Você está na página 1de 124

77

7 7 Resultados Resultados de de Medi Medi ç ç ões ões Diretas Diretas FundamentosFundamentos dede

ResultadosResultados dede MediMediççõesões

DiretasDiretas

FundamentosFundamentos dede MetrologiaMetrologia

MotivaMotivaççãoão

definição do

procedimento

Motiva Motiva ç ç ão ão definição do procedimento mensurando de medição resultado da medição condições
mensurando de medição resultado da medição condições operador sistema de ambientais medição
mensurando
de medição
resultado da
medição
condições
operador
sistema de
ambientais
medição

Como usar as informações disponíveis sobre o processo de medição e escrever corretamente o resultado da medição?

RM = (RB ± IM) unidade

7.1 7.1 MediMediçç õesões DiretasDiretas ee IndiretasIndiretas

7.17.1

7.1 7.1 MediMediçç õesões DiretasDiretas ee IndiretasIndiretas

MediMediççõesões DiretasDiretas ee IndiretasIndiretas

MediMediççõesões diretasdiretas

OO sistemasistema dede medimediççãoão jjáá indicaindica naturalmentenaturalmente oo valorvalor dodo mensurando.mensurando. Exemplos:Exemplos:

valorvalor dodo mensurando.mensurando. Exemplos:Exemplos: MediMedi çç ãoão dodo diâmetrodiâmetro dede umum

MediMediççãoão dodo diâmetrodiâmetro dede umum eixoeixo comcom umum paqupaquíímetro.metro. MediMediççãoão dada tensãotensão eleléétricatrica dede umauma pilhapilha comcom umum voltvoltíímetro.metro.

MediMediççõesões indiretasindiretas

Medi Medi ç ç ões ões indiretas indiretas AA grandezagrandeza éé determinadadeterminada aa partirpartir dede

AA grandezagrandeza éé determinadadeterminada aa partirpartir dede operaoperaççõesões entreentre duasduas ouou maismais grandezasgrandezas medidasmedidas separadamente.separadamente. Exemplos:Exemplos:

AA áárearea dede umum terrenoterreno retangularretangular multiplicandomultiplicando larguralargura pelopelo comprimento.comprimento. MediMediççãoão dada velocidadevelocidade mméédiadia dede umum automautomóóvelvel dividindodividindo aa distânciadistância percorridapercorrida pelopelo tempotempo correspondente.correspondente.

7.2 7.2 CaracterizaCaracteriza çç ãoão dodo ProcessoProcesso dede MediMediçç ãoão

7.27.2

7.2 7.2 CaracterizaCaracteriza çç ãoão dodo ProcessoProcesso dede MediMediçç ãoão

CaracterizaCaracterizaççãoão dodo ProcessoProcesso dede MediMediççãoão

ProcessoProcesso dede medimediççãoão

FONTE DE INCERTEZAS
FONTE DE
INCERTEZAS
definição do mensurando FONTE DE INCERTEZAS
definição do
mensurando
FONTE DE
INCERTEZAS
INCERTEZAS definição do mensurando FONTE DE INCERTEZAS resultado da medição INCERTEZAS COMBINADAS procedimento
resultado da medição INCERTEZAS COMBINADAS
resultado da
medição
INCERTEZAS
COMBINADAS
INCERTEZAS resultado da medição INCERTEZAS COMBINADAS procedimento de medição operador sistema de medição

procedimento

de medição

operador sistema de medição FONTE DE INCERTEZAS FONTE DE
operador
sistema de
medição
FONTE DE
INCERTEZAS
FONTE DE

condições

ambientais FONTE DE INCERTEZAS
ambientais
FONTE DE
INCERTEZAS
INCERTEZAS
INCERTEZAS
7.3 7.3 AA VariabilidadeVariabilidade dodo MensurandoMensurando

7.37.3

7.3 7.3 AA VariabilidadeVariabilidade dodo MensurandoMensurando

AA VariabilidadeVariabilidade dodo MensurandoMensurando

OO MensurandoMensurando éé consideradoconsiderado

InvariInvariáável:vel:

é é considerado considerado InvariInvariáável:vel: sese seuseu valorvalor permanecepermanece constanteconstante

sese seuseu valorvalor permanecepermanece constanteconstante durantedurante oo perperííodoodo emem queque aa medimediççãoão éé efetuada.efetuada. Exemplo:Exemplo: aa massamassa dede umauma jjóóia.ia.

Exemplo:Exemplo: aa massamassa dede umauma jj óó ia.ia. VariVariáável:vel: quandoquando oo seuseu valorvalor

VariVariáável:vel:

quandoquando oo seuseu valorvalor nãonão éé úúniconico ouou bembem definido.definido. SeuSeu valorvalor podepode variarvariar emem funfunççãoão dada posiposiçção,ão, dodo tempotempo ouou dede outrosoutros fatores.fatores. Exemplo:Exemplo: aa temperaturatemperatura ambiente.ambiente.

EmEm termostermos prprááticosticos

MensurandoMensurando InvariInvariáável:vel:

ticos ticos MensurandoMensurando InvariInvari áável:vel: AsAs variavaria çç õesões dodo mensurandomensurando

AsAs variavariaççõesões dodo mensurandomensurando sãosão inferioresinferiores aa suasua resoluresoluçção.ão.

MensurandoMensurando VariVariáável:vel:

AsAs variavariaççõesões dodo mensurandomensurando sãosão iguaisiguais ouou superioressuperiores aa suasua resoluresoluçção.ão.

7.4 7.4 OO resultadoresultado dada medimedi çç ãoão dede umum mensurandomensurando invariinvari áá velvel

7.47.4

7.4 7.4 OO resultadoresultado dada medimedi çç ãoão dede umum mensurandomensurando invariinvari áá velvel

OO resultadoresultado dada medimediççãoão dede umum mensurandomensurando invariinvariáávelvel quandoquando aa incertezaincerteza ee correcorreççãoão combinadascombinadas sãosão conhecidasconhecidas

IncertezasIncertezas combinadascombinadas

AA repetitividaderepetitividade combinadacombinada correspondecorresponde àà contribuicontribuiççãoão resultanteresultante dede todastodas asas fontesfontes dede erroserros aleataleatóóriosrios queque agemagem simultaneamentesimultaneamente nono processoprocesso dede medimediçção.ão. AA correcorreççãoão combinadacombinada compensacompensa osos erroserros sistemsistemááticosticos dede todastodas asas fontesfontes dede erroserros sistemsistemááticosticos queque agemagem simultaneamentesimultaneamente

áá ticosticos queque agemagem simultaneamentesimultaneamente nono processoprocesso dede medimedi çç ão ão
áá ticosticos queque agemagem simultaneamentesimultaneamente nono processoprocesso dede medimedi çç ão ão

nono processoprocesso dede medimediçção ão

TrêsTrês casoscasos

Caso Caso Caso 1 2 3 Número de medições repetidas: n=1 n>1 n ≥ 1
Caso
Caso
Caso
1
2
3
Número de medições repetidas:
n=1
n>1
n ≥ 1
Compensa erros sistemáticos:
sim
sim
não
Caso Caso 1 1 MensurandoMensurando invariinvari áávelvel nn == 11 CorrigindoCorrigindo erroserros sistemsistem áá

CasoCaso 11

Caso Caso 1 1 MensurandoMensurando invariinvari áávelvel nn == 11 CorrigindoCorrigindo erroserros sistemsistem áá

MensurandoMensurando invariinvariáávelvel nn == 11 CorrigindoCorrigindo erroserros sistemsistemááticosticos

CasoCaso 11

indicação sistema de medição ± Re + C mensurando RB
indicação
sistema de
medição
± Re
+ C
mensurando
RB

CasoCaso 11

indicação + C - Re + Re RM = I + C ± Re UMA
indicação
+ C
- Re
+ Re
RM = I + C ± Re
UMA
ÚNICA
MEDIÇÂO

CasoCaso 11 -- ExemploExemplo

(1000,00 ± 0,01) g RM = I + C ± Re 11 RM = 1014
(1000,00 ± 0,01) g
RM = I + C ± Re
11
RM = 1014 + (-15,0) ± 3,72
1014
g
10140 gg
RM = 999,0 ± 3,72
C = -15,0 g
RM = (999,0 ± 3,7) g
Re = 3,72 g
Caso Caso 2 2 MensurandoMensurando invariinvari áávelvel nn >> 11 CorrigindoCorrigindo erroserros

