

seu notebook e pesquise tudo o que puder sobre ela. Vou dar uma breve introdução para saber

o

que você está perdendo.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

O primeiro fato que torna a Zappos uma empresa digna de nota é que ela, pelas mãos de seu CEO

Tony Hsieh, aumentou seu faturamento de US$1,6 milhões/ano para US$ 1 bilhão/ano em menos de 10 anos vendendo…sapatos, bolsas, roupas e óculos. Isso não é tudo – pela internet.

Mais um fato curioso: a Zappos dá 365 dias para o consumidor devolver o sapato que comprou com eles caso não esteja satisfeito.

Isso faz parte de uma cultura de satisfação total e absoluta ao cliente.

Para se ter uma ideia até onde isso vai, certo dia o Tony Hsieh estava em Santa Monica após um

evento festejando a noite com um grupo que estava no evento e, às 03h, já no hotel, alguém teve

a ideia de pedir uma pizza delivery.

A cozinha do hotel fechava às 23h e não encontraram nenhuma pizzara aberta que ainda

estregasse pizza no hotel naquela hora. Alguém do grupo resolveu ligar na Zappos e pedir uma pizza para o atendente.

O atendente primeiro falou que eles ainda não vendiam pizza e logo depois passou todos os

telefones das pizzarias que ainda entregavam pizza delivery em Santa Monica.

Detalhe: a Zappos fica em Las Vegas.

Essa história rodou o mundo como uma prova do amor da Zappos pelo bom atendimento e dedicação obsessiva ao cliente. O curioso é que essa história só rodou o mundo porque o consumidor, atualmente, consegue escutar uma história em Santa Monica e fazê-la chegar em Portugal, no Brasil ou em Angola tão rápido quanto um vírus.

É isso que é aproveitar o Grau de Atividade do Consumidor. A nossa tradição oral é muito forte,

logo, boas histórias se multiplicam pela internet e boca-a-boca, tweet a tweet, post-a-post para todo o mundo (já que a internet derrubou as barreiras geográficas).

Contar boas histórias é o segredo para fazer propaganda por meio da não-propaganda. Se apoiar no Grau de Atividade do Consumidor para que a histórias ganhem mundo.

Quando alguém conta a história da pizza, não estão falando da Zappos, estão contando uma ótima história, que por um acaso, tem a Zappos no meio. O mesmo aconteceu com o vídeo do Free Hug

e a banda Sick Puppies, que compôs sua música.

Conte histórias sobre sua empresa que fortaleça seu posicionamento. Quanto melhor a história, mais longe a sua marca vai e mais forte será o posicionamento da empresa e, por consequência, a marca.

CASE Nº 6

Bolada da Polar

http://www.boladadapolar.com.br/

A Polar Export, é uma cerveja gaucha que é comercializada basicamente no Rio Grande do Sul e

em sua comunicação sempre traça fortes relações com os dois grandes times de Porto Alegre. No início de 2010, a cervejaria decidiu colocar as duas torcidas frente a frente para ajudar o seu time, não somente no ambiente web, ajudar de verdade.

Foram divididos R$ 100 mil entre as duas torcidas, ficando cada uma com R$ 50 mil; quando um torcedor entrava no site podia “roubar” 1 real da torcida adversária, doando esse um real para a

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

sua torcida. O placar estava sempre se alterando durante o mês que a ação durou, o site tinha um nome bem sugestivo com a ação: www.boladadapolar.com.br/.

O regulamento já previa que no final do período de 1 mês, a torcida com a maior quantia de

dinheiro ganharia os 100 mil doados, e a outra ficaria com nada. No final a torcida que conseguiu

dar a Bolada da Polar para seu time de coração foram os Tricolores Gaúchos, fazendo assim o Grêmio ganhar os R$ 100 mil.

O coeficiente viral dessa ação é bem alto uma vez que mexe com a paixão dos gaúchos – a

disputa Grêmio e Inter é muito forte no sul do Brasil – e faz com que haja um motivo real para que as pessoas espalhem para os amigos: uma quantia real de verba.

Calcula-se o coeficiente viral com uma conta simples.

Tome a seguinte situação. Você tem uma campanha de adesão em que o consumidor deve colocar

o e-mail dele em um formulário. A primeira variável para calcular o coeficiente viral é o número de amigos que cada consumidor que aderiu à campanha convida em média, “x” amigos.

Se você tiver 1.000 consumidores e o total de amigos convidados for de 5.000, isso significa que cada consumidor (que postou o seu e-mail no formulário e, portanto, se tornou um membro da campanha) convidou em média 5 amigos, esse será o valor de x. Lembre-se de que aqui vale o Princípio de Pareto: alguns convidaram 100 amigos e a maioria convidou dez, três ou nenhum amigo).

A outra variável é a taxa de conversão dos amigos convidados. Por exemplo, digamos que

daqueles 5.000 amigos convidados do exemplo anterior, só 50 amigos se cadastraram na campanha deixando seu e-mail no formulário. Esse número é o “y”, nossa segunda variável, que

no caso, será de 1% ou 0,01.

O coeficiente viral é obtida com uma simples conta de multiplicar “x” por “y”. Se esse produto for

maior do que 1, a campanha é viral e aumenta quanto mais usuários ela tiver. Se for menor do que 1, ela estará morrendo.

No caso, nosso coeficiente é de 5 * 0,01 = 0,05. Um coeficiente extremamente baixo.

Suponhamos, contudo, que a média de amigos convidados seja de 50 amigos e que a taxa de conversão seja de 3% (0,03), nosso coeficiente viral será de 50*0,03 = 1,5. Essa é uma campanha viral. Ela está aumentando sua velocidade de adesão à medida em que aumenta a quantidade de amigos.

É a partir da compreensão dos conceitos “consumidor alfa” e “redes glocais ” que você saberá

como que sua campanha poderá ter um coeficiente viral cada vez maior. Quando você atinge uma massa crítica de “alfas” eles espalham sua marca para uma grande quantidade de amigos e a campanha alcança altos coeficientes virais. Os “multiplicadores” são os responsáveis por fazer com que esse coeficiente não fique abaixo de 1.

O livro “Viral Loop”, de Adam Penenberg, esmiuça o coeficiente viral de várias empresas que

cresceram usando a estratégia do Grau de Atividade do Consumidor em mídias sociais. Ele detalha

em um texto bem elaborado a história de crescimento do Flickr, do Facebook, do e-Bay, do MySpace, do Paypal e vários outros negócios que cresceram sobre o marketing viral. Vale a pena ler.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

CASE Nº 7

Mil Casmurros

Url: http://www.milcasmurros.com.br/

Video: http://vimeo.com/14413613

Para divulgar a minissérie Capitu, a Rede Globo decidiu por criar uma estratégia online muito interessante. A minissérie foi inspirada na obra Dom Casmurro, de Machado de Assis; e para o público conhecer a obra que seria base para o trabalho desenvolvido para a televisão, foi criado um site de leitura coletiva da obra na internet, o site www.milcasmurros.com.br.

Pelos moldes que foi criado o site, era quase uma rede social de pessoas interessadas na leitura e divulgação da obra de Machado de Assis. A mecânica era bem simples, o livro Dom Casmurro foi dividido em 1000 trechos, e para contribuir bastava que o usuário se cadastrasse no site, ligasse sua webcam e gravasse um dos trechos.

Para ajudar na divulgação do site, algumas personalidades da Rede Globo foram convidadas a participar do projeto, endossando o Mil Casmurros com seus nomes; como por exemplo Tony Ramos, Camila Pitanga, Marcos Palmeira, Fernanda Montenegro e Fátima Bernardes. O site também era facilmente divulgável pois era possível divulgar o trecho gravado pelas redes sociais, assim estimulando outros a gravarem seus trechos.

Ao final da campanha, o projeto foi concluído e todos os 1.000 trechos gravados, com a publicidade gerada em diversos veículos convencionais (jornais, televisão, revistas, etc) e digitais (blogs, portais, sites referência, redes sociais, etc) atingiu cerca de 106 milhões de pessoas. A mídia espontânea criada foi o equivalente a um investimento de US$ 6,67 milhões.

Outra ideia genial de conteúdo colaborativo que soube se utilizar da força de mídia de um grande player como é a Rede Globo no Brasil. A ação foi original e, por isso mesmo, muito bem comentada gerando um buzz muito bom.

CASE Nº 8

Rubro-negro para Sempre

URL: http://www.flamengo.com.br/index2.htm

Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=m5PK_BsA5Nw

Para saber mais: http://justicadesportiva.uol.com.br/25083-DOIS-MIL-TIJOLOS-DO-FLA-JA- FORAM-VENDIDOS-E-GANHAM-DESTAQUE-NO-TWITTER.html

Twitter: http://twitter.com/CR_Flamengo e #rubronegroparasempre

Uma lovemark bem conhecida no Brasil e no mundo é o “Flamengo”. Quando você tem uma marca forte, consegue gerar engajamento digital de maneira rápida. Um exemplo claro disso foi a ação do Flamengo para a arrecadação de verba.

O Clube de Regatas Flamengo realizou um projeto online para reformar o seu CT, o Ninho do Urubu. Para conseguir arrecadar dinheiro criou o projeto Rubro-negro para Sempre, onde cada

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

rubro-negro de coração podia comprar um tijolo com seu nome por R$ 250,00 e todo o dinheiro acumulado com o projeto seria revertido para a reforma do CT.

Na compra do tijolo, o torcedor receberia em casa um tijolo com seu nome e um número de série, fora isso um outro tijolo igual a este que lhe foi enviado será colocado em uma parede do CT. Assim todos os torcedores que contribuíram com a reforma estarão eternizados no Ninho do Urubu.

