Você está na página 1de 152

FUVEST

FUVEST 1990
Tema da Dissertação
"– Não é preciso zangar-se. Todos nós temos as nossas opiniões.
– Sem dúvida. Mas é tolice querer uma pessoa ter opinião sobre assunto
que desconhece. (...) Que diabo! Eu nunca andei discutindo gramática.
Mas as coisas da minha fazenda julgo que devo saber. E era bom que
não me viessem dar lições. Vocês me fazem perder a paciência."
Você tem opinião sobre as afirmações acima? Se tem, defenda sua
opinião. Se não, explique por quê.

FUVEST 1995
Relacione os textos e a imagem ao lado e escreva uma
dissertação em prosa, discutindo as idéias neles contidas
e expondo argumentos que sustentem o ponto de vista
que você adotou.
Em muitas pessoas já é um descaramento dizerem "Eu".
(T.W. Adorno)
Não há sempre sujeito, ou sujeitos. (...)
Digamos que o sujeito é raro, tão raro quanto as verdades.
(A. Badiou)
Todos são livres para dançar e para se divertir, do mesmo
modo que, desde a neutralização histórica da religião, são
livres para entrar em qualquer uma das inúmeras seitas.
Mas a liberdade de escolha da ideologia, que reflete
sempre a coerção econômica, revela-se em todos os
setores como a liberdade de escolher o que é sempre a
mesma coisa.
(T.W. Adorno )

? Visando ao desenvolvimento do tema. escolhendo outros que você julgue mais importantes para tratar do tema. procurando argumentar com pertinência e coerência. com sinceridade e plena liberdade de opinião. também. orientadores religiosos. líderes políticos. constituem bons modelos de vida. uma dissertação em prosa.Quais são as características mais marcantes que apresentam? .Em que aspectos a formação que lhe proporcionaram foi satisfatória ou insatisfatória? Você poderá. identificar os valores que são realmente importantes para eles. opinando sobre esses valores.FUVEST 2002 Considerando aspectos abaixo sugeridos ou. intelectuais. ainda. em si mesmos. você poderá. considerar se eles são. redija. autoridades etc. assim. professores. em linguagem adequada à situação. refletir sobre as seguintes questões: . Poderá. pessoas íntegras e felizes e se.Quais foram os principais responsáveis por sua formação? . se quiser. ou seja. de fato. seus pais e familiares. ainda.Você julga que eles assumiram. sua função de formadores? . . Como você avalia os responsáveis por sua formação.

dentro do quadro a ele destinado. 8.2ª fase . A redação deverá ser feita com caneta esferográfica de tinta azul ou preta. Exemplo: 5. risque a palavra e a escreva novamente. Não utilize caneta marcatexto.FUVEST . Após a devida revisão. Se errar. 6. A redação deverá ter entre 20 e 30 linhas. 3. ou no verso da folha avulsa. Lembre-se de que a situação de produção de seu texto requer o uso da norma padrão da língua portuguesa. na página apropriada deste caderno. transcreva o texto para a folha avulsa definitiva. 4. O que estiver fora desse quadro. Faça.2011 INSTRUÇÕES GERAIS 1. . Dê um título a sua redação. 7. 2. Escreva a redação com letra legível. o rascunho da redação. bem como o rascunho escrito neste caderno não serão considerados na correção.

Adaptado.) . elas florescem uma única vez na vida. ou palma talipot. Trazidas do Sri Lanka pelo paisagista Roberto Burle Marx.br.2011 Observe esta imagem e leia com atenção os textos abaixo. (http://veja. iniciam um longo processo de morte.com. Texto 1 Um grandioso e raro espetáculo da natureza está em cena no Rio de Janeiro.abril.FUVEST . no Aterro do Flamengo. Em seguida. 09/12/2009. cerca de cinquenta anos depois de plantadas. Trata-se da floração de palmeiras Corypha umbraculifera. período em que produzem cerca de uma tonelada de sementes.2ª fase .

abap. Paisagem Escrita.2011 Observe esta imagem e leia com atenção os textos abaixo. teria dito: “Assim como alguém plantou para que eu pudesse ver. O paisagista. ) . o senhor não estará mais aqui para ver”. (http://www. 10/11/2009.FUVEST . estou plantando para que outros também possam contemplar”.2ª fase . nº 131. então com mais de 50 anos.org.br. Texto 2 Quando Roberto Burle Marx plantou a palma talipot. um visitante teria comentado: “Como elas levam tanto tempo para florir.

Vidas desperdiçadas.2ª fase . um sentimento de irmandade. ficar ombro a ombro ou marchar no mesmo passo. dificilmente pode haver um senso de destino compartilhado. Texto 3 Onde não há pensamento a longo prazo.) . Os relacionamentos destacam-se sobretudo pela fragilidade e pela superficialidade. 2005. (Z.2011 Observe esta imagem e leia com atenção os textos abaixo. um impulso de cerrar fileiras.FUVEST . Rio de Janeiro: Jorge Zahar. Bauman. A solidariedade tem pouca chance de brotar e fincar raízes.

2011 Observe esta imagem e leia com atenção os textos abaixo.FUVEST . 2009. (G.) . Bauman. por Z. Deixamos de nos reconhecer na obrigação de viver em nome de qualquer coisa que não nós mesmos. Rio de Janeiro: Jorge Zahar. Texto 4 A cultura do sacrifício está morta.2ª fase . em A arte da vida. Lipovetsky. cit.

2011 Como mostram os textos 1 e 2. “sacrifica” a própria vida para criar novas vidas. a imagem de abnegação fornecida pela palma talipot. é reforçada pelo altruísmo* de Roberto Burle Marx. mas para o dos outros. em prosa.2ª fase .) Tendência ou inclinação de natureza instintiva que incita o ser humano à preocupação com o outro. Com base nas ideias e sugestões presentes na imagem e nos textos aqui reunidos. redija uma dissertação argumentativa.FUVEST . sobre o seguinte tema: O altruísmo e o pensamento a longo prazo ainda têm lugar no mundo contemporâneo? Altruísmo: (s. que a plantou. m. que. o mundo atual teria escolhido o caminho oposto. (Dicionário Houaiss da língua portuguesa.) . de certo modo. 2009. Em contraposição. não para seu próprio proveito.

pois esta determina quais são as demais ciências que devem ser estudadas na pólis. a ciência política inclui a finalidade das demais.FUVEST 2012 Texto 1 A ciência mais imperativa e predominante sobre tudo é a ciência política. Nessa medida.Adaptado) . (Aristóteles . e. essa finalidade deve ser o bem do homem. então.

Talvez devêssemos retomar esse conceito de idiota como aquele que vive fechado dentro de si e só se interessa pela vida no âmbito pessoal. Ribeiro. Cortella e R. S. Política — para não ser idiota.FUVEST 2012 Texto 2 O termo “idiota” aparece em comentários indignados. que diz não à política. O que podemos constatar é que acabou se invertendo o conceito original de idiota. J. significa aquele que só vive a vida privada. Adaptado.) . como “política é coisa de idiota”. cada vez mais frequentes no Brasil. Sua expressão generalizada é: “Não me meto em política”. em grego. que recusa a política. (M. pois a palavra idiótes.

O que você diz tem ressonância. (. um matiz político.) . Querendo ou não querendo. Todas as tuas. um aspecto político. tua pele. político. são coisas políticas.) (Wislawa Szymborska. vossas coisas diurnas e noturnas. teus olhos. teus genes têm um passado político. Poemas..FUVEST 2012 Texto 3 FILHOS DA ÉPOCA Somos filhos da época e a época é política. o que silencia tem um eco de um jeito ou de outro. nossas..

governos) vivem hoje um processo de abandono ou diminuição do seu papel de criadoras de agenda de questões e opções relevantes e. controladas) para forças essencialmente não políticas — primordialmente as do mercado financeiro e do consumo.) . A agenda de opções mais importantes dificilmente pode ser construída politicamente nas atuais condições.FUVEST 2012 Texto 4 As instituições políticas vigentes (por exemplo. em princípio. (Zygmunt Bauman. O que não significa que se amplia a liberdade de opção individual. partidos políticos. a política perde interesse. Em busca da política. Significa apenas que essas funções estão sendo decididamente transferidas das instituições políticas (isto é. Assim esvaziada. parlamentos. eleitas e. Adaptado. do seu papel de propositoras de doutrinas. também.

FUVEST 2012 TEXTO 5 .

. seja para indicar suaslimitações e impasses no mundo atual. • Dê um título a sua redação. com letra legível. na qual você discuta as ideias neles apresentadas. seja para enfatizar sua necessidade. no máximo. • Escreva.FUVEST 2012 Os textos aqui reproduzidos falam de política. Reflita sobre esses textos e redija uma dissertação em prosa. 30 linhas. 20 e. no mínimo. argumentando de modo a deixar claro o seu ponto de vista sobre o tema Participação política: indispensável ou superada? Instruções: • A redação deve obedecer à norma-padrão da língua portuguesa.

2ª fase .FUVEST .2013 .

na qual você interprete e discuta a mensagem contida nesse anúncio. . projeta uma dada visão de mundo.2ª fase .2013 Esta é a reprodução (aqui. o Escreva. carrega pressupostos e implicações: se o observarmos bem. Instruções: o A redação deve obedecer à norma padrão da língua portuguesa. considerando os aspectos mencionados no parágrafo anterior e. formado pela relação entre imagem e texto. no máximo. no mínimo. 30 linhas. o Dê um título a sua redação. veremos que ele expressa uma determinada mentalidade. esse anúncio. colhido em uma revista. publicada no ano de 2012. que foram substituídas por X) de um anúncio publicitário real. sem as marcas normais dos anunciantes. Procure argumentar de modo a deixar claro seu ponto de vista sobre o assunto. 20 e. com letra legível. se quiser.FUVEST . também outros aspectos que julgue relevantes. Redija uma dissertação em prosa. manifesta uma certa escolha de valores e assim por diante. Como toda mensagem.

ESPCEX .

b) Fuga total à proposta. c) Texto incompreensível e / ou ilegível. redija um texto dissertativo. Observações: 1 – Texto de aproximadamente 25 (vinte e cinco) linhas. 4 – Invalidação da redação (grau zero): a) Mudança na modalidade de texto solicitada. 2 – Dê um título interessante ao seu texto.ESPCEX . . 3 – Não transcreva parte do texto de apoio em seu trabalho.2004 PROPOSTA DE REDAÇÃO A partir das ideias extraídas dos quadrinhos. d) Texto com qualquer marca que possa identificar o candidato.

. Coutinho e desenvolva o tema proposto... e. cresceu. 3 – Não transcreva partes do texto de apoio no seu trabalho. INGRATIDÃO Nunca mais me esqueci!.. tirado da Antologia Brasileira de Literatura. ao sol-nascente. d) Texto com qualquer marca que possa identificar o candidato. c) Texto incompreensível e/ou ilegível. Eflorescem nas chácaras vizinhas E vão dar frutos no pomar alheio. 5 – Use apenas caneta esferográfica de tinta azul ou preta para redigir o texto.. (Raul de Leôni – De Luz Mediterrânea) PROPOSTA DE REDAÇÃO Escreva um texto dissertativo desenvolvendo o seguinte tema: INGRATIDÃO. pela vida inteira.. b) Fuga total à proposta. Plantei. Eu era criança E em meu velho quintal.. num sonho esplêndido semeio. Era a mais rútila e íntima esperança. Cresceu. Pendeu os ramos sobre um muro em frente E foi frutificar na vizinhança. . aos poucos suavemente. OBSERVAÇÕES: 1 – Texto de aproximadamente 25 (vinte e cinco) linhas. de A.. Todas as grandes árvores que em minhas Terras.. Uma linda amendoeira adolescente.... Como aquela magnífica amendoeira. 2 – Dê um título interessante ao seu texto. 4 – Invalidação da redação (grau zero): a) Mudança na modalidade de texto solicitada.ESPCEX . com a minha mão ingênua e mansa. Daí por diante.2005 Leia o poema abaixo.

2010 “O senhor. do mundo. é isto: que as pessoas não estão sempre iguais... Mire veja: o mais importante e bonito.. Afinam ou desafinam.ESPCEX . ainda não foram terminadas – mas que elas vão sempre mudando. Siga as seguintes observações: .argumentativo..” (Guimarães Rosa) Posicione-se a respeito das ideias contidas no fragmento ao lado e desenvolva um texto dissertativo.

