Você está na página 1de 15

Energias da Mente - Aula 3 de 4: Programação Energética

Curso Básico SEI – Sistema de Evolução Integrada

Assunto 2 de 8: Energias da Mente

Aula 3 de 4: Programação Energética

2001 © Aldomon Ferreira –


Apoio SVCA

Benvindos ao curso Energias da Mente, hoje terceira aula: Programação Energética. Estou
vendo que aqui tem pessoas novas, outras faltaram à aula de hoje, que começaram o curso,
isso acontece... Hoje nós vamos aprender algo muito importante no campo das energias,
programar a energia. A energia, não adianta, muitas vezes a gente pensa “nossa, estou super
energizado, isso vai tornar a minha vida melhor.”... É um engano. Só termos a energia em
nós, ou sabermos circulá-la, distribui-la em nós, não basta. Precisamos ter a qualidade da
energia também elevada, não basta a quantidade de energia. Uma pessoa pode estar super
energizada e ficar deprimida, ficar vulnerável e ser um banquete pra entidades, espíritos,
vampiros... Quando alguém não tem energia alguma no corpo, está desvitalizado,
desenergizado, é uma pessoa que não interessa aos espíritos, nem positivos nem negativos.
Os positivos não vão usar uma pessoa vazia, então a pessoa está implorando por alimento
energético, e os espíritos de baixa evolução, ditos sombrios, também não vão querer nada
com essa pessoa porque ela não tem nada pra dar, pra oferecer. Mas a partir do momento
que você começa a aumentar o seu poder energético, aí você se torna desejado, ou desejada,
tanto pelo lado positivo quanto pelo negativo. O lado positivo vê em você possibilidades de
ajudar o mundo em que você vive, de ajudar o próximo, a humanidade... O lado negativo vê
em você uma mesa farta, um banquete de vitalidade para sustentar o poder de algum gênio
do mal, do lado espiritual. Mas você não é simplesmente um prato cheio, você é um espírito
com inteligência, com livre-arbítrio, que vai poder direcionar a sua vida, determinar como
você utilizará as energias que captou, que armazenou, que circula em seu corpo.

A energia é o poder e o poder é neutro em si, pode ser usado pro bem ou pro mal. Mas se
você aprender a programar a sua energia com uma natureza, uma identidade, que só possa
ser usada no sentido positivo, pode se sentir seguro. Os seres inferiores não irão desejar a
sua energia porque nela, na energia interna, seja ela psíquica, vital, já estará gravado uma
vibração incompatível com as emoções, com os pensamentos de entidades inferiores, então
você deixa de ser desejado pelo lado negativo, e o lado positivo não desrespeita seus, é...
suas vontades, seu livre-arbítrio, só o lado negativo é que desrespeita o nosso livre-arbítrio
tentando subjugar a nossa vontade. O lado positivo não subjuga a vontade. Porquê que eu
falo lado positivo?

Porque você desenvolveu o poder energético e vive simplesmente trabalhando, estudando,


cuidando da família, você não vai utilizar essas energias nas suas atividades usuais... É uma
energia tão grande que ela pode ser usada pra ajudar na área da cura espiritual, por
exemplo, na saúde de outras pessoas, pode ser usada pra desenvolver alguma genialidade,
seja na área artística, científica, empresarial, comercial, depende do que é importante pra
você. Se determinadas áreas são importantes você aplica sua energia pra aquelas áreas.

Ma se não programar a energia ela ficará ali, vulnerável, disponível pra quem tiver o poder
de tomá-la de você. A gente pode até dizer que uma pessoa que não programa a energia é a
mesma coisa de sair deixando no caminho pelo chão cheques em branco assinados, alguém
chega lá coloca o valor e usa. Então nós recomendamos não fazer isso, assine a sua energia,
assine, e aí você terá o poder de controlá-la, ninguém poderá tomar de você, ninguém. A
partir do momento que você programar com a sua identidade vibratória, com seus
sentimentos, com seus pensamentos. Mas aí entra noutra questão: quantas foram as vezes
que nós vimos alguns que trabalham as energias psíquicas, cheios de segurança, pensado
“fiz um escudo sólido, uma bolha de luz em volta de mim, fiz um campo magnético,
ninguém poderá atravessar a minha bolha de luz, meu escudo de proteção”... só que cheio
de mágoa, de rancor, de descontrole emocional, de desejos inferiores...

Os espíritos, eles entram com uma facilidade imensa nesse campo de proteção de uma
pessoa assim, por quê? Porque fizeram uma proteção que vibra numa faixa inferior, quer
dizer, que foi feito de emoções inferiores, de pensamentos primitivos. Não tem proteção
nenhuma. Então não adianta você visualizar apenas o escudo em volta do seu corpo, ou
criá-lo, mesmo que você crie um escudo de proteção psíquica. Pra evitar os olhares não
muito amorosos de pessoas invejosas, despeitadas, mal intencionadas, ou até mesmo os
trabalhos de magia negra... os trabalhos de magia negra são uma coisa muito séria... o
Brasil é uma cultura que tem uma cultura de origem afro. A magia negra, a magia positiva
vêm de culturas muito tribais, e o Brasil é um país extremamente mágico no sentido de
comunicação, de contato com o lado oculto da vida. Raramente se vê alguém que não foi
vítima de alguma influência criada por trabalhos de magia negra, raramente. Na área
científica, política, empresarial, o que mais se vê é trabalhos de magia negra. É o político
que sacrifica animais e até as pobres crianças em seus rituais macabros pra se elegerem... a
gente já ouviu falar aqui no Brasil mesmo em político que desbancou situações assim que
pegaram até prefeito de cidade que tinha usado criança em ritual de magia negra,
sacrificado criança. É uma coisa absurda, sem dúvida, que mundo nós estamos?! Sim, nós
estamos em um mundo onde o mal aparentemente domina, digo aparente porque o lado
positivo, da justiça, do amor, permite apenas a atuação dentro das restrições do carma
coletivo ou individual daquele que se diz vítima de uma ação negativa. Aquele que não
deve pro carma, esse tem completa proteção e não será vitimado de trabalhos negativos.
Então não se sinta entregue à própria sorte, cada um simplesmente colhe o que fez em vida
passada ou nesta vida mesmo.