A ação foi feita dentro do próprio site oficial do Flamengo, http://www.flamengo.com.br/ por um

determinado tempo, o que já atraiu bastante gente, fora isso o twitter oficial do time http://twitter.com/CR_Flamengo ajudou na divulgação do projeto, estimulando todos os rubro- negros a usar a Hastag #rubronegroparasempre em seus tweets. Dessa forma conseguiu colocar o assunto nos Trend Topics do Brasil.

Outra força extra para a campanha, foi o endosso do ex-jogador Zico, ídolo da Torcida Flamengista que convidava todos para participar dessa campanha, dizendo que ele mesmo já tinha comprado 20 tijolos para ele e toda a família. O vídeo está hospedado no YouTube, no link:

http://www.youtube.com/watch?v=m5PK_BsA5Nw.

Por se tratar da maior torcida do Brasil, os resultados vieram rapidamente; com apenas dois dias da campanha no ar já haviam vendido mais de 2 mil tijolos, totalizando mais de R$ 500 mil em apenas dois dias de campanha (!).

CASE Nº 9

Senac Box

http://www.senacbox.com.br/

Existe um tipo de campanha bem utilizada na internet, o tipo “juntos, venceremos”. Exploramos esse tipo de campanha aqui no livro no case do Visa e Walmart dando descontos para metas alcançadas pelos consumidores, na campanha do Inter versus Grêmio e em algumas outras. Esse tipo de campanha depende dos usuários espalharem a campanha para outros de modo que, um só não consegue resolver, mas centenas de consumidores, conseguem. Para vencer a campanha, os consumidores tem que se unir. Isso faz com que o coeficiente viral seja maior do que uma campanha em que isoladamente o consumidor ganhe o prêmio.

Uma dessas campanhas foi criada pelo Senac. Para promover seus 3 novos cursos: Tecnologia em Produção Audiovisual, Tecnologia de Eventos e Análise e Desenvolvimentos de Sistemas, o Senac um hotsite chamado de Senac Box: http://www.senacbox.com.br/. O Hotsite é o mecanismo de uma promoção, e traz também informações dos novos cursos, com detalhamentos do profissional

e das empresas do segmento, salário estimado do profissional formado, etc.

Para participar da promoção e concorrer a prêmios, o usuário deve descobrir qual a mensagem

escondida atrás de um mosaico de cubos. O usuário pode abrir 2 Cubos a cada 2 horas, basta se logar e permitir acesso do aplicativo ao seu Twitter, e quando escolher um dos cubos para desbloquear é necessário enviar o tweet relativo ao cubo. Os tweets são curiosidades relacionadas

a

temas interessantes aos 3 novos cursos.

O

tweet enviado continha o link para o site e caso 3 pessoas dessem RT na sua mensagem, o

usuário tinha direito a abrir mais um box.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

CASE Nº 10

Visa e Walmart juntos incentivando metas para serem alcançadas

Para saber mais: http://www.brainstorm9.com.br/diversos/visa-e-walmart-peca-desconto-na-

internet-usando-twitter-facebook-etc/

Site: http://www.promocoesvisa.com.br/juntospelodesconto/walmart

Youtube: http://www.youtube.com/watch?v=Ec_WG3zmPcM

Promoções ou descontos são um antigo artifício para aumentar as vendas, pois é um grande atrativo para atrair consumidores para sua loja. As lojas virtuais também perceberam que o melhor preço e promoções são fatores decisivos na hora do usuário escolher em qual loja online vai comprar o produto.

E assim as promoções se tornam constantes, nas gigantes como Americanas, Saraiva, Walmart, Submarino e Fnac por exemplo, todos os dias existe pelo menos uma promoção com alguns produtos com desconto ou alguma vantagem no momento da compra. Assim essas promoções já viraram rotina, e o consumidor espera as promoções para comprar; tanto a loja quanto o interessado saem ganhando.

Para inovar, a Visa e o Walmart resolveram criar uma ação diferenciada onde o consumidor conquistasse o desconto, inclusive um desconto muito bom e acima do praticado pelas promoções corriqueiras.

Criaram o “Juntos pelo desconto Visa” www.promocoesvisa.com.br/juntospelodesconto/walmart, cada semana um novo produto é anunciado e para conseguir o desconto uma meta ser alcançada, sempre atrelada a uma rede social como o Facebook, Orkut, Twitter ou YouTube. As pessoas só conseguem atingir uma meta determinada porque estão “perto”, mesmo estando longe.

A eliminação da barreira geográfica faz com que os consumidores possam se juntar aos milhares

para conseguir o desconto. Um apelo de preço calcado em uma das características que tornam a internet tão diferente dos outros meios – a geografia não determinante das relações.

Por exemplo a promoção de 27-30 de setembro, para conseguir o desconto na compra de um Full HD Blu-ray Player era necessário que o vídeo explicativo da campanha no YouTube (http://bit.ly/descontovisa) fosse visualizado por 35.000 pessoas. Após atingida essa meta, os interessados tem 24h para aproveitar o desconto.

É sem dúvida uma campanha onde os participantes precisam propagar a promoção para seus

amigos, caso contrário não conseguiram alcançar a meta e assim ficaram sem o desconto no produto desejado. Essa campanha é o que eu chamo de campanha do tipo “juntos, venceremos”,

que tem um alto coeficiente viral.

CASE Nº 11

Inimigos Públicos no Mafia Wars

URL: http://mafiawars.wikia.com/wiki/Public_Enemies

YouTube: http://www.youtube.com/watch?v=tRWhGRGJiOw

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Ações publicitárias voltadas para a indústria de games, o Grau de Atividade do Consumidor é explorado ao máximo. Para divulgar o lançamento do filme Inimigos Públicos em DVD e Blu-ray nos Estados Unidos, foi pensada uma ação que deu muito certo e conseguiu atingir um público bem específico e interessado no tema do filme, a máfia nos EUA.

Foi criada uma campanha para o jogo Mafia Wars, um aplicativo bastante utilizado dentro do Facebook. O jogo é sobre a Máfia, e cada jogador deve construir seu império e fortalecer sua máfia, podendo fazer isso com a compra de propriedades e negócios específicos, compra de armamento, veículos, etc.

A ação foi a implantação de 9 itens especiais e exclusivos, relacionados ao filme e aos

personagens do filme. Os itens eram roupas, armas e veículos e um óculos do personagem principal do Inimigos Públicos, o Dillinger; fora isso logo ao entrar no aplicativo o usuário já era informado sobre a semana temática no game e também sobre o lançamento do filme em DVD e

em Blu-ray.

Todos os jogadores de Mafia Wars do mundo foram impactados pela mensagem, no review postado no site wiki do aplicativo é possível ver mais detalhes e as telas utilizadas na divulgação, http://mafiawars.wikia.com/wiki/Public_Enemies.

Ações em games tem um ótimo apelo para o público-alvo. Mais um detalhe importante: se engana quem acha que games é coisa de criança. Era coisa de criança quando éramos crianças, hoje atinge tanto os mais jovens quanto os mais velhos. A minha faixa de idade, dos trinta e tantos, cresceu jogando Atari e MSX e se acostumou com eles como um estilo de vida – adultos jogam bastante hoje.

Alguns dados para você entender o que o mundo dos games sociais significa:

O perfil do jogador social do Colheita Feliz, por exemplo, é mulher, de classe média, com cerca de

40 anos que passa 1,5 horas cuidando da sua fazenda e gasta cerca de US$25 por mês com os itens a venda no jogo. Os games sociais atraem mais de 500 milhões de jogadores em todo o

mundo.

Se utilizar de um jogo social para mostrar a sua marca para os jogadores ou criar o seu próprio jogo social é uma excelente tática para sua empresa.

CASE Nº 12

Mini Bis e a Árvore de Chocolate

http://www.youtube.com/watch?v=dXvOsIQcQKw

A onda dos games está invadindo a internet e estar dentro de um jogo pode fazer sua marca

disparar em termos de reconhecimento e aderência ao público. O recall gerado pela inserção da

marca dentro de um jogo pode ser bem maior do que uma simples propaganda. O jogador entra em um estado de fluxo - http://pt.wikipedia.org/wiki/Fluxo_(psicologia) - que faz com que o consumidor fique imerso na marca.

A sua marca pode criar um game ou entrar em um já existente. É a história da festa mais cheia.

Você pode dar uma festa e convidar todo mundo para ver sua marca nela, ou pode expor sua marca em uma festa que já está lotada. A marca de Chocolate Bis preferiu a segunda opção.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Aproveitando que o brasileiro usa as redes sociais em excesso, e mais que isso, uma grande parcela desse público também é usuário dos jogos dentro das redes sociais, a Kraf foods decidiu realizar uma campanha dentro do Colheita Feliz, jogo mais jogado dentro do Orkut, que é a rede mais acessada pelos brasileiros.

O produto escolhido em questão é o Mini Bis, que foi o primeiro produto a realizar uma ação

dentro do Colheita Feliz. Alguns jogadores receberam sementes azuis de mini cacau para semear em suas colheitas, após plantadas essas sementes germinavam e se transformaram em Árvores de Chocolate, que davam Mini Bis como fruto da colheita. Assim como é possível nas demais árvores do jogo é possível que os demais jogadores roubem os frutos, dessa forma o Bis confirmou mais ainda seu novo posicionamento: “Desconfie de todos”.

Na primeira semana 25 milhões de árvores de chocolate brotaram, e no final da ação esse número era de 100 milhões, com o término da ação conseguiram um alcance espetacular, impactando 100% dos usuários ativos no jogo. Durante a campanha, o Mini Bis conseguiu um aumento de 143% nas vendas do produto.

