Gilma festeja

aniversário e
dá show de
juventude
• A mais alegre e saltitante
da festa que lotou os salões
da Casa da Amizade foi a
aniversariante Gilma Alfradique Soares de Oliveira
que completou seu 80º aniversário ao lado dos filhos,
netos, além de familiares e
incontáveis amigos.
Pág. 11

O JORNAL
DE NITERÓI
ANO 37 • Nº 1.460 • R$ 1,00 • 1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

Foto: Luciana Carneiro

NORIVAL DE FREITAS

Pág. 3

DESFILE CÍVICO-MILITAR
COMEMORA O DIA DA
INDEPENDÊNCIA

Pág. 3

Pág. 3

Outubro Rosa Niterói
ganha base em Icaraí.
Campanha aqui já tem
quatro anos
Pág. 2

A guitarra de Andy
Timmons no Teatro da
Associação Médica
Fluminense
Pág. 8

Vereadores prestam
homenagens a campeões
dos Jogos ParapanAmericanos
Pág. 9

2

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

OUTUBRO ROSA NITERÓI GANHA BASE EM ICARAÍ
••• Campanha na cidade completa quatro anos •••
• Rua Álvares de Azevedo
esquina com Praia de Icaraí:
este é o endereço para quem
quiser participar da campanha contra o câncer de
mama, doença que afeta homens e mulheres e se diagnosticada precocemente é
curável. No Container Rosa
de 15 m2 e estilo Pop Store,
cedido pela Rio Box, profissionais da saúde e outros voluntários vão dar
esclarecimentos, ensinar a
fazer o autoexame e distribuir folhetos. Serão vendidas
camisetas, cuja renda irá
para obras sociais que trabalham com a causa, entre elas
a Fundação Laço Rosa e a
Ong + Humana. A inauguração foi na quinta-feira 03. O
local vai funcionar, este mês
inteiro, no turno da tarde e
depois, até novembro, das 9h
às 12h e das 17h às 20h.
O Outubro Rosa foi trazido
para Niterói, em 2012, pela
empresária Sílvia Calil, logo
depois que descobriu estar
com câncer. Ela morreu em
agosto e seu legado ficou com
a cunhada Camila Cavalcanti, coordenadora da campa-

Camila Cavalcanti

nha, que tem como objetivo
transformar Niterói em cidade referência na luta contra o
câncer de mama. “Queremos
fazer a corrente do bem crescer mais a cada dia, diminuir
sequelas e sofrimentos”. Várias ações estão programadas
para o mês de outubro, como
remada, bike rosa, “motociata”, caminhada, flash mob,
palestra de conscientização,
entre outras.

Container Rosa

O MAL NÃO MOSTRA A CARA
• Segundo tipo mais frequente no
mundo, o câncer de mama é o mais
comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a
cada ano. Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é
relativamente bom.
No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam
elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada
em estádios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após
cinco anos é de 61%.

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

3

SANTA ROSA

Desfile cívico-militar comemora o Dia da Independência
Fotos: Péricles Rodrigues

• Cerca de 5 mil pessoas, de
acordo com a Polícia Militar,
assistiram na manhã desta segunda-feira 7, o desfile cívicomilitar na Avenida Amaral Peixoto, organizado pela Secretaria Municipal de Educação, Ciência e Tecnologia. Pelo segundo ano, o desfile comemorativo
ao Dia da Independência contou com a participação da
Guarda Municipal, que desfilou com 120 guardas dos grupamentos da Patrulha Escolar,
Guarda Ambiental, de trânsito
e de pronto emprego.
Os integrantes da Guarda
desfilaram com uniforme novo.
O desfile contou ainda com a
presença de cães e de carros e
motocicletas utilizadas no serviço, além do ônibus que atua
no combate às drogas.
No desfile militar também
participaram tropas do Exército, Marinha, Polícia Militar e
Corpo de Bombeiros. Em seguida passaram pela avenida alunos de dez escolas da rede municipal de ensino, da rede estaSindilojas debate
segurança com o novo
comandante do 12º
Batalhão — Preocupada em
conter o avanço da criminalidade na cidade, a diretoria do
Sindilojas/Niterói recebeu o
novo comandante do 12º BPM,

O vice-prefeito Axel Grael acompanhou todo o desfile

Integrantes da Guarda desfilaram com uniforme novo

dual, de colégios particulares,
dos escoteiros, da Apae e do
Projeto Gugu.
O vice-prefeito Axel Grael
acompanhou todo o desfile e
destacou a importância da participação de crianças e adolescentes no Dia da Independên-

cia. Logo após a revista da tropa, o evento teve início com o
hasteamento das bandeiras do
Brasil, do Estado do Rio e de
Niterói, que foi hasteada pelo
vice-prefeito, ao lado do comandante da Artilharia Divisionária da 1ª Divisão do Exército

(AD/1), general Edson Dill Ripoli, e do presidente da Câmara, Paulo Bagueira.
A Secretária Municipal de
Educação, Ciência e Tecnologia,
Flávia Monteiro de Barros, disse
que é muito importante transmitir para as crianças os valores

cívicos. ”É preciso que as crianças e jovens aprendam a importância do país, da Pátria e hoje é
um dia de comemoração em
todo o Brasil. Os alunos da rede,
de diversas idades, estão participando com muito entusiasmo
deste desfile”, afirmou.

Cel. Fernando Salema, para
trocar informações a respeito
da Segurança Pública. A
reunião durou mais de duas
horas e serviu também para
que os lojistas apresentassem
reivindicações de reforços no
policiamento em alguns

trechos mais sensíveis do
Centro, assim como o entorno
da Rua Tavares de Macedo, em
Icaraí, onde recentemente
ocorreram arrombamentos.
— Falamos ao coronel do
nosso interesse, por exemplo,
na reativação da cabine de vi-

gilância do Rink, e ele nos disse que acha extremamente válida a reativação, num sistema
integrado da PM com a Guarda
Municipal — disse Charbel
Tauil, presidente do Sindilojas.
— Assim sendo, vamos solicitar autorização ao prefeito

Rodrigo Neves para a utilização da Guarda, a exemplo do
que já ocorre no Largo do Marrão. Na reunião também foi
solicitado policiamento reforçado para os principais corredores comerciais da cidade, em
novembro e dezembro.

