Você está na página 1de 2

c 


   
      
 
Dom Valério Brêdo determinou a suspensão das atividades religiosas durante missa no
último sábado (13).
Os monsenhores Luiz Marques, Edílson Duarte e Raimundo Gomes, envolvidos em um
escândalo sexual na cidade de Arapiraca, foram afastados das atividades religiosas no
último sábado (13) pelo bispo Dom Valério Brêda. Os padres são acusados de pedofilia
e de praticarem sexo com coroinhas.
Outros padres, que não tiveram os nomes revelados, assumirão a catedral de Nossa
Senhora do Bom Conselho, antes dirigida pelo padre Edílson Duarte, a igreja São José,
que tinha a frente o monsenhor Luiz Marques e a igreja Nossa Senhora do Carmo, antes
dirigida pelo monsenhor Raimundo.
O bispo Valério Brêda, responsável pela diocese, se deslocou de Penedo até Arapiraca,
onde leu uma carta durante a missa do sábado (13), na igreja Nossa Senhora do Carmo,
determinando a suspensão dos párocos.

  

Imagem mostra Monsenhor com jovem na cama

Um vídeo que mostra imagens do monsenhor Luiz Marques Barbosa, de 82 anos,


mantendo relações sexuais com um jovem identificado como Fabiano Ferreira,
divulgado em um programa da TV aberta brasileira, foi o início de um verdadeiro
escândalo que deixou a população arapiraquense estupefata.
As imagens mostram padres durante atos sexuais. O monsenhor Luís Marques aparece
sem roupas com Fabiano na cama. Três ex-coroinhas Fabiano, Flávio e Anderson foram
os entrevistados no programa, mas um menino de 11 anos também denunciou assédio
feito pelo monsenhor Raimundo nas dependências da igreja. Os pais da criança se
mostraram indignados na reportagem.
Fabiano, no momento com 20 anos, afirma ter sido assediado sexualmente desde os 12
anos pelo religioso. Ele vai além e diz que durante oito anos o relacionamento foi
mantido. O rapaz faz confissões que chocam, a exemplo de que no momento dos
cumprimentos entre os fiéis, o monsenhor se aproveitava para abraçá-lo e fazer
declarações aos seus ouvidos no altar, além de atos obscenos. Fabiano conta como tudo
teria começado.
³Ele começou dizendo que tinha medo de dormir sozinho e pedia para eu ir dormir com
ele. Até que um dia ele começou a tirar a roupa na minha frente, tirou minha camisa,
minha calça, começou a fazer sexo oral comigo e eu me sentia, de certa forma,
obrigado. Hoje posso dizer que creio em Deus, no entanto não confio mais na Igreja, em
nenhuma delas¶- disse Fabiano.
Os religiosos foram procurados pelo repórter, mas negaram tudo. De todos, somente o
monsenhor Raimundo não permitiu a imagem. Durante os levantamentos jornalísticos,
os adolescentes foram convocados a ir ao escritório de advocacia do defensor dos
religiosos e lá, segundo conforme gravação mostrada, indiretamente ameaçados. Por
conta disso, os três rapazes estão sob proteção da Justiça.
Gazeweb/Notícias Cristãs
Leia mais: http://news.noticiascristas.com/2010/03/padres-envolvidos-em-escandalo-
sexual.html#ixzz0jD4K4H4X
Under Creative Commons License: Attribution Non-CommercialY