Você está na página 1de 5

COLÉGIO DA IMACULADA CONCEIÇÃO - LAMEGO

Ciências Naturais – 8º Ano


Resumos

Perturbações no Equilíbrio dos Ecossistemas


Na Terra têm lugar fenómenos de origem diversa que podem pôr em
perigo, ou mesmo destruir, não só a estrutura e funcionamento dos
ecossistemas naturais como vidas humanas e bens materiais.

Esses fenómenos, por vezes com consequências dramáticas, podem


ocorrer por acção:

- Causas naturais (catástrofes)

- Intervenção humana

Catástrofes naturais

É qualquer acidente que ocorra sem intervenção directa do Homem e


que coloque em perigo a existência de vida.

É de salientar, que apesar de o homem não ter uma intervenção


directa nestes fenómenos, a sua acção poluidora e desestabilizadora,
tem contribuído para aumentar a frequência e a intensidade destes
fenómenos.

 Sismos e Vulcões
São manifestações da actividade interna da Terra que num curto
espaço de tempo, em fracções de segundos, podem alterar
profundamente e irreversivelmente os ecossistemas. Estes tipos de
acontecimentos podem modificar paisagens, arrasar cidades, vilas,
aldeias e provocar a morte de milhares de vidas.

A previsão destes fenómenos é ainda muito falível e muitas vezes


impossível.

 Tempestades e Inundações
Perturbações com origem na atmosfera que se manifestam por chuva
ou neve e vento com intensidades variáveis.

Por vezes, as tempestades atingem grandes proporções sob a forma


de tufões, tornados e furacões.

1
© 2010 http://isidrodafonseca.wordpress.com
COLÉGIO DA IMACULADA CONCEIÇÃO - LAMEGO
Ciências Naturais – 8º Ano
Resumos
Inundações são acumulações de grandes quantidades de água em
locais onde habitualmente não existe, pelo menos em tão grandes
quantidades, acabando por provocar graves danos em bens e pessoas.

Causas das inundações:

. Excesso de precipitação
. Falta e limpeza nos canais de escoamento das aguas pluviais e
nos cursos de água
. Assoreamento do leito dos rios e ribeiros
. Construções sem planeamento nomeadamente nas zonas
inundáveis
. Impermeabilização de grandes áreas de solo devido a
pavimentação e às construções.

Medidas de Prevenção:

. Construção de diques e barragens


. Evitar construção excessiva
. Aumentar a vegetação nas margens dos rios
. Manter limpos os canais de escoamento de águas.

 Secas e Desertificação
Longos períodos em que não chove. São características naturais de
alguns ecossistemas.

Consequências

. Diminuição das reservas de água potável


. Perda de Biodiversidade
. Incêndios florestais
. Baixa produtividade agrícola
. Desertificação (diminuição abrupta de vegetação, provocando
grande erosão dos solos).

 Incêndios

2
© 2010 http://isidrodafonseca.wordpress.com
COLÉGIO DA IMACULADA CONCEIÇÃO - LAMEGO
Ciências Naturais – 8º Ano
Resumos
Quando têm origem natural são provocados por descargas eléctricas
de trovoada e combustões espontâneas, afectando todo o
ecossistema.

Medidas de prevenção

. Não plantar em zonas de grande declive


. Manter as florestas limpas de lixo e mato rasteiro
. Construir pequenos reservatórios de água, tais como pequenas
barragens
. Privilegiar espécies resistentes ao fogo
. Manter os acessos desimpedidos e livres de mato nas suas
bermas
. Deixar um espaço com cerca de 50 metros, em redor das
construções livre de tudo o que seja combustível.

Catástrofes provocadas pela acção Humana

É qualquer acidente que ocorra devido à intervenção directa do


Homem e que coloque em perigo a existência de vida.

POLUIÇÃO
Pode-se considerar poluição como a degradação do meio ambiente
pela sociedade.
Para que ocorra poluição deve estar presente a fonte de poluição,
i.é, tudo o que liberta para o meio ambiente substâncias prejudiciais
aos seres vivos.
As principais fontes de poluição são a utilização dos combustíveis
fósseis, a indústria, os veículos automóveis, a agricultura intensiva e o
modo de vida urbano.

Poluente
É qualquer material ou substância que, atingindo determinada
concentração, afecta o meio ambiente.

 Poluição da Água
Alteração das suas propriedades físicas, químicas ou biológicas, com
prejuízo para a saúde das populações e o equilíbrio dos ecossistemas.

3
© 2010 http://isidrodafonseca.wordpress.com
COLÉGIO DA IMACULADA CONCEIÇÃO - LAMEGO
Ciências Naturais – 8º Ano
Resumos
Causas:

. Acumulação de lixos e detritos junto de fontes, poços e cursos


de água
. Emissão sem tratamento de esgotos domésticos nos cursos de
água e mares
. Lançamento de resíduos industriais nas águas
.Fertilizantes e pesticidas usados na agricultura, que acabam
por ser arrastados pelas águas de infiltração nos aquíferos
. Lavagem clandestina de petroleiros em alto-mar
. Acidentes com petroleiros
. Resíduos Nucleares radioactivos depositados no fundo do mar
. Emissão de água a elevadas temperaturas em rios e ribeiros
por parte da indústria.

 Poluição Atmosférica
Contaminação do ar por substâncias capazes de causar danos aos
seres vivos e materiais diversos.

Consequências:

- Doenças respiratórias
-Aumento do efeito de estufa – fenómeno resultante da retenção, na
atmosfera, do calor reflectido, sob a forma de raios infravermelhos,
pela superfície terrestre.

Causas do aumento do efeito de estufa:


. dióxido de carbono proveniente de combustíveis fosseis,
incêndios e desflorestação
. CFC, metano e óxidos de azoto provenientes das actividades
humanas
. Grande concentração das populações em centros urbanos.

Consequências para a Humanidade do aquecimento global:


. perda de biodiversidade
. aumento das áreas de deserto
. subida do nível dos oceanos
4
© 2010 http://isidrodafonseca.wordpress.com
COLÉGIO DA IMACULADA CONCEIÇÃO - LAMEGO
Ciências Naturais – 8º Ano
Resumos
. Alterações climatéricas

- Chuvas ácidas – resultam da dissolução de poluentes atmosféricos,


derivados do dióxido de enxofre e óxidos de azoto, nas nuvens e gotas
de chuvas. Estes gases reagem com a água, originando ácido sulfúrico
e nítrico.

Causas do aumento das chuvas ácidas:

. dióxido de enxofre (SO2) e óxidos de azoto (NO2) provenientes


de actividades humanas (centrais eléctricas, transportes rodoviários,
….)

Consequências para a Humanidade das chuvas ácidas:

. Perdas da produtividade agrícola devido à acidificação do solo


. Morte de plantas e animais
. Danos em edifícios e monumentos

- “Buraco” na Camada de Ozono – a camada de ozono situa-se na


estratosfera e funciona como um filtro, impedindo a passagem das
radiações ultravioletas, procedentes do Sol atinja a superfície da Terra.

Causas do “Buraco” na Camada de Ozono:

. compostos de cloro artificiais – os CFC (clorofluorcarbonetos)

Consequências para a Humanidade do “Buraco” na Camada


de Ozono:

. seres humanos e outros animais, com problemas de saúde


variados, tais como problemas de visão e cancros de pele.
. diminuição da produtividade agrícola devido à inibição do
crescimento de espécies vegetais.

5
© 2010 http://isidrodafonseca.wordpress.com