A INSANIDADE EM NOME DE DEUS
Téspis de Souza

O

que mais ouvimos
de pessoas que
professam uma
religião é que a
dele é a melhor, é
a única que o levará ao Criador, que as demais são coisas do Demo, e por aí vai.
Bem, o fato é que todo mundo tenta puxar a brasa para
sua sardinha e não mede esforços para conquistar fiéis.
Os argumentos usados são
os mais diversos.
Em geral, a simples ameaça de que o indivíduo irá
residir nas profundezas incandescentes do inferno já é
motivo suficiente para que o

pobre se filie a esta ou aquela
corrente e, ali, entregando seus
dízimos mensalmente, fique sob
o domínio do seu padre, pastor,
pai de santo ou qualquer outra
coisa que os valha.
Contudo, apesar da luta interna no Brasil entre as diversas religiões, que já estão aí há
muito tempo, uma nova seita
se aproxima dos brasileiros e
vem ganhando adeptos, aumentando seu espaço de ação
e influência nos costumes do
povo tupiniquim.
Estou me referindo ao islamismo que, no mundo inteiro,
está ganhando terreno e, cada
vez mais, aumentando seu poder dentro das poderosas nações do planeta. As previsões
dão conta de que nos próximos

trinta anos a Europa será islâmica. Países como Alemanha,
França, Espanha, apenas para
exemplificar, serão dominados
por esta religião.
Nenhum problema, afinal,
mais uma religião significa mais
gente seguindo o reto caminho
comportamental rumo a Deus,
maior amor entre as pessoas
etc. Ledo engano.
O problema é que esta religião tem por hábito (e o comportamento dos seus fiéis ao
redor do mundo provam o que
falo) a eliminação, pura e simples, das demais crenças religiosas, Eles não gostam e nem
toleram a coexistência pacífica. Nos países africanos, em
geral, a barbárie corre à solta
e cristãos estão sendo dizima-

dos em nome de... Alah!
Sim, Alah tem sido razão,
motivo e desculpa para tudo.
Não concordo com a forma irônica e mesmo idiota que os
cartunistas franceses, mortos
por radicais islâmicos, em Paris, tratavam esta religião.
Não, definitivamente, eles
não deveriam ter ido tão longe! Porém, vemos também,
pelo mundo, que a religião católica, por exemplo, sofre sempre com deboches e piadas.
Apesar disto, nunca ouvimos
dizer que cristãos fuzilaram
pessoas que falaram mal de
sua religião. Creio que, para
eles, tal ato é impensável, até
porque acreditam que só com
o amor de Cristo poderão mudar o coração dos homens que

ainda não encontraram seu
Criador.
Desta forma, é preciso
que as autoridades brasileiras estejam atentas para
que seja cumprida a Constituição do país, onde se
prevê que a liberdade de
expressão religiosa deve
ser amplamente respeitada,
não se permitindo qualquer
discriminação quanto a credos. Toda religião, em um
Estado laico, é e deve ser
bem aceita, desde, é claro,
que se submeta aos ditames
legais e morais da sociedade onde a mesma está sendo inserida.
Téspis de Souza é jornalista

4

SANTA ROSA

Bancos podem ter funcionário
exclusivo para auxiliar idoso
• Os bancos do estado do
Rio podem ser obrigados a
manter um funcionário exclusivo para auxiliar idosos
nos caixas eletrônicos. Este
é o objetivo do projeto de lei
307/15, do deputado Jorge
Picciani (PMDB), que a Assembleia Legislativa do Rio
(Alerj) aprovou em primeira
discussão. Pela proposta, os
bancos terão 90 dias para se
adaptar à exigência. A partir desse prazo, o descum-

primento pode gerar multa
de até 50 mil UFIR-RJ.
“Hoje, com a tecnologia,
os bancos diminuíram muito o número dos funcionários. Mas na questão dos idosos é preciso ter cuidado.
Temos diversos casos onde
idosos são ludibriados ao
pedir a ajuda de terceiros”,
explica Picciani.
O projeto ainda será votado em segunda discussão
pela Alerj.

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

Agora é Lei: Exame para câncer
poderá ser feito na rede pública
• O Executivo fluminense
fica autorizado a implantar,
na rede pública de saúde, a
realização de exames genéticos para detectar a probabilidade de mulheres desenvolverem câncer. É o que determina a lei 7.049/15, de autoria da deputada Marcia
Jeovani (PR), sancionada pelo
governador Luiz Fernando
Pezão e publicada no Diário
Oficial do Poder Executivo do
último 26 de agosto. O exame
tornou-se conhecido depois
que a atriz americana Angeli-

Deputada Márcia Jeovani

na Jolie anunciou ter removido suas mamas após um teste
ter mostrado alta probabilidade de desenvolvimento de
tumores.
De acordo com a parlamentar, o exame dá esperanças às
mulheres com histórico familiar de câncer de mama ou de
ovário. “Não é qualquer pessoa que tem condição de pagar por um exame como esse.
A cada dia aumenta o número de mulheres com câncer de
mama. É uma chance de sobrevida para elas”, destacou.

CARTAS... CARTAS...
Parabéns — Caríssima Sílvia,
parabéns pelo 37ºaniversário do
Jornal Santa Rosa!!! Entretanto, os
aplausos mais calorosos são para
você, pessoalmente, como a alma
e o coração – e, sobretudo, a força-motriz administrativa – que
animam e impulsionam o mais
prestigioso órgão de informação
da imprensa alternativa do Estado do Rio. O JSR é, mais que um
vibrante noticioso; é um mensageiro de amor e carinho para
seus leitores!!!
Antonio Soares de Oliveira – ASO
Dengue — Na esquina da Av.
Roberto Silveira com Rua Cinco
de Julho há um pequeno lago
com uma escultura de ferro enferrujada, onde jorra água ininterruptamente. O local foi cercado
com ripas e serve de casa a mendigos que se banham e bebem
daquela água. Problema maior é
a proliferação de mosquitos que
formam ali um foco de transmissores da dengue. A mosquitada
invade meu apartamento, próximo dali. Peço providências urgentes às autoridades sanitárias.
Vários casos de dengue já foram
confirmados no bairro. Cadê a
nossa saúde pública?
Terezinha Campos – Icaraí
Monarquia — Comovente a
matéria sobre as presidiárias em

favor das crianças aidéticas. Fiquei emocionado. Apesar de não
ser monarquista, reconheço que o
artigo do jornalista Téspis de
Souza foi bem articulado propugnando a volta da monarquia
como solução para a gravíssima
crise que jogou o Brasil no fundo
do poço.
Erthal Rocha – Icaraí
Ampla — Solicito aos responsáveis pelo serviço de aferição da
Ampla que respondam as solicitações que lhes são feitas. Minha
conta tem vindo muito acima do
normal, visto que moro sozinho,
fico fora o dia todo e, sequer roupa lavo em casa, uso ar refrigerado, ventilador e, nos finais de semana viajo. Como posso receber
uma conta acima de trezentos
reais? Não podemos virar reféns
também da Ampla. Reclamei e
até agora não obtive respostas.
Bento Rodrigues Neto – Icaraí
Unimed — Tem sido uma via
crucis conseguir agendamento
para consultas e exames através
da Unimed Leste/Fluminense.
Estou muito apreensiva com recentes notícias em relação ao plano. Gostaria de obter uma resposta acerca da real situação da
Leste/Fluminense.
Pablo Brum de Souza – Santa
Rosa

Certificado nas mãos e a alegria da conquista de conhecimentos na área da informática

LBV entrega certificados aos participantes
do Curso de Informática
• A Legião da Boa Vontade
(LBV) promoveu a entrega de
certificados de conclusão do
Curso de Informática aos participantes do Programa de Capacitação e Inclusão Produtiva. As aulas, oferecidas gratuitamente aos alunos, são desenvolvidas no Centro Comunitário de Assistência Social
da Instituição, em Niterói,
onde a ação beneficia jovens e

adultos, em situação de vulnerabilidade social proporcionando-os a inserção no mercado de trabalho.
Durante o curso, os participantes conhecem as ferramentas de informática, adquirindo habilidades em trabalhos
informatizados, digitação e
vários programas como Windows, Word, Power Point, Excel, Internet, planilhas, além

Editora Chefe: Maria Sílvia de Souza Tani (15428 MT)
Diretora: Maria Sílvia de Souza Tani
Assessoria Jurídica: Ennio Figueiredo Júnior
Diagramação: José Rosário (freelancer: 2710-3984)
Distribuição: Ernesto Guadelupe

de aprenderem a elaborar currículo e receberem noções de
cidadania. “Espero que a LBV
continue com esse trabalho
em prol da comunidade. Hoje
encerramos um ciclo, mas já
pensando em um próximo,
concluiu a aluna Liene dos
Santos”. Maiores informações: (21) 3628-8660.
Alameda São Boaventura
474, Fonseca.

NOSSO GRUPO PUBLICIDADE E EDITORA LTDA.
CNPJ: 06.091.234/0001-78
Rua Matoso Maia, 46 • Bairro de Fátima • Niterói
CEP: 24.070-020
Tels.:(21) 2613-0948 / 99751-2915
e-mail: santarosajornal@gmail.com
silviatani@oi.com.br
Matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores

CIRCULAÇÃO: Bairro de Fátima • Boa Viagem • Centro • Charitas • Cubango • Fonseca • Ingá • Icaraí • Jardim Icaraí • Jurujuba
• Pendotiba • Santa Rosa • São Domingos • São Francisco • Região Oceânica • Vital Brazil etc...

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

5

SANTA ROSA

Jogadores de Futebol são homenageados na Câmara de Niterói
Fotos: Sergio Gomes

• Representantes de um passado
que não sai da memória dos
amantes do futebol foram homenageados na Câmara de Vereadores. Jogadores, treinadores e
professores do esporte mais popular do mundo receberam moções de congratulação e a ‘Medalha José Clemente Pereira’, dada
aos campeões mundiais pelos
vereadores Luiz Carlos Gallo
(PROS) e Paulo Bagueira (Solidariedade). Nada menos que 73
craques, entre campeões mundiais, ídolos de seus clubes e formadores de novos talentos, trouxeram à lembrança de todos um
pouco do chamado futebol arte.
A noite, entretanto, não ficou
restrita às lembranças do passado, mas também serviu para
discutir o quadro atual e evitar
que o futuro seja a repetição de
um presente de decepções. O
professor Carlos Condeixa, treinador de futebol e um dos organizadores do evento, disse que
Niterói, tida como uma das primeiras em qualidade de vida do
Estado, perdeu todas as referências do futebol.
“Não temos nenhum time de
futebol na primeira divisão.
Não existem mais clubes ativos
para revelar talentos. Os campos

de “pelada’ viraram espigões. A
vizinha São Gonçalo tem três
equipes disputando torneios estaduais” destaca Condeixa.
Celeiro de craques como Zizinho, Didi, Leonardo e Gerson,
Niterói já teve clubes como o
Fonseca Atlético Clube e o Canto
do Rio fazendo frente aos grandes clubes cariocas. O Cruzeiro,
de Pendotiba, em 1998, foi o último a disputar um campeonato
oficial de acesso à elite do futebol.
Estrelas – Jair Marinho, Roberto Miranda, Búfalo Gil, Sebastião Lazaroni, Caio Cambalhota, Paulo Campos, Paulo Zagallo (filho de Mario Jorge
Lobo Zagallo), ex-jogadores não
tão famosos e uma legião de admiradores lotaram as galerias
da Câmara.
O bicampeão Jair Marinho,
que foi treinador do Canto do
Rio e participou de duas Copas
do Mundo deu a receita para que
o futebol volte a ser o que era.
“Os meninos precisam de escolinha de futebol e escola. Café
da manhã, esporte, almoço, estudo e, depois, casa. Chega cansado em casa, não tem tempo de
pensar e fazer besteira. Novos
talentos eram descobertos dessa
forma”, conta Jair, que recebeu a

Paulo Lobo Zagallo e Aldami Rosa, conhecido como
Corcel, ex-jogador de futebol

‘Medalha José Clemente Pereira’, honraria aprovada para todos os atletas niteroienses que se
sagraram campeões do mundo
pela Seleção Brasileira.
Para o vereador e ex-jogador
Gallo a volta do Canto do Rio é
fundamental para o renascimento do esporte. “Há alguns anos o
Canto do Rio teve que jogar em
Rio Bonito, pois o Botafogo não
permitia que a equipe usasse o
Caio Martins. Nem pagando eles
aceitaram. O atual prefeito está
fechando um acordo com a dire-

Carlos Condeixa entrega o diploma da Medalha José Clemente
Pereira para o campeão do mundo, Roberto Miranda

toria do clube para que a população e o Canto do Rio possam
usar o local”, revela o vereador.
Histórias – Ao longo da
noite muitas histórias e lembranças. Búfalo Gil, morador de
Niterói há 33 anos, disse que
sua melhor opção foi pela cidade. Marcus Vinícius, conhecido
como Michael Jackson, contou
como chegou à Alemanha no
pós-guerra para jogar num time
e sofreu forte preconceito. Além
dos atletas homenageados e
seus familiares também partici-

param os vereadores Bira Marques, José Vicente Filho e Paulo
Eduardo Gomes. O vereador
José Vicente, que atuou profissionalmente como jogador, sugeriu que a Lei de Diretrizes Orçamentárias, a LDO, inclua recursos para o Canto do Rio e demais clubes que tenham como
meta chegar à primeira divisão
do futebol carioca. Ex-funcionários da Câmara, como Uriel,
primeiro brasileiro a jogar nos
Estados Unidos, também foram
homenageados.

6

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015
Foto: Ulisses Franceschi

EM ALTO ESTILO — O desembargador Luiz Fernando
Ribeiro de Carvalho, presidente do Tribunal de Justiça, foi
homenageado nas comemorações de seu 68º aniversário,
no salão nobre do Palácio da Justiça/RJ, por amigos, membros da magistratura, procuradores, promotores de Justiça,
defensores públicos, além de inúmeros advogados. Na
foto, o aniversariante ao lado da mulher Eliana, entre o
desembargador Antônio Carlos Amado e Erthal Rocha,
jornalista e defensor público.

NOITE FASHION — Antonio José Barbosa da Silva, o juiz Fabrício Antonio Soares, diretor
do Fórum Federal em Niterói e sua esposa, no Jantar de Confraternização do 188º aniversário dos Cursos Jurídicos no Brasil, realizado pela OAB/Niterói, no Praia Clube São Francisco, reunindo o mundo jurídico, autoridades, políticos e a sociedade niteroiense.
Foto: Márcia Pantaleão

NO COMPASSO — O Coral da OAB/Niterói está com tudo!
Acaba de ser convidado para participar do V Encontro de
Corais de Bom Jardim, nos dias 19 e 20. O convite foi de João
Claudio Daumas Lassorette, secretário de Turismo, Esporte e
Lazer do município, fundado pela família Erthal. A presidente da Comissão Artística e Cultural da OAB/Niterói, Rosa
Claudia Ribeiro, já aceitou o honroso convite.
O encontro, segundo João Claudio, reúne os “apaixonados
pelo conto coral com o intuito de proporcionar o
fortalecimento de elos de amizade e musicais”.

