TransOceânica

:
começam as
perfurações do
lado Charitas
• O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou as obras
da TransOceânica e anunciou
que nesta quarta-feira, 19,
foram iniciadas as perfurações no lado de Charitas do
túnel. Ao todo, 300 metros de
túnel já foram perfurados
(150 de cada lado).

O JORNAL
DE NITERÓI
ANO 37 • Nº 1.462 • R$ 1,00 • 1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

Pág. 3
Prefeito Rodrigo Neves inspeciona a obra

Jorge Aragão

Paula Toller

Nando Reis

Niterói festeja seu
442º aniversário com
várias atrações Pág. 2
Pág. 3

Município antecipa a
segunda parcela do
13O salário a servidores
Pág. 4

Crise do Hospital Antônio
Pedro é debatida na
Câmara de Vereadores
Pág. 5

Livro sobre atletas
olímpicos reúne
esportistas na cidade
Pág. 9

2

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

SANTA ROSA

Niterói: 442º aniversário com várias atrações
• A Prefeitura de Niterói preparou uma ampla programação
gratuita para celebrar o 442º
aniversário do município. A comemoração terá início no dia
20, com diversas atividades culturais e shows no Fonseca e na
Região Oceânica; continuando
no sábado 21, com a apresentação de Jorge Aragão, também
no Fonseca, e vai até domingo
22, aniversário da cidade, com a
tradicional Missa Solene, na
Igreja São Lourenço dos Índios e
shows com Paula Toller e Nando Reis, em São Francisco.
A agenda inclui atrações artísticas por toda a cidade, em bairros como Santa Bárbara, Barreto, Icaraí, Ingá, São Domingos,
Centro, Jardim Icaraí etc; atividades infantis, esportivas e ecológicas, além do Festival de
Música de Rua, que vai promover 25 shows.
O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, destaca que são muitos os motivos para comemorar. “Todos nós nos orgulhamos
da história, das belezas e do
povo de Niterói. Apesar dos desafios, avançamos muito nos últimos dois anos e preparamos a
cidade para a travessia das crises e para um futuro mais sustentável. Sou o prefeito mais feliz do Brasil porque, apesar de
todos os problemas, governo,
em parceria com os demais poderes e a sociedade civil, a cidade mais especial do país, que é a
nossa cidade”, destaca o prefeito. “Preparamos uma extensa
programação gratuita para o niteroiense, da Zona Norte à Zona
Sul, incluindo a Região Oceânica, com shows, dança, arte nas

Orquestra Sinfônica
Nacional ganha
biografia após meio
século de história e
música
• Depois de 50 anos de
existência, a Orquestra
Sinfônica Nacional (OSN)

Nando Reis

Gusttavo Clarão

Paula Toller

Banda Scalene

ruas, práticas esportivas e ecológicas para comemorar Niterói.
Vai ser uma linda festa como o
município merece”, ressalta o
Secretário Municipal de Cultura, Arthur Maia.

Jorge Aragão

Banda DKV

PROGRAMAÇÃO: Dia 20, sexta-feira, às 14h, no Horto do
Fonseca, apresentação de marionetes, teatro de bonecos, poesia,
capoeira com alunos do ‘Semente e Jongo’ – celebrando o Dia da
Consciência Negra –, além de
show com Gusttavo Clarão, às

18h. A festa se estende à orla de
Piratininga, que receberá shows
das bandas DKV (17h), Scalene
(19h) e Urban Legion (21h); Dia
21, sábado, a partir das 11h, apresentação do skatista Sandro Dias
(Mineirinho), oficinas de Skate,
le parkour, slackline com DJ, no
Skate Park de São Francisco. O
dia 21 marca também o início da
segunda edição do Festival de
Música de Rua de Niterói, com
shows de artistas da cidade, às
10h30, no Horto do Barreto; Rua
Moreira César (Icaraí); São Fran-

cisco (Skate Park); Campo São
Bento e Santa Bárbara; às 17h30,
no MAC, Teatro Popular (Roller), Santa Bárbara, Horto do
Barreto e Skate Park de São
Francisco; e às 21h, na Praça Leoni Ramos (Cantareira), Orla de
São Francisco e Jardim Icaraí
(Rua Nobrega esquinas com as
Ruas Mariz e Barros e Leandro
Mota). Um dos destaques do festival será a apresentação, no
Campo de São Bento, às 10h30,
da Banda Santa Cecília e da Orquestra Sinfônica Aprendiz. As

guarda muitas histórias. Tantas
quanto o número daqueles
que, de forma apaixonada,
lutaram por sua existência e
contribuíram para o
reconhecimento público da
orquestra, integrada à
Universidade Federal
Fluminense, em 1986. Agora,
os acontecimentos e
curiosidades que marcaram a
trajetória da ONS estão no

livro “Orquestra Sinfônica
Nacional (1961-2011): 50 anos
de história e música”, que será
lançado no dia do aniversário
de Niterói, 22 de novembro,
logo após o concerto, que
ocorre às 10h30, no Cine Arte
UFF (Rua Miguel de Frias 9,
em Icaraí).
Fruto de um cuidadoso
trabalho de pesquisa de
Robson Leitão, a obra elucida

dúvidas quanto a datas, fatos e
personagens marcantes e
conecta o leitor ao universo
dos músicos, composições e
repertórios. Para a primeira
biografia oficial da orquestra,
o autor se baseou em
documentos governamentais,
entrevistas com compositores e
regentes, relatos pessoais de
músicos e ex-integrantes,
programas de concertos e

bandas Trio Mangalo, Lorena
Lessa, Rivotril 2mg, Kapitu,
Louise Hug e Barcamundi também serão atrações do festival.
No sábado, o ponto alto será o
show de Jorge Aragão, às 18h, no
Horto do Fonseca.
No domingo, dia 22, a celebração começa, às 9h, com
a tradicional Missa Solene, na
Igreja São Lourenço dos Índios.
Às 10h30, a cidade ganha de
presente o terceiro maior Skate
Park da América Latina, com a
inauguração da segunda fase
das obras de revitalização do
Horto do Fonseca. Após a cerimônia, haverá, no Horto do
Fonseca, apresentação da skatista niteroiense Bia Sodré, campeã
sul-americana de skate amador
e bicampeã brasileira feminino
amador; oficinas de skate, grafite e slackline, ao som de DJ,
contação de histórias, jogos psicomotores, atividades com pintura de rosto, malabares, atividades ecológicas – plantação de
mudas, além de encontro percussivo com jovens do Semente,
às 16h, e show com o grupo Vai
por Mim, às 17h.
Às 17h30, o Festival de Música de Rua agitará a cidade com
shows em São Francisco, Jardim
Icaraí, Teatro Popular, Santa
Bárbara, Ingá, MAC e orla de
Icaraí. Já o palco principal montado em São Francisco, receberá
dois grandes nomes da música
brasileira: A cantora Paula Toller, às 19h, seguida do cantor e
compositor Nando Reis, às 21h,
que mostrará ao público niteroiense o show “Nando Reis e
os Infernais”.

notícias jornalísticas.
A narrativa busca um
encadeamento cronológico dos
fatos que marcaram sua
trajetória, tendo como ponto
de partida sua criação junto ao
Serviço de Radiodifusão
Educativa do MEC, em 1961,
com a missão de difundir a
música erudita composta por
brasileiros.

