Você está na página 1de 10

Geometria Plana: Exercícios resolvidos de áreas de regiões circulares

R[x]=raiz quadrada de x>0, pi=3,1415926535..., u.a.=unidade de área,


m(AB)=medida do segmento AB e m (ABC)=medida do ângulo ABC.

1. Qual é o comprimento da circunferência de raio igual a:

a.r=5cm b.r=3,5cm c.r=3kcm d.r=a/2cm

Solução
a. raio= 5 cm, comprimento = 10 pi cm
b. raio= 7/2 cm, comprimento = 7 pi cm
c. raio= 3k cm, comprimento = 6k pi cm
d. raio= a/2 cm, comprimento = a pi cm

2. Uma roda gigante tem 8 metros de raio. Quanto percorrerá uma pessoa
na roda gigante em 6 voltas?

Resposta: 96 pi metros

3. Calcular o raio de uma roda gigante que em 6 voltas percorre uma


distância de 66 metros.

Resposta: r = 5,5 pi metros

4. Dado um quadrado de perímetro 4L, obter: (a) O raio da circunferência


inscrita neste quadrado. e (b) O raio da circunferência circunscrita ao
quadrado.

Solução: (a) O lado do quadado mede L e o raio da


circunferência inscrita é a metade do lado, isto é r=L/2.
(b) O raio da circunferência circunscrita é a metade da diagonal
do quadrado de lado L;
r²=2(L/2)²=L²/2
r=L R[2]/2
5. No R², uma circunferência tem centro no ponto (2,1) e passa pelo ponto
(5,-3). Qual é o comprimento da circunferência?

Solução:O raio da circunferência é a distância entre o centro


(2,1) e o ponto (5,-3). Pelo teorema de Pitágoras temos:
r²=(5-2)²+(-3-1)²=9+16=25
r=5
O comprimento da circunferência é 2×5×pi=10 pi unidades

6. Calcular a área do círculo conhecendo-se o raio r ou o diâmetro d.

a.r=3cm b.d=3kR[2]cm c.r=2R[3]cm d.d=9cm

Solução
a. r=3 cm, A=9 pi cm²
b. d=3k R[2] cm, A=½×9×k² pi cm²
c. r=2R[3] cm, A=12 pi cm²
d. d=a/2 cm, A=81/4 pi cm²

7. Calcular a área da região limitada por duas circunferências


concêntricas, uma com raio 10 cm e a outra com raio 6 cm.

Na figura a região está pintada de verde e sua área é a área do


círculo maior menos a área do círculo menor.
Área=pi(R²-r²)=pi(100-36)=64 pi cm²
8. Se os perímetros de dois círculos são proporcionais à razão 2:3, qual é
a razão entre as áreas desses círculos?

Resposta: a razão é 4:9

9. Qual é a área do círculo circunscrito em um triângulo equilátero cujo


lado mede 18 cm?

Na figura ao lado, seja a o apótema, r o raio e h a altura do


triângulo então, h=a+r.
18²=h²+9²
h=R[324-81]=R[243]=9 R[3]
Por outro lado, r²=9²+(h-r)²=81+h²-2hr+r²
81+243-2×9 R[3]×r=0
r=18/R[3]
Área do círculo = pi×r²=108 pi cm²

10. Se a razão entre as áreas de dois círculos é 3:1, qual é a área do


círculo menor se a área do círculo maior é 27pi cm²?

Resposta: Área = 3 cm²

11. Um jardim de formato circular com 6 metros de raio tem a metade de


sua área removida para reduzir as despesas. Para isto foi cortada uma
borda de largura uniforme em toda a sua volta. Qual é a largura desta
borda?

Resposta: Largura = (6-3 R [2]) metros


12. Um triângulo equilátero de perímetro igual a 18 cm está inscrito em
uma circunferência. Calcular a área da região externa ao triângulo que
está dentro da circunferência.

A área da região é a área do círculo menos a área do triângulo


(região rosa). Se a é o apótema, r é o raio e h é a altura do
triângulo, então h=a+r. Assim: 6²=h²+3²
h=R[36-9]=R[27]=3 R[3]
r²=3²+(h-r)²
9+27-2×3×R[3]×r=0
r=6/R[3]
Área do círculo = pi r²=12 pi cm²
Área do triângulo = 6×h/2=6.3 R[3]/2 = 9 R[3] cm²
Área do círculo - Área do triângulo = (12 pi - 9 R[3]) cm²

13. Mostre que no hexágono regular o raio e o lado são congruentes, isto
é, têm a mesma medida.

Resposta: Divida o hexágono em 6 triângulos com vértices no


centro e mostre que eles são eqüiláteros.

14. Considere um hexágono regular cuja área é 48R[3]cm². Calcular a


razão entre as áreas dos círculos inscrito e circunscrito.

O círculo inscrito ao hexágono tem raio igual ao seu apótema


(a). O círculo circunscrito ao hexágono tem raio igual ao seu raio
(r).
Sejam A1 e A2 as áreas dos círculos inscrito e circunscrito
respectivamente, a razão entre estas áreas é dada por:
A1/A2=pi a²/pi r²=a²/r².
A área do hexágono é dada por: A=3×a×L=48 R[3]
Assim o apótema é dado por a=48R[3]/3L. Mas o apótema do
hexágono é a altura do triângulo equilátero, deste modo,
a=½×L×R[3]=48R[3]/3L=½×L×R[3]
L²=(2/3)48
L=4 R[2] cm
No hexágono regular L=r. Logo, a razão entre as áreas é:
A1/A2=a²/r²=((1/2).r.R[3]/r)²=(R[3]/2)²=3/4

15. Dado um hexágono regular com área 48k²R[3]cm². Calcular a razão


entre as áreas dos círculos inscrito e circunscrito.

Resposta: a razão entre as áreas é 3/4

16. As diagonais de um losango medem 18 cm e 24 cm. Qual é a área do


círculo inscrito neste losango?

Resposta: 11,84 pi cm²

17. Na figura ao lado, calcular a área e o perímetro do setor circular se o


raio da circunferência mede 12cm e o arco 60 graus.

Seja A a área e P o perímetro do setor circular, então

A=m(AB)×pi×r²/360=60×pi×12²/360=24 pi cm²
P=m(AB)×2pi×r/360+2r=60×2pi×12/360+24=(4pi+24)cm
18. Dada uma circunferência cujo raio mede 6 cm, calcular: (a) A área do
setor circular cujo arco A subjacente mede 120 graus e (b) A área do
segmento circular cujo arco A mede 120 graus.

(a) A área do setor circular é dado por


Área do setor=m(A)×pi×r²/360=120×pi×6²/360=12pi cm²
(b) A área do segmento é dada pela área do setor menos a área
do triângulo
Área do triângulo=6 R[3] 3/2=9 R[3] cm²
Área do segmento=(12 pi - 9 R[3]) cm²

19. Seja um triângulo equilátero cujo lado mede 2a. Ao traçar arcos de
circunferências de raio a, centrados nos três vértices do triângulo,
obtemos a região colorida como a da figura ao lado. Calcular a área desta
região.

A área desejada é a área do triângulo menos a soma das áreas


dos três setores circulares.
Se 2a é a medida do lado do triângulo, então;
Área do triângulo=(2a)²R[3]/4=a²R[3] u.a.
Área do setor circular=60.pi.(a)²/360=pi.a²/6 u.a.
Área desejada=a²R[3] - 3.pi.a²/6=a²(R[3] - pi/2) u.a.
20. Sobre cada cateto de um triângulo retângulo traçamos uma
semicircunferência de acordo com a figura ao lado. Mostre que a soma
das áreas das lúnulas (pintadas de azul e verde) é igual a área do
triângulo.

Sejam a e b os catetos e c a hipotenusa do triângulo.


Sejam Sa, Sb e Sc os semicírculos de raios a/2, b/2 e c/2
respectivamente e seja T o triângulo.
Soma das áreas brancas=área(Sc)-área(T)
Áreas das lúnulas=área(Sa)+área(Sb)-Soma das áreas brancas.
Áreas das lúnulas=área(Sa)+área(Sb)-área(Sc)+área(T)
Área(Sc)=pi.(c/2)²/2=pi(a²+b²)/8
Área(T)=a.b/2
Soma das áreas brancas=pi(a²+b²)/8-a.b/2
Área(Sa)=pi(a/2)²/2=pi.a²/8
Área(Sb)=pi(b/2)²/2=pi.b²/8
Áreas das lúnulas = pi(a²+b²)/8-(pi(a²+b²)/8-a.b/2)=a.b/2
A soma das áreas das lúnulas é igual à área do triângulo.
21. Semicircunferências são traçados sobre os lados de um quadrado cujo
lado mede 10 cm. Calcular a área das quatro pétalas pintadas na figura ao
lado.

A soma das áreas dos quatro semicírculos é a área do quadrado


mais a área das quatro pétalas, então a área desejada é a
diferença entre a soma das áreas dos quatro semicírculos e a
área do quadrado.
Área semicírculo=(1/2)pi(10/2)²=12,5.pi cm²
Área quadrado=(10)²=100 cm²
A área desejada é a Área do semicírculo menos a Área quadrado,
assim

Área desejada=(4(12,5 pi)-100=(50pi-100) cm²

22. Semicircunferências são traçados sobre dois lados de um quadrado


cujo lado mede 6 cm. Calcular a área da região pintada na figura ao lado.

Resposta: Área = 27 – 4,5 pi cm²


23. Dois círculos cujos raios medem 4 cm e 12 cm, estão lado a lado,
como mostra a figura. Qual é a medida da menor correia de couro que
contorna os dois círculos?

Devemos obter a medida do segmento AB e as medidas dos


ângulos BED e ADE. Dessa forma: DE=12+4=16cm e CE=12-
4=8cm. Como m(AB)=m(DC) e o triângulo retângulo DCE tem
ângulo reto em C, temos que:
(DC)²=(DE)²-(CE)²
m(OC)=R[256-64]=8 R[3]
ângulo(BO'O)=arccos(8/16)=arccos(1/2)=60o
ângulo(BO'O)+ângulo(AOO')=180o
ângulo(AOO')=180o-60o=120o
½medida da correia=m(EA)+AB+m(BF)
m(EA)=½pi(4)²-m(AG)=½pi.16-120pi.4²/360=8pi-8/3.pi 16/3 pi
m(BF)=½pi.12²-m(BF)=½pi.144-60pi.12²/360=72pi-24pi=48 pi
Medida da correia=2(16pi/3+8R[3]+48pi)=(128pi+16R[3])cm
24. Duas circunferências de centros O e O' têm raios medindo 3 cm e 2
cm, respectivamente, e a medida m(OO')=13 cm. Se a reta t é uma
tangente comum às duas circunferências nos pontos A e B, calcular a
medida do segmento AB.

Seja a reta que passa por CO' paralela a reta tangente t. O


triângulo OO'C é retângulo, pois o raio da circunferência é
perpendicular a reta tangente t no ponto de tangência. Pelo
teorema de Pitágoras, temos
(CO')² = (OO')² - (OC)²
(CO')² = (13)² - 5² = 144
CO' = 12
Como CO'e AB são congruentes, então AB=12 cm.

25. Calcular a área da região colorida, sabendo-se que cada semicírculo


possui o diâmetro igual ao raio do círculo imediatamente maior.

Resposta: Área = pi r²/4 unidades quadradas.