DESTAQUES
— Silvana e
Roberto
Blackman:
presenças
bonitas e
simpáticas
nos eventos
sociais e
culturais da
cidade

SOLTINHAS... SOLTINHAS... SOLTINHAS...
SOLTINHAS... SOLTINHAS... SOLTINHAS...
⌧ É menino e vai se chamar Arthur, o bebê que Raphaela Cristina e Filipe Vidal Soares de
Oliveira esperam para Fevereiro. Parabéns ao casal!

⌧ Será neste sábado 19, às 12h, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), em São

Francisco, a “Tarde de Reencontro dos Fidelenses Ausentes”, coordenada pelo casal Penha/José Tito Jacomini, como anualmente acontece. Um programaço, onde amigos se
encontram para degustar aquela comidinha caseira, cheirosa, gostosíssima de dar água
na boca!!! À frente estará o master chefe internacional, Manoel Ribeiro Abreu... Detalhes
e fotos na próxima edição. Aguardem!!!
⌧ Uma lata de Coca-Cola passou a ser cobrada em um restaurante da Zona Sul de Niterói
pelo preço de R$ 7,00. É ou não é um absurdo?
⌧ A presidente da OAB/Mulher de Niterói, Namara Gurupy, participou em Campo Grande/MS, da Conferência Internacional do Meio Ambiente. Namara que é descendente de
índios, também teve encontro com a presidente do Conselho Nacional das Mulheres Indígenas, Evanir Terena.
⌧ O Hospital Estadual Azevedo Lima, em Niterói, comemorou o Dia do Psicólogo
reunindo profissionais e universitários da área para debates sobre temas da atualidade.
As palestras exploraram assuntos como espiritualidade, conflitos psíquicos na estrutura
familiar, paciente crônico, entre outros.

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

7

SANTA ROSA

santarosajornal@gmail.com

Maquiagem ultrarresistente: o ponto
comum entre esporte e casamento
Produto alemão torna-se o elixir da felicidade
de atletas e noivas
Foto: Peter Raine

SOLIDARIEDADE — Este
ano o aniversário de 70º
aniversário do médico veterinário Aristeu Pessanha,
presidente do Rotary Niterói/Norte, foi comemorado
de forma diferente. A festa
foi na Casa da Amizade,
em Charitas, e os amigos,
ao invés de presentes, levaram alimentos não perecíveis e artigos de higiene
pessoal, para distribuição
aos carentes. As doações
surpreenderam, provando

• João Candido Portinari,
Diretor-Presidente do Projeto Portinari, em Nova
York, na cerimônia de devolução dos painéis “Guerra e Paz”, de Portinari, à
sede da Organização das
Nações Unidas (ONU).
João, filho do artista, fez
um belo discurso no salão
da Assembleia-Geral, com
a presença do SecretárioGeral Ban Ki-moon, que
abriu o evento. Na foto:
João Portinari com a mulher Maria Edina e sua assistente Eliza.
“Seu trabalho vai preencher uma grande parte de
sua vida, e a única maneira
de ficar realmente satisfeito
é fazer o que você acredita
ser um ótimo trabalho. E a
única maneira de fazer um
excelente trabalho é amar o
que você faz”. (Steve Jobs)

que o niteroiense é solidário
em todos os sentidos. Aristeu e
Élvia se esmeraram na recepção aos convidados, com o carinho que os caracteriza. Presentes inúmeros amigos, companheiros do RC e da Academia de Medicina Veterinária,
entre eles, o engenheiro João
Bosco de Barros com Angela; o
presidente da OAB/Niterói
Antonio José Barbosa da Silva
e Bernadete; Márcia Pessanha,
presidente da Academia Niteroiense de Letras, com o mari-

do Aldo Pessanha; Matilde
Slaibi Conti, presidente do
Cenáculo Fluminense de
História e Letras e José
França Conti. Saudaram o
homenageado, o médico
João Aylmer de Souza e o
jornalista Erthal Rocha. Na
foto de Adhemir Rebelo:
Aristeu Pessanha e Élvia
ao lado de Angela Cristina
Cury, diretora do RC Niterói/Norte e Cláudia Cataldi, colunista do jornal O
Fluminense.

• Tão importante
quanto a festa e o
vestido, a maquiagem é um item que
tira o sono das noivas. Afinal, nada
pode apagar o brilho e as atenções
voltadas para a
mulher em seu "dia
D", que precisa estar deslumbrante.
Como se preparar
para dançar, suar e
beijar os convidados sem se preocupar com a durabilidade do make? A
solução, acreditem,
veio do esporte.
Muitos maquiadores estão adotando
os mesmos produ- A noiva Natália Almeida é maquiada por Aloan Lopes
tos usados pelas
atletas do nado sincronizado. verdadeiras feições e cor da
A escolha permite uma maqui- pessoa maquiada, a pintura
agem perfeita do início da ceri- deve ser aplicada com moderamônia ao final da festa. A mar- ção, apenas disfarçando as
ca alemã Kryolan – também imperfeições e cobrindo manaplicada nos acrobatas do Cir- chas, cicatrizes e olheiras,
que Du Soleil – promete uma Respeitar o estilo, a personaliduração de até sete horas no dade e a beleza individual de
rosto de nadadoras e noivi- cada mulher. Ou seja, nada de
nhas, independentemente de exageros, senão corre o risco
suor, lágrimas, abraços e pisci- de o noivo e os convidados não
nas. E, o melhor de tudo, dis- reconhecerem a noiva", alerta
pensa retoques.
Aloan Lopes, personal beauty
"Porém, por ser uma linha de Niterói, proprietária de um
muito pigmentada e de alta fi- centro de beleza com seu
xação, alguns cuidados são nome na Boa Viagem, cujo difefundamentais na hora da apli- rencial de trabalho lhe garante
cação. Para não distorcer as agenda cheia até 2017.

SHOW MEN — Luiz Carlos Júnior Rodrigues, assessor especial da presidência da OAB/Niterói, recebeu homenagem
durante a realização do conselho pelo brilhante desempenho desenvolvido na elaboração da extensa programação
comemorativa ao 188º aniversário de fundação dos Cursos
Jurídicos no País. Ele recebeu uma placa pelo excelente trabalho, que tornou a programação num sucesso total que repercutiu em todo o estado. Foi saudado pelo vice-presidente
Fernando Dias e pela presidente do Núcleo de Violência
contra a Mulher, conselheira Eni Campos.

8

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

CULTURA

ALBERTO ARAÚJO

a.alberto.sousa@bol.com.br

Andy Timmons no Teatro da AMF em Niterói
Na abertura, o guitarrista niteroiense Alex Martinho tocará algumas músicas de seu
trabalho instrumental, lançando seu novo DVD

Cine Nikiti
exibe o longa
“Ela Volta na
Quinta”
• Em parceria com o Festival
Visões Periféricas, o filme “Ela
Volta na Quinta”, com direção
e roteiro de André Novaes Oliveira, será exibido nesta quarta-feira 16, às 19h, no Solar do
Jambeiro, com entrada gratuita. No elenco: Maria José No-

vaes, Norberto Oliveira, Renato Novaes, André Novais Oliveira, Carla Patrícia, Elida Silpe e Tatiana Del Magro. Crise
no relacionamento de um casal
de idosos afeta a rotina dos
filhos, dois rapazes que se preparavam para sair de casa. Os
protagonistas são André, o irmão Renato, a mãe Maria José
e o pai Norberto, interpretando personagens de mesmo
nome, em uma história pessoal
passada na casa do diretor.
Você é o nosso convidado,
venha!!!
Rua Presidente Domiciano
195, no Ingá.