Mas você com programação energética, ela é algo tão positivo prà vida da gente que nós
podemos usar até pra nos proteger de trabalhos de magia. Não existe só magia negra, tem
magia positiva... tem a magia das trevas que é pra subjugar a vontade de algumas pessoas
que são vítimas de intenções negativas, ou de encarnados ou desencarnados, e tem a magia
positiva, que é feita prà área da cura, prà área do esclarecimento, da proteção, da
estruturação de vida... tem essas duas áreas. Nós não tínhamos como negligenciar o
conhecimento da magia e programação energética porque com anos de experiência em
palestras e aulas nós já encontramos tantas pessoas vítimas dos trabalhos desses espíritos
sombrios, e muitas vezes totalmente vulneráveis, entregues a essas forças, visto que a
medicina convencional não consegue curar os estragos que essas forças fazem na saúde de
algumas pessoas, ou todo o conhecimento na área empresarial, administrativa não tem
como ajudar a pessoa a erguer a empresa dela ou o lado material quando é vítima de um
desequilíbrio em função de perseguições espirituais...

Portanto você aprender a programar a energia não é apenas um passatempo para os


momentos ociosos para combater o tédio de uma vida muitas vezes monótona... O
conhecimento energético é pra que você possa traçar com segurança a trajetória de sua
vida, evitando tantas influências perturbadoras em seus planejamentos e assim realizá-los
com mais segurança, com mais tranqüilidade, e ver a plenitude, o sucesso da sua vida
acontecendo, mesmo que forças contrárias tentem contra você. Mas se você criar à sua
volta uma atmosfera tão positiva que gere uma repulsão a todas as energias perturbadoras
você será protegido por si mesmo. E se você conseguir contaminar positivamente a sua
família com isso, aí sua felicidade será completa, porque muitas vezes você está forte mas
aí os espíritos de baixo nível joga a esposa contra o marido, o filho contra você, joga sua
mãe, seu pai, se vizinho, o cachorro do vizinho... as circunstâncias mais hilárias e
desagradáveis são criadas com as influências negativas, porque muitas vezes quando eles
não têm jeito, eles jogam até o cachorro contra. J É, o negócio não é brincadeira não, eu
mesmo tenho a marca aqui no meu braço de um cachorro das trevas... J um belo dia ele
olhou pra mim assim... e acho que ele viu uma lingüiça ou um pedaço de carne bem
suculento e... quase que eu viro comida de cachorro, e era meu cachorro, mas era do mal J.

Porisso não subestime o poder das forças das sombras na sua vida, precisa ser respeitado,
esse poder. Não temido! Só se a pessoa anda na linha negativa, aí existe a hierarquia do
mal: se você é mau vai ter outro mais mau que você que vai te subjugar, e assim até chegar
lá no... no “feioso”, que é o chefe de todo o mal aqui da Terra. Esse “feioso”, ele fica num
lugar que eu não vou dizer onde é não pra ninguém ter pesadelos com ele J nem vou dizer
como ele é, mas o mal existe aqui na Terra e não pode ser ignorado e nem provocado, e não
precisa ser temido contanto que você ande na linha positiva na vida, e pegue essa
positividade e grave na sua energia essa positividade. E hoje eu quero ensinar a gravar essa
positividade na sua energia, seja ela a sua mente, sua energia psíquica, sua energia vital.

Prà gente compreender um pouco dessas energias da mente vamos relembrar algumas fases
dessa energia. Energia da Terra é energia telúrica. Quando essa energia entra em nosso
corpo pelos pés, pelo cóccix que fica na base da coluna vertebral, se transforma em energia
Kundalini, essa energia Kundalini ao movimentar em nosso corpo, passa pela mente e se
mistura com a energia vital e vira energia psíquica, energia psíquica. A energia do Sol, a
luz do Sol, ao entrar em nossa atmosfera terrestre se transforma em prana, energia vital
cósmica. Prana é energia vital do cosmo, da natureza, não metabolizada por nenhum ser
inferior ao reino de logos ou de planeta, ou de estrela, visto que a energia prânica é
metabolizada pelo planeta Terra quando o Sol irradia tal vitalidade para a atmosfera
terrestre. A atmosfera terrestre metaboliza essa energia e deixa essa energia favorável à
nossa absorção, pra que nós absorvemos a energia prânica. Nós absorvemos mais energia
prânica pelo ar, através da respiração, e pela pele, através da luz e através do vento que
passa pela nossa pele. Então quando a gente sente um ventinho passando na pele a gente
pega energia vital. Por exemplo: aquele momento quando o Sol está nascendo, aquele
momento, ele é muito especial porque tem uma umidade geralmente no ar muito grande,
tem o orvalho nas plantas, isso pra quem vive no meio rural, num meio que tem plantas,
mas quem vive em apartamento J não vê nada disso. Os primeiros raios solares imantam
essa umidade no ar de muita vitalidade, então a parte da manhã tem muita vitalidade por
causa disso, porque a umidade é maior, e aí a pessoa através da água é... em forma de
vapor, pega mais prana. A água é um condutor melhor ainda de prana do que o ar, mas a
água na terra, ela dificulta a saturação de prana nela, então a água em forma de vapor
geralmente facilita a absorção prânica. O prana, quando entra em nosso corpo, vira energia
vital e fica alojado, guardado, em celeiros energéticos chamados centros de força, que em
sânscrito quer dizer também chacras, rodas... agora, não me pergunte o que é sânscrito
porque eu não cheguei a estudar tanto sobre isso, é uma língua que o pessoal usava aí em
um país remoto.

Mas vamos ver de forma mais simples isso. Pegamos energia pelo ar, pelo Sol, pela luz,
pegamos energia pela Terra e essa energia se mistura em nosso corpo, e nós armazenamos
em centros de força. Nós temos mais de dois mil centros de força ao longo do corpo, mais
de dois mil, haja centros de força, não é brincadeira. Mas nós podemos falar que os que têm
maior importância pra nós são sete: o Coronário, no topo da cabeça; o chacra Frontal, o
centro de força da testa; o Laríngeo, do pescoço; o Cardíaco, do coração, mas o Cardíaco
geralmente está aqui no centro, geralmente porque algumas pessoas desalinham os chacras,
aí o chacra fica cada um numa ponta, mas quando estão alinhados eles são bem
centralizados.