CasoCaso 22

Caso Caso 2 2 MensurandoMensurando invariinvari áávelvel nn >> 11 CorrigindoCorrigindo erroserros

MensurandoMensurando invariinvariáávelvel nn >> 11 CorrigindoCorrigindo erroserros sistemsistemááticosticos

CasoCaso 22

indicação sistema de medição ± Re/√n + C mensurando RB
indicação
sistema de
medição
± Re/√n
+ C
mensurando
RB

CasoCaso 22

indicação média + C - Re /√n + Re/√n RM = I + C ±
indicação média
+ C
- Re /√n
+ Re/√n
RM = I + C ± Re /√n
MÉDIA DE n
MEDIÇÕES

CasoCaso 22 -- ExemploExemplo

g g RM = I + C ± Re/√n g g RM = 1015 -15,0
g
g
RM = I + C ± Re/√n
g
g
RM = 1015 -15,0 ± 3,72 /√12
g
g
RM = 1000,0 ± 1,07
g
g
RM = (1000,0 ± 1,1) g
g
g
g
g

1014

1015

(1000,00 ± 0,01) g

(1000,00 ± 0,01) g

(1000,00 ± 0,01) g

11 11 11 1014 g 10140 1015 1017 gg g g
11 11 11
1014
g
10140
1015
1017
gg
g
g

C = -15,0 g

Re = 3,72 g

1017

1012

1015

1018

1014

1015

1016

1013

1016

1015

I = 1015 g

Caso Caso 3 3 MensurandoMensurando invariinvari áávelvel nn ≥≥ 11 NãoNão corrigindocorrigindo erroserros

CasoCaso 33

Caso Caso 3 3 MensurandoMensurando invariinvari áávelvel nn ≥≥ 11 NãoNão corrigindocorrigindo erroserros

MensurandoMensurando invariinvariáávelvel nn ≥≥ 11 NãoNão corrigindocorrigindo erroserros sistemsistemááticosticos

CasoCaso 33 -- ErroErro mmááximoximo conhecidoconhecido -- mensurandomensurando invariinvariáávelvel

indicação ou média sistema de medição - E máx + E máx mensurando RB
indicação ou média
sistema de
medição
- E
máx
+ E máx
mensurando
RB

CasoCaso 33 -- ErroErro mmááximoximo conhecidoconhecido -- mensurandomensurando invariinvariáávelvel

Indicação ou média - E máx + E máx RM = I ± E máx
Indicação ou média
- E máx
+ E máx
RM = I ± E máx
RM = I ± E máx
MÉDIA DE n
MEDIÇÕES
ou média - E máx + E máx RM = I ± E máx RM =
UMA ÚNICA MEDIÇÂO
UMA
ÚNICA
MEDIÇÂO
ou média - E máx + E máx RM = I ± E máx RM =

CasoCaso 33 -- ExemploExemplo

(1000,00 ± 0,01) g RM = I ± E máx 11 RM = 1014 ±
(1000,00 ± 0,01) g
RM = I ± E máx
11
RM = 1014 ± 18
1014
g
10140 gg
RM = (1014 ± 18) g
E máx = 18 g

RepresentaRepresentaççãoão grgrááficafica dosdos trêstrês resultadosresultados

RM = (999,0 ± 3,7) g RM = (1000,0 ± 1,1) g RM = (1014
RM = (999,0 ± 3,7) g
RM = (1000,0 ± 1,1) g
RM = (1014 ± 18) g
960
980
1000
1020
1040
mensurando [g]
7.5 7.5 AA GrafiaGrafia CorretaCorreta dodo ResultadoResultado dada MediMediçç ãoão

7.57.5

7.5 7.5 AA GrafiaGrafia CorretaCorreta dodo ResultadoResultado dada MediMediçç ãoão

AA GrafiaGrafia CorretaCorreta dodo ResultadoResultado dada MediMediççãoão

AlgarismosAlgarismos SignificativosSignificativos (AS)(AS)

Algarismos Significativos Significativos (AS) (AS) Exemplos:Exemplos: 1212 1,21,2 0,0120,012

Exemplos:Exemplos:

1212 1,21,2 0,0120,012 0,0000120,000012 0,012000,01200

temtem doisdois ASAS temtem doisdois ASAS temtem doisdois ASAS temtem doisdois ASAS temtem quatroquatro ASAS

NNúúmeromero dede AS:AS:

contaconta--sese dada esquerdaesquerda parapara aa direitadireita aa partirpartir dodo primeiroprimeiro algarismoalgarismo nãonão nulonulo

RegrasRegras dede GrafiaGrafia

Regras Regras de de Grafia Grafia RegraRegra 1:1: AA incertezaincerteza dada medimedi çç ãoão éé escritaescrita

RegraRegra 1:1:

AA incertezaincerteza dada medimediççãoão éé escritaescrita comcom atatéé doisdois algarismosalgarismos significativos.significativos.

RegraRegra 2:2:

OO resultadoresultado basebase éé escritoescrito comcom oo mesmomesmo

nnúúmeromero dede casascasas decimaisdecimais comcom queque éé escritaescrita aa incertezaincerteza dada medimediçção.ão.

AA grafiagrafia dodo resultadoresultado dada medimediççãoão

REGRA 1
REGRA 1

ExemploExemplo 1:1:

RMRM == (319,213(319,213 ±± 11,4)11,4) mmmm

RM = (319,213 ± 11) mm

REGRA 2

RM = (319 ± 11) mm

AA grafiagrafia dodo resultadoresultado dada medimediççãoão

REGRA 1
REGRA 1

ExemploExemplo 2:2:

REGRA 2
REGRA 2

RMRM == (18,4217423(18,4217423 ±± 0,04280437)0,04280437) mmmm

RM = (18,4217423 ± 0,043) mm

RM = (18,422 ± 0,043) mm

7.6 7.6 OO resultadoresultado dada medimedi çç ãoão dede umum mensurandomensurando varivari áá velvel quandoquando

7.67.6

7.6 7.6 OO resultadoresultado dada medimedi çç ãoão dede umum mensurandomensurando varivari áá velvel quandoquando

OO resultadoresultado dada medimediççãoão dede umum mensurandomensurando varivariáávelvel quandoquando aa incertezaincerteza ee correcorreççãoão combinadascombinadas sãosão conhecidasconhecidas

QualQual aa alturaaltura dodo muro?muro?

h = média entre h 7 a h 14 ? h h 2 h 12
h = média entre h 7 a h 14 ?
h
h
2
h 12
11
h 13
h
h 3 h 8
7
h
h
h 5
h
h 4
14
6
h
10
9
h
1
c/2
c/2
Qual seria uma resposta honesta?

RespostasRespostas honestas:honestas:

Varia. Varia entre um mínimo de h 1 e um máximo de h 2 .
Varia.
Varia entre um mínimo de h 1 e um máximo de h 2 .
h
2
h
1
A faixa de variação de um mensurando variável
deve fazer parte do resultado da medição.
Faixa de variação

MediMediççãoão dede mensurandomensurando varivariáávelvel

DeveDeve sempresempre serser medidomedido muitasmuitas vezes,vezes, emem locaislocais e/oue/ou momentosmomentos distintos,distintos, parapara queque aumentemaumentem asas chanceschances dede queque todatoda aa suasua faixafaixa dede variavariaççãoão sejaseja varridavarrida

asas chanceschances dede queque todatoda aa suasua faixafaixa dede variavaria ççãoão sejaseja varridavarrida
asas chanceschances dede queque todatoda aa suasua faixafaixa dede variavaria ççãoão sejaseja varridavarrida
Caso Caso 4 4 MensurandoMensurando varivari áá velvel nn >> 11 CorrigindoCorrigindo erroserros sistemsistem

CasoCaso 44

Caso Caso 4 4 MensurandoMensurando varivari áá velvel nn >> 11 CorrigindoCorrigindo erroserros sistemsistem

MensurandoMensurando varivariáávelvel nn >> 11 CorrigindoCorrigindo erroserros sistemsistemááticosticos

CasoCaso 44

sistema de medição ± t . u + C mensurando RB
sistema de
medição
± t . u
+ C
mensurando
RB

faixa de variação das indicações

CasoCaso 44

indicação média + C - t . u + t . u u = incerteza
indicação média
+ C
-
t
. u
+ t . u
u = incerteza padrão
determinada a partir
das várias indicações
RM = I + C ± t . u

CasoCaso 44 -- ExemploExemplo TemperaturaTemperatura nono refrigeradorrefrigerador

A B C D
A
B
C
D
u = 1,90°C
u = 1,90°C

As temperaturas foram medidas durante duas horas, uma vez por minuto, por cada sensor.

