Você está na página 1de 5
1ª Lei da Termodinâmica
1ª Lei da
Termodinâmica
1ª Lei da Termodinâmica Hendrick M. Zárate Rocha henzaro@gmail.com

Hendrick M. Zárate Rocha henzaro@gmail.com

1ª Lei da Termodinâmica Hendrick M. Zárate Rocha henzaro@gmail.com
1ª Lei da Termodinâmica Hendrick M. Zárate Rocha henzaro@gmail.com
1ª Lei da Termodinâmica Hendrick M. Zárate Rocha henzaro@gmail.com
Energia potencial
Energia potencial

Energia que um sistema possui como resultado de sua altura em um campo gravitacional.

=

Por unidade de massa:

=

[ ]

em um campo gravitacional. = Por unidade de massa: = [ ] Formas de energia Conteúdo

Formas de energia

= Por unidade de massa: = [ ] Formas de energia Conteúdo Formas de energia 1ª
Conteúdo
Conteúdo

Formas de energia= Por unidade de massa: = [ ] Formas de energia Conteúdo 1ª Lei da termodinâmica

1ª Lei da termodinâmica= [ ] Formas de energia Conteúdo Formas de energia Sistemas abertos e fechados Exemplos Energia

Sistemas abertos e fechadosConteúdo Formas de energia 1ª Lei da termodinâmica Exemplos Energia interna Soma de todas as formas

Exemplos1ª Lei da termodinâmica Sistemas abertos e fechados Energia interna Soma de todas as formas microscópicas

Lei da termodinâmica Sistemas abertos e fechados Exemplos Energia interna Soma de todas as formas microscópicas
Lei da termodinâmica Sistemas abertos e fechados Exemplos Energia interna Soma de todas as formas microscópicas
Energia interna
Energia interna

Soma de todas as formas microscópicas de energia de um sistema

de todas as formas microscópicas de energia de um sistema Energia sensível e latente Energia química

Energia

sensível e

latente

Energia

química

Energia

nuclear

=

[ ]

Formas de energia

Energia química Energia nuclear = [ ] Formas de energia 19/03/2013 Energia cinética Energia que um

19/03/2013

Energia cinética

Energia que um sistema possui como resultado do seu movimento.

= 2

Por unidade de massa:

=

2

[ ]

do seu movimento. = 2 Por unidade de massa: = 2 [ ] Formas de energia

Formas de energia

= 2 Por unidade de massa: = 2 [ ] Formas de energia 1ª Lei da

1ª Lei da Termodinâmica

Principio da conservação da energia: “A

energia no pode ser criada nem destruída durante um processo, ela pode apenas mudar de forma”

 

çã

=

=

=

1ª Lei da termodinâmica

apenas mudar de forma”   çã − = − = ∆ = ∆ − 1ª Lei
Variação da energia de um sistema
Variação da energia de um
sistema
çã = −
çã
=

= =

=∆ +∆ +∆

∆ = − 1 ∆ = − 2 ∆ = −
∆ = −
1
∆ = −
2
∆ = −

1ª Lei da termodinâmica

= − 2 ∆ = − 1ª Lei da termodinâmica 1ª lei - Sistemas fechados SISTEMA
1ª lei - Sistemas fechados
1ª lei - Sistemas
fechados
SISTEMA FECHADO ∆
SISTEMA
FECHADO

1ª Lei da termodinâmi

=∆

SISTEMA FECHADO ∆ 1ª Lei da termodinâmi − =∆ − + − =∆ − = ∆
SISTEMA FECHADO ∆ 1ª Lei da termodinâmi − =∆ − + − =∆ − = ∆

+ =∆

=

=

=

+ − =∆ − = ∆ = − = − Sistemas abertos (VC) SISTEMA Volume de
+ − =∆ − = ∆ = − = − Sistemas abertos (VC) SISTEMA Volume de
Sistemas abertos (VC) SISTEMA Volume de controle = Massa e energia podem cruzar as fronteiras
Sistemas abertos (VC)
SISTEMA
Volume
de
controle
=
Massa e energia podem cruzar as fronteiras do sist
Sistemas abertos e fechados
Exemplo 1 = 3 ∆ = 18 = 15 Exemplos − 0 =∆ ∆ =
Exemplo 1 = 3 ∆ = 18 = 15 Exemplos
Exemplo 1
= 3
∆ = 18
= 15
Exemplos

0

=∆

∆ = 15 − 3 + 6
∆ =
15 − 3 + 6

= 18

= 6

− +
− +

19/03/2013

Sistemas fechados

SISTEMA = =
SISTEMA
=
=

Massa não pode cruzar as fronteiras do sistema, mas en

Sistemas abertos e fechados

as fronteiras do sistema, mas en Sistemas abertos e fechados Exemplo 2     Um tanque

Exemplo 2

 
 

Um tanque rígido de 2,5 m 3 contém ar a 300 kPa e 150

°C.

