Você está na página 1de 9
FUNDAÇÃO FRANCISCO MARCARENHAS FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM LÍNGUA, LINGUÍSTICA E LITERATURA

FUNDAÇÃO FRANCISCO MARCARENHAS FACULDADES INTEGRADAS DE PATOS PÓS-GRADUAÇÃO LATO SENSU ESPECIALIZAÇÃO EM LÍNGUA, LINGUÍSTICA E LITERATURA

EMANUELA BARBOSA SANTANA

A LINGUAGEM DA CRIANÇA: perspectiva reflexiva acerca do processo de formação

PATOS-PB

2015

NOME DO AUTOR

A LINGUAGEM DA CRIANÇA: perspectiva reflexiva acerca do processo de formação

Projeto de pesquisa apresentado a disciplina de Metodologia da Pesquisa Cientifica do Curso de Especialização em Língua, Linguística e Literatura das Faculdades Integradas de Patos, como requisito final da referida disciplina. Orientadora: Profª Ms. Maria do Socorro de L.Siva

PATOS-PB

2015

SUMÁRIO

1

TEMA.........................................................................................................

03

1.1

Título

..........................................................................................................

03

  • 2 FORMULAÇÃO DO PROBLEMA.............................................................

03

  • 3 OBJETIVOS DA PESQUISA.....................................................................

05

  • 3.1 Geral ...........................................................................................................

05

  • 3.2 Específicos

.................................................................................................

05

  • 4 JUSTIFICATIVA.........................................................................................

06

  • 5 FUNDAMENTAÇÃO

 

08

  • 6 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS..................................................

14

6.1

Tipo, Enfoque e Nível de Investigação

......................................................

14

  • 7 ORÇAMENTO............................................................................................

15

  • 8 CRONOGRAMA DA PESQUISA...............................................................

15

16

  • 1 TEMA

PROCESSO DE FORMAÇÃO DA LINGUAGEM DA CRIANÇA

1.1 Título

A LINGUAGEM DA CRIANÇA: perspectiva reflexiva acerca do processo de formação

2 FORMULAÇÃO DO PROBLEMA

Tendo como princípio que a criança ainda na barriga da mãe recebe estímulos e acesso a linguagem, entendemos que nos primeiros anos de vida essa convivência relaciona-se principalmente a linguagem verbal, em que, através do que ouve, a criança compreende cada gesto seja de afago, carinho ou repreensão. Em seu estudo sobre linguagem Kristeva ( 1969) nos fala que “a linguagem é um processo de comunicação de uma mensagem entre dois sujeitos falantes pelo menos, sendo um destinador ou emissor, e o outro, o destinatário ou receptor”. Sendo assim, percebemos que a criança passa a ser mero receptor da linguagem fornecida pelo adulto e assim este lhe impõe o que ele quer que ela aprenda e não o que de fato necessita compreender naquele momento. A criança é dotada de dúvidas e questionamentos e dúvidas sobre, por exemplo, a origem de determinada palavra que não condiz de fato com a função por ela exercida. Temos também o ambiente no qual a criança está inserida, seja ele no seio familiar ou no âmbito escolar e a influência que os mesmos têm na formação de sua linguagem. Isto se evidencia em crianças de mesma idade e com vocabulários adquiridos de maneira distinta. A exemplo daquela que convive com crianças e estímulos escolares desde os seis meses de idade em comparação àquelas em que só passam a essa convivência após os três ano, após passar esse período apenas no convívio familiar e com pouco estímulo de fala. Qual a parcela que cada ambiente contribue na formação da linguagem na criança? Será que a escola é mais favorável a essa formação que o próprio ambiente familiar? Ou algumas escolas não estão preparadas o suficiente no auxílio a essa formação em detrimento a família em que a criança está inserida?

3 OBJETIVOS DA PESQUISA

  • 3.1 Geral:

Analisar numa perspectiva reflexiva, o processo de formação da linguagem da criança.

 
  • 3.2 Específicos:

Refletir sobre a linguagem em seus diversos aspectos;

Discutir acerca do processo de formação da linguagem da criança;

Identificar os aspectos que influenciam o processo de formação da linguagem da criança.

4 JUSTIFICATIVA

É no projeto que a certeza do seu desejo de ser melhor a cada dia se concretiza. É nele também que se projetam objetivos de crescer e se especializar na sua área de atuação. O interesse em conhecer o processo de formação da linguagem da criança surgiu dentre muitas razões e entre elas a curiosidade em entender como se processa tal formação influenciada pelo convívio familiar com as crianças em idade de aprendizagem. Desde o seu desenvolvimento, através da comunicação, sob diversas formas, o ser humano produz linguagem, seja numa conversa dos adultos com o bebê ainda na barriga da mãe ou no decorrer de seu desenvolvimento.

Na criança, desde bebês, o processo de aprendizagem é gradativo e ela aos poucos vai conhecendo os ritmos, sonoridades, brincadeiras e palavras. É na

infância que a criança adquire independência para mudar as palavras e tudo o que ouve formando sua própria linguagem e consequentemente adequando-a a norma culta quando for o momento certo.

A criança imita o adulto agindo de maneira natural e sem dúvida gosta ainda mais de produzir e inventar palavras, às vezes por necessidade outras por criatividade. Tem uma capacidade espontânea em cria-las e simultaneamente dá a elas forma e significados de acordo com a sua imaginação.

A descoberta será importante no sentido de dirimir dúvidas e assim justificar

ou modificar a maneira em que a criança está sendo tratada de acordo com a linguagem que a mesma está adquirindo. Sendo assim, objetivando analisar o processo de formação da linguagem da

criança através de estudo bibliográfico decidiu-se fazer o referido

estudo.

.

5 FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

Destaca ainda um fato importante destacado por Ferdinand de Saussure em que “tomada no seu todo, a linguagem é multiforme e heteróclita; abrangendo vários domínios, simultaneamente física, fisiológica e psíquica, perntece ainda ao domínio real e ao domínio social; não se deixa classificar em nenhuma categoria de factos humanos porque não sabemos destacar a sua unidade”.

6 PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS

É inquestionável a importância da metodologia para a realização de produções científicas. Buscou-se através de leituras, estudos bibliográficos e análise de obras (livros, textos, artigos) e seus respectivos autores que se tornaram referência sobre

o tema, entre estes, SOSA (1985), HELD (1980), ARANHA (2009), CADERMATORI

(2006).

LAKATOS (1985) afirma que “o método é o conjunto das atividades sistemáticas e racionais que, com maior segurança e economia, permite alcançar p objetivo – conhecimentos válidos e verdadeiros – traçando o caminho a ser seguido, detectando erros e auxiliando as decisões do cientista”. P. 83.

REFERÊNCIAS