Você está na página 1de 6
Nome nº Brasília, de de 2015 º ano, turma Professor – ESTUDO DIRIGIDO - FRASE,
Nome
Brasília,
de
de 2015
º
ano, turma
Professor –
ESTUDO DIRIGIDO - FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO
e breve revisão de VERBO/LOCUÇÃO VERBAL
FRASE – é cada uma das
unidades da fala que
expressam uma ideia,
uma emoção, uma ordem,
um apelo, enfim, um
enunciado
de
sentido
completo que estabelece
comunicação.
Ex(1) “Música, maestro!”
(2)“Felicidades meu amor.
ORAÇÃO – É o enunciado que se organiza
a partir de um VERBO. Ela pode ter
sentido completo como: (1) ”Maria
chegou.” (2) Vamos? Classificadas como
orações absolutas (quer dizer 1 só oração
de um período simples, ou fazer parte de
um período composto, isto é com mais de
um núcleo verbal.
(3) [Meu cão latiu] [quando cheguei].
PERÍODO – é a frase formada por uma ou mais
orações (frases com verbos ou locuções
verbais). Assim o período pode ser simples com
oração absoluta quando apresentar uma só
oração - um verbo/locução verbal) O período
será composto quando formado por mais de
uma oração.
Ex: (1)-O cão latiu.(período simples/or. absoluta
(2)- O galo cantou quando eu cheguei. (período
composto por 2 orações)
[ oração 1
verbo ]
[ oração 2
verbo ]
O QUE É LOCUÇÃO VERBAL
A locução verbal é formada por dois ou mais verbos que se unem e desempenham, em uma frase, o valor
equivalente ao de um único verbo. É uma expressão composta por um verbo auxiliar e por um verbo
principal. O primeiro indica tempo modo e pessoa e o segundo, o sentido verbal. Veja o exemplo na tirinha.
1º quadrinho: “Este relógio que [vou desenhar] em meu braço é especial.”
VOU = VERBO AUXILIAR – indica o tempo presente do modo indicativo e a 1ª pessoa do singular – EU
DESENHAR = VERBO PRINCIPAL – indica a ação: DESENHAR
AGORA É A SUA VEZ:
2º quadrinho – locução verbal
Do modo indicativo e a
O 3º quadrinho
pessoa do
O VERBO AUXILIAR é
VERBO PRINCIPAL É
e indica o tempo
e indica
A T E N Ç Ã O
Há uma LOCUÇÃO VERBAL quando dois ou mais verbos encontram-se juntos na
frase, desempenhando o papel de um único verbo, ou seja, transmitindo
apenas uma ação verbal.
EX: Vou viajar amanhã. = Viajarei amanhã.
ESTUDO DIRIGIDO PARA O RECESSO - LÍNGUA PORTUGUESA
Página 1 de 6
 

Vamos fazer uns rápidos exercícios com LOCUÇÕES VERBAIS:

 

1.

Indique ao lado das frases o verbo correspondente à locução verbal sublinhada,

(a)

Vou estudar bastante

(b)

Meu cãozinho está parecendo

(c)

Tenho de ajudar minha mãe nas tarefas da

 

(d)

Quando cheguei, o professor ia

(e)

Vamos viajar nestas

(f)

No céu, as estrelas pareciam brilhar como

 

(g)

Ia caminhando sozinho quando avistei

(h)

Quando meus amigos foram embora, continuei

 

(i)

Tenho de estudar bastante para o

(j)

Estou lendo livros de direito

(k)

Estou brincando, mas minhas notas estão baixas

 

(l)

Tinha trazido os documentos

(m)

Havia feito toda a

(m) Havia feito toda a

2.

Retire da charge ao lado a única locução verbal:

o verbo auxiliar é e está indicando tempo do modo indicativo e

pessoa do

3.

Procure em um de seus livros 5 frases que contenham locuções verbais e copie-as abaixo:

(1)

(2)

(3)

(4)

(5)

4.

Identifique a locução verbal nas frases e a sublinhe. Dê seu significado e classifique os verbos em auxiliar e principal.