CASE Nº 13

Cartola F. C. Integrando o mundo virtual e o mundo real

http://sportv.globo.com/cartola-fc/

Para saber mais: http://www.infomaroto.com/blog/cartola-fc-2010/

O Cartola F. C. é um fantasy game que foi criado pelo canal esportivo Sportv, da Rede Globo; ele

pode ser acessado através do site http://sportv.globo.com/cartola-fc/. Nesse jogo o usuário é convidado a montar seu time de futebol, como se o jogador do game fosse o próprio presidente e diretor de futebol, ou seja o cartola do time. Ele pode escalar os jogadores que quiser para jogar

pelo seu time, desde que caiba no orçamento do clube; o orçamento aumenta quando os jogadores escalados joguem bem e diminui caso estes tenham pontos negativos na rodada.

A pontuação dos jogadores do time é feita com base na atuação destes na rodada do Campeonato

Brasileiro. Por exemplo, se no seu time você escalou o Rogério Ceni e ele leva dois gols na rodada, ele perde pontos; mas se ele não levar nenhum gol e ainda fizer um gol de falta, sua pontuação será muito boa.

Somando os pontos ganhos por todos os jogadores do time, o cartola obtém uma pontuação e seu orçamento é atualizado. Essa pontuação serve para que ele dispute na liga nacional e concorra a prêmio ou em uma liga criada por um grupo de amigos, ou colegas de trabalho por exemplo.

A grande sacada da Sportv foi unir o interesse pelo futebol com o dom para técnico que todo

brasileiro tem. Ou seja, dar um instrumento para o usuário mostrar para seus amigos que se ele estivesse escalando o time, ele teria um resultado melhor que o técnico do seu time consegue. Palpitar em futebol é natural da cultura do brasileiro, está no sangue e passa de pai para filho, é assunto em qualquer lugar; inclusive na internet.

O Cartola F. C. Já está na sua 4ª edição e só vem crescendo ao longo dos anos, mais e mais

jogadores montam seus times a cada ano que se passa. E o Sportv e o Globoesporte.com só ganham com isso, pois a cada rodada, antes de montar seu time o cartola quer saber quais jogadores estão preparados para jogar, quais jogaram bem no último jogo, quais os confrontos da próxima rodada e outras informações do tipo. Como esses usuários já estão acostumados a visitar o site para entrar no Cartola F. C., buscam por essas informações no portal.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Mais uma vez a união entre o online e o offline gerando buzz. Pense em como estimular a conversa entre os átomos e os bits na sua empresa e na sua ação digital.

CASE Nº 14

Nokia - Maior placa de indicação do mundo

Para saber mais: http://www.brainstorm9.com.br/diversos/nokia-the-worlds-biggest-signpost/

Youtube: http://bit.ly/nokia-placas (http://www.youtube.com/watch?v=a7rrpwAQVLs)

A Nokia não era conhecida por seu serviço de navegação por Geolocalização, o Ovi Maps, inclusive

pelas pessoas que possuíam um celular Nokia. Para isso pensou numa forma de mostrar a utilidade do serviço de uma forma digital, mas que também interagisse com o público de uma

forma geral, mesmo aqueles que não estivessem online.

A opção encontrada foi uma cópia de um dos recursos mais simples de navegação do mundo, a

seta indicando o caminho. A Nokia criou uma placa de sinalização em Londres, com uma diferença,

essa seta de sinalização era formada por uma tela gigante suspensa por um guincho.

CASE Nº 15

Ikea Facebook Showroom

Para saber mais: http://www.brainstorm9.com.br/trends/facebook-showroom-da-ikea-tambem-

premiado-com-titanium-em-cannes-lions-2010/

Youtube: http://bit.ly/ikeashowroom (http://www.youtube.com/watch?v=mT00OJ2MbTo)

A Ikea após inaugurar uma loja em Malmö, na Suécia, queria saber qual a repercussão do

lançamento da nova unidade, mas não somente para saber a opinião da população de Malmö.

Para conseguir alcançar pessoas de diversos locais diferentes, resolveu fazer uma ação no Facebook. Foi criada uma conta no nome do gerente da loja e postaram em duas semanas 12 fotos do showroom da loja no álbum. A mecânica era bem simples bastava que os usuários colocassem tags (marcações) com seus nomes nos móveis, o primeiro a marcar o móvel ganhava este.

Como as marcações nas fotos aparecem no mural dos seus amigos, as imagens do Showroom apareceram para milhares de pessoas, divulgando a nova loja em Malmö e as fotos do showroom. Dessa forma, a cada novo usuário que marcava seu nome na foto estava divulgando o catálogo da Ikea, usando somente os recursos automáticos do Facebook.

Fora toda essa divulgação dentro do Facebook, a campanha também foi bastante comentada no Twitter e em nos principais blogs sobre publicidade e social media.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

CASE Nº 16

Whopper Sacrifice

Para saber mais: http://www.brainstorm9.com.br/diversos/cannes-lions-2009-whopper-sacrifice-

burger-king-titanium-integrated/

Youtube: http://bit.ly/whopperfacebook (http://www.youtube.com/watch?v=XXd0UoxK-Ik)

O princípio do Facebook é adicionar amigos e manter contato com estes através da rede social,

compartilhando fotos ou vídeos, escrevendo recados no mural do seu amigo ou até mesmo interagindo dentro de um aplicativo (como o super acessado FarmVille). O Burger King quis provar

que os americanos amavam o Whopper (o lanche carro chefe da rede de Fast Food) mais do que seus amigos no Facebook.

Com esse princípio, o Burger King junto com a agência Crispin Porter + Bogusky desenvolveu um aplicativo chamado Whopper Sacrifice. O aplicativo questionava o usuário do Facebook sobre o que era mais importante para ele; acompanhar seus amigos e as atualizações destes ou ganhar um Whopper depois de excluir 10 dos seus amigos.

Podemos dizer que o Burger King estava certo, pois em apenas 10 dias de Whopper Sacrifice 80 mil usuários instalaram o aplicativo, totalizando um total de quase 234 mil amigos sacrificados dessa forma. Após essa quantidade assustadora de amigos deletando outros amigos de suas contas, o Facebook solicitou o Burger King retirasse o aplicativo do ar, isso apenas com 10 dias do aplicativo.

Além da grande quantidade de usuários utilizando o aplicativo, a mídia espontânea gerada teve números bastante altos. Enquanto o aplicativo estava em pleno funcionamento o assunto possuía um total de 13 milhões de impressões; após o Whopper Sacrifice sair do ar, esse número aumentou para 35 milhões.

CASE Nº 17

Teste Vocacional

http://testevocacional.guiadoestudante.abril.com.br/

Com uma mecânica parecida com a campanha de personalização da Unimed Rio, o Guia do Estudante lançou uma campanha que ajuda o consumidor a encontrar sua profissão ideal. Essa é uma campanha do tipo “Autoconhecimento”, em que o site fala algo sobre você a partir do momento que você responde para ele o que ele perguntar.

O

Guia do Estudante já é um grande conhecido de quem está se preparando para o vestibular ou

passou por esta fase, o seu portal na internet está sempre atualizado para ajudar esses

estudantes e já é ponto de referência para esse público.

Para ajudar ainda mais esse público em um dos momentos mais difíceis de suas vidas, o portal inaugurou um teste vocacional online, chamado de máquina de profissões; hospedado no sub- domínio http://testevocacional.guiadoestudante.abril.com.br/.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Respondendo algumas perguntas que muito tem a ver com a personalidade do usuário e pouco a ver com emprego e trabalho.

Ao final é traçado qual o perfil que mais se adéqua ao usuário, no total são 15 perfis diferentes, e cada um deles sugere 12 empregos que estão relacionados a este perfil de pessoa. Caso deseje, ainda é possível pedir orientação para outras pessoas indicarem qual o melhor emprego para este indivíduo.

CASE Nº 18

Unimed calcula sua idade interior

http://www.idadeinterior.com.br/

A Unimed Rio criou um site que calcula a idade interior das pessoas, basta responder algumas

perguntas, que estão divididas em 3 diferentes áreas: alimentação, saúde e estilo de vida. Todo o processo dentro site foi feito com uma interface bem atrativa e animada, que não desamina o

usuário a continuar respondendo as perguntas.

A animação é muito bem feita e digna de elogios. É uma excelente maneira de se relacionar com a

marca Unimed.

No final da pesquisa é dado o resultado, quantos anos o usuário é mais novo ou mais velho interiormente quando comparado com sua idade real. Após isso é possível propagar esse resultado no mural do Facebook ou do Orkut, ou enviar um tweet no seu perfil do Twitter.

Junto com o resultado da sua idade interior o site mostra os pontos que foram positivos na sua avaliação, e os pontos que precisam ser melhorados; dando dicas para uma vida mais saudável. Uma avaliação personalizada conforme suas respostas, muito pessoal. Você tem a possibilidade de assinar a news para dicas de vida saudável tornando palpável o relacionamento com a marca.

Até 14 de novembro de 2010, mais de 1 milhão de pessoas tinham calculado sua idade interior em cerca de um mês do hotsite no ar. Campanha do tipo “autoconhecimento”.

CASE Nº 19

Natura e você adoram maquiagem

http://www.adoromaquiagem.com.br/

Youtube: http://www.youtube.com/equipeadoromaquiagem

Flickr: http://www.flickr.com/photos/naturacosmetico/tags/adoromaquiagem/

Twitter: http://twitter.com/adoromaquiagem

A Natura criou um site pra se relacionar com um público determinado dentro de seus

consumidores, o segmento que utiliza e se interessa por maquiagens. O site

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

http://www.adoromaquiagem.com.br/ foi pensado exatamente nesse público, um público que já conhece ou até mesmo já utiliza as maquiagens da Natura.