Eu já vi casos, por exemplo, quando a pessoa usa droga, desalinha os chacras todos, fica
assim... ela fica parecendo uma bicicleta que bateu numa pedra, a roda, e ficou amassada, aí
quando vai andar ela fica assim (imaginar como)... a droga faz isso, principalmente a droga,
mas distúrbios emocionais também desalinham os chacras, mas como geralmente a droga
gera “uma pancada” de distúrbios emocionais, ela é uma das grandes vilãs da energia. O
álcool faz uma coisa terrível, ele dilui a energia vital... então a energia vital está ali no fluxo
normal em movimento no corpo, aí a pessoa vai e toma uma cachacinha... a bebida atua no
campo etérico do corpo, não apenas no campo físico, no etérico físico e no etérico astral, e
dilui o ectoplasma e a energia vital. Ih, agora surgiu um outro elemento, o ectoplasma.
Deixa eu explicar o que é o ectoplasma. Quando a gente pegou prana, ao entrar em nosso
corpo ele foi metabolizado. Ao ser metabolizado em nosso corpo... agora o quê faz essa
metabolização? O chacra gira, ele tem um efeito de centrífuga, esse efeito centrífuga gera
uma compressão... uma compressão... essa compressão faz uma coisa interessante: o nosso
chacra, ele já tinha energia vital, quando chegou o prana e misturou com essa energia vital,
junto com a compressão virou vitalidade também; ao virar vitalidade a energia vital se torna
interessante pros seres que não conseguem metabolizar as energias da natureza pra terem a
sua própria energia vital, que alguém deve pensar “por quê que existe vampiro, porquê que
o indivíduo não pega ele mesmo a energia, porquê que ele não faz absorção prânica e pega
energia pra ele?”. Eu vou dizer pra vocês... Porque o chacra dele, ele tem tanta energia
negativa que ele travou o chacra dele, o chacra dele, o centro de força, não gira, não tem
esse efeito centrífuga, o que quer dizer que ele não consegue pegar o prana e fazer virar
energia vital, ele tem que pegar energia vital pronta. É como uma transfusão de sangue, ele
não consegue produzir a sua própria vitalidade porque o chacra está cheio de ódio, de
mágoa, de rancor, de agressividade, de maldade, de distúrbios, aí ele não gira, ele trava.
Não girando, ele não produz energia vital.

Porisso quanto mais os seus chacras girarem, mais energia vital você fará em seu corpo,
mais energizado você ficará. Porque você poderá ter a capacidade de pegar o prana e
transforma-lo em energia vital. Se o seu prana, ao entrar no corpo, encontra um chacra
“querrém...” parecendo uma roda de carro de boi, pra quem já foi numa cidade do interior e
viu um carro de boi com aquela roda assim na ladeira, lentamente J... O seu chacra precisa
parecer uma turbina de avião! Precisa parecer uma coisa assim muito veloz, e não uma
coisa lenta ou uma coisa travada, pra você se energizar bem. Quando esse movimento, ao
misturar com a energia prânica que entrou pela respiração, pela energia vital que entrou
pela comida... Porque a comida tem uma coisa muito importante na comida... A maior
finalidade dela é nos dar vitalidade... Se você vai lá, abre o freezer, pega uma lazanha que
estava há quinze dias lá, leva no microondas J, assa a lazanha, tira do microondas, coloca
no prato, espera esfriar porque aquilo sai quente que não é brincadeira J, pega um
refrigerante e coloca no copo, pega um catchup, mostarda e... lá na lazanha, e come... você
não está comendo absolutamente nenhuma energia vital, nenhuma! Você está comendo
toxina... amido, gordura, alguma proteína, pouquinhas vitaminas mas tem alguma coisa ali,
fibra não tem nenhuma... e o seu corpo usará a energia que captou pelo ar e pelo sono.
Quando a gente dorme o nosso espírito sai e se alimenta de energia vital, e você vai usar a
energia que você pegou de outra fontes porque a energia vital contida naquele alimento não
tem quantidade suficiente sequer para fazer o seu estômago digeri-lo, e você ficará
desenergizado ao comer um alimento sem energia vital nenhuma porque usará sua
vitalidade captada de outras fontes. Nós não somos apenas um composto químico. Você
pode estar super vitaminado, cheio dos aminoácidos, dos minerais, mas se você estiver
desenergizado, o seu corpo não irá metabolizar, não irá trabalhar e não irá processar
nadinha desses nutrientes que estão em seu corpo. Porisso nunca se esqueça, mais
importante do que a quantidade da comida, é a qualidade energética dela, porque sem
energia você come, come e se sente fraco, se sente sem disposição, sem criatividade, sem
realização, sem manifestação nesse mundo.

Porisso você precisa preservar a sua vitalidade ao máximo. Mas a energia vital está em seu
corpo, nos sete chacras... Cardíaco, no Plexo Solar na boca do estômago, Umbilical no
umbigo e chacra Básico na região sexual. Compreenda, nós temos mais chacras centrais,
não são só esses sete, mas nós vamos levar em consideração pessoalmente só esses sete. Se
a gente aprofundar no conhecimento energético vamos ver muitos mais chacras centrais e
outros tantos periféricos, mas esse curso não é pra aprofundar, é um curso básico pra nós
termos uma noção é... pelo menos necessária à defesa energética, à vitalização, uma
melhora energética de vida, mas não pra ter um domínio aprofundado da energia. Pra isso é
preciso fazer um curso aprofundado nessa área. Mas voltemos lá...

Quando a energia vital é armazenada nos chacras, ela tem períodos de dispersão no corpo
pra energizar os órgãos do corpo, e ela se movimenta. Nós temos do nosso lado direito o
lado yang, nergia positiva, energia masculina, e no lado esquerdo energia ying, energia
passiva, energia feminina. Essas duas polaridades, elas se movimentam no corpo. Quando a
energia dessas polaridades sobe, ela sobe fazendo esse movimento nos chacras... passa
aqui, encontra um chacra, polariza, encontra outro chacra, ela polariza, e equilibra a nossa
energia. Nesse momento de polarização gera um atrito psíquico, não um atrito negativo, é
um atrito de polaridade, quando o ying e o yang se encontram, e isso gera o magnetismo, o
magnetismo. Esse magnetismo gera o chamado campo magnético, e esse campo magnético
comprime a energia vital, que já era prana comprimido com energia vital, e transforma em
ectoplasma.

O ectoplasma, ele é muito importante pra vitalização das células do corpo. O ectoplasma é
uma energia tão importante que algumas pessoas que têm contato com o mundo espiritual
usam esse elemento imaterial, ele não é material mas ele atua no mundo material... Ele é
etérico, o ectoplasma é etérico, etérico físico que tem a ver com nosso mundo físico, e
etérico astral que tem a ver com outro mundo, que a gente vai depois que desencarna. Esse
elemento ectoplasma que é etérico, etérico físico e astral, ele pode ser utilizado para
materializar coisas do mundo espiritual para o mundo físico. Então, espíritos se
materializam usando ectoplasma, as assombrações são espíritos materializados usando o
ectoplasma. Mas o espírito, ele tem dificuldade pra produzir ectoplasma em função do
ambiente dele ser muto sutil, então geralmente ele usa o extoplasma de pessoas encarnadas
que não sabem usar o próprio ectoplasma J aí eles usam: “ah, aquele ali está derramando
ectoplasma lá meio àtoa, está cheio de mosca encima dele, deixa eu ir lá pegar um
pouquinho e aparecer lá pra um parente que há muito tempo eu não via...” J Tem uns que
fazem isso, é programação energética, eles programam a energia pra materializar-se...

