Você está na página 1de 39

Unidade I

ORIENTAÇÃO E PRÁTICA DE GESTÃO DA EDUCAÇÃO EM AMBIENTES ESCOLARES E NÃO ESCOLARES

Prof. Nonato Miranda

Educação

O que é a educação?

A educação pode ser:

a) formal – estruturada e intencional (ambiente escolar);

b) informal – adquirida no processo de socialização (família, amigos etc.);

c) não formal – adquirida por meio do terceiro setor da sociedade (movimentos sociais, ONGs etc.).

amigos etc.); c) não formal – adquirida por meio do terceiro setor da sociedade (movimentos sociais,

Educação

O que é a gestão da educação hoje?

A gestão da educação hoje:

a) transcende os muros da escola;

b) o gestor precisa ter conhecimentos diversificados (políticas públicas, sociais);

c) entender a relação custo / benefício;

d) perceber-se como agente de transformação social em todos os espaços.

c) entender a relação custo / benefício; d) perceber-se como agente de transformação social em todos

1. A escola como organização aprendente e local de desenvolvimento da prática gestora

A sociedade se transforma, e a escola precisa atender à demanda solicitada.

O gestor vai mudando seu papel durante esse percurso.

É preciso apropriar-se de conhecimentos que lhe concedam a possibilidade de exercer mudanças sociais.

percurso.  É preciso apropriar-se de conhecimentos que lhe concedam a possibilidade de exercer mudanças sociais.

2. Concepção de educação e educação escolar

Concepção de educação:

a palavra educação foi registrada no dicionário de língua portuguesa, segundo Amorim (2003), no século XVII;

é sinônimo da ação de criar, ou de nutrir, cultivar;

significa o ato ou processo de educar ou educar-se.

 é sinônimo da ação de criar, ou de nutrir, cultivar;  significa o ato ou

2. Concepção de educação e educação escolar

Educação escolar:

como vimos, a educação escolar é formal – é estruturada e intencional;

sua estrutura está na sua organização e na intenção do preparo do estudante para o mundo do trabalho, da prática social e do exercício da cidadania.

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

Indagações para nortear o diálogo:

1. Para que serve a escola?

2. Como a escola se organiza no contexto atual?

3. Se a escola está a serviço da sociedade, por que a participação da comunidade na gestão é tão pequena?

4. Por que a escola pública atual é tão criticada?

por que a participação da comunidade na gestão é tão pequena? 4. Por que a escola

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

As respostas para essas questões demandam conhecimentos que o gestor contemporâneo precisa dominar.

1. Modelo burocrático da escola tradicional (concepção funcionalista de Henri Fayol – ênfase na acumulação do conhecimento).

2. Professor: bom transmissor, conhecer o conteúdo e verificar o quanto o aluno aprendeu.

acumulação do conhecimento). 2. Professor: bom transmissor, conhecer o conteúdo e verificar o quanto o aluno

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

3. Os valores e atitudes transmitidos não constituem parte das intenções de ensino do professor.

4. A escola é reprodutora do modelo de sociedade existente – prepara o aluno para os níveis superiores de ensino.

5. O diretor tem a função de manter a ordem, cumprir a legislação e as obrigações oficiais.

superiores de ensino. 5. O diretor tem a função de manter a ordem, cumprir a legislação

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

O gestor contemporâneo precisa se apropriar de algumas informações:

houve um acelerado processo de urbanização, trazendo um grande contingente de pessoas das áreas rurais para os centros urbanos (ver informações dos censos demográficos);

modelo econômico implantado no país a partir de 1964, acelerando a industrialização capitalista.

demográficos);  modelo econômico implantado no país a partir de 1964, acelerando a industrialização capitalista.

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

Os trabalhadores se concentraram próximos aos meios de produção, gerando uma urbanização desorganizada.

Mecanização da produção agrícola, expulsando a população rural para os centros urbanos.

Falta de investimentos nos setores sociais para acompanhar e suprir novas necessidades.

O emergir do colapso dos serviços públicos como educação e saúde.

Progressiva ocupação do setor privado da economia.

do colapso dos serviços públicos como educação e saúde.  Progressiva ocupação do setor privado da

Interatividade

Considerando as informações que temos sobre as mudanças ocorridas devido ao acelerado processo de urbanização, a escola hoje precisa ser:

a) organizada para atender à política.

b) reprodutora do modelo da sociedade.

c) fechada para o meio exterior e deve estabelecer trocas de maneira democrática.

d) uma organização aprendente e espaço para a prática da gestão democrática.

e) um espaço único, onde se ensina e aprende.

aprendente e espaço para a prática da gestão democrática. e) um espaço único, onde se ensina

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

O crescimento urbano desordenado gerou efeitos desastrosos:

demanda explosiva sem um preparo suficiente da rede física;

ingresso de educadores sem formação apropriada;

redução salarial de professores;

centralização dos recursos orçamentários com controles políticos exclusivos, favorecendo a corrupção e o desperdício.