O site traz bastante conteúdo específico para esse publico, sendo novidades e tendências sobre o

uso de maquiagem; dicas e notícias postadas por maquiadores; integração com o canal próprio no

YouTube: www.youtube.com/equipeadoromaquiagem onde maquiadores mostram e ensinam a consumidora a se maquiar; e o catálogo completo da linha de maquiagens Natura Una.

Fora tudo isso que deixa o público visitante do site informado e orientado no segmento das maquiagens, tem ainda o maior diferencial e atrativo do site: a maquiagem virtual. Este é um

aplicativo onde é possível simular uma maquiagem, usando como base uma foto que a usuária faz

o upload no momento do cadastro.

Dessa forma, inova, trazendo conteúdo relevante para o público que gosta de maquiagem e personalizando a comunicação de modo a se relacionar com ele.

CASE Nº 20

O Boticário Mamie Bella

http://www3.boticario.com.br/hot_sites/blogmamiebella/blog.aspx

Para se comunicar diretamente quem vai utilizar o seu produto, O Boticário escolheu por utilizar a internet, um ambiente onde a segmentação é possível, os resultados aparecem mais claramente e

o controle sobre as ações também pode ser medido. O produto em questão é a linha Mamie Bella,

uma linha desenvolvida exclusivamente para mulheres gestantes ou com um filho recém-nascido.

A linha é composta por quatro produtos: um óleo, um creme, um gel e um desodorante.

Para se comunicar com o público de mulheres gestantes e mães com filhos recém-nascidos, O Boticário encontrou como melhor estratégia digital a criação de um blog, que leva o mesmo nome da linha: www3.boticario.com.br/hot_sites/blogmamiebella/blog.aspx. O blog Mamie Bella é mantido por mulheres que estão no período da gravidez, e elas relatam seu dia a dia e os cuidados que elas tem com sua gestação, curiosidades e dicas sobre esse momento tão importante na vida de uma mulher.

O blog se tornou um ambiente confortável para esse público, que acaba também criando um certo

relacionamento com a marca O Boticário e com a linha Mamie Bella. Fora o blog também fazem parte dos canais de relacionamento com este público um twitter http://twitter.com/mamiebella e um álbum da linha no Flickr www.flickr.com/photos/mamiebellaoboticario/.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

CASE Nº 21

O Sol que nunca para de nascer

http://www.endlesssunrise.com/

Várias pessoas dizem quem ver o nascer do Sol é uma ação que reflete na sua rotina, deixa você mais disposto para o dia e mais animado. Porém para muitos não é possível acordar para ver o nascer do Sol, por ser muito cedo e o dia das pessoas ser cada vez mais corrido, as horas de sono são preciosas.

A Sundown resolveu esse problema e criou o site Endless Sunrise www.endlesssunrise.com/ onde

é possível ver o nascer do sol no lugar onde está acontecendo este fenômeno natural no momento

que o usuário está acessando o site. Muito interessante para ver o nascer do sol em diversos

países do globo, com paisagens diferentes e surpreendentes.

O usuário pode contribuir com o projeto, tirando fotos desse fenômeno em sua cidade, postando

as fotos no Flickr e compartilhando com o público que acessa o site. Também é possível baixar um

programinha que altera seu screensaver e quando ativada a proteção de tela ficam aparecendo fotos do nascer do Sol.

Conteúdo gerado pelo consumidor sobre algo que tem tudo a ver com a marca e que tem uma grande aderência com o público que gosta de praia – ver o nascer do sol. Tenho amigos que colecionam fotos de nascer do sol dos inúmeros lugares para os quais já foram.

Integração online e offline por meio da contemplação de lugares de tirar o fôlego e que a internet

é a última coisa da qual você vai lembrar.

CASE Nº 22

Fiat Mio

URL: www.fiat.com.br / www.fiatmio.com.br

A Fiat é uma empresa já bem conhecida no ramo automotivo, com sede em Betim (MG) e matriz

em Turim, Itália.

A Fábrica no Brasil foi inaugurada em 1976. Desde então a Fiat já produziu cerca de 11,8 milhões

de unidades, das quais três milhões foram exportadas para todos os continentes do mundo. Em 2009, a Fiat obteve um novo recorde de vendas e foi novamente líder no mercado brasileiro de veículos, com um total 737 mil veículos emplacados. Foi o oitavo ano na liderança desde 2001, com uma participação de 24,5% do mercado de automóveis e veículos comerciais leves. Sua trajetória é pautada pela inovação, por produtos de alta qualidade e pelo trabalho em parceria com os fornecedores, rede de concessionários e os milhares de colaboradores de uma das maiores fábricas de automóveis do mundo.

Em 2009 a Fiat resolveu criar uma ação totalmente inovadora na internet, como o Fiat Mio: um carro colaborativo, onde os próprios internautas davam opiniões sobre como deveria ser o veículo.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Para explicar um pouco desta ação, o diretor de publicidade e marketing de relacionamento da Fiat, João Batista Ciaco, me contou o case com detalhes.

“O portal do Fiat Mio (www.fiatmio.com.br) foi criado para apontar e discutir tendências automotivas, seja por meio de ideias ou de matérias de todo o mundo. Queríamos entender o que

o consumidor considerava um carro inovador. Começamos a receber sugestões em agosto de

2009, que nos ajudaram a chegar ao briefing do Fiat Concept Car III (FCCIII), que foi construído

pelos designers e engenheiros da Fiat e discutido com os internautas no portal.

É a primeira vez que uma montadora trabalha na construção efetiva de um carro, mesmo que um

carro conceito, de forma colaborativa. Isso é muito inovador, porque estamos falando de uma indústria muito conservadora. Tradicionalmente, a indústria automobilística esconde o desenvolvimento de um novo carro a sete chaves. Ele só é apresentado, efetivamente, no momento do lançamento. Com o Fiat Mio, invertemos o processo. Isso está revolucionando toda a nossa forma de pensar os projetos do futuro. Esse é nosso grande objetivo: uma experiência de

aproximação com os consumidores para mudar a forma conservadora de pensar da indústria automobilística e entendermos os verdadeiros anseios do mercado.

Entre agosto de 2009 e setembro de 2010, tivemos mais de 17 mil sugestões para o protótipo e quase dois milhões de usuários visitaram o portal. Geralmente, as pessoas só sugerem o que conhecem ou o que já tenham visto em algum lugar e, muitas vezes, têm a expectativa de encontrar no carro soluções que fazem parte do seu dia a dia. Não necessariamente que estejam ligadas ao carro, mas que podem ser pensadas como conteúdo oferecido nele. Cabe a nós, como indústria, ir além do que as pessoas estão dizendo para oferecer a solução disponível e surpreendê-las com outras que elas nem imaginam existir.

O FCC III é um projeto realizado na Fiat Automóveis, no Brasil, e foi apresentado no 26° Salão Internacional do Automóvel de São Paulo. Ele é uma criação colaborativa da Fiat, com uma leitura

a partir de um corte nas informações reunidas no portal, feito em junho de 2010. Mesmo no

momento de construção do carro conceito, prestes a ser apresentado ao público, optamos por continuar recebendo as ideias no portal e ficamos sempre atentos ao que as pessoas continuaram sugerindo.

A princípio, faríamos uma campanha para criar um nome para o carro colaborativo, mas decidimos

não fazer mais isso, pois Fiat Mio já se consagrou. Todos já incorporaram Fiat Mio. Desta forma, outro nome para o carro não faria sentido.

Acreditamos que o consumidor representa o poder no mundo de hoje, em tempo real, e isso é um

caminho sem volta. As empresas podem até não falar com ele, mas as conversas e discussões em torno das marcas não deixarão de acontecer. A iniciativa do Fiat Mio mostrou, na prática, o quanto

é importante desenvolver canais eficientes de comunicação com os consumidores, capazes de ‘escutar’ e ‘dialogar’ com cada um deles.

Como dito anteriormente, o Fiat Mio representa uma mudança radical na forma de ouvir o consumidor e de abrir espaço para projetos colaborativos. Estamos vivendo o momento de revolucionar a forma de comunicação, utilizando novas tecnologias, e podendo reverter este processo na produção de produtos sofisticados e alinhados com os anseios de nossos clientes”.

Percaba como que essa ação só foi possível pelo Grau de Atividade do Consumidor e pela maneira com que a Fiat organizou a caótica quantidade de informações transformando-a em inteligência.

Vale a pena ver os vídeos do canal da Fiat no YouTube - http://www.youtube.com/user/fiat - para analisar mais profundamente o case e pensar em como implementar um processo de inovação aberta na sua empresa.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

CASE Nº 23

Camiseteria.com

Site: www.camiseteria.com

Twitter da empresa: @Camiseteria / @SacCamiseteria

Twitter pessoal: @fseixas

Lançado em agosto de 2005 pelos sócios Fabio Seixas e Rodrigo David, o Camiseteria.com foi a primeira empresa a trazer o modelo de concurso de estampas em camisetas para o Brasil e é atual líder nacional no segmento de venda de camisetas pela internet.

A ideia de montar o site surgiu quando Rodrigo David, um dos sócios, participou de um concurso

de estampas de camiseta fora do país e, como designer gráfico, percebeu a carência do mercado

brasileiro em oferecer um “espaço” para formação de uma comunidade com troca de ideias, exposição de trabalhos, etc.