(a)

Eu queria jogar, mas perdi a aposta. (significado = jogaria

)

Eu queria jogar , mas perdi a aposta. (significado = jogaria ) Verbo principal Verbo auxiliar

Verbo principal Verbo auxiliar

 

(b)

Na semana que vem eu vou viajar para São Paulo. (significado

)

(faça você as setas, como em (a))

(c)

Minha vizinha vai pintar a casa. (significado

)

(faça você as setas, como em (a))

 

FRASE, ORAÇÃO E PERÍODO

 

DE ACORSO COM O SENTIDO QUE EXPRESSAM AS FRASES PODEM SER

(1)

INTERROGATIVAS? Interrogativas Diretas: Quando você vem? Interrogativas indiretas: Desejo saber quando

você vem. (2) EXCLAMATIVAS (nesse tipo de frase o emissor exterioriza um estado afetivo com a entoação ligeiramente prolongada. Ex: É uma delícia este bolo!

 

ESTUDO DIRIGIDO PARA O RECESSO - LÍNGUA PORTUGUESA

 

Página 2 de 6

(3) IMPERATIVAS (ocorrem quando o emissor da mensagem dá uma ordem, um conselho ou

faz um pedido,

utilizando o verbo no modo imperativo. Podem ser afirmativas Ex: Faça-o entrar no carro - ou negativas Ex: Não faça isso. (4) DECLARATIVAS (esse tipo de frase informa ou declara alguma coisa. Podem ser afirmativas ou negativas. Ex:

isso. (4) DECLARATIVAS (esse tipo de frase informa ou declara alguma coisa. Podem ser afirmativas ou

Obrigaram o rapaz a sair. - Ela não está em casa. (5) OPTATIVAS (são usadas para exprimir um desejo) Ex: Deus te acompanhe Que você faça uma boa prova.

1. Classifique as frases em declarativa, interrogativa, exclamativa, optativa, imperativa.

(a)

Você está bem?

(b)

Que você só faça o

(c)

Que alívio!

(d)

Vá em

(e)

A luz jorrou na

(f)

Agora suma, seu monstro!

(g)

Levante! Já está na hora do

(h)

O túnel ficava cada vez mais

(i)

Por favor, traga-me seu

   
 

2. Transforme a frase declarativa em imperativa. Siga o modelo:

MODELO Luiz ficou pra trás. (declarativa) Luiz, fique para trás. (imperativa)

(a)

Eugênio e Marcelo caminhavam juntos.

(a) Eugênio e Marcelo caminhavam juntos.

(b)

Luisinho procurou os fósforos no bolso.

(c)

Os meninos olharam à sua volta.

3. Sabemos que frases verbais ou orações são aquelas que têm verbos. Assinale as frases que são orações:

(a)

Deus te guarde!

(b)

As risadas não eram normais

(c)

Que ideia absurda!

(d)

O fósforo quebrou- se em três pedacinhos

(e)

Tão preta como o túnel!

(f)

Quem bom!

(g)

As ovelhas são mansas e pacientes

(h)

Que espírito irônico e livre!

4.

Identifique e coloque nos parêntesis (N) para as frases nominais e (V) para as frases verbais.

1. O menino e o Lobo.

(

(

(

)-

)-

)-

2. Ele é um menino levado.

3. Consertei seu brinquedo.

4. Coitada daquela garota.

(

)-

5. A menina arrancou a cabeça da boneca

(

)-

6. O velho e o mar.

(

(

)-

)-

7. Não fomos ao parque.

8. Por favor! Empreste-me seu livro.

(

)-

5.

Assinale as alternativas que não apresentam uma frase (relembrando: o que é mesmo uma frase?)

a Que golaço!

(

)-

b Vocês assistiram ao jogo pela tevê?

(

)-

c Em vez de nadar, preferiram jogar bola.

(

)-

d O futebol povo paixão pelo tem brasileiro.

(

)-

(

(

h (

)-

)-

f O sobre verde era gramado céu.

g Clara passeava com as crianças no jardim. Suada e mão Luisinho trêmula.

)-

e Correram carro e para a garagem e entraram no.

(

)-

ESTUDO DIRIGIDO PARA O RECESSO - LÍNGUA PORTUGUESA

Página 3 de 6

6. Assinale com um X as frases nominais:

 
 

a Que medo!

(

(

)-

)-

b Ele chutou a porta.

c Coitadinho do garoto!

(

)-

d O povo odeia os governantes corruptos.

(

)-

e Transmitirei o recado a sua namorada.

(

)-

f Coragem, companheiro!

(

)-

 

g Que voz estranha!

(

)-

h A lanterna produzia boa claridade.

(

)-

i Luisinho, não!

(

(

)-

)-

j As risadas não eram normais.

k Que alívio!