Dos 480 pontos medidos, foi calculada a média e incerteza padrão:

I = 5,82°C

Da curva de calibração dos sensores determina-se a correção a ser aplicada:

C = - 0,80°C

CasoCaso 44 -- ExemploExemplo TemperaturaTemperatura nono refrigeradorrefrigerador

RM = I + C ± t . u RM = 5,82 + (-0,80) ±
RM = I + C ± t . u
RM = 5,82 + (-0,80) ± 2,00 . 1,90
RM = 5,02 ± 3,80
RM = (5,0 ± 3,8)°C
0
2
468
Caso Caso 5 5 MensurandoMensurando varivari áá velvel nn >> 11 NãoNão corrigindocorrigindo erroserros

CasoCaso 55

Caso Caso 5 5 MensurandoMensurando varivari áá velvel nn >> 11 NãoNão corrigindocorrigindo erroserros

MensurandoMensurando varivariáávelvel nn >> 11 NãoNão corrigindocorrigindo erroserros sistemsistemááticosticos

CasoCaso 55

faixa de variação das indicações

± t . u sistema de medição - E máx + E máx mensurando RB
± t . u
sistema de
medição
- E
máx
+ E máx
mensurando
RB

CasoCaso 55 -- ErroErro mmááximoximo conhecidoconhecido ee mensurandomensurando varivariáávelvel

indicação média - E máx + E máx - t . u + t .
indicação média
- E máx
+ E máx
-
t
. u
+ t . u
RM = I ± (E máx + t . u)

CasoCaso 55 -- ExemploExemplo VelocidadeVelocidade dodo ventovento

A velocidade do vento foi medida durante 10 minutos uma vez a cada 10 segundos.
A velocidade do vento foi
medida durante 10 minutos
uma vez a cada 10 segundos.
Dos 60 pontos medidos, foi
calculada a média e a
incerteza padrão:
I = 15,8 m/s
u = 1,9 m/s
E máx = 0,20 m/s

CasoCaso 55 -- ExemploExemplo VelocidadeVelocidade dodo ventovento

RM = I ± (E máx + t . u) RM = 15,8 ± (0,2
RM = I ± (E máx + t . u)
RM = 15,8 ± (0,2 + 2,0*1,9)
RM = (15,8 ± 4,0) m/s
11
13
15
17
19
7.7 7.7 OO resultadoresultado dada medimedi çç ãoão nana presenpresen çç aa dede vv áá

7.77.7

7.7 7.7 OO resultadoresultado dada medimedi çç ãoão nana presenpresen çç aa dede vv áá riasrias

OO resultadoresultado dada medimediççãoão nana presenpresenççaa dede vvááriasrias fontesfontes dede incertezasincertezas

DeterminaDeterminaççãoão dada incertezaincerteza dede medimediççãoão emem oitooito passospassos

P1 – Analise o processo de medição P2 – Identifique as fontes de incertezas P3
P1 – Analise o processo de medição
P2 – Identifique as fontes de incertezas
P3 – Estime a correção de cada fonte de incerteza
P4 – Calcule a correção combinada
P5 – Estime a incerteza padrão de cada fonte de
incertezas
P6 – Calcule a incerteza padrão combinada e o número
de graus de liberdade efetivos
P7 – Calcule a incerteza expandida
P8 – Exprima o resultado da medição
P1 – Analise o processo de medição
P1 – Analise o processo de medição

1.1. CompreendaCompreenda todostodos osos fenômenosfenômenos envolvidosenvolvidos nono processoprocesso dede medimediçção.ão.

nono processoprocesso dede medimedi çç ão.ão. 2 . 2 . BusqueBusque informainforma çç õesões

2.2. BusqueBusque informainformaççõesões complementarescomplementares nana bibliografiabibliografia ttéécnica,cnica, catcatáálogos,logos, manuais,manuais, etc.etc.

3.3. SeSe necessnecessáário,rio, fafaççaa experimentosexperimentos auxiliares.auxiliares.

etc.etc. 3 . 3 . SeSe necessnecess áá rio,rio, fafa çç aa experimentosexperimentos auxiliares.auxiliares.
P2 – Identifique as fontes de incerteza
P2 – Identifique as fontes de incerteza
definição do mensurando procedimento de medição incertezas no resultado da medição operador sistema de
definição do
mensurando
procedimento
de medição
incertezas
no resultado
da medição
operador
sistema de
medição

AtribuaAtribua umum ssíímbolombolo parapara cadacada fontefonte dede incertezasincertezas consideradaconsiderada

condições

ambientais

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

unidade:unidade:

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

unidade:unidade:

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
S1S1
descridescriççãoão 11
S2S2
descridescriççãoão 22
S3S3
descridescriççãoão 33
S4S4
descridescriççãoão 44
S5S5
descridescriççãoão 55
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P3 – Estime a correção de cada fontes de incertezas 1.1. 2.2. 3.3. 4.4. 5.5.
P3 – Estime a correção de cada fontes
de incertezas
1.1.
2.2.
3.3.
4.4.
5.5.

AnaliseAnalise oo fenômenofenômeno associadoassociado ReReúúnana informainformaççõesões prpréé--existentesexistentes SeSe necessnecessááriosrios realizerealize experimentosexperimentos PodePode serser convenienteconveniente estimarestimar aa correcorreççãoão parapara umum blocobloco dede fontesfontes dede incertezasincertezas cujacuja separaseparaççãoão seriaseria difdifíícilcil ouou inconveniente.inconveniente. EstimeEstime oo valorvalor dada correcorreççãoão aa serser aplicadaaplicada parapara asas condicondiççõesões dede medimediççãoão ee expresseexpresse--oo nana unidadeunidade dodo mensurando.mensurando.

çç õesões dede medimedi çç ãoão ee expresseexpresse -- oo nana unidadeunidade dodo mensurando.mensurando.

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

unidade:unidade:

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
S1S1
descridescriççãoão 11
C1C1
S2S2
descridescriççãoão 22
C2C2
S3S3
descridescriççãoão 33
C3C3
S4S4
descridescriççãoão 44
C4C4
S5S5
descridescriççãoão 55
C5C5
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P4 – Calcule a correção combinada
P4 – Calcule a correção combinada

AA correcorreççãoão combinadacombinada éé calculadacalculada pelapela somasoma algalgéébricabrica dasdas correcorreççõesões individualmenteindividualmente estimadasestimadas parapara cadacada fontefonte dede incertezas:incertezas:

C

c

2
2
+ C 3 n
+ C
3
n

= C + C + C +

1

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

unidade:unidade:

