Você está na página 1de 5
Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB Departamento de Tecnologia Rural e Animal -

Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia - UESB Departamento de Tecnologia Rural e Animal - DTRA

Planejamento de Projetos Agropecuário

DepreciaçãoDepreciação

de Projetos Agropecuário DepreciaçãoDepreciação ProfProf D.D.ScSc:: PauloPaulo ValterValter NunesNunes

ProfProf D.D.ScSc:: PauloPaulo ValterValter NunesNunes NascimentoNascimento

DepreciaçãoDepreciação

BensBens queque constituiconstitui oo ativoativo Constantes desvalorizações Avanço tecnológico Desgaste Ação do
BensBens queque constituiconstitui oo ativoativo
Constantes desvalorizações
Avanço tecnológico
Desgaste
Ação do tempo
BensBens depreciáveisdepreciáveis bensbens móveismóveis ee imóveisimóveis utilizadosutilizados nono
BensBens depreciáveisdepreciáveis
bensbens
móveismóveis
ee
imóveisimóveis
utilizadosutilizados
nono
desempenhodesempenho dede atividadesatividades
bensbens
imóveisimóveis
utilizadosutilizados
comocomo
estabelecimentoestabelecimento dada administraçãoadministração
bensbens
móveismóveis
utilizadosutilizados
nasnas
atividadesatividades
operacionaisoperacionais
osos veículosveículos
AnimaisAnimais

ConceitoConceito dede depreciaçãodepreciação

AA diferençadiferença entreentre oo preçopreço dada compracompra dede umum bembem ee oo seuseu valorvalor dede trocatroca (valor(valor residual),residual), depoisdepois dede certocerto tempotempo (Ribon,(Ribon, 1997)1997)

dede certocerto tempotempo (Ribon,(Ribon, 1997)1997) PerdaPerda dodo valorvalor dede umum bembem aa medidamedida

PerdaPerda dodo valorvalor dede umum bembem aa medidamedida emem queque eleele éé utilizadoutilizado aoao longolongo dodo tempotempo (Engel(Engel etet al.al. 1996)1996)

InventárioInventário (ativo(ativo imobilizado)imobilizado)

BensBens necessáriosnecessários parapara produçãoprodução

ServemServem porpor períodosperíodos superioressuperiores aa 11 anoano

parapara produçãoprodução ServemServem porpor períodosperíodos superioressuperiores aa 11 anoano
parapara produçãoprodução ServemServem porpor períodosperíodos superioressuperiores aa 11 anoano
parapara produçãoprodução ServemServem porpor períodosperíodos superioressuperiores aa 11 anoano
parapara produçãoprodução ServemServem porpor períodosperíodos superioressuperiores aa 11 anoano
parapara produçãoprodução ServemServem porpor períodosperíodos superioressuperiores aa 11 anoano

DEPRECIAÇÃODEPRECIAÇÃO

BENSBENS QUEQUE NÃONÃO PODEMPODEM SERSER DEPRECIADOS:DEPRECIADOS: DeDe acordoacordo comcom aa LegislaçãoLegislação emem vigorvigor (Regulamento(Regulamento dodo ImpostoImposto dede RendaRenda ddee 1999),1999), nãonão podempodem serser depreciados:depreciados:

a)a) terrenos,terrenos, excetoexceto osos melhoramentosmelhoramentos (benfeitorias,(benfeitorias, construconstruções)ções)

b)b) prédiosprédios ee construçõesconstruções queque nãonão produzamproduzam rendimentosrendimentos ouou qqueue sejamsejam destinadosdestinados aa revenda.revenda. c)c) bensbens queque normalmentenormalmente aumentamaumentam oo valorvalor comcom oo tempo,tempo, comocomo obrasobras dede artearte ee antiguidadesantiguidades d)d) bensbens queque sejamsejam registradasregistradas quotasquotas dede exaustãoexaustão (Em(Em termotermoss contábeis,contábeis, exaustãoexaustão sese relacionarelaciona comcom aa perdaperda dosdos bensbens ouou direitosdireitos dodo aativo,tivo, aoao longolongo dodo tempo,tempo, decorrentesdecorrentes dede exploração,exploração, extraçãoextração ouou aproveitaproveitamento)amento) comocomo florestasflorestas destinadasdestinadas aoao cortecorte ee jazidasjazidas mineraisminerais

comocomo florestasflorestas destinadasdestinadas aoao cortecorte ee jazidasjazidas mineraisminerais