As Bodas de Rapunzel na UFF
• Rapunzel (Rachel Palmeirim) e
o Príncipe (Ricardo Lyra Jr) estão
comemorando suas Bodas Encantadas de casamento. Para isso,
relembram os momentos felizes,
tristes e cheios de aventuras que
passaram em suas vidas retornando ao local onde toda a história se passou. Para surpresa do
casal surge Gothel (Eliana Lugatti), a mulher malvada que criou
Rapunzel. Ao ficar sabendo que
os dois andam espalhando a versão deles da história, ela resolve
explicar o motivo de todas as
suas ações. Os personagens voltam no tempo e a clássica história
é recontada com música ao vivo,

• O guitarrista americano apresentará Workshop na quartafeira, dia 23, às 20h, no Teatro da
Associação Médica Fluminense
(AMF) onde tocará ao vivo diversas músicas de seu repertório
instrumental, baseado nos seus
CDs lançados desde 1994 – alguns deles pelo selo “Favored
Nations”, do consagrado guitarrista Steve Vai.
Andy iniciou sua carreira musical aos 13 anos de idade, em
1976. Nos anos seguintes, estudou guitarra na Universidade
de Miami, e trabalhou bastante
como músico de estúdio em
Dallas/Texas. Mas foi somente
no fim dos anos 80 que Andy
ganhou notoriedade mundial
ao ser convidado para entrar na
banda Danger Danger, uma das
mais fortes da cena hard-rock
americana dessa época. Em 93
se desligou da banda, e montou
a Andy Timmons Band, onde iniciou seu trabalho mais focado

em música instrumental, que
tem influências desde o Jazz e
Fusion até o Hard Rock. Hoje
Andy é um dos guitarristas
mais respeitados do mundo,
estando no mesmo nível de artistas consagrados como Steve

Vai e Joe Satriani.
Muita música de altíssimo
nível rolará, não perca! Chance
muito rara de ver esse guitar hero
de perto.
Av. Roberto Silveira 123, em
Icaraí.

‘3 Vezes Shakespeare’ no Teatro Eduardo Kraichete
Espetáculos farão o público pensar sobre questões sociais como preconceito e violência doméstica
• A Mostra Controvérsias, que a Oficina Social de Teatro
(OST) está apresentando desde o mês passado no Teatro
Eduardo Kraichete, retomou os espetáculos nesta quartafeira 9, às 19h30, com “3 vezes Shakespeare”, até o dia
30 de setembro.
Entre os anos 1585 e 1592 existiu um homem que começou
uma sucedida carreira em Londres como ator, dramaturgo e
proprietário da companhia de teatro Lord Chamberlain’s
Men. Essa história fala de William Shakespeare, que foi um
homem atormentado por suas paixões e seus fantasmas que
viveu em um período onde o contexto histórico favorecia o
desenvolvimento cultural e artístico, já que a Inglaterra vivia
tempos de ouro sob o reinado da Rainha Elisabeth I. Esse
homem viveu nesse período, conhecido como teatro elisabeteano, escreveu tragédias, dramas históricos e comédias que
marcam até os dias de hoje o cenário teatral, porque tratam
de temas próprios dos seres humanos, independente do tempo histórico. Texto e direção: Aléssio Abdon.
Avenida Roberto Silveira 123, em Icaraí.

intervenções sonoras e solos instrumentais (Renato Badeco). A
peça tem direção e produção de
Cida Palmeirim, também diretora da ARTECORPO Teatro e Cia.
Sábados e domingos, de 5 a 20 de
setembro, às 17h, no Teatro da
UFF. Vale conferir!!! Rua Miguel
de Frias 9, em Icaraí.

UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS... UMAS & OUTRAS...
•• Em sessão solene na Academia Fluminense de Letras,
presidida por Waldenir de
Bragança, nesta quinta-feira
10, Célio Erthal Rocha tomou posse como membro
titular da Classe de Letras, na
Cadeira 27, patronímica do
Acadêmico Alberto Francisco Torres, tendo como patro-

no Luiz Pistarini. A saudação foi
do Acadêmico Sávio Soares de
Sousa. Parabéns!!!
•• “Rabiscos da Alma” é a exposição do jornalista Mario Sousa, com curadoria de P.R.Cecchetti, que acontece na GLIA
(Rua Nilo Peçanha 142, Ingá), de
15 de setembro a 02 de outubro.
O vernissage acontece na segun-

da-feira, dia 14, às 19 horas. Esperamos por você.
•• O lançamento do livro “Palavras Intensas”, de autoria de
P.R.Cecchetti, será no domingo
20, às 10 horas, nos “Escritores
ao ar Livro” (Praça Getúlio Vargas, em Icaraí). Aguardem!!!
•• A artista plástica Ana Calmon
apresentará belíssimas obras na

exposição “Paisagens de Niterói”
onde são retratados recantos bucólicos da Cidade Sorriso e também arte sacra. As obras estão expostas no Shopping Center V, em
Icaraí, de segunda a sexta, das 9 às
19h; Sábados, das 9 às 14h, até o final de outubro.
•• O fotógrafo e designer carioca Gustavo Gigio traz a exposi-

ção Essa Cidade é Muito Maneira para a Sala José Cândido
de Carvalho, em Niterói, a
partir desta terça-feira 8. A
mostra, com curadoria de
Desireé Monjardim pode ser
vista até 5 de outubro, de segunda a sexta, das 9h às 17h.
Rua Presidente Pedreira 98,
Ingá. Vale conferir!!!

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

9

SANTA ROSA
Foto: Rogério Santana

Vereadores prestam homenagens aos atletas
campeões nos Jogos Parapan-Americanos
Foto: Sergio Gomes

Atleta carioca é
promessa da nova
geração do tênis
Christian Oliveira

• Uma nova geração de tenistas
começa a surgir. O jovem Christian Oliveira, de 15 anos, é um
destes talentos. O rapaz é um
dos seis atletas do Instituto
Tennis Route, projeto que recebe apoio da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude, por meio
da Lei de Incentivo ao Esporte.
— Convivo com o tênis desde
os quatro anos. Meu pai era boleiro de um clube e acabou se tornando jogador. Hoje, ele atua
como professor. Eu e meu irmão
tomamos gosto pelo esporte e não
paramos mais – disse Christian.
O primeiro torneio do atleta foi
aos sete anos, mas aos 11 teve certeza de que havia escolhido o tênis como profissão. Atualmente,
Christian já acumula experiência
de competições estaduais, nacionais e até no exterior.
— Em 2013, participei de três
Sul-Americanos, todos na Bolívia. Já a experiência no Brasilei-

ro foi bem legal. Na primeira
participação, não passei da fase
classificatória. Na minha segunda tentativa, iniciei a preparação três semanas antes com o
técnico. Então, acho que este foi
o segredo para conquistar o título – afirmou o jovem.
Outro tenista da nova geração, Fabiano de Paula se tornou
um exemplo para os mais jovens. O atleta, de 26 anos, mantém a escolinha de tênis na Rocinha com a parceria da Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude e também é um dos atletas
do projeto do Instituto Tennis
Route.
— Sempre falo que é importante ir em busca dos objetivos e
dar o melhor de si. E o principal também é a educação que,
aliada ao esporte, possibilita
muitas oportunidades aos jovens a terem um futuro melhor
– explicou Fabiano.

