Você está na página 1de 5

Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros

Conselho Pedagógico___________________________________________________Regimento Interno

Regimento do Conselho Pedagógico


2007/2010
Nos termos do art. 24 do Regime de Autonomia, Administração e Gestão, o
Conselho Pedagógico, adiante designado por CP, é o órgão que assegura a
coordenação e orientação da vida educativa do Agrupamento, nomeadamente nos
domínios pedagógico ou didáctico, de orientação e acompanhamento dos alunos e
da formação inicial e contínua do pessoal docente e não docente.

Artigo 1.º
Composição
O CP do Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros é constituído pelos seguintes
elementos:
a) Cinco coordenadores de departamentos curriculares
b) Dois coordenadores de directores de turma
c) Coordenador do conselho de docentes do primeiro ciclo
d) Coordenador do conselho de docentes do pré-escolar
e) Um coordenador pedagógico do 1º ciclo (1.º/2.º anos)
f) Um coordenador pedagógico do 1.º ciclo (3.º/4.º anos)
g) Representante dos projectos de desenvolvimento educativo
h) Representante dos serviços especializados de AE
i) Representante do pessoal não docente
j) Representante da Associação de Pais do Agrupamento
l) Presidente do Conselho Executivo.

Artigo 2.º
Competências do Conselho Pedagógico
Para além das competências definidas no art.26.º do regime de autonomia,
administração e gestão, alterado pela Lei 24/99 e ainda das competências
elencadas no art. 20.º do Regulamento Interno do Agrupamento, compete ainda ao
CP a emissão de pareceres, quando para tal for solicitado, sobre matérias
pedagogicamente relevantes.

_________________________________________________________________________________ 1
Triénio 2007/2010
Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros

Conselho Pedagógico___________________________________________________Regimento Interno

Artigo 3.º
Competências do Presidente do Conselho Pedagógico
1. Cabe ao presidente, além de outras funções que lhe sejam atribuídas, convocar,
abrir e encerrar as reuniões, dirigir os trabalhos e assegurar o cumprimento das leis
e a regularidade das deliberações.
2. O presidente pode ainda suspender ou encerrar antecipadamente as reuniões,
quando circunstâncias excepcionais o justifiquem, mediante decisão fundamentada
a incluir na acta da reunião.

Artigo 4.º
Mandatos
1. O mandato dos membros do CP é igual ao dos cargos para os quais foram eleitos
(3 anos), com excepção dos membros a seguir mencionados cujo mandato
corresponde a um ano escolar:
a) O coordenador pedagógico do primeiro ciclo (1.º/2.º anos)
b) O coordenador pedagógico do primeiro ciclo (3.º/4.º anos)
c) O representante dos projectos de desenvolvimento educativo
d) O representante da Associação de pais do Agrupamento
2. O mandato dos coordenadores de cada uma das estruturas de orientação
educativa pode cessar, a todo o tempo, por decisão fundamentada do presidente do
conselho executivo, ouvido o CP, ou a pedido do interessado, no final de cada ano
escolar, com a devida fundamentação e aceitação do Conselho executivo, ouvido o
CP.
3. Caso o representante do pessoal não docente deixe de exercer funções no
agrupamento será realizada nova assembleia eleitoral, com vista à sua substituição.

Artigo 5.º
Presidência do CP
1. Na primeira reunião ordinária, presidida pelo presidente do Conselho executivo,
os membros que compõem o CP elegem, por votação secreta e uninominal, o seu
presidente.
2. São apenas elegíveis os membros do corpo docente.
3. Será eleito o elemento que obtenha o maior número de votos expressos.

_________________________________________________________________________________ 2
Triénio 2007/2010
Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros

Conselho Pedagógico___________________________________________________Regimento Interno

Artigo 6.º
Faltas e Impedimentos do Presidente
Nas faltas e impedimentos o presidente será substituído pelo docente de maior
antiguidade.