A primeira dificuldade encontrada foi levantar capital para criar o Camiseteria, mas na época seus

sócios apostaram em forma alternativa de levantar capital que deu certo. Outras dificuldades foram referentes ao varejo em si, pois tiveram que aprender muita coisa sozinhos. “A maior lição aprendida é que basta perseverança e vontade de aprender para que as coisas deem certo”, diz Fabio Seixas, sócio-fundador do Camiseteria, analista de sistemas e tecnologista por natureza.

Em agosto de 2005 o site entrou no ar e a evolução da empresa foi muito rápida. “Lembro que antes de lançar o site, ficávamos conversando sobre como seria a receptividade do público e da imprensa, quantas camisetas venderíamos, etc. Erramos todas as previsões. O público abraçou a ideia e mudou completamente o Camiseteria”, conta Fabio.

O Camiseteria.com investe na integração de três conceitos para subverter a forma de se fazer

moda:

- democracia fashionista: tendência na qual o próprio consumidor cria e escolhe o que vai usar;

- design colaborativo: quando a criação é pré-aprovada pelo público-alvo; e

- comunidades na Internet (6ºP): capazes de reunir em um só lugar pessoas com interesses comuns.

Desde o lançamento do site, os usuários do Camiseteria.com já submeteram mais de 37 mil estampas à votação popular dentre seus mais de 190 mil usuários cadastrados. Destas, 410 foram rigorosamente selecionadas para serem impressas em camisetas e comercializadas no site.

Antes de ser uma loja, Fabio Seixas comenta que considera o Camiseteria uma rede social “É o lado social que viabiliza seu modelo de negócio e portanto a loja virtual. Encontramos nas redes sociais o ambiente perfeito para passar a mensagem do que é a marca Camiseteria”.

O Camiseteria tem uma equipe focada em suas ações online, com departamentos de SAC e

marketing. Para obter bons resultados em suas ações, além de realizar o planejamento de campanha, a empresa utiliza referências como o próprio Google Marketing e outros livros do ramo.

(2º P)

Todo o investimento em divulgação do Camiseteria é focado na internet. “A ideia inicial de criar um espaço para o designer funcionou bem, o que nos faz acreditar cada vez mais no poder da internet. Por isso investimos pesado nas redes sociais, aumentando nossa presença nesses canais de comunicação, divulgando e trazendo para o site, assuntos, funcionalidades e novidades que supram a necessidade do nosso público (usuários e/ou clientes) (5ºP).

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Acreditamos que essas mídias são uma forma barata e ainda assim muito poderosa de relacionamento e marketing. Tanto é que usamos esses canais para fazer atendimento ao cliente também” (7ºP), conta Fábio Seixas.

A empresa está presente em diversas redes sociais (confira em:

www.meadiciona.com/camiseteria), no entanto, o foco maior é: Twitter, Facebook, Orkut e Flickr. (6º P)

No Twitter são postadas novidades e links interessantes para o público do site, além de promoções

e divulgação de produtos e concursos internos. O Camiseteria trabalha com dois perfis no Twitter:

@Camiseteria , que é o canal principal, e @SacCamiseteria , para atendimento aos clientes.

“Em ambos perfis o retorno é super bacana! Os usuários interagem com nossos tweets e participam bastante de todas as ações. Financeiramente, o Twitter é hoje responsável por 12% das nossas vendas” conta Fabio Seixas (8ºP).

No Facebook, a empresa trabalha mais com enquetes e novidades e o retorno também é muito bom, representando 4% das vendas.

No Flickr são divulgadas as fotos dos ensaios do Camiseteria.

A rede social com o perfil mais antigo é o Orkut, responsável hoje por 0,5% das vendas. “Em

todas as redes sociais fazemos atendimento ao cliente. A mais antiga é o Orkut, estamos lá há alguns anos. Depois vem o Twitter (desde 2008), Flickr e Facebook (desde 2009)”, conta Fabio.

O Camiseteria acompanha o comportamento de busca do seu consumidor através do Google

Insights e monitora seus concorrentes pelo Google Alertas (1ºP).

As palavras-chave também são estudadas com frequência, sendo as principais para o negócio:

“Camiseta”, “camisetas”, “camiseta personalizada”, “design”, “estampa” e “concurso”. O Camiseteria tem a primeira colocação em palavras como “camiseta” e “camisetas”. (1º P)

A busca natural do Google é responsável por 28% das visitas ao site, o que representa cerca de 100 mil visitas/mês (8ºP).

O site existe desde 2005 mas pequenas mudanças para facilitar a navegação são realizadas com

frequência. As atualizações são feitas a todo momento, não apenas pela empresa, mas também pelo próprio usuário (7ºP) “Nosso conteúdo é muito dinâmico! Semanalmente temos lançamentos de novos produtos, o que nos dá constante conteúdo novo para trabalhar. Além disso, os próprios usuários são responsáveis por grande parte do conteúdo do nosso site através do Blogbox e da galeria de fotos dos usuários disponível em cada estampa.

O BlogBox é uma espécie de "área de lazer" do site. É um espaço onde os frequentadores podem

bater papo, conversar sobre assuntos atuais, arte, moda ou qualquer outra coisa. É uma das seções mais populares do site e recebe em média, 8 mil visitantes únicos por dia. Através do BlogBox recebemos sugestões que são prontamente analisadas pela equipe Camiseteria”, acrescenta Fabio Seixas.

A empresa também utiliza links patrocinados em sua divulgação, mas o investimento e retorno

oscilam de acordo com a época. (5º P)

Campanhas em hotsite são feitas quando há parcerias com outras marcas para divulgar estampas em outros produtos (como adesivos para microondas, shapes de skates e tênis, por exemplo)

(5ºP).

Com relação a e-mail marketing, existe uma newsletter que é enviada semanalmente informando sobre laçamentos, concursos e promoções, responsáveis por grande parte das vendas do site. (7º P).

Para mensurar os resultados, o Camiseteria usa o Google Analytics e outras formas de mensuração de cliques e vendas internas, utilizando o resultado para traçar as ações futuras. (8º P)

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Para finalizar, sobre o mercado web no Brasil e futuro das redes sociais, Fabio Seixas expressa sua opinião: “O mercado está, de maneira geral, muito bom e promissor. O mercado de e-commerce está com ótimas perspectivas de crescimento aqui no Brasil e isso deve alavancar não só o nosso negócio como também vários outros novas empresas no mercado. Com relação as redes sociais, acho que vieram pra ficar. Se hoje já são interessantes para muitas coisas, outras novidades e novos usos ainda estão por vir”.

CASE Nº 24

Refresque suas ideias com Sprite

http://refresque.sprite.com.br/criesuaarte/

A Sprite está se reposicionando no mercado, e para isso lançou 4 novas latinhas sendo cada uma

delas desenhada por um grafiteiro. Agora para uma maior interação com seu público e também com o objetivo de deixar a Sprite com a cara do seu consumidor, a marca convidou os usuários

para criar as novas artes das latinhas do refrigerante.

Todos interessados podem participar, dos participantes os 30 mais votados vão ganhar um Xbox 360 customizado. Após essa peneira inicial, a Sprite vai escolher 4 dessas 30 artes para estampar sua latinha.

O mais interessante da campanha é que o usuário cria sua latinha através do próprio site,

http://refresque.sprite.com.br/criesuaarte/, com ferramentas e elementos que mantinham a

identidade da Sprite. No total foram criadas aproximadamente 1.000 artes para o concurso cultural, e o site foi curtido no Facebook mais de 4 mil vezes.

Fora isso para conseguir mais votos os criadores das artes postavam o link através de suas redes sociais, principalmente Facebook e Twitter, com isso estavam divulgando também o site e o concurso cultural da Sprite. O mais interessante dessa ação com certeza é a relação que a Sprite está buscando com seus consumidores, pedindo inclusive a colaboração destes para o fortalecimento da marca.

Os verdadeiros “donos” da marca são os consumidores.

Pense em como sua marca pode dar poder ao consumidor de transformar e remixar sua marca. Construir juntamente com ele a comunicação da sua empresa.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

CASE Nº 25

Starbucks nas mídias sociais

http://www.midiassociais.net/2010/09/ceo-diz-que-midias-sociais-salvaram-starbucks/

Para saber mais: http://www.midiassociais.net/2010/09/ceo-diz-que-midias-sociais-salvaram- starbucks/

Mesmo as grandes marcas que já construíram uma gigante reputação no mundo offline precisam da internet para manter uma marca que se identifique com o público nos tempos atuais. Um exemplo disso é a Starbucks, maior franquia de café do Mundo e já possui uma marca conhecida por milhares de pessoas. Mesmo assim, segundo Howard Schultz CEO da empresa, em 2008 a Starbucks começou a sofrer uma perda do tráfego de pessoas nas lojas e consequentemente nas vendas; após isso resolveu abrir os olhos e se aproximar do público para entender o porque desse afastamento.

A melhor maneira encontrada pela cafeteria foi a criação de um canal de comunicação na internet

onde é possível que os usuários adicionem ideias que tenham para melhorar a Starbucks, uma vez

cadastradas essas ideias outros usuários podem entrar e apoiar ou descordar dessa ideia. Um ambiente totalmente colaborativo onde cada um diz como pode a Starbucks pode melhorar e ficar ainda mais com a cara de seus reais usuários. O site foi lançado em 2008 e é mantido até hoje, coletando mais e mais ideias, no total são mais de 250 mil usuários cadastrados, ele pode ser acessado através do endereço: http://mystarbucksidea.force.com/.