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
S1S1
descridescriççãoão 11
C1C1
S2S2
descridescriççãoão 22
C2C2
S3S3
descridescriççãoão 33
C3C3
S4S4
descridescriççãoão 44
C4C4
S5S5
descridescriççãoão 55
C5C5
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
CcombCcomb
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P5 – Estime a incerteza padrão de cada fonte de incertezas 1.1. DeterminaDeterminaççãoão atravatravééss dede
P5 – Estime a incerteza padrão de
cada fonte de incertezas
1.1.
DeterminaDeterminaççãoão atravatravééss dede procedimentosprocedimentos
estatestatíísticossticos ((tipotipo AA):):
A incerteza padrão pode ser estimada a partir
de um conjunto de “n” medições repetidas por:
n
2
(
I
− I
)
k
k = 1
u ( I )
= ∑
ν= n − 1
n − 1
P5 – Estime a incerteza padrão de cada fonte de incertezas 1.1. DeterminaDeterminaççãoão atravatravééss dede
P5 – Estime a incerteza padrão de
cada fonte de incertezas
1.1.
DeterminaDeterminaççãoão atravatravééss dede procedimentosprocedimentos
estatestatíísticossticos ((tipotipo AA):):
Quando o mensurando é invariável e é
determinado pela média de “m” medições
repetidas, a incerteza padrão da média é
estimada por:
u
(
I
)
ν= n − 1
u
(
I
) =
m
P5 – Estime a incerteza padrão de cada fonte de incertezas 1.1. DeterminaDeterminaççãoão atravatravééss dede
P5 – Estime a incerteza padrão de
cada fonte de incertezas
1.1.
DeterminaDeterminaççãoão atravatravééss dede procedimentosprocedimentos
estatestatíísticossticos ((tipotipo AA):):
Quando o mensurando é variável e é
determinado a partir da média de “m” medições
repetidas, sua incerteza padrão é estimada por:
ν= n − 1
u ( I ) = u ( I )
P5 – Estime a incerteza padrão de cada fonte de incertezas 2.2. DeterminaDeterminaççãoão atravatravééss dede
P5 – Estime a incerteza padrão de
cada fonte de incertezas
2.2.
DeterminaDeterminaççãoão atravatravééss dede procedimentosprocedimentos
nãonão estatestatíísticossticos ((tipotipo BB):):
DeduDeduççãoão atravatravééss dada ananááliselise dodo fenômenofenômeno
InformaInformaççõesões histhistóóricasricas ee prepre--existentesexistentes
ExperiênciaExperiência dede especialistasespecialistas
InformaInformaççõesões extraextraíídasdas dede catcatáálogoslogos ttéécnicoscnicos
ee relatrelatóóriosrios dede calibracalibraççõesões
P5 – Estime a incerteza padrão de cada fonte de incertezas 2.2. DeterminaDeterminaççãoão atravatravééss dede
P5 – Estime a incerteza padrão de
cada fonte de incertezas
2.2.
DeterminaDeterminaççãoão atravatravééss dede procedimentosprocedimentos
nãonão estatestatíísticossticos ((tipotipo BB):):
NormalmenteNormalmente assumeassume--sese queque aa distribuidistribuiççãoão
dede probabilidadesprobabilidades éé perfeitamenteperfeitamente
conhecida.conhecida.
OO nnúúmeromero dede grausgraus dede liberdadeliberdade associadoassociado aa
umauma distribuidistribuiççãoão dede probabilidadesprobabilidades
perfeitamenteperfeitamente conhecidaconhecida éé sempresempre infinitoinfinito
P5 – Estime a incerteza padrão – distribuição retangular f(x) a u = 3 -
P5 – Estime a incerteza padrão –
distribuição retangular
f(x)
a
u =
3
- a
+ a

IncertezaIncerteza devidodevido àà resoluresoluççãoão

Incerteza Incerteza devido devido à à resolu resolu ç ç ão ão R/2 - R/2 indicação

R/2

- R/2

indicação R mensurando erro
indicação
R
mensurando
erro
P5 – Estime a incerteza padrão – distribuição triangular f(x) a u = 6 -
P5 – Estime a incerteza padrão –
distribuição triangular
f(x)
a
u =
6
- a
+ a
P5 – Estime a incerteza padrão – distribuição gaussiana f(x) 95,45% u = u a
P5 – Estime a incerteza padrão –
distribuição gaussiana
f(x)
95,45%
u = u a = =σ a
2 2
- a
+ a
P5 – Estime a incerteza padrão – distribuição em “U” f(x) a u = 2
P5 – Estime a incerteza padrão –
distribuição em “U”
f(x)
a
u =
2
- a
+ a

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

unidade:unidade:

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
S1S1
descridescriççãoão 11
C1C1
a1a1
tipotipo 11
u1u1
νν11
S2S2
descridescriççãoão 22
C2C2
a2a2
tipotipo 22
u2u2
νν22
S3S3
descridescriççãoão 33
C3C3
a3a3
tipotipo 33
u3u3
νν33
S4S4
descridescriççãoão 44
C4C4
a4a4
tipotipo 44
u4u4
νν44
S5S5
descridescriççãoão 55
C5C5
a5a5
tipotipo 55
u5u5
νν55
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
CcombCcomb
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P6 – Incerteza padrão combinada e o número de graus de liberdade efetivos OO quadradoquadrado
P6 – Incerteza padrão combinada e o
número de graus de liberdade efetivos
OO quadradoquadrado dada incertezaincerteza padrãopadrão
combinadacombinada éé normalmentenormalmente calculadocalculado pelapela
somasoma dosdos quadradosquadrados dasdas incertezasincertezas
padrãopadrão dede cadacada fontefonte dede incertezas:incertezas:
2
2
2
2
2
u
= u + u + u + + u
c
1
2
3
n
P6 – Incerteza padrão combinada e o número de graus de liberdade efetivos OO nnúúmeromero
P6 – Incerteza padrão combinada e o
número de graus de liberdade efetivos
OO nnúúmeromero dede grausgraus dede liberdadeliberdade efetivoefetivo éé
calculadocalculado pelapela equaequaççãoão dede WelchWelch--SatterthwaiteSatterthwaite::
4
4
4
4
u
u
u
u
c
1
2
n
=
+
+
+
ν
ν
ν
ν
ef
1
2
n
SeSe umum nnúúmeromero nãonão inteirointeiro forfor obtido,obtido, adotaadota--
sese aa parteparte inteira.inteira. PorPor exemplo:exemplo: sese
adotaadota--sese 17.17.
ν
= 17 , 6
ef

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

unidade:unidade:

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
S1S1
descridescriççãoão 11
C1C1
a1a1
tipotipo 11
u1u1
νν11
S2S2
descridescriççãoão 22
C2C2
a2a2
tipotipo 22
u2u2
νν22
S3S3
descridescriççãoão 33
C3C3
a3a3
tipotipo 33
u3u3
νν33
S4S4
descridescriççãoão 44
C4C4
a4a4
tipotipo 44
u4u4
νν44
S5S5
descridescriççãoão 55
C5C5
a5a5
tipotipo 55
u5u5
νν55
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
CcombCcomb
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
ucombucomb
ννefef
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P7 – Calcule a incerteza expandida
P7 – Calcule a incerteza expandida

MultipliqueMultiplique aa incertezaincerteza combinadacombinada pelopelo coeficientecoeficiente dede StudentStudent correspondentecorrespondente aoao nnúúmeromero dede grausgraus dede liberdadeliberdade efetivo:efetivo:

U

=

t

v ef
v
ef

( 95 , 45%,

. u ) c
. u
)
c

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

unidade:unidade:

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
S1S1
descridescriççãoão 11
C1C1
a1a1
tipotipo 11
u1u1
νν11
S2S2
descridescriççãoão 22
C2C2
a2a2
tipotipo 22
u2u2
νν22
S3S3
descridescriççãoão 33
C3C3
a3a3
tipotipo 33
u3u3
νν33
S4S4
descridescriççãoão 44
C4C4
a4a4
tipotipo 44
u4u4
νν44
S5S5
descridescriççãoão 55
C5C5
a5a5
tipotipo 55
u5u5
νν55
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
CcombCcomb
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
ucombucomb
ννefef
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
UexpUexp
P8 – Exprima o resultado da medição
P8 – Exprima o resultado da medição
CalculeCalcule oo compatibilizecompatibilize osos valores.valores. UseUse sempresempre oo SISI RM = ( + I C
CalculeCalcule oo compatibilizecompatibilize osos valores.valores.
UseUse sempresempre oo SISI
RM
= ( +
I
C
±
U unidade
)
c
NãoNão esqueesqueçça:a:
ConhecimentoConhecimento ++ HonestidadeHonestidade ++ BomBom SensoSenso
7.8 7.8 ProblemasProblemas ResolvidosResolvidos

7.87.8

7.8 7.8 ProblemasProblemas ResolvidosResolvidos

ProblemasProblemas ResolvidosResolvidos

7.8.a 7.8.a IncertezaIncerteza dede calibracalibra çç ãoão dede umauma balanbalan çç aa digitaldigital

7.8.a7.8.a

7.8.a 7.8.a IncertezaIncerteza dede calibracalibra çç ãoão dede umauma balanbalan çç aa digitaldigital

IncertezaIncerteza dede calibracalibraççãoão dede umauma balanbalanççaa digitaldigital

Dados da massa padrão: Valor nominal: 20,000 g Correção: -0,005 g Incerteza da correção: 0,002
Dados da massa padrão:
Dados da massa padrão:
Valor nominal: 20,000 g Correção: -0,005 g Incerteza da correção: 0,002 g NN°° IndicaIndicaççãoão 11
Valor nominal: 20,000 g
Correção: -0,005 g
Incerteza da correção: 0,002 g
NN°°
IndicaIndicaççãoão
11
20,1620,16
22
20,1020,10
5 medições
33
20,1420,14
44
20,1220,12
55
20,1820,18
MMéédiadia
20,14020,140
ss
0,03160,0316

massa-padrão

20 20,16 g
20
20,16 g

Resolução da balança: 0,02 g Temperatura ambiente: (20,0 ± 1,0) °C

P1 – Análise do processo de medição
P1 – Análise do processo de medição

1.1. MensurandoMensurando:: massamassa padrão.padrão. BemBem definidadefinida ee comcom certificadocertificado dede calibracalibraçção.ão.

certificadocertificado dede calibracalibra çção.ão. 2 . 2 . ProcedimentoProcedimento :: ligar,ligar,

2.2. ProcedimentoProcedimento:: ligar,ligar, limpar,limpar, aguardaraguardar 3030 min,min, regularregular zero,zero, medirmedir 55 vezesvezes ee mméédia.dia.

zero,zero, medirmedir 55 vezesvezes ee mm éé dia.dia. 3 . 3 . AmbienteAmbiente :: dede laboratlaborat

3.3. AmbienteAmbiente:: dede laboratlaboratóório.rio. TemperaturaTemperatura dede (20,0(20,0 ±± 1,0)1,0) °°CC ee tensãotensão eleléétricatrica estestáável.vel.

4.4. OperadorOperador:: exerceexerce poucapouca influência.influência. IndicaIndicaççãoão digitaldigital ee semsem forforççaa dede medimediçção.ão.

5.5. OO sistemasistema dede medimediççãoão:: éé oo prpróóprioprio objetoobjeto dada calibracalibraçção.ão.

P2 – Fontes de incertezas
P2 – Fontes de incertezas

1.1. RepetitividadeRepetitividade naturalnatural dada balanbalançça.a. (Re)(Re)

naturalnatural dada balanbalan çç a.a. (Re)(Re) 2 . 2 . LimitaLimita çç õesões dada massamassa

2.2. LimitaLimitaççõesões dada massamassa padrão.padrão. (MP)(MP)

3.3. ResoluResoluççãoão limitadalimitada dada balanbalançça.a. (R)(R)

padrão.padrão. (MP)(MP) 3 . 3 . ResoluResolu çç ãoão limitadalimitada dada balanbalan çç a.a. (R)(R)
P3 + P4 – Estimativa da correção:
P3 + P4 – Estimativa da correção:

1.1. AA repetitividaderepetitividade naturalnatural dada balanbalanççaa ee aa resoluresoluççãoão limitadalimitada trazemtrazem apenasapenas componentescomponentes aleataleatóórias.rias.

componentescomponentes aleataleat óó rias.rias. 2 . 2 . AA massamassa padrãopadrão possuipossui

2.2. AA massamassa padrãopadrão possuipossui umauma correcorreççãoão CC MPMP == -- 0,0050,005 g,g, queque foifoi transcritatranscrita parapara aa tabela.tabela.

3.3. AA correcorreççãoão dada massamassa padrãopadrão coincidecoincide comcom aa correcorreççãoão combinada:combinada: CC cc == CC MPMP

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

CalibraCalibraççãoão dede umauma balanbalanççaa digitaldigital –– pontoponto 2020 gg

unidade:unidade:

gg

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
ReRe
repetitividaderepetitividade naturalnatural
--
MPMP
massamassa padrãopadrão
--0,0050,005
RR
resoluresoluççãoão limitadalimitada
--
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
--0,0050,005
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P5 – Incertezas padrão
P5 – Incertezas padrão

1.1.

RepetitividadeRepetitividade:: EstimadaEstimada experimentalmenteexperimentalmente atravatravééss dasdas 55
RepetitividadeRepetitividade::
EstimadaEstimada experimentalmenteexperimentalmente atravatravééss dasdas 55
medimediççõesões repetidas.repetidas.
AA mméédiadia dasdas 55 medimediççõesões serseráá adotadaadotada
u
0,0316
=
= 0,0141
ν =
4
u Re =
Re
5
5
P5 – Incertezas padrão
P5 – Incertezas padrão

2.2. MassaMassa padrão:padrão:

= 0, 001 =∞ ν MP 2
= 0, 001
=∞
ν MP
2

IncertezaIncerteza expandidaexpandida dispondisponíívelvel nono certificadocertificado dede calibracalibraçção.ão. AA incertezaincerteza padrãopadrão éé calculadacalculada dividindodividindo aa incertezaincerteza expandidaexpandida pelopelo coeficientecoeficiente dede StudentStudent,, cujocujo menormenor valorvalor posspossíívelvel éé 2,2, oo queque correspondecorresponde aa infinitosinfinitos grausgraus dede liberdade:liberdade:

U MP

0, 002

u MP

=

=

2

P5 – Incertezas padrão
P5 – Incertezas padrão

3.3. ResoluResoluççãoão limitada:limitada:

ν R =∞
ν
R =∞

OO valorvalor dada resoluresoluççãoão éé 0,020,02 g.g. SuaSua incertezaincerteza temtem distribuidistribuiççãoão retangularretangular comcom aa == R/2R/2 == 0,010,01 g.g. Logo:Logo:

=

= 0, 00577
= 0, 00577

a R / 2

0, 01

= = 3 3 3
=
=
3 3
3

u R

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

CalibraCalibraççãoão dede umauma balanbalanççaa digitaldigital –– pontoponto 2020 gg

unidade:unidade:

gg

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
ReRe
repetitividaderepetitividade naturalnatural
--
--
normalnormal
0,01410,0141
44
MPMP
massamassa padrãopadrão
--0,0050,005
0,0020,002
normalnormal
0,00100,0010
∞∞
RR
resoluresoluççãoão limitadalimitada
--
0,010,01
retangretang
0,005770,00577
∞∞
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
--0,0050,005
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P6 – Incerteza combinada
P6 – Incerteza combinada

u

c

u

c

2 2 + u MP R 2 2 − 6 = 0, 0153 g
2
2
+ u
MP
R
2
2
− 6
=
0, 0153
g
2 u + u Re
2
u
+ u
Re

u c

=

2
2

= ( 0, 0141) + ( 0, 0010 ) + ( 0, 00577 )

2 2 − 6 = 0, 0153 g 2 u + u Re u c =
(198,8 1 33,3).10 + +
(198,8 1 33,3).10
+ +

=

P6 – Graus de liberdade efetivos
P6 – Graus de liberdade efetivos
4 4 u u MP R + + ν ν MP R 4 4 4
4
4
u
u
MP
R
+
+
ν
ν
MP
R
4
4
4
( 0, 0010 )
( 0, 00577 )
+
+
usar ν
= 5
ef

4 =

c

ef

4

Re

u

u

ν

4

ν

Re

( 0, 0153)

( 0, 0141)

ν ef

=

4

= 5, 49

ν ef

P7 – Incerteza expandida
P7 – Incerteza expandida

U

=

t

g
g

. = 2, 649 . 0, 0153 = 0, 0405

u

c

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

CalibraCalibraççãoão dede umauma balanbalanççaa digitaldigital –– pontoponto 2020 gg

unidade:unidade:

gg

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
ReRe
repetitividaderepetitividade naturalnatural
--
--
normalnormal
0,01410,0141
44
MPMP
massamassa padrãopadrão
--0,0050,005
0,0020,002
normalnormal
0,00100,0010
∞∞
RR
resoluresoluççãoão limitadalimitada
--
0,010,01
retangretang
0,005770,00577
∞∞
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
--0,0050,005
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
0,01530,0153
55
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
0,04050,0405
P8 – Expressão do resultado
P8 – Expressão do resultado

) − ±

I

U
U

C

= (

MP

+

C

B

C

C

= 20,000 + ( 0,005) 20,140 ± 0,0405

g
g

= ( 0,15 ± 0,04)

B

C

B

ParaPara esteeste pontoponto dede calibracalibraçção,ão, aa correcorreççãoão aa serser aplicadaaplicada nana balanbalanççaa emem condicondiççõesões dede laboratlaboratóóriorio éé dede --0,150,15 g,g, conhecidaconhecida comcom umauma incertezaincerteza expandidaexpandida dede 0,040,04 g.g.