Nós precisamos estar desbloqueados, circulando a energia perfeitamente no corpo, com os


canais dilatados como a gente passou na aula anterior para trabalhar bem a energia
psíquica. Mas programação de energia... tem uma coisa muito interessante na programação
energética. A gente programa a energia com magnetismo, a gente usa o magnetismo para
programar a energia psíquica. Porisso que nós podemos até usar, não como sinônimo
perfeito, mas quase perfeito, dizer que uma coisa está magnetizada e energizada, porque
quando você energiza, você só pode energizar com seu magnetismo, é o seu magnetismo
que irá conduzir a mensagem psíquica, emocional, mental, sentimental para o alvo a ser
energizado. Mas pra você magnetizar você tem que programar anteriormente o
magnetismo. Na nossa próxima aula nós vamos falar sobre transmissão de energia, que
envolve energizações. Quem não veio na aula de hoje ou não pegou essa aula de hoje vai
ficar sem um elemento importante, quem não pegou a anterior também... Porisso pra quem
está vindo pela primeira vez eu recomendo adquirir as fitas das aulas anteriores ou esperar
que daqui a alguns meses, daqui a uns sete meses a gente volta a falar sobre isso. Mas quem
tem paciência pra esperar tantos meses, né? Se esperar volta a pegar esse assunto...

Dentro da programação da energia, vou ensinar hoje um segredo... é um segredo muito


importante. Não é fórmula mágica mas é a simplicidade da programação energética. Nós
vamos imaginar assim, fazendo um paralelo com a cozinha, com a arte de cozinhar... eu sei
que deve ter muitas pessoas que devem gostar de cozinhar... Imagine o fogão, um bom
fogão geralmente é o de seis chamas, né?, que o de quatro só se a família for pequena, mas
dependendo da família o bom é de seis pra cima... J, bocas, pra ter seis panelas ali... Então
imagine que a gente tem um fogão não de seis panelas, mas de sete panelas, sete bocas...
Cada boca é um chacra e nesse chacra nós vamos colocar uma panela, uma panela. Dentro
da panela nós vamos colocar energia vital, nós vamos colocar energia vital. Energia vital,
imagine que seja arroz, vamos colocar arroz dentro das sete panelas... Haja pessoa pra tanto
arroz J... então, tudo arroz. Tem pessoas que fazem arroz só água e arroz, tem pessoas que
fazem o arroz com alho, tem pessoas que fazem o arroz com cebola, tem pessoas que fazem
o arroz com outras coisas, com cenoura, ou só arroz com feijão, outros fazem arroz com...
com os mais diversos temperos ou complementos...

No nosso chacra tem energia vital. Imagine que a energia vital em seu estado, assim que ele
é processado, é... o estado de compresão do prana e mistura com energia vital, que está tudo
ali, fica neutro. Como neutro? É como o arroz antes de ser cozido. Você pode entregar o
mesmo arroz, entrega pra dez pessoas, nenhuma das dez pessoas vai conseguir fazer o arroz
do mesmo jeito. O arroz vai ficar com tempero diferente, cada um vai usar o seu tempero...
A programação energética é isso, é o tempero que a gente dá na energia psíquica, na
energia vital. Mas como é que a gente faz esse tempero?

Os sentimentos, emoções, pensamentos, intenções, lembranças, aspirações. Então imagine,


vamos fazer aqui agora uma programação energética. O que eu vou fazer é programar a
água desta jarra. Digamos que uma pessoa comeu, está passando mal, já tomou três sal de
frutas J já tomou aquele boldo, aquele negócio amargo, né, que tem... amassou lá... aquele
sete-dores, que tem um outro que é pior ainda, “sete-dor” né? J tomou sal de fruta, não
adianta nada... está lá com o estômago doendo, embrulhado, passando mal... já tentou
colocar pra fora mas não conseguiu... você tentou todo o medicamento que podia... Mas
você pode programar uma água para servir de medicamento. Eu já usei isso, estou contando
minha própria história J já vou dizendo que já usei tudo o que podia pro estômago e nada
dava certo J... quando fiz uma programação energética da água e tomei foi... ó, alívio
imediato. J Pensei até em engarrafar e vender mas desisti de mecher com isso J gastama
muita energia, não ia compensar o rendimento que isso ia me dar J e vai que não
funcionasse, né, aí eu ia passar por mentiroso J Então... porque funciona em umas pessoas,
em outras não! J Sabe lá o tamanho do bicho que está dentro da pessoa, né? J se for um
jacarezinho dá jeito, mas se for um dragão, aí não tem remédio que cure. J

Porisso vamos programar essa água. Eu quero passar o princípio, as variáveis são muito
grandes, não dá pra eu passar muitas técnicas. Eu quero passar uma técnica efetiva.
Digamos programação da água, podia ser a programação de um cristal, podia ser
programação do carro, do seu carro pra ele ter mais proteção. “Programação do carro, até
isso dá pra fazer?!” Aí ele fica programadinho, não erra mais o endereço de casa mais de
jeito nenhum! J Solta ele assim e ele vai embora... J Não, eu estou falando sério, não é
brincadeira não. Muitas vezes você sai de casa e faz um trajeto que você faz todo dia mas
você leva três, quatro fechadas, sendo que você muitas vezes anda a semana inteira e
ninguém nem se aproxima de você... pensa assim “Gente, mas o que é que está
acontecendo, ‘tá todo mundo tentando acertar o meu carro, que coisa!?” É que muitas vezes
o seu carro está com uma energia negativa... é, alguém jogou energia negativa.

Certa vez eu estava aqui dando uma palestra, bem tranquilo e tudo e quando eu terminei a
palestra e fui lá entrar no meu carro, tinham quebrado, arrombado o meu carro, tentaram
levar, só não levaram porque tinha uma tranca bem desanimadora nele, mas uma tranca
daquelas boas, difícil de levar... aí o indivíduo levou um rádio velho lá que nem funcionava,
e eu pensei “mas que intuição boa, eu lá dando a palestra, todo zem e tudo e eu chego lá e
meu carro quase foi embora”... Quando eu fui ver o que era é que a energia dele não estava
muito boa, aí eu dei umas boas energizações, coloquei um bom alarme... J nunca mais
aconteceu nada, eu não sei porquê...J nunca mais... Mas hoje... é, não, claro, mas isso aí é a
via fácil... mas eu não acredito só no lado psíquico não, eu acredito no físico também J
então quando ele vê a luzinha piscando assim ele pensa “ah, vai fazer barulho, então eu vou
levar aquele que está melhor que esse... J

Então quando nós vamos programar uma coisa a gente diminui o estrago. Muitas vezes ela
é inevitável... é inveitável mas você diminui com a energia positiva que você vai colocar
ali. Então você pode energizar o seu carro, você pode energizar o seu filho pequeno... o
grande é meio difícil, viu? O pequeno é fácil porque o livre-arbítrio dele está em
desenvolvimento. O grande, ele já está tão cheio de energias muito programadas. Pequeno
que eu falo é assim até lá os seus seis, sete anos. Daí em diante ele pertence ao mundo... J
se você der um bom exemplo, dá uma boa orientação pode até diminuir o estrago, mas aí
ele já pertence a ele mesmo... mas quando pequenininho ele é muito influenciável
energeticamente, e como sua tarefa é protege-lo, orienta-lo, encaminha-lo, tem o direito de
energiza-lo. Mas tem uma coisa, a gente não pode programar a namorada, não pode
programar a esposa, nem marido e nem um conhecido pra virar nomorado ou namorada,
isso não pode. Porquê não pode? Porque isto viola uma lei chamada lei do livre-arbítrio. O
que separa a magia negra da magia positiva é o respeito ao livre-arbítrio. A magia negra
não respeita o livre-arbítrio, a magia positiva respeita o livre-arbítrio, esta é a diferença.

Se você pensa “Agora estou poderoso, ah... vou anergizar aquela menina ali porque eu vou
pegar ela, ela nem olhou pra mim mas eu vou dar uma energizada nela que eu vou endoidar
a menina...” Não pode. Isso aí já é magia negra, você desrespeitou o livre-arbítrio dela,
porque você começou a usar a energia psíquica para tendenciar os sentimentos dela, os
pensamentos dela em relação a você. Isso não pode. Mas digamos que alguém aqui alguém
aprenda o que vai ser ensinado e quer usar pra isso... Pode até usar, mas não deve! Não que
eu vá me vingar de você, eu não sou de vingar não, mas é porque o carma, menino, o carma
não é brincadeira, sempre tem alguém mais poderoso do que a gente, sempre, no lado
positivo e no lado negativo. Se você gera um carma, aí vai alguém também usar a energia
psíquica para te manipular. Às vezes a gente vê uma pessoa com a vida totalmente
manipulada pelas forças ocultas e fica “Ai meu Deus, eu não sei o que eu fiz pra merecer
isso...” Ah, mas Deus sabe! J Manipulou agora você é manipulado, isso é o carma. Porisso
você usa o conhecimento como sua consciência falar, sabendo que você será o responsável
por seus atos, não eu, é você. Eu te dou uma ferramenta que você pode utilizar pra algo
maravilhoso ou pode construir o seu caixão J você escolhe. A escolha é individual, o
caminho que a gente segue. O poder energético é neutro, ele pode ser usado para o bem ou
para o mal, depende da natureza e da índole da pessoa que o aprende, que o desenvolve.
Porisso vamos lá na programação... Daqui a pouco eu vou fazer uma técnica coletiva, eu
vou fazer, vou ensinar a técnica aqui pra vocês poderem usar, dali eu vou passar uma
técnica de visualização que é muito importante. Vamos lá então.

Você coloca um copo de água potável... você vai fazer um medicamento com essa água...
se você tem por exemplo um amigo, uma amiga que anda meio deprimido e tudo e, ou da
família, e pediu uma ajuda pra você, você pode fazer uma programação de água pra dar um
pouco da sua alegria prà pessoa... é!... mas antes vamos pro remédio para o estômago J eu
vou ensinar o remédio pro estômago, vamos lá...

Você sensibiliza energeticamente a palma das mãos... faz elasticidade magnética, para
estimular o seu campo magnético... depois você estende as mãos sobre o copo, o copo
precisa estar aberto prà energia sair densa mesmo pro líquido, sair da sua mão e ir pro
líquido densa... Você começa a fazer uma pressão magnética sobre a água, uma pressão
magnética com as mãos... e começa a mentalizar que sai um vapor das suas mãos, um
vapor, das duas mãos. É recomendável fechar os olhos para concentrar melhor, não ser
distraído por nada, o ambiente precisa estar tranquilo, silencioso, arejado... faz uma
compressão, limpo fisicamente, eu não vou ter como explicar hoje porque precisa ficar
limpo fisicamente, não pode ser um ambiente sujo... não, eu vou explicar, porque senão
muita gente vai ficar curiosa, tem gente que não gosta de limpar o ambiente em que mora
então vamos ver...

Quando a gente deixa um ambiente sujo, existem formas-pensamento negativos no


ambiente e essas formas-pensamento são geralmente animaizinhos, e quando esses
animaizinhos vêm uma energia vital pelo ambiente eles correm atrás como se fosse um
cachorro vendo uma lingüiça “dando bobeira”, ele vai encima e aí pode comer a energia
vital. Então o ambiente precisa estar limpo nesse momento.

Faz compressão mentalizando o vapor, feche os olhos, e lembra de momentos em que você
estava saudável, com seu estômago funcionando perfeitamente. A digestão tranqüila,
agradável, bem estar... essa sensação que você vai ter através da lembrança, a sensação
você vai projetar essa sensação, da sua testa, do chacra Frontal prà água e das suas mãos
prà água... sensações emocionais estão relacionadas ao Plexo Solar... então vai sair uma
energia do seu Plexo Solar, sensações é... como de comida, bem estar de comida. Afeto é
relacionado ao Cardíaco, o lado material está relacionado ao Umbilical... se você quer
melhorar as coisas materiais, você deve estimular o Umbilical... ‘tá faltando dinheiro?:
Umbilical Só isso não vai te dar mais dinheiro não, isso é um dos componentes junto com
outras coisas... se você gasta mais do que ganha você nunca vai ter dinheiro, você pode
ganhar um milhão, se gasta um milhão e meio vai ficar devendo a vida inteira, não adianta
nada... Então precisa uma educação emocional, que quando as emoções se perturbam
muitas vezes a pessoa desequilibra todos os setores da vida...

O que você sentir naquele momento você deseje que vá junto com a energia magnética que
você está fazendo pressão na água, então você vai lembrar de quando o seu estômago
funcionava bem. Eu falo isso porque se você for uma pessoa que está passando mal do
estômago, naquele momento você está passando mal então você não pode usar a lembrança
daquele momento pra fazer a energização, só com muito controle é que você vai conseguir
fazer uma boa programação... inicialmente é melhor você pedir a alguém que esteja com a
digestão bem pra fazer essa programação... Você programa... (um mosquito acaba de se
suicidar aqui nessa água, mas isso eu não programei pra nenhum mosquito não vir aqui
dentro J)...