Fora esse fórum criado a Starbucks também investiu na criação e gerenciamento de suas redes

sociais, atualmente contabiliza um total de 22 milhões de participantes nessas redes. No Facebook

é a marca com mais fãs, chegando perto dos 14 milhões de usuários; no twitter possui mais de 1

milhão de seguidores; o canal do YouTube possui 5 milhões de visualizações; no Foursquare 2,25 milhões de Check-ins.

Uma tendência que falo muito é a de inovação aberta. Contar com as pessoas que estão ligadas a sua marca para melhorá-la. Quanto mais amada é uma marca – lovemark – mais fácil será de fazê-lo. A Starbucks é uma marca amada em todo o mundo, em especial no EUA, e isso facilitou em muito a adesão dos consumidores a a utilização do seu Grau de Atividade para dar ideias para melhorar a marca.

Lembre-se do papel da marca como um pano de fundo da identidade do consumidor que a adota. Melhorar a marca significa torná-la parecida com aquilo que eu quero ser. É uma relação simbiótica em que a marca molda o consumidor e o consumidor molda a marca. O resultado dessa relação mútua é um pouco a cara do consumidor e um pouco a cara do que a empresa constrói para a marca.

Quando sua empresa abre o processo de criação da marca para o próprio mercado auxiliar nesse construto, sua marca naturalmente, obtém maior aderência ao mercado. Processo de inovação aberta cumprem bem esse papel.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

CASE Nº 26

Olympikus e “A Copa das pessoas”

http://www.facebook.com/acopadaspessoas

http://www.acopadaspessoas.com.br

A Olympikus quis mostrar como a Copa do Mundo de futebol é um evento maior do que os jogos

que são disputados dentro do campo. Para mostrar isso ela decidiu criar um documentário mostrando somente os torcedores, comemorando, sofrendo e a paixão desses pela seleção.

Foram convidados cinegrafistas ao redor do mundo e foram filmadas torcidas de todas as seleções. O documentário foi divulgado somente via internet pelo site www.acopadaspessoas.com.br e através das redes sociais, principalmente o Facebook www.facebook.com/acopadaspessoas .

No site também é possível montar o vídeo da sua maneira, digitando algumas palavras-chaves um vídeo é produzido mostrando os sentimentos escolhidos.

O grande objetivo dessa campanha é já ir consolidando na cabeça do povo brasileiro que esse é

um evento muito importante e que engloba além de tudo a interação de pessoas e de apaixonados por futebol. Além disso não é de hoje que a Olympikus quer se consolidar como a maior marca de materiais esportivos do Brasil.

Pode-se ver claramente nesse vídeo uma ação de ligação emocional da marca com o público por meio do esporte se consolidando assim como um sinônimo da categoria esportes. Os vídeos, que mostram pessoas de todas as partes do mundo em torno de um esporte – o futebol – mostra o consumidor como produto, não o futebol.

O destaque é para as pessoas, não para o produto.

CASE Nº 27

Tecnisa vende apartamento pelo Twitter

Fonte: http://info.abril.com.br/noticias/internet/tecnisa-vende-apartamento-pelo-twitter-02062009-

44.shl

Em maio de 2009 a Tecnisa fez a venda do primeiro apartamento via Twitter, o negócio foi fechado através do twitter da empresa http://twitter.com/tecnisa. O apartamento em questão foi um imóvel de três suites, no Alto da Lapa na cidade de São Paulo; no valor de R$ 500 mil.

O comprador que não quis se identificar é um gerente de TI, ele disse seguir o twitter da empresa

a algum tempo, e quando foi anunciada uma promoção onde se ganhava um vale-compras de 2

mil reais e armários para os quartos e cozinha, o gerente de TI não exitou e fechou o negócio via

Twitter mesmo.

Talvez seja o produto mais valioso vendido através de um Twitter até hoje, afinal de contas estamos falando da venda de um apartamento de R$ 500 mil.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

O curioso é perceber que essa ação não foi uma venda ativa como de costume. Repare nas

palavras “ele disse seguir o twitter da empresa a algum tempo”. Isso significa que o Twitter não foi a ferramenta de vendas, foi apenas o canal que estava disponível no momento. O Twitter foi uma ferramenta de marketing direto que se utilizou do relacionamento criado ao longo do tempo.

A Tecnisa não tenta vender nada pelo Twitter ou SlideShare, mas ela se relaciona com os possíveis

clientes para que, em dado ponto do ciclo de relacionamento em que o prospect está mais

propenso a comprar, a Tecnisa esteja junto a ele para lhe oferecer um produto.

Não é venda, é relacionamento que gera venda.

CASE Nº 28

Coffee Groundz

URL: http://thecoffeegroundz.com/

Twitter: http://twitter.com/coffeegroundz

A cafeteria de Houston nos Texas teve uma grande parcela do seu crescimento por conta do

Twitter. Tudo começou quando um consumidor mandou um tweet para a cafeteria, fazendo o pedido do seu café da manhã, o administrador da rede aceitou o pedido e quando o usuário

chegou ao Coffee Groundz lá estava seu café já pronto.

A notícia rapidamente se espalhou pela internet e vários outros usuários fizeram o mesmo

procedimento. Fora isso a cafeteria pensou outras maneiras de melhor utilizar a rede social, e

dentre esse planejamento surgiu a ideia de juntar todos os seguidores que frequentam o café em um evento.

Eventos regulares como este unem pessoas que antes conversavam somente via twitter, proporcionando um relacionamento no “mundo real” entre estes indivíduos. A integração entre o online e o offline é o que torna uma campanha em mídias sociais marcada na lembrança do consumidor.

CASE Nº 29

@NakedPizza

Para saber mais: http://www.zoomdigital.com.br/twitter-o-caso-da-naked-pizza-pequena-empresa-

americana/

Para saber mais ainda: http://revistapegn.globo.com/Empresasenegocios/0,19125,ERA1700371-

2884,00.html

Para saber mais ainda: http://business.twitter.com/twitter101/case_nakedpizza

Twitter: http://twitter.com/nakedpizza

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

A Naked Pizza é uma pizzaria que fica localizada em New Orleans, Estados Unidos; seu principal

diferencial é oferecer alimentação saudável, mesmo se tratando de uma pizza. E como a grande maioria das pizzarias apostava sua comunicação no disparo de e-mails e na entrega de flyers e cardápios. A Naked disse que gastava em torno de US$ 3.000,00 por ano nos envios de

Newsletters informando promoções e mesmo com esse investimento, conseguia um cadastramento muito baixo de novos clientes.

Por isso a pizzaria resolveu experimentar uma nova estratégia, utilizar o Twitter, que é uma ferramenta gratuita e com isso tentar atingir seu público-alvo com mais eficiência, possuindo assim um banco de dados com mais clientes cadastrados.

A experiência inicial no Twitter foi muito boa, no primeiro dia com o twitter,

http://twitter.com/nakedpizza a empresa fez uma promoção divulgada exclusivamente no perfil @NakedPizza; com isso conseguiu nesse dia um aumento de 15% nas vendas. Nas semanas seguintes outras promoções foram feitas, e a cada telefonema que recebiam era perguntado como

o usuário teve contato com a promoção, quase 70% dos entrevistados garantiram ser impactados pelo perfil do twitter.

Hoje a Pizzaria possui mais de 9.700 seguidores no twitter, dos quais segue aproximadamente 6 mil usuários. Com isso a pizzaria possui um banco de dados de potenciais clientes gigantes, sendo os usuários que o @NakedPizza segue somente pessoas de New Orleans ou pessoas com interesse em alimentação saudável, ou seja somente seu público-alvo.

CASE Nº 30

Padaria twitteira

http://twitter.com/albionsoven

http://bakertweet.com/

Vimeo: http://vimeo.com/3972081

Já pensou em sem avisado no momento que saem as especialidades da padaria do seu bairro? Com esse objetivo foi criado o Baker Tweet, um aparelho projetado para padarias que publica no perfil do Twitter da padaria um tweet avisando que algum tipo de pão ou um doce da confeitaria acabou de sair da fornada.

O sistema é muito inteligente e simples, um aparelho que fica na cozinha da padaria e com um

botão giratório o padeiro escolhe o produto que acabou de ser fabricado, uma vez posicionado na

posição correta o padeiro aperta o outro botão e um tweet programado é enviado. Para mais informações e assistir ao vídeo de como o aparelho funciona, acesse o site da empresa:

http://bakertweet.com/ .

O cadastramento acontece pelo site, em uma área interna dos usuários, e é possível cadastrar

diversos produtos. O tweet enviado é composto de uma descrição feita pelo usuário contendo até 140 caracteres e um link para uma página interna no Baker Tweet, que possui uma foto do produto anunciado e o mapa com o apontador da padaria. Um exemplo é essa página anunciando cookies: http://bakertweet.com/m/1074

A padaria Albion, que fica em Londres http://twitter.com/albionsoven foi a primeira padaria a

adotar o mecanismo e aposta nele para aumentar suas vendas até hoje. O interessante é ver que

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

o Baker Tweet foi criado para atender padarias em diversas localidades, pensando na relação Padarias e Twitter que podia ser interessante, e com isso criou um sucesso.

CASE Nº 31

Programa de fidelidade por Twitter e Foursquare

Twitter: http://twitter.com/tastidlite

Para saber mais: http://elasnaoperdoam.wordpress.com/2010/11/03/foursquare-reallly-nice/

A Tasti D-Lite, uma rede de sorveterias localizada nos Estados Unidos tirou bom proveito da

propagação que o Twitter e o foursquare podem proporcionar. No início trabalhava somente o

básico, mas com o tempo viu potencial nas redes e desenvolveu um bom trabalho.

