ENGENHARIA CIVIL E COMPUTAÇÃO

ALISSON PEREIRA DE SANTANA
LUAN DE ARAÚJO QUEIROZ

PROJETO DE PESQUISA

Salvador
2014

ALISSON PEREIRA DE SANTANA LUAN ARAÚJO QUEIROZ PROJETO DE PESQUISA Projeto de Pesquisa apresentado a Universidade Salvador do curso de engenharia civil com o objetivo de obtenção de nota da primeira avaliação referente a matéria Introdução ao Trabalho Cientifico. Orientadora: Prof.ª. Carla Cunha Salvador 2014 .

SUMÁRIO 1. INTRODUÇÃO TEMA PROBLEMA HIPOTESES OBJETIVO JUSTIFICATIVA METODOLOGIA REVISÃO LITERÁRIA REFERÊNCIAS . 8. 5. 7. 3. 4. 2. 6. 9.

. elas ajudaram mas não será o suficiente para substituir a função do trabalhador na obra. pois com a ajuda de máquinas em tal função. Porém.  Vieram para ajudar.  As máquinas irão auxiliar o homem na realização de tarefas mais complicadas. PROBLEMA  Qual a necessidade ter máquinas ajudando no trabalho?  Vieram para ajudar o trabalhador nas obras?  Substituirão a função do trabalhador na obra? 4. tal inovação não foi bem vista por todos. caso ocorra acidentes na área de trabalho. Pois as máquinas não pensam. INTRODUÇÃO Desde a 1º Revolução Industrial. 5. passando a ocupar outras áreas de conhecimento e principalmente a área da construção civil.1. TEMA A ocorrência da utilização de máquinas na construção civil no sec XXI em Salvador-BA 3. apesar de reduzir os riscos físicos. HIPÓTESES  É necessário o uso de máquinas pois reduziu o número de trabalhadores que se aposentam mais cedo por questões como riscos físicos e insalubridade. 2. e não substituir. elas continuaram trabalhando sem parar. quando máquinas passaram a substituir a mão de obra humana em alguns setores. porém acabaram gerando desemprego. a tecnologia tem evoluído cada vez mais. aquele que exercia a função da máquina não será mais necessário resultando desemprego. OBJETIVO  Analisar o papel e a aceitação das máquinas no processo da construção civil.

REVISÃO DA LITERATURA Com o avanço tecnológico foi possível ver as máquinas fazendo trabalho humano com perfeição e repetitivo sem menor trabalho possível. a metodologia foi adotada com uma pesquisa pela web e bibliográfica. 8. No mercado soteropolitano. JUSTIFICATIVA A pesquisa é relevante pois se faz necessário interpretar de uma maneira mais profunda o assunto para chegar a um parecer sobre a utilização dessas máquinas. arquitetos. 6. visaram trazer máquinas para um trabalho mais eficiente nas obras. jamais substituem o trabalhador: elas substituem funções numa empresa. com ajuda de engenheiros civis e computacionais. buscar novas formas de manter o mesmo ou um maior potencial no qual a presença do homem nas obras seja ainda mais relevante. o grupo foi organizado para procurar informações sobre o incidente por pesquisas na internet e achando fontes para complementar a pesquisa. muitos trabalhadores devem optar-se para fazer outros cursos de aprendizagem para no fim conseguir manter-se no emprego. E com isso. Compreender importância e a função dos trabalhadores no contexto da construção civil e encontrar meios de geração de empregos. na verdade. METODOLOGIA Primeiramente. pedreiros. os materiais. requerendo cada vez mais conhecimentos multidisciplinares por parte dos engenheiros. as empresas começaram a perceber e encaminhar máquinas na área de trabalho da construção civil. Segundo THOMAZ (2002). normalmente voltadas para a parte . afim de obter conhecimento. ‘’ As máquinas.  Observar o funcionamento da harmonia entre máquinas e homens. por estar em período de desenvolvimento urbano. 7. serventes e os construtores em geral. as técnicas e os processos de construção de edifícios têm evoluído de forma acentuada nos últimos tempos. a tecnologia é sobretudo conhecimento.

. desemprego na acepção corrente. Disponível em: <http://www.’’ Mizael Souza Segundo CATTANI (2002). 2ª Tiragem. Acesso em: 03 de outubro de 2014 . refere-se à situação em que se associam: a ausência de trabalho acompanhado da disponibilidade de trabalhar com a busca por trabalho.html>. W.php?arquivo=455BOTELHO_WCB_Novasforma.D. 2002. atualmente no Brasil. REFERÊNCIAS THOMAZ. Tecnologia.simpep. VENDRAMETO. São Paulo: Editora PINI.unesp. atualmente. o emprego tem altas e baixas mas meios para se conseguir qualificação profissional. 9.blogspot. BOTELHO.A Substituição do homem pela máquina: Desvantagens e Vantagens. enquanto peça fundamental no sucesso organizacional. Numa organização. Antigamente. P.com. Gerenciamento e Qualidade na Construção. funciona pelo interesse de cada de um em se atualizar.C. FRACCARI.Novas formas de trabalho na construção civil: prospectiva e desemprego. SOUZA. A..br/2012/05/substituicao-dohomem-pela-maquina.feb.br/anais/anais_11/copiar.pdf> Acesso em: 03 de outubro de 2014. o ser humano é insubstituível enquanto pessoa. São Paulo: Editora Vozes. Oduvaldo. Trabalho e Tecnologia: Dicionário Crítico.técnica de produção ou de informação. a taxa de emprego caia muito por causa da qualificação profissional que atingia a população pobre. Mizael . Disponível em:<http://gestaocompessoaserh.L. 1ª Edição. E. 2002. CATTANI.