(

)-

7.

ESCREVA NOS PARÊNTESIS: (FN) FRASE NOMINAL

 

(FV) FRASE VERBAL (ORAÇÃO)

1.

(

)-

Que bela paisagem!

7.

(

)- Mais diálogo, senhores educadores!

2.

(

)-

Bom dia!

8.

(

)- Entrada franca!

3.

(

)-

Coma devagar!

9.

(

)- Que turma unida e confiante!

4.

(

)-

Durma bem!

10.

(

)- Quando você esteve lá?

5.

(

)-

Não insistirei mais.

11.

(

)- Não saia sem agasalho!

6.

(

)-

Cumpriremos nossa promessa.

12.

(

)- Belíssimas palavras!

8.

Sublinhe os verbos e coloque S, se o período for simples, e C, se for composto: (Período simples = 1 verbo. Período

composto = mais de 1 verbo)

 

a

(

)-

Os atletas já se dirigiram à quadra.

b

(

)-

Tomarei este ônibus, pois tenho um compromisso logo mais.

c

(

)-

Sem dúvida, todos voltarão aqui no Carnaval.

 

d

(

)-

Os alunos reuniram-se no pátio, discutiram o problema, procuraram o diretor e falaram francamente.

e

(

)-

O verdureiro estacionou o velho caminhão, gritou suas frutas e legumes para a manhã ensolarada, dirigiu gracejos inocentes às donas de casa, arrancou-lhes alguma grana e partiu.

9.

Classifique os períodos colocando (PS) para período simples e (PC) para o período composto

a

(

)- Dei bobeira e comprei a passagem direto para o Rio.

 

b

(

)- Antes os índios eram os donos da terra.

 

c

(

)- Chegou ao bar, dançou, cantou, bebeu e foi embora.

 

d

(

)- Eu sou o cara, mais dorminhoco do mundo.

 

e

(

)- Você está triste.

f

(

)- Eu quero que você me acorde quando o ônibus chegar

 

g

(

)- Atenção, vou contar uma piada.

 

h

(

)- Inventei aquela desculpa porque não achei outra melhor.

i (

)-

O estudo nos traz benefícios.

 

j

(

)-

O amor constrói e o ódio destrói.

10.

Indique nos parênteses o número de ações dos períodos abaixo:

a

(

)- O passageiro deu um pulo da cadeira e voou no pescoço do cobrador e aí começou a briga.

b

(

)- Segura daqui, pega dali, solta acolá, armou-se um circo espetacular.

c

(

)- O passageiro nem se mexe.

 

d

(

)- Fico muito nervoso quando me acordam.

e

(

)- Pelo jeito vai ser um belo dia.

f

(

)- Dia seguinte, seis e pouco da manhã, o ônibus para na rodoviária de Goiânia.

g

(

)- Quando sou acordado, fico uma fera.

 

h

(

)- O ônibus vai para Belo Horizonte.

i (

)-

O passageiro ficou muito nervoso com o trânsito.

 

j

(

)-

O passageiro acorda sonolento, limpa os olhos, coça o peito e olha para o lado de fora.

11.

Coloque C(certo) ou E (errado) para as afirmações colocadas nos parênteses abaixo:

a )- Cuidado com nossas crianças. (período simples)

(

 

b )- Tudo voltou ao que era antes. (período composto)

(

 

c )- Minha mãe usa óculos, a sua não usa. (período simples)

(

d )- Chuva e sol, casamento de espanhol. (frase)

(

 
 