Aborde o tema sem se restringir a casos particulares ou específicos ou a uma determinada pessoa. de 25 a 30 linhas. – fuga ao tema proposto.2010 1. – em forma de poema ou outra que não em prosa. excesso de oralidade e/ u graves erros gramaticais. A redação será considerada inválida nos seguintes casos: – modalidade diferente da dissertativa. 2. 3. Seu texto deve ter. e – texto em branco ou com menos de 18 ou mais de 38 linhas. – insuficiência vocabular. – linguagem incompreensível ou vulgar. 5. Formule uma opinião sobre o assunto e apresente argumentos que defendam seu ponto de vista. – constituída de frases soltas. – texto ilegível. 4.ESPCEX . Não se esqueça de atribuir um título ao texto. sem o emprego adequado de elementos coesivos. obrigatoriamente. . – texto com qualquer marca que possa identificar o candidato.

Se sua redação tiver entre 13 (treze) e 19 (dezenove) linhas. ou entre 26 (vinte e seis) e 33 (trinta e três) linhas. Não se esqueça de atribuir um título ao texto. 4. sem o emprego adequado de elementos coesivos. inclusive. Aborde o tema sem se restringir a casos particulares ou específicos ou a uma determinada pessoa.OBSERVAÇÕES 1. – em forma de poema ou outra que não em prosa. Formule uma opinião sobre o assunto e apresente argumentos que defendam seu ponto de vista. A redação será considerada inválida (grau zero) nos seguintes casos: – texto com qualquer marca que possa identificar o candidato. – constituída de frases soltas. – linguagem incompreensível ou vulgar.2012 PROVA DE REDAÇÃO . 5. – insuficiência vocabular. também inclusive. – fuga ao tema proposto. e – texto em branco ou com menos de 13 (treze) ou mais de 33 (trinta e três) linhas. excesso de oralidade e/ou graves erros gramaticais. obrigatoriamente. – texto ilegível. Seu texto deve ter. 3. – modalidade diferente da dissertativa. . mas não implicará grau zero. 2. sua nota será diminuída.ESPCEX . 6. de 20 (vinte) a 25 (vinte e cinco) linhas.

2012 PROVA DE REDAÇÃO Redija um texto dissertativo-argumentativo com o seguinte tema: “A Informática como Ferramenta para a Educação” .ESPCEX .

. 6.ESPCEX . – em forma de poema ou outra que não em prosa. inclusive. Aborde o tema sem se restringir a casos particulares ou específicos ou a uma determinada pessoa. – constituída de frases soltas. – texto ilegível. 2. Se sua redação tiver entre 13 (treze) e 19 (dezenove) linhas. Formule uma opinião sobre o assunto e apresente argumentos que defendam seu ponto de vista. e – texto em branco ou com menos de 13 (treze) ou mais de 33 (trinta e três) linhas. de 20 (vinte) a 25 (vinte e cinco) linhas. 5. – modalidade diferente da dissertativa. – linguagem incompreensível ou vulgar.OBSERVAÇÕES 1. 3. sem o emprego adequado de elementos coesivos. também inclusive. Seu texto deve ter. mas não implicará grau zero. – fuga ao tema proposto. 4. sua nota será diminuída. Não se esqueça de atribuir um título ao texto.2013 PROVA DE REDAÇÃO . excesso de oralidade e/ou graves erros gramaticais. – insuficiência vocabular. obrigatoriamente. ou entre 26 (vinte e seis) e 33 (trinta e três) linhas. A redação será considerada inválida (grau zero) nos seguintes casos: – texto com qualquer marca que possa identificar o candidato.

2013 PROVA DE REDAÇÃO Redija um texto dissertativo-argumentativo com o seguinte tema: “Um mundo com tanta pressa valoriza cada vez mais o que já vem pronto.” .ESPCEX .

EPCAR .

Isso pelo lado afetivo. começou com a carta de Pero Vaz. em vez de cartão. E dessa maneira.2014 LEIA OS TEXTOS MOTIVADORES TEXTO I DO FUNDO DO BAÚ Eu tenho uma amiga que. Que uma determinada pessoa. ficou mais fácil. pela letra que você conhecia. É difícil imaginar o que a carta representa na história da humanidade. você sabia que era só para você. . Mas não há comparação entre um cartão (que você custa a jogar fora) e uma mensagem eletrônica. chegou uma gentil mensagem eletrônica. A emoção podia começar na caixa do correio – pelo formato do envelope. Eu entendo. e começou a escrever para você. enorme: a carta como documento histórico. todos os anos.EPCAR . ou sociológico. Este ano. Aqui no Brasil. pode-se pôr sentimento numa mensagem eletrônica. me enviava um belo cartão de Natal. Pouquíssimo tempo depois. Mas ela tem um caráter menos pessoal que uma carta. ou literário. escolheu o papel. você manda para quantas pessoas quiser. sentou se numa mesa. uma caneta. Havia outro. o primeiro documento da nacionalidade. às vezes desenhado por ela. Recebendo a carta. as cartas do padre Manoel da Nóbrega prestam informações preciosas sobre um país recém-nascido. num cantinho do universo. Isso ainda é mais verdade para essa maravilhosa forma de comunicação que é a carta. Primeiro. Certo. como laço afetivo.

Dois conjuntos de cartas romanas: as de Cícero e as de Sêneca.2014 TEXTO I Não há nenhuma certeza de que as pessoas vão guardar e-mails. sozinhas. Sendo ele o escritor que era. Assim. que. As cartas de Flaubert. O caso de Flaubert é um bom exemplo. totalmente dedicado aos seus (poucos) romances. Esse grande bispo francês foi um incomparável diretor de consciências na França de Luís XIV. As cartas de Fénelon. 2. tecidas com as histórias do dia a dia. As de Sêneca. As cartas de São Paulo. o retrato de um filósofo que foi o Montaigne dos romanos. talvez sua obra-prima (tenho uma preciosa edição francesa em sete volumes). Sua correspondência é uma combinação única de beleza literária e finura espiritual. 3. garantiam um conhecimento quase íntimo de uma época grandiosa. a carta era o seu meio de comunicação com o mundo. É uma coisa mais precária e a própria pressa da vida moderna conspira contra isso. mais pictóricas. talvez deixem de se repetir coisas como: 1. surgiram maravilhas literárias.EPCAR . . Não vai muito bem com a eletrônica. básicas para a história do cristianismo. As de Cícero. Como ele vivia isolado. Mas o tom é absolutamente íntimo. 4.

as cartas que tanto enriquecem a estante kafkiana. Nabuco era dez anos mais moço que Machado. (. o diálogo.) (HORTA. Luiz Paulo. Isto não é para ser um exercício de saudosismo. Cada época tem suas coisas boas – ou más. 28 de dezembro de 2012.. o que essas cartas revelam é o encontro. Sem serem famosas.. as cartas de Thomas Mann são um dos melhores meios de aprofundar o conhecimento desse grande romancista alemão. as cartas de amor entre Elizabeth Barret Browing e seu futuro marido Robert Browing. ganha-se por um lado e perde-se pelo outro. Na literatura romântica. e foi seu parceiro na formação e consolidação da Academia Brasileira de Letras. por exemplo. nesses casos. No século XX. entre dois espíritos superiores. A correspondência entre Machado de Assis e Joaquim Nabuco. Para além do puramente literário.2014 TEXTO I 5. O ideal é quando se pode conservar tudo – ou quase tudo. Este é um tesouro bem nosso. O Globo.) .EPCAR . Normalmente. A lista poderia ir longe. Tem o sabor de um velho vinho do Porto. todos dois grandes poetas.

mas não há imaginação que não acorde. viveria ainda quatro anos. porque ela deixa alguns parentes que a consolariam das saudades. e correspondia-se com Machado. porque não acharia a ninguém que melhor me ajudasse a morrer. Tão longe. Rio de Janeiro. ouvi-la. o que seria um grande favor. era dez anos mais moço. não sabendo outra que possa dizer tudo o que sinto e me acabrunha. sua mulher. desde a adolescência. Note que a solidão não me é enfadonha. Joaquim Nabuco. segundo. assistir aos mil cuidados que essa companheira de 35 anos de casados tinha comigo.EPCAR . 20 de novembro de 1904. porque é um modo de viver com ela. e eu não tenho nenhum. e em outro meio. Foi-se a melhor parte da minha vida e aqui estou só no mundo.2014 TEXTO II UMA CARTA DE MACHADO DE ASSIS Machado de Assis tinha 65 anos quando Carolina. A única palavra com que lhe agradeci é a mesma que ora lhe mando. . e você expressou a sua simpatia por um telegrama. Éramos velhos. chegou-lhe a notícia da minha grande desgraça. Meu caro Nabuco. morreu em 1904. um de seus melhores amigos. e eu contava morrer antes dela. antes me é grata. primeiro. e a vigília aumenta a falta da pessoa amada.

recebi-a dias depois do falecimento de minha mulher. nas preocupações do espírito e na própria carreira que a cada um cabe. e você compreende que apenas posso falar deste fundo golpe. não gastarei muito tempo em recorda-la. chegou à hora dos melhores remédios.blogspot. responder agora à sua carta de 8 de outubro.2014 TEXTO II Os meus são amigos.html. Irei vê-la. pelo afeto e sinceridade. acessado em 04/05/2013. mas a vida os dispersa.EPCAR . Aceite este abraço do triste amigo velho Machado de Assis (http://rosebud-rose-bud. Como estou à beira do eterno aposento. no mesmo aposento. no espaço.com/2007/02/uma-carta-demachado-de-assis. ela me esperará. Não posso. então lhe direi o que convém ao assunto daquela carta que. Tudo me lembra a minha meiga Carolina. Aqui me fico. por ora na mesma casa. caro amigo. e verdadeiramente são os melhores. com os mesmos adornos seus.) . Até outra e breve.

2014 PROVA DE REDAÇÃO .EPCAR .

EPCAR . redija um texto dissertativo.” Dê um título a sua Redação.2014 PROVA DE REDAÇÃO Após a leitura dos textos motivadores e da charge apresentada. . sobre o seguinte tema: “A influência das novas formas de comunicação no relacionamento humano do século XXI. em norma padrão escrita da língua portuguesa.

ITA .

serão considerados: a) clareza e consistência dos argumentos em defesa de um ponto de vista sobre o assunto. Na avaliação de sua redação. Atenção A redação será anulada se não versar sobre o tema ou se não for uma dissertação em prosa. . b) coesão e coerência do texto.ITA -2006 INSTRUÇÕES PARA REDAÇÃO O texto abaixo tem sido veiculado pela Internet. argumentando em favor de um ponto de vista sobre o assunto. c) domínio do português padrão. redija uma dissertação em prosa. sobre ele. Identifique o tema do texto e. A Banca Examinadora aceitará qualquer posicionamento ideológico do candidato. na folha a ela destinada no caderno de soluções.

sofre de hipertensão e tem a taxa de colesterol muito alta. o meu número de identificação nacional é 610204791993-8456-54632107. sim. Cliente: É. o seu seguro de vida proíbe categoricamente escolhas perigosas para a sua saúde. é verdade! Eu queria encomendar duas pizzas. Telefonista: Obrigada.. não experimenta a nossa pizza Superlight. ligou? Cliente: Bem. estou em casa. Como você conseguiu essas informações todas? Telefonista: Nós estamos ligados em rede ao Grande Sistema Central... com tofu e rabanetes? O Sr.. Vai adorar! . Lewis.. De que número o Sr. Além disso. Telefonista: Talvez não seja uma boa ideia. Telefonista: Pode me dar o seu NIDN? Cliente: Sim. boa noite! Cliente: Boa noite! Quero encomendar pizzas. Seu endereço é 1742 Meadowland Drive e o número de seu telefone é 494-2366. Cliente: Ah. você tem razão! O que você sugere? Telefonista: Por que o Sr. uma quatro queijos e outra calabresa.. Sr. certo? O telefone do seu escritório da Lincoln Insurance é o 745-2302 e o seu celular é 266-2566. Cliente: O quê? Telefonista: Consta na sua ficha médica que o Sr.ENCOMENDANDO UMA PIZZA EM 2010 Telefonista: Pizza Hot.

