Escalas Diatônicas Maiores

É importante estudar as escalas com bastante esmero, além de auxiliar na técnica pianística, dará ao estudante de música uma melhor base teórica em geral, já que as escalas diatônicas são responsáveis pela formação dos acordes, e da melodia da maioria das músicas. É muito importante que o aluno decore os acidentes de cada escala, de modo que este tenha um total domínio desta. O dedilhado das escalas abaixo é basicamente o seguinte: dedos 1,2,3,1,2,3,4,5 (mão direita) e 5,4,3,2,1,3,2,1 (mão esquerda), com exceção da escala de Fá Maior: 1,2,3,4,1,2,3,4 (mão direita) e 5,4,3,2,1,3,2,1 (mão esquerda), e a escala de Si Maior: 1,2,3,1,2,3,4,5 (mão direita) e 4,3,2,1,4,3,2,1 (mão esquerda). Outra coisa importante à acrescentar é a relação entre a Escala Diatônica Maior e a Escala Diatônica Menor. A escala menor é igual (em acidentes) a sua relativa maior. Por exemplo, como a nota Lá é o VI Grau da escala de Dó Maior, então Lá Menor tem os mesmos # ou b que a escala de Dó Maior.

johnnysonntag.com
(48) 8829-7049

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful