Você está na página 1de 8

TOTVS – Configuração dos Aplicativos

Arquitetura e Instalação

.................................... 8 TOTVS – Configuração dos Aplicativos – Arquitetura e Instalação Versão 1......................................................................................................................................................1 Configuração do TOTVS SmartClient .............................................................................0 .................................1 Objetivos do Treinamento ..................4 Configurações de Ambientes ...2 Arquivos de Configuração ..................................................... 3 1.2 Configuração do TOTVS DbAccess ..............3 Configuração do TOTVS AppServer ................................5 Wizard – Assistente de Configuração..................TOTVS – Configuração dos Aplicativos Sumário 2 1 Conceitos Básicos ............................... 7 4 Conclusão ........................................................................................................................................................................................................................................................................................................................................... 3 1.......................................................................... 3 1... 4 1.................................................................................. 7 3............................ 6 3.......................................... 5 3 Configuração do Servidor de Licenças ................................ 4 2 Configuração do Balanceamento de Carga .......................................... 3 1.............

2 Arquivos de Configuração A Linha de Produto Microsiga Protheus possui os seguintes arquivos de configuração localizados na pasta \BIN do ambiente: • AppServer. entre outros.0 3 . • DevStudio. • Como proceder na configuração de ambientes. 1.INI: Contém as configurações do TOTVS SmartClient.1 Objetivos do Treinamento Ao término deste treinamento você terá conhecimento sobre: • Arquivos de Configuração.INI: • Por meio do Wizard (Assistente de configuração).INI: Contém as configurações de praticamente todas as funcionalidades disponíveis. Preferências. TOTVS – Configuração dos Aplicativos – Arquitetura e Instalação Versão 1.3 Configuração do TOTVS AppServer Existem basicamente duas maneiras de realizar a configuração do AppServer. • Balanceamento de Carga. como Direcionar a Conexão. Número máximo de tabelas a serem abertas. apenas por meio do TOTVS Development Studio.CFG: Contém as configurações de conexão ADS. • SmartClient. entre outros.ini). Importante! Os arquivos DevStudio. como Posição de Janelas. • Alterando diretamente o arquivo.TOTVS – Configuração dos Aplicativos 1 Conceitos Básicos Olá! Seja bem-vindo ao treinamento Configuração dos Aplicativos do ambiente Arquitetura e Instalação.CFG não devem ser alterados manualmente. • DevStudio. Iremos aprofundar nosso conhecimento no arquivo AppServer.INI e DevStudio.INI: Contém as opções do TOTVS Development Studio. Definir Protocolos Utilizados. Ambas as opções partem de um modelo base do arquivo que contém as características essenciais para o funcionamento.CFG: Contém as configurações de comunicação do TOTVS Development Studio. • AdsLocal. Últimos arquivos abertos. Sendo a segunda opção indicada apenas para usuários avançados.INI 1. 1. pois a integridade do arquivo e das informações será de total responsabilidade de quem está fazendo a alteração. entre outros (apenas para ambientes que possuam o parâmetro localfiles = ads no AppServer. como Número de usuários.