Telefonista: Duvido que consiga. além de ser perigoso. se bem que transportar duas pizzas na moto não é aconselhável. como é que você sabe que eu vou de moto? Telefonista: Peço desculpas. vai ter que pagar em dinheiro. Cliente: Meta-se com a sua vida! Mande-me as pizzas que eu arranjo o dinheiro.... Daí a minha sugestão. Quando é que entregam? Telefonista: Estamos um pouco atrasados. eu posso ir ao Multibanco sacar dinheiro antes que chegue a pizza.Cliente: Como é que você sabe que vou adorar? Telefonista: O Sr. O limite do seu cartão de crédito já foi ultrapassado. e então pensei que fosse utilizá-la. consultou o site "Recettes Gourmandes au Soja" da Biblioteca Municipal. sua esposa e seus 4 filhos. Cliente: Mas que história é essa.99. está bem! Mande-me duas pizzas tamanho família! Telefonista: É a escolha certa para o Sr. onde permaneceu ligado à rede durante 36 minutos. Cliente: Você quer o número do meu cartão de crédito? Telefonista: Lamento. Cliente: Quanto é? Telefonista: São $49. não pagou as últimas prestações do carro e ele foi penhorado.. Mas a sua moto está paga. às 14:27h. serão entregues em 45 minutos. Se o Sr. . mas o Sr. está com o saldo negativo. o Sr. estiver com muita pressa pode vir buscá-las. dia 15 de janeiro.. pode ter certeza. Cliente: OK. Cliente: Tudo bem. apenas reparei que o Sr.

é só isso... Cliente: Aaaaaaaahhhhhhhh!!!!!!!!!!! Vou me atirar pela janela!!!!!!!!!!!!!!! Telefonista: E machucar o joelho? O Sr. não se esqueça dos 2 litros de refrigerante que constam na promoção. já foi condenado em julho de 2009 por desacato em público a um Agente Regional. conforme citado no artigo 3095423/12.. mora no andar térreo.... não. o regulamento da nossa promoção.Cliente: @#%/§@&?#>§/%#!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! Telefonista: Gostaria de pedir ao Sr. Telefonista: Senhor. não se esqueça de que o Sr. nos proíbe de vender bebidas com açúcar a pessoas diabéticas. espere..... Qual é o tema? . para não me insultar. Cliente: (Silêncio) Telefonista: Mais alguma coisa? Cliente: Não.

A redação deve ser feita com caneta azul ou preta.ITA -2009 INSTRUÇÕES PARA REDAÇÃO Considere a tira de Laerte. e c) domínio do português padrão. Atenção A Banca Examinadora aceitará qualquer posicionamento ideológico do candidato. na folha a ela destinada. sobre ele. argumentando em favor de um ponto de vista sobre o tema. reproduzida abaixo. Identifique seu tema e. . b) coesão e coerência do texto. Na avaliação de sua redação. serão considerados: a) clareza e consistência dos argumentos em defesa de um ponto de vista sobre o assunto. redija uma dissertação em prosa.

ITA -2009 .

na folha a ela destinada.  domínio do português padrão. A redação deve ser feita com caneta azul ou preta.  coesão e coerência do texto. argumentando em favor de um ponto de vista sobre o tema.ITA . serão considerados:  clareza e consistência dos argumentos em defesa de um ponto de vista sobre o assunto. redija uma dissertação em prosa. Com base nas ideias sugeridas pela charge. Atenção A Banca Examinadora aceitará qualquer posicionamento ideológico do candidato. Na avaliação de sua redação.2010 INSTRUÇÕES PARA REDAÇÃO A charge reproduzida na seqûencia circulou pela rede Internet. .

ITA .2010 .

O rascunho não será considerado para avaliação de sua redação. e considerando os textos desta prova. na folha a ela destinada. redija uma dissertação em prosa. argumentando em favor de um ponto de vista sobre o tema. A redação deve ser feita com caneta azul ou preta. e c) domínio do português padrão. conforme Decreto 6. Você poderá usar para rascunho de sua redação as páginas em branco dos cadernos de questões desta prova e da prova de Inglês. . A partir dela.) Atenção A Banca Examinadora aceitará qualquer posicionamento ideológico do candidato. serão considerados: a) clareza e consistência dos argumentos em defesa de um ponto de vista sobre o assunto. (Serão aceitos os dois Sistemas Ortográficos em vigor. Na avaliação de sua redação. b) coesão e coerência do texto.ITA 2011 INSTRUÇÕES PARA REDAÇÃO Observe a foto abaixo. de 29/09/2008.583.

ITA 2011 .

PM SOLDADO .

44 anos. “Geralmente as ameaças são causadas por cachorros de um vizinho que fica latindo sem parar ou a sujeira na casa que acaba incomodando”. O procedimento da polícia nestes casos é ouvir ambas as partes e encaminhá-las para o Juizado Especial Criminal. decorrentes da convivência diária e da proximidade. onde será feito o julgamento. De acordo com o delegado titular. . afirmou. envolvendo pessoas que moram próximas. O aposentado Hélio Fernandes de Oliveira. TEXTO 1 A difícil tarefa de viver em comunidade Um crime cometido no bairro do Eucaliptal chocou a população de Volta Redonda. Este foi o caso mais grave. A tragédia teria sido gerada por uma briga entre vizinhos. entre outros muitos registrados pela 93. Leandro Gontijo. As ocorrências mais comuns relativas a desentendimentos entre vizinhos são ameaças entre os moradores.PM -2008 REDAÇÃO Leia os textos a seguir. confessou ter assassinado um adolescente de 15 anos a facadas. o fato de as pessoas morarem próximas contribui para o acontecimento dos conflitos.ª DP (Delegacia de Polícia) nos últimos tempos.

diarioon. disse o delegado. Segundo o delegado. Adaptado) . como o exemplo de uma ocorrência em que o cavalo do vizinho estava comendo as plantas do terreno de um morador.PM -2008 Muitas ocorrências de desentendimentos entre vizinhos acontecem. em bairros de zona rural.com. Ele afirmou que cerca de 40% das queixas feitas na delegacia não se transformam em ocorrências policiais. questões de disputas de limites de terrenos”.br – acessado em 19/08/2008. (htpp://www. “Existem casos que devem ser resolvidos na prefeitura ou no cartório. como por exemplo. os problemas geralmente são causados por pessoas que passam por propriedades privadas ou animais que invadem o terreno do vizinho. também.

e o menino desconversou. deu uma moutain bike importada para o filho Bruno. Perguntou pelo presente. out. que o Pedro tomou emprestada”. C. as bicicletas das crianças costumam corresponder em estilo. 1995. Passada uma semana do aniversário. disse Marcos. concebido dentro dos padrões dos melhores subúrbios americanos. Marcos disse que a bicicleta não estava à venda.. 42 anos. (Revista Carta capital. Marcos bateu à casa de Carlos Alberto que o atendeu.aí que eu pago” . morador de uma casa enorme na quadra de cima. rico. por volta dos 40. um condomínio da alta classe média da região periférica de São Paulo. publicitário bem-sucedido. 10 anos. Marcos e família moram em Alphaville. de 9 anos. Confessou depois. 38 anos. que a bicicleta fora expropriada por Pedro A.. Era um presente de aniversário. entrou para pegá-la e voltou para casa. Marcos notou que o filho brincava a pé. filho do bemsucedido empresário da construção civil Carlos Alberto C. Adaptado) . aí.. origem e preço aos carros dos pais. Carlos Alberto não gostou: “Me diz o preço dessa m. rico..PM -2008 TEXTO 2 Pequeno tratado do malcriado brasileiro Marcos G. muito embaraçado. “Vim buscar a bicicleta de Bruno..

PM -2008 .

observe os seguintes aspectos: • fluência e precisão de vocabulário. produza uma dissertação em PROSA. • domínio da norma culta da língua portuguesa. . em que você desenvolva o tema: A difícil tarefa da convivência: direitos e limites. utilizando uma argumentação clara e coerente. Ao redigir. em letra cursiva e legível. Exponha seu ponto de vista. Esta estrutura o ajudará. Para sua organização.PM -2008 Com base na leitura dos três textos. faça antes um esquema com os itens a serem desenvolvidos em seu texto. • coesão e coerência na construção e na sequencia dos parágrafos.

(Constituição Federal do Brasil) .. à igualdade.2009 REDAÇÃO Leia os textos a seguir que servirão de base à sua redação.PM . sem distinção de qualquer natureza. TEXTO I Art.. 5. à segurança e à propriedade. à liberdade.º – Todos são iguais perante a lei. garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida.

polmil. nas florestas. em um mundo cada vez mais conturbado. que desejam um futuro melhor. a Polícia Militar exerce sua função em terra. fiel ao lema que ostenta em seu brasão: LEALDADE E CONSTÂNCIA! (www. perdendo pessoal em mortes e em casos de invalidez. a Polícia Militar do Estado de São Paulo pretende continuar sendo mais um dos pilares da grandeza de São Paulo e do Brasil. e que comungam conosco do ideal de uma pátria grande e feliz. mas tem deixado sua marca positiva nos corações dos paulistas que amam sua terra. conquanto não seja ainda o ideal. de meios.sp.2009 TEXTO II Com um efetivo de cerca de 85 000 pessoas. lutando contra faltas de efetivo e.br/inicial. enfrentado incompreensões e injustiças. nas estradas. A tropa da Corporação tem contribuído com sua quota de sangue. no ar e no mar. nos campos e nas cidades. a quem sempre serviu e servirá impessoalmente. Contando com o imprescindível apoio das autoridades constituídas. por vezes. visando dar tranquilidade à população.asp) .gov.PM .

2009 TEXTO III O Brasil é considerado um dos países mais violentos do mundo. Não é necessário um cenário de guerra com armas pesadas no centro das cidades. pobreza. violência doméstica e contra a mulher é muito alto e contribui para tal consideração.PM . autoridade exagerada e violenta. Adaptado) . má distribuição de renda. Se a violência se concentra fora dos presídios.com/sociologia/violencia-no-brasil. A repressão usada pela polícia para combater a violência gera conflitos e insegurança na população que. mas de pessoal capacitado para combater a violência e os seus causadores. mas é preciso que se atente para a estrutura que vem sendo montada para decidir o futuro das cidades brasileiras. não sabe em quem confiar e decide se defender a próprio punho. nutrida pela corrupção das autoridades.brasilescola. Medidas precisam ser tomadas para diminuir a ocorrência de tais fatos. perdendo seu referencial de segurança e sua expectativa de vida.htm. sequestros. Um importante passo seria cortar a liberdade excessiva que hoje rege o país. é necessário que haja um planejamento de forma que se utilize uma equipe específica que não é regida pela força. extermínios. desemprego e desejo de vingança. (www. O índice de assaltos. Suas causas são sempre as mesmas: miséria. aplicar punições mais severas aos que infringirem as regras e diminuir a exploração econômica.

PM .2009 Com base nas informações apresentadas nos textos e em outras de seu conhecimento. elabore um texto dissertativo em que discuta o tema: O Papel do Policial na Sociedade do Século XXI .

É isso o que merece o povo haitiano. Dê um título ao seu texto. (www1. Reino Unido. Peru. Venezuela.folha. levado à miséria pela espoliação sistemática de potências imperialistas. que marcou a história do nosso continente com a coragem da luta por justiça social.uol.com. é porque foi subjugado. que deverá estar em conformidade com a norma padrão da língua portuguesa. (http://internacionalpsol. México. É preciso tecer uma autêntica solidariedade internacional em defesa deste povo.PM – 2010 (FEMININO) Leia os textos motivadores para a elaboração de sua dissertação. O terremoto que atingiu o país na madrugada deste sábado matou ao menos 122 pessoas. entre eles. Equador. Bolívia. Chamamos todos os governos e organizações a reagir com a mesma força do terrível terremoto.br/folha/mundo/ult94u699991.com/2010/01/15/haiti-nos-chama-solidariedade-incondicional-e-respeito-a-soberania-do-pais/) Texto II Líderes de diversos países. Como nunca. a solidariedade mundial com os haitianos é necessária: urge criar condições para uma reparação histórica das violências cometidas contra o país. Um povo que. Paraguai e Uruguai manifestaram neste sábado condolências ao Chile e se colocaram à disposição para o que for necessário. Colômbia.shtml) .wordpress. se hoje é o mais pobre da América Latina. Texto I No Haiti a terra sacudiu-se contra um povo digno.

mas pediu que as pessoas deem prioridade neste momento à doação de alimentos não perecíveis. elabore uma dissertação a partir do tema: “A importância da solidariedade para a reconstrução humana da sociedade. produtos de higiene e limpeza.terra. entre outras doações.br/brasil/noticias) Com base nas informações dos textos e em outras de seu conhecimento. pratos e talheres. pessoas chegam a todo momento e não falta trabalho para os mais de 300 voluntários que se revezam no local. no centro da capital. (http://noticias.com. agradeceu à população. Luiz Alberto Sampaio. O presidente da filial da Cruz Vermelha no Rio.” .PM – 2010 (FEMININO) Texto III Os apelos por donativos para as vítimas das enchentes no Rio estão sendo ouvidos e as centenas de postos de arrecadação espalhados no Estado não param de receber roupas e mantimentos. Na sede da Cruz Vermelha.