Quando a gente programa... você programa por uns cinco minutos aproximadamente,
concentrando a pressão, enquanto você estiver programando aqui você não pode lembrar da
roupa que deixou de molho, não pode lembrar da conta que esqueceu de pagar, não pode
lembrar da sua namorada nem do seu namorado nem do seu marido, da esposa, daquele
sujeito que te ofendeu, não pode lembrar de mais nada, só da sensação de programar, senão
você vai contaminar a programação, e sobre contaminação energética é que eu quero falar
agora...

Comida... é uma das coisas que mais programam negativamente as pessoas. Não que a
comida seja ruim, não... Imagine, você vai num restaurante comer, num restaurante muito
bonito, muito apresentável, fino, limpinho... mas naquele restaurante tem um auxiliar de
cozinha que chegou naquele dia atrasado porque a mãe dele estava doente e ele estava lá
cuidando dela, mas viu que não tinha outro jeito, saiu, o ônibus atrasou, e ele chegou lá.
Quando chegou lá o chefe de cozinha já foi xingando “Não agüento você, que só chega
atrasado” e não sei o quê e “desceu a lenha” nele, falo “Eu vou te despedir, eu não tenho
mais paciência com você...” e ele, já estava triste com a situação que ele estava vivendo,
depois ele fica revoltado, aí ele vai lá pegar as verduras que ele tinha que cortar, né, pra ser
cozido, então ele pega lá, joga de qualquer jeito e começa a xingar a verdura e começa a
imaginar ele cortando o chefe lá da cozinha J fatiando o chefe de cozinha ali encima da
mesa... e com aquela que... as mãos, sempre sai energia psíquica, é uma coisa
impressionante, sai a energia psíquica, e aí ele vai e joga na panela com a maior raiva, na
maior revolta... e aí depois vai bonitinho pro prato e você, ah, todo inocente vai lá J põe a
comida no prato, começa a comer aquela comida gostosa e tudo, mas dali a uma hora, uma
hora e meia que você comeu, ou meia hora, nossa, começa a sentir uma náusea, o estômago
está embrulhado ou parece que você comeu uma pedra, não digere o negócio “Ai, meu
Deus do céu...”, ou então você simplesmente vomita tudo...

Será porquê? A comida estava gostosa, foi bem cozida, bem temperada, higiene perfeita,
mas esqueceu de uma coisa: cobras e lagartos fatiados nem sempre faz bem... as formas-
pensamento, vai ver que tinha muito bichinho na comida, você comeu aqueles bichinhos e
eles ficaram mexendo na sua barriga, bloqueando a energia que iria fazer a digestão...
porisso é que passou mal. Pra quem tem secretária do lar em casa, trate bem a sua
secretária... ela chegou, se ela está nervosa acalme ela, conte uma coisa agradável, ajude ela
a resolver o problema dela J porque J senão você vai passar mal, viu? J Uma vez eu tinha
uma secretária lá em casa que não tinha um dia que eu não passava mal, aí eu comecei a
comer em restaurante, ela fazia a comida e eu ia comer em restaurante... até que não teve
jeito, ela graças a Deus foi embora J.

Não é brincadeira isso não... porque programa. Tudo o que nós sentimos programa a
energia, tudo o que nós pensamos programa... e a gente é inocente, muitas vezes você não
sabe como é que a coisa foi feita. Pensa que é só o lado físico, só o lado físico... o lado
energético conta muito. Tem pessoas que ficam doentes com a energia que come, na
comida, a energia que foi programada a comida, fica doente. Tem gente que entra em
depressão, tem gente que é agressivo, violento, tem gente que “pula a cerca” por causa da
energia. Quando eu falo “pula a cerca” não é... não é assim, né, é trair, né, ser infiel...
porque a energia tendenciou. Não adianta a gente responsabilizar a energia, né, porque se a
gente tem uma energia muito positiva a gente transforma em negativa, mas no mundo atual
quem é que tem energia muito positiva, né? Poucas são as pessoas... Mas vamos energizar
uma água pra a alegria, uma pessoa está triste e você vai dar um medicamento pra alegria,
pra ela. Tem gente que tem que tomar uns vinte litros de água por dia, programada, viu? J
porque o mundo atual, ficar alegre aqui ‘tá difícil J porque são tantos obstáculos, tanto
consumismo, tanto apego que as pessoas se frustram muito facilmente, pela perda.
Infelizmente pra superar essa sensação de perda não tem programação que dê jeito, né, mas
pelo menos pra dar uma alegria efêmera a programação dá jeito.

Uma das coisas interessantes na programação é que sempre é efêmero. Você programa uma
coisa, aquilo ali acaba, descarrega... com o passar dos dias a programação vai ficando fraca,
fraca, até que some, você perde. Porisso é recomendável usar o seu programado pelo menos
em umas vinte e quatro horas, quarenta e oito horas, depois vai ficando fraco, fraco até... é
como uma bateria, vai descarregando, o magnetismo vai irradiando e o objeto magnetizado
vai se desmagnetizando. Porisso, programe e use logo a programação.

Então vamos programar alegia. Se você não é alegre, você não tem como programar
alegria, isso é uma das características. A gente só programa uma energia com aquilo que
nós temos, você não tem como programar uma energia com aquilo que você não tem, só
uma outra pessoa que tem aquela característica que poderá programar a energia. Então, se
você não é alegre será impossível você programar uma energia com alegria. No caso, a
energia vem do Cardíaco, é um sentimento, não é uma emoção. A alegria verdadeiro
sentimento, tem uma falsa alegria que é emoção, mas aí eu vou explicar melhor isso no
curso de Controle Emocional que aliás é o nosso próximo curso, Controle das Emoções,
após a próxima aula nós vamos ter Controle das Emoções.