• Atletas niteroienses que se
destacaram nos Jogos ParapanAmericanos, em Toronto, foram
homenageados na Câmara de
Niterói, por iniciativa dos vereadores Bruno Lessa (PSDB) e Renato Cariello (PDT), onde os
atletas José Carlos Monteiro
Guimarães e Wanderson Silva
de Oliveira, medalhistas de
ouro no futebol de sete; Lucas
Ferreira de Araújo, campeão de
bocha e Pedro Paulo Neves da
Silva, ouro no salto em distância, receberam moções de aplausos pelos seus desempenhos.
Segundo Bruno Lessa, a homenagem aos atletas foi um reconhecimento da cidade pela participação vitoriosa nos jogos do
Parapan-Americanos/2015, no
Canadá. “Foi um desempenho
invejável do Brasil e, em especial, dos atletas de Niterói que
nos encheram de orgulho. Fica
aqui um singelo reconhecimento e uma torcida enorme para
que vocês sejam destaques nas
Paralimpíadas do Rio de Janeiro”, enfatizou Lessa.
Para Renato Cariello é importante não só o reconhecimento
público da Câmara, mas que se
aumente o incentivo na prática
do esporte para pessoas com deficiência e nossa cidade possa ter
mais atletas de nível internacio-

Atletas homenageados ao lado dos vereadores Renato Cariello e Bruno Lessa
e da deputada estadual Tânia Rodrigues

nal como os que foram homenageados. “É importante destacar o papel da Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos
(Andef), na formação desses
atletas, no incentivo e apoio
para superar enormes desafios”,
disse.
Paulo Eduardo Gomes enalteceu o papel da Andef na formação dos atletas paralímpicos.
“Esse trabalho vitorioso começou há 34 anos com a fundação
da Andef e a deputada estadual
Tânia Rodrigues teve papel preponderante nesse capítulo da
história de nossa cidade, É im-

portante esse reconhecimento”,
concluiu o vereador.
O medalhista Pedro Paulo Neves da Silva sugeriu a criação de
um time paralímpico em Niterói: “Por que não montar um
time e sermos uma potência no
esporte paraolímpico? Se tudo
começou aqui, nada mais justo
começarmos esse projeto também”, disse.
A equipe brasileira ganhou 257 medalhas, sendo 109
de ouro; 74 de prata; 74 de bronze; mais que o dobro que as
conseguidas pelo 2º colocado, o
Canadá, que ganhou 50 de ouro.

Niteroienses participam do Meeting de Taekwondo no Rio de Janeiro
• Três atletas estão treinando
duro para levar Niterói ao lugar
mais alto do pódio no Meeting
de Taekwondo do Rio de Janeiro,
que será realizado no dia 20 de
setembro, na AABB da Lagoa.
Para este evento, que é realizado
desde 1999, são esperados cerca
de 600 atletas de 50 equipes de 12
estados. Este meeting é tão importante para o taekwondo, que
nesses 16 anos já revelou vários
lutadores medalhistas em certa-

mes internacionais.
Niterói será representada por
André Fenley, de 19 anos, em sua
primeira competição como 1º Dan
faixa preta, Anderson Clayton, de
19 anos, faixa vermelha ponta
preta, e Matheus de Jesus, 19
anos, faixa azul, ambos invictos
em 2015. Eles são treinados pelo
mestre José Paulo Gurgel, com a
supervisão de Ricardo Andrade,
que já participou de olimpíada,
copas mundiais e demais tornei-

DIA DAS CRIANÇAS + FELIZ — A Niterói Mais Humana, instituição que tem como objetivo articular ações de responsabilidade social
na cidade, promoverá no mês outubro, em parceria com as Casas de
Festas – Alegria Alegria, Zooando e BomDeMais - um Dia Das Crianças
Mais Feliz para 3 (três) instituições sociais da cidade.
Cada Casa de Festa (parceira) abrirá suas portas disponibilizando
toda a sua infraestrutura, durante três horas, para juntas receberem cerca
de 200 crianças atendidas nos projetos sociais. As festas terão animação,
decoração e muita brincadeira!!!
As instituições já contempladas são Creche Dr. March, Creche Criança Esperança e Movimento Pró-Criança.
Para que mais instituições e crianças sejam beneficiadas, convidamos os
empresários do setor a fazer a diferença, aderindo ao projeto e disponibilizando uma tarde de seu estabelecimento para receber novas instituições,
e ofertar alegria e solidariedade numa Festa Especial e Mais Humana!
O contato poderá ser feito através de mensagem inbox na fanpage da
Niterói Mais Humana ou pelo tel: 99641-1246.

os de expressão.
Treinadores e atletas são da Academia Highway One,
em Icaraí, e também fazem parte
do Projeto Segundo Tempo, idealizado pelo Ministério do Esporte e
realizado no Caio
Martins.
Depois do Mee-

ting de Taekwondo/RJ, a Equipe
HighWay One participará do Brasil Open e de um intercâmbio com
atletas de São Caetano/SP. Segundo José Paulo Gurgel, que treinou
a seleção do Estado do Rio de Janeiro que ficou em 3º lugar no Brasileiro de 2009, “o foco das artes
marciais é disciplina, socialização e
formação cidadã. Se nas aulas algum atleta se revelar com potencial para competição, isso é uma consequência do trabalho”, concluiu.