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

3

SANTA ROSA

TransOceânica: começam as perfurações do lado Charitas
Rodrigo Neves percorre um dos túneis e anuncia detalhes do cronograma das obras
Fotos: Bruno Eduardo Alves

• O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, visitou as obras da
TransOceânica e anunciou que
nesta quarta-feira, 19, foram
iniciadas as perfurações no
lado de Charitas do túnel. Ao
todo, 300 metros de túnel já foram perfurados (150 de cada
lado). Nesta segunda-feira, 16,
começaram as obras do lado
esquerdo de quem sobe para a
Região Oceânica do trecho 8
da obra (que vai da padaria
Versailles até o Engenho do
Mato) e o lado direito da obra
estará concluído, facilitando
assim a vida dos comerciantes
tendo em vista a proximidade
do período de Natal.
O trecho 3, que vai do canteiro de obras até a rótula do Cafubá, está em andamento, com
sistema de drenagem, com previsão de conclusão para março. Já o trecho 5, na Estrada
Francisco da Cruz Nunes, deverá começar em janeiro.
Durante a visita, o prefeito,
acompanhado de secretários
municipais, do deputado esta-

Rodrigo Neves recebe informações sobre a obra dos engenheiros que gerenciam as perfurações do túnel

dual Waldeck Carneiro, vereadores e lideranças comunitárias da região, percorreu 150
metros de um dos túneis. Segundo ele, a obra segue o seu
cronograma normal.
“A obra está caminhando a
passos largos. Ela segue um
cronograma positivo porque
planejávamos para o momento
250 metros de perfuração e já
tem 300. Com início da perfuração em Charitas, vamos ter
duas frentes de obras no túnel e

a previsão é que no segundo
semestre de 2016, as duas partes se encontrem. Essa obra é
esperada há 40 anos. Fico orgulhoso e feliz por isso porque
para chegarmos até aqui vencemos dezenas de etapas de licenciamento ambiental, projeto executivo, obtenção de recursos e financiamento. Isso é
resultado de planejamento, dedicação, competência e empenho, não é do acaso. Mais que
e uma obra viária, a TransOce-

ânica é uma proposta de mobilidade urbana que, além do túnel sem pedágio, contará também com o BHLS, um sistema
de alta performance de transporte coletivo, melhorando a
mobilidade de Niterói, criando
uma opção de deslocamento e
uma perspectiva de desenvolvimento sustentável para Niterói pelos próximos 30 anos.
Estamos preocupados com as
próximas gerações, preparar a
nossa cidade para que o futuro

dela seja melhor do que o passado e o recente”, declarou.
Neves afirmou que a obra da
TransOceânica possibilitará a
transformação da Estrada
Francisco da Cruz Nunes que
vai deixar de ser uma via degradada e depreciada ha muitos anos e ganhará um corredor moderno de transporte,
uma nova iluminação e vai se
modernizar, se tornando uma
rua acolhedora para a população da Região Oceânica.

CARTA-ABERTA A LULA

A ex-comissária de voo da Varig, Angel Nunes, analisando o fechamento da empresa, fez um brilhante e emocionado desabafo, questionando a conduta do presidente Lula, do PT, ao estimular a quebra da aérea, quando havia meios de salvá-la. Naquele período, os escândalos já rondavam os governos petistas e o que disse
a aeromoça continua tão atual que suas palavras pareciam profetizar os tempos de hoje:
Téspis de Souza
“Lula, a sua prisão nunca
trará de volta os sonhos que
perdi, os anos que envelheci, as lágrimas que chorei,
as noites que não dormi, a
casa que não comprei, o
conforto que não usufruí, a
paz que me deixou, a preocupação, a ansiedade, a
depressão, por medo do
mês seguinte, as doenças
somáticas que adquiri, a
suspensão de todo e qualquer lazer e tudo que não
pude dar aos meus filhos.
Quando você não pagou à
Varig a quantia bilionária que
devia, quando você bateu a
porta do BNDES na nossa
cara, nos negando crédito,
enquanto financiava o metrô
de Caracas, quando você não

nos recebeu ou nos ouviu, quando você não se importou ou se
interessou pelos destinos das
milhares de famílias dos funcionários, quando todos os setores
do governo e da imprensa caçoavam de nós, dizendo que éramos maus gestores e estávamos
pagando o preço, sem que dessem a saber que havia uma dívida ganha na justiça que até hoje
não foi paga, você quis nos quebrar para se locupletar. Tinha
poder e conseguiu!
A sociedade nunca saberá a
realidade dos fatos nem a desgraça que foi para as nossas
vidas lhe ter como presidente.
Foi e é, pois sua pupila reza na
mesma cartilha. Você passará
vergonha, mas não passará
necessidade como nós passamos. Você terá seu orgulho
quebrado, mas não se atirará
do décimo andar ou dará um

Angel Nunes

tiro na cabeça como alguns de
nós que se suicidaram. Você
será desprezado, mas nunca
sentirá o desespero de ter um
poder monumental, o poder de
um governo, lhe massacrando,
lhe tirando o pão da boca de
seus filhos.
Em memória a todos que
partiram em aflição e em honra daqueles que continuam
cambaleantes, batendo com o
braço fraco, mas persistente,
nas portas do intrincado judiciário brasileiro, onde seus seguidores recorrem protelatoriamente sem nos pagar, para
que morramos um por um sem
receber nossos direitos trabalhistas e previdenciários.
Pois bem, de 2006 para cá,
1.200 de nós já morreram, mas
8.800 continuam lutando. Somos
teimosos e orgulhosos da nossa
história, de nossas honradas pro-

fissões, e do patrimônio histórico que representaremos
sempre na aviação brasileira.
Não seremos ressarcidos
nunca. Somos pessoas de
bem. Não nos dá prazer o
seu mal. Tudo que queríamos era um homem bom e
justo como presidente.
Tudo poderia ter sido diferente para nós.
Tudo poderia ser diferente
para você. Mas, a escolha foi
sua. Que a justiça seja feita!
Ainda que parcial”.
Vamos aguardar, portanto, a ansiada justiça, e a
reparação da violência cometida contra os 15 mil trabalhadores da Varig e mais
de 50 mil familiares.
Téspis de Souza é jornalista
tespisdesouza@gmail.com

4

SANTA ROSA

Niterói antecipa segunda
parcela do 13º salário
• A prefeitura de Niterói pagará
no próximo dia 11 de dezembro
a segunda parcela do 13º salário
dos servidores ativos, inativos e
pensionistas, tanto da administração direta como indireta. O
benefício será antecipado graças ao esforço fiscal e de gestão,
implementado pela administração municipal, por determinação do prefeito Rodrigo Neves, o
que permitiu o equilíbrio das
contas públicas.
Em agosto a prefeitura já havia antecipado 50% do valor do
13º, que normalmente é pago no
mês de novembro em mais
uma medida inédita.
“A prefeitura pode fazer isso,
graças a um trabalho sério de
gestão municipal que propi-

ciou o equilíbrio das finanças
através de ações concretas”, explicou Moacyr Linhares, secretário de Administração. Para a
secretária de Planejamento, Giovanna Testa Victer, a política
de controle dos gastos públicos
também é um dos fatores decisivos neste cenário.
“A antecipação do pagamento do 13º salário para os servidores municipais só foi possível devido à política de controle
e planejamento das despesas
que o Governo adotou desde
2013. O município possui um
sistema robusto de governança
fiscal que permite o acompanhamento responsável da utilização dos recursos arrecadados”, explicou Giovanna.