TEXTO I Autoestima ou violência? Aulas de jiu-jítsu têm sido ofertadas a adolescentes como ferramentas “antibullying” [anti-intimidação]. o aumento da autoestima do praticante pode ajudá-lo a superar provocações de colegas. “Melhor é resolver conflitos pacificamente. na contramão da máxima que diz “violência gera violência”. Felitti. Na prática. Folha de São Paulo.2011.2011 REDAÇÃO Leia os textos a seguir que servirão de base à sua redação. 21. da psicologia da PUC. “Treinar alunos para se defender com luta é estimulá-los a usar a violência para combater a violência psicológica”.” (Chico. Adaptado) . E as técnicas dessa arte marcial permitiriam ao jovem se esquivar de uma agressão.PM . Na teoria. diz Rosa Maria Macedo. fica a sugestão de que golpes podem resolver conflitos adolescentes.02.

Antes. O que é ruim. A luta serviu para eu perceber que as crianças mais frágeis tinham medo de mim. parei de bagunçar. Antes do jiu-jítsu eu era meio agressivo. . Tudo muda.02. O cara em quem você bate pode ganhar a luta. 21. em Curitiba. 21 anos.2011 TEXTO II Comecei a fazer jiu-jítsu com 12 anos. Depois que eu comecei a treinar jiu-jítsu. (Alessandro Martins. é punido: treina sem quimono.2011.PM . Se você não tiver as notas todas azuis. vice-campeão mundial de jiu-jítsu. a gente brigava muito na escola. Folha de São Paulo.

2011 Redija uma dissertação sobre o seguinte tema: Os cidadãos devem aprender a se defender da violência por conta própria. ou esse comportamento pode gerar mais agressividade e distúrbios para a sociedade? . a exemplo de alguns alunos de jiu-jítsu.PM .

9%). “Isso é realização de uma necessidade e de uma vontade e também tem a ver com conforto: ter carro para não andar de ônibus.2012) .5 milhões de famílias brasileiras. Já quando a necessidade é coletiva e a vontade é familiar. é qualidade de vida. nada como estar conectado: 37 milhões de brasileiros querem um celular. 09. ter um eletrodoméstico para não lavar roupa no tanque e assim por diante.” (http://g1. TEXTO 1 O sonho de consumo dos brasileiros está em aparelhos que proporcionem o acesso à tecnologia e um pouco de conforto. Isso é importante. A conclusão é de uma pesquisa que analisa o que os brasileiros mais gostariam de comprar.5%).globo.05.com/jornal-hoje.PM .4%) e fogão (0. O eletrodoméstico é o objeto de desejo número um para quase 13. Quando o desejo é pessoal.2012 REDAÇÃO Leia os textos. Depois da máquina de lavar roupa (23. o maior desejo de consumo é uma máquina de lavar. os sonhos de consumo são geladeira (21.

PM - 2012
TEXTO 2
Estudo recém-divulgado pela Universidade da Califórnia em Irvine,
nos Estados Unidos, concluiu que profissionais que não olham a caixa de
e-mails regularmente no trabalho são menos estressados e mais
produtivos.
A professora universitária Gloria Mark, autora do estudo ao lado de
pesquisadores do Exército americano, sugere tirar “férias do correio
eletrônico”. “Descobrimos que, depois de cinco dias longe do e-mail, os
níveis de estresse das pessoas caíram em comparação com o período em
que elas estavam conectadas.”
Em novembro de 2011, reportagem publicada pela Folha apontou que
o avanço tecnológico, combinado com o crescimento econômico,
contribuiu para aumentar o número de horas que um profissional passa
trabalhando, sem representar, no entanto, aumento de salário.

PM - 2012
Segundo pesquisa da Asap, consultoria de recrutamento de
executivos, 7 em cada 10 profissionais declararam ter aumentado o
tempo que passam no escritório, o que parece contribuir para elevar o
estresse. A jornada estendida por meio de ferramentas de comunicação
instantânea, muitas das quais em plataformas móveis, é fonte de
reclamações dos executivos.
Para especialistas, os “facilitadores de comunicação” podem ser
encarados como “uma cilada”, ao passo que é mais difícil ficar
desconectado.
(Folha de São Paulo, 06.05.2012. Adaptado)

PM - 2012
A partir da leitura dos textos, escreva um texto dissertativo, na norma
culta da língua portuguesa, expressando sua opinião a respeito do tema:

A PRESENÇA DA TECNOLOGIA NO COTIDIANO DOS BRASILEIROS
Dê um título a seu texto.

CFO - PM

leia os textos. que deverá estar em conformidade com a norma padrão da língua portuguesa.Academia de Polícia Militar do Barro Branco Curso Superior de Tecnólogo de Administração Policial-Militar 2010 REDAÇÃO Para elaborar sua redação. .

Embora grande parte do eleitorado em 2010 não tenha acesso aos jornais. as pessoas que pensam ao contrário – que o voto seja um direito do cidadão. (DAVID FLEISCHER) . A pessoa com o requisito mínimo (18 anos) tem o direito de tirar uma carteira de motorista – não é obrigatório. os governos e os candidatos às eleições. os com pouca escolaridade) deixariam de votar – por isso. os eleitores brasileiros estão bastante esclarecidos sobre a política. Porém. sim. os “menos esclarecidos” (ou seja. Mas. Outro argumento a favor do voto obrigatório é o de que. que ele pode exercer se quiser – são favoráveis ao conceito do voto facultativo. pesquisas sucessivas do Datafolha mostram o contrário – uma “curva em U”. a necessidade da tutela oficial para obrigá-los a praticar o sufrágio com consequências negativas e multas caso o cidadão deixe de votar. pelos quais recebem uma quantidade grande de informações sobre o sistema político brasileiro. Este raciocínio afirma que a população brasileira não tem consciência da importância deste dever para a manutenção da democracia e que. As pesquisas de opinião mostram claramente que. em que os pobres e os mais ricos continuariam votando. quase todos têm acesso ao rádio e à televisão. um direito que o cidadão pode exercitar se quiser. e justamente a classe média (alienada?) deixaria de votar. se fosse facultativo. se o voto não fosse obrigatório. sim. Com o voto facultativo.Texto I As pessoas que são favoráveis à manutenção do voto obrigatório no Brasil partem dos princípios de que o voto é um dever do cidadão e de que o Estado tem que obrigar o cidadão a exercer este dever e ainda tutelar todos neste sentido. mas. as pressões sobre os eleitores com “menos autonomia” para tutelar seu voto seriam reduzidas por não contar mais com a coação da obrigatoriedade. A comparação é com a carteira nacional de habilitação. “os pobres deixariam de votar”.

contribui para melhorar as condições de vida da população. a mudança da lei reduzirá o número de votantes. Os avanços obtidos ao longo dos últimos 16 anos podem estar comprometidos. aumentando o interesse pelo assunto. Na eleição para o Congresso. há uma pressão para que os governos adotem políticas voltadas para o combate à pobreza e à desigualdade. quando aplicada rigorosamente. conforme atestam vários estudos. A taxa de comparecimento eleitoral tende a ser menor em países que adotam sistema de voto facultativo. o cientista político Arend Lijphart defendeu o voto obrigatório como solução para o problema da abstenção e da desigualdade nas eleições dos Estados Unidos. Os menos escolarizados e mais pobres renunciarão. em 2008. com maior frequência. pode haver um retrocesso na democracia e no bem-estar social. O testemunho dele alerta para um dos riscos a que o Brasil estará sujeito caso o Congresso Nacional aprove emenda à Constituição para tornar o voto facultativo. A lei do voto obrigatório. Se o voto se tornar facultativo no Brasil. nos países em que há penalidades para quem se ausenta da eleição e não se justifica perante a Justiça.Texto II No seu famoso discurso como presidente da Associação Americana de Ciência Política. a obrigatoriedade faz com que os eleitores busquem informação sobre a política. Por último. só 37% dos americanos votaram. segundo o International Institute for Democracy and Electoral Assistance. além de pressionar candidatos e partidos a incluir propostas para o segmento mais amplo da sociedade. ao exercício do voto. Sem a pressão de setores da sociedade. Nos Estados Unidos. os governos terão menos incentivo para promover políticas de distribuição de renda e combate à pobreza. 58% dos cidadãos com idade para votar compareceram às urnas para escolher o presidente. sobretudo em países em desenvolvimento. Por outro lado. Em primeiro lugar. Quando o exercício do voto se estende aos mais pobres e menos escolarizados. (CELSO ROMA) . os cidadãos se informam e conversam sobre política. Nem o fenômeno Barack Obama foi suficiente para motivar o registro e a votação em massa. a maioria dos cidadãos exerce o direito ao voto. em 2006. e não menos importante. em 1996. Quando têm o dever de votar.

elabore um texto dissertativo. analisando e assumindo uma posição clara sobre o tema: A OBRIGATORIEDADE OU NÃO DO VOTO NO BRASIL .Academia de Polícia Militar do Barro Branco Curso Superior de Tecnólogo de Administração Policial-Militar 2010 TEMA Com base nas informações do texto e em outras do seu conhecimento.

elabore um texto dissertativo.CFO-PM 2010 Leia os três textos para elaborar sua redação. em conformidade com a norma-padrão da língua portuguesa. Com base nas informações desses textos e em outras do seu conhecimento. analisando o tema: “A condição da criança e do adolescente no Brasil após 20 anos do ECA.” .

TEXTO 1.O ESTATUTO DA CRIANÇA E DO ADOLESCENTE (ECA) .

não me crucifiquem pelo que escrevo. Passou a consumir drogas e a vendê-las. a trajetória de vida do nosso adolescente-padrão nos permitiria dizer. Hoje. E.07. agrediu a professora. Apenas apelo para que todos nós façamos diferente. desde muito antes de chegar à Casa (Fundação Centro de Atendimento Socioeducativo ao Adolescente). Ganhou dinheiro e garotas. preocupando-se menos com a socioeducação e mais com a garantia e efetivação de direitos. incentivando-o a buscar alternativas de resolução de seus conflitos. Precisamos trabalhar com a cultura da paz e com alternativas que passem longe da privação de liberdade. atendimento psicológico e educacional eficiente. (Berenice Giannela. por favor. Como no romance. na adolescência. são pais de família íntegros. muito mais custosa financeira e emocionalmente. Tal qual a morte de Santiago (personagem de Gabriel García Márquez). outro em São Paulo! É hora de parar de criminalizar condutas típicas de adolescentes. Folha de São Paulo. É preciso agir para diminuir as internações e deter a entrada do jovem no crime – com políticas sociais. acabou excluído da escola e do grupo e recebido de braços abertos pelo crime. destruíram o vaso sanitário de suas escolas usando bombas. Toda vez que vejo a história de um interno é como se estivesse relendo “Crônica de uma Morte Anunciada”. que ele para cá viria. onde se sentiu alguém socialmente. tenho dois amigos que. Desinteressou-se pela escola. tornando-o protagonista de sua história. o início da trama antecipava o final. Fossem jovens e pobres nos dias de hoje. reescrevendo sua história. foi pego pela polícia e internado. de Gabriel García Márquez. um no Rio de Janeiro.CFO-PM 2010 Texto II É preciso reler o ECA.2010. Vamos evitar a morte de Santiago.) . Adaptado. 13. seriam internados. Ironicamente.

CFO-PM 2010
Texto III
A cada novo episódio em que um menor de idade se envolve num crime de grande repercussão,
um velho “culpado” aparece: o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA). O conjunto de leis chega
aos 20 anos no dia 13 de julho, em meio a críticas e elogios. Como legislação, é considerado
exemplar. Mas sua execução falhada e a fama de estimular a ação de menores infratores o deixam
muito longe da unanimidade.
O Brasil está perto do topo dos países do mundo que mais adiam a punição aos infratores.
Poucas nações, a maioria sul-americanas, esperam que um jovem complete 18 anos para puni-lo
legalmente. “O ECA é um incentivo à penalidade”, diz o advogado Gilberto Pereira da Fonseca,
representante da família do menino João Hélio, morto no Rio de Janeiro em fevereiro de 2007 ao ser
arrastado pelo carro roubado de sua mãe. Um menor de 16 anos participou do crime, ficou detido até
completar 18 anos – e ganhou a liberdade com direito à proteção policial, mais tarde retirada. Não foi
o ECA, porém, que definiu a maioridade penal em 18 anos. Ela é estabelecida pela Constituição de
1988 e já estava na Lei Magna anterior. São os artigos 228 da Constituição e 27 do Código Penal que
asseguram a inimputabilidade aos menores de 18 anos. No Brasil, o título de eleitor pode ser obtido
aos 16 anos.
Antes do ECA, a legislação sobre menores no país era meramente punitiva. O Código de
Menores criou, em 1927, as chamadas colônias correcionais, para onde eram encaminhados os
jovens infratores. A partir do Estatuto, o Estado passou a garantir direitos – e também as punições. A
garantia de saúde, educação de qualidade e lazer, muitas vezes, fica apenas no papel. Para
especialistas, ao reduzir o ECA à discussão sobre a maioridade penal, a sociedade desvia o foco e
deixa de cobrar sua execução. “Só uma pequena parcela dos jovens comete crimes. O Estatuto não é
o culpado porque, se ele fosse cumprido, muitos crimes não aconteceriam”, afirma Fernanda
Lavarello, coordenadora da Associação Nacional dos Centros de Defesa da Criança e do
Adolescente.
(Época, 12.07.2010. Adaptado.)