• Servidor CTREE. • Processos WEB / WEBEX. • TOTVS DbAccess.TOTVS – Configuração dos Aplicativos 1.5 Wizard – Assistente de Configuração O Wizard é um assistente para configuração do Application Server e para instalação dos ambientes Web. Ao executar o SmartClient é informado o ambiente que será utilizado.4 Configurações de Ambientes As seções de Ambiente ou Environment possuem informações que auxiliam na conexão do Application Server. Geralmente são criados os ambientes: • Teste.WebPrint/WebSpool. de acordo com o idioma. • Produção. WPS . Portal Protheus. Balanced Scored Card. • Geral. com isso o Application Server consegue: • Abrir o RPO correto. • Servidor de Licenças. 1. como: Gestão Educacional. • Serviço do Windows NT/2000 (*). • Balanceamento de Carga. Por meio do Wizard. • Protheus Search Importante! A opção Serviço do Windows NT/2000 apenas será apresentada caso o Application Server esteja sendo executado em um ambiente Microsoft Windows.0 . • Servidor Internet (HTTP/FTP). de acordo com a configuração é possível acessar ambientes completamente independentes utilizando apenas uma instância do Application Server. é possível configurar os seguintes tópicos: • Ambientes. Datawarehouse. • Módulos Web. • Realizar a conexão com o banco de dados selecionado. RH On-line. • Conexão (Server/Remote). • Desenvolvimento. 4 TOTVS – Configuração dos Aplicativos – Arquitetura e Instalação Versão 1. Portanto. banco de dados e versão indicados. Gestão de Pesquisas e Resultados e Gestão de Acervos. • Hosts / URLs HTTP. Web Services. • Processos Comuns.

que são gerenciadas automaticamente. Portanto. TOTVS – Configuração dos Aplicativos – Arquitetura e Instalação Versão 1. interferindo assim em processos que já estão em execução.1 PORT=1234 CONNECTIONS=2 [SERVER_02] SERVER=127. Importante! A maioria das configurações editadas pelo assistente terá validade apenas quando o Application Server for reiniciado.TOTVS – Configuração dos Aplicativos O Wizard é executado automaticamente ao final da instalação da Linha de Produto Microsiga Protheus por meio do assistente de instalação do DVD. no menu Iniciar do Windows ou pelo aplicativo Wizard. Também é possível acessá-lo pela opção Assistente de Configuração do Servidor. Este recurso é utilizado quando há uma carga de processamento muito pesado e é necessário diminuir o tempo de resposta das estações com o servidor. na pasta Protheus 11\Ferramentas. Porém.0. nas quais cada servidor fica responsável por um número limitado de requisições das estações. Exemplo: [SERVERNETWORK] SERVERS=SERVER_01. localizado no diretório \BIN\AppServer.0 5 . Ao ser executado. o Wizard identifica as configurações atuais por meio do arquivo AppServer.ini.0.1 PORT=1235 CONNECTIONS=2 Em que o parâmetro SERVER contenha o IP do Servidor Slave. acesse o arquivo de configuração do Application Server. é recomendável que a utilização deste assistente seja realizada sem que existam processos no servidor ou que usuários e estações remotas estejam conectados.0.SERVER_02 MASTERCONNECTION=1 No parâmetro SERVERS são colocadas identificações nos servidores a serem usados como Slaves. Primeiramente é necessário inserir a chave [SERVERNETWORK] em que são definidos os Servidores Escravos (Slaves).0. Para configurar o Balanceamento de Carga. que permitirão as conexões. Em que: 1 indica que está habilitado para conexões e 0 indica que não está habilitado. determinadas configurações são reconhecidas sem que isso seja necessário. 2 Configuração do Balanceamento de Carga A Tecnologia da Linha de Produto Microsiga Protheus permite que a execução do servidor possa ser distribuída em mais de uma máquina ao mesmo tempo. Exemplo: [SERVER_01] SERVER=127. No parâmetro MASTERCONNECTION este Servidor também é indicado para rodar conexões usuários ou apenas para controlar o balanceamento. contendo os parâmetros de conexão. e apresenta a janela principal do assistente. o parâmetro PORT contenha a porta de conexão do Servidor Slave e o parâmetro CONNECTIONS limite a quantidade de conexões permitidas naquele Slave. Depois de definidos os Slaves é necessário criar uma chave para cada um deles com a identificação.exe no diretório \BIN\SmartClient.