NÃONÃO HÁHÁ NECESSIDADENECESSIDADE DEDE DEPRECIAR:DEPRECIAR:

a)a) BensBens queque nãonão ultrapassemultrapassem oo prazoprazo dede vidavida útilútil dede umum ano;ano; b)b) BensBens cujocujo custocusto dede aquisiçãoaquisição nãonão sejaseja superiorsuperior aa R$R$ 326,61326,61 c)c) FormasFormas parapara calçados,calçados, facas,facas, moldesmoldes parapara confecçõesconfecções dede calçadoscalçados nasnas industriasindustrias calçadistascalçadistas;; d)d) louçaslouças ee guarniçõesguarnições dede cama,cama, mesamesa ee banhobanho nosnos hotéis,hotéis, restaurantesrestaurantes ee similares,similares, excetoexceto talherestalheres ee bandejasbandejas dede açoaço inoxidávelinoxidável queque nãonão sãosão consideradosconsiderados comocomo guarniçõesguarnições dede mesamesa

comocomo guarniçõesguarnições dede mesamesa BASEBASE LEGAL:LEGAL: RegulamentoRegulamento dodo

BASEBASE LEGAL:LEGAL: RegulamentoRegulamento dodo ImpostoImposto dede rendarenda artigoartigo 307.307.

ValorValor contábilcontábil

ÉÉ aa diferençadiferença entreentre oo custocusto dede aquisiçãoaquisição ee aa depreciaçãodepreciação acumuladaacumulada

ValorValor residualresidual

acumuladaacumulada ValorValor residualresidual ÉÉ oo valorvalor provávelprovável dada

ÉÉ oo valorvalor provávelprovável dada realizaçãorealização dodo bem,bem, apósapós totalmentetotalmente depreciadodepreciado

apósapós totalmentetotalmente depreciadodepreciado VidaVida útilútil ExpectativaExpectativa dede

VidaVida útilútil

ExpectativaExpectativa dede tempotempo –– atvatv ProdutivaProdutiva

NovoNovo –– TempoTempo totaltotal UsadoUsado –– MomentoMomento atualatual atéaté oo fimfim

ApropriarApropriar corretamentecorretamente oo custocusto

ApropriarApropriar corretamentecorretamente oo custocusto DadosDados estimadosestimados TerrenoTerreno queque nãonão

DadosDados estimadosestimados

TerrenoTerreno queque nãonão éé firmefirme

DadosDados dede experimentosexperimentos –– entidadesentidades

ValorValor residualresidual

ValorValor nono finalfinal dada vidavida útilútil

ValorValor dede sucatasucata

DeveDeve serser determinadodeterminado antesantes dada deprec.deprec.

serser determinadodeterminado antesantes dada deprec.deprec. DeveDeve serser descontadodescontado ValorValor ––

DeveDeve serser descontadodescontado

ValorValor –– 10%10% dodo valorvalor dodo bembem

dada deprec.deprec. DeveDeve serser descontadodescontado ValorValor –– 10%10% dodo valorvalor dodo bembem 2
MétodosMétodos dede depreciaçãodepreciação MétodoMétodo dede quotasquotas constantesconstantes

MétodosMétodos dede depreciaçãodepreciação

MétodoMétodo dede quotasquotas constantesconstantes (Linear)(Linear)

MétodoMétodo dasdas quotasquotas variáveisvariáveis

MétodoMétodo dasdas quotasquotas variáveisvariáveis MétodoMétodo dede ColeCole (soma(soma dosdos

MétodoMétodo dede ColeCole (soma(soma dosdos dígitos)dígitos)

MétodoMétodo dede ProduçãoProdução

MétodoMétodo dasdas quotasquotas constantesconstantes (Depreciação(Depreciação Linear)Linear)

VV nn == CC 00 /n/n ComCom valorvalor residualresidual (VR)(VR) VnVn == CoCo –– VR/nVR/n VV nn == ValorValor dede depreciaçãodepreciação anualanual