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

O sucateamento do sistema educacional ajuda, em parte, a explicar as críticas que a educação vem sofrendo nos últimos anos.

Sobre esse assunto, Cortella (2002, p. 13) afirma que:

“[

dos desaguadouros do intencional apartheid social implementado pelas elites econômicas e é a partir dele que podemos compreender a crise da educação

e a atuação político-pedagógica dos educadores.”

]

a educação pública das últimas décadas foi um

da educação e a atuação político-pedagógica dos educadores.” ] a educação pública das últimas décadas foi

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

Com a intenção de minimizar o problema citado, as políticas públicas, orientadas pelo ideário neoliberal, têm priorizado o acesso das camada populares à educação escolar, embora haja críticas por parte daqueles que entendem que a garantia de quantidade não é suficiente para solucionar os problemas educacionais.

por parte daqueles que entendem que a garantia de quantidade não é suficiente para solucionar os

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

“É preciso pensar numa nova qualidade para uma escola, em uma sociedade que começa, paulatinamente, a construir a educação como um direito objetivo de cidadania.”

(CORTELLA, 2002, p. 13)

Alonso (2003, p. 31-32) propõe uma escola “renovada”, que assume como ponto de partida as concepções psicopedagógicas oriundas do socioconstrutivismo.

escola “renovada”, que assume como ponto de partida as concepções psicopedagógicas oriundas do socioconstrutivismo.

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

Observe agora alguns aspectos socioconstrutivistas para confrontarmos com a situação anterior:

Aprendizagem – não vem de fora para dentro, é construída pelo indivíduo; ensinar o que é significativo.

Elaboração de perguntas motivadoras.

A simples transmissão de informações não garante o conhecimento, serve como base para chegar ao conhecimento.

 A simples transmissão de informações não garante o conhecimento, serve como base para chegar ao

3. Características da escola: do modelo tradicional ao contemporâneo

Considera a diversidade entre as pessoas. As mesmas exigências não são feitas para todos.

A gestão da escola entende que há uma afluência (agrupamento) de todos os tipos de pessoas e respeita essa diversidade cultural, religiosa, socioeconômica, étnica, política etc.

O trabalho pedagógico deve ser pensado no contexto geral da escola, concebido e executado, antes de tudo, pela comunidade escolar, e não só pelos professores.

no contexto geral da escola, concebido e executado, antes de tudo, pela comunidade escolar, e não

Interatividade

A escola de hoje, especialmente a que fica nos centros urbanos, tem sido muito criticada pela sociedade.

Isso ocorre por conta da(o):

a) atuação desqualificada de gestores.

b) péssima atuação político-pedagógica dos educadores.

c) falta de boas políticas públicas.

d) crescimento urbano desordenado, que gerou efeitos desastrosos.

e) desinteresse por parte dos alunos.

públicas. d) crescimento urbano desordenado, que gerou efeitos desastrosos. e) desinteresse por parte dos alunos.

4. Os propósitos da administração

A administração tem grande importância no contexto da sociedade (Peter Drucker):

capacita as pessoas a funcionarem conjunto;

integra as pessoas em um empreendimento comum;

(Peter Drucker):  capacita as pessoas a funcionarem conjunto;  integra as pessoas em um empreendimento

4. Os propósitos da administração

pensa, estabelece e exemplifica objetivos comuns, valores e metas;

capacita os indivíduos a crescer e se desenvolver;

faz com que o esforço de todos possa capacitar clientes satisfeitos.

os indivíduos a crescer e se desenvolver;  faz com que o esforço de todos possa

4. Os propósitos da administração

A administração, segundo Drucker (2001), trata dos fundamentos do conhecimento, autoconhecimento, sabedoria e liderança.

administração, segundo Drucker (2001), trata dos fundamentos do conhecimento, autoconhecimento, sabedoria e liderança.