O

ar é resfriado

até sua temperatura cair para 40

°C. Determinar:

(a) a pressão final no tanque e (b) a

quantidade de calor transferido no processo.

   

1ª Lei da termodinâmica para sistemas fe

 

AR

 
0 0 0
0
0
0

=∆

=∆ +∆ +∆

= 2,5 = 300 = 150°

=∆ = −

=∆ =

 
= −

=

 

Exemplos

 
Exemplo 2
Exemplo 2

Um tanque rígido de 2,5 m 3 contém ar a 300 kPa e 150

 

°C.

O ar é

resfriado

até sua temperatura cair para 40

°C. Determinar:

(a) a pressão final no tanque e (b) a

quantidade de calor transferido no processo.

 
AR = 2,5 = 300 = 150°
AR
= 2,5
= 300
= 150°

Estado 1: =

÷

 

= =

 

= =

300

∗ 2,5

0,287 − ∗ 423
0,287
− ∗ 423

Para um gás ideal:

= 6,18

 

= = 0,718

 

∗ 423 = 303,714

Gases ideais: Tabela A-2

 

= = 0,718

∗ 313 = 224,734

 

Exemplos

 
Exemplo 3
Exemplo 3

O radiador de vapor para um sistema de aquecimento tem um volume de 20L e é preenchido com vapor superaquecido a 300 kPa e 250 °C. Neste momento, tanto as válvulas de entrada e de saída do radiador estão fechadas. Determinar a quantidade de calor que será

transferida para uma sala cai para 100 kPa.

entrada

transferida para uma sala cai para 100 kPa. entra da

quando a pressão do vapor

Estado 1: Tabela A-6 vapor supera

 

= 300 = 250°

= 2728,7

= 0,7964

 
saída
saída

Massa de vapor:

20 ∗ 10

=

=

0,9764 = 0,0251

 
 

Exemplos

 
Exemplo 2
Exemplo 2

Um tanque rígido de 2,5 m 3 contém ar a 300 kPa e 150

°C.

°C. Determinar:

quantidade de calor transferido no processo.

O ar é resfriado

até sua temperatura cair para 40

(a) a pressão final no tanque e (b) a

AR = 2,5 = 300 = 150°
AR
= 2,5
= 300
= 150°
final no tanque e (b) a AR = 2,5 = 300 = 150° = − =

= = 6,18 224,734 − 303,714

= 150° = − = 6,18 224,734 − 303,714 = − , Exemplos Exemplo 3 O

= − ,

= − = 6,18 224,734 − 303,714 = − , Exemplos Exemplo 3 O radiador de
= − = 6,18 224,734 − 303,714 = − , Exemplos Exemplo 3 O radiador de

Exemplos

Exemplo 3
Exemplo 3

O radiador de vapor para um sistema de aquecimento tem um volume de 20L e é preenchido com vapor superaquecido a 300 kPa e 250 °C. Neste momento, tanto as válvulas de entrada e de saída do radiador estão fechadas. Determinar a quantidade de calor que será

transferida para uma sala cai para 100 kPa.

entrada

quando a pressão do vapor

Estado 2: Processo a volume const

 

= = Tabela A-5

saída = 100 = 0,7964 ⇒ < <
saída
saída

= 100

= 0,7964

< <

Mistura líquido-vapor:

= + −

= +

=

=

0,7964 − 0,001043

1,694 − 0,001043

= 0,47

 

Exemplos

 

19/03/2013

Exemplo 3

 

O

radiador de vapor para um sistema de aquecimento tem

um volume de 20L e é preenchido com vapor superaquecido a 300 kPa e 250 °C. Neste momento, tanto

as válvulas de entrada e de saída do radiador estão fechadas. Determinar a quantidade de calor que será

transferida para uma sala cai para 100 kPa.

quando a pressão do vapor

 

1ª Lei da termodinâmica para sist

0 0 0
0
0
0

=∆

=∆ +∆ +∆

entrada

entra da

saída

=∆ = −

=∆ =

= −

=

 

Exemplos

 

Exemplo 3

 

O

radiador de vapor para um sistema de aquecimento tem

um volume de 20L e é preenchido com vapor superaquecido a 300 kPa e 250 °C. Neste momento, tanto

as válvulas de entrada e de saída do radiador estão fechadas. Determinar a quantidade de calor que será

transferida para uma sala cai para 100 kPa.

