Você está na página 1de 3

Escola E.B.

2,3 de Briteiros
2007/008
ORIENTAÇÕES PARA REUNIÕES INTERCALARES

1. Calendário e duração
As reuniões realizam-se nos dias 22, 23, 24, 25, 26, 29,30 e 31 de Outubro, tendo a
duração de 60 minutos.
Os Conselhos de Turma devem rentabilizar estratégias, espaços e recursos, articular
coerentemente procedimentos e métodos de trabalho e promover o capaz conhecimento da
turma.

2. Preparação das reuniões


O (A) Director(a) de Turma deve preparar todo um conjunto de informações a serem
prestadas aos diversos elementos do Conselho. Estas informações poderão ser retiradas a partir
dos processos individuais dos alunos (essenciais para conhecer estratégias aplicadas, evolução
do processo de ensino aprendizagem de cada aluno e conhecimento de questões de ordem
comportamental/disciplinar), bem como da análise realizada das fichas sócio económicas.
Sugere-se que as informações sejam transmitidas aos elementos do Conselho, através da
grelha de análise das fichas sócio económicas.

3. Ordem de trabalho das reuniões


1 Informações sobre a turma:
a) Entrega e análise do quadro sócio económico e fotografias da turma;
b) Assiduidade / questões comportamentais e disciplinares;
c) Reunião com os Encarregados de Educação; contactos já efectuados
d) Da situação dos alunos de Currículo Alternativo/ CEP/ e de Adaptações
Curriculares (elaboração dos Planos Educativos);
2- Projecto Curricular de Turma:
Com base na matriz entregue aos Directores de Turma, deverá ser construído (ou
reformulado), o Projecto Curricular de Turma. Os Directores de Turma do 5º ano deverão
consultar o projecto curricular do 1º ciclo, se ainda não o fizeram. Deverão ser elaborados os
seguintes pontos da matriz entregue:
. Situação Diagnóstica da Turma (Caracterização da Turma);
. Identificação de problemas e definição de prioridades;
. Definição de uma estratégia educativa global:
. Competências a desenvolver;
. Estratégias a privilegiar
Os restantes itens (articulações, actividades, etc.), devem ser preenchidos no mais curto
espaço de tempo possível, sendo da responsabilidade de cada professor das diferentes áreas
curriculares (disciplinares/não disciplinares). A compilação posterior destas planificações será
da competência de cada Director de Turma.
3. Construção dos portefólios
Definir a melhor metodologia a usar na construção destes portefólios, para que se
tornem instrumentos de verdadeira aprendizagem.
4- Avaliação Intercalar dos Alunos: (este ponto da ordem de trabalhos só será
analisado pelos docentes presentes em Conselho de Turma)-
Resultados já obtidos e primeira caracterização do aproveitamento – análise de casos
que possam ser problemáticos em termos das aprendizagens, indicando motivos detectados para
tal e possíveis estratégias de remediação.
Definir os processos a utilizar nas informações a transmitir aos director de turma:
aproveitamento, comportamento, periodicidade, grelha …
5º Outros assuntos
Este ponto servirá para, em sede de CT, ser feita uma reflexão sobre itens não nomeados
nesta resenha (sugestões para a melhoria da escola, pontos negativos detectados,
constrangimentos para o processo educativo, estratégias/propostas para a remediação dos
mesmos). Relembramos que todos os assuntos analisados e discutidos devem ser inseridos na
acta ( responsabilidade de todo o CT) e que a numeração da mesma é sequencial, por
período.

OBS. O representante dos Pais e encarregados de Educação da Turma (eleito na reunião de


Setembro) e o respectivo Delegado de Turma são convocados para esta reunião. Podem fazer
esta convocatória via caderneta do aluno.

Os Coordenadores de DT

__________________________

___________________________
Briteiros, 10 de Outubro de 2007

Você também pode gostar