== ValorValor dede depreciaçãodepreciação anualanual CC 0 0 == custocusto originaloriginal nn == tempotempo

CC 00 == custocusto originaloriginal

nn == tempotempo dede vidavida útilútil

Aspectos gerais da depreciação • Quanto maior o investimento, maior será o valor da depreciação;
Aspectos gerais da depreciação
• Quanto maior o investimento, maior será o valor da depreciação;
• Somente o proprietário do fator de produção tem custo com
depreciação
• Quanto maior o uso de um fator de produção, maior será sua depreciação, já
• Quanto maior o uso de um fator de produção, maior será sua
depreciação, já que sua vida útil será menor;
• Quanto maior for a tecnologia empregada num fator, maior será sua
depreciação devido à novas tecnologias que surgem.

MétodoMétodo dasdas quotasquotas constantesconstantes (Depreciação(Depreciação Linear)Linear)

MaisMais simplessimples =>=> muitomuito utilizadoutilizado

DepreciaçãoDepreciação dede formaforma igualigual

DepreciaçãoDepreciação dede formaforma igualigual ReduçãoRedução dada utilidadeutilidade BensBens

ReduçãoRedução dada utilidadeutilidade

BensBens igualmenteigualmente úteisúteis asas atividadesatividades

ServemServem aoao longolongo dosdos anosanos

MétodoMétodo dasdas quotasquotas constantesconstantes (Depreciação(Depreciação Linear)Linear)

ValorValor acumuladoacumulado dada depreciaçãodepreciação (V(V aa )) VV aa == VV nn xx nn

TaxaTaxa dede depreciaçãodepreciação anualanual (T)(T) TT == VV nn // CC 00 xx 100100

anualanual (T)(T) TT == VV n n // CC 0 0 xx 100100 ValorValor contábilcontábil (C(C

ValorValor contábilcontábil (C(C nn )) CC nn == CC 00 –– VV aa

MétodoMétodo dasdas quotasquotas variáveisvariáveis DepreciaçãoDepreciação emem cotascotas maioresmaiores nosnos
MétodoMétodo dasdas quotasquotas variáveisvariáveis
DepreciaçãoDepreciação emem cotascotas maioresmaiores nosnos 11 osos
anosanos
UtilizadoUtilizado parapara osos bensbens
=>=>
nãonão temtem oo
mesmomesmo graugrau dede aproveitamentoaproveitamento

Bem:Bem: aradoarado dede aivecaaiveca ValorValor dodo bem:bem: R$R$ 10.000,0010.000,00 VidaVida útil:útil: 55 anosanos ValorValor residual:residual: R$R$ 1.000,001.000,00

Ano Vida útil Valor depreciação no ano Valor depreciação acumulada Valor atual do bem após
Ano
Vida útil
Valor depreciação no
ano
Valor
depreciação
acumulada
Valor atual do
bem após
depreciação
1
4
1.800,00
1.800,00
8.200,00
2
3
1.800,00
3.600,00
6.400,00
3
2
1.800,00
5.400,00
4.600,00
4
1
1.800,00
7.200,00
2.800,00
5
0
1.800,00
9.000,00
1.000,00

MétodoMétodo dada somasoma dosdos dígitosdígitos

DividirDividir oo totaltotal dada depreciaçãodepreciação emem fraçõesfrações

NumeradorNumerador

expressaexpressa osos períodosperíodos

faltamfaltam parapara oo finalfinal dada vidavida útilútil dodo bembem

queque

oo finalfinal dada vidavida útilútil dodo bembem queque DenominadorDenominador oo somatóriosomatório dosdos

DenominadorDenominador oo somatóriosomatório dosdos períodosperíodos

MétodoMétodo dasdas quotasquotas variáveisvariáveis

VV nn == 22 ** valorvalor dodo bembem nono anoano // nn

VnVn == cotacota dede depreciaçãodepreciação anualanual

nono anoano // nn VnVn == cotacota dede depreciaçãodepreciação anualanual nn == tempotempo dede vidavida útilútil

nn == tempotempo dede vidavida útilútil

MétodoMétodo dasdas cotascotas variáveisvariáveis

ExemploExemplo MáquinaMáquina ForrageiraForrageira == R$R$ 8.000,008.000,00 VidaVida útilútil == 55 anosanos

