Você está na página 1de 1

O ESTADO DE S.

PAULO Internacional A15


%HermesFileInfo:A-15:20100401:

QUINTA-FEIRA, 1 DE ABRIL DE 2010

DESMOND BOYLAN/REUTERS – 23/2/2010

Cubanos têm apoio de


colegas artistas do Brasil
Depois dos cantores Pablo Milanés e Sílvio Rodríguez, atrizes, músicos e
poetas brasileiros também falam contra a repressão a dissidentes

Gabriela Moreira vertida em mais ódio, não só por mais de 20 anos – isso é inaceitá-
parte de dissidentes, mas tam- vel. Acredito que o regime vai ter
Artistas brasileiros afins ao re- bém daqueles que defenderam a de passar por uma série de modi-
gime cubano reagiram ontem revolução cubana. Eu mesma ficações. É preciso que haja uma
aos recentes pedidos de aber- sempre apoiei a revolução, mas abertura da ilha e ela volte à de-
tura política na ilha feitos pe- acho que muita coisa tem de ser mocracia.”
los músicos cubanos Sílvio Ro- mudada para salvá-la.” Ementrevistanocentrocultu-
dríguez e Pablo Milanés, dois O poeta Ferreira Gullar con- ral Casa das Américas, em Hava-
ícones e entusiastas da revolu- corda. “O fato de reconhecer- na, Rodríguez reiterou seu apoio
ção. mosaspectospositivosnogover- ao processo revolucionário, mas
“Defendo a resistência de no cubano não faz com que disse que Cuba está pedindo re- Protesto. Fariñas, em greve de fome há 36 dias pela libertação de presos políticos doentes
Cuba, mas eles caíram no exage- apoiemos o cerceamento da li- formas “aos gritos”. “Este é um
ro. Não há mais a ameaça (de in- berdade dos que vivem na ilha”, momento no qual a revolução, a cheu-se de manchas ao envelhe- do”. “É um disparate que um de socialismo que se vê em Cuba
vasão americana) que existia no afirmou Gullar, referindo-se aos vida nacional, pede a gritos uma cer”, disse. país socialista negue às pessoas não é o que gostaríamos.”
passado”, disse ao Estado Ana 53 presos políticos reconhecidos revisão de muitas coisas, concei- Para a atriz brasileira Cássia seus direitos fundamentais. É As críticas a Havana intensifi-
Buarque de Holanda, diretora da como“prisioneiros deconsciên- tos e instituições”, afirmou. Em Kiss, o isolamento de Cuba e a tortura, terrorismo”, disse Cás- caram-se com a morte do preso
EscolaNacionalde Música.“Ho- cia” pela Anistia Internacional. entrevista a um jornal espanhol, formacomoaspessoassãoconfi- sia. “Essa ilha não pode conti- político Orlando Zapata Ta-
je, é preciso saber dialogar com a “Ninguémpodeserpresoporde- Milanés foi ainda mais contun- nadas na ilha (os cubanos preci- nuar isolada do mundo. Aquilo mayo, após 85 dias de greve de
oposição. Caso contrário,o risco lito de opinião. Em Cuba há pes- dente em suas críticas. “O sol sam de autorização do governo se tornou uma prisão, tanto que fome,eoinício dojejum dodissi-
é que essa intransigência seja re- soas que estão condenadas há enorme que nasceu em 1959 en- para sair do país) é um “absur- a maioria tenta fugir. O retrato dente Guillermo Fariñas.

PONTOS-CHAVE
MARCOS DE PAULA/AE–18/9/2009 ERNESTO RODRIGUES/AE–5/9/2009
● Pablo Milanés e Silvio ● Ana Buarque de Holanda ● Ferreira Gullar ● Cássia Kiss
Rodríguez Diretora da Escola Nacional de O poeta brasileiro (foto) reconhe- A atriz (foto) diz que Cuba se tor-
Expoentes da Nova Trova cuba- Música e irmã do cantor e compo- ce aspectos positivos do governo nou uma prisão, tanto que parte
na e ícones da revolução, os sitor Chico Buarque, ela sempre cubano, mas denuncia o cercea- da população quer deixá-la. Para
dois cantores e compositores apoiou o regime cubano, mas mento da liberdade dos que vi- ela, o retrato do socialismo da
cubanos se uniram às vozes defende o diálogo com os dissi- vem na ilha por meio de medidas ilha não é o que artistas e intelec-
que pedem mudanças na ilha dentes como a prisão de opositores tuais de esquerda gostariam

Interesses relacionados