10

SANTA ROSA

AS CARTAS DO
DR. GOLDEN (2a)
Hilário Francisconi
• “Desmanchei o namoro. Não propriamente eu, mas o
caso com Roberto acabou. Tivemos uma conversa na quarta-feira de cinzas e ele me disse que era melhor assim, que
eu era muito ciumenta, que eu dava ouvidos à mamãe, que
ela não gostava dele e coisa e tal. Não sei o que faço da
minha vida. Estou apaixonada e me sinto completamente
perdida. Uma vizinha amiga me disse que o viu com uma
colombina na terça, no “Bloco dos Solteiros”, e até imaginou que a fantasiada fosse eu. Eu me entreguei inteiramente a Roberto, joguei fora uma oportunidade nos
Estados Unidos depois que me formei em Propaganda e
Marketing e agora não tenho forças sequer para continuar
no meu atual emprego. Sei que estou errada ao me entregar cegamente a uma pessoa, mas o que posso fazer se
sou assim?
Maria Angélica”.
• Você me pergunta o que pode fazer se você é assim. Mas
se você é assim então nada poderá fazer, não é verdade?
Penso que você estava certa quando jogou fora uma
oportunidade de emprego nos Estados Unidos. Faça isso
mesmo. Desperdice todas as chances de vitória e de arrumar a sua vida no exterior, porque precisamos valorizar
a nossa cultura, os nossos costumes e o nosso patriotismo. O que é que eles estão pensando? Que seremos uma
colônia eternamente?
Outra coisa: toda conversa em uma quarta-feira de cinzas geralmente acontece para apagar o fogo. Portanto,
não esquente. O seu ciúme excessivo não é um exclusivo
privilégio; proponho a você um pouco mais de originalidade. Quer de volta o seu namorado? Ponha em prática as
teorias de marketing que aprendeu na faculdade e seja mais
criativa!
Também não encontro entraves no fato de você dar ouvidos à sua mãe. Melhor à sua mãe que à sua sogra, não
é mesmo?
Apaixonada por quem a abandonou, você diz não saber
o que fazer da vida. E quem é que sabe? Liga não, minha
amiga, creia no destino. Por não saber o que fazer talvez
você acabe fazendo a coisa certa.
O importante mesmo é ter amigos. Não vê a sua vizinha
amiga que, sem perda de tempo, foi-lhe contar da colombina brincando com Roberto? Você não consulta dicionários? Uma colombina, que é mulher sedutora e esperta,
também é volúvel! E você, fidelíssima, não mudará a sua
direção: irá manter o foco no insubstituível Roberto.
Noto, com alegria, que você planeja abandonar o emprego. Por que você não vai pra... Não, não. Escolha você
mesma o roteiro. Peça demissão, programe uma viagem
(não para os Estados Unidos, que você pode acabar conseguindo aquele estágio por lá) e aproveite a vida. Mas
não esqueça de levar uma foto do Roberto, que a saudade pode apertar...
Abraços
Dr. Golden
Hilário Francisconi é escritor
francisprov@hotmail.com

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

Evidências de um bom caráter (4)
Marcos de Paiva
• Entendo que as escolas nos
dão conhecimentos para que
tenhamos argumentos, mas
as adversidades da vida e os
“desertos” que passamos
são, na realidade, o que nos
moldam e ensinam a termos
atitudes amadurecidas.
Certamente que estas adversidades, muitas vezes,
levam as pessoas a tomarem
atitudes erradas, mergulhando em fases de depressão.
Porém, quando se tem um
caráter fortalecido, aproveitamos a oportunidade para
amadurecer mais ainda.
Homens e mulheres morrem física e espiritualmente
porque estão amarrados à
desobediência. E você me
pergunta: “O que tem a ver a
desobediência com adversidades”?
O mais importante nestas
situações é estarmos preparados e dispostos a obedecer,
realizar aquilo que é correto,
mesmo que não tenhamos
tantas vantagens ou, quem
sabe, até mesmo prejuízos.
Devemos, contudo, ter atitudes íntegras.
Nossos ouvidos precisam
estar atentos para ouvir e
nossas vidas prontas para
obedecer. Mas, ouvir e obedecer o quê? O que a sociedade
tem falado, o que as pessoas
que vivem na corrupção estão
dizendo? A poucos dias escrevi sobre ‘estarmos no
mundo e não sermos do mundo’. Esta é a realidade em que
devemos viver. Estamos nesta
sociedade, mas ela não pode
dizer o que devemos fazer.
Em meio às adversidades, a
sociedade necessita de pessoas ágeis, prontas a obedecerem os princípios da ética,
moral e integridade. O homem não pode responder às
adversidades conforme as
circunstâncias que estão ao
seu redor; elas mostram caminhos diversos, fáceis, não
comprometidos com o próximo. Entretanto, pessoas de
caráter nada temem, vivem
de maneira correta procurando o padrão de integridade
cada vez mais excelente.
Deus o abençoe...
Marcos Paiva, Pr. Dr.

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

11

SANTA ROSA

Gilma festeja 80º aniversário e dá show de juventude
Casa da Amizade foi pequena para tantos amigos. Vibração e alegria em tarde animada de 23 de agosto
Fotos: Márcia Pantaleão

• A mais alegre e saltitante da festa que lotou os
salões da Casa da Amizade foi a aniversariante Gilma Alfradique Soares de
Oliveira que completou seu
80º aniversário ao lado dos
filhos, netos, além de familiares e incontáveis amigos
que, ao chegarem, puderam ver o enorme painel
com belas fotos da infância,
adolescência aos dias atuais de sua vida e de toda a
família. Lindíssimo!!!
Gilma era a própria festa!
Festejou, como ninguém,
suas oito décadas de vida
esbanjando emoções e felicidades que contribuíram
para o glamour da memorável comemoração.
Exalou emoções, carinhos,
mostrando elegância e animação ao rodopiar, como
nunca, na pista de dança, ao
som de belíssimas valsas nos
braços dos filhos Manoel
Júnior e Leandro, do irmão
Adinou, do genro Heleno
Chaves, do cunhado Antonio Soares – ASO, entre
outros pares que reclamavam com ela dançar.
Ao agradecer, emocionada,
disse: “Quero estar olhando
sempre para trás os momentos de minha vida dizendo
que amei cada minuto dela;
Quero estar cantando no
tempo e na eternidade;
Quero ter a certeza de que
na vida, no tempo e na eternidade Deus me descreverá sorrindo sempre, tudo
que aqui tentei expressar.
Isso me faz feliz e nunca
vou mudar meu jeito de ser,
pois tiraria todo encanto e
magia de minha essência;
Quero, sim, festejar a vida,
festejar o amor, festejar os
meus sonhos, que é tudo de
bom”...

Regina Bellas também soprou
velinhas nesse dia

A nora Marcia; Manoel Jr, Leandro Oliveira e Katia, filhos; e o genro Heleno Chaves

Gilma no momento de soprar as velinhas

Os netos Raquel, Helena, Bruno, Victor e
Matheus, alegria da avó

Gilma: Um brinde à vida!

Marly Galvão, Laçanete e Albina Brasil festejam
a amiga

Gilma com o irmão Adnou, Marina e Alessandra

Um grupo animado compõe o painel

Gilma, Karima Bruno e sua mãe

Terezinha, Antonio Soares – ASO, Sílvia Tani e a
aniversariante

Gilma e a prima Eloise

Rômulo, Vânia, Maíra, Fernanda e Valter
Mulher

Só alegria: Eduardo, Elen, Gilma, Adalberto e Louise

Sonia e Sílvio com a aniversariante

12

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE SETEMBRO • 2015

Rodrigo Neves recebe presidente estadual do Solidariedade
Em encontro com presidente da Câmara e vereadores, partido consolida aliança com comando da administração municipal
Foto: Bruno Eduardo Alves

