1

Centro Universitário de Anápolis – UniEVANGÉLICA
Bacharelado em Engenharia Civil
Avenida Universitária Km 3,5 Cx. Postal 122 e 901 – CEP: 75 070 – 290 – Anápolis–GO
Fones: (062) 3310 – 6754 e 3310 – 6654

PLANO DE ENSINO
I. IDENTIFICAÇÃO
Curso: Engenharia Civil

P Período: 7/10

Disciplina: 3/6 Construção Civil

Professor: MSc. Adriano Carvalho de Souza

Ano / Semestre: 2015 - 2

CHT: 80 horas

Turno: Noturno

C.H. Teórica: 80

CHS: 4horas

II. EMENTA
Elementos construtivos; Locação de Obra; Escavações; Fôrmas e Escoramentos (vigas,
pilares, lajes, escadas, reservatórios, dentre outros); Armação; Concretagem; Instalações
elétricas e telefônicas; Instalações Hidrossanitárias; Instalações Preventivas; Instalações
Provisórias; Serviço de Descarte; Canteiro de Obras; Armazenamento e Gerenciamento de
Materiais;
Pisos; Forros; Telhados; Alvenarias; Bloquetes Estruturais; Esquadrias;
Revestimentos; Acabamentos; Construções Metálicas; Elevadores; Emergências; Pesquisas
de Mercado; Análise de Custos; Orçamento; Lucro e Preço.

III. OBJETIVO GERAL
Dotar os alunos de conhecimentos sobre o conceito, a importância e as principais
técnicas construtivas relacionadas aos serviços de planejamento de canteiro de obras,
locação de obra, sondagem, fundações, estruturas, alvenaria, revestimentos, instalações
prediais, pesquisas de mercado e conceitos sobre orçamentos, preparando-os assim para
exercer suas atividades profissionais.

________________________________________________________________________________
Construção Civil – 7º Período – Engenharia Civil – Professor M.Sc. Adriano Carvalho de Souza

estruturas. ________________________________________________________________________________ Construção Civil – 7º Período – Engenharia Civil – Professor M. revestimentos. Expor a importância da realização de projetos de layout de canteiro de obras e os principais fatores a serem considerados em sua elaboração. OBJETIVOS ESPECÍFICOS Ao término do período letivo.2 IV. 3. como também os procedimentos Exposição de aula. exercícios e leitura de artigos técnicos. Entender as técnicas utilizadas para a execução das obras. Capacidade de especificar. instalações e telhados. HABILIDADES E COMPETÊNCIAS ESPERADAS Quais? Conhecimento das Como serão atingidas? principais metodologias Apresentação de normalizações da ABNT utilizadas para execução de obras civis. Visitas em campo em obras diversificadas e exposição de processos construtivos com palestrantes da área. controlar e aplicar os materiais de construção nas técnicas construtivas nas Obras de Engenharia Civil. a classificação. projeto. execução de uma obra. Adriano Carvalho de Souza .Sc. Visitas Técnicas com foco nas metodologias e processos construtivos de engenharia civil. como também os procedimentos básicos necessários para a estimativa de custos de obras. a importância e as principais técnicas construtivas relacionadas aos serviços de locação de obra. Apresentar o conceito. 5. ambiente. uso e desempenho. Expor as técnicas construtivas para a realização dos serviços de instalações provisórias. fundações. estudos de caso e básicos necessários ao planejamento da trabalhos de campo. e procedimentos de execução. 4. Apresentar a conceituação e a classificação de construção civil. alvenaria. Entender as técnicas utilizadas para a execução das obras. o aluno será capaz de: 1. de modo a atender às exigências de meio Exposição de aulas. V. selecionar. 2.

3. Segurança no canteiro: NR 18.3. Serviços e descarte. cavaletes e tábua corrida. Definição. metálica e mista. Limpeza do terreno. 2. Necessidades físicas.6.6.2. 3. 3. alvenaria.3. ________________________________________________________________________________ Construção Civil – 7º Período – Engenharia Civil – Professor M. 1. 5. Tipos de fundações.Sc.3.1. 4.2. Conceituação de Construção Civil: 1. 3. Classificação das fundações segundo a NBR 6122 (2010). 5. médio e alto.4.5.4. CONTEÚDO PROGRAMÁTICO 1. Vistoria da vizinhança. 1. 2. Sistemas de transporte. Sondagens. Adriano Carvalho de Souza .3 VI. Canteiro de Obras: 3. Classificação segundo o padrão de acabamento: baixo. Drenagem.5. pedra. Serviços Preliminares de Construção: 2. 3. 2.3. Locação de Obras: 4.2. Fundações: 5. Classificação segundo o processo construtivo: moldada “in loco” e prémoldada. Classificação segundo os materiais empregados: terra. Recebimento de materiais. Movimentação de terra.4. 1.1. Demolições. 5.1. 3. 2. Processos de locação: topográficos.1. madeira. Conceito de construção civil. 2.2. Partes que compõem um canteiro de obras. 2.1.