Quando nós vamos programar alegria, então, fechamos os olhos, estendemos as mãos... por
quê nós estendemos as mãos? Porque a energia que sai pelas mãos é extremamente densa.
A energia densa, ela não é negativa, nem toda a energia densa é negativa. Tem energias
negativas que são densas porque desarmonizam as partículas subatômicas e se densificam,
mas tem energia densa que não é negativa, ela só é densa. Então nós vamos mentalizar uma
energia saindo das mãos, saindo do Frontal e saindo do Cardíaco, então sai das duas mãos,
Frontal e Cardíaco. Sempre projete a energia do Frontal e das mãos. Você pode variar... não
isso aqui é um negócio que eu não vou ensinar não... é, eu vou ensinar hoje é esse...
porque... é, não... não vou ensinar, né... não. Vocês vão imaginar depois o que é e vão fazer,
eu vou ensinar a essência da coisa. Quem não tem imaginação muito fértil vai ter que
colocar um pouco de adubo nela J Vamos lá J tomara que seja adubo orgânico J

Pressão magnética, sentimento, lembra dos momentos alegres de sua vida, mas não é aquela
alegria fútil “Ah, eu ganhei isso... ganhei aumento de salário” J eh, sai rindo pelas paredes J
“arrumei uma namorada nova” ou “um namorado” eh, J, algum elogio, J, eh, um
reconhecimento, J, eh... essas alegrias são efêmeras, não recomendo. são alegrias
emocionais, não alegrias de sentimento. As alegrias de sentimento são as conquistas
positivas da nossa vida, é quando você venceu uma limitação do seu espírito, foi quando
você resgatou um carma e se viu livre... então são alegrias consistentes, são quando você
teve uma percepção maior da vida, então são alegrias profundas, espirituais, essas valem a
pena. Se você não as teve, você não tem como fazer isso, vai fazer programação de outras
coisas.
Digamos que você é organizado e você tem um filho que é desorganizado, isso tudo, e você
é super organizado J “Toma filho, a aguinha aqui...” J “Uai, mas você nunca me deu água”
J e fica assim meio “cabreiro” J “É, sei não...” J Vê prà programação o que você tem, mas o
magnetismo é algo muito importante. Vamos lá, vamos fazer um exercício com
magnetismo.

Já ensinei, você fica uns cinco minutos projetando toda a alegria dos momentos bons...
Vamos pra um exercício agora pra magnetismo e visualização, Vamos lá. Quem veio hoje
pela primeira vez não sabia que tinha prática, né?, aí vai ficar meio sem graça... não precisa
fazer não, só faz quem quiser, eu não vou ficar de cara feia nem ninguém vai dizer “ih, ele
veio hoje e não está fazendo, ó...” J Eu falo isso porque quando eu era criança, uma das
coisas que eu não gostava de ir na igreja é aquele negócio de senta e levanta, eu ficava
contrariado, viu... J Eu nunca mais voltei na igreja por causa disso, só depois de velho que
eu voltei, porque aí eu sentava lá e ficava... J é porque eu tenho um amigo que é padre,
então de vez em quando eu vou lá ver a missa dele, né, é a única igreja que eu ainda vou,
uma vez por ano, de três em três anos, por aí assim J Então não é bom a gente fazer uma
coisa só porque os outros fazem, faz se a gente quiser, se não quiser não faz não. Vamos lá.

Vamos sensibilizar energeticamente a palma das mãos... fazer uma elasticidade magnética,
aproximando as mãos e afastando... não é tocar sanfona não, é suavemente: aproxima...
afasta... aproxima... afasta... A aproximadamente um palmo e meio de distância. Eu estou
vendo que alguns estão muito perto, pode afastar mais as mãos... se as mãos estiverem
vibrando, formigando, quente, é natural... isso faz parte do processo magnético... Agora
aponte as duas mãos para a testa... coloque as mãos de forma confortável, nós vamos ficar
alguns minutos assim... Comprima a testa magneticamente com as mãos e comprima as
mãos magneticamente com a testa, você empurra o magnetismo das mãos na testa e
empurra o magnetismo da testa nas mãos. Você mentaliza que da sua testa você projeta o
magnetismo pràs suas mãos... pode dar uma leve dor de cabeça, isso é se o seu chacra
estiver muito bloqueado, de repente tira as teias de aranha dele e aí... dá uma sensaçãozinha
de dor mas depois passa... fazer pressão (tempo)... Agora visualize... fazendo a pressão,
continua fazendo a pressão no chacra... visualiza você sendo disciplinado nas suas coisas,
em tudo o que você planeja... você planeja você realiza, na hora certa, com disposição...
seja seus estudos, o seu trabalho... as suas realizações com disciplina... visualize agora você
organizado (tempo para visualização)... Agora aponte as mãos pro pescoço, o Laríngeo...
faça uma pressão no pescoço... você está programando os seus chacras... nesse momento
você está programando a energia dos seus chacras, dando a eles uma (certa unidade?)...
Programe no seu chacra Laríngeo realização... suas aspirações... tenha uma aspiração, uma
visualização, um desejo de realização, e mentalize-se realizando, enquanto você energiza...
algo que você queira falar pra alguém... algo que você queira fazer, sua disposição, sua
determinação, continuidade naquilo que faz, até o fim, até a conclusão... sua coragem, a
coragem está muito relacionada ao Laríngeo... (tempo para visualização)... Agora aponte as
mãos pro Cardíaco, o coração... faça pressão magnética e mentalize-se tranqüilo, calmo...
uma pessoa te aborrece, você fica calmo... compreende que a pessoa tem o direito de errar,
mesmo voluntariamente... não se ponha em situação de vítima... nunca se ponha em
situação de vítima... não aceite sentir pena de si mesmo... procure irradiar perdão...
lembrando: você só pode programar com o sentimento que você tem, visualize sentimentos
positivos, lembre de sentimentos bons... e projete pelas mãos no Cardíaco e do Cardíaco
pràs mãos... Agora o Plexo Solar, a boca do estômago... aponte para a boca do estômago...
pressão... mentalize coragem, você não tem medo de nada... desapego... procure se
desapegar através da consciência de que tudo é transitório, as coisas só são emprestadas por
algum tempo pra nós... parte disso depende de nós, outra parte disso não... e faça pressão...
(tempo)... perdão... programe a sensação de perdão... Agora o Umbilical, o umbigo, sobre o
umbigo... (tempo)... mentalize o seu lado material... que você deve desejar ter apenas o que
você necessita... que você vai oferecer o seu trabalho, oferecer os seus dons com
perfeição... visualize as coisas que você precisa, seja ligado a habilidades, ligado à área
financeira, à área de patrimônio, à área de objetos... o próprio corpo... mentalize a sua
prosperidade material e corporal, a estética do corpo, a saúde do corpo... está muito ligado
com esse chacra... o Umbilical... Agora aponte para o chacra Básico... a região sexual...
mentalize que este órgão será guiado pela sua consciência e pelo seus sentimentos... que ele
será obediente à voz da sua razão... do seu entendimento, da sua consciência, dos seus
princípios, do seu afeto... magnetize e mentalize que a sua consciência que guiará este
órgão, comandará... o seu sentimento... Vamos cessar o exercício.

O que nós fizemos aqui foi um exercício de autoprogramação energética, usando o


magnetismo, a sensação através de lembranças, através de sensações e pensamentos. A
última energização foi na região sexual. Algumas pessoas que têm alguma dificuldade no
controle sexual podem usar esse exercício porque ele funciona muito bem. Agora vamos
pràs perguntas, quem não desejar fazer as perguntas sinta-se livre pra ir. Quem desejar fazer
a pergunta, faça sobre o tema da palestra, curta e objetiva, pra que nós possamos responder.

