Você está na página 1de 4

Instituto Superior de Teologia Aplicada – INTA

Serviço Social – 4º Semestre
FHTMSS III
Professora: Isabelle Duarte
Aluna: Ana Káren M. Gonçalves

Os documentos de Araxá e Teresópolis

Sobral – CE
2015

Vinculação entre a teoria e a prática. Metodologia. foram de suma importância para o enriquecimento do Serviço Social gestado enquanto profissão. em Minas Gerais (Araxá) de 19 a 26 de março de 1967 e subsequentemente difundido pela CBISS (Centro Brasileiro de Cooperação e Intercâmbio de Serviços Sociais). O Documento de Araxá (MG) O Serviço Social surge como uma demanda do capitalismo. mas são modelares na tentativa de adequar o Serviço Social como instrumento de suporte a políticas de desenvolvimento É importante destacar que quando o primeiro documento foi formulado. Os Documentos produzidos têm características diferenciadas. Amplas contribuições foram trazidas por este documento. mas posteriormente podemos entender que tais trabalhos foram enriquecedores e teorizam o Serviço Social. Ambos apresentam e despontam suas peculiaridades e distinções. pois estava ocorrendo o início da Ditadura Militar. foram identificados a Natureza. o Brasil estava num período crítico. Esse documento tem um enorme grau de importância. foram avaliados os fatos na realidade . profissionais encontravam-se descontentes com as direções que a profissão estava indo.Os documentos de Araxá e Teresópolis. porém na década de 1960. Funções. Objetivos. Tal documento foi constituído no I Seminário de Teorização do Serviço Social. foi uma das primeiras atividades que objetivavam a teorização do Serviço Social. Nesse momento assistentes sociais provenientes das mais distintas universidades brasileiras se agrupam e instituem o que constituiria um marco de uma ruptura com o que estava posto: o Documento de Araxá.

mas como um profissional que é capaz de legislar e administrar as políticas sociais. O objetivo remoto do Serviço Social é o provimento de recursos indispensáveis ao desenvolvimento. atendimento de valores universais e à harmonia entre estes e aos valores culturais e individuais Documento de Teresópolis O Documento de Teresópolis tem distinções ao Documento de Araxá. O encontro ocorreu em janeiro de 1970. ocupações de “auxílio”. Ampliar o assistente social de mero algoz das políticas sócias. a renovação foi necessária. pois foi um dos documentos de absoluta expressão da profissão. Ao longo do documento é possível ver a conflitualidade entre o conservador e os novos princípios. estando ainda volvido ao Serviço Social norte-americano de teoria funcionalista. à valorização e à melhoria das condições do ser humano. em decorrência disto. tencionando no que foi elementar para a conjuntura profissional. contou com a participação de 33 profissionais que tiveram conhecimento precedente acerca da temática do encontro. É evidente que o Documento de Araxá apresentou lacunas em alguns elementos que são debatidos. dividiram-se em dois grupos para debater e avaliar as seguintes teses “Concepção Científica da Prática do Serviço Social” e “Aplicação da Metodologia . é abordado a concordância de que a modo de administrar seu desempenho não estava respondendo às indigências que passaram a existir. a produção do mesmo foi o experimento de extrusão com os métodos assistencialistas com objetivo da constituição de novas conjeturas teórico-metodológicos. porém é impossível contraditar a sua seriedade.brasileira.

Tal método é constituído de duas categorias básicas: diagnostico e intervenção planejada. as necessidades e problemas. com influencias do UNRISD (Instituto para o Desenvolvimento Social da Organização das Nações Unidas). assim o documento tem propriedades distintas e ajuntamento dos dois grupos de estudos.do Serviço Social”. grupos denominados A e B. uma visão universal. O conceito do método é que o serviço social alcance uma cientificidade. é oferecida uma perspectiva modernizadora teórica. Os objetos em questão tinham a precisão de um aprofundamento da método do Serviço Social em expressão da realidade brasileira. foram identificados pelo grupo conhecimentos acerca do Serviço Social. A inspiração do grupo A foi Lebret que relatava as necessidades sociais. além de trazer conhecimentos acerca de procedimentos lógicos que possam ser usados no conhecimento prático. Uma legitimação teórico-metodológica é atribuída ao Serviço Social e a aplicação das ciências. é mencionado as necessidades básicas e sócias. . o grupo B tinha uma divisão progressista. Nesses documentos temos o triunfo da perspectiva modernizadora. Vinte e um documentos acerca do roteiro foram recebidos pelo CBCISS.