Execução de Estruturas: 6. 9. Vedações Verticais: 7. Custo Unitário Básico.2.2. Concretagem.1.Sc.2. 13. Nomenclaturas construtivas.1. 7.3. 9. Instalações Prediais: 9. Revestimentos verticais: 8. Revestimentos para Pisos: 10. 13. 7. 11. Armaduras. placa cimentícia.1. emboço. dentre outros) e cerâmicos. Introdução ao Planejamento e Gerenciamento de Obras: 13.4.3. 9. Conceitos de Preço.2.2. Generalidades e tipos.1. 10. 12. Sistemas de pintura. 8. Processos executivos. Adriano Carvalho de Souza . 13. Fôrmas e escoramentos. Alvenarias com blocos estruturais. Estimativas iniciais de custos de construção civil. Instalações de prevenção contra incêndios e outras.1. Instalações elétricas e telefônicas.3.2. 6. 11. painel wall e outros).2.1. Sistemas de construção à seco (placas de gesso acartonado. Instalações hidrossanitárias.4 6. Revestimentos (chapisco. reboco. Custo e Lucro. Cobertura: 11. 7. Alvenarias em blocos e tijolos de vedação.3.1. Pintura: 12.1. Tipos de pisos. 7. Esquadrias. Processos de execução. ________________________________________________________________________________ Construção Civil – 7º Período – Engenharia Civil – Professor M. 12. 6. 10.

Conceituação de Construção Civil. 09 – 21/09 04 Fundações: tipos. 16 – 07/11 04 Sábado – Visita Técnica – Obras. esquadrias. 13 – 19/10 04 Produção de armaduras. 12 – 12/10 __ Feriado de 12 de outubro.Sc. telefônicas e incêndio: execução e controle. 18 – 16/11 04 19 – 23/11 04 Vedações Verticais: alvenarias em blocos e tijolos de vedação. Adriano Carvalho de Souza . 20 – 30/11 04 Revestimentos verticais e para pisos. Legislações e documentações importantes para início de construção. 15 – 02/11 __ Feriado de 02 de novembro. Planejamento da concretagem. vigas.A. 06 – 31/08 04 Avaliação Dissertativa e Objetiva – 1ª V. 01 – 27/07 04 02 – 03/08 04 03 – 10/08 04 Serviços preliminares de construção. Instalações Hidrossanitárias. 07 – 07/09 __ Feriado de 07 de setembro. vigas. painel wall e placas de gesso acartonado. etapas e controles. Sequência de produção. 22 – 14/12 04 Avaliação Objetiva – 3ª V. 08 – 14/09 04 Fundações: Importância.A. 21 – 07/12 04 Pinturas. 17 – 09/11 04 Tipos de concretagem: Obras Especiais.A. Apresentação do Plano de Curso. 04 – 17/08 04 Canteiro de obras. 10 – 28/09 04 Execução de Estruturas: Sistema de fôrmas. classificação e tipos. elétricas. ________________________________________________________________________________ Construção Civil – 7º Período – Engenharia Civil – Professor M. 23 – 21/12 04 Custo Unitário Básico (CUB) e Estimativas.5 Encontro CH Unidade Didática / Tópico Planejamento Acadêmico – XXIX Seminário de Atualização de Práticas Docentes. 05 – 24/08 04 Locação de obras. Introdução ao Planejamento e Gerenciamento de Obras. de pilares. Telhas e Coberturas. 11 – 05/10 04 Execução de Estruturas: Sistema de fôrmas de pilares. 14 – 26/10 04 Avaliação Dissertativa e Objetiva – 2ª V.

3ª Verificação de Aprendizagem: CÁLCULO DA NOTA 3ª VA 3ª VA = 8 AV 3 + 2 EX 3 10 SENDO: AV3 = Avaliação objetiva – Individual sobre o conteúdo abordado nas aulas 15 a 21. EX1= Nota do Exercício prático sobre a visita técnica – Grupo de 5 alunos – Canteiro de Obras. ________________________________________________________________________________ Construção Civil – 7º Período – Engenharia Civil – Professor M. EX 3 = Nota do Exercício Prático sobre visita técnica – Grupo de 3 alunos – Vedação e Revestimento. Adriano Carvalho de Souza .Sc. VIII. 5. 2ª VA = Nota obtida pela média das avaliações realizadas no segundo bimestre. Resolução de Exercícios: os exercícios serão realizados ao longo do curso. METODOLOGIA 1. 2. Apresentação de Estudo de caso: trabalhos práticos realizados em obras civis. 2ª Verificação de Aprendizagem: CÁLCULO DA NOTA 2ª VA 2ª VA = 8 AV 2 + 2 EX 2 10 SENDO: AV2 = Avaliação objetiva e dissertativa – Em dupla sobre o conteúdo abordado nas aulas nº 07 a 13. 3ª VA = Nota obtida pela média das avaliações realizadas no terceiro bimestre. EX2= Nota do Exercício Prático Estudo de Caso – Grupo de 5 alunos – Estrutura. Visitas técnicas a obras em execução para conhecimento dos processos construtivos. 3.6 VII. 4. AVALIAÇÃO 1ª Verificação de Aprendizagem: CÁLCULO DA NOTA 1ª VA 1ª VA = 8 AV 1 + 2 EX 1 10 SENDO: AV1 = Avaliação objetiva e dissertativa – Em dupla sobre o conteúdo abordado nas aulas nº 01 a 05. Aulas expositivas utilizando recursos áudios-visuais. tais como: data-show para apresentação de slides e anotações no quadro. em função da dinâmica das aulas. 1ª VA = Nota obtida pela média das avaliações realizadas no primeiro bimestre. Leitura de artigos técnicos e apostilas abordando processos construtivos.