7.8.b 7.8.b IncertezaIncerteza dada medimedi çç ãoão dede umauma jj óó iaia porpor umauma balanbalan

7.8.b7.8.b

7.8.b 7.8.b IncertezaIncerteza dada medimedi çç ãoão dede umauma jj óó iaia porpor umauma balanbalan çç

IncertezaIncerteza dada medimediççãoão dede umauma jjóóiaia porpor umauma balanbalanççaa digitaldigital

Dados da calibração Indic. C U 0 0,00 0,03 5 -0,04 0,03 19,94 10 -0,08
Dados da calibração
Indic.
C
U
0
0,00
0,03
5
-0,04
0,03
19,94
10
-0,08
0,04
19,92
15
-0,12
0,04
19,98
20
-0,15
0,04
19,96
25
-0,17
0,04
19,90
30
-0,17
0,04
19,94
19,94 g
35
-0,15
0,05
20,00
40
-0,13
0,05
19,94
45
-0,10
0,05
19,94
50
-0,07
0,05
19,96
Média
19,950
19,92
s
0,0313
Resolução: 0,02 g
Deriva térmica: 0,008 g/K
20,00
Deriva temporal:
Temperatura ambiente: (25 ± 1)°C
± 0,010 g/mês
P1 – Análise do processo de medição
P1 – Análise do processo de medição

1.1. MensurandoMensurando:: massamassa dede umauma jjóóia.ia. InvariInvariáávelvel ee bembem definida.definida.

ia.ia. InvariInvari áávelvel ee bembem definida.definida. 2 . 2 . ProcedimentoProcedimento :: ligar,ligar,

2.2. ProcedimentoProcedimento:: ligar,ligar, limpar,limpar, aguardaraguardar 3030 min,min, regularregular zero,zero, medirmedir 1212 vezesvezes ee mméédia.dia.

zero,zero, medirmedir 1212 vezesvezes ee mm éé dia.dia. 3 . 3 . AmbienteAmbiente :: TemperaturaTemperatura

3.3. AmbienteAmbiente:: TemperaturaTemperatura dede (25,0(25,0 ±± 1,0)1,0) °°C,C, diferentediferente dada dede calibracalibraçção.ão.

4.4. OperadorOperador:: exerceexerce poucapouca influência.influência. IndicaIndicaççãoão digitaldigital ee semsem forforççaa dede medimediçção.ão.

5.5. OO sistemasistema dede medimediççãoão:: correcorreççõesões conhecidasconhecidas porporéémm dede 55 mesesmeses atratráás.s.

P2 – Fontes de incertezas
P2 – Fontes de incertezas

1.1. RepetitividadeRepetitividade naturalnatural dada balanbalanççaa (Re)(Re)

naturalnatural dada balanbalan çç aa (Re)(Re) 2 . 2 . ResoluResolu çç ãoão limitadalimitada dada

2.2. ResoluResoluççãoão limitadalimitada dada balanbalanççaa (R)(R)

3.3. CorreCorreççãoão dada balanbalanççaa levantadalevantada nana calibracalibraççãoão ((CC CalCal ))

calibracalibra çç ãoão (( CC C a l C a l )) 4 . 4 .

4.4. DerivaDeriva temporaltemporal ((DD TempTemp ))

5.5. DerivaDeriva ttéérmicarmica ((DD TerTer ))

P3 – Estimativa da correção:
P3 – Estimativa da correção:

1.1. AA repetitividaderepetitividade naturalnatural dada balanbalanççaa ee aa resoluresoluççãoão limitadalimitada trazemtrazem apenasapenas componentescomponentes aleataleatóórias.rias.

componentescomponentes aleataleat óó rias.rias. 2 . 2 . AA correcorre çç ãoão dada balanbalan çç

2.2. AA correcorreççãoão dada balanbalanççaa possuipossui componentecomponente sistemsistemááticatica dede CC CCalCCal == --0,150,15 gg

3.3. NãoNão éé posspossíívelvel preverprever aa componentecomponente sistemsistemááticatica dada derivaderiva temporal.temporal.

4.4. AA derivaderiva ttéérmicarmica possuipossui componentecomponente sistemsistemáática:tica:

probabilidade

temperatura (°C) 20 22 24 26 probabilidade erro (g) 0,000 0,016 0,032 0,048 0,040 C
temperatura
(°C)
20
22
24
26
probabilidade
erro
(g)
0,000
0,016
0,032
0,048
0,040
C DTer = -0,040 g
P4 – Correção combinada
P4 – Correção combinada

1.1.

CalculadaCalculada pelapela somasoma algalgéébricabrica dasdas correcorreççõesões estimadasestimadas parapara cadacada fontefonte dede incertezas:incertezas:

parapara cadacada fontefonte dede incertezas:incertezas: C c = C Re + C R + C CCal

C c = C Re + C R + C CCal +C DTemp + C DTer

C c = 0,00 + 0,00 + (-0,15) + 0,00 + (-0,04)

C c = -0,19 g

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

medimediççãoão dada massamassa dede umauma pedrapedra preciosapreciosa

unidade:unidade:

gg

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
ReRe
repetitividaderepetitividade naturalnatural
--
RR
resoluresoluççãoão dodo mostradormostrador
--
CC
correcorreççãoão dada calibracalibraççãoão
--0,150,15
CalCal
derivaderiva temporaltemporal
--
DD TempTemp
DD
derivaderiva ttéérmicarmica
--0,040,04
TerTer
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
--0,190,19
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P5 – Incertezas padrão
P5 – Incertezas padrão

1.1.

RepetitividadeRepetitividade:: EstimadaEstimada experimentalmenteexperimentalmente atravatravééss dasdas 1212
RepetitividadeRepetitividade::
EstimadaEstimada experimentalmenteexperimentalmente atravatravééss dasdas 1212
medimediççõesões repetidas.repetidas.
AA mméédiadia dasdas 1212 medimediççõesões serseráá adotadaadotada
u
0,0313
=
=
0, 0090 g
ν =
11
u Re =
Re
12
12
P5 – Incertezas padrão
P5 – Incertezas padrão

2.2. ResoluResoluççãoão limitada:limitada:

ν R =∞
ν
R =∞

OO valorvalor dada resoluresoluççãoão éé 0,020,02 g.g. SuaSua incertezaincerteza temtem distribuidistribuiççãoão retangularretangular comcom aa == R/2R/2 == 0,010,01 g.g. Logo:Logo:

=

= 0, 00577
= 0, 00577

a R / 2

0, 01

= = 3 3 3
=
=
3 3
3

u R

P5 – Incertezas padrão
P5 – Incertezas padrão

3.3.

CorreCorreççãoão dada balanbalanççaa IncertezaIncerteza expandidaexpandida dispondisponíívelvel nono certificadocertificado dede calibracalibraçção.ão. AA incertezaincerteza padrãopadrão éé calculadacalculada dividindodividindo aa incertezaincerteza expandidaexpandida pelopelo coeficientecoeficiente dede StudentStudent,, cujocujo menormenor valorvalor posspossíívelvel éé 2,2, oo queque correspondecorresponde aa infinitosinfinitos grausgraus dede liberdade:liberdade:

0, 04 = 0,02 =∞ ν MP 2
0, 04
= 0,02
=∞
ν MP
2

U CCal

u CCal

=

2

=

P5 – Incertezas padrão
P5 – Incertezas padrão

DerivaDeriva temporaltemporal AA balanbalanççaa degradadegrada cercacerca dede ±± 0,0100,010 g/mêsg/mês ApApóóss 55 meses,meses, aa degradadegradaççãoão éé dede ±± 0,0500,050 gg AssumeAssume--sese distribuidistribuiççãoão retangularretangular::

sese distribuidistribuiçç ãoão retangularretangular :: 4 . 4 . 0,050 = = 0, 0033 u DTemp

4.4.