os quais possuem as licenças que o cliente adquiriu. e o driver do dispositivo deve estar instalado. exceto quando se tratar de atualização. 6 TOTVS – Configuração dos Aplicativos – Arquitetura e Instalação Versão 1.TOTVS – Configuração dos Aplicativos 3 Configuração do Servidor de Licenças A TOTVS envia junto com DVD de instalação um hardware de proteção. como no exemplo: [licenseclient] server=servidor01 port=5555 Em que a chave server=servidor01 indica o servidor de licenças e a chave port=5555 indica a porta na qual o serviço de licenças está disponível. O Servidor de licenças deve ter conectado o Hardlock (dispositivo de segurança) à porta paralela ou USB. O Servidor de licenças é uma instalação do Application Server sem definição de ambiente. Este arquivo é enviado pela TOTVS. Para cada contrato de manutenção.ini. As demais instalações da Linha de Produto Microsiga Protheus serão clientes de licenças e deverão conter a seção [licenseclient].0 . é enviado um Hardlock que pode ser HASP ou Proteq/SafeNet. e que deve conter na pasta do aplicativo os arquivos totvslic. Os objetivos deste hardware são: • Segurança de informações. • Agilidade no processo de liberação de senhas. • Grande ganho na performance dos processos de controle aos acessos simultâneos. O serviço de licenças é definido pela presença da seção [licenseserver] no AppServer. como no exemplo: [licenseserver] Enable=1 Port=5555 Em que a chave Enable=1 indica que o aplicativo tenta conectar-se ao hardlock e Port=5555 indica a porta na qual ficará disponível o serviço de licenças.key ou applylic.key. se necessário.

Importante! Após instalar o DbAccess: entre em Serviços do Windows. executados no do SmartClient. Essas informações devem ser indicadas no campo Comunicação no Cliente. Nos sistemas operacionais de 32 e 64 bits o aplicativo ODBC chama-se Odbcad32.2 Configuração do TOTVS DbAccess Para configurar o DbAccess é necessário ter previamente instalado o Banco de Dados e criado uma fonte de dados ODBC. character set no Oracle etc. em seguida preencha as Configurações. No gerenciado do banco de dados. Demais tags: Identifica qual é o servidor que deverá ser localizado e qual será a porta utilizada para conexão. Para abrir o assiste de configuração selecione as seguintes opções: Iniciar | Programas | Protheus 11 | Ferramentas | Assistente de Configuração do Servidor.TOTVS – Configuração dos Aplicativos 3. Se o SO for 64 bits e caso seja necessário utilizar o DbAccess 32 bits. e são editadas manualmente. pois é por meio dela que o DbAccess localiza o Banco de Dados.exe. execute o aplicativo odbcad32. 3. na tela inicial do SmartClient. O aplicativo DbAccess existe para as duas arquiteturas. Ao terminar clique no botão Finalizar. Elas possuem os parâmetros para conexão com o Application Server.INI. deixe o DbAccess iniciado e com iniciação automática. TOTVS – Configuração dos Aplicativos – Arquitetura e Instalação Versão 1. abra a opção TopConnect.0 7 . clique no item TopConnect e no ícone Editar Configuração.exe que se encontra na pasta C:\Windows\syswow64\. crie um novo banco de dados obedecendo à homologação de paginação para cada banco (collation no MSSQL. Depois disso. Contém a lista dos Últimos Programas Iniciais. Config: Identifica as informações gerais. Instale o serviço do Banco de Dados e o Gerenciador do banco (por exemplo. Drivers: A seção Drivers define quais protocolos de conexão poderão ser utilizados para conexão com o Application Server e o nome do serviço. o MSSQL).1 Configuração do TOTVS SmartClient As configurações do SmartClient ficam armazenadas no arquivo SmartClient. localizado na pasta \BIN\SmartClient.).

• Balanceamento de Carga.TOTVS – Configuração dos Aplicativos 4 Conclusão Assim. você terminou o treinamento Configuração dos Aplicativos de Arquitetura e Instalação.0 . Neste treinamento você conheceu um pouco mais sobre: • Arquivos de Configuração. 8 TOTVS – Configuração dos Aplicativos – Arquitetura e Instalação Versão 1. • Como proceder na configuração de ambientes.