Artigo 7.º
Funcionamento do CP
1. O CP reúne, ordinariamente, uma vez por mês, às quartas-feiras, pelas 17 horas
e quarenta e cinco minutos, nas instalações da Biblioteca escolar da escola sede.
Sempre que possível, será a segunda quarta-feira de cada mês.
2. Na convocatória constará a ordem de trabalhos e esta terá de ser afixada com
dois dias de antecedência. Sempre que possível, esta deve ser acompanhada dos
documentos a analisar/discutir/aprovar.
3. Extraordinariamente este órgão reúne sempre que convocado pelo seu
presidente, por sua iniciativa, ou a requerimento de um terço dos seus membros
em efectividade de funções, ou, quando a Assembleia ou o Conselho executivo
solicitar a emissão de pareceres sobre matéria relevante, tendo de ser marcadas
com, pelo menos, 24 horas de antecedência.
4. As convocatórias serão afixadas no placar da sala de professores e do pessoal
não docente, com 48 horas de antecedência. Relativamente aos professores do 1.º
ciclo e aos educadores de infância será dado conhecimento da convocatória, através
de telefone ou presencialmente. Os elementos externos à escola (representante dos
pais e encarregados de educação), terão conhecimento da convocatória através de
oficio e/ou via telefone; no caso de reunião extraordinária, só por esta última.
5. As reuniões só poderão realizar-se quando estiveram presentes a maioria dos
seus elementos (simples).
5.1. Quando tal não aconteça a reunião realizar-se-á às 17.45 horas do
primeiro dia útil subsequente, podendo deliberar desde que estejam
presentes um terço dos seus membros.
6. As reuniões terão uma duração máxima de 3 horas. Se eventualmente a ordem
de trabalhos não estiver esgotada a sua continuação será no dia seguinte, às 17.45
horas.
7. Cada membro tem direito a um voto, não sendo possível a abstenção. Em caso
de empate o presidente terá o voto de qualidade, excepto se se tratar de voto
secreto.

_________________________________________________________________________________ 3
Triénio 2007/2010
Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros

Conselho Pedagógico___________________________________________________Regimento Interno

8. As deliberações do CP são tomadas por maioria relativa, sendo os seus membros


solidariamente responsáveis por essas deliberações, salvo se não estiverem
presentes ou se fizerem exarar em acta a sua discordância.
8.1. Os membros do CP podem fazer constar em acta o seu voto de vencido
e as razões que o justifiquem.
9. De todas as reuniões será lavrada uma acta informatizada que conterá um
resumo de tudo o que nela tiver ocorrido, indicando, designadamente, a data e o
local da reunião, os membros presentes e ausentes, os assuntos apreciados e as
deliberações tomadas.
10. As actas serão secretariadas rotativamente, e por ordem alfabética dos
membros docentes. Sempre que um membro falte no dia em que tiver que
secretariar a reunião, passa a ser secretário o membro alfabeticamente seguinte,
voltando-se atrás na ordem alfabética, quando o membro voltar ao serviço.
10.1. As actas serão assinadas pelo presidente do CP e pelo membro que a
secretariar.
10.2. A acta será aprovada, em minuta, logo na reunião a que disser
respeito.
11. Não é permitida a saída intempestiva de qualquer elemento do CP durante as
reuniões, salvo por motivo de força maior. Depois, a reunião seguirá o seu curso
normal.

Artigo 8.º
Secções do CP
1. Na primeira reunião do CP serão compostas secções, de entre os elementos
docentes, para tratamento de assuntos específicos, alguns dos quais serão
posteriormente debatidos em CP.
2. O CP pode reunir por secções, sempre que convocado pelo respectivo presidente.
3. Entre outras, serão criadas as secções de: actividades, de avaliação interna, de
articulação e monitorização pedagógica, de projectos (educativo e curricular).
4. Podem ser criadas secções de trabalho, com outros docentes da escola, que não
tenham assento no CP, para rentabilização do trabalho, mas sendo orientados por
um professor pertencente a este órgão;
5. Cada secção elabora propostas que terão de ser posteriormente aprovadas em
plenário;
6. As faltas dos membros docentes às reuniões correspondem a 2 tempos lectivos;

_________________________________________________________________________________ 4
Triénio 2007/2010
Agrupamento Vertical de Escolas de Briteiros

Conselho Pedagógico___________________________________________________Regimento Interno

7. Ao abrigo da legislação em vigor, será criada a comissão de coordenação da


avaliação (CCA), com funções nos procedimentos de avaliação dos docentes do
agrupamento.
7.1 Esta CCA terá regimento próprio.

Artigo 9.º
Revisão
1. O presente regimento pode ser revisto quando for tal considerado necessário,
por iniciativa de qualquer dos seus membros.
2. A proposta de revisão, integrando o articulado das alterações pretendidas, deve
ser entregue a cada um dos membros do CP.
3. As revisões a este regimento são aprovadas por maioria relativa dos membros do
CP.

Artigo 10.º
Entrada em vigor
O presente regimento bem como as alterações que o mesmo possa sofrer, entram
em vigor no dia seguinte ao da sua aprovação em CP.

Artigo 11.º
Omissões
Em tudo o que não esteja previsto no presente regimento, aplicar-se-ão as
disposições legais em vigor, nomeadamente o Código do Procedimento
Administrativo.

Este regimento foi aprovado em reunião de


CP, do dia 6 de Setembro de 2007

A presidente do CP

_____________________

_________________________________________________________________________________ 5
Triénio 2007/2010