quando a pressão do vapor

= +

quando a pressão do vapor = + − = 417,36 + 0,47 2506,1 − 417,36

= 417,36 + 0,47 2506,1 − 417,36

entrada

entra da

saída

 

kJ

= 1399,07

kg

=

−

= 0,0251 1399,07 − 2728,7

= − ,

 
 

Exemplos

 
Exemplo 4
Exemplo 4

Um tanque rígido isolado inicialmente contém 8 kg de uma mistura líquido-vapor de água saturada a 100 kPa e titulo de 18,1%. Uma resistência eléctrica é colocada no tanque e está conectada a uma fonte de 220 V e uma corrente de 4 A flui através da resistência quando o

interruptor é ligado.

Determinar quanto tempo vai

í
í

demorar para vaporizado todo o líquido no tanque.

1ª Lei da termodinâmica para sist. f

 
0 − =∆ 0 0
0
− =∆
0
0

=∆ +∆ +∆

−W = ∆ = −

−W = ∆ =

− = −

=

 

Exemplos

 
Exemplo 4
Exemplo 4

Um tanque rígido isolado inicialmente contém 8 kg de uma mistura líquido-vapor de água saturada a 100 kPa e titulo de 18,1%. Uma resistência eléctrica é colocada no tanque e está conectada a uma fonte de 220 V e uma corrente de 4 A flui através da resistência quando o

interruptor é ligado.

Determinar quanto tempo vai

demorar para vaporizado todo o líquido no tanque.

     
   
− =− = −
− =− = −

= 8 2568,4 − 795,415 = 14183,88

= ê = = 220 ∗ 4 = 880

= 0,88 = 0,88

í

=

⇒ ∆ =

 

   

=

,

 

, = ,

 

Exemplos

 
Exemplo 4
Exemplo 4

Um tanque rígido isolado inicialmente contém 8 kg de uma mistura líquido-vapor de água saturada a 100 kPa e titulo de 18,1%. Uma resistência eléctrica é colocada no tanque e está conectada a uma fonte de 220 V e uma

corrente de 4 A flui através da resistência quando o interruptor é ligado. Determinar quanto tempo vai

demorar para vaporizado todo o líquido no tanque.

í
í
vai demorar para vaporizado todo o líquido no tanque. í = + − Tabela A-5 tabelas

= +

Tabela A-5 tabelas de saturação:

= 0,001043 ; = 1,694

= 417,36 ; = 2088,7

= 100

; = 1,694 = 417,36 ; = 2088,7 = 100 ⇒ = 0,001043 + 0,181 1,694

= 0,001043 + 0,181 1,694 − 0,001043 = 0,30747

= +

= 417,36 + 0,181 ∗ 2088,7 = 795,415

= 0,30747 = + = 417,36 + 0,181 ∗ 2088,7 = 795,415 Estado 1: Mistura líquido-vapor:

Estado 1: Mistura líquido-vapor:

0,181 ∗ 2088,7 = 795,415 Estado 1: Mistura líquido-vapor: Exemplos 19/03/2013 Exemplo 4 Um tanque rígido

Exemplos

2088,7 = 795,415 Estado 1: Mistura líquido-vapor: Exemplos 19/03/2013 Exemplo 4 Um tanque rígido isolado inicialmente

19/03/2013

Exemplo 4

Um tanque rígido isolado inicialmente contém 8 kg de uma mistura líquido-vapor de água saturada a 100 kPa e titulo de 18,1%. Uma resistência eléctrica é colocada no tanque e está conectada a uma fonte de 220 V e uma corrente de 4 A flui através da resistência quando o

interruptor é ligado.

demorar para vaporizado todo o líquido no tanque.

Determinar quanto tempo vai

í

Estado 2: Processo a volume constant

= =

Tabela A-4

= 100%

= 0,30747

= 160 °

= 2568,4

Exemplos

volume constant = ⇒ = Tabela A-4 = 100% ⇒ = 0,30747 = 160 ° =

Tabela A-2

volume constant = ⇒ = Tabela A-4 = 100% ⇒ = 0,30747 = 160 ° =
volume constant = ⇒ = Tabela A-4 = 100% ⇒ = 0,30747 = 160 ° =

Gases ideais

volume constant = ⇒ = Tabela A-4 = 100% ⇒ = 0,30747 = 160 ° =
Tabela A-6 Vapor superaquecido
Tabela A-6
Vapor superaquecido
Tabela A-5 Saturação
Tabela A-5
Saturação

19/03/2013

Tabela A-4 Saturação
Tabela A-4
Saturação