CFO-PM 2013
Texto I
SÃO PAULO – Especialistas ouvidos pela Agência Brasil divergem quanto à
efetividade da medida adotada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) de São Paulo
que impede, a partir desta terça-feira (08/01/2013), que policiais prestem socorro a vítimas
de crimes ou de confronto com a polícia. A medida tem como objetivo, entre outros
propósitos, impedir a descaracterização dos locais em que os crimes ocorreram.
Para o coronel da reserva da Polícia Militar paulista José Vicente da Silva Filho,
consultor de segurança e professor do Centro de Altos Estudos de Segurança da
corporação, a medida será eficaz para impedir a manipulação da cena do crime. O coronel
reformado destaca que a preservação do local é fundamental para a elucidação dos
crimes. O militar também acredita que a solução é apropriada porque permite o transporte
adequado das vítimas.
Já para o professor da Escola de Direito de São Paulo, da Fundação Getulio Vargas,
e membro do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Guaracy Mingardi, apesar de a
proposta ser positiva do ponto de vista investigativo, pode colocar em risco a integridade
das vítimas. Para Mingardi, o mais importante é o socorro à vítima, mas é preciso garantir
que o policial envolvido não altere as possíveis provas presentes no local.
(www.hojeemdia.com.br, 08.01.2013. adaptado)

CFO-PM 2013
Texto II
A norma, de janeiro, determina que policiais acionem atendimento
especializado (como o Samu) e que cabe às equipes médicas realizar o
“pronto e imediato socorro”.
Polêmica desde o início, a regra foi baixada para preservar a cena do
crime, favorecer a investigação e coibir atitudes condenáveis, como a
adulteração do local de confronto de policiais com suspeitos.
Especialistas afirmam que, do ponto de vista médico, a diretriz é
correta. Na prática, ela gerou alguns efeitos lastimáveis. Policiais julgaramse impedidos de prestar atendimento emergencial até a vítimas
agonizantes. Em muitos casos, essa conduta despropositada amplia o risco
para os feridos.
A Secretaria da Segurança faria melhor se corrigisse a norma – cuja
redação é de fato defeituosa – em vez de tentar justificá-la. É crucial deixar
claro que, na ausência ou demora de equipes de atendimento, policiais
podem e devem prestar socorro. Entre a vida de uma pessoa e a cena de
um crime, não pode haver dúvida sobre qual é prioritário preservar.
(Editorial, socorro policial. Folha de São Paulo, 20.05.2013. adaptado)

br. adaptado) . (www.com. da 4.05. como o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).dci. o policial deve isolar o local do crime e aguardar pelo socorro.2013. Pela norma criada pela Secretaria de Segurança Pública. desembargador Ivan Sartori. que deve ser feito exclusivamente por unidades médicas e paramédicas de emergência. inclusive a remoção de pacientes”. 15. Para Sartori. a Polícia Militar de São Paulo voltou a ser impedida de socorrer vítimas de violência. A resolução da secretaria foi tomada com o objetivo de preservar os locais dos crimes e garantir o atendimento adequado aos feridos. Sartori decidiu nesta quarta-feira (15/05/2013) suspender a decisão provisória tomada na última terça-feira (14) pelo juiz Marcos Pimentel Tamassia. em janeiro. a resolução já prevê que o socorro possa ser prestado por um policial caso os serviços de emergência não estejam disponíveis. o que não dispensa treinamento específico em primeiros socorros. Segundo o presidente do tribunal. Ao revés. se for o caso. e mantém a norma da Secretaria de Segurança Pública (SSP) que impede o socorro. postula que o atendimento médico de emergência deve ser prestado com qualidade.CFO-PM 2013 Texto III SÃO PAULO – Por decisão do presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo. a resolução da secretaria “em nenhum momento impede o socorro imediato [por um policial].ª Vara da Fazenda Pública Central.

21. O despacho estabelece ainda que será permitido ao policial ou a terceiro que se sinta habilitado aplicar primeiros socorros à vítima. E sempre que o tempo de resposta do resgate não for adequado para a situação. no local.CFO-PM 2013 Texto IV Com base nas informações presentes nos textos lidos e em outras do seu conhecimento.com. tema: uma resolução sobre o socorro asobre vítimaso de crimes graves como tentativa de homicídio e latrocínio. Adaptado) Policiais devem prestar socorro às vítimas? .05. umpublicou texto nesta dissertativo normaSecretaria daelabore Segurança terça-feiraargumentativo.2013. (http://g1.globo. o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ou outro serviço de emergência. (21/05/2013) no em Diário Oficial padrão da língua portuguesa. O texto diz que o policial militar deverá fazer o transporte imediato da vítima para um pronto-socorro ou hospital sempre que não houver.

qualquer identificação feita pelo candidato no corpo deste caderno ou no verso da folha de redação acarretará a atribuição de nota zero à redação.CFO . na folha de redação. preferencialmente. . já incluído o tempo para a transcrição do texto definitivo.  A duração da prova de redação é de 2 horas. Os rascunhos não serão considerados na correção. ou preta.PM .  A ilegibilidade da letra acarretará prejuízo à nota do candidato.2014  Assine apenas no local indicado na folha de redação. Só será permitida a saída definitiva da sala e do prédio após transcorridos 75% do tempo de duração da prova.  Redija o texto definitivo com caneta de tinta azul.

disse em comunicado. Trata-se da Lei n. Em sua justificativa para vetar a lei.º 15. Segundo o projeto.777. (http://info.01.br.CFO . a Virada Cultural e a festa de final de ano na Avenida Paulista. o prefeito afirmou que já existe legislação específica para atender o que foi proposto no projeto. que proíbe a emissão de ruídos sonoros de aparelhos de som instalados em carros estacionados.2014).2014 Texto 1 O prefeito de São Paulo vetou o projeto de lei 02/2013 que proíbe a utilização de vias públicas para realização de bailes funk e de qualquer outro evento musical. de 29 de maio de 2013. A decisão foi publicada no Diário Oficial da Cidade de quartafeira (07.abril.PM . não se conformando com o interesse público sua proibição de maneira indiscriminada nos logradouros públicos e espaços abertos”.2014. a multa para quem praticasse a infração seria de R$ 2.com. “O funk é uma expressão legítima da cultura urbana jovem.º do projeto previa encerramento das atividades até as 22 h.01.5 mil. o que inviabilizaria eventos como o Carnaval. 09. Adaptado) . O prefeito ainda declarou que o artigo 5.

(www. 08. os direitos de uns terminam quando começam os de outros. entendo que.2014. o autor do projeto que proíbe a utilização de vias públicas para realização de bailes funk e de qualquer outro evento musical deixou claro que é a favor de toda manifestação cultural. Adaptado) .CFO . para que haja harmonia e respeito mútuo entre os cidadãos”.01.2014 Texto 2 Em nota.dcomercio. Todavia.com.PM .br. “O funk é uma expressão legítima da cultura urbana jovem. em uma sociedade civilizada.

Na noite de ontem. que acontecem no meio da rua e chegam a reunir até 3 000 pessoas.2014 Texto 3 Moradores do bairro da Penha. um grupo de jovens incendiou sacos de lixo e depredou e saqueou um supermercado Extra após a Polícia Militar interromper um baile.2014) um protesto contra os bailes funk que acontecem na região. prometem realizar no começo da noite desta segunda-feira (20. este é um fenômeno que vem crescendo a cada dia e a presença da polícia é pequena para coibir a violência e o som alto. Os moradores reclamam que os bailes funk.01.2014. na zona leste. Segundo eles.01. prejudicam a entrada ou saída deles. 20. (Folha de São Paulo. Adaptado) . Ninguém foi preso.CFO .PM .

PM . a pornografia e o uso de drogas.2014 Texto 4 O professor Pablo Ortellado. e alerta: “Embora seja a expressão cultural mais popular entre os jovens da periferia. do curso de gestão de políticas públicas da universidade de São Paulo (USP).2014.CFO . 22. (http://revistavaidape.01. discorda da ação punitiva que é proibir os bailes funk. o funk tem sido atacado por supostamente incitar o crime. O discurso preconceituoso que persegue um gênero de música só contribui para marginalizá-lo e tornar esses jovens mais vulneráveis”.br. Adaptado) .com.

PM . em norma-padrão da língua portuguesa.CFO . elabore um texto dissertativoargumentativo. em que se discuta a questão: A proibição dos bailes funk em vias públicas é uma busca da ordem social ou um mecanismo de repressão às classes menos privilegiadas? .2014 Com base nas informações constantes nos textos e em outras do seu conhecimento.

ESA .

percebe onde lhe alvejam. Dê um título para sua redação.ESA . colhe o que lhe sonegam.2009 “A imprensa é a vista da nação. Por ela é que a nação acompanha o que lhe passa ao perto e ao longe. . mede o que lhe cerceiam ou destroem. ou roubam.” Rui Barbosa Elabore um texto dissertativo sobre o tema abordado no parágrafo acima. ou nodoam. vela pelo que lhe interessa. e se acautela do que ameaça. enxerga o que lhe malfazem. devassa o que lhe ocultam e tramam.

ENEM .

entre outras atividades agropecuárias. O que é trabalho escravo Escravidão contemporânea é o trabalho degradante que envolve cerceamento da liberdade A assinatura da Lei Áurea. de forma coerente e coesa. uma vez que não mais se utilizam correntes para prender o homem à terra. para realizar derrubadas de matas nativas para formação de pastos. No entanto. persistiram situações que mantêm o trabalhador sem possibilidade de se desligar de seus patrões. os chamados “gatos”. representou o fim do direito de propriedade de uma pessoa sobre a outra. preparar o solo para plantio de sementes. argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista. servindo de fachada para que os fazendeiros não sejam responsabilizados pelo crime. Este segundo fator nem sempre é visível. produzir carvão para a indústria siderúrgica. contratam mão de obra utilizando os contratadores de empreitada. em 13 de maio de 1888. apresentando experiência ou proposta de ação social. Há fazendeiros que. organize e relacione. mas sim ameaças físicas. terror psicológico ou mesmo as grandes distâncias que separam a propriedade da cidade mais próxima.ENEM . Selecione. redija texto dissertativoargumentativo em norma culta escrita da língua portuguesa sobre o tema “O Trabalho na Construção da Dignidade Humana”. Eles aliciam os trabalhadores. Trabalho escravo se configura pelo trabalho degradante aliado ao cerceamento da liberdade. .2010 PROPOSTA DE REDAÇÃO Com base na leitura dos seguintes textos motivadores e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação. acabando com a possibilidade de possuir legalmente um escravo no Brasil. que respeite os direitos humanos.

na folha própria. Disponível em: http://revistagalileu. mas e quanto ao desperdício de talentos?.  O Rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado. E as transformações estão acontecendo.ENEM .  O texto deve ter. 30 linhas.  Desenvolva seu texto em prosa: não redija narração. A crise despedaçou companhias gigantes tidas até então como modelos de administração. (Os prazeres e as dores do trabalho.2010 O futuro do trabalho Esqueça escritórios. os salários fixos e a aposentadoria. T= (ma + Qv + I) x g T= trabalho em 2020 Qv = busca de qualidade de vida g = globalização ma = preocupação com meio ambiente I = inovação INSTRUÇÕES:  Seu texto tem de ser escrito à tinta.com. nem poema. o futuro será povoado de empresas menores reunidas em torno de projetos em comum. no máximo. “Falamos tanto em desperdício de recursos naturais e energia.  O texto com até 7 (sete) linhas escritas será considerado texto em branco. Acesso em: 02 set. Em vez de grandes conglomerados. seu chefe terá menos de trinta anos e será uma mulher. consequentemente. Os próximos anos também vão consolidar mudanças que vêm acontecendo há algum tempo: a busca pela qualidade de vida. você trabalhará em casa. Felizmente. diz o filósofo e ensaísta suíço Alain de Botton em seu novo livro The Pleasures and Sorrows of Works.globo. ainda inédito no Brasil). Em 2020. . a preocupação com o meio ambiente. como vivemos. 2010 (fragmento). nunca houve tantas ferramentas disponíveis para mudar o modo como trabalhamos e. e a vontade de nos realizarmos como pessoas também em nossos trabalhos.

o A redação que apresentar cópia dos textos da Proposta de Redação ou do Caderno de Questões terá o número de linhas copiadas desconsiderado para efeito de correção. o A redação com até 7 (sete) linhas escritas será considerada “insuficiente” e receberá nota zero. o A redação que fugir ao tema ou que não atender ao tipo dissertativo-argumentativo receberá nota zero. na própria folha. o O texto definitivo deve ser escrito à tinta. .2011 INSTRUÇÕES o O rascunho da redação deve ser feito no espaço apropriado. em até 30 linhas.ENEM .

Liberdade sem fio A ONU acaba de declarar o acesso à rede um direito fundamental do ser humano – assim como saúde. jul. G. SANTOS. No mundo todo. moradia e educação. Nº 240. P. organizações e governos se mobilizam para expandir a rede para espaços públicos e regiões onde ela ainda não chega. Galileu. 2011 (fragmento).ENEM . pessoas começam a abrir seus sinais privados de wi-fi. ROSA.2011 Leia os textos motivadores a seguir. com acesso livre e gratuito.. .

2011 (adaptado). de acordo com o Ibope mídia) pretende criar. CEO da e. tornar alguém popular e também arruinar reputações. Um dos maiores desafios dos usuários de internet é saber ponderar o que se publica nela. se exaltam e cometem gafes podem pagar caro. pois a internet é um ambiente social e. empresa de monitoração e análise de mídias. Especialistas recomendam que não se deve publicar o que não se fala em público. a população já passou mais tempo conectada à internet do que em frente à televisão. as pessoas já gastam cerca de 20% de seu tempo on-line em redes sociais. Não estar equivale a não ter uma identidade ou um número de telefone no passado”. Disponível em: http://www. a rede não acoberta anonimato. acessar e manter um perfil em rede. Acesso em: 30 jun. uma vez que mesmo quem se esconde atrás de um pseudônimo pode ser rastreado e identificado. nos Estados Unidos. Os hábitos estão mudando.com.A internet tem ouvidos e memórias Uma pesquisa da consultoria Forrester Research revela que. por impulso. ao contrário do que se pensa. .br. Aqueles que.terra. “Faz parte da própria sociabilização do indivíduo do século XXI estar numa rede social. As redes sociais são ótimas para disseminar ideias.Life. A grande maioria dos internautas (72%. No Brasil. acredita Alessandro Barbosa Lima.

2011 .ENEM .

.ENEM . Selecione. redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema: VIVER EM REDE NO SÉCULO XXI: OS LIMITES ENTRE O PÚBLICO E O PRIVADO Apresente proposta de conscientização social que respeite os direitos humanos. argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.2011 PROPOSTA DE REDAÇÃO Com base na leitura dos textos motivadores seguintes e nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação. organize e relacione. de forma coerente e coesa.

ENEM 2013 .

2013 A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao Iongo de sua formação.ENEM . Selecione. argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista. ESCOLHIDO 1º SEMESTRE 2014 . redija texto dissertativo-argumentativo na modalidade escrita formal da língua portuguesa sobre o tema citado ao final. organize e relacione. de forma coerente e coesa.

E metade das mortes. a utilização de bebidas alcoólicas é responsável por 30% dos acidentes de trânsito. segundo o Ministério da Saúde. a Lei 11.ENEM . E coube ao Governo Federal o primeiro passo. o desafio deve ser de todos. Diante deste cenário preocupante. .2013 Qual o objetivo da “Lei Seca ao volante”? De acordo com a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet).705/2008 surgiu com uma enorme missão: alertar a sociedade para os perigos do álcool associado à direção. é indispensável a participação de estados. Mas para que todos ganhem. Porque para atingir o bem comum. desde a proposta da nova Iegislação à aquisição de milhares de etilômetros. municípios e sociedade em geral. era necessária uma ação enérgica. está relacionada ao uso do álcool por motoristas. Para estancar a tendência de crescimento de mortes no trânsito.

ENEM .2013 .

ENEM .2013 .

portanto. todas as bebidas servidas passaram a pregar uma peça no cliente. tulipas de chope também receberam pequenos pedaços de metal mascarados com uma pequena rodela de papel na base do copo. Ao tentar descansar seu copo com a opção dirigir virada para cima. Durante um fim de semana. de forma imperceptível para o consumidor. A ideia surgiu da necessidade de passar a mensagem de uma forma Ieve e no exato momento do consumo. em condições normais. Ímãs foram inseridos em bolachas utilizadas para descansar os copos. os ímãs apresentavam a mesma polaridade e. . Em cada Iado. Ao mesmo tempo. causando repulsão.2013 Repulsão magnética a beber e dirigir A lei da física que comprova que dois polos opostos se atraem em um campo magnético é um dos conceitos mais populares desse ramo do conhecimento. A ideia de uma agência de comunicação em Belo Horizonte foi bem simples. ela rapidamente grudava na base do copo.ENEM . fazendo com que o descanso fugisse do copo. como objetos de experimento para confirmar essa proposta. há uma opção para o cliente: dirigir ou chamar um taxi depois de beber. Tulipas de chope e bolachas de papelão não servem. se estivesse virada mostrando o Iado com o desenho de um taxi.

2013 Efeitos da implantação da Lei Seca no BrasiI .ENEM .

EAOF .

EAOF .2014 A Prova de Redação valerá grau 10.0 (dez) e consistirá na elaboração de texto dissertativo. . Consideram-se palavras todas aquelas pertencentes às classes gramaticais da Língua Portuguesa. em prosa. em letra legível. devendo o candidato limitar-se ao impresso padrão recebido. A redação deverá conter no mínimo 70 (setenta) palavras. a respeito do tema fornecido. que possui 30 (trinta) linhas. Não serão fornecidas folhas adicionais para complementação da redação.

escrita a lápis (total ou parcialmente) ou com caneta que não seja de tinta preta ou azul.EAOF .com menos de 15 (quinze) linhas. . .0000 (dez). .que não estiver em prosa. .2014 Será atribuído o grau 0 (zero) à redação: .cujos descontos (por erros) somem valores superiores ao grau 10. e .fora da tipologia textual ou tema proposto.com marcas que permitam a identificação do autor. .escrita de forma ilegível ou cuja caligrafia impeça a compreensão do sentido global do texto. que não seja o português.com número inferior a 70 (setenta) palavras. .escrita em outro idioma. . .

no Espírito Santo (Defesa Civil/ES) . Duas pessoas foram soterradas em Piraju.Texto I Desabamento no ES eleva o número de mortes para 17 Cerca de 46. Situação é crítica também em Minas Gerais e no Rio.000 pessoas tiveram de deixar suas casas no Estado onde chove há mais de 1 semana.

disse o coronel Arnaldo. Neste domingo (29/12). a exemplo do que já foi realizado na região de Linhares. coordenador das operações de resgate da FAB. em Pontal do Ipiranga. Montamos um esquema especial para retirá-las de lá o mais rápido possível". "Dessa forma. complementa. "Graças a Deus. afirma o coronel aviador Arnaldo Augusto do Amaral Neto. distrito da região nordeste do Estado.Texto II A Força Aérea Brasileira resgatou entre a tarde de sábado (28/12) e a manhã de domingo (29/12) mais de 300 vítimas das enchentes no Espírito Santo. a Força Aérea busca a certeza de não deixar ninguém sem o apoio adequado". "Recebemos a informação da Defesa Civil que aproximadamente 300 pessoas precisavam de socorro em Pontal do Ipiranga. apesar dessa emergência pontual. as buscas se concentram principalmente na região do Baixo Guandu. a meteorologia está ajudando bastante e as demandas por socorro reduziram consideravelmente". . para identificar pessoas que ainda estejam isoladas necessitando de mantimentos ou remoção.

Em Baixo Guandu. em Linhares. o trabalho seria feito em pouco tempo.] A bordo de um helicóptero da Marinha. afirmou o sargento Cordeiro..Texto III Vídeo mostra bombeiros resgatando idoso com corda em enchente no ES Além do idoso. Um vídeo feito por uma equipe do Corpo de Bombeiros mostra o resgate de um idoso.. uma equipe do Corpo de Bombeiros sobrevoava uma área isolada entre as comunidades de Povoação e Pontal do Ipiranga. Os bombeiros usaram rapel para levar a família para a aeronave. o resgate foi mais arriscado e a ação do Corpo de Bombeiros dificultada pelo forte vento. amarrado a uma corda para atravessar a correnteza em uma área alagada no Centro de Itaguaçu. Eu tenho 17 anos de bombeiro e nunca tinha presenciado isso. Segundo os militares. mas durou quase 50 minutos. "Cada vez que a aeronave fazia um trabalho. Noroeste do Espírito Santo. para resgatar uma família de quatro pessoas. ao chegar ao local. de aproximadamente 70 anos. A situação impressionou até mesmo os profissionais. [. víamos lugarejos em que as pessoas estavam ilhadas. No entanto. havia trezes esperando ajuda. . Vai ficar marcado na minha vida e na vida de muitas pessoas que trabalharam nessas enchentes". outras quatro pessoas da mesma família foram salvas. Colegas meus com 30 anos de corporação nunca presenciaram isso. no Noroeste do estado.

cidadania. a solidariedade para com a vida humana é um estímulo na superação de desafios. elementos indispensáveis no trabalho cujo objetivo é a proteção da vida. produza um texto dissertativo-argumentativo tendo como tema: “Solidariedade. Com base nos textos motivadores. compromisso e participação. ” .Diante de um quadro de alerta em que vidas necessitam de socorro emergencial devido a tragédias naturais. Além do profissionalismo. a atuação de homens e mulheres devidamente treinados se faz imprescindível.

EAOEAR .

 Consideram-se palavras todas aquelas pertencentes às classes gramaticais da Língua Portuguesa. . em prosa.2014 INSTRUÇÕES PARA REDAÇÃO  A Prova de Redação valerá grau 10. devendo o candidato limitar-se ao impresso padrão recebido. a respeito do tema fornecido.0000 (dez) e consistirá na elaboração de texto dissertativo.  Não serão fornecidas folhas adicionais para complementação da redação. que possui 30 (trinta) linhas.  Deverá conter no mínimo 100 (cem) palavras e 15 (quinze) linhas. em letra legível.EAOEAR .

.escrita de forma ilegível ou cuja caligrafia impeça a compreensão do sentido global do texto.escrita em outro idioma.escrita a lápis (total ou parcialmente) ou com caneta que não seja de tinta preta ou azul.com menos de 15 (quinze) linhas. . .com número inferior a 100 (cem) palavras. .fora da tipologia textual ou tema proposto. e .que não estiver em prosa.2014 INSTRUÇÕES PARA REDAÇÃO o Será atribuído o grau 0 (zero) à redação: .cujos descontos (por erros) somem valores superiores ao grau 10.0000 (dez). . .EAOEAR . . que não seja o português.com marcas que permitam a identificação do autor. .

colocam em xeque processos anacrônicos e ajudam a evitar que a empresa envelheça e perca o contato com as mudanças em seu ambiente de negócios. o trabalho emperra. os clientes reclamam. com muita vontade e pequeno salário. Alguns observadores batizaram o processo de “juniorização”.. Leia-se: livrar-se dos funcionários mais velhos e caros. as empresas rejuvenescem seus quadros. Profissionais mais jovens trazem novas ideias. Pesquisa recente mostra o despreparo das empresas para lidar com profissionais mais maduros. Os custos crescem. interna ou externa.. Saída: renovar os quadros. . traz efeitos positivos. contratar jovens efebos. Assim tem sido: a cada crise. (.) O Brasil está envelhecendo. A renovação. mas a planilha de custos fala mais alto. os competidores avançam. e os acionistas querem resultados.Texto I O tempo não para O processo é conhecido. Dito e feito. Então. realizada na medida certa. Renovar sistematicamente os quadros é um princípio de gestão importante para as empresas.

f. compromete a qualidade da gestão e põe em risco o futuro das companhias. Carta Capital. retrógrado) Panaceia: (s. Figurado: mecanismos ou práticas que.cartacapital. quando realizada com o propósito de reduzir custos. Aquele que possui pouca idade) Anacrônico: (adj. Medicamento cujas propriedades podem curar todos os males.) . obsoleto.br/author/twood/. evita que a empresa trate de questões mais substantivas.com. Vista como panaceia. relacionadas ao seu modelo de negócios e às suas práticas de gestão.Texto I A juniorização. 21/04/2013.m.. antiquado.) VOCABULÁRIO Efebo: (s. (Thomaz Wood Jr. Que está em desacordo com os usos e costumes de uma época. por sua vez. são capazes de solucionar os problemas e/ou dificuldades. hipoteticamente. Disponível em: http://www. Indivíduo que alcança a idade referente à puberdade.

Texto II O Brasil está envelhecendo.php) . Nós vamos ter um aumento artificial demográfico em função disto”. “Ainda nasce muita gente e essas pessoas estão morrendo menos e vivendo mais. Entretanto.usp. (Disponível em: http://www. Em 2025 seremos o sexto país em população idosa no mundo. antes disso a mortalidade também diminuiu. As taxas de natalidade diminuíram drasticamente nos últimos 40 anos. a resposta a essas perguntas é a melhor representação do que está acontecendo com a população brasileira. A razão disso é a fase de transição populacional em que o Brasil se encontra. segundo a professora Alice Derntl da Faculdade de Saúde Pública da USP.br/espacoaberto/arquivo/2002/espaco23set/vaipara. explica Alice.“Pergunte para uma pessoa de 30 anos: quantos filhos teve sua avó? Quantos filhos teve a sua mãe? Quantos filhos você pretende ter?”.

para preservação de sua saúde física e mental e seu aperfeiçoamento moral. Art.br/ccivil_03/leis/2003/l10. será punido na forma da lei. intelectual. produza um texto dissertativo-argumentativo tendo como tema: “O desafio diante de mudanças na saúde e previdência no enfrentamento do envelhecimento populacional”. (Artigos 2º e 4º da Lei nº 10. violência. todas as oportunidades e facilidades. . assegurando-se-lhe. espiritual e social. por ação ou omissão.741.planalto. 2º O idoso goza de todos os direitos fundamentais inerentes à pessoa humana.) Com base nos textos motivadores.gov. Disponível em: http://www.Texto III Art. discriminação. e todo atentado aos seus direitos. crueldade ou opressão. em condições de liberdade e dignidade.741. sem prejuízo da proteção integral de que trata esta Lei.html. por lei ou por outros meios. de 1º de outubro de 2003. 4º Nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de negligência.

CFOE .

 Não serão fornecidas folhas adicionais para complementação da redação.0000 (dez) e consistirá na elaboração de texto dissertativo. a respeito do tema fornecido. em letra legível.  Consideram-se palavras todas aquelas pertencentes às classes gramaticais da Língua Portuguesa. em prosa. que possui 30 (trinta) linhas.  Deverá conter no mínimo 100 (cem) palavras e 15 (quinze) linhas.2014 INSTRUÇÕES PARA REDAÇÃO  A Prova de Redação valerá grau 10.CFOE . devendo o candidato limitar-se ao impresso padrão recebido. .

.CFOE . .fora da tipologia textual ou tema proposto. e .escrita em outro idioma.com número inferior a 100 (cem) palavras.2014 INSTRUÇÕES PARA REDAÇÃO o Será atribuído o grau 0 (zero) à redação: . .com menos de 15 (quinze) linhas. . que não seja o português. .que não estiver em prosa.escrita a lápis (total ou parcialmente) ou com caneta que não seja de tinta preta ou azul.com marcas que permitam a identificação do autor.0000 (dez). . . .escrita de forma ilegível ou cuja caligrafia impeça a compreensão do sentido global do texto.cujos descontos (por erros) somem valores superiores ao grau 10.

Veteranas em universos dominados pela testosterona. na Justiça. Depois. Dalva Carvalho. A mulher só começou a votar em 1932 no Brasil. foi para as universidades. (Revista O Globo. Cynthiane Maria da Silva Santos.”. Marta Rocha. estarão no comando no ano que vem. nas Forças Armadas e na Justiça. Rio – De escarpin. e Márcia Pitta. na Marinha. elas abrem novas fronteiras.2014 TEXTO I O poder da mulher De comandante de tropa de elite da PM a presidente do Tribunal de Justiça. nº 440. Todas . teoriza Dalva. “Tem um ciclo que está se fechando agora. Como nunca antes. botina ou sapatilha. na Polícia Civil. É com a História que a primeira contra-almirante do país explica sua ascensão. o poder será substantivo feminino em 2013. dezembro de 2012. Nunca antes na História deste país mulheres chegaram a cargos tão altos na polícia. Leila Maria Carrilo Mariano e Letícia Sardas. que segue caminho aberto pela chefe de Polícia Civil. postos antes dominados por homens estão pela primeira vez na mão delas. com exceção da corregedora Márcia. serão as primeiras mulheres na chefia máxima de suas instituições. É natural que agora esteja alcançando postos mais altos. na PM.) .CFOE .

(Revista O Globo. é a mulher mais poderosa das Forças Armadas. (.CFOE . cada vez mais mulheres em lugares de liderança. sim. Se isso é um reflexo da eleição de uma mulher para a presidência da República do país. nº 440. empossada contra-almirante da Marinha. ainda é cedo para saber. dezembro de 2012.2014 TEXTO II Feminino plural Dalva Carvalho. E sem precisar abrir mão da vaidade e da feminilidade para impor respeito ou transmitir confiança. elas estão no comando.. O fato é que há..) . seja na vida pública ou na iniciativa privada.) Agora.

2014 Objetivo de desenvolvimento do Milênio 3 – Igualdade entre os sexos e valorização da mulher .CFOE .

produza um texto argumentativo-dissertativo tendo como tema: “A MULHER NA SOCIEDADE ATUAL.2014 Com base nos textos motivadores citados. CONQUISTAS E DESAFIOS. ” . SEUS VÁRIOS PAPÉIS .CFOE .

AFA .

Não posso por quê? .Por mim a senhora entrava.AFA .. apanhou. e entrava bem..) Mas o gerente tinha dado ordem de que não podia com aquela calça bossa-nova e. sorriu e foi um bocado sincero: . comprou a entrada. . .2014 Leia os textos abaixo e analise a charge apresentada . O filme em exibição é ruim: “O menino mágico”. ele tinha que obedecer.A senhora está de “Saint-Tropez”.. O que vem ao caso é a mocinha muito da redondinha. (Provavelmente completou baixinho. foi até a porta. imaginem menino. Mas isso não vem ao caso.E daí? Daí o porteiro olhou pras exuberâncias físicas dela. Se mágico adulto geralmente é chato. sabe como é. de maneira que sentia muito. em Ipanema. condição que seu traje apertadinho deixava sobejamente clara.. TEXTO I A MOÇA E A CALÇA Foi no Cinema Pax. mas com aquela calça não. A mocinha chegou. mas aí o porteiro olhou pra ela e disse que ela não podia entrar: .

Nós. O umbigo ficava ali. naturalmente. parecendo até o representante de Cuba em conferências panamericanas. tornou a perguntar: . Ela então abriu a bolsa. que estávamos perto. Enquanto rasgava o bilhete. guardou na bolsa e entrou com uma altivez que só vendo.AFA . Em cima era curta demais. afrouxou a calça e deixou que a dita escorresse saia abaixo.Faço votos que ela tenha outra por baixo. Outra calça.Mas ela não queria resposta. A calça. toda embrulhadinha (devia ser pra presente). dona! .2014 TEXTO I A MOÇA E A CALÇA . a calça “Saint-Tropez”. mas embaixo.De saia podia.O senhor não vai querer que eu tire a calça. calmamente. o porteiro comentou: .E de saia? . quase respondemos por ele: . Depois. Quer dizer que com minhas calças eu não entro? . isolado. O cinema Pax é dos padres e talvez por causa desse detalhe é que não pode “Saint-Tropez”.Como não. Disse então que suas calças eram tão compridas como outras quaisquer. No caso. de fato. E vendo o porteiro balançar a cabeça em sinal negativo. por cima do pomo da discórdia. Desembrulhou e vestiu ali mesmo.Quis ela saber ainda mais uma vez. Apanhou. tirou uma saia que estava dentro. Queria era discutir a legitimidade de suas apertadas calças “Saint-Tropez”. era comprida como as outras. (Stanislaw Ponte Preta) .

De modo especial.AFA . a altura. Num país de pobres que não conseguem ter uma alimentação equilibrada e nem os cuidados mínimos com a saúde. No entanto até sua linguagem contradiz esta crença. É muito comum agredir verbalmente as pessoas chamando-as de retardadas. As pessoas com necessidades especiais também são consideradas anormais. Acontece que nossa sociedade seleciona um determinado corpo como modelo e quem não obedece a este padrão está fora de cogitação. Todos afirmaram que já agrediram e foram agredidos com palavras. A obesidade. Até os pobres entram na dança da agressão. E o que dizer dos adolescentes homossexuais? . Coube-me fazer uma pesquisa com dez adolescentes sobre a presença da violência na escola através da palavra. a consequência é a marginalização. pequenos defeitos físicos são motivos de preconceito. se torna elemento de discriminação. que deveria ser um elemento de agregação e de comunicação. Surpreende que os adolescentes veem no corpo um elemento de discriminação. o corpo.2014 TEXTO II A FAVOR DA DIFERENÇA. CONTRA TODA DESIGUALDADE * A maioria das pessoas acredita que está isenta de preconceitos. Um xingamento comum é o de vileiro ou favelado.

que tem uma das maiores concentrações de renda do mundo. Pesquisa realizada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe). Há um padrão de ser humano estandardizado e único que deve servir de metro para o julgamento das pessoas. o que. demonstrou que quanto mais preconceito e práticas discriminatórias existem numa escola.AFA . convenhamos é uma grande possibilidade.500 pessoas entre alunos. professores e funcionários de 501 escolas de todo o Brasil. 70% têm menos de 20 anos. a pedido do MEC. continuam defendendo uma sociedade livre sem ser justa. Há pessoas que tiveram acesso a todos os estudos possíveis e.2014 TEXTO III Diferença x desigualdade Existe a visão de que a diferença se identifica com a desigualdade. . Há pessoas que dizem que só a educação é capaz de salvar e desenvolver um país. O grande desafio para a educação é descobrir este currículo oculto verdadeiro e forte para enfrentá-lo adequadamente. diretores. no entanto. pior é o desempenho de seus estudantes. pais. Do total de estudantes entrevistados. Até aqui todos estão de acordo. Contudo é importante se perguntar qual é o tipo de educação necessária para um país como o Brasil. Foram entrevistadas 18.

cigano. Enquanto a educação não enfrentar essas questões. o que está acontecendo em nossas escolas é apenas uma transmissão de conteúdos. a consciência e o coração das pessoas. Mundo jovem. revelaram: homossexual. (.3%) têm preconceito em algum nível. .2014 TEXTO III Diferença x desigualdade Esta pesquisa revela que praticamente todos os entrevistados (99. Realidade brasileira Fevereiro de 2013. deficiente mental. respeitando-se todas as construções sintáticas da forma como nele apareceram.AFA ..) SANDRINI.. Sobre contra quem eles admitem ter preconceito. Marcos. *O texto foi reproduzido na íntegra. um verniz colorido que não penetra o profundo. deficiente físico.

de viver e de enxergar se os olhos são maiores ou são orientais e daí. azul ou lilás e daí. que diferença faz? Todo mundo tem que ser especial em oportunidades. tudo sempre igual? Ser mais do mesmo o tempo todo não é tão legal Já pensou.AFA . sempre tão igual? Tá na hora de ir em frente: ser diferente é normal! .2014 TEXTO IV SER DIFERENTE É NORMAL Todo mundo tem seu jeito singular de ser feliz. preto. que diferença faz? Já pensou. verde. em direitos. coisa e tal seja branco.

AFA . que diferença faz? Todo mundo tem que ser especial em seu sorriso.2014 TEXTO IV SER DIFERENTE É NORMAL Todo mundo tem seu jeito singular de crescer. tudo sempre igual? Ser mais do mesmo o tempo todo não é tão legal já pensou. sua fé e no seu visual se curte tatuagens ou pinturas naturais e daí. que diferença faz? Já pensou. aparecer e se manifestar se o peso na balança é de uns quilinhos a mais e daí. sempre tão igual? Tá na hora de ir em frente: Ser diferente é normal! (Adilson Xavier/ Vinícius Castro) .

AFA .2014 .

Dê um título a sua Redação. posicionando-se criticamente em relação ao tema: O combate aos preconceitos na atualidade. em norma padrão escrita da língua portuguesa. .AFA .2014 Redija um texto dissertativo-argumentativo.

DIVERSAS .

que "em nenhuma hipótese o período máximo de internação excederá a três anos" (por cada ato infracional grave cometido. As penalidades previstas são chamadas de "medidas socioeducativas" e se restringem apenas a adolescentes de 12 a 17 anos. (http://pt. Os crimes ou contravenções praticados por adolescentes ou crianças são definidas como "atos infracionais“ e seus praticantes como "infratores" ou. Após esse período. segundo o artigo 228 da Constituição Federal de 1988. § 3º.069/90). conforme entendem os Tribunais).ECA (Lei nº 8. de "adolescentes em conflito com a lei". como preferem outros. quanto ao adolescente infrator.MAIORIDADE PENAL Legislação atual A maioridade penal no Brasil ocorre aos 18 anos. em seu artigo 121.wikipedia.org/wiki/maioridade_penal) . podendo retornar ao regime de internação em caso de mau-comportamento. reforçado pelo artigo 27 do Código Penal e pelo artigo 104 do Estatuto da Criança e do Adolescente . O Estatuto da Criança e do Adolescente estabelece. será transferido para o sistema de semiliberdade ou liberdade assistida.

a cada geração. claramente..MAIORIDADE PENAL Nos últimos meses deparamo-nos com uma avalanche de crimes cometidos por menores de idade.) Para se explicar o porquê de 18 anos para a maioridade penal. principalmente.. É cientificamente comprovado que as crianças e adolescentes. (http://g1. o déficit de idade torna-o inimputável. presumindo-se. duvidoso e preocupante. A violência e os requintes de crueldade praticados nessas ações demonstram. Num cenário tão desesperador. que não possui o desenvolvimento mental indispensável para suportar a pena. Afirmar que um menor de 18 anos não possui pleno discernimento dos atos que pratica. acolheu-se. explicado por Alberto Silva Franco. cada vez mais. é no mínimo temerário .globo. o fim da impunidade. única e exclusivamente. (. o número dobrou no último ano. em pleno século XXI. nossa sociedade exige providências e.com/brasil/noticia/2013/06/reducao da maioridade penal) . desenvolvem-se muito mais rápido. de modo absoluto. que não estamos diante de crianças. Recentes pesquisas apontam para uma estatística assustadora: basicamente. Causa perplexidade a brutalidade envolvida. o critério puramente biológico. da seguinte forma: “… muito embora o menor possa ter sua capacidade plena para entender o caráter criminoso do fato ou determinar-se segundo esse entendimento.” Infelizmente. esse critério demonstra-se.

MAIORIDADE PENAL As opiniões divergem quanto à redução dessa maioridade. Dentre os renomados juristas que se posicionam dessa forma podemos citar Luiz Flávio Gomes e Damásio de Jesus. como a violência urbana ou a superlotação dos presídios. Em hipótese alguma o governo apoia essa mudança na lei.. inexistindo a possibilidade de emenda constitucional. Nós temos uma posição definitiva sobre essa questão. como cláusula pétrea.ministro da Secretaria Geral da Presidência da República) . estimulando o crime organizado a recrutar jovens de uma faixa etária cada vez mais baixa. que a redução da maioridade não resolveria os problemas ligados à criminalidade. da Constituição Federal.. Os seguidores dessa corrente entendem. e até poderia contribuir para agravá-los. levar mais jovens à prisão não vai ajudá-los a sair do crime. a redução da maioridade penal no Brasil é “ilusão”. ainda. O principal argumento suscitado pela corrente contrária envolve a interpretação da norma contida no artigo 228.” (Gilberto Carvalho . Eis algumas opiniões: “ .

em nada irá diminuir a violência. além de transformar o menino num delinquente sujeito à crueldade das prisões. sendo superficial. (Marcus Vinicius Furtado Coelho .MAIORIDADE PENAL “Seria um retrocesso para o país. descumpridora dos direitos humanos e incapaz de enfrentar a questão da falta de segurança“. Aumentar o número de encarcerados.presidente nacional da OAB) . A proposta não resiste a uma análise aprofundada. imediatista. ampliando a lotação dos presídios.

Honduras. vida sexual mais ativa. por benevolente que é. ignorando as mudanças que a nossa sociedade sofreu ao longo dos anos. Paraguai. na década de 40.seja no acesso do jovem à informação pelos meios de comunicação modernos. Bélgica e Israel). “Não podemos assistir de braços cruzados à escalada de violência. Egito. E por incrível que pareça na Inglaterra a pessoa é considerada imputável a partir dos 10 anos. Síria. seja pelo aumento da violência urbana. aos 15 anos (Índia. sendo inteiramente capazes de entender o caráter ilícito do fato e de determinar-se de acordo com esse entendimento. os defensores da redução consideram.professor UFPR) . “ (Éder Jorge dos Santos . na Alemanha e Haiti. que o atual Código Penal reflete a realidade do jovem. Há diversos países onde a maioridade penal inicia-se aos 16 anos (Argentina.MAIORIDADE PENAL Já. principalmente. O Estatuto da Criança e do Adolescente. aos 14 anos. onde menores de 18 anos praticam os mais hediondos crimes e já integram organizações delituosas. Líbano). uso de drogas). em outros. não tem intimidado os menores. Como forma de ajustamento à realidade social e de criar meios para enfrentar a criminalidade com eficácia. Guatemala. Espanha. seja em termos de comportamento (delinquência juvenil. impõe-se seja considerado imputável qualquer homem ou mulher a partir dos dezesseis anos de idade.

MAIORIDADE PENAL .

MAIORIDADE PENAL .

para a redução dos crimes praticados por menores de idade? . em prosa. Faça uma dissertação. percebemos que o problema necessita de uma solução real e imediata. efetivamente.MAIORIDADE PENAL Diante dos relevantes posicionamentos. de 25 a 30 linhas. discutindo o seguinte tema : A redução da maioridade penal contribuiria.

Esse trabalho. deixando de avaliar os discursos produzidos e a divulgação científica. abordou parte do deslumbramento que as pessoas sentem perante a tecnologia computacional. Atenção: você não precisa concordar com as idéias do texto. em que você deverá discutir a relação entre ensino tradicional e o uso de tecnologias como apoio à educação no Brasil. Poucos trabalhos. "Antes do computador. acrescentando que o verbalismo da imagem pode desviar as pessoas da realidade. Com o computador. robotizando a educação.Tema Considere o trecho abaixo e redija um texto dissertativo. . desenvolvido nos Estados Unidos. mostra que muitas disciplinas bases lecionadas nas escolas estão sendo hoje rapidamente substituídas por aulas de computador. Muito se tem falado sobre o uso do computador como ferramenta educacional. refletem a extensão do tema. temos acesso ao mundo. mas para acessar o mundo precisamos entendê-lo". Dê um título à sua dissertação. aconselha. existe o letramento. Uma das comunicações apresentadas no Congresso de Leitura (Cole) da Unicamp. Apesar dos benefícios reconhecidos pelo professor José Luís Machado. O importante é discutir o tema proposto. porém. entre 20 e 30 linhas. denominada "A mídia informatizada no ensino: uma análise do discurso em revistas de educação". ele relata um estudo atual sobre a decepção pelo uso do computador.

TEMA DE REDAÇÃO
Leia atentamente os três textos.
TEXTO 1
Está no dicionário Houaiss: autoestima s. f. qualidade de quem se
valoriza, se contenta com seu modo de ser e demonstra, consequentemente,
confiança em seus atos e julgamentos.
A definição do dicionário parece limitar-se ao âmbito do indivíduo, mas a
palavra autoestima já há algum tempo é associada a uma necessidade
coletiva. Por exemplo: nós, brasileiros, precisamos fortalecer nossa
autoestima. Neste caso, a satisfação com nosso modo de ser, como povo, nos
levaria à confiança em nossos atos e julgamentos. Mas talvez seja o caso de
perguntar: não são os nossos atos e julgamentos que acabam por fortalecer ou
enfraquecer nossa autoestima, como indivíduos ou como povo?

TEMA DE REDAÇÃO
TEXTO 2
Estão num poema de Drummond, da década de vinte, os versos:
E a gente viajando na pátria sente saudades da pátria.
(...)
Aqui ao menos a gente sabe que é tudo uma canalha só.

TEMA DE REDAÇÃO
TEXTO 3
Está num artigo do jornalista Zuenir Ventura, de dois anos atrás: De um
país em crise e cheio de mazelas, onde, segundo o IBGE, quase um quarto da
população ganha R$ 4 por dia, o que se esperaria? Que fosse a morada de um
povo infeliz, cético e pessimista, não? Não. Por incrível que pareça, não. Os
brasileiros não só consideram seu país um lugar bom e ótimo para viver, como
estão otimistas em relação a seu futuro e acreditam que ele se transformará
numa superpotência econômica em cinco anos. Pelo menos essa é a
conclusão de um levantamento sobre a "utopia brasileira" realizado pelo
Datafolha.

TEMA DE REDAÇÃO Com o apoio dos três textos apresentados. . Apresente argumentos que deem sustentação ao ponto de vista que você adotou. escreva uma dissertação em prosa. na qual você deverá discutir manifestações concretas de afirmação ou de negação da autoestima entre os brasileiros.

CFO .  Redija o texto definitivo com caneta de tinta azul. qualquer identificação feita pelo candidato no corpo deste caderno ou no verso da folha de redação acarretará a atribuição de nota zero à redação. preferencialmente.PM .2014  Assine apenas no local indicado na folha de redação. Só será permitida a saída definitiva da sala e do prédio após transcorridos 75% do tempo de duração da prova.  A duração da prova de redação é de 2 horas. já incluído o tempo para a transcrição do texto definitivo. Os rascunhos não serão considerados na correção. na folha de redação.  A ilegibilidade da letra acarretará prejuízo à nota do candidato. . ou preta.

777. Trata-se da Lei n. Em sua justificativa para vetar a lei. o que inviabilizaria eventos como o Carnaval.CFO . (http://info. “O funk é uma expressão legítima da cultura urbana jovem. a multa para quem praticasse a infração seria de R$ 2. de 29 de maio de 2013.com.2014.2014). A decisão foi publicada no Diário Oficial da Cidade de quartafeira (07.5 mil. Adaptado) .2014 Texto 1 O prefeito de São Paulo vetou o projeto de lei 02/2013 que proíbe a utilização de vias públicas para realização de bailes funk e de qualquer outro evento musical.br.01. Segundo o projeto.º 15.PM . 09.abril. não se conformando com o interesse público sua proibição de maneira indiscriminada nos logradouros públicos e espaços abertos”. a Virada Cultural e a festa de final de ano na Avenida Paulista. que proíbe a emissão de ruídos sonoros de aparelhos de som instalados em carros estacionados. disse em comunicado.º do projeto previa encerramento das atividades até as 22 h. o prefeito afirmou que já existe legislação específica para atender o que foi proposto no projeto.01. O prefeito ainda declarou que o artigo 5.

entendo que. os direitos de uns terminam quando começam os de outros.2014 Texto 2 Em nota. (www.com.2014.br. o autor do projeto que proíbe a utilização de vias públicas para realização de bailes funk e de qualquer outro evento musical deixou claro que é a favor de toda manifestação cultural. para que haja harmonia e respeito mútuo entre os cidadãos”. Adaptado) .PM .01.CFO . Todavia. “O funk é uma expressão legítima da cultura urbana jovem. em uma sociedade civilizada.dcomercio. 08.

2014.01. Segundo eles. um grupo de jovens incendiou sacos de lixo e depredou e saqueou um supermercado Extra após a Polícia Militar interromper um baile. 20.2014 Texto 3 Moradores do bairro da Penha. Ninguém foi preso. prometem realizar no começo da noite desta segunda-feira (20. que acontecem no meio da rua e chegam a reunir até 3 000 pessoas. este é um fenômeno que vem crescendo a cada dia e a presença da polícia é pequena para coibir a violência e o som alto. Na noite de ontem. prejudicam a entrada ou saída deles. (Folha de São Paulo. Adaptado) . Os moradores reclamam que os bailes funk.01.2014) um protesto contra os bailes funk que acontecem na região. na zona leste.CFO .PM .

2014 Texto 4 O professor Pablo Ortellado. a pornografia e o uso de drogas. 22. e alerta: “Embora seja a expressão cultural mais popular entre os jovens da periferia.01. do curso de gestão de políticas públicas da universidade de São Paulo (USP). Adaptado) . O discurso preconceituoso que persegue um gênero de música só contribui para marginalizá-lo e tornar esses jovens mais vulneráveis”. discorda da ação punitiva que é proibir os bailes funk.PM .2014. (http://revistavaidape.com.br.CFO . o funk tem sido atacado por supostamente incitar o crime.

em norma-padrão da língua portuguesa. em que se discuta a questão: A proibição dos bailes funk em vias públicas é uma busca da ordem social ou um mecanismo de repressão às classes menos privilegiadas? .2014 Com base nas informações constantes nos textos e em outras do seu conhecimento. elabore um texto dissertativoargumentativo.PM .CFO .