0,050 = = 0, 0033 u DTemp 3 =∞ ν DTemp
0,050
=
= 0, 0033
u DTemp
3
=∞
ν DTemp
ãoão retangularretangular :: 4 . 4 . 0,050 = = 0, 0033 u DTemp 3 =∞

- 0,05 g

+ 0,05 g

probabilidade

DerivaDeriva ttéérmicarmica

temperatura 20 22 24 26 probabilidade 0,008 g erro 0,000 0,016 0,032 0,048 a 0,008
temperatura
20
22
24
26
probabilidade
0,008 g
erro
0,000
0,016
0,032
0,048
a 0,008
=
=
= 0, 0046
=∞
u DTer
ν DTer
3
3

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

medimediççãoão dada massamassa dede umauma pedrapedra preciosapreciosa

unidade:unidade:

gg

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
ReRe
repetitividaderepetitividade naturalnatural
--
normalnormal
0,00900,0090
1111
RR
resoluresoluççãoão dodo mostradormostrador
--
0,010,01
retangretang
0,005770,00577
∞∞
CC
correcorreççãoão dada calibracalibraççãoão
--0,150,15
0,040,04
normalnormal
0,02000,0200
∞∞
CalCal
derivaderiva temporaltemporal
--
0,050,05
retangretang
0,00330,0033
∞∞
DD TempTemp
DD
derivaderiva ttéérmicarmica
--0,040,04
0,0080,008
retangretang
0,004610,00461
∞∞
TerTer
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
--0,190,19
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P6 – Incertezas padrão combinada
P6 – Incertezas padrão combinada

u

c

CombinandoCombinando tudo:tudo: 2 2 2 2 2 = u + u + u + u
CombinandoCombinando tudo:tudo:
2
2
2
2
2
=
u
+ u
+ u
+ u
+ u
u c
Re
R
CCal
DTmp
DTer
2
2
2
2
2
= ( 0, 0090 ) + ( 0, 00577 ) + ( 0, 020 ) + ( 0, 0033) + ( 0, 0046 )
− 6
u
=
(81 33,3 400 10,9 21,1). 10
+
+
+
+
=
0,0234 g
c

ParticipaParticipaççãoão percentualpercentual dede cadacada fontefonte dede incertezasincertezas

6.1% 3.9% 2.0% R Dter Dtemp
6.1%
3.9%
2.0%
R
Dter
Dtemp
80% 73.2% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 14.8% 10% 0% Ccal Re
80%
73.2%
70%
60%
50%
40%
30%
20%
14.8%
10%
0%
Ccal
Re
P6 – Graus de liberdade efetivos
P6 – Graus de liberdade efetivos
4 4 4 4 4 u u u u u u c Re R CCal
4
4
4
4
4
u
u
u
u
u
u
c
Re
R
CCal
DTmp
DTer
4 =
+
+
+
+
ν
ν
ν ν
ν
ν
ef
Re
R
CCal
DTmp
DTer
4
4
4
4
4
(0,00577)
(0,020)
(0,0033) (0,0046)
+
+
+
+
11
ν
= 503
ef

(0,0234) = (0,0090)

ν ef

4

P7 – Incerteza expandida
P7 – Incerteza expandida

U

=

t

.

u

c

g
g

= 2, 00 . 0, 0234 = 0, 047

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

medimediççãoão dada massamassa dede umauma pedrapedra preciosapreciosa

unidade:unidade:

gg

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
ReRe
repetitividaderepetitividade naturalnatural
--
normalnormal
0,00900,0090
1111
RR
resoluresoluççãoão dodo mostradormostrador
--
0,010,01
retangretang
0,005770,00577
∞∞
CC
correcorreççãoão dada calibracalibraççãoão
--0,150,15
0,040,04
normalnormal
0,02000,0200
∞∞
CalCal
derivaderiva temporaltemporal
--
0,050,05
retangretang
0,00330,0033
∞∞
DD TempTemp
DD
derivaderiva ttéérmicarmica
--0,040,04
0,0080,008
retangretang
0,004610,00461
∞∞
TerTer
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
--0,190,19
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
0,02340,0234
503503
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
0,0470,047
P8 – Expressão do resultado
P8 – Expressão do resultado
P8 – Expressão do resultado RM RM = 19,95 + ( − 0,19 ) ± 0,

RM

RM = 19,95 + ( 0,19 ) ± 0, 047 RM = (19, 76 ± 0, 05) g

I

= +

C

±

U

C

) ± 0, 047 RM = (19, 76 ± 0, 05) g I = + C

NestasNestas condicondiççõesões éé posspossíívelvel afirmarafirmar queque oo valorvalor dada massamassa dada pedrapedra preciosapreciosa estestáá dentrodentro dodo intervalointervalo (19,76(19,76 ±± 0,05)0,05) g.g.

P8 – Expressão do resultado
P8 – Expressão do resultado
SeSe osos erroserros sistemsistemááticosticos nãonão fossemfossem corrigidos,corrigidos, oo valorvalor
SeSe osos erroserros sistemsistemááticosticos nãonão fossemfossem corrigidos,corrigidos, oo valorvalor
absolutoabsoluto dada correcorreççãoão combinadacombinada ||CcCc|| == 0,190,19 gg deveriadeveria
serser algebricamentealgebricamente somadosomado àà incertezaincerteza dede medimediçção:ão:
RM = I ±
(
U +
C
)
C
RM =
19,95 ( 0,047
±
+
− 0,19
)
RM = (19,95 ± 0, 24 ) g
Assim,Assim, semsem queque nenhumnenhum erroerro sistemsistemááticotico sejaseja
compensado,compensado, éé posspossíívelvel afirmarafirmar queque oo valorvalor dada massamassa dada
pedrapedra preciosapreciosa estestáá dentrodentro dodo intervalointervalo (19,95(19,95 ±± 0,24)0,24) g.g.
7.8.c 7.8.c IncertezaIncerteza dada medimedi çç ãoão dede umum mensurandomensurando varivari áá velvel porpor

7.8.c7.8.c

7.8.c 7.8.c IncertezaIncerteza dada medimedi çç ãoão dede umum mensurandomensurando varivari áá velvel porpor

IncertezaIncerteza dada medimediççãoão dede umum mensurandomensurando varivariáávelvel porpor umauma balanbalanççaa digitaldigital

Dados da calibração Indic. C U 0 0,00 0,03 5 -0,04 0,03 10 -0,08 0,04
Dados da calibração
Indic.
C
U
0
0,00
0,03
5
-0,04
0,03
10
-0,08
0,04
15
-0,12
0,04
20
-0,15
0,04
25
-0,17
0,04
30
-0,17
0,04
20,20 g
35
-0,15
0,05
40
-0,13
0,05
45
-0,10
0,05
50
-0,07
0,05
Média
20,202
s
0,242
Resolução: 0,02 g
Deriva térmica: 0,008 g/K
Deriva temporal:
Temperatura ambiente: (25 ± 1)°C
± 0,010 g/mês
P1 – Análise do processo de medição
P1 – Análise do processo de medição

1.1. MensurandoMensurando:: massamassa dede umum conjuntoconjunto dede parafusos.parafusos. VariVariáável.vel.

dede parafusos.parafusos. VariVari áável.vel. 2 . 2 . ProcedimentoProcedimento :: ligar,ligar,

2.2. ProcedimentoProcedimento:: ligar,ligar, limpar,limpar, aguardaraguardar 3030 min,min, regularregular zero,zero, medirmedir umauma vezvez cadacada parafuso,parafuso, calcularcalcular mméédiadia ee desviodesvio padrão.padrão.

mm éé diadia ee desviodesvio padrão.padrão. 3 . 3 . AmbienteAmbiente :: TemperaturaTemperatura
mm éé diadia ee desviodesvio padrão.padrão. 3 . 3 . AmbienteAmbiente :: TemperaturaTemperatura

3.3. AmbienteAmbiente:: TemperaturaTemperatura dede (25,0(25,0 ±± 1,0)1,0) °°C,C, diferentediferente dada dede calibracalibraçção.ão.

4.4. OperadorOperador:: exerceexerce poucapouca influência.influência. IndicaIndicaççãoão digitaldigital ee semsem forforççaa dede medimediçção.ão.

