Você está na página 1de 16
Rios de Inclusão
Rios de Inclusão
Educação Inclusiva para Crianças e Adolescentes com Deficiência no Estado do Pará
Educação Inclusiva para Crianças
e Adolescentes com Deficiência
no Estado do Pará
Objetivo

Objetivo

Inclusão escolar de crianças e adolescentes com deficiências auditiva, visual, com doenças neuro- psíquico-motoras
Inclusão escolar de crianças e adolescentes com
deficiências auditiva, visual, com doenças neuro-
psíquico-motoras etc.:

Crianças e adolescentes com deficiência matriculadas e frequentando o ensino

básico em Belém

Crianças e adolescentes beneficiários do

BPC, que frequentam o ensino básico em

Belém

 Dispor das condições de preparo que possibilite reconhecer esses sujeitos de direito;  Dispor
 Dispor das condições de preparo que possibilite reconhecer esses sujeitos de direito;  Dispor
 Dispor das condições de preparo que possibilite reconhecer esses sujeitos de direito;  Dispor

Dispor das condições de

preparo que possibilite reconhecer esses sujeitos de direito;

Dispor de planos e programas para os mesmos;

Possibilitar condições para

equipe técnica, pedagógica e de apoio;

Oferecer ambiência adequada

para o atendimento dessa demanda.

Por meio desse projeto, pretende-se contribuir para:

Por meio desse projeto, pretende-se

Por meio desse projeto, pretende-se contribuir para:

contribuir para:

Incluir na Escola e/ou Creches Crianças e Adolescentes com deficiência que ainda estão fora da rede publica de ensino na Cidade de Belém;

Refletir e avaliar a condição, condução e atuação de Escolas da Rede Pública de Ensino em perspectiva de construir modelos de inclusão escolar de Crianças e Adolescentes com deficiência;

Contribuir

para a formação de técnicos e gestores, a fim de

possibilitar

consequente

deficiência;

um

maior

escolaridade

número

de

de

inserção,

e

adaptação

e

com

crianças

adolescentes

Contribuir junto as equipes de educação, saúde e assistência, em especial às Escolas, Centros de Reabilitação e Creches, para um melhor esclarecimento sobre crianças e adolescentes com deficiência em perspectiva a reflexão proativa, sobretudo no que refere à inclusão escolar;

Resultados esperados pelo projeto
Resultados esperados pelo projeto
Resultados esperados pelo projeto

Rios de Inclusão

Rios de Inclusão Crianças e Adolescentes com deficiência apropriadamente incluídas no sistema de ensino
Rios de Inclusão Crianças e Adolescentes com deficiência apropriadamente incluídas no sistema de ensino

Crianças e Adolescentes

com deficiência apropriadamente

incluídas no

sistema de ensino público da Cidade de Belém

no sistema de ensino público da Cidade de Belém Gestores das políticas públicas de Educação, Saúde
no sistema de ensino público da Cidade de Belém Gestores das políticas públicas de Educação, Saúde
no sistema de ensino público da Cidade de Belém Gestores das políticas públicas de Educação, Saúde
Gestores das políticas públicas de Educação, Saúde e Assistência Social, nos níveis de Estado e
Gestores das políticas
públicas de Educação,
Saúde e Assistência
Social, nos níveis de
Estado e Município de
Belém, mobilizados e
articulados,
implementando
políticas para inclusão
de Crianças e
Adolescentes com
deficiência
Famílias com
competências
desenvolvidas para
o exercício da
participação
política e do
controle social e na
atenção integral
das crianças e
adolescentes com
deficiências.

Fomentar espaços de escuta e reflexão com as Instituições que

se propõem à escolarização, saúde e assistência de crianças e adolescentes com deficiência a partir da prática;

Favorecer o surgimento de laços sociais para a criança e o

adolescente com deficiência por meio da escola;

Contribuir para a redução do preconceito e da segregação

social sofridas pelas crianças e adolescentes com deficiência, por meio de medidas que assegurem o apoio para esses sujeitos de direito, bem como não permita que haja discriminação em razão de condições físicas, intelectuais, mentais ou sensoriais e afastamento de suas comunidades;

Promover maior articulação entre os serviços de Assistência

Social, Saúde e Educação, em perspectiva a atenção integral de Crianças e Adolescentes com deficiência, por meio de um conjunto articulado e contínuo das ações e entrega de serviços;

Assistir e acompanhar as famílias no processo de inserção

escolar da criança, intermediando a relação família/escola;

Contribuir para o processo de responsabilização das ações

adotadas nas escolas culminando assim na formação de educadores profissionais, agentes de mudanças e formadores de escola inclusivas, assim também, na formação de profissionais da saúde e assistência social.

Monitoramento

e Avaliação, por meio de um processo

permanente de acompanhamento de desempenho frente resultados alcançados , considerando os objetivos pactuados, como também, a gestão da política pública estadual e municipal de

acesso à educação, inclusão social, atenção à saúde e acessibilidade

na garantia de mudanças reais e positivas na vida das crianças e adolescentes com deficiências.

Estratégias

Estratégias

Desenvolvimento de Capacidades: Gestores e técnicos com

competências desenvolvidas para atender adequadamente as especificidades educacionais de crianças e adolescente com deficiências, por meio de práticas e ações integradas com a saúde e assistência social;

Mobilização Social: Promoção da participação e do controle

social durante todas as etapas do projeto, como também, gerar compartilhamento de visões, informações, experiências e intercâmbios de conhecimentos e práticas em torno do acesso

a educação, a saúde, a assistência, sem discriminação e com

igualdade de oportunidades.

Advocacy: Orientado para todas as esferas de governo na

garantia da total inclusão de crianças e adolescentes com deficiências no sistema de educação formal, saúde e assistência

com base em evidências.

Geração de Conhecimento: Identificação, elaboração e organização de recursos pedagógicos que atendam às

especificidades educacionais de crianças e adolescentes com

deficiências e que eliminem as barreiras no processo ensino aprendizagem;

Gestão do Conhecimento: Os conhecimentos, experiências e

lições aprendidas durante a execução do serão sistematizados,

divulgados e compartilhados com os parceiros do UNICEF e nas três esferas de Governo.

Gestão do Projeto

Gestão do Projeto

Polo de fortalecimento Institucional e de Gestão Escolar  Consolidar a gestão em rede; 
Polo de fortalecimento
Institucional e de
Gestão Escolar
 Consolidar a gestão
em rede;
 Ampliar interfaces e
parcerias;
 Fortalecer a
articulação com as
Secretarias Estaduais
e Municipais;
 Acompanhamento
sistemático das
Ações.
Polo de Articulação Interinstitucional: Educação, Saúde e Assistência Social  Ações de promoção à
Polo de Articulação
Interinstitucional:
Educação, Saúde e
Assistência Social
 Ações de
promoção à saúde
nas comunidades;
 Acompanhamento
à saúde e apoio as
famílias;
 Capacitações dos
profissionais.