Você está na página 1de 5

TEM GENTE ENGANANDO E GENTE SENDO ENGANADA

I Jo. 2.18-26

OBJETIVO: Ensinar que sempre haverá joio no meio do trigo e que se deve envidar todo cuidado e esforço para não ser induzido a erros, permanecendo firmes na Palavra de Deus.

induzido a erros, permanecendo firmes na Palavra de Deus. INTRODUÇÃO : Certamente você já ouviu o

INTRODUÇÃO: Certamente você já ouviu o ditado vendendo ou comprando gato por lebre

CONTEXTO: Cerinto foi contemporâneo de apóstolo e evangelista João quando este pastoreava na cidade de Éfeso no final da década de 90 no primeiro século. Nada sobreviveu até nossos dias dos escritos de Cerinto, e os primeiros pais da Igreja apresentam um quadro confuso de sua heresia. Cerinto cria que Jesus era um filho natural de José, e que seu poder se devera a uma descida temporária de um ‘aeon’ (uma emanação angelical). Esta personalidade veio sobre ele no batismo e o abandonou na crucificação (Deus meu, Deus meu! Porque me abandonaste?). Muitas pregações distorcidas sobre Jesus circularam no primeiro século. Qualquer semelhança com o nosso tempo não é mera coincidência.

TRANSIÇÃO: Já não há dúvida de que o evangelicalismo é de grande importância para o futuro do cristianismo global; mas, faz-se necessário seu compromisso total com o evangelho. Quero refletir nesta oportunidade sobre o tema: TEM GENTE ENGANANDO E GENTE SENDO ENGANADA.

I – OS ENGANADORES FORAM PREVISTOS PELO SENHOR .

I OS ENGANADORES FORAM PREVISTOS PELO SENHOR.

a – Sempre houve enganadores .

a Sempre houve enganadores.

1. O primeiro enganador entre os humanos: Adão. 1.1 O engano é uma das ferramentas do pecado para afastar o homem da verdade, seja ela qual for. 1.2Desde que o pecado entrou na história humana, a intenção de enganar passou a existir no coração do homem. 1.3Adão, quando interpelado pelo Senhor, após o pecado, aponta outro responsável que não ele mesmo, numa tentativa de enganar o Criador, fugindo da verdade.

2.

Jacó, enganador até no nome. 2.1– O próprio nome ‘Jacó’ significa ‘enganador’; e essa foi a prática desse patriarca até que teve um verdadeiro encontro com Deus, que lhe mudou o nome e também seu caráter.

3. Enganadores sempre houve na história da humanidade. A mentira é um desvio de caráter e conduta que faz parte da natureza intrínseca do diabo. 3.1Jo. 8.44 Vocês pertencem ao pai de vocês, o Diabo, e querem realizar o desejo dele. Ele foi homicida desde o princípio e não se apegou à verdade, pois não há verdade nele. Quando mente, fala a sua própria língua, pois é mentiroso e pai da mentira’.

3.2 Ap. 12.9 O grande dragão foi lançado fora. Ele é a antiga serpente chamada Diabo ou Satanás, que engana o mundo todo. Ele e os seus anjos foram lançados à terra’.

4. Como resultante do pecado, assim também de todos os pecadores.

4.1Não é preciso ensinar ninguém a mentir ou enganar os outros.

4.2 A pessoa apenas se especializa ao longo de sua vida.

5. Todo enganador, especialmente em matéria de Evangelho, é um anticristo, isto é, todo aquele que se opõe a Cristo. 5.1I Jo. 2.18 Filhinhos, esta é a última hora e, assim como vocês ouviram que o anticristo está vindo, já agora muitos anticristos têm surgido. Por isso sabemos que esta é a última hora’.

surgido. Por isso sabemos que esta é a última hora ’. b – A preparação da

b A preparação da Igreja sobre os enganadores.

1. Jesus alertou seus discípulos sobre o surgimento de enganadores no meio do povo. 1.1 Mt. 24.4.5 Jesus respondeu: “Cuidado, que ninguém os engane. Pois muitos virão em meu nome, dizendo: ‘Eu sou o Cristo!’ e enganarão a muitos’. 1.2Mt. 24. 11 e numerosos falsos profetas surgirão e enganarão a muitos’. 1.3Mt. 24.23-24 Se, então, alguém lhes disser: ‘Vejam, aqui está o Cristo!’ ou: ‘Ali está ele!’, não acreditem. Pois aparecerão falsos cristos e falsos profetas que realizarão grandes sinais e maravilhas para, se possível, enganar até os eleitos’.

2. Os apóstolos alertaram a Igreja sobre a presença dos enganadores no meio do povo de Deus. 2.1 At. 20.29-30 Sei que, depois da minha partida, lobos ferozes penetrarão no meio de vocês e não pouparão o rebanho. E dentre vocês mesmos se levantarão homens que torcerão a verdade, a fim de atrair os discípulos’.

2.2 II Pe. 2.1-3 No passado surgiram falsos profetas no meio

do povo, como também surgirão entre vocês falsos mestres. Estes introduzirão secretamente heresias destruidoras, chegando a negar o Soberano que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina destruição. Muitos seguirão os caminhos vergonhosos desses homens e, por causa deles, será difamado o

caminho da verdade. Em sua cobiça, tais mestres os explorarão com histórias que inventaram. Há muito tempo a sua condenação paira sobre eles, e a sua destruição não tarda’.

paira sobre eles, e a sua destruição não tarda ’. 3. Sempre haverá enganadores no meio

3. Sempre haverá enganadores no meio do povo de Deus; pois, segundo a palavra inerrante do próprio Senhor Jesus, o joio sempre estará no meio do trigo.

Senhor Jesus, o joio sempre estará no meio do trigo. II – OS ENGANADORES SE UTILIZAM

II OS ENGANADORES SE UTILIZAM DA PALAVRA DE DEUS.

Por não conhecerem as Escrituras. Por não conhecerem as Escrituras.

a

 
 

1. Muitos se apressam em abrir sua boca querendo ensinar o que não receberam e na ânsia de serem tidos por mestres do saber, acabam por semear o erro. 1.1 Tg. 3.1 Meus irmãos, não sejam muitos de vocês mestres, pois vocês sabem que nós, os que ensinamos, seremos julgados com maior rigor’.

2. A Bíblia é a mãe das heresias’ (Rev. Júlio A. Ferreira).

Deturpam as Escrituras. Deturpam as Escrituras.

b

 

2.

O gnosticismo, naquele contexto, denominado de gnosticismo cristão, era uma mistura de conceitos do judaísmo e do cristianismo corroídos pela filosofia pagã.

2.1 Criam que o indivíduo poderia viver em pecados no corpo, pois o espírito é o que vivifica, mas a carne é fraca.

2.2 Criam em milhares de mediadores entre o homem e Deus.

2.3 Criam que Jesus não era Deus encarnado.

a) I Jo. 2.22-23 Quem é o mentiroso, senão aquele que nega que Jesus é o Cristo? Este é o anticristo: aquele que nega o Pai e o Filho. Todo o que nega o Filho também não tem o Pai; quem confessa publicamente o Filho tem também o Pai’.

2.4 Stephen Neill, um estudioso com vasta experiência e

amplo conhecimento sobre as religiões da Índia e África: a figura histórica de Jesus de Nazaré é o critério pelo qual toda a afirmação cristã tem de ser julgada, e a luz da qual se sustenta ou cai’.

3. A deturpação das Escrituras é algo recorrente no meio da Igreja em todas as épocas.

3.1 II Pe. 3.16 Ele escreve da mesma forma em todas as suas

cartas, falando nelas destes assuntos. Suas cartas contêm algumas coisas difíceis de entender, as quais os ignorantes e instáveis torcem, como também o fazem com as demais

Escrituras, para a própria destruição deles’.

III – NÃO SER ENGANADO PRESCINDE PERMANECER NA PALAVRA DE DEUS .

III NÃO SER ENGANADO PRESCINDE PERMANECER NA PALAVRA DE DEUS.

a – A verdade é e está na Palavra de Deus .

a A verdade é e está na Palavra de Deus.

1. O povo de Deus é desafiado a conhecer a Palavra, pois só de posse do verdadeiro conhecimento o cristão pode ensinar aquilo que Cristo ensinou.

2. O povo de Deus é desafiado a conhecer a Palavra, pois só de posse do verdadeiro conhecimento o cristão pode escapar dos enganos que são pregados mundo afora.

b – O cristão é alertado para não ser enganado . O cristão é alertado para não ser enganado.

1. O que o cristão deve fazer para não ser enganado?

1.1 Conhecer e permanecer na Palavra.

a) I Jo. 2. 24 Quanto a vocês, cuidem para que aquilo que

ouviram desde o princípio permaneça em vocês. Se o que ouviram desde o princípio permanecer em vocês, vocês também permanecerão no Filho e no Pai’.

1.2 Crescer em maturidade para não ser enganado.

a) Ef. 4.14 (NTLH) ‘Então não seremos mais como crianças, arrastados pelas ondas e empurrados por qualquer vento de

ensinamentos de pessoas falsas. Essas pessoas inventam mentiras e, por meio delas, levam outros para caminhos errados’.

1.3 Vigiar constantemente sobre a sementeira do inimigo.

– Vigiar constantemente sobre a sementeira do inimigo. Ilustração : Vladimir Maiakowsky. ‘ Na primeira noite

Ilustração: Vladimir Maiakowsky.

Na primeira noite eles se aproximam e colhem uma flor do nosso jardim, e não dizemos nada. Na segunda noite já não se escondem; pisam as flores, matam o nosso cão, e não dizemos nada. Até que um dia o mais frágil deles entra sozinho, em nossa casa, rouba-nos a lua e, conhecendo o nosso medo, arranca-nos a voz da garganta. E porque não dissemos nada, já não podemos dizer mais nada’. (suicidou-se aos 37 anos).

CONCLUSÃO: Viva a simplicidade do Evangelho. Não seja participante do engano. Não seja enganado. : Viva a simplicidade do Evangelho. Não seja participante do engano. Não seja enganado.

Interesses relacionados