AnoAno VidaVida útilútil V.V. Deprecia.Deprecia. V.Deprecia.V.Deprecia. ValorValor acumuladoacumulado atualatual
AnoAno
VidaVida útilútil
V.V. Deprecia.Deprecia.
V.Deprecia.V.Deprecia.
ValorValor
acumuladoacumulado
atualatual
11
55
32003200
32003200
48004800
22
44
19201920
51205120
28802880
33
33
11521152
62726272
17281728
44
22
691,20691,20
6963,206963,20
1036,801036,80
55
11
414,72414,72
7377,927377,92
622,08622,08

MétodoMétodo dada somasoma dosdos dígitosdígitos

ValorValor dodo bembem 3.000,003.000,00 VidaVida útilútil == 55 anosanos

DenominadorDenominador == 11 ++ 22 ++ 33 ++ 44 ++ 55 == 1515

Assim:Assim:

AnoAno 11 == 5/155/15 xx 30003000 == 10001000 AnoAno 22 == 4/154/15 xx 30003000 == 800800 AnoAno 33 == 3/153/15 xx 30003000 == 600600 AnoAno 44 == 2/152/15 xx 30003000 == 400400 AnoAno 55 == 1/151/15 xx 30003000 == 200200

ValorValor dodo bembem

20002000

12001200

600600

200200

00

30003000 == 400400 AnoAno 55 == 1/151/15 xx 30003000 == 200200 ValorValor dodo bembem 20002000 12001200

MétodoMétodo dasdas unidadesunidades produzidasproduzidas

FórmulaFórmula

NºNº dede unidadesunidades produzidasproduzidas nono períodoperíodo

NºNº dede unidadesunidades estimadasestimadas aa seremserem produzidasproduzidas durantedurante aa vidavida útilútil dodo bembem

unidadesunidades estimadasestimadas aa seremserem produzidasproduzidas durantedurante aa vidavida útilútil dodo bembem

ObservaçõesObservações especiaisespeciais

AvaliaçãoAvaliação dodo bembem comocomo novonovo

ValorValor dede reposiçãoreposição == valorvalor comocomo novonovo VidaVida útilútil dede acordoacordo comcom oo bembem CotasCotas aa partirpartir dada datadata dede inclusãoinclusão

aa partirpartir dada datadata dede inclusãoinclusão AvaliaçãoAvaliação dodo bembem comocomo usadousado
aa partirpartir dada datadata dede inclusãoinclusão AvaliaçãoAvaliação dodo bembem comocomo usadousado

AvaliaçãoAvaliação dodo bembem comocomo usadousado

NãoNão temtem comocomo avaliaravaliar –– ññ existeexiste maismais ValorValor dede reposiçãoreposição == valorvalor dodo bembem agoraagora VidaVida útilútil == diferentediferente dada tabelatabela

ValorValor dede manutençãomanutenção altoalto

MétodoMétodo dasdas unidadesunidades produzidasproduzidas

UmaUma máquinamáquina queque custacusta R$R$ 10.000,0010.000,00 AnoAno 11 –– 33 milhõesmilhões dede peçaspeças AnoAno 22 –– 66 milhõesmilhões dede peçaspeças DuranteDurante aa vidavida útilútil –– 3030 milhõesmilhões AnoAno 11 –– 3/30x1003/30x100 == 10%10% AnoAno 11 –– 10.000,0010.000,00 xx 10%10% == 1.000,001.000,00 AnoAno 22 –– 6/30x1006/30x100 == 20%20% AnoAno 22 –– 10.000,0010.000,00 xx 20%20% == 2.000,002.000,00

3.000,003.000,00

10.000,0010.000,00 xx 20%20% == 2.000,002.000,00 3.000,003.000,00 ValorValor acumuladoacumulado 22 º º anoano ==

ValorValor acumuladoacumulado 22 ºº anoano ==

xx 20%20% == 2.000,002.000,00 3.000,003.000,00 ValorValor acumuladoacumulado 22 º º anoano == 5