Você está na página 1de 13

SEGURANÇA RODOVIÁRIA

oInstituições regulamentadoras da rede rodoviária


Nacional;
o Porque não se deve conduzir sob o efeito do álcool;
oNovos mecanismos de segurança nos automóveis;
oFuncionamento do airbag;
oMotivo porque a GNR fiscaliza a conservação dos
pneus.
Instituições
Regulamentadoras
 ANSR- Autoridade Nacional de Segurança
Rodoviária;
 PSP- Polícia de Segurança Pública;
 GNR- Guarda Nacional Republicana;
 IMTT- Instituto de Mobilidade de Transportes
Terrestres.
ANSR- Autoridade Nacional de
Segurança Rodoviária

 Tem por missão:

 O planeamento e a coordenação a nível nacional de

apoio à política do Governo em matéria de segurança

rodoviária;

 A aplicação do direito contra-ordenacional rodoviário.


PSP- Polícia Segurança
Publica
 É uma força de segurança, uniformizada e
armada, com natureza de serviço público e
dotada de autonomia administrativa.

Tem por missão:


 assegurar a legalidade democrática,
 garantir a segurança interna e os direitos dos
cidadãos, nos termos da Constituição e da lei.
GNR- Guarda Nacional
Republicana
 Tem por Missão:
 Garantir a manutenção da ordem pública,
assegurando o exercício dos direitos, liberdades e
garantias;
 Manter e restabelecer a segurança dos cidadãos e
da propriedade pública, privada;
 Garantir o cumprimento das leis e disposições em
geral, nomeadamente as relativas à viação
terrestre e aos transportes rodoviários, etc.
IMTT- Instituto da
Mobilidade dos Transportes
Terrestres
 No quadro das suas atribuições, e visando
satisfazer as necessidades de mobilidade de
pessoas e bens, o IMTT tem por missão regular,
fiscalizar e exercer funções de coordenação e
planeamento do sector dos transportes
terrestres. O IMTT é também responsável pela
supervisão e regulamentação das actividades
deste sector, competindo-lhe a promoção da
segurança, da qualidade e dos direitos dos
utilizadores dos serviços de transportes
terrestres.
Porque não se deve conduzir
sob o efeito do álcool
•O álcool:
• Altera os processosfísicos e mentais,
• Prejudica as capacidade psicofisiológicas mesmo se
ingerido em pequenas doses.
Porque não se deve conduzir
sob o efeito do álcool
 Quando o álcool atinge o cérebro, órgão
abundantemente irrigado de sangue, afecta,
progressivamente, as capacidades:

 Sensoriais;
Perceptíveis;
Cognitivas;
Motoras;
O Controlo muscular;
 O equilíbrio do corpo.
Mecanismos de segurança nos
novos veículos automóveis
Existe uma nova estrutura de carroçaria:

 robusta e rígida;

 integrada com o Sistema de Intrusão Mínima do Habitáculo, em

que todos os componentes estão concebidos para ajudar a absorver

e a dispersar a energia de impacto, de forma a minimizar a

deformação do habitáculo.
O veículo vem igualmente equipado com:

 Nove airbags, incluindo um inédito airbag SRS (Sistema

Suplementar de Segurança) de 18 litros para protecção dos

joelhos do condutor, e com insufladores de duplo estágio de

deflagração nos dois bancos frontais. Os airbags laterais e com

cortina de protecção oferecem segurança a todos os

ocupantes do veículo.
 Dispõe de um inovador sistema de alerta
dos cintos de segurança, que actua em dois
estágios. De forma a evitar ferimentos no
condutor, em caso de acidente, os pedais do
travão e da embraiagem são flexíveis (existe um
mecanismo de retracção na zona anterior dos
mesmos).
Formadora: Patrícia Ramalho
Formanda: Luciene Carvalho
Fonte informações:

 Site oficial PSP/GNR/IMTT;


 www.ecdidactica.net/PDF/alcool_conducao.pdf