4. Os propósitos da administração

Ademais, não podemos esquecer que as origens do conhecimento e das percepções estão nas ciências humanas e sociais, nas ciências físicas e na ética, que devem focar a eficiência e os resultados das organizações.

humanas e sociais, nas ciências físicas e na ética, que devem focar a eficiência e os

4. Os propósitos da administração

Peter Drucker, em seu livro Administrando em tempos de grandes mudanças (1995, p. 168-169), argumenta sobre a escola como centro da sociedade e alerta que:

em tempos de grandes mudanças (1995, p. 168-169), argumenta sobre a escola como centro da sociedade

4. Os propósitos da administração

“o conhecimento tornou-se o recurso-chave, tanto para o poder militar como econômico de uma nação;

este conhecimento só pode ser adquirido por meio da escolaridade.”

o poder militar como econômico de uma nação;  este conhecimento só pode ser adquirido por

4. Os propósitos da administração

Diz ainda: “o conhecimento não conhece fronteiras. Não há conhecimento doméstico ou internacional, mas o conhecimento.”

Interatividade

Segundo Drucker (2001), a administração trata dos fundamentos do conhecimento, autoconhecimento, sabedoria e liderança.

Para ele, a sociedade deve estar respaldada:

a) na administração das empresas.

b) na administração escolar.

c) no modo como as pessoas interagem.

d) no conhecimento.

e) no processo empresarial.

b) na administração escolar. c) no modo como as pessoas interagem. d) no conhecimento. e) no

4. Os propósitos da administração

Podemos perceber que a escola já era vista por Drucker como uma instituição a ser administrada de forma diferente do que era feito até então.

já era vista por Drucker como uma instituição a ser administrada de forma diferente do que

4. Os propósitos da administração

Para os modernos teóricos da administração, a sociedade apresenta-se como um enorme conjunto de instituições que realizam tarefas sociais determinadas (PARO, 2010a).

sociedade apresenta-se como um enorme conjunto de instituições que realizam tarefas sociais determinadas (PARO, 2010a).

4. Os propósitos da administração

Há a necessidade de que esses trabalhadores tenham suas ações coordenadas e controladas por pessoas ou órgãos com funções chamadas administrativas.

tenham suas ações coordenadas e controladas por pessoas ou órgãos com funções chamadas administrativas.

4. Os propósitos da administração

4.1 Evolução do conceito de administração:

aplicações no contexto escolar

Heloísa Lück argumenta da seguinte forma:

o conceito de administração não é depreciado pelo conceito de gestão;

quando falamos em gestão, estamos redimensionando a administração de forma mais complexa e dinamizada no mundo contemporâneo.

4. Os propósitos da administração

Para a autora:

Administração:

enfoque sobre as partes e sua eficiência.

Gestão:

enfoque sobre o todo e a sua efetividade global.

:  enfoque sobre as partes e sua eficiência. Gestão :  enfoque sobre o todo

4. Os propósitos da administração

4.2 Da administração à gestão escolar:

um longo caminho percorrido

Necessidade de um trabalho realizado com ampla participação de todos os segmentos da escola e da comunidade, para envolver a sociedade como um todo.

Da centralização de poder para a efetividade global.

4. Os propósitos da administração

4.2 Da administração à gestão escolar:

um longo caminho percorrido

Essa efetividade global deve ser buscada pelo gestor democrático e transformador.

4. Os propósitos da administração

Não podemos deixar de enfatizar que o gestor escolar deve ser um agente de mudança e de transformação das escolas, levando-as a novos rumos, novos processos, novos objetivos, novas estratégias, novas tecnologias exigidas pelo mundo globalizado.

a novos rumos, novos processos, novos objetivos, novas estratégias, novas tecnologias exigidas pelo mundo globalizado.

4. Os propósitos da administração

Segundo Chiavenato (2000), o gestor escolar é um agente:

educador, pois com sua direção e orientação, modifica comportamentos e atitudes das pessoas;

cultural, pois com seu estilo de administração, modifica a cultura organizacional existente nas escolas.

pessoas;  cultural, pois com seu estilo de administração, modifica a cultura organizacional existente nas escolas.

4. Os propósitos da administração

Mais do que isso, o administrador deixa marcas profundas na vida das pessoas, pois lida com elas e com seus destinos dentro das escolas.

o administrador deixa marcas profundas na vida das pessoas, pois lida com elas e com seus

Interatividade

Quando utilizamos a expressão ‘organização e gestão da escola’, considerando que esses termos, colocados juntos, são mais abrangentes que administração, buscamos demonstrar que o termo gestão:

a) deve ser enfatizado na atual direção escolar.

b) passou a ser enfatizado em detrimento de administração, no contexto da atualidade.

c) traz uma conotação mais moderna que administração.

d) caracteriza maior conhecimento.

e) é equivalente à administração.

ATÉ A PRÓXIMA!