Você está na página 1de 2

UM NOVO TEMPO

NADINA & BERENICE

GESTÃO ÉTICA E COMPARTILHADA

PROGRAMA

Os desafios contemporâneos impõem a construção de uma universidade que tenha


como pressuposto a relação permanente entre as atividades fins (ensino, pesquisa e
extensão) e atividades-meio (ação administrativa e planejamento) e que se mantenha
orientada por um fecundo diálogo interno e com a sociedade na qual se insere. Com esse
propósito, é possível conceber uma gestão cuja eficiência advenha da confluência de uma
atuação administrativa plenamente integrada à produção de um conhecimento demarcado –
espacial e temporalmente – pela realidade. Isto significa ultrapassar a concepção simplista
de uma universidade estruturada a partir da cisão entre ensino, pesquisa, extensão,
infraestrutura e planejamento.

Compreender a universidade pública contemporânea é entender o País e sua


especificidade, a sociedade e suas necessidades. É resgatar compromissos históricos na
defesa da universidade gratuita e de qualidade. É comprometer-se com a aventura de
edificar o futuro na construção de UM NOVO TEMPO.

A UEL, como as demais universidades públicas, deve responder às demandas sociais


sem perder sua identidade. Deve investir em programas e ações que sejam adequados para
atender suas necessidades e superar suas dificuldades, sempre aberta para a efetiva
participação da sociedade (londrinense e paranaense).

Apresentamos, para um amplo debate, a nossa proposta, um Programa de Gestão


pautado no diálogo, para que frutifique a pluralidade de idéias nos afazeres da universidade,
tendo presentes as demandas sociais, científicas e tecnológicas. Sua elaboração só se
tornou possível com as propostas, idéias e reivindicações de servidores técnico-
administrativos e docentes, estimulados pelo entusiasmo dos discentes.

Este Programa não se esgota na proposta de um plano de gestão, mas pretende


trazer ao debate uma concepção de universidade como elemento essencial para a criação de
uma base científica e tecnológica apta a responder aos anseios de mudança social voltada à
construção de uma sociedade menos desigual. Pretende, ainda, estimular a discussão a

1
respeito do presente e do destino da UEL. Seu aprimoramento é tarefa a ser continuada dia
a dia após o término do processo eleitoral.

Adotar uma perspectiva fundada na articulação do conjunto de todos os segmentos


que formam a UNIVERSIDADE ESTADUAL DE LONDRINA, tendo no vértice políticas
sustentadas por princípios. Ter o propósito de avançar na construção de uma universidade
pública, capaz de responder, com eficácia, aos desafios que lhe são apresentados.

Nossa Programa de Gestão se baseia na concepção de uma Universidade Pública,


Autônoma, Reflexiva, Crítica e Inclusiva que tem como missão promover o desenvolvimento
Acadêmico, Social, Cultural, Científico e Tecnológico e está alicerçado nos seguintes
PRINCÍPIOS.

 Defesa intransigente do ensino Público e Gratuito.

 Defesa incondicional da Universidade Estadual de Londrina diante da opinião pública


e de ações externas que coloquem em risco a sua autonomia e legitimidade.

 Luta permanente pela concretização do preceito constitucional de Autonomia didático-


científica, administrativa, de gestão financeira e patrimonial.

 Garantia de padrões de Qualidade e Eficácia nas atividades do ensino, da pesquisa e


da extensão, bem como das gestões administrativas e de Pessoas, do orçamento e
finanças.

 Respeito a todos os segmentos e membros da comunidade universitária e à


Convivência Democrática.

 Acolhimento das Demandas Sociais e busca contínua de respostas aos desafios


atuais por meio da defesa da Pluralidade do Conhecimento, da Qualidade Acadêmica,
do Exercício da Cidadania e da Sustentação dos Valores Democráticos Universais.

 Incentivo e observância às Formas Democráticas de Ação.

EMBARQUE NA ONDA AZUL DE UM NOVO TEMPO!!!