b) APRESENTAÇÃO: legibilidade na graficação dos exercícios. responsabilidade. trabalho ou prova serão considerados os seguintes critérios: a) CRIATIVIDADE: capacidade de assimilar conhecimentos e traduzi-los em propostas teóricas e práticas. pois grande parte do sucesso da avaliação e compreensão dos temas tratados dependerá da participação do aluno. Exercícios: Os exercícios (EX) serão dados ao longo do curso. ________________________________________________________________________________ Construção Civil – 7º Período – Engenharia Civil – Professor M. representação correta de linhas. Exercício prático – Visitas Técnicas: O enunciado contendo os temas a serem apresentados pelos alunos nesta avaliação será disponibilizado no decorrer do semestre. independentemente das médias obtidas. Adriano Carvalho de Souza . FREQUÊNCIA CRITÉRIOS DE ANÁLISE: Frequência > 75% = situação: Aluno considerado assíduo na disciplina Se Frequência <75% = situação: Reprovado. Não existe exercício substitutivo. SENDO: A frequência será controlada em todas as aulas. cotas e carimbo.Valor total: 8. A frequência a todas as atividades (20 AULAS ou 80 HORAS/AULA) é importante e obrigatória para o pleno acompanhamento do processo de construção do conhecimento. c) CONTEÚDO: nível de conhecimento e de assimilação dos conteúdos abordados durante o curso ou pré-requisitos. supervisionados pelo professor.0 pontos. segundo processo estabelecido. nas avaliações. iniciativa. organização no trabalho.7 Avaliações sem consulta: Avaliações em dupla e individual sobre o conteúdo abordado no semestre (três) . o que sempre será estimulado. empenho. relatórios e apresentações. IX. uso do tempo da sala de aula. Para todo e qualquer exercício. coerência na linguagem. Atenção: Somente serão considerados os trabalhos orientados em sala de aula.Sc. uso correto da folha de papel (layout). trabalhos ou testes. d) PARTICIPAÇÃO: assiduidade. letras. entregues e apresentados na data marcada. em função da dinâmica das aulas.

São Paulo: Pini. SP: Edgard Blücher. Josiane. AZEREDO. O edifício até sua cobertura. São Paulo. São Paulo: Pini. E. SP: Editora Edgard Blücher. M. ed. Orçamento na construção Civil: consultoria. 2 . U. das 19h00min às 22h40min – Sala do 7o Período do curso de Engenharia Civil Contato com o Professor por e-mail: adriano.Sc. Adriano Carvalho de Souza Docente Prof. 1997. São Paulo. A.ed. 6. Alternativas tecnológicas para edificações. 11. H. Adriano Carvalho de Souza . BORGES. C. SP: Editora Edgard Blücher. b) COMPLEMENTAR BORGES. A. SP: Edgard Blücher. São Paulo. M.Sc. XI. ed. Prática das pequenas construções. A técnica de edificar. H. SOUZA. Projeto e Implantação do Canteiro. ed. SP: Pini. Rogério Santos Cardoso Diretor do Bacharelado em Engenharia Civil ________________________________________________________________________________ Construção Civil – 7º Período – Engenharia Civil – Professor M. 2011. 6. BIBLIOGRAFIA a) BÁSICA YAZIGI. 2008. TISAKA.8 X. Maçahico. Prática das pequenas construções. 1987. Volume 2. Volume 1. São Paulo. 1997.eternit@gmail. 2011. SP: CTE. C. Walid. São Paulo. L. Todos os livros referenciados como bibliografia encontram-se na Biblioteca da Instituição. 2 ed. O edifício até seu acabamento.Sc.com Prof. A. A. SOUSA. HORÁRIO DE AULAS 2ª feira. São Paulo. 2009. 2009. 1 ed. AZEREDO. projeto e execução.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful