Você está na página 1de 1

ATA DE REUNIÃO EXTRAÓRDINÁRIA DO CONSELHO DOS DIREITOS DA

CRIANÇA E DO ADOLESCENTE.

Aos trezes dias do mês de janeiro do corrente ano às nove horas da manhã
reuniram-se na sede da Secretaria Municipal de Assistência Social alguns membros
deste conselho. A reunião teve como pauta a paralisação das atividades dos conselheiros
tutelares deste município, bem como a reestruturação do conselho dos direitos.
Estiveram presentes o representante da Secretaria de Saúde Srª Allayne Karine, o
representante da Igreja Católica Sr. Hugo Jordan, a representante da Pastoral da Criança
Srª Maria Cicera, a representante da Secretaria de Assistência Social Srª Erica Maria, a
Secretária de Assistência Social Srª Marili da Silva Rego e a Assistente Social Roseane
Omena. A reunião teve inicio com a Secretária de Assistência Social Srª Marili da Silva
dando as boas vindas aos presentes e informando-os sobre a paralisação das atividades
dos conselheiros tutelares que alegaram através de oficio GP nº 054/2014 o fim do
mandato. Dando continuidade a Secretária informou que os referidos conselheiros têm
conhecimento da Lei Federal de nº 12.696 de julho de 2012 que altera a data do
processo de escolha dos membros do conselho tutelar que ocorrerá em data unificada
em todo território nacional a cada quatro anos e por isso não deveriam paralisar suas
atividades. Com a palavra a Assistente Social Roseane Omena informou que segundo
orientação prestada pela Srª Nelma da Gloria membro do CEDCA (Conselho Estadual dos
Direitos da Criança e do Adolescente) os conselheiros poderão dar continuidade as suas
atividades até a data unificada para nova eleição conforme Lei Federal de nº 12.696 e da
Resolução do CONANDA de nº ----------. Na oportunidade também foi discutido a necessidade
da reestruturação do conselho dos direitos em virtude do não comprometimento de alguns
membros tanto da sociedade civil, bem como do governo com as atividades do conselho. Diante
do exposto ficou acordado que a Secretaria de Assistência encaminhará convites em caráter de
urgência às organizações sociais existentes no município que tiverem interesse em fazer parte do
conselho, e as Secretarias municipais para indicarem novos representantes. Também ficou
acordado que após a reestruturação do conselho os novos membros se reunirão para analisar a
Lei Municipal de nº 681/97 que se encontra defasada e em seguida encaminhar a Câmara dos
Vereadores com as alterações necessárias. Perguntou se havia mais alguma coisa a tratar e como
nada foi sugerido, eu Erica Maria que servi de secretária deste conselho lavro a seguinte ata que
vai por mim assinada e pelos demais presentes.