A rede integrou com as duas ferramentas o seu programa de fidelidade, cada vez que o usuário

divulga a marca pelo Twitter ou faz um check-in pelo Foursquare ele ganha pontos. Com isso ganha brindes e descontos para usar na sorveteria, concorrendo inclusive a sorvetes de graça.

Com isso, mais e mais pessoas se tornam adeptos a loja e fica mais fácil de participar do programa de fidelidade, que não precisa guardar cupons, selos ou notas fiscais. Essa foi uma ótima solução, pois além de melhorar esse programa as pessoas ainda divulgam a rede com suas contas.

CASE Nº 32

McDonald's campanha no Foursquare

Para Saber mais: http://www.midiassociais.net/2010/09/mcdonalds-aumenta-33-o-trafego-em-

seus-restaurantes-com-uma-campanha-no-foursquare/

Após um tempo já utilizando e testando o serviço de localização via Foursquare, o McDonald's decidiu realizar uma campanha pela rede com a duração de apenas um dia e com um gasto total de US$ 1.000. A campanha pode ser estruturada localmente devido a utilização da demarcação territorial que o Foursquare permite.

Para alavancar as vendas em uma determinada região o McDonald's optou por uma campanha de distribuição de cupons de desconto, sendo que os cupons eram enviados para o celular das pessoas após estas fazerem o Check-in via Foursquare, os cupons premiavam os visitantes com valores de US $5 e $10.

Essa simples ação aumentou em 33% o tráfego nos restaurantes da rede de fast food, além disso mais de 50 artigos online divulgaram a estratégia usada, assim atingindo mais potenciais consumidores. No final da campanha aproximadamente 600.000 pessoas se uniram aos perfis do McDonald's nas redes sociais.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

CASE Nº 33

Brasília Multisport

Para saber mais: http://www.marketinginternetdigital.com.br/blog/empresas-usam-redes-sociais-

para-atrair-consumidores/

http://bms.vivabrasilia.com/

A Brasília Multisport é uma empresa que organiza competições esportivas pelo Distrito Federal,

como maratonas por exemplo. Em 2009 a empresa estava montando um novo site e optou por seguir a recomendação de alguns conhecidos que entendiam de redes sociais e dar foco e espaço

para estas no site.

Foram criados perfis no YouTube, Facebook, Twitter e Flickr e além dos links para esses perfis, foi criado um box no site que se atualiza automaticamente, assim que é postado um novo conteúdo em qualquer uma dessas redes, para ver com mais detalhes acesse o site:

http://bms.vivabrasilia.com/. O dono da Brasília Multisport comenta também que com o trabalhado nessas redes, ele consegue uma melhor segmentação do seu conteúdo, informando o que é relevante para cada rede específica e não juntando todas numa mesma cesta.

Com essas ações, a Brasília Multisport conseguiu uma melhor interação com esse público interessado em esportes e também um crescimento no faturamento; houve um aumento de 37% dos atletas inscritos nos eventos da empresa no ano seguinte a ação.

CASE Nº 34

Hotsite da Buy Costumes para o Halloween

Site: http://costumize.me

Hotsites são sites temporários que servem para a divulgação de um determinado produto ou serviço específico. Se utilizados em uma campanha que integra mídias online com mídias offline, normalmente é utilizado para aumentar o número de compradores nos PDVs.

Já quando utilizados dentro de uma estratégia 100% digital, são responsáveis por gerar um grande aumento em um site principal, podem ser um e-commerce ou não. O caso que vamos descrever agora foi uma estratégia utilizada pela loja virtual de fantasias www.buycostumes.com, uma empresa já conhecida pelo público norte-americano.

Em outubro, com o Halloween se aproximando o e-commerce de fantasias criou um hotsite sobre

a Festa das Bruxas. As vendas de fantasias nos Estados Unidos nessa data aumentam bastante,

sendo o pico de vendas no ano; assim esta é a principal data para um e-commerce de fantasias investir na divulgação de seu negócio.

A Buy Costumes aproveitando essa oportunidade criou um hotsite bem interativo, o

http://costumize.me, mostrando suas opções de fantasia para celebrar a data. O hotsite foi dividido em 9 categorias principais, cada uma ambientada com uma foto temática e som referente ao tema das fantasias. As seções criadas foram: Batman, Egito, Harry Potter, Piratas, Star Wars, Gangsters, Muppets, Horror e Sexy.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Após escolher pela categoria de sua preferência, o usuário navega no mesmo ambiente já criado pelas fantasias relativas a este tema. Todas as fantasias possuem uma foto muito boa e preço da fantasia na loja virtual, caso o usuário goste de alguma das fantasias tem um botão “Buy Online” que direciona para a página interna da fantasia dentro do www.buycostumes.com.

Fora isso ainda é possível compartilhar qualquer uma das fantasias, podendo assim indicar uma fantasia para um amigo por exemplo. Esse compartilhamento pode ser feito através de redes sociais como Facebook e Twitter ou até mesmo enviando um e-mail.

Essa é uma campanha que se relaciona com o consumidor e conta uma história muito engraçada – fantasias, por si só, contam histórias.

CASE Nº 35

Ruffles 5+

www.ruffles.com.br

A Ruffles com o objetivo de se aproximar do seu principal público e também com a intenção de

melhor entender estes novos consumidores, criou um site muito mais adaptado à nova maneira de se ver a internet – um site que é uma ferramenta de relacionamento, não um cartão de visitas.

Por que os sites têm que se parecer muito mais com folders eletrônicos, ao invés de um canal de

conversação com o público-alvo já que a grande diferença da internet para a mídia convencional é

a interatividade? Estamos herdando o raciocínio da mídia não interativa e colocando-a em forma

de bits interativos. Estamos desperdiçando a capacidade da internet de gerar conversas. A Ruffles entendeu muito melhor que a maioria das marcas isso e criou algo que faz todo sentido no universo interativo da internet.

Transformou o site da marca (www.ruffles.com.br) em uma espécie de fórum, onde toda semana uma pergunta é colocada em votação, após isso 5 Agitadores (como se fossem os moderadores de um fórum) escrevem sua opinião sobre o assunto que está sendo discutido.

Os usuários cadastrados podem fazer comentários sobre o que os Agitadores postaram, e com isso ganham alguns pontos para tentar ser o 5º Agitador, o 5º Agitador é uma vaga rotativa onde um novo usuário é escolhido mensalmente, dependendo da interação do usuário com o site.

Com essa competição saudável dentro do site, além da Ruffles conseguir entender melhor seu público, estes usuários também se sentem a vontade no site da marca para expor suas ideias e contribuir bastante nas discussões para concorrer a vaga de 5º Agitador.

A Ruffles fez o que muitas empresas ainda não perceberam: transformar o site em um espaço de

comunicação com o seu consumidor. Ninguém quer ver um site cartão-de-visitas que fala somente da empresa. O site “minha página principal, meus clientes, meus produtos, meus contatos etc.” está com os dias contados.

Transformar o site em um fórum ou em um blog – como muitas agências estão fazendo – é a melhor maneira de mostrar que sua marca se preocupa com o que o consumidor diz e com o que ele lê a seu respeito de forma colaborativa.

A famosa “página principal” com um resumo do que é a empresa ou uma apresentação sobre o

negócio é uma clara herança da mídia offline. Na internet a lógica é outra.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

CASE Nº 36

Descubra Ariel

http://www.facebook.com/descubraariel

Para lançar um novo lava roupas líquido a Ariel optou por uma campanha online, criou uma página exclusiva no Facebook (www.facebook.com/descubraariel) apoiada na imagem de Fernanda

Torres, sempre engraçada, espontânea e direta ao assunto. Estrelada pela atriz, a página traz para

o visitante um seriado online onde cada um dos episódios trata sobre uma das características do lava roupa liquido, fazendo trocadilhos com a vida cotidiana.

A escolha da Fernanda Torres para fazer episódios de comédia da vida cotidiana foi ótima,

programas desse tipo são o estilo dela e o público já possui uma grande afinidade com o trabalho dela. Os episódios produzidos foram feitos num formato agradável para se assistir na internet, de três a quatro minutos, um tempo razoável para assistir um vídeo de comédia.

Fora esse seriado veiculado através da página do Facebook, por essa mesma página é possível preencher um cadastro simples e receber em até 60 dias uma amostra grátis desse novo lava roupas. Dessa forma atinge exatamente aqueles que gostariam de experimentar o produto em suas casas, lavando suas roupas. Essa é uma ótima maneira de fidelizar clientes, e além de somente apresentar o produto, a página oferece entretenimento e também entrega uma amostra para o consumidor testar.

Utilizar celebridades sempre é uma boa maneira de gerar humanização da sua marca. Você pode criar sua celebridade e fazer com que ela seja a personificação de sua marca – como o Moreno da Bombril, o Tom Dickson da Blendtec, o Fábio Seixas do Camiseteria e vários. Associar o nome de uma pessoa a sua marca tem suas vantagens e desvantagens, lógico. Tome cuidado com que vai fazer a associação, o ideal é que seja com você mesmo, proprietário da empresa.

CASE Nº 37

Tippexperience

http://www.youtube.com/tippexperience

A Tipp-ex é uma marca de fita corretiva já bastante conhecida na Europa, e desenvolveu uma

ação utilizando o YouTube como plataforma principal, personalizando completamente o canal criado, o endereço do canal é: www.youtube.com/tippexperience. No canal criado para a Tipp-ex aparece um vídeo de um caçador pronto para atirar em um urso, e a voz do outro caçador que está filmando induzindo o caçador a atirar.

