Você está na página 1de 1

Caso concreto Aula 02

1a Questo.
Marcos Antnio ingressou com uma ao declaratria em face do plano de sade Vida Saudvel,
responsvel por atender importante parcela da populao brasileira, visando obter
reconhecimento da abusividade de determinada clusula que impede o tratamento de pacientes
com doenas infectocontagiosas. Diante da repercusso social do julgado a associao de
portadores de HIV solicitou seu ingresso como amicus curiae, o que foi prontamente autorizado
pelo juiz da causa. Diante do caso indaga-se:
a- Poder a associao atuar como se parte fosse?
R: Sim.
b- Qual a diferena entre amicus curiae e a assistncia simples?
R: Amicus curiae algum que, mesmo sem ser parte, em razo de sua representatividade,
chamado ou se oferece para intervir em processo relevante com o objetivo de apresentar ao
Tribunal a sua opinio sobre o debate que est sendo travado nos autos, fazendo com que a
discusso seja amplificada e o rgo julgador possa ter mais elementos para decidir de forma
legtima.
O assistente simples atuar como auxiliar da parte principal, exercer os mesmos poderes e
sujeitar-se- aos mesmos nus processuais que o assistido. Sendo revel ou, de qualquer outro
modo, omisso o assistido, o assistente ser considerado seu substituto processual.
2 Objetiva:
Indique, dentre as alternativas abaixo, o requisito extrnseco de admissibilidade dos recursos em
geral (Promotor de Justia/MG 2005):
R: Letra E (tempestividade e Preparo)
3 Objetiva:
De acordo com o Cdigo de Processo Civil, assinale a alternativa correta (Juiz de Direito SC
2009):
R: Letra D (O recorrente poder, a qualquer tempo, sem anuncia do recorrido, desistir do
recurso)