Você está na página 1de 2

OS PARTIDOS POLÍTICOS.

(AULA 5)

1- A sociedade e suas finalidades, entre elas, a finalidade política, na qual


os homens buscam participar efetivamente nos problemas da
comunidade em que vivem.

2- Assim, o instrumento de alcance dessas finalidades políticas se dá por


meio dos partidos políticos.

3- Conceito de partido político: São associações dotadas de


personalidade jurídica (pessoas jurídicas de direito privado – art. 44 do
C.Civil) além de instrumentos eficazes de participação da sociedade no
exercício do governo, impondo-se como veículo natural da democracia
representativa (art. 14, parágrafo 3º, inciso V, da C.F.).

4- Finalidade do partido político: Visam sempre a conquista do poder


cuja proposta é sempre a de realizar, na direção do Estado, determinado
programa político-social (ideologias).

5- Diferença entre partido político (agrupamento de indivíduos em caráter


permanente, previsto por lei) e movimento político (agrupamento
provisório de indivíduos de ideologias políticas).

6- Classificação dos partidos políticos:

A) Quanto à organização interna:


a) Partidos de quadro – buscam a qualidade dos partidários (adeptos) e
não a quantidade.
b) Partidos de massas – buscam quantidade de adeptos, sem qualquer
discriminação.

B) Quanto à organização externa:

a) partido único (monopartidário) – caracterizado pela existência de


um só partido no Estado. Em tais sistemas, os debates políticos são
travados internamente, não sendo considerados, assim, de caráter
antidemocráticos.
b) Bipartidários – caracterizam-se pela existência de dois partido no
Estado, que se alternam no governo. Exemplo: Estados Unidos
( partido democrata e partido republicano).
c) Pluripartidários – caracterizam-se pela existência de vários partidos
igualmente dotados da possibilidade de predominar sobre os demais.

7- Aspectos favoráveis e contrários aos partidos políticos:

a) Favoráveis – impõe a liberdade de opiniões, muitas vezes convergentes,


as quais, orientam o povo e o governo quanto a identificação de
ideologias receptivas.
b) Desfavoráveis – em razão do desinteresse popular pelas ideologias dos
partidos, os mesmos converteram-se em meros instrumentos para a
conquista do poder, uma vez que a atuação de seus membros não condiz
com os enunciados nos programas partidários.