CARTAS... CARTAS...
DESCASO — É lamentável deparar com grupos de jovens nas esquinas da cidade ou em portas de escolas, à mercê de aproveitadores experientes, consumindo produtos classificados como crime no
código penal brasileiro. A população não aguenta mais conviver
com esses marginais, sejam eles vítimas de uma cultura capitalista
ou não, que furtam, roubam, ameaçam e, pior, tiram a vida de pessoas que trabalham, estudam, pagam seus impostos e esperam retornar para junto de suas famílias depois de um dia exaustivo de trabalho. É lastimável o estado em que se encontram as ruas dos nossos
bairros, diariamente noticiados nas manchetes das lágrimas e que,
há algum tempo, fora considerada “Cidade Sorriso”.
H. Francisconi — Santa Rosa.
GOLPE — O cliente de banco quando for sacar dinheiro nos caixas
das agências, antes das 10 horas, quando começa o funcionamento,
devem tomar muito cuidado. Há um espertalhão, ou melhor, vigarista com crachá do banco que se aproxima da pessoa e começa a
informar que houve modificação no sistema e induz o incauto a repetição o procedimento normal, que lhe possibilita memorizar a
senha. Assim, ele consegue distrair e trocar o cartão por outro que
não vale nada. E começa a sacar com o do lesado. Olho vivo, vivíssimo mesmo!!!
Catarina Coelho — Icaraí
OLHO VIVO — Incrível a alienação do povo brasileiro. Os bancos,
diariamente, recebem fortunas dos correntistas e, no entanto, agora
se recusam a receber nos caixa os pagamentos de luz, telefone, condomínio e IPTU repassando o serviço aos correntistas em caixas eletrônicos, muitas vezes fora do ar. O que tem de ser votado na assembleia é a obrigação bancária de voltar a atender os clientes nos
caixas internos.
Roberto Alencar — Icaraí

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

Gestantes recebem enxoval
completo para seus bebês
• A emoção tomou conta do coração das mães atendidas pelo
programa ‘Cidadão-Bebê’, da
Legião da Boa Vontade. Para
marcar o fim de uma das etapas
do programa, desenvolvido no
Centro Comunitário de Assistência Social da Instituição, em
São Gonçalo, a LBV presenteou
às futuras mamães com um enxoval completo para o bebê que
está para chegar.
Com esse apoio, as participantes sentem-se mais felizes
para aguardar a chegada de
mais um integrante da família.
As mamães assistem a palestras ministradas por profissionais da saúde sobre temas diversos e participam de atividades que promovem a motivação e a troca de experiências.
O Programa ‘Cidadão Bebê’ é
realizado para assistir gestantes e mães, contribuindo com o
processo gestacional e o desenvolvimento, visando garantir os
direitos sociais delas e das crianças. “As gestantes realizam
atividades direcionadas ao fortalecimento de vínculos e orientações sobre os cuidados com
os bebês. Tudo isso, contribui

com essa fase não especial de
suas vidas. Além disso, recebem orientação de profissionais
de diversas áreas da saúde”,
explicou a assistente social Eliane Pereira. Durante a iniciativa
as grávidas participam de palestras relacionadas aos cuidados com o recém-nascido, amamentação, higiene na mãe e da
criança, entre outros. As orientações vindas de profissionais
parceiros da LBV auxiliam as
mulheres no papel de mãe.
“Tudo o que aprendi foi importante. Mesmo sendo minha
3ª gravidez, descobri que ainda
tenho muito o que aprender.
Comecei o curso para adquirir
novos conhecimentos e saí com

uma família, que ganhei aqui,
na LBV”, expressou a participante Isabel Glathardt.
No 7º mês de gestação, Cristiane Pereira não vê a hora de conhecer o rostinho do filho. O conhecimento adquirido durante
as atividades vão ajudá-la na
criação do mais novo membro
da família. “Quero agradecer a
todos e dizer que tudo foi muito
bom! Aprendi muitas coisas, conheci pessoas novas. Que Deus
abençoe vocês”, finalizou.
Em São Gonçalo, o Centro
Comunitário de Assistência
Social da LBV está localizado
na Rua Cel. Moreira César
160, Bairro Zé Garoto. Informações: (21) 2605-6359.

OAB/Niterói adere à campanha ‘Novembro
Azul’, de combate ao câncer de próstata
• Novembro Azul, Mês de Combate ao Câncer de Próstata. Século
21: Como Anda a Saúde do Homem?, será o tema da palestra
na OAB/Niterói, no dia 26 de
novembro, às 18h, sob a coordenação das comissões OAB/
Mulher e de Ação Social e
Saúde, tendo como expositor o
médico urologista Victor Lourenço, do Hospital Universitário Antônio Pedro, do Centro
de Oncologia de Niterói e do
Consultório de Longevidade e

Saúde do Homem. O encontro
será no auditório da entidade,
na Av. Amaral Peixoto, 507/
11º andar, Centro.
Segundo dados do Instituto
Nacional Câncer (Inca), em
2013 foram registradas 13.772
mortes em consequência do
câncer de próstata. A cada seis
homens, um é portador da doença e a estimativa é de que 69
mil novos casos sejam diagnosticados por ano. A recomendação médica é que todos os

homens façam exames anuais
específicos a partir dos 45 anos.
De acordo com as coordenadoras do evento, as advogadas
Namara Gurupy, presidente da
Comissão OAB/Mulher; e Ana
Cecília Cardoso, que preside a
Comissão de Ação Social e
Saúde, a intenção da palestra é
divulgar, esclarecer e destacar
cuidados que o homem deve ter
com a próstata, já que a doença
pode ter 80% de cura se diagnosticada de forma precoce.

NOSSO GRUPO PUBLICIDADE E EDITORA LTDA.
CNPJ: 06.091.234/0001-78
Rua Matoso Maia, 46 • Bairro de Fátima • Niterói
CEP: 24.070-020
Editora Chefe: Maria Sílvia de Souza Tani (15428 MT)
Diretora: Maria Sílvia de Souza Tani
Assessoria Jurídica: Ennio Figueiredo Júnior
Diagramação: José Rosário (freelancer: 2710-3984)
Distribuição: Ernesto Guadelupe

Tels.:(21) 2613-0948 / 99751-2915
e-mail: santarosajornal@gmail.com
silviatani@oi.com.br
Matérias assinadas são de inteira responsabilidade de seus autores

CIRCULAÇÃO: Bairro de Fátima • Boa Viagem • Centro • Charitas • Cubango • Fonseca • Ingá • Icaraí • Jardim Icaraí • Jurujuba
• Pendotiba • Santa Rosa • São Domingos • São Francisco • Região Oceânica • Vital Brazil etc...

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

Crise no Antônio Pedro foi
debatida na Câmara de Niterói

5

SANTA ROSA

Reunião define matrículas
para alunos de São Lourenço
Foto: Sergio Gomes

• A mais recente crise do Hospital Universitário Antônio
Pedro (Huap) foi debatida em
audiência pública com representantes das secretarias estadual e municipal de Saúde,
entidades ligadas a funcionários, sindicalistas e a população que discutiram sobre o
fechamento da emergência, a
carência de recursos e de mão
de obra sem a presença do
diretor Tarcísio Rivello ou de
qualquer outro representante
do Huap. A audiência foi encaminhada pelo vereador Betinho (SDD), autor do pedido
inicial, e pelo presidente da
Comissão de Saúde da Câmara, Paulo Eduardo Gomes
(PSOL), que também protocolou pedido semelhante.
Com as galerias e o plenário lotado, a redução dos repasses financeiros à
instituição foi um dos temas
de maior destaque. Dados
revelados durante a audiência mostraram que em 2013

os repasses foram de R$ 50
milhões; caíram para R$ 40
milhões em 2014; e foi reduzida para apenas R$ 28 milhões em 2015. Embora sem a
presença de representantes
do Hospital Universitário, a
direção enviou ao gabinete
do vereador Alberto Iecin
(Betinho) um documento com
dados sobre investimentos e
verbas recebidas pela instituição federal.
NOVEMBRO AZUL —
Como parte da campanha
‘Novembro Azul’, foi realizada a palestra ”Como Anda a
Saúde do Homem”, sobre
prevenção ao câncer de próstata, ministrada pelo médico
urologista Victor Lourenço,
enfocando diversas doenças
que atingem o universo masculino. Até 2030 estima-se
que um milhão e setecentos
mil homens vão ser diagnosticados com a doença.

Secretária de Educação Flávia Monteiro de
Barros, ao lado do presidente da Câmara
Paulo Bagueira, garantiu vagas nas unidades
de ensino do município

• Com encontro no gabinete
do presidente da Câmara de
Vereadores de Niterói, Paulo
Bagueira, mães dos alunos da
creche comunitária que funcionava na Igreja de São Lourenço receberam da secretária
de Educação Flávia Monteiro
de Barros a garantia de que
todas elas terão a matrícula
nas unidades de ensino do
município. “Estávamos preo-

cupados com o futuro dessas
crianças, mas recebemos a
garantia de que todas terão as
suas matrículas garantidas.
Intercedemos junto à Educação para uma solução do problema”, disse Bagueira.
A Secretária informou às
mães que a pré-matrícula das
crianças foi garantida dentro
do sistema da Fundação Municipal de Educação e que foi

dado a elas a possibilidade
de escolherem o local onde
poderiam matricular seus
filhos. “As crianças estudavam em uma creche comunitária que conta com o apoio
da Prefeitura. Como a Igreja
decidiu encerrar esse tipo de
atividade, o município encaminhou aqueles alunos para
as suas unidades de educação”, disse ela.

6

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

CASAL NOTA 10! — As simpáticas presenças de Cyomara e Manoel de Oliveira em recente evento social, no Praia
Clube São Francisco, nas festividades do Dia do Médico...
Noite animada e linda!!!

CLÃ DO ESCRITOR — Após momentos marcantes de alegrias e emoções no lançamento
de seu livro “O Enigma do Lago”, o escritor e jornalista Hilário Francisconi relaxa com a linda família que, generosamente, Deus lhe presenteou: a mulher Maria Luiza, a filha Juliana, o
neto Bernardo e genro Frederico Cavalieri. Em família, parece que o mundo lá fora não existe!
Parabéns, Hilário!

• Em tarde de lideranças do PSDB no Rio de Janeiro organizado pelo Secretário Estadual Eduardo Sol e o secretariado feminino de Niterói, o advogado e presidente do Tucanafro,
Dr. Cirilo Neto, prestigiou o encontro reunindo outros convidados, entre eles, a representante nacional feminina, Tiana
Azevedo que fez belíssimo discurso. Na foto: A jornalista Zezé
Gomes, presidente do PSDB Mulher/Niterói, com o senador
Aécio Neves e o deputado federal Otávio Leite.

PROGRAMA EM AÇÃO — O secretário estadual de Prevenção à Dependência Química, Filipe Pereira, incentiva o programa “Arte Manifesta” que é aplicado nos Centros de Acolhimento para Usuários de Drogas, do Estado, colocando ele mesmo em destaque, na secretaria,
as obras dos acolhidos. “É recompensador trabalhar no resgate de vidas, colocando em prática aquilo que está no mais íntimo de cada um dos nossos acolhidos”, disse Filipe.

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

7

SANTA ROSA

santarosajornal@gmail.com

Momento inesquecível
para Larissa e Gustavo
• Foi na Igreja Nossa Senhora Auxiliadora (Salesiano),
em Santa Rosa, a cerimônia
religiosa do casamento de Larissa Teixeira e Gustavo Pavanelli, repleta de familiares e

amigos. Com cerimonial impecável de Cecília Vasconcelos e belíssima festa no Praia Clube São
Francisco, totalmente decorado
com extremo gosto. A animação
ficou por conta da Escola de Sam-

ba Acadêmicos do Cubango,
lotando a pista de dança até
altas horas. Na foto, Larissa
e Gustavo com os pais da noiva, Ana Paula e João Teixeira. Felicidades ao casal!!!

DESVENDANDO A DEPRESSÃO — Comentarista das rádios Globo e Tupi, a renomada Geriatra e Cardiologista Fátima Fernandes Christo e a equipe multidisciplinar de seu projeto Point do Idoso – o qual
ela coordena – promovem um encontro com palestra sobre Depressão, abordando sintomas, causas, mitos, verdades e tratamento neste sábado dia 21, a partir das 15h, no Clube de Regatas Icaraí. Ótimo também para quem não é idoso. A entrada é franca.

Clima de comemoração
• A jornalista e apresentadora de
TV, Mylena Ciribelli, comemorou aniversário mostrando o seu
talento como cantora em Niterói,
sua cidade natal, como convidada
do pianista e compositor Marvio
Ciribelli, seu irmão. Com seu jeito descontraído e narração característica das notícias do mundo
dos esportes, Mylena, há mais de

20 anos trabalha em rádios e TVs,
se tornando uma das mais destacadas apresentadoras do gênero
no país. Contudo, desde a infância, tem uma paixão pela bossa
nova, fazendo parte do grupo de
Marvio, como vocalista, quando
eram adolescentes. Na foto de
Leo Zulluh: Mylena e Marvio
Ceribelli.

SAÚDE TAMBÉM É COISA DE HOMEM! — A Maison Vitalité promove nesta segunda-feira, 23, das 18h
às 21h, um bate-papo com o renomado urologista Helder Machado sobre a saúde do homem, os exames fundamentais, a importância do diagnóstico precoce e as tecnologias existentes a serviço da cura. O bistrô fica na
Rua Dr. Celestino 122 – cobertura 1406, Centro, em frente à Sociedade Fluminense de Fotografia) e oferece
petiscos e finger foods, além de cervejas, whisky e drinks especiais. Informações: 3500-7456.

FESTA DE ESTILO — Com belíssima decoração no Zéfiro Eventos, Fortaleza de Santa Cruz, o casal Stella e Jefferson de Miranda comemorou o 50º aniversário de
casamento - Bodas de Ouro - recebendo amigos e familiares para delicioso e fino jantar. Tudo perfeito! Na foto, o
casal ao lado do filho Manuel Carlos e da nora Cristiane.
Felicidades!!!

8

SANTA ROSA

CULTURA
Foto: Shirley Lopes

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

ALBERTO ARAÚJO

a.alberto.sousa@bol.com.br
Foto: Alberto Araújo

Sérgio Caldieri, Belvedere Bruno, Edgard Fonseca, P.R.Cecchetti e Márcia
Pessanha

Banner’s na Praça
• Os poetas que participaram
do projeto cultural “Escritores
ao Ar Livro”, também mostraram sua poesia através de
banner’s que foram espalhados
no quiosque. Participantes:
Angela Gemésio, Márcia Pessanha, Gilda Freitas, Dulce Mattos, Mimi Lück, Sávio Soares

de Sousa, Belvedere Bruno,
P.R.Cecchetti, Zeneida Seixas,
Sissa Shultz, Liane Arêas, Cyana Leahy-dios, Telma Frizzera,
Alberto Araújo, Shirley Lopes,
Robert Preis, José Pais de Moura, Leda Mendes Jorge e Carlos
Rosa. Um verdadeiro banquete
espiritual.

Exposição itinerante chega a Niterói
• Na semana em que se comemora o Dia da Consciência Negra, o Espaço Cultural Correios
Niterói, apresenta a exposição O
Corpo na Arte Africana, reunindo
peças de cerca de vinte povos. A
mostra é fruto de dez anos de
incursões de pesquisadores da
Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) por diversos países africanos, como Zimbabué, Tunísia,
Mali e Moçambique. Wilson
Savino, um dos pesquisadores e
curador da mostra, conta que a
estética artística do continente
conhecido como berço da humanidade chamou a atenção dos

pesquisadores que, informalmente, começaram a adquirir
algumas peças por serem diferentes da arte contemporânea.
“Trata-se de obras, esculturas na
maioria, confeccionadas a partir
de materiais como argila, madeira e metal, que reproduzem
corpos femininos e masculinos a
partir de diversos povos africanos”, conta Savino. A mostra
poderá ser vista até 19 de dezembro, de segunda a sábado, de
10h às 19h. O espaço não funciona aos domingos e feriados.
Av. Visconde do Rio Branco
481, Centro/Niterói.

Prestigiadíssimo
MOMENTO SAUDADE – Neste domingo, dia 22, na Praça Getúlio Vargas, em Icaraí, às 10h,
nas comemorações do 442º aniversário de fundação de Niterói,
na Praça Getúlio Vargas, a inauguração do busto em bronze de
Luís Antônio Pimentel, jornalista
e poeta falecido aos 103 anos.
Compareça, esperamos por você!

• O quiosque “Escritores ao
Ar Livro”, na Praça Getúlio
Vargas, em Icaraí, dando
prosseguimento ao projeto
cultural “Primavera na Praça”, idealizado pelo psicólogo Marcos Fioravante e
coordenado por Paulo Roberto Cecchetti, recebeu
convidados e intelectuais
para o lançamento do livro
“O Enigma do Lago”, do jornalista e escritor Hilário
Francisconi, colunista do
Jornal Santa Rosa. Deliciosos salgadinhos foram degustados pelos escritores e
poetas da Academia Niteroiense de Letras, enquanto o
autor autografava seu livro
à brisa de um mar bem acolhido e que não necessitava
de convites.
Os irmãos Carlos e
Célia Messias ao
lado do escritor

Boca Coletiva: uma revista com
alma encantada das ruas
• Em seu primeiro número,
organizado pelo historiador
André Diniz, presidente da
Fundação de Arte de Niterói, a
cidade como espaço de todos é
o pano de fundo dos 12 artigos
assinados por professores universitários, pesquisadores e
produtores de cultura.
— A Boca Coletiva é fruto da
obsessão militante de um grupo de amigos por um devir
urbano que respeite a multiculturalidade, as diversas etnias,
as opções sexuais, as questões

de gênero e as escolhas religiosas – explica André Diniz.
O lançamento será no dia 30
de novembro, às 19h, no Restaurante Família Paludo, em
São Francisco, com uma roda
de samba e choro com
a participação dos músicos:
Silvério Pontes, Zé da
Velha, Ronaldo do Bandolim,
Alessandro Cardoso, Charles
da Costa, Netinho Albuquerque, Ivan Mendes, Dudu
Oliveira (sopro, sax e Bebe
Kramer. Parabéns e sucesso!

Uma Tarde na Ópera — Show de bel-canto
Foto: Carla Cecília Odorizzi

• Voltei a assistir e a vivenciar de novo as emoções de
‘Uma Tarde na Ópera’, na
Casa Julieta Serpa, no Flamengo. Não poderia deixar
de participar daquelas horas
inebriantes na última apresentação da temporada de
dois meses. É inenarrável o
deslumbramento a que nos
enleva a plêiade de artistas
componentes do espetáculo.
Desde o apresentador, maestro, pianista demais músicos, aos cantores em geral,
todos deram verdadeiro
show de talento vocal e in-

terpretativo, dentro de um desenrolar escorreito e extraordinariamente dinâmico. Aplausos
especiais para a mezzo-soprano
Carla Cecília Odorizzi que, a
par da maravilhosa voz e vibrante interpretação, envolvem
a plateia num alegre clima de
interatividade e comunicação,
tal a sua doçura, graça e simpatia pessoais.
O roteiro musical teve empolgante abertura instrumental
com ‘O Guarani’, de Carlos Gomes. Seguiram-se árias das mais
famosas óperas, tais como Carmen, de Bizet, vivida na voz e

na imagem belíssimas de Carla
Odorizzi; Rigoletto, de Verdi,
pelo tenor Ivan Jorgensen; La
Bohème, de Puccini, pela soprano Lúcia Bianchini; Nabuco, de
Verdi, todo o elenco; Sansão e
Dalila, de Saint Saens, com Ivan
Jorgensen e Carla Odorizzi;
Fausto, de Gounod, com Lúcia
Bianchini; Turandot, de Puccini,
com Ivan Jorgensen; Cavalleria
Rusticana, de Mascagni, instrumental; Porgy and Bess, de Gershwin, com a soprano Taty
Caldeira; Giuditta, de Lehar,
com Carla Odorizzi; Das Land
dês Lachelons, de Lehar, com o

tenor Santiago Villalba; Viúva Alegre, de Lehar, com
Carla Oddorizzi e Santiago
Villalba. No encerramento,
a diva Carla Odorizzi se
dirigiu ao público agradecendo o prestígio das presenças e às demais pessoas
que colaboraram para a realização e o êxito do evento.
Para quem não sabe, aprazme informar que Carla é
nossa vizinha, em Niterói.
Texto: Antonio Soares ASO
– escritor

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

9

SANTA ROSA

Foto: Leo Zulluh

Niterói exporta qualidade de hotelaria
• Sabidamente ‘o cara’ da Qualidade em nossa cidade, Luiz Lemme (certificado pelo MME em
1995) levou Niterói para BH, nesta quarta-feira 18, em sua terceira
palestra sobre o tema ‘Qualidade
na Rede Hoteleira”, na Associação
Estadual de Comércio (AEC), do
Estado de Minas Gerais. O Consultor vem de 21 anos de ação instrucional no setor e propõe uma
reflexão cuidadosa sobre as ferramentas de controle da qualidade
no negócio hoteleiro.
“Um hotel de verdade — explica
Lemme — seja qual for sua classificação de ‘estrelas’ é uma empresa
urbana, prestadora de serviços,
onde as principais preocupações devem ser a de atender muito bem
aos hóspedes (consumidores) e a
de gerar negócios.”
“Gerar negócios?!” — perguntam os hoteleiros — “Sem dúvida!” — esclarece o professor —
“Precisamos entender que o es-

paço glamuroso dos hotéis é o
cenário perfeito para a gestação
de empreendimentos que vão
desde as confraternizações e cerimônias privadas aos grandes
eventos corporativos, passando
pelos polos de comércio e marketing, pelas centrais de treinamento e, como se assiste em Los
Angeles, pelos mega-espetáculos
de show-bussines, incluindo, é
claro, as competições internacionais de esportes de salão”.
“Conhecer os detalhes e as necessidades dos consumidores —
segue Lemme — e descobrir os
seus desejos mais íntimos, não é
um cuidado apenas da hotelaria. É
uma meta que deve ser perseguida por qualquer empresa séria
no mercado atual. Não podemos
aceitar a visão ingênua, sobre os
hotéis, de que são apenas prédios
suntuosos, com porteiros enfeitados e meia dúzia de socialites
desfilando nos salões.”

O Consultor enfatiza — “Está
comprovado que, para um bom
resultado no segmento de serviços, é fundamental ‘coçar o bolso’
com o treinamento dos antigos
funcionários, com as avaliações
periódicas e com as reciclagens. É
bem mais barato (e eficaz) treinar
‘a prata da casa’ do que contratar
novos colaboradores ainda que
estes sejam mais jovens e de salários aviltados. Os gastos com as
contratações e com a adaptação de
novos profissionais somam-se,
inexoravelmente, às perdas com a
insatisfação dos clientes diante
do atendimento precário oferecido pelos novatos.”
E conclui: “Temos que buscar,
cada vez mais, a perfeição. Devemos estar dispostos a atender as
expectativas dos hóspedes e surpreendê-los positivamente, e
porque não, encantá-los diante de
nossas soluções carinhosas, personalizadas e criativas”.

Saudades, Raul Portugal!
• Vítima de um colapso cardíaco, faleceu, em Niterói, o defensor público Raul Fernando Portugal Filho. O
jornalista e também defensor Erthal Rocha fez emocionado pronunciamento à beira do túmulo, no Cemitério de Charitas. Foi de improviso e refeito a pedido da diretora do JORNAL SANTA ROSA, Sílvia Tani,
que se associa à homenagem póstuma ao ilustre niteroiense.
Meu caro Raul — “Aqueles que
amamos nunca morrem, apenas
partem antes de nós”, dizia o poeta mexicano Amado Nervo. Este
foi o comentário que eu e Raul
relembramos no sepultamento de
outro colega, Fernando Felix, há
cerca de três anos. Com a morte
de Raul, Niterói perde um dos
seus mais dignos filhos e a Defensoria Pública um dos seus
mais fiéis servidores.
Nessa despedida, não desejo
exaltar a figura querida de Raul
como defensor público-geral, cuja
atual chefia está aqui representada por André Castro. Não quero
louvar o dinâmico presidente da
ADPERJ, nossa associação, aqui
representada por sua presidente
Maria Carmem de Sá. Poderia,

ainda, recordar sua recente atuação, não menos brilhante, como
ouvidor-geral da Defensoria.
Desejo louvar, especialmente, o
defensor público exemplar que
Raul sempre foi, principalmente
sua figura humana, o espírito cristão e humanitário que ornava seu
caráter. Aproximei-me dele na
Vara de Execuções Penais, em Niterói, no período anterior à fusão
GB/RJ. Ali Raul atendia os familiares dos presidiários com carinho e paciência, dando-lhes esperança de dias melhores com a
volta dos seus entes queridos ao
convívio do lar.
Caro Raul! Quantos sorrisos
você proporcionou aos deserdados
que batiam às portas da Defensoria, descrentes de tudo e de todos?

Quantas lágrimas você enxugou
de pessoas angustiadas? Quantas
pessoas você orientou e ajudou
para resolver problemas e litígios,
dando-lhes novo alento? Por isso,
a partir de agora, a sua felicidade é
eterna, junto ao Criador.
Dizem que Deus deu a lágrima
ao homem para ele poder chorar.
Aqui estão as nossas lágrimas. De
sua família, representada por sua
irmã Regina, por sua dedicada esposa Sônia Picanço, mãe de seus
filhos. Aqui também estão as lágrimas de seus amigos, de seus
colegas defensores, da Advocacia
e do Judiciário.
Segue em paz, Raul. Vai com
Deus, pois o Reino dos Céus é o
lugar dos justos”!
Texto: Erthal Rocha

Kátia Rubio, Bruno Souza e Axel Grael

Livro sobre atletas olímpicos
reúne esportistas em Niterói
• Niterói, a “Cidade do Esporte”, foi palco do lançamento do
livro ‘Atletas Olímpicos Brasileiros’ (Sesi/SP Editora), da
professora e pesquisadora, Kátia Rubio, na Sala Carlos Couto,
do Teatro Municipal de Niterói, com a presença do vice-prefeito, Axel Grael, do Secretário
Municipal de Esportes, Bruno
Souza, e dezenas de atletas e
ex-atletas.
Ao abrir a solenidade, Axel
Grael, agradeceu a escolha do
município para o lançamento
da obra e lembrou a tradição de
Niterói em várias modalidades
esportivas. “Celeiro de grandes
atletas, com suas histórias desbravadoras e de superação, já
somos, agora estamos colocando Niterói no patamar de cidade que abriga diversas iniciativas esportivas. Rodrigo Neves
acertou em convidar o Bruno
Souza para a Secretaria de Esportes, dando oportunidade a
um grande atleta de realizar e
ver o esporte cada vez mais difundido e praticado na cidade”, ressaltou Axel.
Ex-atleta olímpico de handebol, Bruno Souza, saudou a todos os esportistas presentes e
destacou o trabalho de incentivo ao esporte que está sendo realizado em Niterói. “Com apoio
do prefeito, vamos transformar
Niterói na cidade do Esporte e a
escolha comprova nossa referência”, concluiu Bruno.
Já a autora da obra, Kátia Rubio, afirmou que a pesquisa

para a produção do livro a possibilitou conhecer muitos recantos do país, seus atletas e
ótimas histórias, algumas delas
de Niterói, onde esteve, pela
primeira vez em 2002, para entrevistar o iatista medalhista
Torben Grael, irmão de Axel.
Entre os atletas anotamos:
Robson Caetano (atletismo);
Ana Richa (vôlei). Luísa Parente (ginástica artística);
Cláudia e Isabel Swan (iatismo); Patrícia Amorim (natação); Armando Barcellos (triathlon); Lica Oliveira (vôlei);
Sandra Saldan (triathlon); César Augusto Filard (natação);
Humberto Redes (futebol); Clínio Marcelino Neto (iatismo);
Solon Santos (polo aquático);
Denis Marinho (remo); Arci
Kempner (tiro com arco); Alexandre Abeid (vôlei); Fernando Saez (natação), entre outros.
A OBRA — Com 1.796 notas
biográficas, o livro traz informações sobre os atletas brasileiros de modalidades individuais e coletivas que participaram
de alguma edição dos Jogos
Olímpicos desde 1920, quando
o país foi representado pela primeira vez no evento, até Londres, em 2012. A obra é fruto de
15 anos de pesquisas de Kátia
Rubio, docente da Escola de
Educação Física e Esporte da
Universidade de São Paulo e da
equipe do Grupo de Estudos
Olímpicos do Centro de Estudos Socioculturais do Movimento Humano da Escola.

10

SANTA ROSA

AS CARTAS DO
DR. GOLDEN (4a)

Agora é Lei: Venda de cerveja em estádios
de futebol foi liberada

Hilário Francisconi
Espero que esteja bem de saúde. Eu não paro de engordar. Já
estou com quase 50 e já estou com quase 100. Entendeu?
Pois é. Ando muito ansiosa e comendo demais. Não sei
se fico ansiosa porque como demais ou se é minha ansiedade que aumenta o apetite. Acho que tudo começou quando parei de fumar, a não ser que seja uma grande
coincidência.
Meu endocrinologista já desistiu. Eu não obedeço às
suas prescrições e perco o meu tempo nas consultas. O
gastro já me disse que desse jeito vou ter de fazer diminuição de estômago. Mas não adianta. Eu gosto de massa, de
doces e sou assídua nos rodízios. Também não pratico
qualquer exercício físico, que a preguiça não me deixa.
Consegui tirar férias no trabalho e acho que vou passar
os 30 dias sentada, vendo televisão e comendo os meus
torresminhos, as minhas amadas pizzas de mussarela,
salaminhos e minhas pipocas amanteigadas. Eu não queria
ser obesa, mas não consigo largar o meu cardápio diário,
coisa, aliás, de que mais gosto nesta vida. Não estou propriamente pedindo ajuda, mas se você tiver aí uma palavrinha amiga eu a degustarei. Beijos,
Raquel

R

aquel, acabo de descobrir a sua preferência por engordar. Vejo que isso é um desejo seu, na medida
exata de seu prazer de comer.
Alguns conceitos levam tempo para uma total assimilação (ou digestão), e percebo que somente depois que sua
outrora “cinturinha” tornar-se uma recalcitrante circunferência é que você compreenderá o real sentido de “círculo vicioso”.
Aconselho a que você registre, enquanto não o fazem
primeiro, a patente IGV, que é o Índice de Gordura Voluntária. A fórmula seria I + P = GI (Idade + Peso = Gordura Irresponsável), cuja variação, para pessoas acima de
50 anos, oscilaria entre 120 e 200. De acordo com a fórmula, o seu IGV já atinge o índice de 150. Nada mau para
quem ainda pretende figurar no Guiness Book.
Por que você não volta a fumar? Deu vontade de uma
pizza gigante? Encomende a pizza e divida-a em 8 fatias.
Deixe-as de lado e fume 8 cigarros de uma só vez, assim
como você faria com a mussarelada. Caso sinta-se enjoada com o excesso de nicotina, coma em seguida as 8 fatias que o enjoo passará.
Evidentemente, não há necessidade de consultar-se com
endócrinos ou gastros, já sabendo que o seu especialista
é mesmo um Maitre. Somente ele para prescrever-lhe a
melhor receita: de bolos, de doces etc. Quanto à redução
no estômago? Nem pensar! Aumente-o! Faça um transplante de órgão e fique com dois!
São palavras de amigo,
estas minhas. Você é uma
grande pessoa. E desejo
vê-la, da próxima vez, ainda maior.
Abraços,
Dr. Golden
Hilário Francisconi é
escritor
francisprov@hotmail.com

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

Deputados que criaram projeto que
deu origem à lei

• A venda de cerveja nos estádios de futebol do estado
do Rio, proibida desde 2008,
já está autorizada. É o que
determina a lei estadual
7.083/15, sancionada pelo
governador Luiz Fernando
Pezão e publicada no DO
desde 19 de outubro. A norma autoriza a venda apenas
de cerveja, em copos de plástico ou papel, durante todo o
período do jogo.
Com isso, o início da venda
de cerveja depende agora
apenas das administrações
dos estádios. Autores do projeto que deu origem à lei, os
deputados Geraldo Pudim
(PR), Luiz Martins (PDT) e
Wanderson Nogueira (PSB)
citam a experiência da Copa
de 2014, quando a cerveja foi
vendida, e lembram que o
maior movimento nos bares
dos estádios vai ajudar a aumentar as receitas dos clubes.
"Com a proibição as pessoas
bebiam no entorno dos estádios até o último minuto e
isso gerava muitas confusões", afirma Wanderson.
A lei determina ainda que
sejam veiculadas mensagens
educativas sobre o consumo
responsável de bebidas alcoólicas nos telões dos estádios
ao menos quatro vezes durante as partidas.

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

Comissão quer ampliar
prazo de proposta para
unificação do ensino

Deputado Comte Bittencourt

Debater a Base Nacional Curricular Comum (BNCC) com integrantes da comunidade acadêmica e representantes de outros estados e aumentar o prazo estipulado para as escolas brasileiras
mandarem propostas ao programa foram os assuntos da Comissão de Educação da Assembleia
Legislativa do Estado do Rio de
Janeiro (Alerj) durante audiência
nesta terça-feira, dia 17.
A BNCC, lançada pelo Ministério da Educação visa a unificação dos currículos de todas as
séries dos ensinos infantil, fundamental e médio. Os colégios
têm até 16 de dezembro para
enviarem suas sugestões, mas o
MEC já informou que o prazo
pode ser prorrogado até fevereiro de 2016.
"Temos que democratizar o
debate, que não pode ser restrito aos especialistas do MEC. Os
alunos e professores também
devem ser ouvidos. Estou propondo um encontro de todas as
comissões de Educação dos legislativos estaduais brasileiros
para fortalecer a discussão", disse o deputado Eliomar Coelho
(PSol), que solicitou a audiência.
Presidente da Comissão de
Educação da Alerj, o deputado
Comte Bittencourt (PPS) é favorável ao currículo unificado,
mas acredita que o prazo dado
pelo MEC é curto: "Este é um
importante projeto que não
deve ser feito às pressas. Mesmo
que o prazo se estenda para fevereiro, ainda não vai ser suficiente para as escolas. Sou favorável à unificação do ensino, pois
acho que o currículo de todos os
estados da federação deve ser o
mesmo. Mas, o debate tem que
ser muito mais amplo".
A Secretaria de Estado de Edu-