• O partido Solidariedade,
que tem em Niterói quatro vereadores que formam a base
do governo, reafirmou o apoio
à gestão de Rodrigo Neves.
Em almoço, Rodrigo recebeu o
deputado federal Aureo Ribeiro, vice-líder do Solidariedade
na Câmara Federal; Paulo Bagueira, presidente da Câmara
Municipal de Niterói; Betinho, Andrigo de Carvalho e
Emanuel Rocha, vereadores;
Guilherme David, vice-presidente estadual do partido.
Rodrigo falou sobre a atuação de Bagueira como parceiro da cidade: “O presidente
da Câmara tem pautado sua
atuação pública pelo compromisso com Niterói e tem sido
um grande parceiro nos avanços que temos conseguido na
reorganização da estrutura
da prefeitura, e também na
implantação de programas

inovadores, como os avanços
para chegarmos a 100% de
saneamento; o Cisp, que mostra que os municípios podem
atuar de maneira mais ativa
no campo da segurança pública; e da mesma forma nas áreas da educação, saúde e mobilidade, com as obras do túnel”, disse o prefeito.
Neves destacou que o Solidariedade é hoje o partido
com maior representatividade
na Câmara, e que buscou o diálogo desde a fundação da legenda. “É importante ressaltar que essa não é uma aliança eleitoral. É uma aliança por
Niterói. Desde o início eu tenho governado a cidade com
esse olhar, que é o olhar da cidade. Fazemos um trabalho
suprapartidário pensando em
Niterói”, afirmou o prefeito.
O deputado Aureo disse
que o partido, quando foi cria-

Betinho, Emanuel Rocha, Paulo Bagueira, Rodrigo Neves, Aureo Ribeiro,
Guilherme David e Andrigo de Carvalho

do, em 2013, já nasceu sendo
base do governo em Niterói.
“É uma alegria estar aqui. O
vereador Bagueira é fundador
do partido na cidade e como
presidente da Câmara possibilitou o crescimento do nosso

partido no município, é um
vereador da base, já desenvolve, como o prefeito colocou,
todos esses projetos em parceria com a prefeitura e Niterói
vem crescendo. Damos continuidade à parceria, entenden-

do que é o melhor para Niterói
para que o município continue
sendo essa cidade maravilhosa do nosso Estado”, afirmou.
Bagueira explicou a importância do apoio dos diretórios
nacional e estadual do Solidariedade, porque os parlamentares que hoje representam a
legenda já integravam a base
do governo quando foi criada.
“Quando entramos no partido já erámos vereadores da base
do prefeito. Essa relação é importante para avançarmos, porque o Solidariedade é um partido novo. Estamos aqui num
momento de unidade, preocupados com a cidade, com a construção do melhor para a população. Consolidamos esse trabalho ao governo de Neves, que já
vinha lá de trás. Esse é um gesto
de confirmação e construção
para o melhor de Niterói”, destacou Bagueira.

Foto: Angela Roumillac

Feira de Antiguidades da Praça XV em exposição na SFF
• A tradicional feira de antiguidades da Praça XV, no Rio de Janeiro, é o cenário da exposição Feira Moderna que a Sociedade
Fluminense de Fotografia (SFF), realiza na galeria Jayme Moreira de Luna. A mostra reúne 17 imagens captadas por 11 ex-alunos do curso de fotojornalismo da instituição, dirigidos pelo fotógrafo, Alcyr Cavalcanti. “Nosso curso é uma espécie de um
workshop sobre fotojornalismo. Captar imagens na feira de antiguidades da Praça XV foi unânime entre os alunos e resolvemos
colocar na parede”, afirma Cavalcanti.
A exposição ficará em cartaz até final de setembro e pode ser vista de segunda a sábado, das 9h às 19 horas (segunda a sexta)
e de 9h às 13h (aos sábados). Angela Roumillac, ex-aluna do curso e organizadora da mostra teve uma das suas fotos selecionadas para a Foto Rio/2015. “Usei um dos seus alicerces do antigo viaduto da Perimetral como pano de fundo da foto”, conta.
Rua Doutor Celestino 115, Centro/Niterói.

A ARTE DE INTERPRETAR

Q

uando o assunto é
formação de ator/
atriz, várias teorias
existem, defendendo esta ou aquela
forma de se preparar um personagem para ser apresentado ao público, estejamos no
teatro, cinema ou televisão.
Ao longo das últimas décadas, muitos se aventuraram na
inglória tentativa de definir
quais caminhos o artista deve
seguir no intuito de “construir”
um papel e, logicamente, convencer aos espectadores de
que ali, naquela cena, o ator
não está apenas imitando,
mas sim vivenciando a vida
do seu personagem.
O fato é que a razão, absoluta, não está com nenhum dos
teóricos. Descobri, no entanto,
através de pesquisas às quais

me dediquei, que, ainda na época
do Brasil Imperial, o ator João
Caetano deu os primeiros passos
em direção à criação de uma escola de preparação de atores. Este
ator, inclusive, foi e é, até hoje,
considerado o maior ator brasileiro
de todos os tempos, apesar de ter
nascido em 1808 e falecido em 24
de agosto de 1863, tendo vivido
apenas 53 anos. Mais de um século se passou e ainda não nasceu
um novo João Caetano!
Sua luta, em vida, foi árdua.
Amigo e admirador do Imperador
Dom Pedro II, o qual também nutria
enorme simpatia pelo ator, João
Caetano chegou a elaborar dois livros voltados para o ensino da arte
de representar. Infelizmente, o primeiro deles não mais se encontra
disponível para consumo do estudioso do teatro. O segundo, denominado “Lições Dramáticas”, embora

seja quase impossível encontrá-lo,
mesmo que em sebos, por se tratar
de raridade, sabemos que foi reeditado nos anos 30, entretanto é preciso gastar sola de sapato para adquirir tal joia.
Começam daí, portanto, as primeiras ideias sobre a arte da interpretação no Brasil. Muitos anos
após a morte de João Caetano, o
russo Constantin Stanislavski elaborou o seu método de viver um
personagem, método este que serve, até hoje, de guia a todo aquele
que se inicia na arte de Téspis (artista grego, considerado o primeiro
ator da humanidade).
Contudo, quem leu o trabalho
de João Caetano, fica com a impressão de que o russo andou lendo o que escreveu o brasileiro. É
impressionante a similaridade de
ideias. No entanto, embora nosso
ator tenha viajado à Europa e de lá

tenha voltado consagrado pelos
palcos europeus, tendo sido considerado o Talma brasileiro (Talma
foi um genial ator francês que viveu um pouco antes de João Caetano), o fato é que seus objetivos
de criar uma escola para atores
jamais foram alcançados, apesar
do prestígio que gozava entre os
cidadãos do império e mesmo
junto ao Imperador, que, inclusive,
não poupou esforços financeiros
no sentido de ajudar João Caetano na construção e reconstrução,
por três vezes, do Teatro que leva
seu nome, na Praça Tiradentes,
antes chamado Teatro São Pedro
do Alcântara, do qual o artista era
diretor e que foi consumido pelo
fogo por duas vezes.
Em nossa cidade, o ator também foi destaque e chegou a ser o
administrador do nosso atual Teatro Municipal, que leva seu nome.

Hodiernamente, na data de
aniversário de sua morte, sua
estátua em frente ao Teatro João
Caetano, na Praça Tiradentes,
amanhece toda florida e, durante o dia, é possível flagrar pessoas que por ali passam, param, admirando a imagem esculpida, cento e cinquenta e
dois anos depois de sua morte.
Eu mesmo sempre reservo
este dia para atravessar a
ponte e também prestar minhas homenagens a este ator
que não vi atuar, mas que vive
em minha imaginação, em
meu coração.
André Santa Rosa é Ator
Profissional e cursa Licenciatura em Artes Cênicas na Universidade Estácio de Sá
(UNESA)
santarosa.ator@gmail.com

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful