Você está na página 1de 1

Na versão Revista e Atualizada da Bíblia Sagrada, o tradutor foi mais feliz em nos explicar o que aconteceu no Inferno, quando Jesus despiu Satanás e seus príncipes do poder de nos oprimir. Ele quebrou a vara dos perversos e o cetro dos dominadores (Is 14.5). Agora, o diabo não tem mais poder para oprimir sua vida nem fazer você sofrer. Se ele o tenta e você assume

a autoridade que Jesus lhe deu, o maligno não conseguirá oprimi-lo novamente.

Os principados, as potestades, os príncipes das trevas deste século e as hostes espirituais da maldade já não têm como ferir você, como faziam antigamente com golpes incessantes. Cristo quebrou a vara com a qual eles oprimiam a humanidade. Tendo em vista que a porta que Ele fecha ninguém abre, podemos dizer que a vara que Ele quebra não pode ser consertada (Ap 3.7). O Senhor é perito em tudo o que faz, por isso não há como remendar a vara quebrada.

Agora, os que aceitam Jesus são libertos da opressão e não precisam temer coisa alguma, pois foram confirmados com justiça. Os salvos foram transportados para o Reino de Deus e estão em segurança. Assim, ainda que o inimigo surja com toda a sua força para tocar neles, não obterá êxito, pois, ao redor dos filhos do Altíssimo, há um muro de fogo que os protege e não permite que nenhum demônio se aproxime deles (Zc 2.5).

Fomos livres das maldades das trevas quando Jesus venceu Satanás e todos os seus

demônios dentro da casa deles. Essa é uma das razões por que devemos pregar o Evangelho

a todas as pessoas. Não devemos falar bem ou mal de religião alguma, mas unicamente do

que diz a Palavra de Deus a nosso respeito. Todos os que creem no Salvador estão libertos dos ataques do inimigo; portanto, devemos anunciar isso aos perdidos.

É triste a situação dos que ainda não servem a Deus. Inclusive, podemos inserir nessa lista até

mesmo membros de nossas igrejas, os quais ainda não aprenderam que, uma vez estando em Cristo, não devem mais se sujeitar às mentiras de Satanás. Não há outra obra melhor e mais importante a se fazer em prol dos perdidos do que levar a Verdade a eles. Ao falarmos da obra que Jesus fez em favor da humanidade, fazemos com que o Senhor fique muito feliz e pronto para operar.

Se você é salvo, não ceda ao que o diabo diz. O inimigo não pode mais subjugá-lo; porém, se você não conhece os seus direitos em Cristo, o maligno insistirá em atacá-lo, porque, para ele,

o que importa é fazer o mal. Por sua vez, os que estão firmados na Palavra de Deus, ao

primeiro sinal do ataque infernal, levantam-se em o Nome do Senhor e fazem o enviado das trevas cair por terra. Agindo assim, em uma próxima vez, ele pensará mil vezes antes de ir

contra os que estão firmes na fé em Jesus.

Antes de ser derrotado por Cristo, ao ser despido da autoridade que havia roubado do homem,

o diabo agia como se fosse plenipotenciário, dominando a humanidade com perseguição

irreprimível. No entanto, agora, sendo libertos pelo Senhor, não devemos nos submeter a

nenhum dos seus males. Quando sentirmos a ação maligna, devemos, calmamente, desconsiderá-la.