No meio do vídeo o caçador desiste de atirar no urso, “sai” do vídeo e pega um Tipp-ex que está em uma publicidade ao lado da janela do vídeo e apaga uma parte do título do vídeo; ele apaga a palavra “shoots” do título que era: “A hunter shoots a bear”. Após apagar a palavra, o caçador recomenda que o usuário de um final diferente para a história, para fazer isso deve escrever alguma coisa no campo do título onde foi apagada a palavra e clicar em play.

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

Foram feitos diversos vídeos com as alternativas escritas pelo usuário, são opções das mais variadas possíveis, sempre com um lado cômico e divertido em cada um dos vídeos. O nome do canal é Tipp-experience, ou seja, a experiência de usar o Tipp-ex e mudar o rumo da história; foi uma ótima ação, pois além da interatividade que o usuário consegue ter também possui uma grande relação com o que o produto oferece.

CASE Nº 38

Olympikus - Olimpíadas de 2016

Youtube: http://bit.ly/olympikus (http://www.youtube.com/watch?v=tCrXgBv1Cr4)

Um case que se utiliza de maneira brilhante do marketing de oportunidade é o que a Olympkus fez na época da escolha da sede das Olimpíadas de 2016.

O Rio de Janeiro concorria para ser a cidade sede das Olimpíadas de 2016 e era cotado como o

grande favorito para ser escolhido. Sabendo que existia essa grande chance de ser eleita, a

Olympikus se antecipou e preparou um material para uma campanha do “EU JÁ SABIA”.

A caixa promocional continha um Manifesto do “Eu já sabia” assinado e registrado com um dia de

antecedência, uma mensagem do jogador de vôlei Giba (gravada em um pendrive) e uma camiseta e uma jaqueta exclusivas da Olympikus. A Olympikus escolheu 40 pessoas espalhadas no território brasileiro para entregar as caixas, os escolhidos eram todos formadores de opinião, como celebridades, jornalistas ou donos de blogs. As caixas foram entregues para os indivíduos no exato

momento que anunciavam o Rio de Janeiro como a sede de 2016, a maior diferença de tempo entre o anúncio e a entrega foi de 5 minutos.

A partir desse momento todos os envolvidos na ação começaram a divulgar o que a Olympikus

tinha feito e o #eujasabia. O retorno da ação foi ótimo, pois além de ser a primeira marca que

apareceu dando os parabéns para cidade do Rio também conseguiu um bom retorno em números; com as 40 caixas enviadas impactou em torno de 21 Milhões de pessoas e dos R$11.500,00 investidos com a campanha conseguiu o equivalente a quase R$50.000.000,00 em mídia espontânea.

CASE Nº 39

Quiz Ayrton Senna 50 anos

Aplicativo: http://www.facebook.com/apps/application.php?id=156118121092248&v=i

Para comemorar os 50 anos de nascimento de Ayrton Senna, o Bradesco criou um aplicativo para Facebook, o Quiz Ayrton Senna 50. Nesse aplicativo o usuário era convidado a participar de um quiz (jogo de perguntas e respostas) sobre a vida do ídolo brasileiro da Formula 1.

O quiz estava dividido em 3 etapas diferentes, divididas em Grandes Prêmios, cada um desses GP

tinham 10 perguntas o que totalizava 30 perguntas no total. Os três assuntos explorados no quiz

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

eram: “O piloto Ayrton Senna”; “Ayrton Senna, um brasileiro”; e “O legado do herói Ayrton Senna”.

O participante concorria a ingressos duplos para ir ao Salão do Automóvel de 2010, o primeiro

critério para determinar os vencedores era a pontuação obtida, e como critério desempate o

tempo que o quiz levou para ser respondido, ou seja, a velocidade do usuário.

Você poderia se perguntar porque o quiz não foi desenvolvido em um hotsite promovido pelo Bradesco ao invés de utilizar o Facebook. Pense que você vai vender cerveja. É mais fácil você ir para o rua vender cerveja ou vender dentro de uma festa que já está todo mundo lá? Vender na festa, lógico.

O Facebook é a festa mais cheia para um determinado público-alvo. Para muitos produtos, vender

no Facebook é mais fácil do que tentar vendê-lo no mundo externo a ele. Isso naturalmente trará uma concentração de ações em redes sociais, porém, é preciso integrar as redes sociais com o mundo fora delas.

CASE Nº 40

Mario Persona

Um excelente case de profissional liberal que soube usar a internet como ninguém para alavancar sua carreira foi o palestrante – que particularmente gosto muito – Mario Persona.

Mario tem um site – www.mariopersona.com.br no qual divulga seu trabalho, palestras, consultoria e seus livros – e, a partir dali, consegue uma enorme visibilidade na rede. Exímio escritor, Persona começou a escrever artigos e espalhá-los pela rede em 1998, quando ainda era diretor de comunicação e marketing de uma empresa de TI. Em 2001 criou sua própria empresa de consultoria de comunicação e marketing e passou a publicar suas crônicas de negócios em seu blog "Mario Persona CAFE" – www.mariopersona.net – e também na forma de feed usando o sistema Feedblitz.

Quem pensa que Mario Persona parou por aí, engana-se! O palestrante, consultor e escritor utiliza-se de vários vídeos no YouTube em sua TV Barbante, escreve em alguns outros blogs de sua autoria, tem e-book, vários livros editados e usa o Google Maps para mostrar onde proferiu suas palestras.

Você não precisa mais se render às rádios e TVs para ter seu próprio programa de rádio ou de TV

– Mario Persona é um exemplo vivo do que tenho dito.

Em questão de marketing pessoal, sua estratégia na internet é impecável. Como podem observar, seu site não é em flash, não tem muitas imagens e pode ser criticado por qualquer designer, mas cumpre uma função que poucos o fazem tão bem: tem encontrabilidade. Ao permitir que seus artigos e crônicas sejam publicados gratuitamente por qualquer um, Mario Persona conquistou uma quantidade enorme de gratos blogueiros que têm links apontando para seu site. Isso, como

já vimos, tem um enorme peso no PageRank de um site.

Uma procura pelo nome “Mario Persona”, entre aspas, mostra cerca de 30 mil resultados no Google. O Google lê, por meio do operador “site:”, mais de 500 páginas do site www.mariopersona.com.br.

A partir de seu trabalho na internet, Persona já foi notícia no Jornal Hoje, na Rede Globo, Revista

Melhor, O Estado de S.Paulo, Rádio CBN, Folha de S. Paulo, Venda Mais (outra revista que tem

feito um bom trabalho na internet), Pequenas Empresas Grandes Negócios, Revista Vencer e

Curso de Certificação de Consultores 8Ps do Marketing Digital

muitos outros veículos. Em poucas palavras: vale muito a pena investir em uma estratégia de web para seu negócio, seja você uma empresa ou um profissional liberal.

Mario Persona também está no YouTube. Seu canal no site de vídeos mais famoso do planeta chama-se TV Barbante e tem 152 vídeos que atingiam, antes do fechamento desta edição, a marca de 2 milhões de visualizações.

Sua TV Barbante inclui trechos de palestras que ministra em empresas e eventos. Como no segmento de palestras o cliente quer uma amostra visual do trabalho do palestrante, a TV Barbante mostrou-se vital para o fechamento de novos negócios, aumentando a atuação de Mario Persona no mercado de palestras e treinamentos.

A

programação inclui ainda entrevistas simuladas, gravadas a partir de textos de entrevistas reais,

e

até interações do consultor com personagens de animação para explicar de forma simples

conceitos de comunicação, marketing e carreira.

Mario Persona também tem um blog – o Mario Persona Café (www.mariopersona.net) – que utiliza

o

sistema Blogger do Google para divulgar seus textos. Visando ampliar ainda mais sua exposição

e

a interatividade com seus leitores, o consultor criou um blog onde publica na íntegra as

entrevistas concedidas a sites, jornais e revistas – o www.entrevistado.blogspot.com –, e também

o "Quero ser palestrante", um blog voltado para pessoas que procuram ingressar no mercado de palestras.

Em seu site profissional, que recebe mais de 60 mil visitantes mensais, podem ser encontrados alguns de seus livros para download gratuito, uma excelente estratégia para divulgar o nome. Afinal, quanto mais pirataria, maior a divulgação de sua marca pessoal e mais gente o contratando para palestras e consultoria, que é onde realmente um profissional liberal ganha dinheiro.

Mario Persona utiliza a Internet também nas horas vagas para atividades que não visam lucro, como o blog voltado para portadores de necessidades especiais – www.querocontar.net – onde conta a história de seu filho. Seu interesse pela Bíblia acabou ganhando também um espaço na Web na forma de um canal no Youtube chamado "O evangelho em 3 minutos" (www.youtube.com/mp3minutos), que reúne mais de duzentos vídeos e atrai cerca de 4 mil espectadores diários. O mesmo material é publicado também em formato texto e áudio (mp3) em

www.3minutos.net.

Como tudo isso gera mais de 50 mil visitantes mensais, Mario criou também um blog onde publica respostas às dúvidas que esses correspondentes enviam sobre a Bíblia.

Se você somar todos os números que mencionei nesse case, entenderá por que Mario Persona, trabalhando basicamente a internet de seu home-office, tem tantos contratos e hoje é um palestrante e consultor requisitado por grandes empresas em todo o Brasil. Em minha opinião, um dos profissionais liberais que melhor sabe trabalhar a internet a seu favor.

Estudando o case do Mario Persona, você terá uma boa noção de como trabalhar sua marca na internet. Há outros exemplos bem interessantes de empresas e profissionais que tem aplicado os princípios dos 8 Pês para se destacar na web.