ESTUDO DIRIGIDO PARA O RECESSO - LÍNGUA PORTUGUESA

Página 4 de 6

e )- Deus fez você para a vida. (período simples) ( f )- Lá vai
e )- Deus fez você para a vida. (período simples)
(
f )- Lá vai ele para o mundo. (período simples)
(
g )- Todo casal briga um dia na vida. (período composto).
(
h )- O menino muito educadamente se despediu. (período composto)
(
i Deus fez a lua que ilumina nossa estrada. (período composto)
(
)-
j Deixe-me passar.
(
)-
12. Aponte a alternativa cuja frase não seja oracional (ou frase verbal).
a
(
)-
O mal com o bem se paga.
b
(
)- Devagar, travessia de pedestres.
c )- Paulo deu gargalhadas.
(
d )- Ah! como o céu está azul!
(
FORMAS NOMINAIS DOS VERBOS:
Formas nominais são aquelas que não apresentam flexão de tempo e modo. Elas desempenham
as funções próprias dos nomes (lembramos que nome, em gramática, é o termo utilizado
genericamente para os substantivos, adjetivos e advérbios). São elas: INFINITIVO, GERÚNDIO e
PARTICÍPIO.
(1) INFINITIVO – Indica a ação verbal propriamente dita, sem situá-la
valor substantivo. O INFINITIVO caracteriza-se pela desinência R
no
tempo.
Pode ter
Gerúndio Ex.: – Fumar É a forma faz mal verbal à saúde. que indica o processo verbal em curso. Pode equivaler a um
adjetivo ou a um advérbio. Não
(2) GERÚNDIO É a forma verbal que indica o processo verbal em curso/ em andamento. Pode
pode ser flexionado. O
elemento mórfico
que o
caracteriza é a
desinência -ndo. equivaler a um adjetivo ou a um advérbio. Não pode ser flexionado. O elemento mórfico
Exemplos:
que o caracteriza é a desinência -ndo.
A
emprega serviu Ex.: uma A empregada sopa fervendo. serviu – uma valor sopa adjetivo fervendo.
(3) Particípio - Indica uma ação concluída e pode ter valor adjetivo, concordando com o
substantivo ou pronome a que se refere. Sua desinência é do/da (mas é sempre bom lembrar
que há, na língua portuguesa, há particípios regulares e irregulares. Veremos esse tópico em breve)
o
dicionário, é na forma infinitiva que localizamos os verbos). Ex:
Ex.: (1) Paulo havia acendido a lareira.
(2) Ela estava apaixonada pelo seu melhor amigo.
(3) Terminado o julgamento, o réu foi absolvido.
(4) Eu não teria chegado na hora se não fosse por você.
13.Da
tirinha
ao
lado, retire:
(a) 1º quadrinho
os
verbos
que
estão
no infinitivo:
b) Ainda no primeiro quadrinho, identifique e escreva abaixo os verbos que estão no gerúndio:
1.
2.
3.
c) Qual o infinitivo dos verbos em: “Quem são essas pessoas, papai?”
e Eles se chamam
d) retire do 1º quadrinho uma locução
ESTUDO DIRIGIDO PARA O RECESSO - LÍNGUA PORTUGUESA
Página 5 de 6

14. Leia a tirinha abaixo e retire:

(a)

Uma locução verbal

que verbo representa

(quadrinho

)

(b)

Um verbo no tempo presente do modo

(quadrinho

)

) (b) Um verbo no tempo presente do modo (quadrinho ) (a) Uma interjeição (quadrinho )

(a)

Uma interjeição

(quadrinho

)

(b)

Um pronome

classificação

 

(quadrinho

)

(c)

Um advérbio

classificação

(quadrinho

)

(d)

Um adjetivo

substantivo que está sendo modificado/qualificado

(quadrinho

)

Pai não entende nada

_ Um biquíni novo?

_ É, pai.

_ Você comprou um no ano passado!

_ Não serve mais, pai. Eu cresci.

_ Como não serve? No ano passado você tinha 14 anos, este ano tem 15. Não cresceu tanto assim.

_ Não serve, pai.

_ Está bem, está bem. Toma o dinheiro. Compra um biquíni maior.

_ Maior não, pai.

Menor. Aquele pai, também, não entendia nada

(Luís Fernando Veríssimo)

15. Preencha o quadro abaixo com informações do texto “Pai não sabe nada”.

TIPOS DE FRASES

FRASES

PONTUAÇÃO USADA NO FINAL DA FRASE

Declarativa afirmativa

   

Declarativa negativa

   

Interrogativa

   

Exclamativa

   

Imperativa

   

16. Leia e compare as frases.

I.

“ —Como não serve?”

II.

“No ano passado você tinha 14 anos, este ano tem 15.”

(a)

Sublinhe o(s) verbo(s).

(a)

sublinhe o(s) verbo(s)

(b)

Como essa frase é denominada?

(b)

Como essa frase é denominada?

(c)

Nesse período:

(c)

Nesse período:

1.

(

)- não há verbo.

4. (

)- não há verbo.

2.

(

)- Há 1 verbo.

5. (

)- Há 1 verbo.

3.

(

)- Há mais de 1 verbo.

6. )- Há mais de 1 verbo.

(

ESTUDO DIRIGIDO PARA O RECESSO - LÍNGUA PORTUGUESA

Página 6 de 6