Você está na página 1de 4

LOGARITMOS

Consideremos os números reais positivos a e b, com b ≠ 1; chama-se


logaritmo de a na base b, e se indica por logb a, o expoente x ao qual se
deve elevar a base b para que o resultado dessa potência seja igual a a:

logb a = x ⇔ bx = a (a é o logaritmando e x o logaritmo)

Na prática, as bases mais usadas nos logaritmos são:

• a base 10 para os chamados logaritmos decimais, indicados por log10x


ou simplesmente log x.

• a base e para os chamados logaritmos naturais ou neperianos, indicados


por loge x ou ℓn x.

e, denominado número de Euler ou de Neper, é um número irracional cujo valor


aproximado é 2,7183.

Como conseqüências da definição de logaritmo resultam as seguintes


propriedades imediatas válidas para 0 < b ≠ 1 e a > 0.

• logaritmo de 1:

logb 1 = x ⇔ bx = 1 = b0 ⇔ x = 0, ou seja, logb 1 = 0

• logaritmo da base:

logb b = x ⇔ bx = b = b1 ⇔ x = 1, ou seja, logb b = 1

• logaritmo de potência de base:

logb bα = x ⇔ bx = bα ⇔ x = α, ou seja, logb bα = α


log b a
• Observemos que b
é igual a “b elevado ao expoente ao qual se deve
elevar b para que se obtenha a”, que evidentemente é igual a a, ou
seja,
b log b a
=
Exemplo:
4log416 = 16

• Como decorrência da propriedade anterior, temos:

logb a1 = logb a2 ⇔ a1 = a2

Aplicações:

01) Calcular o valor de x na igualdade: log9 3 27 = x.

02) O valor da intensidade de um terremoto pode ser obtido por meio da


2 E
expressão I = log10 , medida na escala Richter, variando de I = 0
3 E0
a I = 8,9, em que E é a energia liberada no terremoto em quilowatt-
hora e E0 = 7.10-3 kWh.
Determine a energia liberada em um terremoto que teve intensidade 6
na escala Richter.

03) Determinar a base n que verifica a igualdade logn 16 = 4.

04) Discutir a condição para que log(-x+7) (x2 – 25) seja um número real.
PROPRIEDADES OPERATÓRIAS

Os logaritmos apresentam algumas propriedades que tornam


fundamental a sua utilização na simplificação de cálculos.

LOGARITMO DE UM PRODUTO

O logaritmo de um produto de dois ou mais fatores reais e positivos, de


base real, positiva e diferente de 1, é igual à soma dos logaritmos desses
fatores, na mesma base.

Em linguagem matemática, temos:

loga (M1.M2. ... Mn) = loga M1 + loga M2 + ... + loga Mn, sendo 1 ≠ a > 0.

Exemplo:

Se loga b = 1, então calcular loga (a.b)

Resolução:
loga (a.b) = loga a + loga b = 1 + 1 = 2.

LOGARITMO DE UM QUOCIENTE

O logaritmo de um quociente de dois números reais e positivos de base


real, positiva e diferente de 1, é igual à diferença entre o logaritmo do
dividendo e o logaritmo do divisor na mesma base.

Em linguagem matemática, temos:

m
loga = loga m – loga n, sendo 1 ≠ a > 0.
n

Exemplo:
b
Se log2 b – log 2a = 5, então determinar o quociente .
a
Resolução:
b b b
log2 b – log2 a = 5 = log2 = 5 ⇔ 25 = ⇔ = 32.
a a a
LOGARITMO DE UMA POTÊNCIA

Satisfeitas as condições de existência, o logaritmo de uma potência de


expoente real é igual ao produto desse expoente pelo logaritmo da base
dessa potência.

Em linguagem matemática, temos:

logabα = α.logab, sendo 1 ≠ a > 0.

Exemplo:

Resolva a equação: 3.log x = 2.log 8

Resolução:
log x3 = log 82 ⇔ x3 = (23)2 ⇔ x =
3
26 ⇔ x = 22 = 4

S = {4}

IMPORTANTE !

logaα a = 1/α.logaa.

Exemplo:
log26 16 = 1/6.log2 16 ⇔ 4/6 = 2/3.

Aplicações:

2 2
(a + b) 2
01) Sendo a + b = 70 ab, calcule log5 em função de
ab
m = log5 2 e n = log5 3.

log 2 x + log 2 y = 1
02) O sistema  tem solução, tal que x + y seja
 4x − 3 y = 5
igual a:
a) 3 b) 1 c) 0 d) -1

03) Resolva a equação log3 x + log9 x + log27 x = 11.

04) Se a equação x² - bx + 100 = 0 tem duas raizes r e s, r > 0 e


s > 0, prove que log10 (r.s)r + log10 (r.s)s = 2b.