P1) Tem como fazer programação energética pra emagrecer? Se positivo, como proceder?

R1) Pode fazer programação energética sim pra emagrecer, mas aí nós precisamos observar
alguns detalhes importantes. Primeiro: você come quando você sente fome? Se como
quando sente fome já é uma coisa favorável. Se você come alimentos ditos saudáveis.
Quando a sua fome acaba você para de comer? Tudo bem... se come mesmo sem fome não
adianta fazer visualização... se a fome já acabou, continua comendo, não adianta fazer
visualização. Se a qualidade do alimento é gorduroso, tem muitas toxinas... também não
adianta fazer visualização. Então se... alimentação só quando tem fome, alimentação de boa
qualidade, não come demais, mas mesmo assim engorda, logo se vê que é alguma questão
glandular. Porque as glândulas são controladas pelos chacras, se você (?) nos chacras vai
repercutir nas glândulas. Você pode tentar sim, se você tiver bom poder de programação
você vai gerar repercussão sim, e vai conseguir sentir alguma melhora.

P2) Qual é a relação entre aura e energia vital?

R2) A aura é a emanação dos chacras, da energia vital e do magnetismo dos chacras.
Portanto se uma pessoa está desvitalizada os seus chacras têm pouco magnetismo, a sua
aura fica fraca e aí desenvolve o “efeito esponja”, que é uma aura vulnerável. Precisa
magnetizar e vitalizar a aura tendo uma boa programação pra ninguém mais se utilizar para
a aura ficar positiva.
P3) A mastigação influencia na captação das energias dos alimentos?

R3) Sim. Se a pessoa mastiga duas, três vezes ela absorve pouca energia porque nós temos
no chacra Laríngeo, o chacra Laríngeo, ele é muito responsabilizado pela absorção da
energia vital do alimento, então quando a gente mastiga mais é... a cada mastigada que a
gente dá o alimento vai expelindo energia vital que o chacra absorve. Tanto que tem
algumas técnicas de alimentação prânica que desenvolvem muito o chacra laríngeo, pra
isso. Porisso a mastigação, ela é importante até prà energia , não é só pra evitar que os
dentes do estômago se quebrem, é também prà energia. O estômago não tem dente então na
verdade o estômago, ele fica lá igual àqueles velhinhos desdentados mastigando, né, sendo
que a gente podia mastigar na boca. Mas a pessoa estranha ou é pressa ou sabor, porque o
sabor do alimento pouco mastigado é diferente do sabor do alimento muito mastigado,
então muitas pessoas viciam no sabor do alimento pouco mastigado e outras têm pressa
demais e não têm paciência pra ficar (mastigando) porque a fome acaba antes de vir o
segundo prato J

Aí a pessoa fica contrariada, quando o cérebro percebe que está comendo, ele já está no
segundo prato J ele fala “comi bastante”... então tem muitos motivos prà pessoa mastigar
pouco. Mas, lembrando, no sentido energético, se você está comendo uma lazanha... não se
preocupe em mastigar pouco não porque aquilo não tem energia vital mesmo... Nós nos
referimos no caso em que você esteja comendo uma fruta, uma coisa crua, um broto... né...
brotos de cereais germinados têm muita energia vital, aquilo a gente pode mastigar até virar
papa na boca, e aí engolir que você está pegando muita energia vital. Aliás, no sentido de
alimentação, eu recomendo: coloque brotos na sua dieta, têm muita energia vital... o broto
fresquinho ali... você põe na salada que... aí você pode comer com sua lasanha, que a
lasanha não tem nada de energia vital e a energia do broto vai fazer a digestão da lasanha...
J quem não consegue viver sem ela, né? J

P4) Quais as condições físicas, emocionais e espirituais necessárias para se fazer


programação energética?

R4) Condições físicas: dormir bem, comer bem, fazer boa atividade física, atividade física
sem exagero, sono sem exagero e sem falta e alimentação a menos tóxica possível, porque a
toxina esconde emoções em nosso corpo, a toxina alimentar. Aí fala “mas o que é essa
toxina alimentar, são os agrotóxicos que ele está falando que é a toxina?” Não, não é apenas
o agrotóxico. Quando você por exemplo come uma bolachinha recheada que tem a turma
dos “antes”, estabilizante, conservante, antioxidante e isso e aquilo, a turma “ante”, que
entra no seu corpo, você acha que seu corpo metaboliza isso? Não. Quando você coloca
açúcar no seu corpo, você acha que o seu corpo metaboliza isso? Não. Se o pessoal leva um
tiro, é baleado, e a bala se aloja num lugar de difícil cirurgia, alguns médicos falam “não,
deixa a bala aí” O corpo cria uma casca em volta da bala, uma pele de proteção em volta da
bala e isola ela do corpo. Quando o corpo não consegue metabolizar a toxina, ele tenta
expeli-la, muitas vezes ela não consegue expelir toda, ele isola a toxina no corpo, fica
isolada nos tecidos, nas juntas do corpo, e oculta as emoções... é uma problemática que eu
vou explicar mais em Controle das Emoções, e atrapalham na programação energética.
Emocionais também vou explicar melhor, depois espirituais necessárias... Emocionais: não
pode ter mágoa, não pode estar com raiva, pra programar você não pode ter, nem
preocupado também. Viram que a programação precisa de um trabalho de base mesmo. O
Controle das Emoções que a gente vai ver mais adiante... senão você programa de forma
imperfeita, você está ali, de repente lembra da mágoa de alguém, aí vai a mágoa prà sua
programação, não adianta. Você lembra “nossa, eu vou dar um cascudo naquele lá, ah ele
me paga, não sabe com quem está mechendo”... vai tudo prà programação.

P5) Quando nossos chacras estão travados, como fazer para destrava-los?

R5) Trabalhar o controle das emoções desenvolvendo sentimentos mais evoluídos, uma
alimentação mais sutilizada, alimentação que eu falo é comida, evitando carne de porco,
proibida completamente, carne de vaca, bebida, drogas, falar mal da vida alheia, e
energização, estimulação energética, aí desbloqueia mesmo.

P6) Após um chacra ter sido desbloqueado será necessário um longo tempo para que ele se
bloqueie novamente?

R6) Não, depende da energia que foi colocada no chacra.

Por hoje a gente fica por aqui e até a próxima aula se Deus quiser.

Retirado de:
http://comandoashtar.ning.com/group/aldomon/forum/topics/aula-3-de-4-programacao-1