cação realizou reuniões e conferências para apresentar a base
curricular proposta pelo MEC às
escolas. A diretora de Articulação Curricular da Seeduc, Adriana Lessa, destacou a importância do respeito às diferenças regionais. "A Secretaria está realizando marcos regionais para
que o projeto seja debatido no
âmbito local. O Brasil tem dimensões continentais e os municípios do Rio também apresentam grandes diferenças entre si.
A Base Nacional Curricular prevê o respeito às diversidades",
frisou.
OPINIÃO DOS PROFESSORES — A maioria dos professores presentes à audiência mostrou-se contrário ao currículo
unificado. Dentre as principais
críticas estão a forte presença do
conceito de meritocracia no projeto e a visão mercadológica de
geração de lucro com a produção e a venda de material didático. A representante da Associação de Docentes do Colégio Pedro II, Ana de Oliveira, declarou
que a BNCC aposta na responsabilização dos professores pelas condições ruins das escolas
brasileiras.
A diretora-geral do Instituto
Superior de Educação do Rio de
Janeiro (Iserj), Sandra Santos,
defendeu o programa do Governo. "Não concordo que o currículo unificado seja uma imposição do MEC. Há uma proposta,
que obviamente não contempla
tudo que os profissionais da
educação pleiteiam", afirmou a
diretora.
Também estiveram presentes
na audiência os deputados Waldeck Carneiro (PT) e Dr. Julianelli (Rede).

11

SANTA ROSA

Escola de Dança Maria
Olenewa exporta talentos
Por ano, pelo menos três alunos iniciam carreira em outros países
Foto: Clarice Castro

• Duração de nove anos e determinação estão na fórmula para
o sucesso internacional dos alunos da Escola Estadual de Dança
Maria Olenewa, que pertence ao
Theatro Municipal do Rio de Janeiro. Com 88 anos de tradição e
principal referência no ensino
de dança clássica no Brasil, a instituição tem centenas de ex-alunos inseridos em companhias
de países como Canadá, Inglaterra e Suíça.
O currículo da escola inclui
História da Dança, assim como
disciplinas complementares na
formação técnica, mas o que realmente prepara os jovens é a
Técnica de Balé, cujas aulas são
ministradas por professores respeitados no mercado. A unidade já manteve convênio com a
Academia Vaganova de Ballet,
instituição de balé clássico de
São Petersburgo, na Rússia.
Este mês, Sinthia Liz, de 17
anos, embarcou para Munique,
na Alemanha, para integrar o
balé da Fundação Heinz Bosl, da
Universidade de Artes de Munique, onde receberá bolsa de estudo, moradia e alimentação.
“Me formei em 2014 e na Escola Maria Olenewa foi onde
aprendi tudo, desde os primei-

ros passos do balé até como me
comportar profissionalmente.
Quanto à ida a Munique, foi
tudo bem rápido e deu tudo
certo. Vou focar ao máximo,
pois é um sonho estar nesta
companhia” disse Sinthia.
INCENTIVO — Moradora de
Campo Grande, Caroline Gil
vai se formar este ano. A bailarina aguarda respostas de testes
para ingressar em instituições da
Califórnia, nos Estados Unidos,
ou Basel, na Alemanha, com
bolsa de estudo. “O corpo acadêmico da Maria Olenewa nos
estimula a buscar nossos sonhos” contou Caroline.
Ao longo de sua existência,

vem sendo responsável pela
formação dos mais importantes
nomes brasileiros que atuam no
balé seja como bailarinos, coreógrafos ou maîtres, no Brasil e
no exterior. Entre eles, as primeiras bailarinas do Theatro
Municipal Nora Esteves, Aurea
Hammerli, Claudia Mota e Márcia Jaqueline, além de outras artistas com carreira internacional
como Márcia Haydée, que foi
uma das principais bailarinas
do Ballet de Stutgart, da Alemanha, e Roberta Marques, que
brilha como primeira bailarina
do Royal Ballet, de Londres.
Av. Almirante Barroso, 14 no Centro/RJ).

Niterói Mais Humana: Prestação de contas
do projeto em parceria com a Casa Design

Renata Paez, Fernanda Sixel, Eliane Figueiredo e garotos do Movimento PróCriança

• A presidente da ‘Niterói Mais
Humana’, Fernanda Sixel e os
organizadores da Casa Design
Eliane Figueiredo e Carlos Bezerra estiveram no Movimento
Pró-Criança, instituição beneficiada com a arrecadação da
venda dos convites do Coquetel
de Abertura da Mostra, para

avaliarem as instalações e possíveis obras.
Esse ano, o projeto irá viabilizar a reforma de dois espaços
da instituição. A diretora Renata
Paez realizou um encontro entre
os parceiros, a Conselheira Administrativa Paroquial Lúcia
Alconforado (responsável pelo

Pró-Criança) e representantes
da comunidade escolar com o
objetivo de definirem as necessidades e escutarem os desejos
dos alunos. A renda obtida com
a ação foi de R$ 15.000,00, que
será destinada à reforma da área
de lazer e a biblioteca.
Os alunos, moradores do
Morro do Palácio, já frequentam
a escola. Os pais que estavam
presentes relataram a importância do projeto social para
seus filhos: “Tudo o que eu hoje
não posso oferecer aos meus filhos, o Pró-Criança oferece. O
projeto é uma porta ao conhecimento, à cultura”, comentou Beatriz Polidoro, mãe de três
alunos da instituição.
A organizadora da Mostra, Eliane Figueiredo, informou que
um grupo formado por arquiteto, design de interiores e empresas expositoras já demonstrou
interesse em participar do projeto doando o seu trabalho e alguns materiais. É a corrente do
bem formando novos elos!!!

12

SANTA ROSA

1a QUINZENA DE NOVEMBRO • 2015

Há 442 anos nasceu Niterói. Há 4 anos nasceu o Matheus Rangel. Há 18 foi a vez da Marcela Caldas.
Há 28 foi o Gustavo de Mello que veio ao mundo. Todos do dia 22 de novembro. Todos de Niterói.
Uma cidade que enche de orgulho aqueles que nascem aqui. E no que depender da gente, todos
vão ter motivos de sobra para comemorar esse aniversário.

P R O G R A M A Ç Ã O
SEXTA-FEIRA (20/11)
Piratininga: Banda DKV às 17h • Banda Scalene às 19h • Urbana Legion às 21h
SÁBADO (21/11)
Horto do Fonseca: Jorge Aragão às 18h

DOMINGO (22/11)
Praia de São Francisco: Show de Paula Toller às 19h e Nando Reis às 21h
Veja a programação completa em
facebook.com/prefeituramunicipaldeniteroi

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful