Lajes

:
pré-moldada x
moldada in loco

SOFIA MATTOS

CUSTO COMPARADO

Distância do fornecedor, custos com transporte e grua
determinaram a opção por lajes convencionais em vez de prémoldadas em uma obra de edifícios residenciais
A construtora Goldfarb estudou durante dois meses a viabilidade de empregar lajes pré-moldadas em um empreendimento de edifícios residenciais
populares com alvenaria estrutural na
cidade de Guarulhos-SP. A construtora
desejava maior qualidade no acabamento dos pisos e tetos dos apartamentos e
redução dos custos com a diminuição do
prazo da obra. A colocação dos pré-moldados é rápida e cada laje ficaria pronta
em quatro dias, contra os sete necessários para a execução de uma laje molda-

26

da in loco. “Estimamos na época que poderíamos reduzir o tempo da obra de 18
para 15, 16 meses”, diz Rui Kiyoshi
Ishikawa, gerente técnico de obras.
Apesar das vantagens que o uso de
pré-moldados oferece, a construtora
constatou que a aplicação seria inviável.
O fabricante avaliado estava muito distante da obra. No caso de atraso na entrega, não seria possível substituí-lo sem
a interrupção do fornecimento do material. O atraso seria inadmissível, pois a
obra é financiada pela Caixa Econômi-

ca Federal e deveria seguir à risca o
cronograma.
A Goldfarb chegou a considerar a possibilidade de fabricar os pré-moldados
no canteiro para eliminar o transporte
do material da fábrica até o local das
obras.
No sistema de fabricação de pré-moldados também seria necessário desenvolver um projeto estrutural específico
e de fôrmas, com custo maior, e todo
processo exigiria o controle de um técnico. Diferentemente, no sistema con-

Construção Mercado no 15 outubro 2002

266.00 4. teria que providenciar também uma grua com maior capacidade. diz Kioshi.00 7.720.562. Item 3 da Classificação Pini – Concreto.53 4.00 1.00 1.50 6.720.00 1.00 1.63 Preços unitários: data-base fevereiro 2002 vencional o controle tecnológico é necessário apenas no dia da concretagem.00 11.720.50 1.00 1. “Se a diferença de custos fosse menor.00 - - - m² m³ kg kg m² m² mês vb 295.00 6.00 32.00 2.00 625.00 mês mês vb vb mês 1.00 650.437.35 17.000.150.00 12.571.00 - mês 2.00 316.50 2.00 4. o que geraria custo de implantação.281.00 400.00 mês 2.571.846.00 96.00 - 15.000.00 4.000.00 77.000.160.00 4.00 1.00 2.917.000.000.436.000.00 10.00 3.00 10.00 6.00 mês 12.750.139.00 426.625.71 4.200.00 4.000.68 13.00 4.00 15.00 7.00 12.18 1.000.100 kg.00 10.640.00 10.00 316.000.000.00 912.700.000.800.51 33.000.60 295.000.875.00 4.04 8.189.00 261.00 4.71 500.00 2.50 2. redação: Kelly Carvalho apoio de engenharia: Regiane Grigoli Pessarello fornecedores de concreto na seção Cotações. Guarulhos-SP Descrição: sete torres com 15 andares e dois subsolos totalizando 420 apartamentos de 52. teríamos adotado o pré-moldado”.00 791.00 3.000.425.000.00 2. deslocamento e reimplantação.00 1.000.00 4.450.375.00 2. Se a empresa adotasse o sistema de lajes pré-moldadas.00 4.041.00 1.00 2.250.94 70.00 1.375.44 4.280.000.503.00 7.50 2.00 8.252.80 m2 de área útil com dois dormitórios Início da obra: março de 2002 Previsão de entrega: setembro de 2003 Descrição un Projetos Projeto estrutural Projeto de fôrmas Materiais e serviços Fôrma de chapa resinada 12 mm Concreto Fck= 30 MPa Tela de aço (5 kg/m²) Aço CA-50 A bitola média Gesso liso para teto Laje zero Escoramento e reescoramento Cura (implantação) Equipamentos Locação de grua para execução dos andares-tipo (estrutura) Operação x manutenção da grua (estrutura) Montagem de equipamentos Desmontagem de equipamentos Implantação da grua Deslocamento e reimplantação da grua Locação de grua para acabamentos e ático Operação x manutenção (acabamentos e ático) Elevação da grua Despesas indiretas Controle tecnológico do concreto Acompanhamento Administrativo Encarregado Mestre Compradora Digitadora Engenheiro da obra Engenheiro de produção Vigia Consumo de luz Consumo de telefone Consumo de água Caixa de obra Custo total (R$) Diferença (R$) Diferença (%) Quantidade Pré-moldado Custo unitário (R$) Custo total (R$) Quantidade Moldada “in loco” Custo unitário (R$) Custo total (R$) vb vb 1.139.386.000.00 1.50 2.50 2.00 - 4.28 1.721.SOFIA MATTOS Empreendimento: Residencial Golden Ville. Para a colocação dos painéis em todos os edifícios seria necessário mudar a grua de lugar maior número de vezes.00 1.00 497.00 2.150.93 720.00 10.00 2.00 38.50 2.68 21.00 48.84 2.600.500.500.50 2.50 15. Construção Mercado no 15 outubro 2002 27 .71 500.904.20 1.96 7.000.76 2.50 2.00 8.000.00 6.67 5.00 1. para içar os painéis – o maior deles chega a Consulte pesar 3.160.00 2.00 4.000.00 1.000.000.00 24.59 16.00 4.80 3.00 10.00 12.00 mês vb mês mês mês mês mês mês mês mês mês mês mês mês 2.500.00 912.51 30.45 4.91 16.00 8.00 mês 1.00 2.302.00 4.600.500.00 261.00 6.000.00 2.750.50 2.649.76 2.45 3.00 2.000.400.00 2.00 250.00 1.875.00 650.40 5.500.570.50 2.00 186.35 17.49 1.00 1.67 5.800.450.00 3.846. “Esse tipo de empreendimento torna-se viável apenas com sistemas construtivos econômicos”.00 15.986.00 3.18 1.000.50 2. com custo mais alto.570.97 720.00 1.000.500.50 4.961.00 10.49 1.500.961.00 8. finaliza.00 1.16 11.720.00 1.00 9.00 1.00 8.40 77.000.00 10.000.00 4.00 4.25 1.50 2.000.00 3.00 250.00 400.518.23 4.

Sign up to vote on this title
UsefulNot useful