5.5. OO sistemasistema dede medimediççãoão:: correcorreççõesões conhecidasconhecidas porporéémm dede 55 mesesmeses atratráás.s.

medimedi çç ãoão :: correcorre çç õesões conhecidasconhecidas porpor éé mm dede 55 mesesmeses atratr áás.s.
P2 – Fontes de incertezas
P2 – Fontes de incertezas

1.1. RepetitividadeRepetitividade naturalnatural dada balanbalanççaa (Re)(Re) combinadacombinada comcom aa variabilidadevariabilidade dodo processo.processo.

comcom aa variabilidadevariabilidade dodo processo.processo. 2 . 2 . ResoluResolu çç ãoão limitadalimitada dada

2.2. ResoluResoluççãoão limitadalimitada dada balanbalanççaa (R)(R)

çç ãoão limitadalimitada dada balanbalan çç aa (R)(R) 3 . 3 . CorreCorreçç ãoão dada balanbalan

3.3. CorreCorreççãoão dada balanbalanççaa levantadalevantada nana calibracalibraççãoão ((CC CalCal ))

4.4. DerivaDeriva temporaltemporal ((DD TempTemp ))

5.5. DerivaDeriva ttéérmicarmica ((DD TerTer ))

P3 – Estimativa da correção:
P3 – Estimativa da correção:

1.1. AA repetitividaderepetitividade naturalnatural dada balanbalanççaa ee aa resoluresoluççãoão limitadalimitada trazemtrazem apenasapenas componentescomponentes aleataleatóórias.rias.

componentescomponentes aleataleat óó rias.rias. 2 . 2 . AA correcorre çç ãoão dada balanbalan çç

2.2. AA correcorreççãoão dada balanbalanççaa possuipossui componentecomponente sistemsistemááticatica dede CC CCalCCal == --0,150,15 gg

3.3. NãoNão éé posspossíívelvel preverprever aa componentecomponente sistemsistemááticatica dada derivaderiva temporal.temporal.

4.4. AA derivaderiva ttéérmicarmica possuipossui componentecomponente sistemsistemáática:tica:

P4 – Correção combinada
P4 – Correção combinada

1.1.

CalculadaCalculada pelapela somasoma algalgéébricabrica dasdas correcorreççõesões estimadasestimadas parapara cadacada fontefonte dede incertezas:incertezas:

parapara cadacada fontefonte dede incertezas:incertezas: C c = C Re + C R + C CCal

C c = C Re + C R + C CCal +C DTemp + C DTer

C c = 0,00 + 0,00 + (-0,15) + 0,00 + (-0,04)

C c = -0,19 g

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

medimediççãoão dada massamassa dede umauma pedrapedra preciosapreciosa

unidade:unidade:

gg

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
ReRe
repetitividaderepetitividade naturalnatural
--
RR
resoluresoluççãoão dodo mostradormostrador
--
CC
correcorreççãoão dada calibracalibraççãoão
--0,150,15
CalCal
derivaderiva temporaltemporal
--
DD TempTemp
DD
derivaderiva ttéérmicarmica
--0,040,04
TerTer
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
--0,190,19
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P5 – Incertezas padrão
P5 – Incertezas padrão

1.1.

2.2.

RepetitividadeRepetitividade::

ν = 49 Re
ν =
49
Re

EstimadaEstimada experimentalmenteexperimentalmente atravatravééss dada medimediççãoão dosdos 5050 parafusos.parafusos. SerSeráá adotadaadotada aa repetitividaderepetitividade dasdas indicaindicaççõesões ee nãonão dada mméédia:dia:

u

çç õesões ee nãonão dada mm éé dia:dia: u Re = s = 0, 242 g

Re = s = 0, 242 g

AsAs contribuicontribuiççõesões dasdas demaisdemais fontesfontes dede incertezaincerteza permanecempermanecem asas mesmasmesmas dodo exemploexemplo anterior.anterior.

fontesfontes dede incertezaincerteza permanecempermanecem asas mesmasmesmas dodo exemploexemplo anterior.anterior.

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

medimediççãoão dada massamassa dede umauma pedrapedra preciosapreciosa

unidade:unidade:

gg

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
ReRe
repetitividaderepetitividade naturalnatural
--
normalnormal
0,2420,242
4949
RR
resoluresoluççãoão dodo mostradormostrador
--
0,010,01
retangretang
0,005770,00577
∞∞
CC
correcorreççãoão dada calibracalibraççãoão
--0,150,15
0,040,04
normalnormal
0,02000,0200
∞∞
CalCal
derivaderiva temporaltemporal
--
0,050,05
retangretang
0,00330,0033
∞∞
DD TempTemp
DD
derivaderiva ttéérmicarmica
--0,040,04
0,080,08
retangretang
0,04610,0461
∞∞
TerTer
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
--0,190,19
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
P6 – Incertezas padrão combinada
P6 – Incertezas padrão combinada
CombinandoCombinando tudo:tudo: 2 2 2 2 2 u = u + u + u +
CombinandoCombinando tudo:tudo:
2
2
2
2
2
u
=
u
+ u
+ u
+ u
+ u
c
Re
R
CCal
DTmp
DTer
2
2
2
2
2
u = ( 0, 242 ) + ( 0, 00577 ) + ( 0, 020 ) + ( 0, 0033) + ( 0, 0046 )
c
− 6
u
=
( 58564 33,3 400 10,9 21,1). 10
+
+
+
+
=
0,243 g
c

ParticipaParticipaççãoão percentualpercentual dede cadacada fontefonte dede incertezasincertezas

99.2% 100% 90% 80% 70% 60% 50% 40% 30% 20% 10% 0.7% 0.1% 0.0% 0.0%
99.2%
100%
90%
80%
70%
60%
50%
40%
30%
20%
10%
0.7%
0.1%
0.0%
0.0%
0%
Re
Ccal
R
Dter
Dtemp
P6 – Graus de liberdade efetivos
P6 – Graus de liberdade efetivos

4

4 4 4 4 4 u u u u u u c Re R CCal
4
4
4
4
4
u
u
u
u
u
u
c
Re
R
CCal
DTmp
DTer
4 =
+
+
+
+
ν
ν
ν ν
ν
ν
ef
Re
R
CCal
DTmp
DTer
4
4
4
4
4
(0,00577)
(0,020) (0,0033) (0,0046)
+
+
+
+
49
ν
= 50
ef

(0,243) = (0,242)

ν ef

P7 – Incerteza expandida
P7 – Incerteza expandida

U

=

t

g
g

. = 2, 051. 0, 243 = 0, 498

u

c

BALANBALANÇÇOO DEDE INCERTEZASINCERTEZAS

processoprocesso dede medimediççãoão

medimediççãoão dada massamassa dede umauma pedrapedra preciosapreciosa

unidade:unidade:

gg

fontesfontes dede incertezasincertezas efeitosefeitos sistemsistemááticosticos efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
fontesfontes dede incertezasincertezas
efeitosefeitos sistemsistemááticosticos
efeitosefeitos aleataleatóóriosrios
ssíímbolombolo
descridescriççãoão
correcorreççãoão
aa
distribuidistribuiççãoão
uu
νν
ReRe
repetitividaderepetitividade naturalnatural
--
normalnormal
0,2420,242
4949
RR
resoluresoluççãoão dodo mostradormostrador
--
0,010,01
retangretang
0,005770,00577
∞∞
CC
correcorreççãoão dada calibracalibraççãoão
--0,150,15
0,040,04
normalnormal
0,02000,0200
∞∞
CalCal
derivaderiva temporaltemporal
--
0,050,05
retangretang
0,00330,0033
∞∞
DD TempTemp
DD
derivaderiva ttéérmicarmica
--0,040,04
0,080,08
retangretang
0,04610,0461
∞∞
TerTer
CC
correcorreççãoão combinadacombinada
--0,190,19
cc
uu
incertezaincerteza combinadacombinada
normalnormal
0,2430,243
5050
cc
UU
incertezaincerteza expandidaexpandida
normalnormal
0,4980,498
P8 – Expressão do resultado
P8 – Expressão do resultado
P8 – Expressão do resultado RM RM = 20, 202 + ( − 0,19 ) ±

RM

RM = 20, 202 + ( 0,19 ) ± 0, 498 RM = ( 20, 0 ± 0,5) g

I

= +

C

±

U

C

) ± 0, 498 RM = ( 20, 0 ± 0,5) g I = + C

NestasNestas condicondiççõesões éé posspossíívelvel afirmarafirmar asas massasmassas dosdos parafusosparafusos produzidosproduzidos estestáá dentrodentro dada faixafaixa (20,0(20,0 ±± 0,5)0,5) g.g.